Blog do Eliomar

Categorias para Fortaleza

Chove forte em Fortaleza e Região Metropolitana

Uma forte chuva caiu no fim da manhã desta terça-feira (9) em Fortaleza e Região Metropolitana. A população foi surpreendida pelos fortes trovões na saída do trabalho, mas o trânsito não apresentou muitos congestionamentos.

Em Caucaia, o mar ficou agitado e proprietários de barracas na Praia do Icaraí ficaram apreensivos com a força das ondas. O local se encontra deteriorado em algumas faixas da praia, diante do avanço do mar nos últimos anos.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) prevê tempo nublado para esta tarde, com máxima de 32°C e mínima de 25°C. Segundo o órgão, a chuva somente deverá voltar na quinta-feira (11), durante a madrugada.

Setfor quer incentivar turismo na Barra do Ceará

A Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor) quer incentivar a ida de turistas à Barra do Ceará, diante do apoio ao projeto Valorização dos Potenciais Turísticos da Barra do Ceará.

Entre as ações está o Stand Up no encontro das águas do Rio Ceará com o mar, além da parceria da gestão compartilhada do Mercado Central/SETFOR/COOPCENTRAL, que premiará com passeios de barco no Rio Ceará clientes do mercado que comprarem a partir de R$ 200 em produtos artesanais.

(Foto: Reprodução)

Reajuste da passagem de ônibus deverá ser anunciado até o fim de janeiro, diz Roberto Cláudio

O prefeito Roberto Cláudio esteve nesta segunda-feira, 8, na sede do Grupo de Comunicação O POVO, onde deu entrevista para o programa “Mercado Imobiliário”, da Rádio O POVO CBN. Após o debate, RC falou sobre algumas pautas com os jornalistas, entre elas, a tarifa municipal de transporte urbano de Fortaleza.

De acordo com o prefeito, o reajuste será fechado até o fim deste mês. “A gente vai decidir com a Etufor (Empresa e Transporte Urbano de Fortaleza). Temos até o fim de janeiro para decidir. Não temos planilha fechada. Ela deve fechar no próximo dia 15”, afirmou Roberto Cláudio.

No ano passado, a tarifa de ônibus subiu 45 centavos. A inteira passou de R$ 2,75 para R$ 3,20 e a meia de R$ 1,30 para R$ 1,40. O índice de reajuste da passagem de 2017 é o maior desde fevereiro de 2003 e superou o último aumento, em outubro de 2015.

(O POVO Online)

Em maio, Fortaleza recebe dois voos diretos para Paris

Em maio, dois vôos diretos ligarão Paris a Fortaleza, no Nordeste do Brasil, com a Joon, a subsidiária de baixo custo da Air France. E as conexões com os outros aeroportos locais, Natal, Recife, Salvador, Belém e Manaus, tornarão mais acessível esta vasta área do país tão grande quanto a metade da América Latina.

O presidente do Conselho Brasileiro de Turismo (Embratur), Vinicius Lummertz, recomenda a descoberta do Nordeste através de três estados, incluindo o do Ceará para seus parques nacionais (o Parque Geo de Aracati está à espera de um rótulo do Unesco). Uma região também rica em aldeias tradicionais e longas praias decoradas com dunas de areia vermelha para entrar em buggy e kitesurf.

Leitor reclama de semáforo próximo à Uece

175 3

Candidatos ao Vestibular da Universidade Estadual do Ceará passaram sufoco na manhã deste domingo (7), no cruzamento da avenida Silas Munguba com a rua Casimiro de Abreu, na Parangaba, a cerca de 800 metros do local das provas.

Segundo leitor do Blog, o maior fluxo de veículos (Silas Munguba) foi prejudicado pelo tempo de 16 segundos de “sinal verde”, diante dos 56 segundos de “sinal vermelho”. O resultado foi o congestionamento até a Uece.

Muitos candidatos decidiram deixar os ônibus e veículos e seguir a pé até a universidade. Apesar do transtorno, segundo o leitor, não houve incidentes.

Prefeitura de Fortaleza realiza 1ª Chamada Pública em 2018 para o cargo de coordenador pedagógico

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), divulga a 1ª chamada pública em 2018 para provimento do cargo de coordenador pedagógico da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza. Ao todo, estão sendo ofertadas cerca de 40 vagas.

As inscrições acontecem presencialmente, entre a segunda-feira (8) e a quarta-feira (10). Para realizar a inscrição, os candidatos interessados deverão comparecer ao Distrito de Educação correspondente à unidade escolar escolhida das 8h às 12h ou das 13h às 17h para a entrega da ficha de inscrição preenchida e dos documentos exigidos. Se tratando de Escola Municipal de Tempo Integral, a inscrição será realizada na Assessoria de Tempo Integral, situada na Avenida Desembargador Moreira 2875, 4º Andar – Dionísio Torres, nos mesmos dias e horários.

Poderão participar do processo seletivo os integrantes do banco de coordenadores pedagógicos constituído a partir do que dispõem os editais N° 11/2013 – SME e Nº 37/2017 – SME que não estejam, no ato da inscrição, nomeados para o cargo de coordenador pedagógico.

(Prefeitura de Fortaleza)

Ameaça contra moradores – Uma situação inaceitável

Editorial do O POVO deste sábado (6), alerta que, caso as ameaças de gangues criminosas contra moradores da periferia não sejam contidas, elas tendem a se alastrar e vão colocar em risco moradores de qualquer bairro. Confira:

A sentença de criminosos, que se abate – cada vez com mais violência – sobre os moradores das periferias de Fortaleza, é alguma coisa para ser classificada, no mínimo, como inaceitável. A tragédia de pessoas obrigadas a deixarem suas casas por ordem de gangues criminosas – poder paralelo que se organiza contra o Estado, com leis próprias e implacáveis – não pode ser vista como coisa normal, nem pelas pessoas que ainda não sofrem o problema na pele, e muito menos pelo Estado. Caso esses ataques não sejam contidos, eles tendem a se alastrar, e vão pôr em risco moradores de qualquer bairro, atingindo, inclusive, a próprias as instituições da democracia.

Este jornal publicou ontem matéria narrando um desses casos, acontecido no Barroso, em uma comunidade que, por ironia, se chama Unidos Venceremos. Famílias de uma das travessas do bairro acordaram com o muro pichado, ordenando que todos abandonassem as suas casas, sob a ameaça de morte. Segundo os moradores, os criminosos querem usar o lugar como ponto de distribuição de droga. A repórter Jéssika Sisnando esteve no local e contou 20 famílias mudando-se de suas casas, com medo da ameaça dos marginais. A polícia está patrulhando a comunidade, mas certamente o dispositivo acionado logo deixará o bairro, expondo novamente os moradores. De problemas parecidos, padecem várias outras áreas na periferia da cidade.

Por que a situação chegou a esse ponto?

Sem dúvida, grande parcela da responsabilidade cabe aos diversos governos estaduais, que tiveram uma política errática e descontínua na área da segurança pública, diferentemente do que aconteceu na educação, por exemplo. O governo demorou, inclusive, para reconhecer que o crime organizado se instalara no Ceará. Interrompeu um planejamento de segurança que vinha obtendo alguns resultados positivos, optando por operações espetaculosas, de pouco efeito prático.

O secretário da Segurança Pública, por sua vez, se gaba de entrar em qualquer território da cidade. De fato, ele o faz, porém cercado de policiais armados. O problema é viver cotidianamente nesses locais, cujas populações estão à mercê das quadrilhas e não têm a quem pedir socorro.

A verdade sobre a saúde pública de Fortaleza

1105 2

Em artigo enviado ao Blog, o professor da UFC e sociólogo João Arruda aponta que a saúde pública de Fortaleza é considerada uma das melhores entre as capitais brasileiras, mesmo tendo herdado um sistema caótico. Confira:

A grande mídia nacional vem dedicando um espaço crescente do seu noticioso à grave crise que assola a saúde pública em nosso País, penalizando dezenas de milhões de brasileiros, afinal, 85% da nossa população depende, exclusivamente, do Sistema Único de Saúde.

Difícil é o dia em que não se publica uma denúncia grave comprovando a falência do sistema em um dos Estados da Federação. E a tragédia da saúde pública é democrática, espalha-se por todas as regiões do País. E até estados considerados ricos, como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e a emblemática Brasília, travam uma acirrada disputa pela primeira colocação no ranking de pior assistência no sistema público de saúde.

A despeito da Constituição Brasileira, no seu Art. 196, garantir que a saúde é um direito de todos e dever do Estado, permitindo ao cidadão o acesso igualitário às ações e serviços para a sua promoção, proteção e recuperação, o Sistema Único de Saúde –SUS-, por negligência e cumplicidade dos sucessivos governos federais, encontra-se na UTI, em estado quase terminal.

Sabemos que essa crise da saúde tem múltiplas causas. São notórios os problemas nas áreas de infraestrutura, gestão, organização e modelo de atenção. Mas o problema da saúde é, principalmente, de financiamento. Burlando o preceito constitucional que garante o financiamento da saúde, os sucessivos governos federais criaram mecanismos de desvinculação orçamentária que vêm aprofundando o subfinanciamento da Seguridade Social e, consequentemente, do SUS.

Sem falar da alta sonegação fiscal e da corrupção endêmica do sistema, a criação da Desvinculação das Receitas da União (DRU), a imoral política de desoneração das empresas, o baixo crescimento da economia brasileira e o crescente serviço da dívida interna, dívida, por sinal, nunca auditada, custam à sociedade um rombo superior a 1 trilhão de reais anualmente, contribuindo, significativamente, para o esvaziamento das receitas que iriam financiar a Seguridade Social.

Nessa lógica do absurdo, a participação relativa da União no financiamento do SUS vem caindo sistematicamente, passando de 72%, em 1993, para 40%, em 2016. Encontra-se aí, na irresponsabilidade dos diferentes governos federais, e não nos gestores de estados e municípios, a causa primária da nossa tragédia na área da saúde pública.

Em Fortaleza, na contramão do que ocorre nacionalmente, a administração Roberto Cláudio vem aumentando fortemente os investimentos na saúde e garantindo aos fortalezenses o acesso à saúde em crescente qualidade.
Nossa rede de atenção primária constitui-se de 110 Postos de Saúde, atendendo de 7 da manhã às 7 da noite, todos com farmácias, sendo que vinte novos postos foram construídos na atual gestão, o que permitiu ampliar a cobertura do PSF (Programa de Saúde da Família) de 18% em 2012 para 62% em 2016. Agora, avança-se na qualificação da rede hospitalar com a construção do IJF2, reforma e ampliação de Frotinhas e Gonzaguinhas, além da ampliação do Hospital da Mulher Zilda Arns e Nossa Senhora da Conceição e a construção de cinco UPAs municipais. Isso garante uma ampliação de mais de 400 novos leitos em nossa Capital. Ainda em 2018, teremos uma nova UPA no Bairro do Dendê.

Mesmo tendo herdado um sistema de saúde caótico, considerado o quinto pior entre as capitais brasileiras, a saúde pública de Fortaleza, no curto espaço de tempo, conseguiu dar um grande salto de qualidade. Hoje, o cidadão fortalezense usufrui de um serviço de saúde pública considerado um dos melhores entre as capitais brasileiras, com a garantia de abastecimento e distribuição de medicamentos, com a inédita estrutura de Centrais de Distribuição nos Terminais, como suporte aos postos.

Infelizmente, pretensas vestais da saúde de Fortaleza, com um viés rancoroso, amparado em uma anacrônica e partidarizada prática sindical, fazem olhos cegos ao grande avanço da saúde pública oferecida pela administração Roberto Cláudio.

Polícia ficará na comunidade do Barroso de forma permanente após ameaças de expulsão

Entre os moradores das travessas da Rua Unidos Venceremos, na comunidade do Barroso, que decidiram ficar nas residências após a ordem de expulsão das facções criminosa, uma das grandes preocupações é o policiamento. Desde a quarta-feira, 3, quando a vizinhança amanheceu com pichações nas paredes de todas as esquina, que ordenavam o despejo, a Polícia logo ocupou as ruas. No entanto, o comandante garantiu que o policiamento ficará de forma permanente.

O Batalhão de Choque (BPCHoque), Regimento de Polícia Montada (RPMon), Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) permanecem manhã, tarde e noite na área. Mas a maior preocupação seria o momento da saída do policiamento. Os moradores temiam que após a saída da Polícia, os integrantes de facções fossem até a comunidade para expulsar as famílias por meio da violência.

Nesta sexta-feira, 5, O POVO Online voltou até a comunidade após uma ocorrência de disparo de arma de fogo, nas proximidades, no entanto, o tiro não atingiu o veículo. O Major Passos, responsável pela Área, destacou que os grupos criminosos da Babilônia querem se apossar das travessas, pois estão sendo “sufocados” pela Polícia, que está desenvolvendo policiamento na Babilônia há quase um mês.

“Eles estão migrando de forma covarde para esse ponto que consideram estratégico. É uma facção covarde que tenta oprimir o povo mais humilde e ocupar suas casas”, comentou.

No entanto, o policial disse que a tentativa de expulsar os moradores fez com que a Polícia também intensificasse o policiamento naquela área. “O tiro vai sair pela culatra, porque a Polícia Militar, a Polícia Civil e os órgãos de inteligência vão saturar o local de forma permanente daqui pra frente. Não vai ser só o policiamento de viatura, vai ter policiamento enraizado”, explica o major Passos.

O oficial informa que serão utilizados conteiners e, enquanto eles não são instalados, o ponto de apoio será na escola que fica em frente às travessas.

(O POVO Online / Repórter Jéssika Sisnando / Foto: Mauri Melo)

Pré-carnaval em Fortaleza começa neste fim de semana

Fortaleza inicia neste sábado (6) o primeiro grito de pré-carnaval, a partir das 16 horas, no estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu, no shopping RioMar, com as atrações Transacionais, Baqueta e Fertinha. A festa segue até fevereiro, com 13 grupos musicais entre clube de ritmistas, samba e DJs.

O evento será gratuito todo sábado e domingo, voltado para a família, inclusive com espaço que contará com brinquedos infantis.

(Foto: Divulgação)

Pichações – Polícia prende integrantes de grupo criminoso que ameaça comunidade Babilônia

Dois homens e uma mulher foram presos na noite dessa quinta-feira (5), na comunidade Babilônia, localizada entre os bairros Passaré e Barroso, em Fortaleza. Eles são acusados de integrar um grupo criminoso que ameaça moradores da área, por meio de pichações, para que desocupem suas residências em favor de supostos membros de uma facção criminosa.

Policiais do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), com apoio do do Comando Tático Motorizado (Cotam), abordaram suspeitos de venda de drogas, que tentaram fugir por ruas do bairro e terrenos baldios.

Após a perseguição, os policiais conseguiram alcançar três dos suspeitos. Com eles, os policiais apreenderam uma mochila contendo um tablete de maconha, papelotes de cocaína, duas balanças de precisão, uma pistola, carregador e munições calibre ponto 380, um rifle calibre 44, três balaclavas e uma pequena quantia em dinheiro.

Os três foram autuados no 13º Distrito, na Cidade dos Funcionários, por porte ilegal de arma, tráfico e associação para o tráfico de drogas.

A Polícia informa que a população pode denunciar práticas delituosas pelo Disque Denúncia, da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por meio do número 181. O sigilo é garantido.

(Foto: Reprodução TV Jangadeiro)

Educação de Fortaleza e os avanços para garantir a aprendizagem

Em artigo no O POVO desta quinta-feira (4), a secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha, destaca o levantamento estatístico do Censo Escolar da Educação Básica 2017, que aponta a expansão das matrículas em todas as faixas de ensino em Fortaleza. Confira:

A política educacional de Fortaleza se norteia na convicção de que a educação escolar faz diferença na qualidade de vida das pessoas. Para isso, são mobilizados esforços para ter todas as crianças e adolescentes na escola, com a clareza de que não basta oferecer atendimento; é preciso garantir o direito de aprender a todos que chegam à instituição. É um direito subjetivo, mas, essencialmente, é um direito cidadão.

O Censo Escolar da Educação Básica 2017, mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro, realizado pelo Inep, apontou a expansão das matrículas em todas as faixas de ensino em Fortaleza. É um fato concreto que materializa a caminhada pelo cumprimento de um dos compromissos assumidos pela gestão Roberto Cláudio.

Em 2016, a matrícula total, da creche à educação de jovens e adultos, alcançou 197.381 alunos. Em 2017, foram 207.302 alunos, que traduz um aumento de quase 10 mil estudantes em um único ano. Fortaleza vai na contramão nacional, já que no País foram registrados decréscimos de matrícula. Somente na Educação Infantil, o crescimento foi de quase 10%, avançando de 38.388 educandos para 42.083. Para que isto fosse possível, foram inaugurados 12 Centros de Educação Infantil só em 2017. Também foi alcançada a importante marca de 100 unidades de Educação Infantil entregues na gestão desde 2013. A primeira infância é, de fato, uma prioridade.

Outro destaque foi o atendimento em tempo integral, que passou de 26.841 alunos (2016) para 56.065 (2017), que equivale a 108,9% de aumento. Fortaleza foi um dos municípios que mais cresceu neste tipo de atendimento. Houve, ainda, a expansão da inclusão de crianças com necessidades especiais em 41%: passou de 4.100 (2016) para 5.797 (2017).

São resultados da priorização da Educação pelo prefeito desde 2013, com ações como a seleção de gestores por mérito; valorização dos profissionais com realização de concurso público; melhoria na infraestrutura das escolas; além da ampliação da Educação de Tempo Integral, por meio das Escolas de Tempo Integral e da consolidação de programas de jornada ampliada. Os avanços em indicadores como o Spaece e a Avaliação Nacional da Alfabetização reforçam a credibilidade da nossa rede e, juntamente com o apoio do prefeito Roberto Cláudio e devido ao engajamento dos pais e dos profissionais que fazem a Educação de Fortaleza, apontam que estamos no caminho certo para continuar avançando, na busca de garantir o sucesso dos nossos alunos.

Etufor inicia processo de solicitação de carteiras estudantis 2018

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) iniciou o processo de solicitação das carteiras estudantis para 2018. A validade das carteiras 2017 é até abril deste ano. Apenas os alunos novatos que nunca tiveram carteira de estudante devem comparecer à sede da Etufor (de 8h às 16h30), nos Vapt-vupt de Messejana e Antônio Bezerra (de 8h às 17h) ou no shopping RioMar Kennedy (de 8h às 18h). Também devem solicitar presencialmente, os alunos das universidades públicas e da Unifor. O procedimento é composto por três fases: solicitação, entrega da documentação e cadastro da biometria facial.

A Etufor ressalta que os alunos que já efetuaram a biometria facial não precisarão repetir o procedimento. Para realizar o cadastro da biometria, que é a foto a ser impressa na carteira, os estudantes devem procurar um dos seguintes postos de atendimento, munidos de documento com foto e comprovante de endereço atualizado: terminais de integração Parangaba, Siqueira, Papicu, praça Coração de Jesus e nas sedes do Sindiônibus e Etufor, além da unidade do Vapt Vupt de Messejana e Antônio Bezerra e no Shopping Riomar Kennedy.

Como acontece todos os anos, os estudantes podem solicitar a sua carteira estudantil em suas próprias instituições de ensino (escolas ou faculdades) ou através do site das entidades estudantis (os endereços estão disponíveis no site da Etufor: https://catalogodeservicos.fortaleza.ce.gov.br/categoria/mobilidade.

A documentação necessária, tanto para alunos da rede pública quanto para a rede particular, é a seguinte: identidade, CPF, declaração de matrícula e comprovante de endereço. Já os valores para solicitação na rede particular variam entre R$24,00 a R$32,00. O boleto pode ser impresso pela internet e pago nas casas lotéricas. Após os pedidos, os alunos devem aguardar a entrega das carteiras de estudante nas próprias instituições de ensino ou nos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCE’s), no caso das universidades.

Os alunos veteranos da rede particular que continuarem na mesma instituição podem imprimir o boleto pela internet e aguardar a chegada do documento na instituição de ensino. As entidades estudantis já entregaram os boletos nas escolas particulares em novembro, referente ao processo de 2018. Caso tenham mudado de escola ou universidade particular, basta solicitar a confirmação da matrícula na Instituição atual para que os dados sejam atualizados e imprimir o boleto no site com a instituição atual.

A carteira dos alunos das escolas públicas será solicitada pela Direção da instituição que se responsabilizará para fazer a solicitação da gratuidade. Os alunos da Uece, UFC e IFCE devem dirigir-se à sede da Etufor ou os postos com as declarações do semestre vigente, documento de identidade e o formulário de solicitação do site da Etufor.

Além de garantir a meia passagem no transporte coletivo e a meia cultural, a identidade estudantil agrega mais uma vantagem: como o documento possui a função do Bilhete Único no mesmo cartão é possível fazer a integração, utilizando a mesma passagem no intervalo de duas horas. Outra vantagem é a utilização gratuita dos sistemas Bicicletar e Bicicleta Integração, para utilizar as bicicletas compartilhadas e no Vamo, programa de carros compartilhados. Os estudantes podem fazer a liberação das bicicletas e carros compartilhados, sendo necessária apenas a realização do cadastro padrão para utilização do serviço e a inserção de créditos.

(Etufor)

Leitor cobra reparo do pier da lagoa de Messejana

Local bastante frequentado por moradores do bairro, além de pessoas de outras áreas de Fortaleza que apreciam um bonito por do sol, o pier da lagoa de Messejana se encontra abandonado, diante da depreciação na sua estrutura.

É o que lamenta um leitor do Blog, que cobra do poder público municipal o reparo do cartão postal da Messejana.

(Foto: Leitor do Blog)

Gatos invadem o Centro das Tapioqueiras na Messejana

213 2

Frequentadores do Centro das Tapioqueiras, na Messejana, reclamam do número de gatos espalhados na área. Na época da alta estação, o número de turistas aumentou bastante no local. Eles aprovam os mais variados pratos com a tapioca, mas desaprovam o incômodo com os gatos.

DETALHE – A foto à direita foi colocada por engano, apesar também de se tratar de um gato…

(Fotos: Paulo MOska)

Polícia investiga “intimidação” a evangélicos no Planalto Pici

Evangélicos ficaram acuados em um templo, na noite dessa quarta-feira (3), no bairro Planalto Pici, após suspeitos atearem fogo em uma moto que pertence a um dos fiéis, estacionada na entrada da igreja.

Amedrontados, os fiéis somente deixaram o templo, após a chegada da Polícia.

Nesta quinta-feira (4), policiais do 11º Distrito, no bairro Pan Americano, deverão colher o depoimento de fiéis para saber se a “intimidação” foi contra o proprietário da moto ou contra o discurso da pregação na igreja.

(Foto: Divulgação)

Promessas de campanha – Roberto Cláudio é o segundo prefeito do Brasil melhor avaliado

955 2

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) é o segundo melhor prefeito de capitais brasileiras melhor avaliado no critério “promessas cumpridas”, segundo levantamento do Portal G1, esta semana. Com duas promessas realizadas, entre três anunciadas durante a última campanha, Roberto Cláudio possui mais de 11 pontos percentuais à frente do terceiro colocado, o prefeito Carlos Amasha (PSB-Palmas), e pouco mais que oito pontos percentuais atrás do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB-Porto Alegre), o primeiro colocado.

O prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), que iniciou 2017 como o gestor cumpridor de promessas, encarrou o ano somente na vigésima posição, com uma promessa cumprida entre três anunciadas durante a campanha.

Roberto Cláudio apresenta nesta quarta-feira o Plano de Contingência para Chuvas

120 1

O prefeito Roberto Cláudio apresenta, nesta quarta-feira (3), a partir das 9 horas, no auditório do Paço Municipal, no Centro, o Plano de Contingência para Chuvas. O conjunto de medidas visa à prevenção e à minimização de impactos negativos da quadra chuvosa esperada para este ano de 2018. Gestores da Prefeitura de Fortaleza e de órgãos estaduais divulgarão ações intersetoriais previstas para o período.

Dentre as intervenções anunciadas, estão o plano que estabelece o acompanhamento de famílias vulneráveis a intercorrências graves, a limpeza de canais, lagoas e bocas de lobo; além de ações direcionadas à assistência social e hospitalar.

(Foto: Arquivo)

Sintsaf avalia conquistas em 2017 para servidores da saúde de Fortaleza

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço de Saúde de Fortaleza (Sintsaf) avaliou em assembleia geral as conquistas para a categoria no ano de 2017. Para o presidente do sindicato, o advogado Plácido Filho, também vereador de Fortaleza pelo PSDB, foi um ano de vitórias para o servidor.

Além da licença prêmio, do anuênios e da aposentadoria especial, Plácido Filho destacou o programa habitacional da Prefeitura de Fortaleza, que beneficiou 578 funcionários municipais, quando o Sintsaf participou ativamente do cadastro de servidores.

“É uma luta antiga, desde os governos passados que o nosso sindicato vem nesta luta, tentando, pelejando, negociando, apresentando proposta no sentido de que o prefeito de Fortaleza aceitasse essa implantação da construção de apartamentos ou casas populares para os servidores de baixa renda”, comentou.