Blog do Eliomar

Categorias para Economia

Confiança do empresariado da construção civil fica estável no trimestre

“O Índice de Confiança da Construção ficou estável no trimestre encerrado em setembro. Medida pela Fundação Getulio Vargas, a taxa ficou em – 4,6%. No trimestre, que terminou em agosto, marcou – 4,7%. Na comparação interanual mensal houve recuperação no final do terceiro trimestre. A variação de setembro deste ano ante setembro de 2012 ficou em -4,6%, comparado ao índice de -5,3%, em agosto, sobre agosto do ano anterior.

O Índice da Situação Atual passou de – 8,5% em agosto, para – 6,7% em setembro, na comparação trimestral interanual. O Índice de Expectativas passou de -1,4% para -2,8%, na mesma base de comparação. Dos 11 segmentos pesquisados, seis apresentaram melhora na comparação trimestral interanual. O destaque foi o segmento de preparação de terreno, pois o índice de confiança passou de – 7% em agosto para – 4,9% em setembro. Obras de montagem passaram de -15,2% para -13,5%, nos mesmos períodos.

Das 700 empresas consultadas, 24,6% avaliaram a situação atual como boa no trimestre encerrado em setembro, ante 27,2% no mesmo período do ano anterior. Já 17,3% das empresas consideraram que a situação está ruim, ante 10,1% em setembro do ano passado.”

(Agência Brasil)

ZPE do Ceará está sem telefone fixo

“A Zona de Processamento de Exportação do Pecém (ZPE) ainda não tem telefone fixo. Alfandegada em março e inaugurada no mês passado, a área espera a instalação dos serviços de telefonia. Atualmente, toda a comunicação na ZPE é feita via celular ou rádio, e a internet é garantida pelo Cinturão Digital.

O problema está na falta de estrutura das operadoras, que não possuem cabos de fibra ótica que cheguem até o local. Os custos de instalação também são altos e superam os R$ 100 mil só com a central dos serviços. A saída tem sido a tecnologia Voip e espera-se que em breve seja finalizado o trabalho de licenciamento para a contratação dos serviços.

O problema da ZPE deve ser resolvido, mas mostra a necessidade de uma estrutura melhor para as empresas que querem se instalar em áreas mais distantes das Regiões Metropolitanas.”

(Coluna O POVO Economia, de Neila Fontenele)

VAMOS NÓS – Com tanta modernidade, até que não faz falta a telefonia fixa. Mas quando celular e internet caem…

Fiec promove X Encontro Cearense de Estagiários

O Instituto Euvaldo Lodi ( IEL), órgão ligado ao Sistema Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), promoverá, nesta quinta-feira, o XI Encontro Cearense de Estagiários. O objetivo é discutir a importância da preparação profissional. O tema central será “Talentos para a Competitividade”.

O encontro ocorrerá na sede da Fiec, das 10 às 17h30mim, tendo como ponto de destaque a outorga do Prêmio Melhores Práticas de Estágio aos Ganhadores da Edição 2013.

 

Inadimplência das empresas recua 3,5% em agosto

“A inadimplência das empresas recuou 3,5% em agosto, com relação a julho, de acordo com o índice divulgado hoje (24) pela empresa de consultoria Serasa Experian. Houve também uma queda de 0,7% na comparação de agosto deste ano com o mesmo mês de 2012. Porém, nos oito primeiros meses deste ano, foi registrado aumento de 1,4%, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Para os economistas da Serasa Experian, a queda da inadimplência entre as empresas brasileiras está diretamente relacionada ao recuo do índice entre os consumidores. Quando estes quitam suas dívidas de maneira mais efetiva, as empresas conseguem pagar as próprias.

Com relação aos cheques sem fundo, de acordo com a Serasa, entre janeiro e agosto deste ano, houve a maior alta, alcançando 10,0%, na comparação com ao mesmo período de 2012. Já em agosto ante julho, ficou praticamente estável, com queda de 0,1%. O valor médio da inadimplência dos cheques é R$ 2.461,93.

Em seguida, aparecem as dívidas não bancárias, como as de cartão de crédito e das contas de água, luz e telefone, com crescimento de 6,2% em oito meses sobre igual acumulado de 2012. O valor médio das dívidas é R$ 813,90. Em comparação ao mês anterior, houve recuo de 0,9%.”

(Agência Brasil)

Confiança do consumidor brasileiro volta a crescer

“O Índice de Confiança do Consumidor interrompeu uma sequência de quedas em setembro e chegou ao maior nível desde fevereiro, com 114,2 pontos, mas a alta de 1% não foi suficiente para ultrapassar a média dos últimos cinco anos, de 114,9 pontos, divulgou hoje (24) a Fundação Getulio Vargas (FGV) na Sondagem de Expectativas do consumidor. O índice começou o ano com 117,9 pontos, caiu para 116,2 em fevereiro e encerrou o primeiro trimestre com uma queda mais acentuada em março, para 113,9 pontos. Em abril, não houve variação, e, nos meses seguintes, o indicador continuou o recuo, para 113,4 pontos, em maio, 112,9 pontos, em junho, e para 108,3 pontos, em julho.

Em setembro do ano passado, o Índice de Confiança do Consumidor atingiu 122,1 pontos. O maior patamar em que o indicador chegou nos últimos cinco anos foi 128,7 pontos, em abril de 2012, e o menor foi 94,9, em dezembro de 2008, época atribulada pela crise financeira internacional. A alta do percentual se deve principalmente ao Índice da Situação Atual, que avançou 3,5%, recuperando boa parte das perdas de junho, julho e agosto. O Índice de Expectativas subiu 0,4%, para 110,8 pontos e continua acima da média dos últimos cinco anos, que é 108,1 pontos, enquanto o ISA mantém-se abaixo dos 127,8 pontos de média.

Em setembro, 17,3% dos consumidores avaliaram a situação econômica como boa, parcela 0,1 ponto percentual menor que a de agosto. Por outro lado, os que julgaram ruim caiu de 37,8% para 34,1%.”

(Agência Brasil)

SDA garante pulverização contra praga que atinge cajueiros do Litoral Leste

Finalmente a Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Estado e a Ematerce ouviram os apelos do Sindicato dos Produtores de Caju do Ceará (Sincaju). Esse órgãos começaram a liberar os atomizadores que farão a pulverização de enxofre contra a praga do oídio, um fungo que atinge os cajueirais do Litoral Leste do Estado.

Segundo o presidente do Sincaju, Paulo de Tarso Meyer, com a medida, haverá condições de salvar boa parte da plantação e garantir safra considerável de caju para o Ceará.

Há expectativas de que, com pulverização contra o oídio, os produtores, que tiravam três caixas de caju por dia, passem a tirar até 300 caixas por dia.

Ministro Leônidas Cristino conhece o Canal do Panamá

O secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, e comitiva cumpriram agenda oficial no Panamá entre os dias 18 a 20 deste mês. Eles atenderam a um convite do governo panamenho. Na viagem, o ministro, que retorna neste começo da semana, conheceu o Canal do Panamá, as instalações e a tecnologia utilizada na Panamá Ports Company – pertencente a empresa Hutchison Port Holdings (HPH), que é responsável pela maior operação de contêineres da América Latina, e participou da VIII Reunião Iberoamericana de Ministros de Infraestrutura e Logística e assinou Memorando de Entendimento com a autoridade portuária local.

Na comitiva do ministro, o secretário de Gestão e Infraestrutura de Portos, Fernando Victor Carvalho, e o assessor internacional da SEP, José Newton Gama.

 

Arce abrirá vaga de conselheiro

jsoeluiz

Em novembro, abre-se uma vaga de conselheiro na Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados (Arce). José Luís dos Santos encerrará seu mandato, que foi de oito anos, pois teve direito a recondução.

A disputa promete. O salário do conselheiro, por exemplo, é de R$ 14 mil e quem escolhe é o governador Cid Gomes (PSB). A Arce tem por atribuição fiscalizar as operações na área do transporte intermunicipal  e as ações da Cagece, Coelce e da Cegás.

A torcida é para que o critério técnico prevaleça.

BC estima que dólar feche o ano cotado a R$ 2,33

“O dólar deve chegar ao final deste ano cotado a R$ 2,33. Essa é a previsão de instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) sobre os principais indicadores econômicos. A previsão anterior era R$ 2,35. Para fim de 2014, a estimativa para a cotação do dólar segue em R$ 2,40. A estimativa para o superávit comercial, saldo positivo de exportações menos importações, ficou em US$ 2 bilhões este ano e em US$ 10 bilhões, em 2014. Os números são do boletim Focus, divulgado semanalmente pelo BC.

A previsão das instituições financeiras para o saldo negativo em transações correntes (registro das transações de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior) segue em US$ 78 bilhões, este ano, mas foi ajustada de US$ 77 bilhões para US$ 76,45 bilhões, em 2014. A expectativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) foi mantida em US$ 60 bilhões tanto para 2013 quanto para o próximo ano.”

(Agência Brasil)

 

Ceará recebe grupo de empresários alemães

Uma comitiva de empresários da Alemanha visitará o Ceará nesta semana. O grupo vai desembarcar nesta terça-feira para participar de uma rodada de negócios com empresários cearenses. O grupo inclui representantes de empresas de pequeno e médio porte que atuam em diferentes setores da economia alemã.

Quem articulou essa visita foi Ricardo Castanho, diretor do Departamento de Comércio Exterior da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo. Ele diz que, tradicionalmente, os alemães sempre querem interação comercial com o Sul e Sudeste, mas, dessa vez, decidiram conhecer o potencial nordestino.

Além de participar das reuniões, o grupo de alemães fará visitas técnicas ao Porto de Pecém e às instalações das empresas Wobben Windpower e Durametal. Encerrada a visita de dois dias à capital cearense, a delegação seguirá para Manaus e Santarém, onde participará do VI Simpósio Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável.

 

Dilma retira urgência do projeto do novo Código de Mineração

dilmarezando

A presidente Dilma Rousseff encaminhou, de Nova York, mensagem ao Congresso Nacional solicitando que seja retirada a urgência constitucional ao Projeto de Lei 5.807, de 2013, que cria o novo Código da Mineração. A mensagem está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 23, e atende a uma demanda dos parlamentares.

A retirada da urgência vinha sendo negociada com lideranças políticas e com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). A proposta do marco da mineração tranca a pauta da Câmara, que fica impedida da votar matérias importantes até que seja apreciado o projeto. A própria Comissão Especial que analisa a proposta já havia pedido mais prazo para analisar melhor a matéria e fechar um relatório.

Nessa negociação com o governo, o presidente da Câmara garantiu que, mesmo com a retirada da urgência, o projeto será votado na Comissão Especial no dia 15 de outubro e de lá seguirá para o plenário. O governo temia que, retirando a urgência, o projeto ficasse sem data fixa para apreciação.

(Com Agência Estado)

Entrega da declaração do ITR só até 30 deste mês

Termina no próximo dia 30 o prazo para que as pessoas físicas e jurídicas proprietárias de imóveis rurais entreguem à Receita Federal a declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR).

Quase 5,2 milhões de contribuintes deverão prestar as informações.

No Ceará, há expectativa de pelo menos 60 mil proprietários entregando sua declaração do ITR.

Arrecadação federal registra recorde em agosto

“O governo federal arrecadou R$ 83,956 bilhões em impostos e contribuições em agosto, recorde para o período. O resultado representa crescimento real de 2,68% em relação ao mesmo período de 2012, descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os dados foram divulgados hoje (23) pela Receita Federal.

No acumulado do ano, a arrecadação federal somou R$ 722,234 bilhões, alta de 0,79% na comparação com o mesmo período do ano passado, também descontado o IPCA. Em termos nominais, a arrecadação aumentou R$ 48,658 bilhões de janeiro a agosto deste ano, sem a correção, pela inflação, dos valores arrecadados no mesmo período do ano passado.

De acordo com a Receita, entre os principais fatores que influenciaram a arrecadação está o desempenho dos principais indicadores macroeconômicos, incluindo a produção industrial, com crescimento de 1,35% entre dezembro de 2012 e julho de 2013, e a venda de bens e serviços (3,96% na mesma comparação). Houve ainda, no período, aumento da massa salarial, de 11,65% e do valor em dólares das importações, com acréscimo de 4,63%. Todos os percentuais com fato gerador em julho e influência na arrecadação de agosto.”

(Agência Brasil)

Prossegue a greve dos bancários sem contraproposta da federação dos bancos

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=pnpGFB6HH5Y&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Prossegue a greve dos bancários em todo o País. Segundo o diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará e membro da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, Marcos Saraiva, até agora, nada de contrapropsota da Federação Nacional dos Bancos.

A categoria reivindica 11,83%, enquanto a Fenaban só ofereceu  6,1%. Marcos Saraiva prevê que o movimento grevista deve ganhar maior corpo nesta semana.

Presidência das Docas do Ceará e um mandato

pauloandree

Um aviso aos afobadinhos por cargos. Paulo André Holanda continua presidente da Companhia Docas do Ceará mesmo com mudança na Secretaria dos Portos. O cargo é por mandato e ele ainda tem mais um ano pela frente.

Essa pasta é vinculada à Secretaria Especial dos Portos, cujo titular é Leônidas Cristino (PSB). Ele, que é ligado ao grupo do governador Cid Gomes,  já colocou à disposição da presidente Dilma Rousseff.

Governo revê estimativa de crescimento do PIB para 2,5%

O Relatório de Receitas e Despesas do quarto bimestre, divulgado nesta sexta-feira (20) pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, prevê crescimento de 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas de um país). O documento do terceiro bimestre previa crescimento de 3% para o PIB deste ano.

O relatório bimestral continua trabalhando com inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) a 5,7% e taxa de câmbio média a R$ 2,09.

O relatório registra ainda aumento de R$ 4,7 bilhões nas receitas líquidas primárias com relação ao terceiro bimestre, em função da previsão de alta da arrecadação previdenciária, de receitas de concessões, do complemento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e outros.

Do lado das despesas, o documento registra acréscimo igual de R$ 4,7 bilhões. O volume é direcionado à Conta de Desenvolvimento Energético (R$ 1,9 bilhão), abono e seguro-desemprego (R$ 1,5 bilhão), créditos extraordinários (R$ 1,3 bilhão), subsídios (R$ 1 bilhão) e sentenças judiciais relativas a benefícios previdenciários (R$ 612 milhões). Há também cortes no valor de R$ 1,6 bilhão, incluindo redução de R$ 568,2 milhões na complementação ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e corte de R$ 543,9 milhões nos gastos com pessoal, sentenças judiciais e anistiados.

O relatório de receitas e despesas é enviado ao Congresso Nacional a cada dois meses. O documento traz uma revisão das receitas e despesas previstas na Lei Orçamentária do exercício, prevendo novos cortes ou autorizando novas liberações nas despesas discricionárias.

(Agência Brasil)

Assembleia Legislativa debaterá projeto sobre segurança bancária em Acaraú

205 1

antoniocarlos

“A Comissão de Defesa Social da Assembleia Legislativa do Ceará realiza, na próxima segunda-feira, a partir das 9 horas, na cidade de Acaraú (Litoral Oeste), audiência pública para discutir o projeto de lei estadual de segurança bancária, nº 174/13, que tramita na Casa. O debate será realizado na Câmara Municipal. A audiência foi requerida pelo deputado Antonio Carlos (PT), autor do projeto, devido aos constantes assaltos ocorridos em agências bancárias, principalmente no interior do Estado. Apenas em 2013, foram registrados 65 ataques a bancos no Ceará, sendo apenas um em Fortaleza, segundo dados do Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB/CE). Em 28 dessas ações, houve o uso de explosivos.

Além de Acaraú, outras cidades cearenses receberão audiências sobre o tema. São elas: Iguatu, no dia 30 de setembro, a partir das 18 horas, na sede do Sindicato dos Comerciantes do município; Crato, no dia 4 de outubro, a partir das 9 horas, na Câmara dos Vereadores; e Morada Nova, no dia 14 de outubro, às 9h, também na Câmara dos Vereadores. Outro problema a ser tratado nos debates é a demora para a reativação das agências.”

(Site da AL-CE)

Ciro Gomes dará pausa nas atividades como secretário para virar conferencista

300 3

ciro gomes

Ciro Gomes dará pausa nas atividades como secretário estadual da Saúde no próximo dia 1º. Nesta data, bem cedo, ele dará palestra, em clima de café da manhã, sobre o tema “Perspectivas da Economia Brasileira”, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas.

A palestra de Ciro marcará o lançamento, por pate da entidade, da campanha “Fortaleza Liquida 2014”. Essa campanha ocorrerá em março que vem, reunindo quase três mil lojas com ofertas expondo descontos de até 70% para aquecer período em que as vendas poderiam entrar num clima de baixa.

Por falar em CDL, cerca de 20 mil consumidores estão retornando ao comércio, depois de renegociarem seus débitos dentro da campanha “Feirão Limpa Nome”, da CDL. A informação é do presidente da entidade, Freitas Cordeiro.

Maílson da Nóbrega fala sobre perspectivas da economia brasileira em Fortaleza

282 1

mailsonnobrega

O ex-ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega, dará palestra nesta sexta-feira, a partir das 14 horas, no Teatro Celina Queiroz, da Unifor. Ele falará sobre Perspectivas da Economia Brasileira. Maílson atende a um convite do Grupo Emape, que comemora 50 anos de atividades e que tem entre controladores o ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa.

Além do ex-ministro, participará também desse evento Carlos Eduardo Tavares, da Superintendência de Logística Operacional da Conab, que falará sobre Abastecimento do Milho para o Nordeste Brasileiro”.

A Emape é hoje uma das maiores empresas do Nordeste na área da avicultura. Possui unidades em Fortaleza, Barreiras, Tianguá, Maranguape e Maracanaú.

Índice oficial da inflação de setembro registra 0,27%

222 1

“A prévia de setembro da inflação oficial do país, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), registrou taxa de 0,27%. O índice é superior ao 0,16% observado na prévia do mês anterior. O dado foi divulgado hoje (20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta foi puxada principalmente pelos gastos com transportes, que subiram 0,3% na prévia de setembro. Na prévia de agosto, esse grupo de despesas havia registrado deflação (queda de preços) de 0,3%. Somente a alta de preços de 16,08% das passagens aéreas responderam por quase um quarto da inflação da prévia de setembro.

Os alimentos, que também haviam registrado deflação (-0,09%) em agosto, passaram a ter alta de preços (0,04%) em setembro. A inflação do grupo alimentação e bebidas foi puxada pelos aumentos de preços de produtos como pão francês (2,8%), farinha de trigo (2,68%), macarrão (1,46%), leite longa vida (2,34%) e frutas (1,88%). Os demais grupos registraram as seguintes taxas na prévia de setembro: habitação (0,53%), artigos de residência (0,52%), vestuário (0,37%), saúde e cuidados pessoais (0,56%), despesas pessoais (0,16%) e educação (0,12%). Apenas o grupo comunicação registrou deflação (-0,07%).

No acumulado de 2013, a taxa está em 3,97%, acima da observada em igual período do ano passado (3,81%). Já no acumulado dos últimos 12 meses, a inflação chega a 5,93%, inferior ao índice dos 12 meses imediatamente anteriores: 6,15%.”

(Agência Brasil)