Blog do Eliomar

Categorias para Evento

Salmito aponta papel do Legislativo na garantia de direitos de crianças e adolescentes

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), participou, na noite dessa quarta-feira (11), no Hotel Plaza Praia Suites, na Praia de Iracema, da abertura do Capacita Brasil. O evemnto aborda o Sistema de Garantia de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes (SGDCA) no país. Salmito destacou o papel do Legislativo na garantia desses direitos.

Em sua segunda edição, o Capacita Brasil segue nesta quinta-feira (12) e será encerrado nesta sexta-feira (13). A atual edição pretende consolidar o marco no Nordeste para os eventos formação continuada para os membros do SGDCA, tanto pela sua estrutura e quanto pelo conteúdo que será aplicado e renovado, garantindo melhor aprendizado e dinâmica para o exercício das atribuições dos profissionais do segmento.

(Foto – Divulgação)

Shopping Benfica realiza atividades sobre autismo hoje e amanhã

O Shopping Benfica e a Associação Pintando o SeTEAzul promovem neste sábado (7), a partir das 17 horas, um encontro sobre Transtorno do Espectro Autista (TEA), que terá à frente o médico nutrólogo André Guanabara e a psicopedagoga Patricia Trigo.

Neste domingo (8), ocorrerá o fórum “Eu tenho autismo, eu tenho direito”, a partir das 8 horas, nos Cinemas Benfica, com o neurologista André Pessoa. À tarde, haverá a III Caminhada da Conscientização Sobre Autismo.

Fórum sobre Direito Penitenciário tem inscrições abertas

Fortaleza será sede do XXIV Fórum Nacional de Direito Penitenciário – Prisões Federais, que será realizado nos dias 7 e 8 de junho, no Centro Universitário 7 de Setembro, no bairro Luciano Cavalcante.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no Centro de Estudos e Treinamento da Procuradoria Geral do Estado do Ceará, por meio do telefone 3459 6351.

Paracuru mantém tradição na Semana Santa com o espetáculo “Jesus Vive”

Apresentado desde 1996, o espetáculo “Jesus Vive” levou uma multidão à Praça do Farol, na noite dessa sexta-feira (30), em Paracuru, no Litoral Oeste do Ceará, a 87 quilômetros de Fortaleza. Com promoção da Prefeitura Municipal, por meio do prefeito Eliabe Albuquerque, o Eliabe do Tito, a apresentação reuniu 300 atores de teatro, dançarinas, orquestra e figurantes. O acesso ao espetáculo foi gratuito.

O auxiliar de direção do espetáculo, Alex Santiago destacou a interação do público e assegurou que no próximo ano “tem mais”.

Na noite deste sábado (31), as festividades pela Semana Santa seguem com apresentações de bandas, na Praça de Eventos.

Feira de Empregabilidade acontece nesta segunda-feira na Estácio FMJ

Um momento de integração, formação e incentivo ao empreendedorismo acontece nesta segunda-feira, 26, das 14h às 20h, na Estácio FMJ, para atendimento aos alunos da instituição e público em geral. Trata-se da Feira de Empregabilidade, que terá palestras, troca de conhecimento e informações com órgãos como o Sebrae, CRA- CE, CIEE e Sine, além de empresas como a Jobs. O evento será realizado na área externa da instituição, onde estarão montados estandes para atendimento ao público. A entrada é gratuita, sendo opcional a doação de um quilo de alimento.

Duas temáticas importantes serão levadas ao público, com orientações para quem está na busca de ingressar ou de se recolocar no mercado de trabalho. A professora da Estácio FMJ, Joana Esmeraldo, abordará o tema “Elaboração do Currículo Vitae”, às 14 horas. Psicóloga, Joana Esmeraldo é Mestre e Docente dos Cursos de Medicina e Enfermagem da Estácio. Às 18 horas, acontece palestra “Como se Comportar em Entrevistas de Emprego”, com Kátia Souza, formada em Gestão de Recursos Humanos.

Os alunos terão a oportunidade de passar nos estandes e conferir as vagas disponíveis, repassar os seus respectivos currículos e conversar com os representantes das empresas, numa feira de empregabilidade, para que o público tenha oportunidade de se integrar ao mercado de trabalho. Os estandes vão estar abertos, dando apoio aos alunos ou mesmo ao público em geral.

(Estácio de Sá)

Seminário da Prefeitura debate segurança pública, meio ambiente e desigualdades

O II Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades, encerrado neste sábado (24), no Centro de Eventos do Ceará, no bairro Edson Queiroz, debateu os temas segurança cidadã, meio ambiente, promoção da infância, sustentabilidade e redução de desigualdades. Os painéis tiveram início na quarta-feira (21).

Neste último dia, participam do painel o prefeito Roberto Claudio, o presidente da Câmara Municipal dê Fortaleza, Salmito Filho, o ex-presidente do Ipea e professor Jessé Souza e o presidente do Banco Palmas e líder comunitário Joaquim Melo.

Roberto Cláudio destacou a realização do seminário, diante da busca da implantação de novas políticas públicas. Salmito ressaltou que a cidadania deve ser respeitada e fortalecida para evitar injustiça social.

(Foto: Divulgação)

Seminário reúne pesquisadores para discutir aumento da violência letal no Ceará

202 1

Resultado da mobilização de 11 universidades cearenses, o “1º Seminário do Movimento Cada Vida Importa: a universidade na prevenção e enfrentamento da violência no Ceará” acontece na manhã desta sexta-feira (23), a partir das 8h30min, no Auditório da Biblioteca da Universidade de Fortaleza (Unifor). O evento, que é aberto ao público, vai abordar o elevado índice de violência letal no Estado, especialmente entre adolescentes e jovens.

O seminário é direcionado a professores, estudantes e profissionais dos diferentes campos das políticas públicas, integrantes de movimentos e organizações sociais, associações comunitárias e demais interessados que queiram aprofundar reflexões e debates relacionados à prevenção e enfrentamento da violência. A proposta é que, a cada mês, pelo menos uma grande atividade seja realizada em uma das universidades que aderiram ao movimento.

Na mesa de debate do seminário estarão presentes a professora de Filosofia Sandra Helena de Souza, do Programa Cidadania Ativa (PCA) da Unifor; a pesquisadora Ângela Pinheiro, do Núcleo Cearense de Estudos e Pesquisa sobre a Criança (NUCEPEC/UFC); e o relator do Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência, deputado licenciado Renato Roseno.

O “Movimento Cada Vida Importa: a universidade na prevenção e no enfrentamento à Violência no Ceará” foi iniciado em fevereiro de 2018 por meio de articulação de professores, servidores e estudantes de instituições de ensino superior do Ceará. A frente de mobilização tem o intuito de fortalecer ações em andamento e desenvolver outras iniciativas no ambiente universitário e sensibilizar a sociedade pelo enfrentamento da violência no Estado.

Com foco em ações preventivas, o movimento quer contribuir com a diminuição dos índices das diversas expressões da violência cotidiana e da violação de direitos, cujas vítimas são predominantemente jovens negros moradores da periferia.

Estão integrando a mobilização professores da Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade de Fortaleza (Unifor), Centro Universitário Devry Fanor (UniFanor), Centro Universitário 7 de Setembro (Uni7), Centro Universitário Christus (UniChristus), Instituto Federal do Ceará (IFCE), Faculdade de Tecnologia Intensiva (Fateci), Centro Universitário Estácio do Ceará, Universidade Regional do Cariri (Urca) e Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

Fórum Mundial da Água: empresas têm espaço para negócios e troca de soluções

Países, empresas, organizações não governamentais e organismos internacionais que participam do 8º Fórum Mundial da Água, evento que vai debater a questão dos recursos hídricos até a sexta-feira (23), trocaram experiências no espaço de exposição em Brasília. A área de exposição Expo é o local destinado para empresas e países prospectarem negócios, apresentarem soluções de uso sustentável da água e mostrarem como lidam com a questão da água.

O acesso a Expo é restrito aos inscritos no Fórum. A Expo fica ao lado da Feira, espaço gratuito e aberto ao público. No total, cerca de 150 estandes da Expo e da Feira estão ocupando uma área de 9.600 metros quadrados. Nesta segunda-feira (19), a Expo ficará aberta para visitação das 7h às 18h. Nos dias 20, 21 e 22, estará aberta das 8h às 18h, e no dia 23, das 8h às 14h.

O diretor de Gestão da Agência Nacional de Águas (ANA), Ricardo Andrade, explicou que o objetivo da Expo, mais que gerar negócios, é permitir o encontro e a troca de experiência entre tomadores de decisão de diversos países. Ele lembrou que há mais de 30 países com pavilhões no local e nesses espaços passarão ministros, parlamentares, juízes, empresários e cientistas de mais de 100 países nos próximos dias.

(Agência Brasil)

DETALHE – O Ceará participa do fórum com um grupo de técnicos que tem à frente o presidente da Funceme, Eduardo Sávio. A UFC ali é representada pelo pesquisador e ex-presidente da Funceme, Francisco de Assis Souza.

Assembleia popular das águas marca início do Fórum Alternativo Mundial da Água

A partir deste domingo (18) tem in´cio em Brasília o Fórum Alternativo Mundial da Água (Fama), que seguirá até a sexta-feira (23). Nesse sábado (17), a Assembleia Popular das Águas marcou a abertura do Fórum. O evento teve início com uma saudação feita por índios de diferentes etnias de todo o Brasil e em seguida lideranças de povos e comunidades tradicionais falaram sobre as violações do direito à água em seus territórios.

Ouvindo os depoimentos estavam a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, e o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Herman Benjamim. Tanto Dodge quanto Benjamin defenderam a importância de se tratar a água como um direito humano fundamental.

Raquel Dodge falou sobre o compromisso da gestão dela com o tema. “A defesa que fazemos na minha gestão na Procuradoria-Geral da República é de tratar a água como um direito humano fundamental. O Ministério Público Brasileiro acolhe a convenção da sociedade civil e comunga com o mesmo raciocínio e com a mesma visão, de que a água é direito humano fundamental e que traz consequências jurídicas muito importantes”.

Já o Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Herman Benjamim, fez questão de dizer que sua presença no evento era como cidadão e professor de direito ambiental. O Ministro ressaltou a importância e a representatividade do Fórum.

“Em primeiro lugar, esse não é um Fórum Alternativo, exceto no nome, porque aqui estão as lideranças do Brasil inteiro, que trabalham com a questão da água, com a questão da floresta, com a questão dos povos indígenas (…) questões que são tratadas diretamente pela Constituição, que está no centro deste debate”, disse Benjamin.

O Fama é um evento paralelo ao 8º Fórum Mundial da Água, que também ocorre em Brasília até o próximo dia 23. Para Salete Wichiniesky da Comissão Pastoral da Terra, uma das entidades organizadoras do evento, o fórum alternativo mostrar soluções que a população traz para a questão da água.

“A gente aqui está do outro lado, que é mostrar que a população pode dar soluções a esses problemas, e que isso não passa pela questão econômica, mas passa relação que a gente tem com a água, a relação que as comunidades têm com a água. Principalmente as comunidades tradicionais para quem a água é essencial para vida, é essencial para sua natureza e para o seu bem.”

Nesta segunda feira (19), o Fórum Alternativo Mundial da Água promove atividades no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade e deve discutir temas como acesso a agua, mudanças climáticas, saúde e segurança alimentar, impacto das crises hídricas e desastres ambientais.

(Agência Brasil)

I Semana da Pessoa com Deficiência está com inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para a I Semana dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Universidade Federal do Ceará (UFC). O evento ocorre entre os dias 14 e 16 de março, na Faculdade de Direito e na Faculdade de Educação da UFC. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio dos Centros de Apoio Operacional da Cidadania e da Infância e Juventude (CAOCidadania e CAOPIJ), apoia o evento.

O evento será aberto no dia 14, às 18 horas, com a palestra “Capacidade, justiça e deficiência”, a ser proferida na Faculdade de Direito pelas professoras Ana Paula Forhrmann, do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e Joyceane Menezes, do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade de Fortaleza (Unifor).

No dia 15, às 18 horas, na Faculdade de Direito, o tema “A dialética da inclusão/exclusão na educação, no trabalho e na sociedade” será discutido pelas professoras Geny Lustosa, coordenadora do grupo Pró-Inclusão: Pesquisa e Estudos sobre Educação Inclusiva, Práticas Pedagógicas e Formação de Professores, da Faculdade de Educação da UFC; Raquel Freitas, coordenadora dos projetos Nudi-Jus e Direito das Minorias e Fortalecimento de Cidadanias da UFC; e Beatriz Xavier, coordenadora do Grupo de Estudos Aplicados em Direitos das Pessoas com Deficiência (Árvore-Ser) e do Núcleo de Práticas Jurídicas da UFC.

Encerrando a programação do evento, no dia 16, às 8 horas, na Faculdade de Educação, o debate será sobre “Aprendendo na convivência: o mito do igual e do diferente”. Participarão da discussão a promotora de Justiça Elizabeth Almeida, coordenadora auxiliar do CAOPIJ e titular da 16ª Promotoria Cível do Núcleo de Defesa da Educação e as Profª Drªs Rita Vieira, coordenadora pedagógica do Curso de Formação de Professores em Atendimento Educacional Especializado, da Faculdade de Educação da UFC, e Claudiana Melo, professora da UFC com doutorado em Educação.

O evento é uma realização do Grupo de Direito das Minorias e Fortalecimento de Cidadanias e do Árvore-Ser, da Faculdade de Direito da UFC, e do Pró-Inclusão: Pesquisas e Estudos sobre Educação Especial e Inclusiva, Práticas Pedagógicas e Formação de Professores, da Faculdade de Educação da UFC. Mais informações podem ser obtidas na página do evento no Facebook ou pelo e-mail semanadireitopcdufc@gmail.com

(UFC)

Ideias em Debate traz nesta segunda-feira o jornalista Gerson Camarotti

O jornalista e escritor Gerson Camarotti, comentarista político da GloboNews, é a atração na manhã desta segunda-feira (5), a partir das 8 horas, na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), na Aldeota, quando debaterá a conjuntura política e econômica do Brasil, dentro do projeto Ideais em Debate.

O Fórum Industrial Ideias em Debate convida personalidades de diversas áreas para apresentar informações atualizadas ao setor produtivo, visando seu fortalecimento.

Entre os nomes que já participaram das edições anteriores: Ciro Gomes, Leandro Karnal, Maílson da Nóbrega, Marco Antonio Villa, Augusto Cury, Miriam Leitão, Mário Sérgio Cortella, Mauro Benevides Filho, Clóvis de Barros Filho, Ricardo Boechat, Bráulio Bessa, Dráuzio Varela, Ricardo Amorim, Carlos Alberto Sardenberg, Deltan Dallagnol, Cristiana Lôbo, Eduardo Giannetti da Fonseca , Zeina Latif e Paulo Rabello de Castro.

Organizações e movimentos sociais do Estado realizam Assembleia Popular das Águas

Organizações, sindicatos e movimentos sociais realizam na quarta-feira (28), na Assembleia Legislativa do Ceará, uma assembleia popular para defender a preservação e o acesso à água como um direito humano fundamental. O evento, intitulado Assembleia Popular das Águas, visa alertar a sociedade para os impactos socioambientais e riscos da apropriação dos recursos naturais e hídricos do Estado por grupos econômicos nacionais e internacionais privados.

A Assembleia vai lançar ainda o Comitê Estadual do FAMA (Fórum Alternativo Mundial da Água), evento internacional que vai acontecer entre os dias 17 e 22 de março, em Brasília. O Fama pretende ser um contraponto ao “8º Fórum Mundial da Água”, que também será realizado em Brasília, sendo, porém, alinhado aos interesses de grandes grupos econômicos que defendem a privatização das fontes naturais e dos serviços públicos de água.

Durante a programação, organizações de vários territórios e áreas de atuação do Estado vão expor suas bandeiras de lutas locais. Comitês estaduais do Fama estão se organizando pelo país para participar e construir o Fama.

No Ceará, um coletivo com mais de 40 organizações (entre sindicatos, mandatos parlamentares, partidos políticos, movimentos sociais e entidades da sociedade civil) vem se reunindo desde setembro de 2017, com o objetivo de desenvolver uma agenda de luta comum e contribuir para a realização do Fama, apresentando as demandas do Estado. Após o Fórum Alternativo, o grupo pretende se manter articulado para defender coletivamente a democratização da água no Ceará.

(Fama 2018)

Passeio ciclístico celebra Campanha da Fraternidade 2018

200 1

A Paróquia Nossa Senhora da Paz, localizada no bairro Meireles, realiza no sábado (3) o I Passeio Ciclístico Somos da Paz. A iniciativa visa chamar atenção para a Campanha da Fraternidade 2018 que tem como tema a fraternidade e superação da violência “Em Cristo Somos Todos Irmão”.

O passeio é aberto para toda a família e terá estrutura de carro de apoio e bicicletas para alugar no local. Segundo a organização do evento estarão disponíveis 150 bicicletas para locação com um preço de R$ 20, cada bike.

A camisa oficial do passeio também está disponível para os participantes com o valor unitário de R$ 30. Para os interessados, a blusa está sendo vendida diariamente em horários que são realizadas as missas.

Durante o percurso estará disponível para os participantes: alongamento, hidratação para os ciclistas e corredores, música e animação com um trio elétrico, carros de apoio, batedores, duas ambulâncias, acompanhamento da Autarquia Municipal de Trânsito (AMT) com auxílio e controle do trânsito e apoio da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, além de escolta com seguranças particulares.

A programação do percurso terá saída às 7 horas da Paróquia Nossa Senhora da Paz, localizada na Rua Visconde de Mauá, 905, Meireles, e seguirá pela Avenida Barão de Studart, Beira-Mar, Rua Frei Mansueto, Avenida Padre Antônio Tomás, Rua Tibúrcio Cavalcante, Avenida Júlio Ventura, Avenida Barão de Studart (retornando pela Avenida Santos Dumont).

Fórum Mundial da Água acumula 15 mil sugestões de debate a um mês da abertura

Faltando 30 dias para a abertura do 8º Fórum Mundial da Água, evento que, em março, transformará Brasília no centro dos debates sobre recursos hídricos do planeta, a participação da sociedade já é grande. Além dos 1.300 palestrantes, das autoridades de 110 países e dos 5 mil inscritos para o evento, cerca de 40 mil pessoas de dezenas de países enviaram contribuições aos organizadores e 15 mil sugestões foram apresentadas por meio da ferramenta Sua Voz, disponível no site do evento.

O interesse da sociedade em debater o tema é resultado da importância que a questão da água vem ganhando no mundo. O diretor de Operações do Fórum, Rodrigo Cordeiro, disse que, a partir das crises hídricas que têm ocorrido com frequência no Brasil e em outras partes do mundo, houve uma tomada de consciência maior tanto das autoridades quanto dos consumidores. “A questão da água entrou na pauta da sociedade”, afirmou.

Além disso, organizações não governamentais (ONGs) e a sociedade organizada também se mobilizam para participar do Fórum Mundial. Segundo a coordenadora do projeto Observando os Rios, da Fundação SOS Mata Atlântica, Romilda Roncatti, em mensagem no Facebook do Fórum, estão mobilizados mais de 50 voluntários de 17 estados para participar do 8º Fórum Mundial da Água, dispostos a mostrar os resultados desse trabalho.

Com o tema Compartilhando Água, o 8º Fórum Mundial ocorrerá de 18 a 23 de março em dois espaços. O Centro de Convenções Ulysses Guimarães será palco dos debates, das palestras e das sessões temáticas. Enquanto isso, o Estádio Nacional Mané Garrincha abrigará a Expo (restrita aos participantes do fórum), a Feira e a Vila Cidadã (aberta ao público em geral).

(Agência Brasil)

O problema da segurança pública e os reflexos nos estados é tema de debate na terça-feira

“O problema da segurança pública no Brasil e seus reflexos nos estados” é o tema da palestra do Prof. Dr. Leandro Piquet Carneiro, da USP, coordenador do projeto Vida Segura, na terça-feira (20), no auditório do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), no Cambeba.

A palestra faz parte do Fórum Ceará em Debate, coordenado pelo Ipece e pela Secretaria do Planejamento e Gestão (Sepleg).

Renascer 2018 será lançado nesta segunda-feira para dois mil voluntários

Realizado desde 1986, o Renascer 2018 chega à sua trigésima terceira edição em pleno vigor e propondo ao fortalezense a experiência de um carnaval diferente. Neste ano, o encontro será lançado para dois mil voluntários, membros da Comunidade Católica Shalom, nesta segunda-feira (15), às 19 horas, no Shalom da Paz.

O Renascer acontecerá nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro no Ginásio Poliesportivo Paulo Sarasate, a partir das 8 horas, com entrada gratuita. É pedido que os participantes levem um quilo de alimento não perecível, posteriormente revertido para projetos sociais do Shalom.

Para o lançamento, Gabriella Dias partilhará sobre a importância do evento para a construção da Cidade da Paz. Gabriella abriu mão dos estudos de medicina para se dedicar inteiramente ao serviço da evangelização. Há 20 anos na Comunidade Shalom, ela se consagrou como celibatária e atualmente responde pela dimensão evangelizadora da instituição e todo o mundo.

Os voluntários trabalham no Renascer nos mais diversos serviços durante os três dias de evento. Antes eles atuam na divulgação do encontro nos 28 Centros de Evangelização da instituição presentes na Arquidiocese de Fortaleza.

SERVIÇO

*Shalom da Paz – Rua Maria Tomásia, 72, Aldeota.

*Ginásio poliesportivo Paulo Sarasate – Rua Idelfonso Albano, 2050.

*Contato: 3295.4583

Líder espiritual defende “nova revolução” contra crise hídrica mundial

A necessidade de uma aliança global pacífica pela conservação e uso consciente dos recursos hídricos foi um dos lemas da palestra do líder espiritual brasileiro Sri Prem Baba, na noite dessa quinta-feira (11), no evento Águas pela Paz – II Seminário Internacional Água e Transdisciplinaridade, evento preparatório para o 8º Fórum Mundial da Água, que ocorrerá em março, em Brasília. Segundo a organização, mais de 600 pessoas se reuniram para ouvir o idealizador do movimento global Awaken Love.

Para Sri Prem Baba, é necessário criar uma nova revolução para enfrentar a crise hídrica mundial. “Precisamos criar uma nova revolução, mas de consciência. Temos que conseguir superar crenças limitantes que tem nos feito reféns do sofrimento. Temos que ter essa coragem de reescrever o nosso destino. Estamos no clímax dessa revolução, sinto que daqui a pouco vamos olhar para trás e não vamos reconhecer esse nosso mundo”, disse.

O líder espiritual destacou que a água tem sido a precursora e mapeadora da jornada evolutiva do homem. Prem Baba ressaltou que sociedade sempre se organizou em torno dos rios, ou seja, das águas. No entanto, segundo ele, o desenvolvimento desordenado tem afastado a sociedade dos recursos hídricos.

“Fomos nos afastando das águas e a grande maioria da população só conhece a água da torneira para dentro e desconhece o percurso da água da fonte até que ela possa chegar em casa e isso criou uma desconexão com a água e buscamos encontrar soluções apenas técnicas”, ressaltou.

Para ele, é necessária a criação de uma aliança global pela conservação e uso consciente da água pelo planeta. “A água é a causa da vida e deve estar disponível para todos”, destacou.

(Agência Brasil)

Tema água precisa estar na agenda do cidadão comum, diz diretor do Fórum Mundial

Pela primeira vez, o Fórum Mundia da Água ocorrerá em um país do Hemisfério Sul. O potencial hidrográfico fez com que o Brasil fosse escolhido como sede. Para o diretor executivo do 8º Fórum Mundial da Água, Ricardo Andrade, um dos principais objetivos é chamar a atenção do cidadão comum.

“É fazer com que o tema água entre na agenda do dia a dia do cidadão. Não só do cidadão mobilizado, aquele que discute o tema da água, mas daquele cidadão comum, que acha que a água nasce na torneira, que para ter água limpa precisa de torneira limpa, que não tem a percepção da importância de cuidar bem da água”, destaca.

Andrade é diretor de Gestão da Agência Nacional de Águas (ANA) e um dos 50 profissionais responsáveis pela organização do Fórum Mundial da Água, que ocorrerá em Brasília entre os dias 18 e 23 de março.

Ele ressalta que a realização do fórum é um desafio. “Alguns falam que teremos 30 mil participantes. Outros dizem que pode ser até mais do que isso. Mas a nossa pretensão não é fazer o fórum com o maior número de participantes, mas um fórum que de fato transforme a discussão política sobre a água, que eleve nossa preocupação com o tema da água. Acho que esse poderá ser o principal legado do Fórum”.

(Agência Brasil)

TCE e Aprece realizam encontro para aprimorar a efetividade da gestão municipal

“O TCE Ceará e os Municípios – Ação e Cooperação no Aprimoramento da Gestão”. Esse é o encontro que será promovido pelo Tribunal de Contas do Estado do Ceará em parceria com a Associação dos Municípios (Aprece), na quarta-feira (13), das 8h30 às 13h, no Auditório João Frederico Ferreira Gomes, da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), no prédio anexo da Assembleia Legislativa.

O objetivo é dialogar com prefeitos, assessores, secretários e gestores públicos sobre os novos desafios do controle frente ao conceito de Tribunal de Contas do Século XXI; a transparência na gestão municipal; e o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), que mediu, em uma escala de zero a um, a qualidade da gestão pública de municípios do Estado do Ceará relativa a 2016.

Na abertura do encontro, os participantes assistirão a um vídeo institucional da Corte de Contas, com sua atuação e nova missão, desde agosto de 2017, com as atribuições estaduais e municipais, após a extinção do TCM.

Caberá ao presidente do TCE Ceará, conselheiro Edilberto Carlos Pontes Lima, a palestra inicial sobre o Tribunal de Contas do Século XXI, seguida da saudação do presidente da Aprece, Gadyel Gonçalves de Aguiar Paula, prefeito de São Benedito.

Na ocasião, será lançado o aplicativo do TCE Ceará. Os serviços oferecidos pela Corte, antes realizados na sede do órgão e no portal institucional, serão ampliados. Consulta, comunicação de irregularidades e acompanhamento de processos são exemplos de alguns dos serviços oferecidos com o aplicativo de fácil acesso, utilizado por meio de celular. O APP foi desenvolvido pela Secretaria de Tecnologia da Informação (STI), com layout da Assessoria de Comunicação Social da Corte.

Uma mesa redonda será formada para dialogar sobre o controle externo. Além dos anfitriões do encontro, debaterão o tema o secretário de Controle Externo do TCE, Raimir Holanda, e a diretora de Fiscalização, Telma Escóssio.

As inscrições estão abertas, gratuitamente, através do Sistema de Gestão Educacional, no portal da Escola de Contas do TCE, Instituto Plácido Castelo (IPC).

(TCE)