Blog do Eliomar

Categorias para Economia

Eike Batista põe à venda controle da MPX

246 2

eike

Eike Batista botou à venda o controle da MPX, sua empresa de energia. O comprador preferencial é a gigante alemã E.ON , que já é dona de 10% da empresa. A XP, que apesar do “xis” nada tem a ver com Eike, tem o mandato para fazer o negócio.

(Coluna Radar -Veja Online)

NO CEARÁ , a MPX tem termelétrica no Complexo Industrial do Pecém e uma usina solar em Tauá (Regão dos Inhamuns).

Embaixadores estrangeiros conhecerão projetos de infraestrutura do governo brasileiro

167 1

“O governo vai apresentar projetos de infraestrutura para embaixadores estrangeiros no Brasil na próxima segunda-feira (18). Será a segunda etapa do road show (seminário itinerante) de infraestrutura que o governo está tocando para atrair investimentos para grandes obras no país. Na primeira etapa, as opções de investimento foram apresentadas a empresários em São Paulo no começo do mês.

Desta vez, os ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota; da Casa Civil, Gleisi Hoffmann; e o presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, vão comandar a apresentação para embaixadores no Palácio do Itamaraty. O road show ainda passará por Londres e Nova York.

No leque de projetos estão a expansão da infraestrutura de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, além de empreendimentos nas áreas de energia e exploração de petróleo.

(Agência Brasil)

Horário de Verão diminuiu em 4,5% demanda por energia no horário de pico

“Com término marcado para a meia-noite do próximo sábado (16), o horário de verão economizou 2.477 megawatts (MW) no período de pico (entre as 18h e as 21h) nos estados em que foi implementado. Isso equivale a 4,5% da demanda máxima nos três subsistemas onde a mudança de horário vigorou. O balanço foi divulgado hoje (15) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). 

Em nota, o diretor-geral do ONS informou que, dos 2.477 MW economizados, 1.858 MW foram no Subsistema Sudeste/Centro-Oeste; 610 MW no Subsistema Sul; e 9 MW no Subsistema Norte (onde apenas o estado do Tocantins adotou o horário de verão). A redução obtida no primeiro subsistema equivale a aproximadamente 55% da carga consumida durante o horário de pico da cidade do Rio de Janeiro, onde vivem 6,4 milhões de pessoas, ou duas vezes a carga no horário de pico de Brasília, que tem 2,6 milhões de moradores.

A economia verificada no Subsistema Sul equivale a 75% da carga no horário de pico de Curitiba (com 1,8 milhão de habitantes), e a obtida no Subsistema Norte, a 10% da carga no horário de ponta da cidade de Palmas (228 mil habitantes), informou a nota do ONS.

Com a implantação do horário de verão, a segurança operacional do sistema elétrico nacional é beneficiada graças à diminuição dos carregamentos na rede de transmissão. Segundo o governo, a mudança do horário possibilita também uma melhor manutenção de equipamentos e a redução de cortes de carga em situações emergenciais, além de favorecer a recuperação dos reservatórios das hidrelétricas.”

(Agência Brasil)

Cid Gomes terá encontro com presidente do BID

cidgoomes

O governador Cid Gomes (PSB) estará em Brasília, na próxima segunda-eira. Ao lado de outros gestores estaduais, participará de encontro com o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno.

Nessa ocasião, um balanço dos projetos financiados pelo BID ano passado e as novas ofertas de empréstimos para os próximos anos em setores da área de infraestrutura.

Receita deposita nesta 6ª feira restituições da malha fina

“A Receita Federal paga hoje (15) um lote residual de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física, que estavam retidas na malha fina. No lote constam declarações dos exercícios 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008. O dinheiro estará depositado para um total de 92.562 contribuintes. Em relação ao exercício 2012, serão creditadas restituições para um total de 64.289 contribuintes, com correção de 6,6%. Para o exercício 2011, serão creditadas restituições a um total de 12.546 contribuintes, corrigidas em 17,35%.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, ligar para o Receitafone (146) ou utilizar um aplicativo para tablets e smartphones que permite, entre outras coisas, a consulta às restituições.”

(Agência Brasil)

Secretaria Nacional dos Portos fará concurso público

leonidascrstino

O secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, confirmou em Fortaleza: virá concurso público para 206 vagas de práticos. A ordem é melhorar procedimentos nos portos para modernizar transporte de cabotagem.

Leônidas, inclusive, adiantou que, dentro do objetivo de modernização, viajará na próxima semana para o Exterior. Dia 26, estará em Londres (Inglaterra); e dia 1º próximo desembarcará em Nova York. Vai divulgar para investidores internacionais o pacote de R$ 58,6 bilhões liberado pelo governo federal para o setor. É a busca por parcerias.

Inadimplência do consumidor brasileiro cresceu 11,8% em janeiro

“A inadimplência do consumidor cresceu 11,8% no primeiro mês de 2013, na comparação com janeiro do ano passado, informou hoje (14) a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL). As vendas tiveram alta de 3,88% na comparação com o mesmo período. A confederação atribui o maior endividamento ao cenário favorável ao consumo em 2012.

A recuperação de crédito cresceu 5,92% em janeiro de 2013 ante o mesmo mês de 2012. O percentual é calculado em função da quantidade de CPFs que deixaram o cadastro do Serviço de Proteção ao Crédito, administrado pela CNDL.

Na avaliação do presidente da entidade, Roque Pellizaro Júnior, a alta da inadimplência preocupa. Para ele, caso o indicador permaneça elevado e haja pressão inflacionária, há risco de o governo aumentar a taxa básica de juros, a Selic, para inibir o consumo. A CNDL acredita que, embora houvesse liquidações pós-natalinas em janeiro, os consumidores compraram menos em função de despesas com material escolar e tributos, como o Imposto Predial e Territorial Urbano e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.”

Novo CPC: relator vai excluir permissão de penhora de salário de devedor

A possibilidade de penhora de parte dos salários de devedores para garantir o pagamento de dívidas será excluída do parecer ao projeto de lei do novo Código de Processo Civil (CPC – PL 8046/10). A informação foi antecipada pelo atual relator da matéria, deputado Paulo Teixeira (PT-SP).

A previsão de penhora constava no texto apresentado pelo relator anterior da proposta, o então deputado Sérgio Barradas Carneiro, suplente, que deixou o mandato com a volta do titular. O projeto do novo CPC foi criado por uma comissão de juristas e aprovado pelo Senado em 2010.

Na Câmara, o texto sofreu várias alterações, entre elas a possibilidade de penhora de 30% do salário de devedores que excedesse seis salários mínimos, calculados após os descontos obrigatórios, como Imposto de Renda, contribuição previdenciária e pensão. Isso daria hoje em torno de R$ 4 mil. O relatório de Barradas Carneiro, porém, não chegou a ser votado na comissão especial que analisa a proposta.

Segundo Teixeira, a retirada do polêmico dispositivo foi feita para facilitar a aprovação do texto. “Do ponto de vista político, comecei a perceber que havia resistência em diversos partidos. Então, retiramos a penhora do salário”, disse. O relator também destacou que seu parecer trará uma alternativa à penhora de bens de empresas com dificuldades financeiras. “Às vezes, ao penhorar o capital de uma empresa, você inviabiliza o seu funcionamento. Assim, estabelecemos uma forma que assegura que outros bens possam garantir aquela dívida e não exatamente o capital daquela companhia”, explicou.

(Agência Câmara de Notícias)

Transposição – Ministro descarta mais atrasos na obra

“O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, disse hoje (14) que as obras da transposição do Rio São Francisco não serão novamente atrasadas pelas suspeitas de inconformidade em cinco dos 14 trechos do projeto de integração da bacia. Depois de uma uma reunião de mais de uma hora com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, no final da manhã, Fernando Bezerra explicou que as empresas responsáveis pelos trechos ainda têm prazo para explicar o que estava sendo feito nesses locais da obra.

A transposição do Rio São Francisco é uma das prioridades do governo e deveria estar concluída no final do ano passado. Esses atrasos no cronograma foram apontados como uma das razões para as revisões do orçamento da obra. O projeto que prevê a distribuição de água para quase 12 milhões de pessoas em 390 municípios do Nordeste do país custaria, inicialmente, quase R$ 4 bilhões. Hoje o valor estimado supera R$ 8 bilhões.

Com as explicações das empresas, o governo e a Justiça vão avaliar quais punições devem ser aplicadas ou se é possível fazer ajustes para que as obras tenham continuidade, possibilidade que não foi descartada pelo ministro. Se as empresas não concluírem o contrato, total ou parcialmente, a Lei 8.666/93 prevê penalidades como advertência, multa, suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de firmar contratos com a administração pública por até dois anos.”

(Agência Brasil)

A mídia conservadora e uma tentativa de enfraquecer a Petrobras

351 10

petroleo

Com o título “Oposição de direita continua trafegando na contramão”, eis artigo do jornalista e radialista Messias Pontes. Ele denúncia ações para enfraquecer a Petrobras. Confira:

Mais uma vez, o que não é nenhuma novidade, a oposição conservadora de direita e sua velha mídia conservadora, venal e golpista atenta contra a Petrobras. Essa posição contra a maior empresa estatal brasileira, orgulho do nosso povo, vem desde o seu nascedouro, em outubro de 1953, quando o presidente Getúlio Vargas a criou e estabeleceu o monopólio estatal do petróleo.

Antes, a velha mídia já havia vendido a alma às sete irmãs, tendo à frente a norte-americana Standard Oil, quando divulgou à exaustão o relatório do geólogo ianque Walter Link afirmando que no Brasil não havia petróleo. Isto depois de ter encontrado óleo de boa qualidade no recôncavo baiano. Segundo o jornalista e escritor Gondim da Fonseca, foi muita grana na mão do baronato da mídia e dos seus colonistas e demais radialistas e jornalistas amestrados.
O entreguismo da velha mídia e de seus sabujos era de tal ordem que Gondim da Fonseca enfatizou no seu livro O que sabe você sobre o petróleo, que “o mal de São Paulo, do Rio de Janeiro e do Brasil é o seu rádio e o seu jornal”. À época não havia televisão no País.

A serviço de interesses alienígenas, os neoliberais tucano-pefelistas (hoje demotucanos), capitaneados pelo Coisa Ruim (FHC), encetaram diuturnamente uma insólita campanha contra tudo o que era estatal, ou seja, patrimônio do povo, notadamente contra a Petrobras, apresentada como um “enorme elefante branco” que só prejuízos causava ao País por ser pessimamente gerida por “burocratas incompetentes”. Para o Coisa Ruim e demais traidores da pátria, as empresas estatais deveriam passar para a iniciativa privada, pois só esta tem competência.

Essa baboseira toda, a exemplo do que foi feito com o tristemente célebre “Relatório Link” na década de 1950, era repetida à exaustão, agora com a força da televisão. Os traidores neoliberais tramaram contra a Petrobras durante os oito anos de desgoverno tucano-pefelista-ppessista (1995-2002). Quem não lembra que praticamente quase todo mês a Petrobras era multada pelo Ibama por causa de vazamento de óleo de seus petroleiros, causando verdadeiros desastres ecológicos? Quantas vezes isso aconteceu nos últimos dez anos? Ficou muito claro que a sabotagem era para justificar a entrega da maior empresa estatal estratégica brasileira.

A questão de fundo é puramente ideológica. Todo o espaço editorializado da velha mídia repete a velha cantilena de que toda atividade econômica e financeira dever ficar nas mãos da iniciativa privada. Como maior partido de oposição do País, a velha mídia tenta incutir na opinião pública que o papel de uma empresa estatal estratégica como a Petrobras não pode nem deve ser instrumento de política econômica.

Até as pedras de Cococi sabem que os traidores da pátria sempre conspiraram contra a Petrobras, e que a “defesa” da empresa feita agora visa tão somente atingir o governo da presidenta Dilma Rousseff. Na realidade, essa gente ao se posicionar a favor do investidor privado defende o aumento do preço dos derivados de petróleo muito mais para que isto contribua para o crescimento da inflação, e com isso enfraquecer o governo Dilma, cimentando, assim, o caminho do tucano Aécio Neves rumo à sucessão presidencial.

Agora, na maior cara de pau, a oposição de direita e seus colonistas e demais amestrados dão uma de defensores da Petrobras, repetindo exaustivamente que “o intervencionismo do governo causou no ano passado prejuízos à estatal de 36%. Na realidade não houve prejuízo, pois a Petrobras lucrou R$ 21,2 bilhões. O que houve foi um lucro menor de 36%. Essa gente continua trafegando na contramão.

* Messias Pontes,

Jornalista e Radialista.

Demanda do consumidor por crédito registrou aumento em janeiro

“O número de consumidores em busca de crédito aumentou 2,2% em janeiro na comparação com dezembro e 12,3% na comparação com igual período do ano passado, segundo o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. A maior procura em relação ao mês anterior ficou concentrada nas regiões Sul (6,9%); Centro-Oeste (4,3%) e Sudeste (1,9%). No Norte houve queda de 1% e no Nordeste, recuo de 1,4%.

O crescimento da demanda foi observado em todas as faixas de renda, mas com percentual de alta maior entre os que ganham mais de R$ 10 mil por mês (3,8%). Na faixa de renda de R$ 5 mil a R$ 10 mil foi constatada alta de 3,7%; entre os que ganham de R$ 2 mil a R$ 5 mil, alta de 3,2%; entre R$ 1 mil e R$ 2 mil (2,8%); entre R$ 500 e R$ 1 mil (1,5%) e até R$ 500 (0,5%).

Na análise dos economistas da Serasa Experian, um conjunto de situações tem levado a maior busca por crédito, entre elas, a regularização de dívidas atrasadas, o que reabilita o consumidor a solicitar novos empréstimos ou crediário. Além disso, na avaliação dos especialistas, o movimento foi estimulado pelos juros mais baixos, pelo aumento da concorrência entre as instituições financeiras e em razão do “bom momento vivido pelo mercado de trabalho”.”

(Agência Brasil)

 

Honório Pinheiro já trabalha para presidir a Confederação Nacional Lojista

211 1

honoriopçinheiro 

O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Honório Pinheiro, avisa: já começou campanha para ser eleito presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

A disputa ocorrerá no primeiro semestre de 2014, mas Honório articula cedo, em busca de consenso. teia apoio de dirigentes lojistas do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Deve buscar votos no Sul e Sudeste.

Quem também integra esse trabalho político é o presidente da CDL Fortaleza, Freitas Cordeiro.

Flexa Ribeiro alerta para desaceleração da economia

201 1

Em pronunciamento nesta quarta-feira (13), o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), manifestou preocupação com os rumos da economia brasileira. Ele lamentou o crescimento de apenas 1% do PIB em 2012 e alertou para a necessidade de reformas e de planejamento para a melhoria dos índices a médio prazo.

A desaceleração econômica dos últimos dois anos, segundo o senador, marcou o fim da euforia dos mercados e investidores internacionais em relação ao país. Para Flexa Ribeiro, a incerteza quanto ao futuro pode afastar o Brasil do restante dos Brics, bloco que inclui ainda Rússia, Índia, China e África do Sul.

O parlamentar defendeu investimentos na redistribuição de recursos da União, com a revisão do pacto federativo para fortalecer estados e municípios. Também apontou a urgência de uma reforma tributária e criticou o estímulo ao consumo como principal medida econômica do governo federal.

– A sociedade brasileira nunca esteve tão endividada: trabalhadores, empresas, unidades da federação – afirmou.

Para o senador, o mais importante nos próximos dez anos é investir em crescimento sustentável, com ações que sejam capazes de conduzir ao desenvolvimento e garantir a qualidade de vida dos brasileiros.

– Temos que melhorar o produto interno de felicidade dos brasileiros. Esse sim, seria um indicador a ser medido pelos governos.

(Agência Senado)

Vai um cafezinho a R$ 3,00?

230 2

cafees

O tempo passa, o tempo voa e os preços cobrados no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, continuam numa boa. Para quem cobra. A clientela reclama doas abusos.

Um simples copinho de café, por exemplo, que custava R$ 2,50, subiu para R$ 3,00. A justificativa é de que houve mudança do salário mínimo.

Mas é bom que fique claro: os preços praticados no aeroporto sempre estão feito aeronaves: nas alturas.

Orçamento da União 2013 deve ser votado na próxima semana

“Na volta do Carnaval, que no Congresso só será na semana que vem, deputados e senadores têm o desafio de votar o Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2013 (Ploa 2013). A oposição já descartou a possibilidade de acordo para aprovar o Orçamento da União em votação simbólica. “O governo que mobilize a sua base na Câmara e no Senado para aprovar [o projeto]”, disse o vice-líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR).

Dias disse ainda que os partidos aliados têm número suficiente para aprovar o que quiserem no Congresso. “O problema é que não existe consenso entre os governistas e eles querem jogar a culpa na oposição, que não tem número para barrar qualquer votação.” Entre os governistas, o líder do PT, Wellington Dias, confirmou à Agência Brasil que há uma divisão na base, mas que, apesar disso, ele acredita ser possível votar a peça orçamentária na semana que vem.

Para o relator-geral da proposta orçamentária, senador Romero Jucá (PMDB-RR) disse que não há nada que impeça a votação na semana que vem. Segundo ele, os impasses sobre questões como reajuste dos servidores públicos ativos e inativos e a dúvida jurídica sobre a votação do Orçamento antes da análise dos mais de 3 mil vetos pelo Congresso já foram resolvidos.”

(Agência Brasil)

Horário de Verão chegará ao fim à meia noite do próximo sábado

aeroportoog

Amanhecer no aeroporto de Fortaleza, onde Blog também dá plantão.

“Em vigor nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e no estado do Tocantins desde 21 de outubro do ano passado, o horário de verão está prestes a terminar. Para se adequar novamente ao horário normal, os moradores desses locais devem atrasar o relógio em uma hora à meia noite do próximo sábado, dia 16 de fevereiro.

O horário de verão é aplicado no Brasil desde o início da década de 1930 e começou em 1985 a ser adotado sem interrupções. Em 2008, foi definido que a mudança de horário passaria a começar no terceiro domingo de outubro e acabar no terceiro domingo de fevereiro, conforme ocorre atualmente. Portanto, em 2013, o horário de verão terá início em 20 de outubro, estendendo-se até o dia 16 de fevereiro de 2014.”

(Com Agências/Foto – Paulo MOska)

VAMOS NÓS – Com o fim do Horário de Verão, a programação das televisões e os voos no Aeroporto Internacionais Pinto Martins voltarão ao período normal.

Agências bancárias voltam a funcionar a partir do meio-dia

“As agência bancárias voltam a funcionar normalmente ao meio-dia, informou a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). As contas de consumo (água, energia, telefone) e os carnês que tiverem data de vencimento no carnaval poderão ser pagos hoje, sem acréscimo, segundo comunicado da Febraban.

Mesmo com o feriado, a população teve à disposição meios alternativos de atendimento, como os caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking e banco por telefone. Normalmente, os tributos vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

No serviço público federal, é ponto facultativo nesta Quarta-Feira de Cinzas até as 14 horas de acordo com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.”

(Agência Brasil)

Projeto quer alterar lei que estabelece regras do licenciamento ambiental em Fortaleza

O vereador Deodato Ramalho (PT) encaminhou projeto de lei que propõe alterar a lei municipal 8.738 de 2003, que estabelece regras para as atividades passíveis de licenciamento ambiental.

O projeto propõe o pagamento de compensatórias proporcionais aos danos ambientais, de acordo com o que for avaliado pela Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). Ou seja: quanto maior o dano, maior o valor a ser pago. Portanto, pela proposta, o valor cobrado não seria mais sobre o total do empreendimento.

A medida beneficiaria o empreendimento que tentasse minimizar o impacto ambiental antes do projeto ser avaliado pela Seuma.”

(Coluna POVO Economia)