Blog do Eliomar

Categorias para Economia

Arrecadação de impostos registrou queda de 8,37% em setembro

O governo federal arrecadou R$ 94,770 bilhões em impostos e contribuições em setembro. O resultado representa uma queda real de 8,27% em relação ao mesmo mês de 2015, já descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial utilizado pelo governo.

Os números foram divulgados hoje (27), em Brasília, pela Receita Federal. No acumulado do ano, o governo arrecadou R$ 911,951 bilhões de janeiro a setembro de 2016, cifra maior do que a do ano passado (R$ 901 bilhões), mas que representa uma queda real de 7,54 % após descontados os efeitos da inflação.

(Agência Brasil)

Presidente da CNDL e os dois lados da moeda chamada PEC 241

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=on8NitfKgbo[/embedyt]

O presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), o cearense Honório Pinheiro, avaliou, nesta quinta-feira, os impactos da PEC 241, que limita os gastos.

A emenda constitucional, já aprovada pela Câmara e aguardando agora o crivo do Senado, segundo Honório tem dois lados: um bom e outro ruim. O bom é que vai regular mais as contas e as despesas da União e o lado ruim é que alguns setores e, em especial, regiões como o Nordeste, poderão sofrer perdas.

Honório Pinheiro, sobre as vendas deste fim de ano, informa que o comércio está se preparando, mas confiante de que soluções no plano da política tenham bons resultados no plano da economia.

Presidente do TCE disputa Prêmio Jabuti

tce edilberto pontes

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele no O POVO desta quinta-feira:

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, Edilberto Pontes, está entre os 10 finalistas do Prêmio Jabuti 2016, com o livro Curso de Finanças Públicas, da Editora Atlas.

Ele concorre na categoria Economia, Administração, Negócios, Turismo, Hotelaria e Lazer com “feras” como André Lara Resende, que publicou Devagar e Simples pela Companhia das Letras; e o grupo formado por Nelson Barbosa Filho, Samuel Pessôa e Rodrigo Leandro de Moura, com a publicação Política de Salário Mínimo para 2015-2018: Avaliações de Impacto Econômico e Social, da Editora Elsevier.

TCU diz que BNDES pode devolver R$ 100 bilhões ao governo

Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 06/05/2010. Prédio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro do Rio de Janeiro. - Crédito:PAULO VITOR/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:56876

O ministro do Tribunal de Contas da União Raimundo Carreiro, relator do processo sobre a antecipação do pagamento de R$ 100 bilhões do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao Tesouro Nacional, defendeu hoje (26) que a medida não fere a Lei de Responsabilidade Fiscal. O voto de Carreiro foi apresentado no plenário do TCU, mas a matéria não foi votada por causa de um pedido de vista do ministro Vital do Rêgo. As dívidas do BNDES junto à União são oriundas de empréstimos realizados entre 2008 e 2014.

Após análises da assessoria técnica do tribunal, Carreiro entendeu que a devolução do BNDES ao Tesouro Nacional não configura operação de crédito. “Sob a perspectiva da legalidade, entendo que, com a destinação dos recursos arrecadados para o abatimento da dívida pública, independentemente se em títulos ou em dinheiro, não há qualquer ofensa à Lei de Responsabilidade Fiscal”, disse Carreiro, em seu voto.

O dívida poderá ser paga com recursos financeiros ou com pagamento de títulos públicos federais. O cronograma de devolução dos recursos será definido em comum acordo entre o BNDES e o governo, que deverá propor o pagamento em três parcelas, sendo R$ 40 bilhões em 2016, R$ 30 bilhões em 2017 e R$ 30 bilhões em 2018.

Segundo o Ministério da Fazenda, a antecipação do pagamento dos empréstimos está alinhada com o principal objetivo da política econômica na conjuntura atual, que é a redução da dívida bruta do governo federal. O ministério garante que a medida não compromete a saúde patrimonial do BNDES e contribui para reduzir o seu serviço futuro da dívida, assegurando a manutenção do banco como principal agente de financiamentos de longo prazo no Brasil.

(Agência Brasil)

Sindquímica/CE sob nova direção a partir de novembro

marcos_sindquimica

A nova diretoria do Sindicato das Indústrias Químicas, Farmacêuticas e da Destilação e Refinação de Petróleo no Estado do Ceará (Sindquímica/Ceará) tomará posse no próximo dia 1º. O atual presidente do sindicato, Marcos Soares, assumirá o cargo pela segunda vez e cumprirá mandato de 2016 a 20200. A nova diretoria foi eleita por aclamação.

Marcos Antônio Ferreira Soares é formado em Administração de Empresas pela Universidade de Fortaleza (Unifor), com pós-graduação em Gestão da Qualidade através do IEL/FIEC, com parceria da UFC e em Tecnologia da Inovação pelo IFCE, em parceria Universidade de Ben Gurion/Israel.

Atualmente, é presidente do Sindquímica e conselheiro do SENAI/CE, do NUTEC/CE, e membro do Conselho Fiscal do Instituto Euvaldo Lodi(IEL/CE). Marcos Soares é proprietário das empresas Fortsan do Brasil Indústria Química e Farmaceutica e diretor administrativo da Insopro Indústria de Embalagens.

 

STF decide que desaposentação é ilegal

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (26) considerar ilegal a desaposentação – a possibilidade de o aposentado pedir a revisão do benefício por ter voltado a trabalhar e a contribuir para a Previdência Social. A legalidade do benefício estava em julgamento na Corte há dois anos e sofreu sucessivos pedidos de vista. Mais de 180 mil processos estavam parados em todo o país aguardando a decisão do Supremo.

Antes da decisão do Supremo, segurados ganharam ações individuais na Justiça para obter a revisão da aposentadoria. Para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o segurado deve devolver todos os valores que foram pagos, em parcela única, para ter direito ao recálculo do benefício.

Por 7 votos a 4, os ministros consideraram a desaposentação inconstitucional por não estar prevista na legislação. Votaram contra o recálculo da aposentadoria os ministros Dias Toffoli, Teori Zavascki, Edson Fachin, Luiz Fux, Gilmar Mendes, Celso de Mello, e a presidente, Cármen Lúcia. A favor votaram Marco Aurélio, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Ricardo Lewandowski.

A validade da desaposentação foi decidida após um aposentado pedir ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a interrupção do pagamento da atual aposentadoria por tempo de serviço e a concessão de um novo benefício por tempo de contribuição, com base nos pagamentos que voltou a fazer quando retornou ao trabalho.

AGU

Em parecer enviado hoje (26) ao Supremo, a Advocacia-Geral da União (AGU) defendeu que para a concessão da desaposentação seria necessário que o segurado devolva todos os valores recebidos durante a aposentadoria.

(Agência Brasil)

João Carlos Paes Mendonça – “A crise brasileira não é marolinha e é muito grave”

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=Ac722DYROew[/embedyt]

Nesta quarta-feira o controlador do Grupo JCPM, João Carlos Paes Mendonça, inaugurou seu segundo shopping em Fortaleza. Trata-se do Shopping RioMar Presidente Kennedy, resultado de um investimento da ordem de R$ 500 milhões e que gerou empregos para moradores do entorno do polo de compras.

O ato contou com a presença do governador Camilo Santana, do ex-ministro Ciro Gome e de várias outras autoridades, além de empresários de grandes grupos como a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). Além de bênção e discursos, o empresário ofereceu almoço para a imprensa. Ele aproveitou para informar que não tem pretensão de construir outro shopping no Ceará.

João Carlos Paes Mendonça deu entrevista coletiva, ocasião em que reclamou das operadores de telefonia que não realizaram investimentos capazes de atender a demanda do novo shopping.

Sobre o cenário atual do País, o controlador do Grupo JCPM afirmou que acabou aquela história de que todo mundo deve levar vantagem em tudo. A hora é de enfrentar o problema, porque a crise vivida pelo Brasil não é “marolinha”, mas muito grave.

No primeiro dia de funcionamento, o Shopping RioMar está lotado. Com pouco mais de 100 lojas – no total estimado são 320, o empresário João Carlos Paes Mendonça diz estar convicto no sucesso do empreendimento, feito na medida do público da região da cidade onde vai operar.

Câmara Americana do Comércio promove encontro em Fortaleza

Empresários cearenses participarão nesta quinta-feira, das 8 ás 12 horas, no Teatro RioMar, do Fórum da Câmara Americana do Comércio (Amcham). O objetivo é debater estratégias para vencer a crise. O encontro intitulado CEO Fórum AMCHAM, o principal evento de lideranças empresariais do país, com edições em 13 cidades, reunirá na Capital cearense 250 lideranças de empresas locais dos mais variados portes e segmentos.

Com o tema “Vantagem competitiva em tempos difíceis em uma nova economia”, o evento contará com palestras de Marcos Troyjo, economista, diplomata, cientista social e dirigente do BRICLab da Universidade Columbia; Severino Neto, CEO dos Mercadinhos São Luiz e presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza; e Sérgio Cavalcante, CEO do C.E.S.A.R., Ph.D. em Eletrônica pela Newscastle University e membro do conselho do Porto Digital, Amcham-PE.

SERVIÇO

*Shopping RioMar Fortaleza – Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 – Papicu

*Mais informações: (85) 3224.6981.

Conselho Regional de Administração reforça a fiscalização dos direitos profissionais

O Conselho Regional de Administração impugnou, só neste ano, sete concursos públicos e seis licitações.

No primeiro caso, porque os editais não exigiam um administrador ou tecnólogo para função do setor. exige, claro, formação.

No segundo caso, porque faltou o registro de empresas partícipes em processos licitatórios.

 

Juro do cheque especial vai a 324,9%

chequeee3

A taxa de juros do cheque especial continuou a subir em setembro. Segundo dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (26), a taxa do cheque especial subiu 3,8 pontos percentuais, de agosto para setembro, quando chegou a 324,9% ao ano, estabelecendo novo recorde na série histórica do BC, iniciada em julho de 1994.

Neste ano, a taxa do cheque especial já subiu 37,9 pontos percentuais em relação a dezembro de 2015, quando estava em 287% ao ano.

Outra taxa de juros que voltou a registrar recorde foi a do rotativo do cartão de crédito. O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão.

Em setembro, na comparação com agosto, houve alta de 5,3 pontos percentuais, com a taxa em 480,3% ao ano, a maior da série iniciada em março de 2011. Neste ano, essa taxa já subiu 48,9 pontos percentuais.

A taxa média das compras parceladas com juros, do parcelamento da fatura do cartão de crédito e dos saques parcelados, subiu 2,5 pontos percentuais e ficou em 154,7% ao ano.

Essas duas taxas – do cheque especial e do cartão de crédito – são as mais caras na pesquisa do Banco Central e estão bem distantes dos juros médios do crédito para pessoa física (73,3% ao ano, em setembro). A alta em relação a agosto foi de 1,5 ponto percentual.

(Agência Brasil)

Sindicato Mova-se cobra do governador na Justiça o reajuste salarial dos servidores

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará (Mova-se) entrou com ação na 4ª Vara da Fazenda Pública contra o Governo do Estado. A entidade cobra o cumprimento do direito de reposição das perdas causadas pela inflação nos vencimentos dos servidores no ano de 2015. A pedida é o índice medido pelo IBGE, que é o IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo, no percentual de 10,67%, bem como o pagamento do retroativo desde janeiro de 2016.

O Sindicato Mova-se avalia que o governador Camilo Santana (PT-CE) confirma a prática de crime à Constituição Federal ao negar o que é estabelecido no inciso X, do artigo 37, que garante “revisão geral anual, sempre na mesma data e sem distinção de índices” da remuneração dos servidores estaduais.

O sindicato diz ter tentado por diversas vezes negociar com o governo, mas a única promessa feita pelo goernador Camilo Santana foi a de receber cada categoria, no que para a entidade isso fragmentaria o movimento sindical.

SERVIÇO

*Para o servidor estadual acompanhar essa peleja judicia, o processo tem o nº 0175907-85.2016.8.06.0001.

Vem aí mais um Feirão Limpa Nome do Serasa!!

papai-noel-amigo

“Me aguaaaarde!!”

O SerasaConsumidor, braço da Serasa Experian com produtos e serviços voltados ao cidadão, promoverá mais uma edição do Super Feirão Limpa Nome. Vai acontecer no período de 8 a 26 de novembro próximo, quando a clientela de todo o país poderá utilizar a versão online do evento, acessando o site www.serasaconsumidor.com.br/feirao, para renegociar dívidas pela internet, sem sair de casa.

No mesmo link, será possível conferir mais detalhes sobre o evento, incluindo os nomes das empresas participantes confirmadas até o momento. Segundo estudo da Serasa Experian, em agosto deste ano, o país contabilizava 59,3 milhões de inadimplentes, que representa cerca de 40% da população acima de 18 anos.

No ar 24 horas por dia, a versão online do Super Feirão Limpa Nome, permite renegociar dívidas diretamente com os credores, de qualquer lugar, com comodidade, segurança e de forma gratuita. Várias empresas de diferentes setores vão oferecer oportunidades exclusivas para o consumidor que fizer a renegociação da dívida atrasada dentro do período de 08 a 26.

Como participar

Para participar, basta acessar o site www.serasaconsumidor.com.br/feirao e preencher o cadastro. Após esta etapa, o consumidor será direcionado a uma página onde estarão listadas todas as dívidas que constam na base de dados da Serasa. Nas dívidas com as empresas participantes serão apresentados os canais de atendimento disponíveis (telefones, e-mail, chat).

A partir disso, o cidadão entra em contato as empresas para negociar possíveis descontos e condições de pagamento diferenciados – em alguns casos, é possível que o boleto já esteja disponível, com uma proposta individualizada feita pelo próprio credor. (Algumas companhias disponibilizam canais de atendimento com horários específicos de funcionamento).

Camilo vai ao Shopping

shoppi

O governador Camilo Santana vai prestigiar, neste manhã de quarta-feira, o ato de inauguração do Shopping RioMar Presidente Kennedy, em bairro homônimo de Fortaleza. Ele é um dos convidados de João Carlos Paes Mendonça, controlador do Grupo JCPM, responsável pelo empreendimento.

Trata-se do segundo shopping do grupo na Capital cearense, que foi resultado de um investimento da ordem de R$ 500 milhões – recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE). O Shopping RioMar Papicu é também do Grupo JCPM.

Na programação, bênção, discursos e um almoço com a imprensa e convidados, com o shopping abrindo para o público a partir das 12h30min.

Presidente do Ipece: Melhor do que Teto de Gastos Públicos seria o Teto da Dívida da União

 

Flavio Ataliba Diretor Geral IPECE (1)

Essa é do professor universitário e presidente do Instituto de Pesquisas e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba, em seu Facebook:

Faz tempo que está pronto no Senado um projeto que impõe um Teto para Dívida da União, mas que não é votado. A sua aprovação criaria um limite para os ganhos financeiros, como é feito, por exemplo, nos EUA.

O projeto propõe 15 anos para o ajuste a ter ser implantado. Entretanto, o rentismo no Brasil e seus colaboradores são frenéticos em apoiar o Teto dos Gastos, mas não o Teto da Dívida.

Felipe Salto, Monica de Bolle, Mauro Filho e outros têm alertado de forma correta essa questão. No entanto, os apoiadores do Teto dos Gastos preferem que o ajuste e o conflito distributivo no Brasil seja resolvido no âmbito das despesas primárias. Ou seja, na competição entre os gastos com saúde educação, segurança nacional, ciência e tecnologia, etc.

Estes terão que disputar recursos mesmo diante as enormes dificuldades já existentes no país. Isto é um grande contrasenso. Vamos ver se o Senado agora terá coragem de levantar essa discussão. Ou se vai ficar só na retórica.

 

Gestão do abastecimento de água de Maracanaú sai da Marquise e passa para a Cagece

 

camrca

Dentro de 30 dias a Cagece assumirá a política de água, esgoto e saneamento da cidade de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza). Um acordo judicial possibilitou que a Prefeitura encerrasse contrato que era mantido, no setor, por 12 anos, com a empresa Águas de Maracanaú, que pertence ao Grupo Marquise. O acordo teve o aval do Ministério Público do Estado e Governo do Estado.

O prefeito Firmo Camurça (PR) comemora, observando que a chegada da Cagece garantirá melhor manutenção do sistema de abastecimento e, principalmente, a retomada de políticas de saneamento básico.

Ele não entrou no mérito da mudança ocorrida na área do saneamento. Também deu poucos detalhes do novo acordo, mas disse que a entrada de Águas de Maracanaú se deu na gestão do ex-prefeito Júlio César Costa Lima, eleito recentemente vereador pelo município.

Dólar aproxima-se de R$ 3,10 e fecha no menor valor desde julho de 2015

Em queda pelo segundo dia seguido, a moeda norte-americana voltou a fechar no menor valor em quase 16 meses. O dólar comercial encerrou esta terça-feira (25) vendido a R$ 3,106, com queda de R$ 0,04 (-1,26%). A cotação está no menor nível de fechamento desde 2 de julho do ano passado (R$ 3,096).

No fim de manhã, o dólar chegou a operar em pequena alta, mas inverteu a tendência e caiu durante a tarde. Por volta das 15h30, na mínima do dia, chegou a ser vendido por R$ 3,104, mas estabilizou-se pouco acima desse valor. A divisa acumula queda de 4,5% em outubro e de 21,3% no ano.

Como nas últimas sessões, o Banco Central vendeu hoje US$ 250 milhões em contratos de swap cambial reverso, que equivalem à compra de dólares no mercado futuro. A atuação, no entanto, foi insuficiente para conter a queda da divisa. Ontem (24) à noite, o Banco Central anunciou que deixará de rolar (renovar) totalmente os contratos em circulação de swap cambial tradicional, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro, para tentar segurar o recuo da moeda norte-americana.

A cotação do dólar tem caído nos últimos dias com a proximidade do fim do prazo da regularização de ativos no exterior, também conhecida como repatriação. Até o dia 31 de outubro, os brasileiros que mantêm legalmente bens e direitos no exterior podem declarar o patrimônio à Receita Federal pagando 15% de Imposto de Renda e 15% de multa, em troca da anistia de crime de evasão de divisas. A medida está provocando a entrada de recursos no país, pressionando para baixo a cotação do dólar.

Hoje, o Banco Central divulgou que o fluxo cambial – saldo entre entrada e saída de dólares do país – ficou positivo em US$ 2,531 bilhões em outubro até a última sexta-feira (21), depois de cinco meses seguidos de resultados negativos . Segundo o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, certamente a repatriação de recursos contribuiu para o resultado positivo.

O dólar também caiu no aguardo da votação, em segundo turno, da proposta de emenda à Constituição que limita o crescimento dos gastos públicos (PEC 241). Discutido desde o início da tarde, o texto será votado agora à noite.

No mercado de ações, o dia também foi de realização de lucros, quando investidores aproveitam altas recentes para vender ações e embolsarem os ganhos. Pelo segundo dia seguido, o índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou com queda. O indicador recuou 0,30%, fechando em 63.866 pontos. Na semana passada, o Ibovespa tinha alcançado os maiores níveis desde abril de 2012.

(Agência Brasil)

Luizianne Lins engrossa grupo de parlamentares que protestam contra a PEC 241

luiciaane

A deputada federal Luizianne Lins (PT) fez protesto, ao lado de outros parlamentares, nesta terça-feira (25), de sessão na Câmara dos Deputados para votação PEC 241, que limita os gastos públicos.

A parlamentar participou da entrega de mais de 300 mil assinaturas contra a PEC 241 ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ). As 330 mil assinaturas foram colhidas pela plataforma digital Avaaz. “Faremos todas as ações possíveis para barrar esse verdadeiro crime contra o País, que é a proposta contida nessa PEC, a PEC da morte. Não podemos sob nenhuma hipótese abrir mão de direitos sociais que beneficiam especialmente a grande maioria pobre da população”, avisou Luizianne.

DETALHE – Luizianne segue no Plenário e está fazendo transmissões ao vivo por meio de seu Facebook @deputadaluiziannelins.

(Foto – Divulgação)

Auditores-fiscais da Receita fazem ato no terminal de cargas do Aeroporto de Fortalezaz

erri

Os auditores-fiscais da Receita Federal continuam a greve fora do local de trabalho e sem assinatura de ponto, conforme aprovado em assembleia nacional na última sexta (21). No Ceará, a categoria realiza ato, nesta terça-feira, no terminal de cargas do Aeroporto Internacional Pinto Martins.

A greve foi motivada pelo teor do relatório produzido sobre o PL 5864/16, que sofreu grandes alterações, as quais desvirtuam o acordo obtido junto ao Governo Federal, em março de 2016. Produzido pelo deputado Wellington Roberto (PR-PB), o relatório do PL 5864/2016 incorporou mudanças que “desmontam a estrutura funcional dos cargos e geram confusão administrativa”, segundo auditores-fiscais.

O movimento dos auditores-fiscais provoca atrasos nas aduanas de portos, aeroportos e zonas de fronteira, com operação padrão na zona primária e paralisação da zona secundária nesta terça (25) e quarta-feira (26).

(Foto – Divulgação)

Fortaleza ganha mais uma instituição voltada para cursos de MBA

210 1

Fortaleza vai contar com uma das escolas de negócios mais respeitadas do mundo: o Ibmec. O lançamento ocorrerá nesta quinta-feira, às 19 horas, na DeVry Fanor. No ato, a presença de convidados de destaque do mercado, que abordarão temas como Estratégia, Marketing e Liderança.

A instituição passará a oferecer, nas instalações da DeVry Fanor, cursos presenciais de pós-graduação. Atuando no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Distrito Federal, em 2015 o Ibmec passou a fazer parte do grupo de educação superior DeVry Educacional do Brasil, expandindo, em 2016, para as cidades de Recife, Fortaleza e Salvador.

Pioneira em seu modelo de negócios, a instituição existe há mais de 40 anos e oferecerá nas três cidades quatro modalidades de cursos de pós-graduação: MBAs em Finanças, Gerenciamento de Projetos, Gestão de Negócios; e LL.M em Direito Corporativo, com início das aulas no mês de novembro.

Os cursos serão ministrados por professores do Ibmec oriundos do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Belo Horizonte e terão aulas quinzenais, as sextas e aos sábados. Os alunos também contarão com espaços exclusivos do Ibmec dentro das faculdades e direito a estacionamento com vagas reservadas e gratuitas.

Confirma a programação do evento

19h – Estratégias Disruptivas, com Antônio Carlos Kronenberger – Diretor de Relacionamento Corporativo e Professor nos programas de pós-graduação do Ibmec.

19h30min – Marketing em Tempos de Alta Competitividade, com Gustavo Torres – Mestre em Cross-Cultural Marketing & Negotiation pela Ecole de Management de Normandie (França), Mestre em Administração pelo Ibmec; Coordenador Acadêmico da área de Relacionamento Corporativo do Ibmec.

20h – Leadership Pipeline, com Marcos Martins – Executivo da área de Soluções Corporativas há cinco anos; Gerente Acadêmico da Diretoria de Relacionamento Corporativo do Ibmec; Professor dos Programas Executivos do Ibmec-RJ.

Palestrantes

Antônio Carlos Kronemberger é Mestre em Administração pelo IBMEC, MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas, especialista em Gerência de Recursos Humanos e Bacharel em Administração. Atualmente é Diretor de Relacionamento Corporativo e Professor nos programas de pós-graduação do Ibmec. Sua experiência profissional inclui 26 anos de atuação como gerente e diretor de marketing em empresas de nível nacional, particularmente nos setores educacional e editorial, onde foi, durante 12 anos, sócio de uma editora líder nacional. Coautor do Livro Marketing em Organizações de Saúde, Ed. FGV, Rio de Janeiro, 2010. Consultor e palestrante nas áreas de gestão empresarial, educacional e marketing. Autor de artigos publicados em congressos nacionais e internacionais.

Marcos Martins é Mestre em Engenharia de Produção na área de inovação Tecnológica e organização Industrial pela COPPE/UFRJ, Especialista em Gestão de Pessoas e Liderança, produzindo artigos nacionais e internacionais que versam sobre os temas. 24 anos de experiência no setor de Educação. Executivo da área de Soluções Corporativas há 5 anos. Gerente Acadêmico da Diretoria de Relacionamento Corporativo do Ibmec. Professor dos Programas Executivos do IBMEC-RJ; Instrutor de Treinamento em Empresas como Petrobras, Andrade Gutierrez, ENEL, Furnas, E&Y, Light, Essilor, Unimed, Casa & Vídeo, Casas Colombo, CSSJ, Banco do Brasil, ANOREG, Correios, Marinha do Brasil; PROFARMA; Diretor da Adviser Consultoria e Treinamento Empresarial. Atua em projetos de gestão de pessoas e negócios.

Gustavo Torres é Mestre em Cross-Cultural Marketing & Negotiation pela Ecole de Management de Normandie (França), Mestre em Administração pelo IBMEC, pós–graduado em Marketing no MBA da Fundação Getulio Vargas e bacharel em Comunicação Social. Com passagens por empresas como Cielo, Redecard, Grupo HSBC e Fininvest, onde acumulou cargos de gestão nas áreas comercial e de Marketing/ Produtos. Entre as atividades desenvolvidas destacam-se as de gestão e desenvolvimento de produtos, acompanhamento de processos e coordenação de ações de Trade marketing. Professor universitário dos programas de pós-graduação do Ibmec e do Ibmec Online. Atualmente é Coordenador Acadêmico da área de Relacionamento Corporativo do Ibmec.