Blog do Eliomar

Categorias para Economia

Receita libera consulta ao quarto lote de restituições do IR na próxima 2ª feira

“A Receita Federal libera na próxima segunda-feira (8), a partir das 9 horas, a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2014. Ao todo, serão contemplados 2.020.902 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,2 bilhões. No lote estão também incluídos contribuintes que caíram na malha fina entre 2008 e 2013.

O crédito bancário para 2.056.114 contribuintes será realizado no dia 15 de setembro, totalizando o valor de R$ 2,4 bilhões. Desse total, R$ 168.078.903,86 são destinados a contribuintes idosos. Têm prioridade ainda as pessoas com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave.”

(Agência Brasil)

XX Fimmepe – Mercado local conhecerá detalhes do evento

Vem aí a XX Fimmepe. Trata-se da Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico do Nordeste, que ocorrerá no Recife (PE). Toda a programação, com data e logística, será apresentada para o empresariado local durante almoço marcado para as 12 horas de terça-feira, no Restaurante Cabana Del Primo (Bairro Aldeota).

A feira é uma realização do Sindicato das Indústrias Mecânicas, Metalúrgicas e de Material Elétrico de Pernambuco, com organização e promoção da empresa multinacional Reed Exhibitions Alcantara Machado.

Governo prevê que inflação deste ano deve fechar em 6%

“A inflação deve convergir para um valor muito próximo de 6% este ano, de acordo com expectativa do governo e do mercado, disse hoje (5) o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland. “Será mais um ano em que vamos atingir as metas anunciadas”, afirmou o secretário. A meta de inflação é 4,5%, com limite superior em 6,5%. Hoje, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou agosto em 0,25%. Nos 12 meses encerrados em agosto, o IPCA chegou a 6,51%, pouco acima, portanto, do teto da meta.

Holland destacou que, pelo terceiro mês seguido, houve queda nos preços de alimentação e bebidas. No ano, o segmento acumula alta de 4,76%, inferior aos 5,68% registrados no mesmo período de 2013, acrescentou o secretário. Ele enfatizou que o Índice de Preços por Atacado (IPA-DI) Agrícola “vem demonstrando comportamento benigno com deflação”, o que indica melhora.

O secretário também argumentou que este ano a seca vem afetando menos a produção agrícola do que em 2013. Segundo Holland, no ano passado, 1,2 mil municípios foram afetados pela seca, com concentração em áreas produtoras. Neste ano, de acordo com ele, cerca de 700 municípios foram afetados, mas os efeitos são menos intensos na produção agrícola.

Quanto à alta dos preços da energia (11,66%, no acumulado de janeiro a agosto), Holland disse que a maior parte do aumento já ocorreu e, portanto, não deve se repetir até o final do ano. De acordo com o secretário, pode haver alta no preço das passagens áreas neste mês, mas não será como no período anterior à Copa do Mundo.”

(Agência Brasil)

Fortaleza terá um sábado de mutirão de limpeza

waldonys

O Movimento Limpa Brasil promoverá, neste sábado, em Fortaleza, um mutirão de limpeza e ações de conscientização. A mobilização ocorrerá das 8 às 13 horas, em 36 espaços da cidade como praças, escolas e supermercados. A ordem é recolher material reciclável.

A concentração da ação será às 9 horas, no Parque do Cocó, local também onde ocorre um show encerrando a mobilização, a partir das 17 horas. A atração é o cantor e sanfoneiro Waldonys.

Custo da construção civil aumentou 0,58% em agosto

“O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) teve inflação de 0,52% em agosto, abaixo de 0,58% em julho. A taxa, calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Caixa Econômica Federal acumula altas de 4,81% no ano e 7,22% em 12 meses.

O custo nacional da construção, por metro quadrado, ficou em R$ 901,50, em agosto. O pagamento pela mão de obra subiu 0,8% entre julho e agosto, e ficou em R$ 409,49 por metro quadrado. Os materiais passaram a custar R$ 492,01 por metro quadrado, ou seja, 0,28% a mais do que em julho.

A Região Centro-Oeste teve a maior variação do Sinapi (2,36%), devido às altas de Mato Grosso (4,81%) e Goiás (3,45%). As demais regiões apresentaram as seguintes taxas de inflação: Sul (0,81%), Norte (0,78%), Sudeste (0,16%) e Nordeste (0,11%).”

(Agência Brasil)

 

Antonio Balhmann faz campanha apregoando benefícios da Nova Lei do Super Simples

balçhmm

O deputado federal Antonio Balhmann (Pros) vem fazendo campanha de reeleição no Interior cearense apregoando os benefícios que virão para a economia com a aprovação da nova Lei do Super Simples. Ele foi  um dos autores da matéria.

Dados do Sebrae indicam que deve subir de 250 mil para 350 mil o número de novas micro e pequenas empresas e milhares de empregos.

Tentando seu terceiro mandato à Câmara Federal, Balhmann faz palestras e caminhadas expondo a nova lei, que permitirá o ingresso ao regime tributário de mais de 140 novas profissões e categorias profissionais, que podem agora abrir um microempresa e pagando menos imposto. Nessa lista, dentista, advogado, engenheiros, arquitetos, jornalistas e veterinários.

(Foto Kiko Santos)

MPF ajuíza ação contra Banco do Brasil para recuperar R$ 953 mil

“O Ministério Público Federal (MPF) em Juazeiro do Norte (CE) entrou com ação civil pública contra o Banco do Brasil. A ação visa reparar danos aos cofres públicos causados pela omissão da instituição financeira ao permitir que o ex-prefeito do município de Milhã, José Cláudio Dias de Oliveira, movimentasse de forma ilegal recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Consta na ação que a prefeitura de Milhã recebeu verba do FNDE para a construção de escola no distrito de de Carnaubinha. As obras foram iniciadas em janeiro de 2012, após depósito da primeira parcela dos recursos em conta específica do convênio. A partir de março do mesmo ano, porém, o ex-prefeito passou a transferir parte dos valores repassados pelo FNDE da conta específica para diversas outras contas do município, onde teria livre movimentação dos recursos, aplicando-os irregularmente.

Para o procurador da República Rafael Ribeiro Rayol, autor da ação civil pública, o Banco do Brasil não atendeu à legislação (Decreto nº 6.170/2007) que exige a manutenção em conta específica de recursos transferidos por convênio, que só poderiam ter sido movimentados diretamente para a conta da empresa contratada para construir a escola em Carnaubinha.

Segundo o procurador, a omissão do Banco do Brasil no cumprimento da legislação permitiu o desvio dos recursos para a construção da unidade educacional e impediu a identificação dos exatos destinatários dos recursos, o que dificulta ao MPF e aos outros órgãos de controle a efetiva fiscalização do uso do dinheiro público e a punição dos infratores. Na ação, o MPF requer a condenação do Banco do Brasil a devolver a quantia de R$ 953 mil desviados aos cofres públicos, bem como ao pagamento de igual valor pelos danos morais coletivos decorrentes.”

(Site do MPF-CE)

Franqueados da Oi fecham lojas e causam demissões em Fortaleza

Seis lojas franqueadas da Oi foram fechadas no último dia 29, em Fortaleza, causando a demissão de 65 funcionários. “As dificuldades para trabalhar são inúmeras, os valores defasados das comissões, que há oito anos não são corrigidos, o aumento significativo de estornos impostos indevidamente pela OI das vendas que a gente realiza, foram os principais motivos que nos obrigaram a encerrar a parceria”, declara Carlos Antero, ex franqueado de Fortaleza.

A Associação Nacional de Lojista da Oi (ALO) contabiliza as perdas que já somam, entre outubro de 2013 e agosto deste ano, um total de 37 lojas fechadas e cerca de 540 demissões. A entidade informa que vem, há algum tempo (até mesmo antes de ações judiciais), chamando a atenção para o problema. Além de buscar uma solução na Justiça, a ALO diz estar tentando, sem sucesso, abrir um canal de negociação com a diretoria da empresa.

Entre várias justificativas, os franqueados dizem que a OI tem praticado concorrência desleal. “A situação é tão complicada que a empresa chegou a adquirir lojas ao lado das nossas para acelerar nossa falência. Em Alagoas, no Shopping Maceió, ocorreu um dos casos que mais chama a atenção. A Oi colocou tapumes informando a abertura de uma loja própria ao lado de uma loja franqueada que há anos está estabelecida no local”, explica Deusimar Júnior, diretor da ALO.

Inflação oficial fecha agosto em 0,25%

“A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou agosto em 0,25%. Em julho, a taxa havia ficado em 0,01% e em agosto do ano passado, a taxa foi 0,24%. Segundo dados divulgados hoje (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA acumula taxas de 4,02% no ano e 6,51% em 12 meses, pouco acima portanto do teto da meta do governo, que é 6,5%.

A inflação em agosto continuou sendo puxada pelo grupo de despesas habitação que, com taxa de 0,94%, respondeu por mais de metade do IPCA. O principal item responsável pela alta do grupo habitação foi o de empregados domésticos, cujo serviço ficou 1,26% mais caro no mês. Energia elétrica também imcpactou o item com variação de 1,76% em agosto.

Os alimentos, por sua vez, com uma deflação (queda de preços) de 0,15%, foram os principais responsáveis por evitar uma alta mais acentuada do IPCA.”

(Agência Brasil)

Inflação medida pelo IGDI fica em 0,06% em agosto

“A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) ficou em 0,06% em agosto deste ano. A taxa é superior à observada em julho, que havia sido -0,55% (ou seja: deflação ou queda de preços de 0,55%). O IGP-DI acumula taxas de 1,6% no ano e 4,63% em 12 meses, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV).

A alta do IGP-DI em agosto foi provocada pelos preços no atacado e no varejo. O subíndice de Preços ao Produtor Amplo, que analisa o atacado, teve inflação de 0,04% em agosto, ante uma deflação (queda de preços) de 1,01% em julho.

O subíndice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, ampliou sua inflação do 0,1% em julho para 0,12% em agosto, principalmente devido aos alimentos, que tiveram alta de preços de 0,13% em agosto (em julho, havia sido registrada deflação de 0,25%).

Por outro lado, o subíndice Custo da Construção teve queda na taxa, ao passar de 0,75% em julho para 0,08% em agosto.”

(Agência Brasil)

Regulamentação da Nova Lei do Simples vai ser divulgada na próxima 2ª feira

“A Receita Federal, que abriga o Comitê Gestor do Simples Nacional, publicará na próxima segunda-feira (8) a regulamentação da Lei n° 147, sancionada no início de agosto e que ampliou a gama de atividades que podem optar pelo regime diferenciado. Representantes do comitê gestor disseram à imprensa hoje (4) que a regulamentação vai esclarecer pontos da lei e detalhar os procedimentos para as empresas aderirem ao regime, que reduz a carga tributária e simplifica o recolhimento.

“O que [a regulamentação] traz é uma caracterização mais específica. Por exemplo, um item na lei diz que imóveis próprios tributados pelo ISS [Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza] podem optar pelo Simples Nacional. A regulamentação traz quais são esses imóveis próprios. Quadra de esporte, salão de festas”, exemplificou Silas Santiago, secretário executivo do Comitê Gestor do Simples. De acordo com Santiago, o Diário Oficial da União trará parte da regulamentação da nova lei no início da próxima semana. Uma segunda parte ficou para ser publicada até o fim do ano.

As atividades incluídas pela legislação podem optar pelo Simples a partir de 1° de janeiro de 2015. As alterações incluíram todo o setor de serviços, listando atividades como fisioterapia, corretagem de seguros, serviço de transporte de passageiros, medicina, medicina veterinária, odontologia, psicologia, psicanálise, terapia ocupacional, perícia, leilão, auditoria, economia, jornalismo, publicidade e outras. Também permitiram a adesão da indústria e comércio atacadista de refrigerantes. Atualmente, somente o comércio varejista tem a possibilidade de optar pelo Simples.”

(Agência Brasil)

Cagece suspende água em 13 bairros nesta madrugada der 6ª feira

“A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informa que, na madrugada desta sexta-feira, iniciou a substituição de um registro de 200mm do sistema de água no bairro Cajazeiras. Para a execução desse serviço, parou o bombeamento do setor Água Fria, que abastece os seguintes bairros: Cajazeiras, Sabiaguaba, Cidade dos Funcionários, Sapiranga/Coité, Jardim das Oliveiras, Edson Queiroz, José de Alencar, Alagadiço Novo, Luciano Cavalcante, Salinas, Guararapes, Parque Manibura e Cambeba.

A previsão de término do conserto para as 9 horas, enquant o equilíbrio do sistema está previsto para a manhã do sábado, 6. Lembrando que o retorno do abastecimento se dá gradativamente, chegando mais rapidamente às áreas mais baixas e, por último, aos locais mais altos.
A intervenção é uma medida emergencial para realizar o reparo no registro que foi danificado durante uma manobra para a execução de um serviço solicitado pela Prefeitura de Fortaleza. Após o conserto, a pressão de água para o bairro Cajazeiras deverá voltar ao que era antes do ocorrido, solucionando o problema detectado ao longo desta semana na região.

Poupança tem captação mais baixa para meses de agosto desde 2006

Os depósitos de dinheiro da caderneta de poupança superaram as retiradas em R$ 518 milhões em agosto, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (4) pelo Banco Central (BC). Trata-se do pior resultado desde agosto de 2006, quando saques superaram os depósitos e a captação ficou negativa em R$ 280,5 milhões.

No mês passado, os saques somaram R$ 135,05 bilhões e os depósitos, em R$ 135,5 bilhões. Foram creditados R$ 3,6 trilhões de rendimentos e o saldo dos depósitos em poupança alcançou R$ 638,4 bilhões, dos quais R$ 499,4 bilhões são do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e R$ 138,9 bilhões da poupança rural.

De janeiro a abril deste ano, a captação líquida chegou a R$ 14,1 bilhões, contra R$ 42,2 bilhões em igual período do ano passado.

Pela regra atual, quando a taxa Selic – a taxa básica de juros da economia – está maior que 8,5% ao ano, a poupança rende 0,5% ao mês (6,17% ao ano) mais a Taxa Referencial (TR), que é variável. Essa fórmula está em vigor desde agosto do ano passado, quando a Selic foi reajustada para 9% ao ano. Quando os juros básicos da economia estão iguais ou inferiores a 8,5% ao ano, a caderneta rende 70% da taxa Selic mais a TR.

A fórmula só vale para o dinheiro depositado na poupança a partir de 4 de maio de 2012. Para os depósitos anteriores, o rendimento segue a regra antiga, de 0,5% ao mês mais a TR. Os demais direitos de quem aplica na caderneta foram mantidos, como a isenção da taxa de administração e de impostos.

(Agência Brasil)

Presidente da Fiec lançará livro durante entrega do Museu da Indústria

roberto macedo

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macêdo, lançará, no próximo dia 10, durante a gesta de inauguração do Museu da Indústria (João Moreira, esquina com Floriano Peixoto) o livro “Made in Ceará. Indústria e Cidadania na Integração Local-Global.”

A obra traz o elo das Edições Demócrito Rocha e tem 632 páginas, que reúnem textos do empresário publicados na Revista da Fiec – durante os oito anos de sua gestão à frente da federação, e no Jornal O POVO, nos 3 últimos anos, onde assina, como cidadão, artigo mensal na página Opinião.

O prefácio é do ex-ministro Delfim Netto.

Conselho de Secretários Municipais de Agricultura encaminha pleitos só para Eunício e Camilo

O Conselho dos Secretários Municipais de Agricultura e Meio Ambiente do Ceará (COMDETEC), órgão representativo das categorias e parceiro da Associação dos Prefeitos e Prefeituras do Ceará (Aprece), encaminhou seus pleitos aos candidatos a governador Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB).

O documento chegou por meio do presidente do COMDETEC, Hélio Chaves Bastos, e pede, prioritariamente, apoio à  estruturação das secretarias  municipais de Agricultura e Assistência Técnica.

DETALHE – Por que não mandou cópia para os outros candidatos a governador?

Brasil capta US$ 1,05 bilhão no Exterior

“O Tesouro Nacional informou hoje (4) o resultado final da reabertura de títulos da dívida externa, conhecidos como bônus da República e denominado Global 2025, com vencimento em 7 de janeiro de 2025. O valor total da captação chegou a US$ 1,05 bilhão, sendo US$ 1 bilhão nos mercados europeu e norte-americano, e US$ 50 milhões no asiático.

A operação foi iniciada ontem (3), com a opção de se estender ao mercado asiático, que acabou se confirmando. O título foi emitido com cupom de juros de 4,25% ao ano e com spread de 147 pontos-base acima do título do Tesouro americano, com vencimento em 15 de agosto de 2024, ou seja, 1,47% na comparação entre os títulos brasileiro e americano. Foi o menor valor de juros e spread em 12 meses, segundo o Tesouro.

A emissão, liderada pelos bancos BTG Pactual, Citigroup e Morgan Stanley, foi colocada ao preço de 103,050% do valor de face dos títulos, resultando em taxa de retorno para o investidor de 3,888% ao ano. A liquidação financeira, ou seja, o dinheiro, será depositado na conta do governo brasileiro no dia 10 de setembro, e os cupons serão pagos nos dias 7 de janeiro e 7 de julho de cada ano.”

(Agência Brasil)

 

AFBNB comemora 28 anos debatendo o legado do Fundo Constitucional do Nordeste

Os 25 anos da implantação do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) é tema de um seminário que a Associação dos Funcionários do BNB promoverá nesta sexta-feira, das 9 às 12 horas, no Hotel  Praiano. O evento faz parte da programação que comemora também os 28 anos da entidade e integra ainda a programação da 46ª edição da Reunião do Conselho de Representantes da AFBNB. Vai até sábado, quando serão discutidas questões internas referentes às demandas dos trabalhadores do BNB.

O seminário, intitulado “FNE 25 anos – uma conquista do BNB e da sociedade e AFBNB 28 anos – uma história de luta em defesa dos trabalhadores e pelo desenvolvimento”, contará na abertura a fala dos economistas Clonilo Moreira Sindeaux de Oliveira (professor do CAEN/UFC e ex-funcionário do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste – ETENE), por Saumíneo Nascimento (ex-diretor de administração da SUDENE e Secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de Sergipe) e do Superintendente do ETENE, Fran Bezerra.

 

Movimento Crítica Radical faz festa da campanha que quer pagar “Sítio da Emancipação”

sitioo

O Movimento Crítica Radical vai promover neste sábado, a partir das 19 horas, no Mincharia (Praia de Iracema), festa da campanha que arrecada fundos para liquidar a compra do Sítio da Emancipação.

É nesse sítio, situado em lugarejo de Cascavel (Litoral Leste) que o movimento procura viver e adotar práticas fora do Capitalismo. O modelo tem chamado a atenção de várias organizações não só do Brasil, como também do Exterior.

ATRAÇÕES

O cast das atrações é dos melhores: Fausto Nilo, Rodger Rogério, Parahyba e Companhia Bate Palmas, Wilton Matos, Pedro Rogério, Caká Maciel e Eugênio Leandro, além de exposição de obras de arte já doadas para o movimento.

SITIO DA EMANCIPAÇÃO

Conheça o projeto aqui.

SERVIÇO

Largo do Micharia – Praia de Iracema

Contribuições – Doação de objetos, obras de arte ou dinheiro (a critério).

Mais informações – (85) 8516 6253.

Índice de Confiança do Consumidor de Fortaleza tem leve queda em setembro

O Índice de Confiança do Consumidor de Fortaleza teve leve queda de 0,6% em setembro, passando de 127,9 pontos, em agosto, para 127,1 pontos neste mês. É o que revela pesquisa divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE).

A queda do Indice deveu-se à queda dos seus dois componentes: o Índice de Situação Presente caiu 0,5%, passando de 129,0 para 128,4 pontos, entre agosto e setembro, e o Índice de Expectativas Futuras teve queda de 0,7%, atingindo 126,3 pontos.

Mesmo assim, a intenção de consumo melhorou, sinalizando uma retomada do consumo em setembro. A maioria dos consumidores consideram o momento atual ótimo ou bom para a compra de bens duráveis.

CNI – Indústria apresentou reação em julho

“A atividade industrial cresceu em julho, informou hoje (4) a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A Utilização da Capacidade Instalada (UCI) avançou 0,6 ponto percentual, registrando no mês 81% ante os 80,4% registrados em junho, na comparação dessazonalizada – ou seja, excluídos os dados temporais. É o primeiro crescimento após quatro meses seguidos de retração no setor. As horas trabalhadas na produção industrial subiram 2,6% em comparação a junho e o faturamento real cresceu 1,2% no mesmo tipo de comparação. Tanto o emprego no setor como a massa salarial registraram recuo idênticos de 0,2%. Já o rendimento médio real do trabalhador variou 0,1%.

Para a Confederação Nacional da Indústria (CNI), os indicadores foram afetados pela Copa do Mundo, com menor número de dias úteis, em junho na comparação com junho. A Confederação avalia também que mesmo com o crescimento das horas trabalhadas, do faturamento e do uso do parque industrial, o quadro na indústria ainda é de desaquecimento. Isso porque o mercado de trabalho registrou a quinta queda consecutiva em julho – com emprego e massa salarial real em queda de 0,2%.

“O número de jogos foram maior em junho do que em julho. [No entanto] o efeito sazonal não pega a Copa do Mundo porque é um fator atípico. Só dá para eliminar dados padrões quando falamos em dados dessazonalizados “, disse Flávio Castelo Branco, gerente-executivo da CNI.”

(Agência Brasil)