Blog do Eliomar

Categorias para Economia

Prévia do IPCA registra inflação de 8,78 em 12 meses

“A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo–15 (IPCA-15), ficou em 0,23% em setembro deste ano. Em todo o país, a taxa é menor se comparada com a de agosto (0,45%) e setembro do ano passado (0,39%), segundo dados divulgados hoje (22) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O IPCA-15 acumula taxa de 5,9% em 2016. Em 12 meses, acumula 8,78%, abaixo dos 8,95% registrados nos 12 meses encerrados na metade de agosto. Apesar disso, a inflação oficial continua acima do teto da meta do governo federal, que é de 6,5%.

O recuo da taxa na prévia de setembro foi influenciado principalmente pela deflação (queda de preços) de 0,01% nos alimentos. Entre os produtos que contribuíram para esse resultado estão a batata-inglesa (-14,49%), cebola (-12,3%), feijão-carioca (-6,05%), hortaliças (-6,03%) e leite longa vida (-4,14%). Os transportes também tiveram queda de preços, de 0,1%.

Gastos com habitação (que tiveram inflação de 0,48%) e vestuário (0,49%) continuaram pressionando a inflação e impedindo uma queda mais acentuada da taxa.”

(Agência Brasil)

Chefes – Devolução recua e atinge a menor taxa em 12 meses

“Os cheques devolvidos por falta de fundos em agosto alcançaram 2,18% do total de emissões. Esse percentual é o mais baixo desde setembro do ano passado, segundo pesquisa do Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. No mês anterior, em julho, a taxa tinha sido de 2,26% e 2,11% em igual período do ano passado.

Comparado a agosto dos anos anteriores, este foi o que apresentou pior desempenho desde 1991, quando teve início esse levantamento. Foram compensados 50.602.130 cheques, dos quais 1.101.093 tiveram de ser devolvidos porque os correntistas não tinham feito a provisão necessária para garantir o pagamento.

No acumulado de janeiro a agosto, o índice atingiu 2,36%, a mais elevada da série histórica. O estado do Amapá aparece como a localidade em que ocorreu a maior proporção de devoluções (17,79%). Apenas em agosto, este estado registrou 16,16% ante 17,31%, em julho. Em agosto do ano passado, as devoluções no Amapá somaram 10,53% do total de cheques compensados.”

(Agência Brasil)

Guido Mantega é preso na 34ª fase da Lava Jato

372 1

guido_mantega30

ATUALIZAÇÃO – 7h43min)

A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã de quinta-feira, a 34ª fase da Operação Lava Jato. Entre os alvos da ação está o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega (Governos Lula e Dilma).

Ele não estava em casa, pois, segundo um filho menor, acompanha a cirurgia de sua mulher no Hospital Albet Einstein.

Guido, segundo a Folha e Estadão, acabou sendo preso no hospital depois de concluída a cirurgia de sua mulher.

(Com Agências)

Sebrae lançará Guia do Candidato Empreendedor

Joaquim-Cartaxo1

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

Com o objetivo de fortalecer pequenos negócios, o Sebrae Nacional editou o Guia do Candidato Empreendedor. O documento, segundo o titular do Sebrae/CE, Joaquim Cartaxo, traz todas as informações sobre a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas e propostas voltadas para a micro e pequena empresa.

É contribuição para a administração dos futuros prefeitos principalmente, segundo Cartaxo, oferecendo também todo o suporte para prática bem sucedida, em muitas cidades: o Programa Compras Governamentais, onde pequenos e micro participam de licitações nessa esfera.

No Ceará, o Guia será lançado na próxima segunda-feira, às 9 horas, no Palácio da Microempresa. Eis agenda para os senhores candidatos.

Grupo Pão de Açúcar deve indenizar em R$ 72 mil idosa que teve carro roubado em estacionamento

“O Grupo Pão de Açúcar foi condenada a pagar R$ 70 mil por danos morais para idosa que teve o veículo roubado dentro do estacionamento de um dos supermercados da empresa e, por consequência da violência sofrida, teve um início de infarto no miocárdio. Além disso, a sentença assinada pelo juiz Cid Peixoto, titular da 3ª Vara Cível de Fortaleza, estabelece também o pagamento de R$ 2.067,04 por danos materiais.

Segundo o magistrado, a cliente “sofreu uma situação de dor e prejuízos à saúde, por ser pessoa idosa e submeter-se a uma situação de risco que não deveria se fazer presente, com tratamento médico delicado cuja gravidade poderia resultar em sequelas fatais”.

O roubo aconteceu no dia 27 de fevereiro de 2015. Após parar o carro no estacionamento privativo de clientes do supermercado Pão de Açúcar, na avenida Abolição, a idosa (à época com 71 anos) foi abordada por um homem que lhe arrancou da mão a chave do carro e a bolsa contendo vários documentos. Na fuga, ele empurrou a mulher no chão e, ao tentar sair do estacionamento dirigindo o carro dela, colidiu na traseira de outro veículo.

Com leves escoriações da queda, a idosa sentiu-se mal após o ocorrido, mas não recebeu nenhum tipo de assistência médica no local. Apenas com a chegada dos familiares, foi que a empresa providenciou uma cadeira para que a vítima se sentasse e uma assistência para auferir sua pressão. Constatada a pressão arterial alterada, a cliente foi levada para hospital por familiares, onde foi diagnosticado um princípio de infarto no miocárdio.
Argumentando ter sofrido prejuízos materiais e danos psicológicos, a mulher ajuizou ação na Justiça solicitando pagamento de indenização.

Na contestação, o Grupo Pão de Açúcar alegou que na ação impetrada pela cliente não há documento comprovando que o veículo se encontrava no estacionamento do supermercado. Além disso, sustentou ausência de responsabilidade por falta de prova documental do furto no interior do seu estabelecimento, e caracterizou a situação como caso fortuito.

Para o juiz Cid Peixoto, no entanto, a empresa “não demonstrou a existência de sistema de socorro ou de pessoa apta em viabilizar algum atendimento emergencial em seu estabelecimento, muito menos comprovou a eficácia do seu sistema de segurança, indispensável para estabelecimento dessa natureza”.

(Site do TJ/CE)

Ipece vai divulgar PIB do segundo trimestre deste ano

Flavio Ataliba Diretor Geral IPECE (1)

O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) vai divulga, às 14h30min desta quinta-feira, a análise do PIB do 2º trimestre deste ano do Ceará. A apresentação dos dados será feita pelo diretor-geral do Ipece, Flávio Ataliba, juntamente com os analistas.

No ato, haverá a apresentação do estudo na sala de reuniões da instituição vinculada à Secretaria do Planejamento e Gestão, no Centro Administrativo do Cambeba. Após o término da apresentação, os economistas ficarão disponíveis para responder perguntas dos jornalistas.

Metodologia

O PIB é um indicador que mostra a tendência do desempenho da economia cearense no curto prazo. O estudo é calculado com base nos resultados dos setores Agropecuária, Indústria e Serviços, e desagregados por suas atividades econômicas.

Temer diz nos EUA a investidores que estabilidade política permitirá reformas

“Na tentativa de atrair investimentos estrangeiros para o Brasil, o presidente Michel Temer disse hoje (21) a empresários e investidores norte-americanos que o país passa por um momento de “estabilidade política extraordinária”, e que reformas “fundamentais” estão avançando nas áreas trabalhista, previdenciária e de gastos do governo.

Temer destacou que seu governo tem uma “interlocução muito fácil com o Legislativo nacional”, o que tem possibilitado aprovar reformas e propostas de interesse do Executivo. “No Brasil, temos uma estabilidade política extraordinária, entre os Poderes Executivo e Legislativo, o que dá também segurança jurídica”, disse o presidente em palestra promovida pelo Conselho das Américas, em Nova York.

Temer disse aos empresários norte-americanos que o governo lançou recentemente um programa de parceria de investimentos com o objetivo de “fazer algo previsto em nossa Constituição, que é a iniciativa privada participar, com o Poder Público, do desenvolvimento e do crescimento do país”, disse, referindo-se ao novo pacote de concessões do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).“Venho aqui convidá-los a participar dessa nova fase de crescimento do país.”

Para estimular esses investimentos, o presidente disse que há reformas em andamento no país, nas áreas trabalhista, previdenciária e na definição de um teto para os gastos governamentais. No caso da reforma da Previdência, Temer disse que a mudança será “radical”.

“Temos um déficit previdenciário muito grande. É uma questão de pensões que aflige muitos países. Particularmente no Brasil, isso tem sido uma angústia permanente no nosso sistema financeiro e orçamentário. Por isso estamos ultimando as conversas e o preparo de uma reforma radical do sistema previdenciário, a ser encaminhada ao Congresso Nacional.”

(Agência Brasail)

Reforma Trabalhista – Ministro diz que propostas de mudanças nas leis só em 2017

“O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, informou hoje (21) que o governo só deve enviar a proposta de reforma na legislação trabalhista ao Congresso Nacional no segundo semestre do ano que vem. Segundo o ministro, a prioridade no momento “é resolver a questão do maior déficit fiscal da história do país”.

Em sua justificativa, Nogueira argumentou que o governo não quer elaborar o texto de forma apressada, pois, antes de apresentar qualquer sugestão a respeito, pretende debater a matéria com a sociedade, incluindo os trabalhadores e os empresários. “Nem o trabalhador, nem o empregador serão surpreendidos. Todos serão protagonistas.”

O ministro reafirmou que não existe intenção de mexer em direitos adquiridos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), tais como férias, 13º salário, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e vales-transporte e refeição, nem com o repouso semanal remunerado. ”Nenhum direito do trabalhador sofre ameaça. Os direitos do trabalhador serão aprimorados.”

Nogueira enfatizou que é preciso pensar no Brasil do futuro. Ele ressaltou que, de imediato, há uma preocupação maior, que é a retomada da economia para reduzir o quadro de desempregados, estimado em 12 milhões de pessoas.

Questionado se haverá tempo hábil para encaminhamento da proposta de mudança ainda no governo Temer, o ministro evitou comentar o assunto, dizendo que é preciso tratar uma questão de cada vez. Nogueira deu as declarações logo após abrir o encontro Modernização das Relações do Trabalho, promovido em parceria entre o jornal Estado de S. Paulo e a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Em palestra no evento, Ronaldo Nogueira procurou esclarecer que não passou de um mal-entendido a publicação de informações sobre a possibilidade de a jornada de trabalho ser legalizada em 12 horas por dia. “Jamais defendi o aumento para 12 horas. Isso é um verdadeiro disparate”, afirmou o ministro, enfatizando que a orientação do presidente Michel Temer é para preservar os direitos da classe trabalhadora.”

(Agência Brasil)

Petrobras estuda baixar o preço da gasolina

gasolina-preco-brasil

A Petrobras estuda reduzir o preço da gasolina até o fim deste ano. A ideia da companhia seria criar uma nova política de preços para combustíveis, buscando alinhar o preço oferecido no Brasil com o do mercado internacional.

A informação é da GloboNews.

O preço atual da gasolina no Brasil é 30% mais caro que a média do combustível negociado no exterior.

Perda do emprego – Trabalhador com mais de 59 anos é a maior vítima do mercado

Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgada nessa terça-feira (20), revela aceleração do desemprego no país. Comparando o segundo trimestre deste ano com o último trimestre de 2014, que foi o último período antes da piora registrada no mercado de trabalho, verifica-se que as perdas acumuladas na taxa de desemprego, em termos de pontos percentuais, são piores entre os jovens do que na faixa etária acima de 59 anos.

No entanto, segundo o coordenador da publicação do Ipea, José Ronaldo Souza Jr., a maior variação da taxa de desemprego foi entre os maiores de 59 anos, equivalente a 132% no período compreendido entre o último trimestre de 2014 e o segundo trimestre de 2016, enquanto entre os jovens, a perda alcançou 75,3%.

O estudo do Ipea informa que o aumento do desemprego foi provocado, principalmente, pela redução da população ocupada. “E, especialmente, porque reduziu o número de contratações. Não foi nem por um aumento no número de demissões. Caiu o número de pessoas contratadas com emprego formal e informal também”. A queda não foi ainda maior porque muitos dos demitidos decidiram abrir o próprio negócio, tornando-se autônomos e trabalhando por conta própria. Embora não sejam considerados informais, Souza Jr. admitiu que é uma forma mais precária de trabalho.

Os segmentos que mais demitiram foram a indústria de transformação e a indústria da construção civil. Já nas atividades do comércio e serviços, as demissões são mais recentes. Olhando o acumulado dos últimos 12 meses, a perda para a indústria da transformação alcançou 526.517 empregos. Na construção civil, esse número é de 405.932 postos perdidos. Na área de serviços, os empregos perdidos somam 453.786. “Dá para ver que a piora é generalizada. Antes, era mais focada na indústria de transformação e se espalhou para outros segmentos”.

O economista Souza Jr. avalia que o retorno de contratações deve demorar um pouco a acontecer no Brasil porque, em geral, isso ocorre depois da recuperação da produção, que costuma suceder mais rapidamente que o emprego.

(Agência Brasil)

Correios e federações de trabalhadores assinam acordo coletivo

pomboo

Os Correios e as federações representantes dos trabalhadores assinaram, nesta terça-feira (20), em Brasília, o acordo coletivo de trabalho 2016/2017, que prevê, entre outros benefícios aos empregados, reajuste de 9%, a ser concedido nos percentuais de 6%, em agosto de 2016, e 3%, em fevereiro de 2017. Também, garantiu reajuste nos benefícios em 8,74% e manteve as demais cláusulas dos acordos anteriores, inclusive a que trata do plano de saúde.

O presidente dos Correios, Guilherme Campos, destacou que o acordo firmado foi fruto do esforço coletivo das representações da empresa e dos trabalhadores.

“Mantivemos toda a disposição para uma negociação que beneficiasse a todos, sem a necessidade de recorrer a qualquer mediação externa. Agora, precisamos continuar dialogando para tirar a empresa do vermelho”, afirmou o dirigente.

Na última semana, após apresentação da proposta da empresa, houve paralisação parcial dos trabalhadores de, no máximo, dois dias, em algumas regiões do país, mas o índice de adesão foi de menos de 1%. Durante esse período, os Correios funcionaram normalmente, com todas as agências abertas e todos os serviços disponíveis. No Ceará, a greve durou um dia e não houve interrupção dos serviços.

(Site da ECT)

Especialista em mercado dá palestra para Sindipostos

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=qQz2swOaDLI[/embedyt]
O Sindipostos-CE realiza, nesta noite de terça-feira, em seu auditório, encontro com o especialista Alexandre Espínola. Ele faz palestra sobre o tema “A Magia de Encantar Clientes”, inspirada no modelo Disney.

O objetivo é “arrancar” o sorriso do cliente, a sua satisfação. Em momentos de crise, o atendimento, segundo Espínola, é fator decisivo na fidelização do consumidor.

Alexandre Espínola disse para o Blog que, com a aplicação desse método, até 70% dos clientes retornam. E é simples: excelência nos serviços e a construção de um mapa de atitudes. Com essa aplicação, o preço não se torna a prioridade do consumir e, sim, os valores que eles percebem no momento de fazer negócio com uma determinada empresa.

Presidência da Jucec manda nota em resposta a queixa de concursados não convocados

298 1

Da presidente da Junta Comercial do Ceará (Jucec),Cafol Monteiro, este Blog recebeu a seguinte nota e que diz respeito a queixa de concursados do órgão que ainda aguardam convocação. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Em nome do bom jornalismo, gostaria de fazer algumas considerações acerca da nota publicada hoje neste seu Blog sobre a questão do Concurso da Jucec. Antes de mais nada, reconhecemos absolutamente legítimo o direito do grupo manifestar-se por meio dos veículos de comunicação, em especial neste espaço com tamanha credibilidade. Dito isso, gostaria de fazer algumas considerações, esclarecedoras e informativas.

Em primeiro lugar, informamos que entre os meus primeiros atos da nossa gestão foi reunir a Comissão dos Aprovados no Concurso, a fim de alinhar algumas informações, sendo a mais relevante delas, o fato de que todos seriam nomeados, à medida que fôssemos nos reestruturando fisicamente. Ou seja, é equivocada a alegação de que a Junta não vem se preparando para receber os novos servidores. Porém, sabemos que obras públicas demandam tempo, burocracia e liberação de recursos.

Informamos ainda que já foi autorizado pelo Governo do Estado a convocação imediata dos aprovados para os cargos de nível superior, o que deve ocorrer ainda neste mês.

Como todos sabem, a Junta é uma edificação de 30 anos, que há muito não recebe nenhum tipo de melhoria na sua estrutura física e de pessoal. Portanto, garantimos esse primeiro passo, com a aprovação da obra de recuperação, que deve ser iniciada ainda neste mês de setembro, e, tão logo isso ocorra, vamos fazer a publicação do Edital de Convocação dos Classificados.

Foi explicado ao grupo o nosso empenho para que o processo corra com a maior celeridade, não apenas para garantir o acesso desses novos servidores, como dar continuidade aos projetos que estão sendo implantados na Jucec, como RedeSimples e JuntaDigital, ambos com a necessidade premente de recursos humanos qualificados. Acrescentamos ainda, que no propósito garantir um ambiente favorável ao exercício das funções desses novos servidores, já garantimos também um curso de capacitação em Juntas Comerciais, por meio de um convênio com a Junta Comercial de Minas Gerais.

Contudo, como todos nós sabemos, as questões de nomeações perpassam diversos âmbitos da esfera pública e não é tão somente a previsão orçamentária que garante essa agilidade. Assim, continuamos trabalhando para a acolhida desses servidores e com nossa agenda aberta para o permanente diálogo.

Carolina Monteiro
Presidente Jucec.

Petrobras vai cortar 25% dos investimentos para 2017

petrobrasvelhobarril

“A Petrobras, abalada pelo megaesquema de corrupção conhecido como Petrolão e a queda do preço do petróleo, anunciou nesta terça-feira que reduzirá 25% seus investimentos a 74,1 bilhões de dólares no período 2017-2021.

“Nos próximos dois anos, estaremos concentrados na recuperação da solidez financeira da Petrobras, como uma empresa integrada de energia que tem foco em óleo e gás. No horizonte total dos cinco anos desse planejamento, nossa proposta é que a empresa tenha sido saneada, tenha padrões de governança e ética inquestionáveis para sustentar uma produção crescente, mais realista, e capaz de investir e se posicionar nos processos de transição por que passa o mercado de energia no mundo”, afirmou o presidente da empresa, Pedro Parente, em um comunicado.

O plano estratégico quinquenal inclui um corte de seus gastos operacionais de 11% e projeta manter “um ritmo intenso de parcerias e desinvestimentos que nos próximos dois anos deverão somar 19,5 bilhões de dólares. “Os investimentos próprios previstos para 2017 a 2021 serão de 74,1 bilhões de dólares. Este valor representa uma redução de 25% em relação ao plano anterior”, afirmou a empresa em um comunicado.”O segmento de exploração e produção absorverá a maior parte, com 82% dos recursos”, acrescenta o texto.

Segundo a empresa, o conjunto de investimentos gerados a partir dos projetos da Petrobras, no entanto, é estimado em 40 bilhões de dólares nos próximos dez anos, o que demonstra que, apesar do menor volume de investimentos, a companhia alavanca valores significativos por meio de sua atuação. Este plano é o primeiro sob a gestão de Parente, que chegou ao cargo em junho, nomeado pelo novo chefe de Estado Michel Temer.

O anúncio é feito sob a ameaça de uma greve dos operários da empresa contra o plano de congelamento de salários. A empresa sofre com os efeitos do Petrolão, que custou mais de 2 bilhões de dólares em seus balanços e pela queda do preço do barril de 100 dólares em meados de 2014 para menos de 45 dólares nos dias atuais.

A companhia fechou 2015 com perdas de recordes de 34,836 bilhões de reais (9,6 bilhões de dólares). No segundo trimestre deste ano, reportou lucros de 106 milhões de dólares, interrompendo uma série de três trimestres no vermelho.”

(AFP)

Hub Inovação do BNB promove evento para capacitar empreendedores

O Hub Inovação Nordeste (Hubine), que opera na sede do Banco do Nordeste (Bairro Passaré), vai promover, a partir das 8h30min do próximo sábado, o Bootcamp Inovativa – 2º Ciclo de Aceleração. O evento ocorrerá simultaneamente em nove Capitais brasileiras, com intuito de capacitar empreendedores, startups e mentorias. As oficinas de capacitação serão transmitidas ao vivo pela Internet.

O Bootcamp de capacitação é uma espécie de “campo de adestramento” que reúne novos empreendedores. Os participantes do ciclo de aceleração de startups 2016.2 do InovAtiva Brasil terão acesso a especialistas renomados, que vão compartilhar experiências e orientar as startups sobre planejamento e estratégias de atuação no mercado.

Michel Temer: Brasil tem compromisso inegociável com a democracia

20set-2016-michel-temer-discursa-na-abertura-dos-debates-da-assembleia-geral-da-onu-nesta-terca-feira-1474380271840_300x100

O presidente Michel Temer abriu hoje (20) a 71ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). No discurso, Temer disse que o Brasil tem um compromisso “inegociável” com a democracia e citou o impeachment da presidenta Dilma Rousseff como um processo “dentro do mais absoluto respeito à ordem constitucional”.

Ele defendeu a reforma no Conselho de Segurança da ONU e disse que o protecionismo na agricultura prejudica a geração de empregos e o desenvolvimento dos países.

O empreendedorismo que virou lição de autoestima

Com o título “Jaguaruana empreendedora”, eis artigo do superintendente estadual do Sebrae, Joaquim Cartaxo. Ele destaca o Programa de Educação Empreendedora que o órgão vem tocando em 15 municípios cearenses, com Jaguaruana despontando. Confira:

O empreendedorismo não se resume a abrir uma empresa. Empreende-se ao se buscar soluções de problemas comunitários ou ambientais, no enfrentamento dos desafios, na capacidade de inovar. Visando contribuir para criação da cultura empreendedora na sociedade brasileira, o Sebrae realiza o programa de educação empreendedora voltado para os ensinos fundamental, médio, superior e educação profissional. No Ceará, 35 mil alunos são beneficiados por esse programa.

Duas linhas de trabalho destacam-se: o desenvolvimento de competências empreendedoras e a possibilidade de inserção sustentada no mundo do trabalho, pautadas no modelo educacional que estimula metodologias criativas, linguagem adequada e reconhecimento das realidades locais.

Deste programa, ressalte-se o projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) voltado para estudantes do ensino fundamental. Para desenvolvê-lo, é preciso a parceria dos municípios, por meio das secretarias da Educação. Nesse momento, 15 municípios cearenses estão aplicando a metodologia JEPP; são eles: Aracati, Aracoiaba, Catunda, Farias Brito, Fortaleza, Icapuí, Irauçuba, Itarema, Jaguaribara, Jaguaruana, Meruoca, Ocara, Quixeramobim, Tauá e Uruoca.

A culminância deste processo é a realização de uma feira envolvendo todos os alunos beneficiados. É o momento em que os estudantes comercializam os produtos criados durante as atividades do curso, acompanhadas pelos professores municipais e os consultores do Sebrae.

Em Jaguaruana, no início do mês, aconteceu a II Feira da Cultura Empreendedora que reuniu mais de dois mil alunos, os quais venderam seus produtos para a comunidade local.

Em entendimento com os participantes do JEPP, todo o dinheiro arrecadado com a comercialização dos produtos se destina à realização de atividades de lazer para os alunos ou para a aquisição de equipamentos de recreação para a escola, tais como mesas de pingue-pongue, de futebol (totó), cama elástica ou computadores.

*Joaquim Cartaxo,

cartaxojoaquim@bol.com.br
Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae/Ceará.

Junta Comercial deixa 30 concursados de molho?

Da Comissão de Concursados da Junta Comercial do Ceará, ste blog recebeu nota em que  aprovados cobram a convocação prometida pela cúpula do órgão. Confira:

Caro Eliomar de Lima

Como se sabe, há 30 candidatos aprovados no último concurso da JUCEC – 7 para nível superior, 23 para nível médio. Em maio de 2016, a nova presidente da Junta, Dra. Carol Monteiro, deu a notícia de que todos os aprovados seriam chamados até agosto de 2016.

Isso ocorreria de forma parcelada, com grupos sendo chamados aos poucos. Não poderia chamar todos de uma vez porque teria que fazer alguma reforma nas instalações da JUCEC para receber os aprovados.

No entanto, até o momento, ULTRAPASSADO EM UM MÊS o prazo dado pela presidente, nenhum dos 30 foi convocado ao menos para a apresentação de documentos.

Na mesma oportunidade em que comunicou que iria chamar os aprovados, o órgão indicou que JÁ HAVIA SIM DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA. Ou seja, o Governo do Estado, desde maio, já deu aval para que os aprovados fossem convocados.

Visto que o concurso começou a rolar em 2014 e que já se tem mais de um ano de concurso homologado (homologado em junho de 2015), era de se esperar que a JUCEC já tivesse instalações para receber os servidores.

Neste tempo, em que a JUCEC pediu para os aprovados esperarem depois do aval dado pelo governo, ocorreu ainda foi uma reorganização do quadro de comissionados do órgão. As funções de confiança foram todas praticamente remanejadas entre os ocupantes anteriores. Para ocupar os cargos comissionados, eles foram bem céleres. Para chamar os concursados, persiste a demora. E o contrato com terceirizados também foi renovado.

*Comissão de Concursados da Jucec.