Blog do Eliomar

Categorias para Economia

FortBrasil promove “Feirão Limpa Nome”

Até 31 deste mês, os consumidores exclusivos da FortBrasil que estiverem endividados poderão negociar com a empresa os valores. O atendimento acontece num estande montado na sede da CDL Fortaleza e ocorre das 8 ás 17 horas.

A empresa diz que é uma chance de limpar o nome do cliente que, assim, poderá sair do vermelho e ter nome fora da lista de inadimplentes. Segundo Laura Conrado, gerente de cobrança da FortBrasil, a campanha deve atingir o público da Capital e Região Metropolitana de Fortaleza, proporcionando descontos de até 90% para os clientes regularizarem suas dívidas.

Essa é a primeira experiência de feirão exclusivo da empresa, que já participou do Feirão Limpa Nome da CDL no ano de 2014, quando obteve bastante adesão.

SERVIÇO

*Mais informações: (85) 3433-3040.

Mercado financeiro reduz de 3,24% para 3,23% queda da economia neste ano

“Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) ajustaram a estimativa de encolhimento da economia pela segunda vez consecutiva. A projeção de queda do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, passou de 3,24% para 3,23%.

Para 2017, a projeção de crescimento segue em 1,1% há três semanas consecutivas. As projeções fazem parte de pesquisa feita todas as semanas pelo BC sobre os principais indicadores da economia. O Boletim Focus é divulgado sempre às segundas-feiras pelo Banco Central.

A projeção das instituições financeiras para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), passou de 7,21% para 7,20% este ano, e de 5,20% para 5,14%, em 2017.

As estimativas estão distantes do centro da meta de inflação de 4,5%. Para este ano, a projeção ultrapassa também o limite superior da meta de 6,5%. O teto da meta em 2017 é 6%.”

(Agência Brasil)

Alexandre Pereira reassume cargo na Prefeitura

alexandre-pereira

O empresário Alexandre Pereira reassumiu, nesta segunda-feira, a coordenação das Parcerias Público-Privadas da Prefeitura de Fortaleza.

Retoma assim as atividades depois de ter ficado numa espécie de standy by para vice do prefeito Roberto Cláudio, se o deputado federal Moroni Torgan (DEM), não tivesse aceito o convite.

Pereira não adiantou detalhes de como estão os projetos de novas parcerias com o setor privado. A PPP mais recente envolveu a gestão de terminal de passageiros.

Receita abre consulta a terceiro lote de restituição do Imposto de Renda

A Receita Federal abre nesta segunda-feira (8), a partir das 9 horas, a consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto Renda Pessoa Física de 2016. Foram liberadas também restituições dos exercícios de 2008 a 2015. O crédito bancário será feito no próximo dia 15.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que facilita a consulta às declarações e à situação cadastral no CPF.

Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá entrar em contato pessoalmente com qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

(Agência Brasil)

Empresários querem acordos comerciais com EUA e União Europeia, diz CNI

Os Estados Unidos e a União Europeia são considerados os parceiros mais atrativos para acordos comerciais, de acordo com a maioria dos empresários brasileiros que trabalham com exportações. A informação está na pesquisa Desafios à Competitividade das Exportações Brasileiras, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com a Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getulio Vargas (FGV). O estudo ouviu 847 empresas de pequeno, médio e grande portes das cinco regiões do país.

Questionados sobre países com os quais seria desejável fazer acordos comerciais, 23,9% mencionaram os Estados Unidos, 6,8% a China, 3,7% o México e 3% a Argentina. No caso de blocos econômicos, 16,1% citaram a União Europeia, 3,9% o Mercosul e 2,8% o Nafta (em português, Acordo Norte-Americano de Livre Comércio, abrangendo os EUA, México e Canadá).

O consultor Welber Barral, da Barral M Jorge Consultores Associados, explica que, apesar de importante, o Mercosul é visto como um bloco problemático. “Há muita crítica ao Mercosul que, de fato, agora está atravessando um momento ruim. O bloco é lento para tomar algumas decisões, mas é quem compra a maior parte dos manufaturados brasileiros”, diz.

(Agência Brasil)

Aeroporto Pinto Martins já conta com mais um voo internacional

avinana

O Aeroporto Pinto Martins, de Fortaleza, já conta com novo voo internacional. Neste sábado à noite, 117 passageiros desembarcaram procedentes de Caiena, na Guiana Francesa.

Eles estavam no voo inaugural da empresa aérea Azul, que pousou às 18h25min. A aeronave foi recebida com o tradicional “batismo” realizado pela Seção Contra Incêndio da Infraero. O voo para Guiana Francesa terá frequência semanal, sempre aos sábados.

DETALHE – Além dessa rota, Fortaleza conta com ligações internacionais para Lisboa, Frankfurt, Milão, Miami, Buenos Aires, Bogotá e Praia.

(Foto  Infraero)

Mercosul: Brasil, Argentina e Paraguai analisam situação venezuelana após o dia 12

Os governantes do Brasil, da Argentina e do Paraguai estudam a situação da Venezuela ante a falta de consenso sobre a presidência do Mercosul. Em reunião, os presidentes Mauricio Macri, da Argentina, e Horacio Cartes, do Paraguai, acertaram nessa sexta-feira (5) com o presidente em exercício do Brasil, Michel Temer, analisar a situação da Venezuela no bloco depois do dia 12 deste mês.

A partir do dia 12, vence o prazo para que a Venezuela conclua a adesão à norma do bloco sul-americano e, depois dessa data os três países voltarão a fazer consultas sobre a situação gerada após a transferência da presidência do bloco do Uruguai à Venezuela.

Nessa sexta-feira, o governo da Venezuela içou a bandeira do bloco na capital, Caracas, e proclamou-se presidente pro tempore do Mercosul. O governo venezuelano voltou a afirmar que Argentina, Brasil e Paraguai pretendem “tomar de assalto” o comando do bloco em uma manobra que as autoridades locais consideram idealizada pelos Estados Unidos.

(Agência Brasil)

Plenário retoma debate sobre dívida dos estados na segunda-feira

O projeto sobre a renegociação da dívida dos estados com a União (PLP 257/16) está na pauta da segunda-feira (8) do Plenário da Câmara dos Deputados. A proposta alonga por mais 20 anos o pagamento das dívidas estaduais se forem adotadas restrições de despesas por parte dos governos estaduais, principalmente na área de pessoal. A sessão está marcada para as 16 horas. O projeto também poderá ser analisado na tarde da terça-feira (9).

Após negociações com o governo em exercício de Michel Temer, o relator do projeto, deputado Esperidião Amin (PP-SC), leu na segunda-feira (1º) uma nova redação apresentada pelo Ministério da Fazenda, incorporando itens como o pagamento de parcelas menores a partir do próximo ano com aumento gradativo até junho de 2018 e carência até dezembro.

Segundo o acordo, a partir de janeiro de 2017, os estados começarão a pagar 5,6% da parcela devida, que aumenta mês a mês até atingir 100% em julho de 2018. A ideia é dar fôlego aos estados para recuperarem suas finanças. Entretanto, tanto o relator quanto as bancadas ainda negociam mudanças no texto.

(Agência Câmara Notícias)

Massapê ganhará fábrica de produtos de higiene e saúde

464 1

ferruccio

O presidente da Adece, Ferruccio Feitosa, entre empreendedores.

A cidade de Massapê (Zona Norte) será contemplada com uma indústria de produtos de higiene e saúde fabricados com algodão. O empreendimento é uma extensão da Sobral Produtora de Artefatos Têxteis (Spartex) e prevê a geração de mais de 100 empregos diretos e 360 indiretos quando estiver em pleno funcionamento.

Para atrair e abrigar a nova indústria, um galpão foi concedido pela Agência do Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) em regime de comodato. Na estrutura, serão produzidos algodão hidrófilo, hastes flexíveis com pontas de algodão e discos algodão.

O presidente da Adece, Ferruccio Feitosa, ressalta a importância da inústria para o desenvolvimento social e econômico da localidade. “Toda a mão de obra contratada será exclusivamente de Massapê, trazendo mais oportunidades para os moradores locais”, adianta. Os prazos da obra não foram detalhados pela Adece.

Camilo cria a Medalha Ivens Dias Branco

medalhhaa

O governador Camilo Santana (PT) assinou, nesta tarde de sexta-feira, no Palácio da Abolição decreto criando a Medalha Ivens Dias Branco. O ato ocorreu na presença do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) e de membros da equipe governamental.

A medalha poderá ser concedida a qualquer tempo pela Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), cujo titular é Ferruccio Feitosa, e deverá reconhecer pessoas com práticas que contribuem ou contribuíram para o desenvolvimento do Estado.

(Foto – Divulgação)

Projeto Rio Cocó – MP/CE convoca audiência pública

“O Ministério Público do Ceará, através da 11ª Promotoria de Justiça Cível de Fortaleza, especializada em conflitos fundiários e defesa da habitação, realizará, na próxima terça-feira (09), uma audiência pública sobre demandas de moradias relativas ao Projeto Rio Cocó. O projeto é realizado pelo Governo do Estado. A audiência ocorrerá às 14 horas, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça (Bairro José Bonifácio).

Segundo a promotora de justiça Giovana de Melo, o encontro deseja promover, de forma democrática, aberta e transparente, um debate sobre o processo de remoção e reassentamento das famílias impactadas pelo projeto.

“As famílias questionam a forma como vem ocorrendo a retirada e reassentamento e os baixos valores das indenizações. Algumas delas não aceitam os empreendimentos onde serão assentadas. O diálogo é a melhor forma de respeitar o direito dessas pessoas à moradia e em observância à lei orgânica do município, que determina a mudança para lugares próximos ou no mesmo bairro de origem”, explica Giovana.”

(Site do MP-CE)

Greve dos Professores – Camilo é acusado de omissão

243 3

Em artigo intitulado “O que a greve dois docentes expõe à sociedade?”, o professor e sociólogo Márcio Pessoa culpa o governador Camilo Santana (PT) por uma greve de docentes superar os 100 dias. Para ele, Camilo não prioriza o dialoga com a categoria o que vem fazendo com o empresariado. Confira:

Já são mais de 100 dias de greve dos docentes estaduais. Há tempos não se ouvia falar de greve tão longa na educação básica. Por qual motivo essa paralisação dura tanto e o que a greve expõe à sociedade?

A mais visível constatação é a de que o governo cruza os braços frente a uma greve que não afeta o setor produtivo. Em que uma greve na Educação afeta o PIB cearense? Qual seu impacto na arrecadação de impostos? Difícil mensurar; imediatamente, provavelmente nenhum impacto existe. Nesse sentido, o governo finge não se importar e espera a greve enfraquecer. O problema é que 400 mil alunos são prejudicados.

Outra constatação é a falta de regulamentação de greve no setor público. A Lei de Greve foi criada para o setor privado. Não existe nenhuma lei que regule o setor público. O STF decidiu que aquela lei pode ser usada para regular este setor, mas apenas “no que couber”, logo, existem lacunas. A principal é a de que o governo não é obrigado a negociar. No setor privado, o patrão tem essa obrigação.

Essa falta de norma leva ao que foi exposto anteriormente: a omissão do governador, que ainda não negociou reajuste – só outras pautas; apenas lançou sem negociar duas propostas com média de 4% e sem retroativo que foram rejeitadas.

Por fim, talvez a principal contribuição dessa greve para a sociedade é a exposição de ações de Camilo Santana por setores grevistas. Por exemplo, o governador está abrindo mão de quase R$ 1,5 bilhão em impostos de empresários. Com esse dinheiro, seria possível pagar a reposição da inflação de todos os servidores ativos e inativos (fomentando a economia) e ainda sobraria para outros setores. Além disso, enquanto Camilo prevê gastar R$ 36 milhões com merenda no ensino médio até dezembro, já gastou R$ 65 milhões em propaganda até junho (a previsão inicial era de R$ 38 milhões, mas ano eleitoral você sabe como é).

Camilo deve começar a se debruçar sobre os direitos sociais tão defendidos em sua campanha – financiada por grandes empresas, diga-se.

*Márcio Pessoa

mkpceara@hotmail.com

Sociólogo e professor.

BC diz que recessão mostra relativa moderação

“A trajetória recessiva da economia brasileira a partir de 2014 mostrou relativa moderação no trimestre encerrado em maio deste ano, informou o Banco Central (BC) no Boletim Regional, publicação trimestral com indicadores econômicos por regiões do país.

Para o BC, a moderação é resultado de melhora da confiança de empresários e consumidores, favorecida pelos efeitos positivos do ajustes na economia feitos pelo governo e pela menor influência de eventos não econômicos, recorrentes nos últimos dois anos. O BC usa a expressão “eventos não econômicos” para se referir a efeitos da Operação Lava Jato, por exemplo.

O BC destaca que o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) recuou 1% no trimestre encerrado em maio, em relação ao período anterior. Essa retração foi “significativamente inferior” à registrada em trimestres anteriores, considerados dados dessazonalizados (ajustados para o período).

Números

No trimestre encerrado em fevereiro deste ano, a retração era de 1,4%. Em novembro de 2015, a queda era de 1,5 e em agosto do ano passado de 2,2%. “Esta melhora repercutiu, em especial, na evolução dos indicadores do Sul, favorecida pela concentração da colheita de grãos; do Norte, beneficiada pela trajetória da indústria e da pecuária; e do Sudeste, repercutindo a recuperação da indústria, após longo período de retração”, diz o boletim.

“No Nordeste, embora a variação do indicador de atividade permanecesse negativa, mostrou significativa moderação em relação ao período anterior, enquanto a deterioração registrada no Centro-Oeste foi condicionada pela quebra da safra grãos”, acrescentou o BC.

O Banco Central destacou, ainda, que há “desdobramentos positivos” do maior dinamismo do setor externo e da melhora nos índices de confiança sobre o desempenho da indústria. Por outro lado, diz o BC, os indicadores do setor de comércio e de serviços repercutem o ajuste mais lento nos mercados de trabalho e de crédito.”

(Agência Brasil)

Sindipostos promoverá capacitação no Dendê

O Sindipostos do Ceará, em parceria com o Senac, vai promover segunda-feira, às 13 horas, aula inaugural do Curso de Formação de Frentistas na Comunidade do Dendê.

De acordo com o sindicato, as pessoas capacitadas nesse treinamento deverão ser inseridas em postos de combustíveis do bairro. A entidade afirma que o objetivo é gerar emprego e renda para pessoas que residem em áreas de risco e na periferia.

Novas turmas do curso já estão sendo planejadas, contemplando outras localidades.

Dólar fecha abaixo de R$ 3,20 e alcança menor valor em 12 meses

“Em queda pelo terceiro dia seguido, a moeda norte-americana fechou abaixo de R$ 3,20 e alcançou o menor valor em um ano. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (4) com queda de R$ 0,045 (1,43%), vendido a R$ 3,194. A cotação fechou no nível mais baixo desde 21 de julho do ano passado (R$ 3,173).

O dólar operou em baixa durante toda a sessão, mas ampliou a queda no fim da manhã, influencido pela aprovação, pela comissão do Senado, do relatório favorável ao impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff. A cotação fechou na mínima do dia. A divisa acumula baixa de 1,5% em agosto e de 19,1% no ano.

Como nos últimos dias, o Banco Central vendeu US$ 500 milhões em contratos de swap cambial reverso, que equivalem à compra de dólares no mercado futuro. A operação, no entanto, foi insuficiente para conter a queda da moeda norte-americana.

O dia também foi de ganhos no mercado de ações. O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, subiu pela segunda sessão seguida e fechou com alta de 0,91%, aos 57.593 pontos. Com valorização acumulada de 32,9% em 2016, o indicador está no nível mais alto desde 5 de maio do ano passado (58.052 pontos).

As ações da Petrobras, as mais negociadas da bolsa, também fecharam em alta. Os papéis ordinários, com direito a voto em assembleia de acionistas, subiu 0,92%, para R$ 12,01. Os papéis preferenciais, com preferência na distribuição de dividendos, encerraram com alta de 0,15%, vendidos a R$ 13,57.”

(Agência Brasil)

Presidente da CDL será cidadão fortalezense

403 2

Severino Ramalho Neto

Na próxima segunda-feira, às 19 horas, o presidente da CDL Fortaleza, Severino Ramalho Neto, receberá título de cidadão fortalezense. Severino é carioca, mas suas raízes são cearenses.

Na mesma solenidade, o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PDT), promulgará decreto considerando a Faculdade CDL como instituição de utilidade pública.

(Foto – Divulgação)

Produção de veículos cresceu 4,7% em julho

“A produção de veículos automotores aumentou 4,7% em julho com a produção de 189.900 unidades ante junho, quando saíram das fábricas 181.400 veículos, de acordo com balanço da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), divulgado hoje (4), em São Paulo.

Na comparação com julho de 2015, a produção caiu 15,3%. No acumulado do ano, quando foram fabricados 1.205.041 de veículos, houve queda de 20,4%, porque nesse mesmo período do ano passado a produção chegou a 1.514.001.

“Houve alguns problemas pontuais em empresas que tiveram quebra de produção, mas, mesmo assim, houve esse aumento que reflete a elevação de vendas. Esse número poderia ter sido melhor se algumas empresas tivessem produção mais uniforme”, disse o presidente da Anfavea, Antônio Megale.

O licenciamento em julho chegou a 181.400 unidades, o que representou uma elevação de 5,6% ante os 171.800 vendidos em junho. Na comparação com julho do ano passado – quando foram vendidos 227.600 veículos, o licenciamento caiu 20,3%. No acumulado do ano foram comercializados 1.164.094 veículos, 24,7% a menos do que no mesmo período de 2015, quando foram vendidos 1.546.057.”

(Agência Brasil)

Presidente da Cerbras vai dizer onde pisa

analucia

O Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (Ibef), regional do Ceará, promoverá, a partir das 18h30min desta quinta-feira, no auditório do Sebrae, o primeiro evento do seu Ciclo de Debates.

A empresária Ana Lúcia Bastos Mota, controladora da Cerbras (Cerâmicas do Brasil), falará sobre a trajetória de sucesso do grupo e que tipo de estratégias vem usando para ampliar seus negócios, mesmo com a crise econômica.

  • Mais sobre Ana Lúcia Bastos aqui.

Porto do Mucuripe passará por nova dragagem

cesarpinheiroo

O movimento de cargas do Porto do Mucuripe registrou uma queda de 15% no primeiro semestre, se comparado a igual período de 2015. A informação é do presidente da Companhia Docas do Estado, César Pinheiro, sem adiantar números. Ele explica que a queda foi consequência da crise econômica.

César Pinheiro circulou, nas últimas horas, em Brasília, onde conferiu a posse da nova diretoria da Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq).

O presidente da Companhia Docas aproveitou para cobrar a liberação de R$ 30 milhões, primeira fatia de R$ 80 milhões de um projeto de dragagem do porto. O objetivo dessa ação, que ocorrerá em três etapas, é aumentar de 11 para 14 metros o calado, o que contribuirá para o porto receber navios de grande porte.

(Foto – CDC)

Corpo de Bombeiros vai integrar a RedeSimples

A presidência da Junta Comercial do Ceará, Carolina Monteiro, vai receber, às 9 horas desta quinta-feira, na sede da Jucec, representantes do Corpo de Bombeiro. Na pauta, definição dos últimos detalhes para o processo de integração à RedeSimples, um canal que promove a desburocratização e a padronização de processos nas juntas comerciais do país.

A Rede, em Fortaleza, já está 100% integrada à Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), no que se refere à viabilidade locacional.

De acordo com a presidente da Junta, Carolina Monteiro, o objetivo agora é a integração com o Corpo de Bombeiros, que libera laudos específicos. Ela espera concluir, até novembro próximo, toda a integração da Jucec com demais órgãos de licenciamento e formalização.