Blog do Eliomar

Categorias para Economia

Entrada de dólares no País em setembro supera a saída em US$ 2,5 bilhões

Mais dólares entraram do que saíram no país em setembro. De acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (4), o fluxo cambial ficou positivo em US$ 2,545 bilhões no mês passado. De janeiro a setembro, o fluxo cambial ficou positivo em US$ 6,679 bilhões.

Em setembro, a conta financeira (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) registrou déficit de US$ 64 milhões. Já o segmento comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações) apresentou resultado positivo de US$ 2,609 bilhões.

Commodities

O BC também divulgou hoje o Índice de Commodities Brasil (IC-Br), que mostra a variação de preços de produtos primários com cotação internacional. Em setembro, o índice apresentou alta de 1,11%. Em 12 meses, encerrados em setembro, o índice subiu 0,09%, e no acumulado do ano, houve retração de 5,7%.

O IC-Br é calculado com base na variação em reais dos preços de produtos primários (commodities) brasileiros negociados no exterior. O BC observa os produtos que são relevantes para a dinâmica dos preços ao consumidor no Brasil.

No mês passado, o segmento de energia (petróleo, gás natural e carvão) registrou aumento de 6,19%, enquanto o de metais (alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel) subiu 1,74%.

O segmento agropecuário (carne de boi, algodão, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco) registrou alta de 0,21%. O índice internacional de preços de commodities CRB, calculado pelo Commodity Research Bureau, registrou queda de 2,36% em setembro e alta de 2,94%, em 12 meses.

(Agência Brasil)

Quer ser trainee da Serasa Experian?

Termina, nesta quarta-feira, ao prazo de inscrições no programa de trainee da Serasa Experian. A empresa oferece salário mensal de R$ 5.300,00 e outros benefícios, como vale-refeição, assistência médica e odontológica, seguro de vida, previdência privada, participação nos lucros da empresa e possibilidade de efetivação em cargo de liderança.

O programa tem duração de vinte meses e estudantes de quaisquer áreas formados a partir de dezembro de 2015 ou que vão completar a graduação até julho de 2018, e inglês avançado, podem se inscrever pelo site: www.99jobs.com/serasa-experian-s-a.

As vagas disponíveis são direcionadas às áreas de Recursos Humanos, Finanças, Jurídico, Negócios, Tecnologia da Informação e Vendas. Os interessados precisam ter disponibilidade para trabalhar na unidade Quinimuras (Zona Sul de São Paulo) ou em São Carlos, no interior do Estado, dependendo da área.

Caravana cearense participa do Congresso Brasileiro dos Corretores de Imóveis

O Ceará participará, a partir desta quarta-feira, em Brasília, do Congresso Brasileiro dos Corretores de Imóveis.

Cerca de 30 corretores seguiram, nas últimas horas, na rota de um encontro que, segundo o presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci), Apolo Scherer, discutirá os cenários da economia e suas perspectivas.

De acordo com Apolo Scherer, o segmento vê com preocupação um corte de 50% dos financiamentos do governo na área habitacional e de construção.

(Foto – Paulo MOska)

Aumenta a inadimplência das famílias brasileiras

237 1

O percentual de famílias inadimplentes no Brasil passou de 24,6% em agosto para 25% em setembro, o maior patamar desde maio de 2010, de acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), feita pela Confederação Nacional do Comércio. A informação é do colunista Lauro Jardim, do O Globo.

A proporção de famílias que declararam não ter condições de pagar as contas e que, portanto, permaneceriam inadimplentes, também aumentou. Atingiu 10,3% das famílias em setembro (ante 10,1% em agosto), o maior patamar da série histórica, iniciada em janeiro de 2010.

A pesquisa é apurada mensalmente pela CNC desde janeiro de 2010. Os dados são coletados em todas as capitais brasileiras e no Distrito Federal, com cerca de 18.000 consumidores.

Fortaleza recebe evento sobre energias renováveis

Serão abertos, às 14h30min desta quarta-feira, no Terminal Marítimo de Fortaleza (Mucuripe), a X Feira Intersetorial e o X Congresso Internacional de Energia Renovável e Sustentabilidade (All About Energy).

O evento debaterá, até sexta-feira, o futuro das fontes energéticas renováveis, seu uso e consumo sustentável.

A realização é do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (Cerne) e All About Eventos, com apoio da Federação das Indústrias do Estado (Fiec) e patrocínio do Sindienergia.

(Foto – Arquivo)

MPF dá parecer favorável a ação popular contra aumento de combustíveis

O Ministério Público Federal deu parecer favorável a uma ação popular, de autoria do vereador Célio Studart (SD), contra os constantes reajuste no preço dos combustíveis no País. O processo tem como objetivo a suspensão liminar do Decreto nº 9.101/2017, que aumentou as alíquotas de contribuições sobre os combustíveis.

De acordo com o documento, o decreto que aumentou as alíquotas das contribuições para o PIS/PASEP e da COFINS sobre combustíveis, majorou tributos sem atentar “aos princípios da anterioridade nonagesimal e legalidade tributária que regem as contribuições sociais.”

O aumento das contribuições deve ser realizado por meio de Lei, e não por decreto, para garantir o princípio da não-surpresa ao contribuinte, conforme disposto na Constituição Federal.

A ação aguardará a apreciação do pedido liminar, bem como a sentença por parte do Poder Judiciário.

 

Dia da Criança – Consumidor cearense deve gastar em média R$ 169,00

A projeção do valor médio de gasto por consumidor de Fortaleza para o Dia das Crianças é de R$ 169. É o que diz pesquisa divulgada ontem pela Federação do Comércio de Bens, Serviço e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE). A data deve movimentar R$ 170 milhões no comércio local, 5% a mais ante mesmo período do ano passado, que projetou faturamento de R$ 162 milhões.

Para o economista Alex Araújo, o crescimento de 5% mostra uma mudança na perspectiva da população em relação ao ambiente econômico. “Ela percebeu uma melhora e quer comprar mais”, diz. O perfil do consumidor que busca presentear é predominantemente do sexo feminino (66,8%), com idade acima de 36 anos (77,4%) e renda familiar entre três e seis salários mínimos (74,2%).

A diferença do valor médio de gasto em relação ao ano passado é de R$ 12 a menos. De acordo com o vice-presidente da Fercomércio-CE, Maurício Filizola, essa redução está associada ao cuidado que o consumidor passou a ter com seu dinheiro. “O empresário precisa se preocupar com os produtos que irá colocar na vitrine, com a faixa de preço desses itens”.

Para Maurício, a escolha do local de compra será definida por meio dos descontos oferecidos. O preço “incentiva” a compra de mais de um item. Segundo a pesquisa, o consumidor tem preferência pelo pagamento à vista (68,1%. Para Alex, o consumidor está planejando mais. “Apesar da facilidade do pagamento eletrônico, a compra com cartão de crédito dificulta seguir o planejamento”.

(O POVO – Marcela Benevides)

Prefeito vai entregar a Nova Rua José Avelino

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), vai entregar, às 18 horas da próxima sexta-feira, a requalificação da José Avelino e da Avenida Alberto Nepomuceno, no Centro.

Orçadas em R$ 2 milhões, as obras nas duas vias permitiram a substituição de toda iluminação da área, que passou a contar com novos postes e lâmpadas em LED, calçadas mais largas e acessíveis, ciclofaixa, Ecoponto, recapeamento, pavimentação e paisagismo ao longo dos passeios e canteiro central.

A obra da José Avelino foi responsável pelo resgate histórico e urbanístico de uma das ruas mais antigas do Centro da cidade. A intervenção contou, além das novas calçadas, com drenagem e a restauração de toda a via histórica, com a preservação da demarcação do trilho do antigo bondinho e a recolocação das pedras originais da via, conforme previsto em projeto. A Avenida Alberto Nepomuceno passou por urbanização completa.

Agora é torcer para que tanta beleza chegue logo às praças José de Alencar e do Ferreira, ainda tomadas por ambulantes e moradores de rua.

Venda de veículos teve aumento de 24,5% em setembro

A venda de veículos novos aumentou 24,5% em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, indicam dados divulgados nesta terça-feira (3) pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). No mês passado, foram vendidas 199.227 unidades, contra 159.953 de um ano antes. No acumulado do ano, o total é de 1,62 milhão de unidades vendidas, ou 7,356% a mais do que de janeiro a setembro de 2016.

O resultado global de setembro foi 7,36% inferior ao de agosto, quando foram comercializados 217 mil veículos. Considerando que setembro teve três dias úteis a menos, a média diária do mês passado foi maior. Por isso, a análise dos números do ano revela um cenário de recuperação consistente do setor este ano.

Com 193,5 mil emplacamentos, automóveis, furgões e picapes foram os maiores responsáveis pela alta no setor, com crescimento de 24,9% na comparação anual e de 7,86% no acumulado do ano diante de igual período de 2016.

O aumento na comercialização de ônibus foi ainda maior. No mês passado, foram vendidas 1.105 unidades, o que representa 33% a mais do que em setembro de 2016. A venda de caminhões também cresceu, mas ainda em ritmo menor. A venda de 5.647 unidades representou alta de 9,3%.

A expansão na comercialização dos pesados, no entanto, ainda não é suficiente para compensar os números ruins do início do ano. No período de janeiro a setembro deste ano, ainda há uma redução de 7% sobre 2016.

O mercado de motocicletas foi o único que apresentou resultado negativo em setembro, na comparação com um ano antes. Foram vendidas no mês passado 66.237 motocicletas, 4,9% a menos que em setembro de 2016.

(Agência Brasil)

Renner inaugura mais uma loja em Fortaleza

A Renner vai inaugurar, nesta quarta-feira, mais uma loja em Fortaleza. Agora  no Via Sul Shopping, resultado de um investimento de R$ 6,3 milhões numa área total de 1,6 mil metros quadrados, informa a assessoria de imprensa do grupo.

“Ficamos muito felizes em inaugurar mais uma unidade na região, reforçando a parceria e cumplicidade com os moradores. Esperamos que frequentadores do shopping aproveitem esta novidade”, afirma Haroldo Rodrigues, diretor de Operações da Lojas Renner.

DETALHE – Esta é a nona operação da Renner no Ceará e a 318ª no Brasil.

Produção industrial fecha primeiros oito meses do ano com crescimento de 1,5%, diz IBGE

A produção industrial brasileira encerrou o mês de agosto com queda de 0,8%, frente a julho, na série com ajuste sazonal, mas fechou os primeiros oito meses do ano (janeiro-agosto) com crescimento de 1,5%. A queda de julho para agosto frente ao mês imediatamente anterior interrompe quatro meses consecutivos de expansão na produção, período em que a indústria acumulou crescimento de 3,3%.

Os dados relativos à Pesquisa Industrial Mensal Produção Física – Brasil foram divulgados hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e indicam que na série sem ajuste sazonal, confronto com igual mês do ano anterior, a indústria cresceu 4% em agosto deste ano, após também registrar taxas positivas em maio (4,5%), junho (0,9%) e julho (2,9%).

A taxa acumulada nos últimos 12 meses, no entanto, contínua negativa e fechou agosto em -0,1%, prosseguindo com a redução no ritmo de queda iniciada em junho de 2016, quando o setor fechou com queda de -9,7%.

(Agência Brasil)

Governo libera R$ 9,8 bilhões para gastos

O governo federal liberou R$ 9,8 bilhões em gastos. Uma portaria do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, publicada hoje (3), no Diário Oficial da União, libera os valores de movimentação e empenho em favor de diversos órgãos do Poder Executivo.

“Essa ampliação deve-se à necessidade de atendimento de diversas despesas administrativas e finalísticas dos órgãos envolvidos, inclusive programações que compõem o Programa de Aceleração do Crescimento – PAC”, informou o ministério, em nota. No total, o governo liberou R$ 3,93 milhões para o PAC.

O órgão com maior liberação de recursos foi o Ministério da Defesa, com o total de R$ 2,11 bilhões de descontingenciamento. Desse total, R$ 1,1 bilhão vai para o PAC. O Ministério da Integração Nacional teve a liberação de R$ 1,19 bilhão (R$ 822,5 milhões para o PAC).

O desbloqueio de recursos foi anunciado no último dia 22 pelo ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira. No total, o governo liberou R$ 12,824 bilhões das despesas discricionárias para todos os Poderes da União, Ministério Público da União (MPU) e Defensoria Pública da União (DPU).

Esse desbloqueio de recursos só ocorreu porque o governo conseguiu aprovar no Congresso Nacional o aumento da meta de déficit primário (resultado negativo das contas do governo sem os juros da dívida pública) de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões, deste ano. O governo, no entanto, não liberou integralmente os R$ 20 bilhões por causa de reduções na estimativa de receitas e aumento na previsão com despesas obrigatórias.

(Agência Brasil)

Michel Temer: Brasil está de volta ao caminho do desenvolvimento

229 1

Com o título “Brasil com viés de alta”, eis artigo do presidente Michel Temer, que pode ser conferido no O POVO desta terça-feira. Ele destaca avanços do País no plano da economia. Confira:

Depois de descomplicar as regras de acesso aos recursos do PIS-Pasep e reduzir a idade mínima para os saques, meu governo anunciou a liberação de cerca de R$ 16 bilhões, dinheiro do fundo que estará no bolso de milhões de brasileiros até o fim deste ano. É injeção direta de recursos na economia, mais consumo e mais emprego. Também com o objetivo de reforçar a atividade e melhorar a vida dos brasileiros, reduzimos pela segunda vez no ano os juros que podem ser cobrados pelos bancos no crédito consignado.

As duas medidas associadas buscam melhorar o desempenho de nossa economia, pela via do consumo. São iniciativas semelhantes àquelas já tomadas por nós no primeiro semestre, com efeitos muito positivos e que ajudaram a melhorar os números do Produto Interno Bruto (PIB) – o que nos retirou da maior recessão de nossa história. Liberamos R$ 44 bilhões depositados em contas inativas do FGTS de 25,9 milhões de brasileiros. Já havíamos feito a primeira redução nos juros do consignado em nove anos.

Nos últimos meses, indicadores econômicos como o da confiança empresarial, do consumo, da produção e do emprego melhoraram sistematicamente, marcando o fim da recessão e a volta do crescimento sustentado. Ainda ontem, segunda-feira, dados da FGV mostraram que o Índice de Confiança Empresarial atingiu o maior patamar desde dezembro de 2014, na terceira alta seguida do indicador. Isso mostra que o ambiente de negócios melhorou e que os empresários estão mais seguros para fazer investimentos e contratar mão de obra. Na sexta-feira, o IBGE anunciou o recuo na taxa de desemprego pelo quarto mês consecutivo. Nos primeiros três meses deste ano, nosso PIB cresceu 1% após nada menos do que oito trimestres seguidos de queda. No segundo trimestre, a economia teve novo crescimento, e de forma mais generalizada por setores.

Temos a convicção de que esses avanços se intensificarão ao longo dos próximos meses e também em 2018, avaliação reforçada por projeções do setor privado. Há inúmeras razões para essa confiança. Nossa taxa de juros está no menor patamar em quatro anos e a inflação é a mais baixa desde a implantação do Plano Real. Os investimentos estrangeiros no Brasil seguem firmes, como mostraram os excelentes resultados dos leilões de usinas hidrelétricas e de blocos de petróleo realizados por meu governo na última semana. Após ter dado um salto nos últimos 16 meses, o Brasil ainda tem muito o que avançar, mas as perspectivas são mais do que favoráveis. Nosso País está de volta ao caminho do desenvolvimento.

*Michel Temer

regional.imprensa@presidencia.gov.br
Presidente da República (PMDB).

Camilo vai à Fiec tratar de questões…. econômicas

O governador Camilo Santana (PT) participará, às 19 horas desta terça-feira, do lançamento das Rotas Estratégicas Setoriais da Federação das Indústrias do Estado do Ceará.

O ato ocorrerá no auditório da Fiec, tendo à frente o presidente da entidade, Beto Studart, que promete dar todos os detalhes da estratégia.

Bom lembrar: Beto já avisou que deve deixar a presidência da Fiec, mas evita falar de questões políticas. Será o cicerone de Camilo, que tentará a reeleição.

Ato no aniversário da Petrobras vai protestar contra privatizações da Era Temer

A Central Única dos Trabalhadores, a Frente Brasil Popular e o Movimento dos Atingidos por Barragens puxarão nesta terça-feira, no Rio, um ato contra as privatizações das estatais da Era Temer.

Segundo Graça Costa, da CUT/CE e da CUT nacional, o ato ocorrerá em frente à sede da Petrobras, que, por sinal, está completando 64 anos de fundação.

O deputado estadual Elmano de Freitas (PT) vai participar da manifestação, engajado ao Movimento dos Atingidos por Barragens que prioriza luta contra a privatização da Eletrobras e, em consequência, da Chesf.

(Foto – ALCE)

Sonho não acabou – Chineses prometem refinaria para 17 meses

Da Coluna O POVO Economia, de Neila Fontenele, no O POVO desta terça-feira:

Os chineses do grupo empreendedor Qingdao Xinyutian Chemical Co.,que assinou memorando com o Ceará para a implantação de refinaria no Estado, pretendem realizar o projeto em tempo recorde.

Pelo calendário dos chineses, seria possível transformar o sonho cearense, que se arrasta desde os anos 1970, em realidade em apenas 17 meses. Essa data começaria a contar a partir do momento da aprovação do projeto técnico do empreendimento pelo Banco de Desenvolvimento da China (CDB), prevista para novembro deste ano.

O secretário de Assuntos Internacionais do Estado, Antônio Balhmann, retornou este fim de semana de missão à China e Coreia do Sul, animado com os resultados das negociações.

Ele conta que a parte empresarial do projeto está pronta. Balhmann esteve com o presidente do grupo Qingdao, Wu Ruzhou, e com engenheiros responsáveis também pela implantação da maior refinaria da China, acertando os últimos detalhes. O projeto fechado com a Qingdao inclui ainda um polo petroquímico.

A planta de refino representaria um investimento de US$ 4 bilhões, dividido em trens de 150 mil barris e haveria ainda um terminal petroleiro para recepcionar os navios que abastecerão a planta. Com isso, o investimento saltaria para US$ 7,5 bilhões.

Balhmann conta que a Qingdao já foi registrada no Pecém e o Estado se comprometeu em participar do empreendimento. O valor a ser desembolsado pelo Ceará não foi fechado, mas o Estado entrará com o terreno e as infraestruturas internas necessárias. “Para o CDB, o peso institucional do governo era importante”, ressalta o secretário.

Na avaliação de Balhmann, a meta de construção da refinaria em 17 meses, estipulada pelos chineses, é bastante arrojada, até pela distância de onde virão os materiais para a implantação do empreendimento. Apesar disso, ele explica que o grupo tem experiência e já construiu projetos em 19 meses.

A empresa brasileira BRCP (que representa no Brasil a CNPC, considerada a maior petroleira do planeta) também participará do projeto da refinaria. A companhia fará a seleção dos fornecedores de óleo e petróleo leve, que virão do Irã. Os sócios da BRCP, Ye Ming e Adriano Figueiredo, também estiveram nas últimas reuniões realizadas para o fechamento dos acordos.

Camilo e Roberto Cláudio terão reunião com Air France

361 1

O governador e o prefeito na mesma rota.

O grupo Air France–KLM realizará nesta quarta-feira, na sede do consulado francês, em São Paulo, evento de celebração da escolha de Fortaleza como sede do hub (centro de conexões de voos) do grupo no Nordeste. O governador Camilo Santana (PT) e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), participarão do evento.

Este é o primeiro encontro oficial das autoridades cearenses com o diretor geral para América do Sul da Air France-KLM, Jean-Marc Pouchol, e o presidente da Gol, Paulo Kakinoff, desde o anúncio do investimento no último dia 25.

Um grupo de trabalho, envolvendo as empresas, o Estado, a Prefeitura de Fortaleza, a Fraport, e todos os órgãos que têm relação direta ou indireta com a operação do aeroporto, está sendo estruturado para agilizar as demandas para implantação do projeto.

“Em outubro, na data de lançamento das vendas das passagens aéreas do trecho Brasil e Europa vamos fazer grande lançamento no Ceará com a presença de todos para apresentar para população o que representa este investimento”, diz Camilo.

O Estado também encomendou um estudo para avaliar os impactos que o hub aéreo terá na economia. Este trabalho será coordenado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), em parceria com outras empresas de consultorias, inclusive, internacionais.

“A partir do plano de negócio das empresas, precisamos saber o que o Estado tem para adicionalmente ser parceiro da empresa, para depois simular o impacto econômico destas diversas ações. Acredito que em seis meses (teremos) um documento mais robusto sobre isso”, afirmou o presidente do Ipece, Flávio Ataliba.

O secretário do Desenvolvimento Econômico, César Ribeiro, informou que o Estado também está trabalhando para estreitar o contato entre o setor produtivo, a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) e a direção de logística de cargas do grupo para definir estratégias para viabilizar as operações de transporte de carga aérea para Europa.

(O POVO – Repórter Irna Cavalcante/Foto – Arquivo)

Credores da Oi têm até o dia 19 para fechar acordo

Os credores da recuperação judicial da Oi, com créditos de até R$ 50 mil, têm até o dia 19 de outubro para participar do Programa de Acordo com Credores. A informação foi divulgada hoje (2) pela empresa, que passa por processo de recuperação com dívidas acumuladas de mais de R$ 65 bilhões. A Oi tem por volta de 53 mil credores, dos cerca de 55 mil que fazem parte da recuperação judicial, com valores de até R$ 50 mil para receber. Desse total, pouco mais de 26 mil se cadastraram para receber as dívidas.

De acordo com a Oi, até o momento foram fechados cerca de 12 mil acordos, o que inclui um total de R$ 160 milhões de créditos. A empresa informou que os pagamentos serão realizados em duas parcelas: a primeira correspondente a 90% do valor, acontece em até dez dias úteis após a assinatura do termo de acordo. Os 10% do crédito remanescente serão recebidos pelo credor em até dez dias úteis após a homologação do Plano de Recuperação Judicial. A previsão é que o plano seja analisado na assembleia geral de credores, marcada para 23 de outubro.

Como receber

Os valores serão recebidos por meio de depósito na conta bancária do credor. Para se cadastrar para receber os valores, os interessados devem acessar a plataforma eletrônica www.credor.oi.com.br, apresentando a documentação pedida.

Outra alternativa é se dirigir aos centros de atendimento, cujos endereços podem ser obtidos na página da Recuperação Judicial da Oi na internet: www.recjud.com.br. Os centros estarão abertos nos dias úteis, das 9 às 17 horas, e aos sábados, das 9 às 15 horas. Outras informações também podem ser obtidas pelo 0800-644-3111.

O grupo Oi requereu o pedido de recuperação judicial em 20 de junho de 2016. O caso é o maior e mais complexo processo de recuperação judicial da história do país.

Recuperação judicial

A empresa, que está entre as maiores prestadoras de serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga, TV por assinatura e uma das maiores provedoras de infraestrutura do setor de telecomunicações passa por um processo de recuperação judicial. A tele acumula dívidas de R$ 65,4 bilhões em bônus, dívidas bancárias e responsabilidades operacionais.

Na última quinta-feira (28), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu adiar a reunião marcada para analisar a abertura de processo para cassar as concessões e autorizações da Oi para operar os serviços de telefonia fixa, celular, banda larga e TV por assinatura.

A decisão da agência reguladora foi comunicada por meio de nota e ocorreu após a Justiça autorizar o adiamento da assembleia geral de credores que avaliará o plano de recuperação da empresa. A Justiça acatou o pedido da Oi e postergou para o dia 23 de outubro a assembleia, inicialmente marcada para o dia 9.

(Agência Brasil)

Queixas contra o Bradesco

337 1

De José Francisco Rodrigues, coordenador-adjunto do Fórum Unificado das Associações de Servidores Públicos do Estado do Ceará (Fuaspec) e representante da Associação dos Servidores de Nível Médio da Saúde do Estado (Asenmesc), recebemos a seguinte nota, em tom de queixa.

Caro Eliomar de Lima,

O Bradesco, o banco que presta seus serviços ao Governo do Ceará, encontra-se, pelo visto, em situação de decadência no quesito trabalhadores, principalmente nas funções de caixa. Quem sabe, sentindo a falta dos que aderiram ao Plano de Demissão Voluntária, dando assim continuidade ao projeto do Governo Temer.

Resultado disso: quem mais sofre são os servidores públicos estaduais. A maioria recebe o salário por essa instituição – ativos, aposentados e pensionistas, e se vê sem caixa para atender, enfrentando dificuldades.

Para melhor constatar o que exponho, é só dar uma passadinha nas agências do Bradesco situadas na Capital. No Interior, o quadro é o mesmo.

Sem mais,

*José Francisco Rodrigues
Coordenador Adjunto do Fuaspec
Representante da Asenmesc

Aécio Neves – Cadeia é pouco

Com o título “Aécio – Cadeia é pouco”, eis artigo de José Nilton Mariano Saraiva economista UFC e aposentado do Banco do Nordeste. Confira:

Institucionalmente imbuídas da responsabilidade de guardiões maior do que consta no tal “livrinho” (Constituição Federal), as preguiçosas “excelências togadas” com assento no Supremo Tribunal Federal conseguiram o que parecia impossível: fazer com que o cadáver insepulto do “playboy do Leblon”, Aécio Neves, fosse ressuscitado em pleno apogeu da crise moral e ética pela qual passa o país, e da qual ele (Aécio) foi um dos protagonistas (senão o principal deles).

Afinal, os flagrantes do seu pedido de propina de estratosféricos dois milhões de reais ao ex-empresário Joesley Batista e, posteriormente, a entrega da bufunfa ao primo-emissário Fred por parte de um subalterno do dito cujo, não deixam nenhuma dúvida sobre o comportamento bandido/marginal de Aécio Neves.

Por ser detentor de foro privilegiado, já ali, naquela oportunidade, deveria ter sido penalizado com alguma medida enérgica por parte do plenário do tal Supremo Tribunal Federal, em consonância com o Senado Federal, se esse poder quisesse se fazer respeitar.

Para tanto, era só o pleno daquela Corte corroborar a decisão de um dos seus membros, Edson Fachin, que houvera afastado o bandido das atividades parlamentares, ao tempo em que se recomendaria a cassação do seu mandato ao Senado Federal (como, aliás, já houvera acontecido com o também senador Delcídio do Amaral, cassado por muito menos).

E no entanto, deu-se exatamente o oposto: um outro integrante daquela corte, Marco Aurílio, sarcástico costumaz e gozador potencial da cara de todos nós, em decisão monocrática restabeleceu o mandato do meliante e o autorizou a voltar às funções parlamentares (ao tempo em que, insatisfeito, tecia loas à trajetória do senador-bandido).

Agora (de novo, outra vez, novamente), o marginal é penalizado pela primeira turma do STF (são cinco integrantes) e coloca a mafiosa classe política brasileira (os Aécios de amanhã) em polvorosa, já que alguns integrantes da “outra banda” daquela corte (os demais seis componentes) vê tal decisão como inconstitucional, porquanto interferindo na tal independência entre os poderes constituídos.

Evidentemente que, em razão de boa parte dos integrantes do Senado Federal incorrerem no mesmo comportamento marginal do Aécio Neves (também têm rabo preso), o corporativismo já se faz presente, e o escarcéu está feito. Terá o Senado Federal “peito” suficiente para ir de encontro a uma decisão do Supremo Tribunal Federal, desobedecendo-a acintosamente ??? Se o fizer, como ficará aquela Corte, tendo em vista ser considerada não só a “guardiã” do tal “livrinho” (Constituição Federal) mas, também, a última cidadela daqueles que procuram justiça ??? Portanto, de novo o STF está na berlinda.

Particularmente, entendemos que ao Aécio Neves deve ser dado o castigo-padrão para tais casos: devolução da grana roubada aos cofres públicos, indisponibilidade dos bens, banimento da atividade política nacional e, claro, ser colocado atrás das grades da Papuda, a fim de pagar pelos miscelânea de crimes praticados contra a sociedade brasileira no decorrer da sua bandida vida política, não só na esfera parlamentar, mas também na executiva (lembremos que, como Governador de Minas Gerais, ele se locupletou da atividade pública através do recebimento de polpudas propinas quando da construção do tal Centro Administrativo).

Como fazê-lo, aí é outra história.

*José Nilton Mariano Saraiva,

Economista UFC e aposentado do Banco do Nordeste.