Blog do Eliomar

Categorias para Economia

FPM – Primeiro repasse de novembro supera os R$ 8 bilhões

As prefeituras brasileiras receberão, a partir desta quinta-feira, 10, o primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste mês. O montante será de R$ 6,70 bilhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Se incluída nos cálculos, o repasse totaliza R$ 8,38 bilhões.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra os gestores que o repasse desse decêndio traz acrescido os recursos da repatriação de ativos brasileiros no exterior. Segundo comunicado da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o montante total do Fundo abriga R$ 4,68 bilhões brutos referentes à Lei 13.254/2016, também conhecida como Lei da Repatriação.

No comparativo com o primeiro decêndio do ano anterior, a Confederação nota que o repasse do FPM de novembro teve uma queda nominal de 3,14%. Em 2015, os Municípios receberam R$ 3,81 bilhões, e neste ano, o valor recebido será de R$ 3,68 bilhões. Ao ponderar os efeitos da inflação, o decêndio apresenta uma diminuição ainda mais acentuada: 9,07%.

O FPM acumulado deste ano totaliza R$ 77,324 bilhões, frente aos R$ 70,748 bilhões repassados aos Municípios no mesmo período do ano anterior – de janeiro a novembro. Em termos nominais, sem considerar os efeitos da inflação, a CNM pontua um crescimento de 9,3% do repasse. No montante acumulado não estão inclusos os valores de 0,5% de 2015 e o 0,75% do FPM deste ano, decorrentes da Emenda Constitucional (EC) 84/2014.

Compensação

Porém, ao incorporar aos cálculos os recursos da repatriação, verifica-se que a inflação sobre o período foi atenuada. A queda foi de apenas 0,03% quando comparado o Fundo acumulado neste ano com o mesmo período do ano anterior.

SERVIÇO

*Confira as projeções do FPM para o seu município aqui.

Começa nesta quinta-feira o maior bazar do País

orgg

Angelo e Manuela Bau na organização.

Começa às 10 horas desta quinta-feira, no Centro de Eventos, o maior bazar do País. Trata-se do Bazar La Boutique, que reunirá 130 marcas de grife e produtos com descontos que vão até 80%. Vai até sábado, no horário que se estende até 21 horas.

O Bazar La Boutique abrirá no evento um espaço para o Iprede comercializar seus produtos também e, assim, conseguir renda extra para uma entidade que apoia crianças com desnutrição.

Marcas

Os clientes poderão contar novamente com: Água de Coco, Westfall, Arezzo, Meia Sola, Martins Presentes, Cosbel, Mimaquile, Sobrancelhas Design, Meio Tom, Lasso Lingerie, Jolie, Agnelli, Forum, Bikiny Society, Take a Nap, Quorun, Usted, Athos, Amarelô, Menta Café, La Concha, Ahaze, Ensemble, Vovó Quem Fez, ACR, Fridíssima, Molly Bloom, T-Shirt in Box, Les Alis, Sis Couture, Dogana, Dólmen, Stalker, Zefirelli, Tiny Cats, Manotropo, Miss Mano, Colmeia, DLT, Parisiense, Vieux Gitan, Banca, Dhorum, Corpo Malhado, Sapatiere, Linda Clara, Dellírio, GK Fashion, Dorothy, Angelique, Rihomo, Hammel, Amanda Novack, Clora, Beetop, Súria, Falx, Graziano Modas, RF, Boana, Ganz Hang, Ferrovia, Cullen Store, D´Noite, Kronne, Boldness, Uau Conceito, Luciana Rangel, GF Baby, Cipolla, Feminize, Alphabeto, Abasouj, Rosamango, Coisas de Casa, Menah Acessórios, Dune, Deep, Pakablue, Twins Acessórios, Love Cabide, Soul Bella, My Things, Banana Enjoy, Miss Clara, Gente Inocente, Penteadeira da Maricotinha, Chá das Cinco, Horus, Laguna Brasil, Gamane Fitness, Skyler, Clikks, além das novas lojas que chegam para somar, dentre elas, Caramel Club, Due Store, Joiola, Via Mia, TM Brand, Kid´s Fit, Lelia Costa, Young´s, Cardigan, Jacris, Tentacion, Luxo 85, Livre Expressão, Armênia Conceito, AD Store, Saccar, Conceito, Julia Dumont, Titholita, Kokid, Dipoly, Tecida-se, Hey Adorei, Feel Store, Budeg Art, Parko, Exclusiva Brand, Couro & Cia., Choice Look, Rosa Chiclê e muito mais.

SERVIÇO

*Centro de Eventos do Ceará – Av. Washington Soares, 999 – Edson Queiroz, Fortaleza.

*Entrada: R$ 5,00

*Informações: www.bazarlaboutique.com.br

Camilo propõe leilão reverso para acelerar obras da Transposição do rio São Francisco

434 1

camilotans

O governador Camilo Santana (PT) quer leilão reverso como saída para acelerar as obras da transposição do rio São Francisco e assim atender ao Ceará. Foi o que ele propões, durante reunião, na noite dessa quarta-feira (9), em Brasília, com o presidente do Tribunal de Contas da União, Aroldo Cedraz, e o ministro da integração Nacional, Hélder Barbalho. Durante o encontro, realizado na sede do TCU, Camilo propôs esse tipo de leilão para que a obra, paralisada há cinco meses no trecho em Salgueiro (PE) e Jati (CE), seja retomada o mais rápido possível.

“O leilão reverso é uma solução transparente e mais rápida. Uma licitação tradicional pode demorar até um ano para ser concluída e não podemos esperar tanto tempo. A transposição é a segurança e garantia de que o Ceará não entrará em colapso caso não chova na próxima quadra”, explicou o governador, que participou da reunião acompanhado do deputado federal Danilo Forte (PSB).

A forma de retomada da obra ainda está em análise mais aprofundada pelos técnicos do Tribunal de Contas da União. O encontro dessa quarta-feira foi definido na noite de ontem, durante reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Experiência

No Ceará, o Governo do Estado já utilizou a metodologia em algumas oportunidades: em março de 2015, em leilão realizado na Assembleia Legislativa, pelo menos R$ 4,4 milhões foram economizados durante a contratação de sistemas simplificados de abastecimento de água no Ceará. Quatro meses depois, em leilão reverso realizado em Quixeramobim, foram economizados mais de R$ 3 milhões para a construção de adutoras nos municípios de Quixeramobim, Independência, Ibicuitinga e Arneiroz. Em 2016, esta modalidade de contratação resultou na economia de cerca de 16% no valor final das obras de reparo na Barragem Jaburu I, numa disputa que não ultrapassou os 25 minutos.

O que é leilão reverso?

*O “leilão reverso”, ao contrário do leilão comum – quando algo é vendido pelo maior lance – destina-se a compras e contratação de serviços, e ganha quem oferecer o menor preço.

(Foto – Divulgação)

Após eleição de Trump, dólar fecha em alta e Bovespa registra queda

O dólar comercial fechou o esta quarta-feira (9) cotado a R$ 3,2110, com alta de 1,38%. Já a Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa) fechou o pregão em queda. O principal índice da bolsa, o Ibovespa, encerrou o dia com retração de 1,4%, aos 63.258 pontos. Às 10h12, o índice chegou a bater -3,15% (61794 pontos), mas se recuperou no decorrer da tarde.

As ações que mais caíram foram Kroton ON NM (-4,55%), Cemig PN (-3,52%) e Energias Br ON (-2,9%). As que tiveram as maiores altas foram Gerdau PN (6,36%), Vale ON (4,3%) e Fibria ON (3,96%). O volume de ações negociadas hoje foi de R$ 11.506.998.077.

Segundo o analista de investimentos da corretora Rico, Roberto Indech, o comportamento de hoje da Bolsa de Valores foi marcado pela volatilidade, em razão da eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos, resultado anunciado na madrugada.

De acordo com Indech, no entanto, os mercados, em geral, deverão reagir nos próximos dias com instabilidade, mas a tendência não deve atingir o cenário brasileiro. “O mercado nacional está extremamente focado na aprovação da PEC [Proposta de Emenda Constitucional] que limita os gastos. E vai continuar focado no momento político do país e nas medidas de ajuste fiscal”, ressaltou.

(Agência Brasil)

Prefeito em exercício de Juazeiro do Norte visita obras do Anel Viário

besss

O prefeito em exercício de Juazeiro do Norte, Luiz Ivan, visitou, na tarde desta quarta feira, (09), as obras do Anel Viário do município. Ele foi convidado pelo secretário estadual Lúcio Gomes (Cidades), que estava com seu adjunto, Quintino Vieira. O grupo visitou o trecho II e III  do empreendimento.

Com 5,16 km de extensão, a intervenção contempla a construção de vias e dois viadutos (um deles, pelo qual passará por baixo o Metrô do Cariri, será o viaduto mais alto do Ceará com 9 metros de altura). O trecho II, que possui 2,8 km de extensão e o trecho III tem extensão de 2,36 km, as obras estão com 76% de execução.

A primeira etapa está concluída e contempla 3,4 km de malha viária em pista dupla, indo do município de Caririaçu até a ponte do Rio Salgadinho. O valor total do investimento da SCidades nas duas etapas é de R$ 48.803.517,29.

“A mobilidade urbana hoje dos grandes centros é uma realidade e temos que seguir os avanços positivos dos grandes centros como Juazeiro e a avenida do contorno vai desafogar o trânsito do centro da cidade” disse o prefeito.

Para o secretário adjunto Quintino Vieira foi importante a vinda do prefeito Luiz Ivan para ele se inteirar das obras em andamento e as que estão sendo planejadas para Juazeiro. Quintino ainda adiantou que terá nesta quinta-feira pela manhã um encontro com o prefeito eleito Arnon Bezerra juntamente com a equipe do BIRD. Vai expor sobre da carteira de projetos do banco.

(Foto – Divulgação)

Capef promove seminário sobre Investimentos e Sistema Previdenciário

Está interessado em se atualizar sobre investimentos, sistema previdenciário e rumos da economia para 2017? Que tal participar, gratuitamente, do XXIII Seminário de Investimentos? A promoção é da Capef (fundo de pensão do Banco do Nordeste) e acontecerá a partir das 9 horas desta quinta e sexta-feira, na sede do BNB (Passaré), em Fortaleza.

O encontro terá a participação de profissionais renomados de diversos segmentos da economia nacional, como o secretário-adjunto da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, José Edson da Cunha Junior; o superintendente substituto da Previc (órgão de fiscalização e supervisão dos fundos de pensão), Esdras Esnarriaga Júnior; o economista-chefe do Banco do Nordeste, Luiz Alberto Esteves; e especialistas que representarão instituições financeiras como Vinci Partners, Itaú Asset, Bradesco, Bozano Investimentos e Rio Bravo.

SERVIÇO

bnn

*As palestras serão transmitidas, em tempo real, pelo site www.capef.com.br. As inscrições para participar presencialmente podem ser feitas pelo e-mail comunicacao@capef.com.br.

Coelce é condenada a pagar R$ 190 mil para viúva que teve casa incendiada após falha na rede elétrica

A Companhia Energética do Ceará (Coelce) deve pagar indenização no valor de R$ 190 mil para viúva que teve a residência incendiada, após explosão ocasionada por curto-circuito. A decisão, proferida nessa quarta-feira (9/11), é da 3ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

Segundo a relatora do caso, a juíza convocada Marlúcia de Araújo Bezerra, “é responsabilidade objetiva da concessionária de energia elétrica reparar os danos causados aos consumidores por defeito na prestação do serviço.”

De acordo com os autos, em 26 de outubro de 2012, a viúva conta que houve um apagão na rede elétrica da Região Nordeste, atingindo o Município de Maracanaú, local onde reside. Relata que ao retornar a energia, houve uma sobrecarga causando curto-circuito e ocasionando um incêndio de grandes proporções em sua casa. Alega que o fogo destruiu sua residência, atingindo também um comércio localizado em frente ao seu imóvel.

Após o ocorrido, o local foi periciado pelo Perícia Forense do Ceará (Pefoce). O órgão concluiu que a causa do incêndio foi a variação de tensão na rede elétrica. Por isso, a viúva ajuizou ação requerendo indenização moral e material para ressarcir os prejuízos que teve. A moradora sustentou ainda que laudo técnico da Secretaria de Infraestrutura e Controle Urbano de Maracanaú atestou a necessidade de demolição das paredes do imóvel afetadas pelo fogo.

Na contestação, a Coelce defendeu que não há provas de que os danos sofridos pela vítima foram em decorrência de falhas no serviço fornecido pela empresa.

Ao julgar o processo, em julho de 2015, o Juízo da 1ª Vara da Comarca de Maracanaú determinou o pagamento de R$ 140 mil a título de indenização material e R$ 120 mil, em relação aos danos morais.

Requerendo a reforma da sentença, a Companhia ingressou com apelação (nº 0033927-98.2013.8.06.0117) no TJCE. A companhia pediu a diminuição da quantia referente à reparação do dano moral.

Ao analisar o recurso, a 3ª Câmara de Direito Privado reformou a decisão de 1º Grau para fixar o pagamento da indenização moral no valor de R$ 50 mil, acompanhando, por unanimidade, o voto da relatora. “O prejuízo patrimonial é inegável, considerando que a viúva teve parte de seu imóvel residencial destruído pelo incêndio. Entendo que andou bem o magistrado de 1º Grau ao fixar indenização por danos materiais”, declarou Marlúcia Araújo.

A magistrada acrescentou ainda que por questão de um “juízo de razoabilidade” optou por bem reduzir o valor indenizatório do dano moral.

(Site do TJ/CE)

Meirelles diz que Brasil está preparado pra enfrentar qualquer volatilidade após vitória de Trump

foto henrique meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (9), em nota, que o Brasil está preparado para lidar com qualquer volatilidade dos mercados resultante das eleições presidenciais nos Estados Unidos. “Estamos acompanhando a evolução dos principais indicadores econômicos e o possível impacto na projeção de cenários e dos efeitos para o crescimento, particularmente nas projeções para 2017”, disse.

Mais cedo, o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, já tinha informado que o Brasil acompanhava as movimentações do mercado financeiro após a eleição de Donald Trump para a Presidência dos Estados Unidos.

“Nós estamos acompanhando os mercados globais e do Brasil e, caso necessário, tomaremos as medidas adequadas”, afirmou o presidente do BC. Ele preferiu não comentar o resultado das eleições e seus possíveis desdobramentos para mercados emergentes, como o do Brasil.

O empresário Donald Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos obtendo, nesta madrugada, 276 votos de delegados do colégio eleitoral. Ele disputou as eleições contra a candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton.

(Agência Brasil)

José do Egito – Comércio atacadista espera 1% de incremento nas vendas natalinas

jose-do-egito-e1430138448190

Turbinado por promoções e de olho no pagamento do 13º salário, o comércio espera melhorar seu desempenho durante o Natal.

Quem faz essa previsão é o cerense José do Egito, presidente da Associação Brasileira do Comércio Atacadista e Distribuidores (Abad).

“O incremento de vendas pode chegar a 1%”, arrisca José do Egito, garantindo que esse percentual está de acordo com a realidade da crise vivida pelo País.

Onde a vitória de Trump poderá afetar o Brasil?

214 3

foto-trump

Contrariando expectativas para o pleito presidencial norte-americano deste ano, o empresário bilionário e candidato pelo Partido Republicano Donald Trump venceu na madrugada de hoje (9) a ex-primeira dama e ex-secretária de Estado Hillary Clinton, do Partido Democrata. A Agência Brasil ouviu especialistas para saber o que muda para o Brasil com o resultado das eleições nos Estados Unidos.

Economia

O que muda para o Brasil, sob o aspecto econômico, pode ser o que vai mudar para o comércio mundial como um todo. A avaliação é do economista e professor da Fundação Getúlio Vargas, Mauro Rochlin. A leitura dos efeitos da vitória de Donald Trump, segundo ele, é bem mais abrangente sob o ponto de vista econômico e diz respeito a todo o comércio internacional.

“Como o discurso de Trump é muito protecionista e um tanto xenófobo, o receio é que isso represente uma restrição maior do mercado norte-americano em relação às exportações. O discurso apontava para a defesa de empregos norte-americanos e, especificamente, para a China como uma destruidora de empregos nos Estados Unidos, o que faria supor que eles seriam menos receptivos com relação ao comércio com países que pudessem representar uma menor oferta de empregos lá.”

O especialista acredita que as exportações brasileiras podem ser prejudicadas caso o discurso do então candidato se converta na prática do agora presidente eleito Donald Trump.

“Os Estados Unidos são o segundo principal parceiro comercial do Brasil. As exportações brasileiras para lá têm alto valor agregado. São produtos manufaturados, ao contrário do que vai, por exemplo, para a China, que são commodities. Qualquer restrição com relação ao mercado norte-americano seria ruim para o nosso setor exportador, principalmente de bens manufaturados. Esse é o maior risco para a economia brasileira”.

Rochlin defende ainda que, diante do novo cenário de vitória de Trump, os mercados devem “reprecificar” câmbio e bolsas de valores. “As bolsas e o câmbio refletiam a aposta da eleição da Hillary. Como a expectativa não se confirmou, o mercado deve precificar essa nova realidade. Na prática, teremos queda na bolsa de valores a curtíssimo prazo e uma alta do dólar em relação às demais moedas”, concluiu.

Relação bilateral

Sob a ótica política e da relação bilateral com o Brasil, o professor de política e administração pública Robert Gregory Michner acredita que os efeitos serão menores. Ele lembrou que a agenda de Donald Trump, em sua maioria, é “de ordem doméstica”, cumprindo a tradição da velha guarda republicana nos Estados Unidos.

“Ele não tem uma grande preocupação com a América Latina, salvo no sentido negativo, em termos de imigração ilegal. Para os brasileiros que queiram ir para os Estados Unidos, provavelmente vai ficar mais difícil obter visto”, disse. “Aquela defesa da democracia e de um governo aberto que tem Barack Obama não vai ser de muita importância para Trump. Vai ser mais importante assegurar que todos sejam aliados dos Estados Unidos. Que o Brasil e a América Latina estejam firmemente pró Estados Unidos.”

O especialista alertou, entretanto, para a possibilidade de intervencionismo por parte dos Estados Unidos, inclusive em países da América Latina. “Se o Trump percebe uma ameaça, por exemplo, [da] Venezuela ou Equador, quem sabe se ele vai ressuscitar a velha política dos republicanos de intervenção?”

“Basicamente, vamos ver se o discurso dele, que era muito hiperbólico, exagerado, realmente era pura retórica ou se era um prelúdio à ação. As promessas eram muito extremas em termos de política externa, de mudar grandes estratégias dos Estados Unidos em diversos sentidos. O discurso de Trump sempre foi racista, misógino e pouco tolerante. Vamos ver se isso se traduz, especialmente em relação aos imigrantes. Fica uma incógnita.”

Brasil entre os menos afetados

Em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional, o jurista brasileiro e ex-ministro das Relações Exteriores Francisco Rezek avaliou que o Brasil figura entre os países menos afetados com a vitória insperada de Donald Trump nas eleições presidenciais norte-americanas.

“No restante do mundo e sobretudo entre os países que mais importam, eu diria que o Brasil é provavelmente um dos menos afetados. Há outros países que têm mais com o que se preocupar do que nós. Sobre nós, o que repercute é apenas essa ideia de que temos, na chefia daquilo que ainda é a nação militarmente e economicamente mais poderosa do mundo, alguém que não tem como avaliar o fenômeno global, os interesses nacionais à luz da comunidade humana que povoa o planeta. É isso que falta a Donald Trump. Nesse sentido, como somos uma parte expressiva deste mundo, um país de dimensões territorial e humana colossais, o problema nos afeta. Mas ele decididamente não nos afeta mais do que a outros, como a comunidade europeia, o Reino Unido, a Rússia e outras nações.”

(Agência Brasil)

DNIT do Ceará terá R$ 128 milhões para manutenção de rodovias em 2017

Foto – Paulo MOska

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), regional do Ceará, já sabe quanto vai ter, em matéria de orçamento da União para 2017, no quesito manutenção das rodovias federais no Estado.

Segundo o titular do órgão, Diógenes Linhares, R$ 128 milhões. Ou seja, o mesmo valor deste ano.

(Foto – Paul MOska)

Aquario já está aberto ao público… no Rio de Janeiro

O AquaRio, situado na Zona Portuária carioca, foi entregue nesta quarta-feira. O projeto conta com 28 tanques, 4,5 milhões de litros de água salgada, dois andares de visitação e oito mil animais de 350 espécies diferentes. Trata-se do maior aquário marinho da América do Sul, que custou R$ 90 milhões pagos pela iniciativa privada.

Enquanto isso, o Acquario do Ceará continua com obras se arrastando e ao custo de R$ 300 milhões, com dinheiro dos cofres estaduais. O governo estadual tenta fechar empréstimo externo para o equipamento que, promete, será o maior do gênero da América Latina.

A Secretaria do Turismo do Estado não divulgou cronograma atualizado das obras do equipamento, que ocupa área da Praia de Iracema.

tunel-aquario

 

 

Construção civil registra aumento de custo de 0,64% em outubro

construcao_civil

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) registrou uma inflação de 0,64% em outubro, acima da taxa de 0,26% de setembro. O dado foi divulgado hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O custo por metro quadrado passou de R$ 1.014,80 em setembro para R$ 1.021,25 em outubro.

O valor da mão de obra aumentou 1,23%, passando a custar R$ 489,76 por metro quadrado. Já o custo dos materiais cresceu 0,1% e chegou a R$ 531,49 em outubro.

O Sinapi acumula taxa de 6,37% em 12 meses, acima dos 5,98% acumulados em 12 meses até setembro.

(Agência Brasil)

Vitória de Trump derruba bolsas europeias

nbc-fires-donald-trump-after-he-calls-mexicans-rapists-and-drug-runners

A eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos está tendo forte impacto nos mercados de todo o mundo nesta quarta-feira (9). A Bolsa de Valores de Milão abriu em forte baixa de 3,47%, batendo apenas 16.230 pontos, com uma grande queda nas ações de bancos, como o MPS, que caiu 11,4%.

O mesmo acontece nos mercados de Paris, com queda de 2,8%, Londres, com queda de 1,6%, e Frankfurt, com baixa de 2,9%, na abertura dos negócios. A maior baixa é sentida em Madri, com a bolsa despencando 3,82%. Segundo analistas, a previsão é que o mercado se mantenha no vermelho durante todo o dia.

Mesmo fechando antes do resultado eleitoral, mas com base nas projeções que já apontavam Trump como eleito para a Casa Branca, os mercados da Ásia também fecharam em forte queda.

O índice Nikkei, no Japão, fechou no vermelho em 5,36%, sendo o pior número desde que os britânicos optaram por deixar a União Europeia, no dia 24 de junho. Já na China, a Bolsa de Xangai fechou em -0,7%, de Hong Kong em -2,3% e em Sidney -2,4%.

(Agência ANSA)

Governo não garante reajuste para servidores estaduais em 2017

373 1

foto camilo governo ceará

Camilo Santana, o governador.

Pelo segundo ano seguido, o Governo do Estado não garante reajuste do salário dos servidores públicos para 2017. Em reunião na Assembleia Legislativa na manhã de ontem, o titular da Secretaria de Planejamento e Gestão do Ceará (Seplag), Hugo Figueiredo, disse que a prioridade será o pagamento em dia. O aumento do subsídio, segundo ele, será avaliado “no momento adequado”.

“Temos um crescimento de 10% previsto na folha de pessoal, que contempla servidores de universidades, mais policiais que serão chamados, professores. Naturalmente, há uma possibilidade de avaliar o reajuste no momento adequado”, explicou o secretário.

O debate sobre o Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2017 aconteceu na manhã de ontem, no segundo expediente da sessão da AL-CE, quando os parlamentares questionaram o secretário sobre pontos da matéria. Na ocasião, servidores protestavam nas galerias da Casa, enquanto deputados da base do governador Camilo Santana (PT) elogiavam o “equilíbrio” nas contas estaduais.

Respondendo a perguntas do deputado estadual Renato Roseno (Psol), Figueiredo afirmou que há uma expectativa de crescimento e que o reajuste pode acontecer, mas não pode ser garantido. “Nosso compromisso é não cair na vala comum de atraso de pagamento, temos que garantir esse compromisso de pagar a folha em dia”.

Roseno criticou a possibilidade de não haver reajuste. “Não se pode pedir dignidade a pessoas que já estão recebendo salários muito aquém da responsabilidade que têm”, argumentou. Em entrevista, ele disse ser “a questão mais preocupante” da matéria, junto com a possibilidade de aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 55 no Senado, que limita os gastos e “pode haver redução das transferências”.

Em contrapartida, o líder do Governo na AL-CE, Evandro Leitão (PDT), afirmou que “vivemos numa retração econômica e temos que agir com tranquilidade e prudência”. Segundo ele, “não adianta ficar prometendo uma coisa que você não pode cumprir, principalmente ao servidor público”.

O deputado argumenta que o reajuste seria o “ideal”, mas que o momento de retração “faz com que o Estado tome algumas decisões difíceis”. Ele pondera, no entanto, que o aumento pode acontecer se houver uma melhora da economia do Estado em 2017. “É mais importante que possamos superar essa crise o quanto antes”.

Na reunião, o secretário também pôde destacar boas expectativas do Governo para o próximo ano. De acordo com ele, espera-se um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) cearense em 1,5%, índice acima do nacional.

Enviado para a Casa no mês passado, o Projeto da lei Orçamentária Anual de 2017 deve ser votada até o dia 20 de dezembro. Os deputados estaduais, porém, só têm até o dia 14 deste mês para propor emendas à matéria, que prevê as prioridades e os gastos do Governo.

(O POVO – Repórter Letícia Alves)

Eleitorado de Hillary chora nas ruas de Nova Iorque

Os eleitores da democrata Hillary Clinton choram por todos os Estados Unidos, principalmente em Nova Iorque, onde há mais concentração.

Hillary, que iniciou essa terça-feira (8) como favorita à Casa Branca, vê as chances cada vez menores na madrugada desta quarta-feira (9), quando o republicano Donald Trump vai vencendo a eleição à Presidência dos Estados Unidos, com 244 delegados contra 215 da adversária. 270 delegados garantem a vitória.

A iminente vitória de Trump fez com que a Bolsa de Tóquio caísse mais de 5%, diante da previsão do mercado financeiro pela vitória de Hillary, há algumas semanas.

(com agências)

Ministério da Integração diz que ampliou em 163% pagamentos para o Cinturão das Águas

helder-barbalho

O Ministério da Integração Nacional informa ter ampliado em 163% o repasse financeiro para as obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), nos últimos cinco meses. O total de pagamentos entre junho e outubro foi de R$ 115,7 milhões ao governo estadual – responsável pela execução do empreendimento. Em igual período no início do ano, entre janeiro e maio, foram liberados R$ 44 milhões.

Estes recursos fazem parte do conjunto de medidas do MIN para atenuar os efeitos da seca e estiagem em Estados do Nordeste que sofrem com a irregularidade das chuvas.

O maior desembolso da pasta para o Cinturão das Águas  ocorreu entre setembro e outubro deste ano, com recursos de R$ 85,7 milhões, garante o ministro Helder Barbalho. O projeto vai permitir que a água da transposição do rio São Francisco chegue até Fortaleza.

O Trecho 1 do CAC será interligado ao projeto por meio das barragens Jati e Porcos, localizadas entre Brejo Santo e Jati (Região do Cariri). Para chegar à capital cearense, a água do Velho Chico será conduzida pelo rio Salgado, que já abastece o principal açude do Estado, o Castanhão. Quando concluída esta etapa – hoje com 27,2% de execução física – mais de um milhão de pessoas serão beneficiadas.

Sebrae e Sindihotéis promoverão encontro de capacitação na área da hospedagem e alimentação

sinditoto

O Sebrae e o Sindicato dos Hotéis do Ceará, este sob comando de Manuel Cardoso Linhares, promoverão, nesta sexta-feira (11), um encontro de capacitação para o segmento.

O nome do evento é “Ameaças e Oportunidades do Ambiente Legal para Empresas de Hospedagem e Alimentação.

O encontro tem um outro objetivo a mais: difundir as ações de um sindicato que, a partir de outubro e sob comando de Manuel Linhares, passou a ter jurisdição estadual.

Antes essa entidade só respondia por Fortaleza.

CSP investirá R$ 1,5 milhão no Ciclo 3 do Programa Ideia da Gente

“Cumbuco nas Ondas do Rádio”, da Colônia de Pescadores e Aquicultores Z-07 de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), é um dos projetos selecionados para receber verba e capacitação no Ciclo 3 do Programa Ideia da Gente, criado e desenvolvido pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) desde 2013. Esse programa será lançado nesta quinta-feira, às 15 horas, no Centro de Treinamento Tecnológico do Ceará (CTTC).

A ideia, segundo a assessoria de imprensa da CSP, é disseminar e fortalecer a consciência crítica e cidadã da comunidade do Cumbuco, por meio da Rádio Centro, contribuindo com a inclusão social dos adolescentes e jovens. Eles serão os principais protagonistas das pautas, operação dos equipamentos e apresentação dos programas.

Com esta iniciativa, a CSP informa estar promovendo a inclusão social e o empreendedorismo nas comunidades vizinhas à usina. O aporte da siderúrgica neste terceiro ciclo é de R$ 1,5 milhão, distribuídos em projetos de São Gonçalo do Amarante e Caucaia. A novidade fica por conta de uma parceria inédita com a empresa Phoenix (que atua também no Complexo Industrial e Portuário do Pecém), que apoiará um projeto, totalizando 12 projetos beneficiados nesta edição.

O ciclo 2 do Ideia da Gente beneficiou quase 600 pessoas, em 9 projetos e um investimento de R$ 1,1 milhão. No ciclo 1 foram investidos R$ 800 mil.

SERVIÇO

*Centro de Treinamento Tecnológico do Ceará (CTTC)- No cruzamento das rodovias CE 085 (Estruturante) e CE 422, em Caucaia.

 

Desemprego entre jovens de até 24 anos cresce, segundo Ipea

O ingresso no mercado de trabalho está mais complicado para os jovens que têm entre 14 e 24 anos, no atual contexto da crise econômica. Para essa faixa etária, o crescimento do desemprego foi mais acentuado na comparação entre o primeiro semestre deste ano e o de 2015. O dado é do 61° Boletim Mercado de Trabalho divulgado hoje (8) pelo Instituto Nacional de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O estudo analisa o mercado de trabalho no primeiro semestre deste ano.

De acordo com o boletim, a taxa de desemprego para quem tem entre 14 e 24 anos passou de 19,3% no primeiro semestre de 2015 para 26,5% no mesmo período de 2016.

O estudo mostra ainda que, em geral, a taxa de desemprego no primeiro semestre de 2016 ficou em 11,1%, 3 pontos percentuais acima do verificado para o primeiro semestre de 2015, quando registrou 8,1%.

Quando o dado é desagregado por regiões, a Nordeste apresentou as maiores taxas de desemprego no primeiro semestre de 2016, chegando a 13%. Na comparação com o mesmo semestre do ano anterior, o maior crescimento foi registrado na Região Sudeste, cuja taxa de desemprego passou de 8,1% para 11,5%, uma variação de 3,4 pontos percentuais.

O boletim do Ipea faz uma análise do mercado de trabalho a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Sindicatos

No lançamento do boletim, o técnico de planejamento e pesquisa do Ipea, André Gambier Campos, apresentou dados sobre os sindicatos no país. Atualmente, o país registra 11 mil sindicatos de trabalhadores, sendo 73% da área urbana e 26% da área rural. Por região, a concentração é maior no Sudeste e no Nordeste.

“O sindicato médio no Brasil, além de ter uma base territorial pequena e uma base social restrita, ele também conta com poucos recursos para se organizar e se mobilizar”, disse Gambier.

(Agência Brasil)