Blog do Eliomar

Categorias para Economia

Seminário debaterá o Pré-Sal

O governador Cid Gomes está entre os convidados do seminário Pré-Sal e o Futuro do Brasil que será realizado nos próximos dias 22 e 23, no Complexo Brasil 21 Meliá, em Brasília.

Na terça-feira, dia 22, a abertura será feita pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Às 14 horas, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, participa de painel com os presidentes do BNDES, Luciano Coutinho, e do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), João Carlos de Luca.

No dia 23, o evento terá início às 10 horas, com apresentação do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Também estão previstos debates com a participação de governadores, senadores e deputados federais.

O semináerio é uma promoção dos jornais Correio Braziliense e Estado de Minas (Diários Associados) e tem patrocínio da Petrobras e do Ministério de Minas e Energia.

Receita diz que arrecadação ainda registra queda

“A melhora na atividade industrial e o aumento de vendas no varejo já começaram a surtir algum efeito positivo na arrecadação de impostos. Mas a Receita Federal ainda é cética quanto à expectativa do recolhimento tributário voltar a crescer ainda este ano, em relação a 2008.

A avaliação do Fisco é a de que as reduções tributárias adotadas pelo governo para estimular vários setores e minimizar o efeito da crise financeira global sobre a economia interna devem pesar mais do que a recuperação da atividade econômica.

As desonerações, como a diminuição do IPI sobre venda de automóveis, de eletrodomésticos (geladeira, fogões) ou de material de construção, por exemplo, representaram uma perda de R$ 17,3 bilhões de janeiro a agosto, devendo atingir R$ 25,2 bilhões ao fim do ano.

Por isso, o coordenador-geral de Estudos e Análises da Receita, Raimundo Eloi, não demonstra muito otimismo: “Neste ano, não sei se há possibilidade de passar ao azul”, comentou. Para ele, a redução do ritmo de queda já será um sinal de melhora.

Até agosto, a arrecadação federal registrou a décima queda mensal consecutiva, em relação a períodos iguais do ano anterior. O recolhimento ficou em R$ 52,068 bilhões, com queda real (descontado o IPCA) de 7,49% sobre agosto do ano passado, e baixa de 11,39% sobre julho deste ano.

“Como os indicadores começaram a melhorar, também melhoram as expectativas para a arrecadação. Temos certeza de que entramos numa fase de recuperação, mas quando a arrecadação vai deixar de cair, não sei”, continuou Eloi.

Segundo ele, o recolhimento das contribuições Cofins e PIS/Pasep sobre as vendas do varejo recuaram 8,89% sobre o mesmo mês de 2008. A queda é menor, por exemplo, do que a registrada em abril deste ano, quando o faturamento do comércio gerou 21,09% menos Cofins e PIS/Pasep.

No caso da indústria, a arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados, o IPI-outros, continuou caindo 22,98% no mês passado, mas ficou bem abaixo do recuo de 34,68% em março deste ano sobre março de 2008.”

(Valor Online)

Grupo J. Macedo comemora 70 anos

macedo

O Grupo J. Macedo vai comemorar 70 anos de atividades. Para marcar a data, haaerá festa, a partir das 19 horas do próximo dia 26, no Espaço Casa Cor, tendo à frente o empresário José Dias de Macedo e seus filhos. Entre estes, o vice-presidente Amarílio Macedo, e Roberto Macedo, que é também o presidente da Federação das Indústrias do Ceará.

O ato festivo, que promete ser dos mais concorridos e contando com a presença de lideranças políticas e empresariais, terá um toque bem nordestino: show do Quinteto Agreste.

Renda do brasileiro aumentou em 2008

“Embora tenha reduzido o ritmo de crescimento devido aos efeitos da crise internacional, o rendimento médio mensal de trabalho do brasileiro (pessoas com 10 anos ou mais de idade) aumentou 1,7% de 2007 para 2008, passando de R$ 1.019 para R$ 1.036. De 2005 para  2006, a elevação havia sido de 7,2%, e de 2006 para 2007, de 3,1%.

O acréscimo, no entanto, foi observado com mais intensidade entre a parcela mais pobre da população. Para os 10% das pessoas ocupadas com rendimentos mais baixos, o crescimento da renda média mensal foi de 4,3%, enquanto para os 10% com rendimentos mais elevados, de 0,3%.

Os dados, divulgados hoje (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) relativa ao ano de 2008. O estudo, publicado anualmente, traz uma radiografia da situação econômica do país, com informações sobre população, migração, educação, trabalho, família, domicílios e rendimentos.”

(Agência Brasil).

Água a mais em frango rende multa para Sadia e Diplomata

“A Justiça Federal do Paraná condenou as empresas Sadia e Diplomata a pagamento de multa pela venda de frangos congelados com excesso de água. As empresas terão que pagar, respectivamente, R$ 700 mil e R$ 200 mil por danos morais coletivos. As duas ainda podem recorrer.

 
A decisão atendeu a pedido do Ministério Público Federal, que identificou irregularidades nos frangos congelados produzidos pelas duas empresas e vendidos no mercado. Para o MPF, o excesso de água tem como objetivo aumentar o peso do produto, o que causa prejuízo aos consumidores.
 
Segundo o MPF, a Diplomata, desde 2000, e a Sadia, desde 2003, vêm recebendo seguidas multas por parte do Ministério da Agricultura devido à irregularidade, sem apresentar solução ao problema. A legislação prevê que os frangos congelados tenham, no máximo, 6% de água em relação ao peso total.”
 
Clique e Leia mais 

90% dos empregos gerados no Ceará paga salário mínimo

“Apesar do crescimento médio anual de 5,7% no nível de empregos no Ceará, registrado entre 1998 a 2008, com aumento de 46 mil vagas/ano, culminando em 1,1 milhão de postos de trabalho no ano passado, cerca de 90% dos novos trabalhadores cearenses não recebem mais do que um salário mínimo por mês. Os dados foram apresentados ontem, em um estudo do Sistema Nacional de Empregos (Sine) e Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT).

De 2004 a 2008, dos 176,9 mil empregos gerados, 159,3 mil tinham como remuneração até um salário mínimo. Nas faixas acima de um salário e meio, os resultados são negativos, e apontam decréscimo de 22,5 mil empregos, em igual período. “O que acontece é que estão havendo aberturas de vagas, mas há também rebaixamento salarial. Os que entram ganham menos que os que saem”, explicou o diretor de Estudos e Pesquisas do IDT, Mardônio de Oliveira Costa.

Segundo o diretor do IDT, Mancabira Junior, o problema dos baixos salários é uma questão nacional. “Temos que ter cautela porque é uma média que às vezes não retrata a realidade. Alguns salários são muito altos e outros baixos, mas estamos vivendo um momento histórico no Ceará”, disse.

Achatamento
Ainda segundo Mancabira, a hora é boa para investimentos e o presidente Lula tem participação importante neste crescimento. “Foi o primeiro governante republicano que desenvolveu o Nordeste”, acredita e disse que o valor dos salários da Região cresceu mais do que a média nacional, nos últimos anos.

Mas para o coordenador de pesquisas do Dieese de Fortaleza, Ediran Teixeira, o problema dos baixos salários é pior aqui no Estado. “Existe uma cultura de se pagar pouco, mesmo em época de desenvolvimento econômico. Os benefícios do crescimento não são repassados para os trabalhadores que perdem com isso”, declarou e afirmou que ocorre um achatamento salarial. “O maior salário está cada dia se aproximando do menor. O mínimo teve ganho, mas ainda não serve como expediente de transferência de renda”, afirmou.

A média de salário no Estado, contando com a RMF, é de R$ 545,18 para os homens e R$ 513,88 para as mulheres. O ganho real ficou em 24,35% na média, de 2004 a 2008, 24% para o sexo masculino e 26% para o feminino 26%.

EMPREGOS GERADOS DE 2004 A 2008 NO CE

FORTALEZA 108.482
Maracanaú 6.516
Eusébio 6.383
J. Norte 6.015
Horizonte 4.342
Sobral 4.087
Russas 3.220
Aquiraz 2.906
Ocara 2.538
Limoeiro Norte 2.309
Caucaia 2.219
Iguatu 2.096
Quixadá 1.387
Itapipoca 1.130
Barbalha 902
Pentecoste 847
Paraipaba 814
Ubajara 747
Itapajé 745
Baturité 727
Paracuru 684
Jaguaruana 588
Tianguá 572
Quixeramobim 521
São Benedito 422
Acarape 361
Morada Nova 324
Irauçuba 254
Ipu 198
Guaramiranga 189
Barreira 156
Varjota 142
Boa Viagem 123

Fonte: Elaboração Própria do Autor Baseada em MTE/CAGED 2004 -2008.

(O POVO)

Spread bancário terá novas regras, diz Meirelles

bcc

“O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou nesta quinta-feira (17) que novas regras sobre o cálculo do spread bancário (diferença entre a taxa de captação de dinheiro pelos bancos e os juros cobrados nos empréstimos ao cliente) serão divulgadas nas próximas semanas.

“Vamos passar a calcular com base na perda esperada e nas perdas ocorridas (…). O que existe é um aperfeiçoamento nos mecanismos de aferição e cálculo da composição do spread, para todos olharem e cobrarem de suas instituições”, afirmou Meirelles, que participou de audiência na Comissão Mista de Orçamento.

Meirelles destaca que a medida beneficiará a concorrência entre os bancos e reduzirá o custo para se obter dinheiro dessas instituições. Para ele, os resultados da nova metodologia podem ser potencializados com a proposta que cria o cadastro positivo (um banco de dados de bons pagadores). Atualmente, a matéria tramita no Senado.

Para ele, as novas regras para o spread farão com que o consumidor tenha uma noção mais clara de algumas variáveis utilizadas para a concessão do crédito (impostos, custos administrativos, inadimplência e lucro).

Henrique Meirelles também adiantou que o governo está finalizando um projeto, que deve ser enviado ao Congresso, para tornar o mercado de cartões de crédito mais competitivo e transparente. Segundo ele, é preciso fazer com que a taxa de juros cobrada pelas administradoras dos cartões de crédito “se aproxime da taxa média”.

Meirelles ressaltou ainda que o Brasil conta com o maior patamar de reservas internacionais, US$ 222 bilhões, e está numa situação melhor do que outros países diante da crise financeira internacional.”

(Congresso em Foco)

Governo anistiará dívidas de 140 mil contribuintes

O governador Cid Gomes (PSB) anunciou nesta quinta-feira, por meio do twitter, que 140.528 contribuintes estaduais terão dívidas perdoadas. A medida faz parte do Novo Refis que Cid apresentará, durante entrevista coletiva, às 16 horas da próxima seguinda-feira, no auditório da Secretaria da Fazenda.

“Evitei até agora, trinta e dois meses de Governo, fazer refinanciamentos de impostos devidos (Refis). Entendo que a vulgarização desta prática de refis é um desestímulo aos que honram os seus compromissos”, afirmou o governador via twitter.

Segundo o governador, ficou definido que serão feitas as remissões totais de dívidas geradas antes de 31 de dezembro de 1994; de débitos de Imposto de sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) inferiores a R$ 10 mil por Cadastro Geral de Contribuintes (CGC) e contraídos antes de 31 de dezembro de 2006; e de débitos de Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) inferiores a R$ 5 mil contraídos por pessoa física ou CGC até 31 de dezembro de 2006.

O secretário da Fazenda, Mauro Filho, informou nesta tarde, antes de viajar para Brasília, que a mensagem do Novo Refis será encaminhada para a Assembleia Legislativa ainda na segunda-feira. Mauro Filho foi participar de reuniões sobre investimentos federais para as obras estruturantes da Copa 2014.

José Dirceu visitará Fortaleza na 3ª feira

dirceu

O ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, visitará Fortaleza na próxima terça-feira para proferir, a partir das 19 horas, a aula inaugural da Faculdade de Tecnologia e Negócios do Grupo Oboé.

José Dirceu, que é formado em Direito pela PUC-SP, atende a um convite do empresário Newton Freitas, presidente do Grupo Oboé. A aula será ministrada no auditório do Centro Cultural Oboé. Ele abordará o tema “Perspectivas Econômicas e Políticas do Brasil” para um público formado por cerca de 200 alunos dos cursos de Ciências Contábeis, Administração, Gestão Financeira e Relações Internacionais.

Empresários, lideranças de categoria e políticos também conferirão o encontro.

DETALHE – A agenda política de Dirceu em Fortaleza não foi divulgada. Claro que a corrente petista da qual ele faz parte não dispensará boas conversas com seu guru.

SERVIÇO

* Centro Cultural Oboé – Rua Maria Tomásia, nº 531 – Aldeota.

Auditores fiscais promovem encontro sobre autonomia do fisco

A Associação dos Auditores Fiscais do Estado do Ceará (Auditece) promoverá, de 23  a 25 próximos, no auditório do Hotel Oasis Atlântico Imperial, o VI Encontro do Fisco Estadual Cearense. O tema central é “Autonomia do Fisco: Fortalecimento do Estado e da Sociedade”.

Esse encontro faz parte das comemorações alusivas ao Dia do Servidor Fazendário, que ocorre no dia 27 de setembro.

A abertura do evento contará com a presença do presidente da União Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco), Pedro Delarue, e da procuradora da Fazenda Nacional, Denise Lucena. Todas as entidades fazendárias do Ceará apoiam a iniciativa. Entre elas, Sintaf, Casaz, Aasecm e Ufsec.

SERVIÇO

Mais informações – www.auditece.org.br

Fone – (85) 3248 5657 

Hotel Oásis Atlântico Imperial – Avenida Bira Mar, 2.500 – Meireles.

Le Monde – Lula acertou ao chamar crise de “marolinha”

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve uma visão “bastante correta” ao dizer, no ano passado, que a crise no Brasil provocaria apenas uma “marolinha”, diz artigo publicado no jornal francês “Le Monde” nesta quinta-feira.

O diário argumenta que a recessão no Brasil durou apenas um semestre, citando o aumento de 1,9% do PIB no segundo trimestre de 2009, após queda nos dois trimestres imediatamente anteriores, além da recuperação da Bolsa de Valores de São Paulo e do real.

“A rápida recuperação do Brasil demonstra a precisão da estratégia adotada pelo governo e concentrada no apoio do mercado interno. As reduções de impostos a favor das indústrias de automóveis e de eletrodomésticos mantiveram as vendas nestes nestes dois setores cruciais”, afirma o jornal, lembrando ainda que a confiança do consumidor brasileiro jamais chegou a ser abalada.

No artigo, intitulado “A retomada do crescimento mundial se baseia nos Brics”, o Le Monde traça o panorama econômico dos países do grupo –Brasil, Rússia, Índia e China– um ano após a queda do banco Lehman Brothers, considerada o marco da atual crise financeira global.”

(BBC Brasil)

Cid anuncia 2ª feira o Novo Refis

O governador Cid Gomes (PSB) vai lançar, às 15 horas da próxima segunda-feira, o Novo Refis. O anúncio será feito durante entrevista coletiva no auditório da Secretaria da Fazenda do Estado, ao lado do secretário da Fazenda, Mauro Filho, e do procurador-geral do Estado, Fernando Oliveira.

O Novo Refis chega como mais uma oportunidade de renegociação dos que devem ICMS e IPVA. De acordo com o governador, para atender dívidas antigas e de pequenos valores.

Estaleiro – “A princípio, somos contra”, diz prefeita

“A prefeita Luizianne Lins reconhece que a implantação de um estaleiro na praia do Titanzinho, no bairro ServiLuz, pode comprometer os planos da Prefeitura de integrar a orla da cidade. Mas ainda não bateu o martelo sobre o assunto. “A princípio somos contra a localização do estaleiro no Titanzinho. Vou conversar com Cid (Gomes) e, se a empresa ganhar a licitação, também com a empresa, para chegarmos a melhor solução”, pondera a prefeita.

Pelo Projeto Orla, a Prefeitura planeja especialmente duas linhas de ações para o Titanzinho e bairros vizinhos: a regulação fundiária e a requalificação da área do Farol do Mucuripe. Durante a audiência pública na Câmara Municipal na última terça-feira, 15, o coordenador do Projeto Orla, Raimundo Félix, disse que a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam), a qual está vinculado o Projeto Orla, não poderia opinar sobre o impacto do estaleiro na região porque ainda não conheciam o projeto.

As vantagens
O economista e consultor pernambucano Herótodo Moreira fala da importância da construção de mais um estaleiro no Nordeste e faz um comparativo com o estaleiro Atlântico Sul, construído no Porto de Suape, em Pernambuco, de propriedade da mesma empresa que pretende construir o estaleiro no Titanzinho, a PJMR

“O estaleiro de Pernambuco já é considerado o segundo polo naval do País. Mais um estaleiro no Nordeste será de grande utilidade”, pontua Moreira chamando a atenção para vantagens como a incorporação de novas tecnologias e conhecimento no Estado, além da geração de empregos de forma direta e indireta. “Hoje não temos mão-de-obra qualificada em quantidade. Mas aqui em Pernambuco, por exemplo, o próprio Governo se interessou em recrutar e treinar pessoal, inclusive conseguindo recursos no Governo Federal”.

Sem conhecer a área onde pretende se instalar o estaleiro cearense e sem saber da polêmica envolvendo os moradores do Titanzinho, que se manifestam contra o empreendimento, Moreira acredita que “não há porque se combater um empreendimento como um estaleiro, desde que se obedeça as normas ambientais do lugar”. “Um estaleiro mexe muito com a economia de um estado”, finaliza Moreira.

EMAIS

ENTENDA O ESTALEIRO

– Para se tornar realidade, o estaleiro previsto para ser construído no Ceará, na praia do Titanzinho, depende de uma licitação, pela Transpetro, para a construção de oito navios gaseiros.

– O resultado da licitação deve sair em outubro. O “estaleiro virtual”, como é chamado, sai do papel se a empresa PJMR tiver oferecido o menor preço para a construção dos navios.

– Todo estaleiro precisa ficar próximo a um porto. Uma área do Titanzinho foi escolhida para “aproveitar” um projeto da década de 80 que previa a expansão do Porto do Mucuripe. ”

(Jornal O POVO)

Arrecadação estadual em agosto cresce 5,28%

secmauroflhjo

“A arrecadação estadual voltou a registrar incremento. Em agosto último, a Secretaria da Fazenda contabilizou aumento nominal de 5,28%, se comparada a igual período de 2008.

Em termos de valores, esse aumento significou mais R$ 465 milhões nos cofres estaduais, o que é motivo para comemorações, informa o secretário Mauro Filho. Mas ele não esconde uma certa ponta de tristeza.

Também em agosto, o repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) apresentou novamente queda. Dessa vez, de 15,2%, segundo Mauro Filho que promete divulgar amanhã, durante entrevista coletiva em seu gabinete de trabalho, detalhes sobre o quadro financeiro do Estado.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Cid lança Novo Refis ainda neste mês

O governador Cid Gomes (PSB) anunciou, nesta noite de quarta-feira, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza, que o Novo Refis deverá sair até o fim deste mês. Ele disse já ter pedido celeridade ao secretário da Fazenda, Mauro Filho, adiantando que a renegociação de débitos virá para atender aos que possuem “dívidas pequenas e antigas” no que diz respeito a IPVA e ICMS.

Sobre a regulamentação do Fundo de Desenvolvimento do Comércio, que prevê incentivos para empreendedores que investirem também no Interior, o governador disse que a Sefaz está nafase dos “ajustes finais” da medida. Não precisou data. Cid confere palestra do ex-presidente do BC, Gustavo Loyola, que marca o lançamento do Fortaleza Liquida, festival de promoção de produtos a ser colocado em prática pelo comércio em março de 2010.

Cid Gomes deu poucos detalhes sobre o projeto de construção de um estaleiro na Praia do Titanzinho e que é motivo de polêmica em razão de possíveis impactos ambientais. Revelou que o pr0jeto ainda está na fase de discussões e que não poderia aprofundar avaliações a respeito.

Tijolo feito à base de manipueira ganha destaque na Assembleia Legislativa

ferreria

O deputado estdaual Ferreira Aragão (PDT) destacou, em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, a fabricação do tijolo ecológico em algumas cidade da Região do Cariri. Segundo informou, cidades como Santana do Cariri, Barbalha e Missão Velha esão apostando nesse novo nicho de um mercado de futuro.

Ferreira Aragão explicou que o tijo ecológico é fabricado aproveitando a manipueira, a casca da mandioca que é misturada ao barro. Como resultado é um tijolo é mais leve, mais frio e com preço bem abaixo do tijolo comum.

“O preço do milheiro do tijolo ecológico custa apenas R$ 40,00, enquanto o outro chega a R$ 300,00”, acentuou Aragão, apelando às autoridades para que avaliem esse novo tjolo. “Seria uma boa forma de gerarmos mais empregos e darmo condição às pessoas com menor poder aquisitivo de construir a sua casa, gastando pouco”, disse o pedetista.

MP tenta resolver impasse entre moradores e parque eólico

 “O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio dos promotores de Justiça da Comarca de Aracati, Alexandre de Oliveira Alcântara e Cledson Ramos Bezerra, realizou nesta semana, no Fórum local, uma audiência para discutir os transtornos causados à Comunidade do Cumbe pelas obras da usina eólica e pelos caminhões que levam os aerogeradores àquela região. Os promotores propuseram às partes interessadas na resolução do problema a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que numere as obrigações da empresa Bons Ventos, do Município de Aracati e do Estado do Ceará, bem como a obrigação da Comunidade em liberar o acesso da estrada municipal ainda interditada.

A Empresa Bons Ventos concordou em assinar o TAC nos termos mencionados anteriormente, e o município de Aracati ficou de analisar os termos do TAC. Foi deliberada, então, a suspensão da audiência até a resposta pelo Estado do Ceará e do município de Aracati da pauta de reivindicações da Comunidade, isso até a próxima segunda-feira (dia 21/09). O representante da Comunidade esclareceu que a decisão do desbloqueio da estrada será tomada coletivamente, após essa audiência pública.

O representante da Comunidade do Cumbe, Ocivan Oliveira Moreira, relatou todos os problemas enfrentados pela população em razão da obras do Parque Eólico da Empresa Bons Ventos. Ele citou o problema de saúde pública da poeira, da lama e traumas causados nas crianças. Falou da privatização dos espaços públicos da comunidade do Cumbe, entre os quais, o próprio cemitério. Por último, falou da devastação das dunas e dos sítios arquelógicos provocada pela implantação do parque eólico e pediu apoio ao Ministério Público para enfrentar esses problemas.

A empresa Bons Ventos Eólica dispensou ontem seus funcionários até que o problema seja resolvido e as obras tenham continuidade. São três parques eólicos a serem inaugurados nos próximos meses. O primeiro em novembro, o segundo em dezembro e o último em janeiro de 2010. Os três levam investimentos superiores a R$ 700 milhões e terão potencial de 138,5 megawatts de produção de energia. A empresa diz manter um contato direto com a comunidade, acompanhando suas reivindicações e atendimentos.”

(Com site do MP-CE)

Brasil gera cerca de 242 mil novos empregos; Ceará, 13 mil

“O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de agosto registrou a criação de 242.126 empregos formais, segundo dados divulgados nesta quarta-feira, 16, pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Esse saldo líquido positivo é resultado de 1,457 milhão de contratações e 1,215 milhão de demissões. O saldo líquido representa um crescimento de 0,75% em relação ao estoque de empregos de julho. Em julho, foram criados 138.402 empregos. Na última segunda-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estimou que a geração de empregos formais (com carteira assinada) em agosto bateria recorde e chegaria a 150 mil postos. 

De janeiro a agosto, foram criados 680.034 postos de trabalho e, nos últimos 12 meses, 328.509 vagas. De janeiro a agosto, a geração de vagas teve crescimento de 2,13% em relação ao estoque de postos de dezembro do ano passado. 

A afirmação de Lula foi feita em entrevista a rádios de Roraima, onde o presidente passa esta segunda-feira. Na entrevista, Lula disse que os dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged) serão divulgados na próxima quinta-feira (dia 17) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Na entrevista, Lula destacou: “Certamente vamos bater outra vez recorde de criação de empregos, deve ser por volta de 150 mil empregos. Enquanto o mundo inteiro está tendo desemprego, vamos chegar ao fim do ano com quase um milhão de empregos novos criados com carteira assinada.”

O último resultado do Caged registrou a criação de 138.402 vagas formais em julho de 2009, o melhor saldo registrado no ano e o quarto maior da série histórica, segundo dados do cadastro. O número é 0,43% maior do que o registrado no mês anterior, mas é menor do que o referente a julho de 2008, quando foram criados 203.218 postos. No acumulado do ano, o saldo é de 437.908 postos.”

 (Agência Estado)

O CEARÁ gerou, em agosto último, cerca de 13 mil novos empregos, segundo informação do secretário-executibo do Ministério do Trablho eEmprego, André Figuieiredo.

Cada governador tem a bancada que merece?

Enquanto a bancada federal do Ceará brigou com o governador Cid Gomes (PSB) pela liberação de verbas de emendas, a bancada pernambucana na Câmara fez reunião com o governador Eduardo Campos (PSB) e fechou uma estratégia em torno do Pré-Sal: apresentará, nesta quarta-feira, uma emenda conjunta que estipula uma nova divisão para os lucros a serem obtidos com a exploração de petróleo na camada do pré-sal.

A proposta – assinada pelos 25 parlamentares – determina que 90% dos lucros com os royalties sejam repartidos entre os estados e municípios não produtores e que o repasse seja via Fundo de Participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM). Os 10% restantes iriam para os estados e municípios produtores.

(Com Blog da Folha)