Blog do Eliomar

Categorias para Fortaleza

Prefeitura contabiliza 1,3 milhão de pessoas no Réveillon de Fortaleza

249 1

Foram 12 horas de festa, 18 minutos de show pirotécnico e 1,3 milhão de pessoas no Aterro da Praia de Iracema. No Réveillon 2017, a Prefeitura havia contabilizado um público de 1 milhão. A festa cresceu em público e a queima de fogos se tornou a maior do País.

“Esta é uma festa grandiosa, que está acontecendo a partir da união de esforços que possibilitou a captação de recursos privados. Além de tudo, a partir deste evento, há um impacto positivo para a economia, para a geração de emprego, de renda e de oportunidades para a Cidade”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio (PDT).

A campanha Réveillon Solidário, promovida pela Prefeitura em parceria com a Associação Peter Pan, continua. A iniciativa visa à arrecadação de recursos para a continuidade das obras de ampliação do Centro Pediátrico do Câncer e segue até o dia 13 de janeiro. Para doar R$ 5, basta ligar 0500 001 0005. Para doar R$ 15, o número é 0500 001 0015. Para doar R$ 30, ligue 0500 001 0030.

(O POVO Online)

Operação de limpeza da Praia de Iracema deve recolher 70 toneladas de lixo

Nas primeiras horas desta manhã de 2018, a animação das mais de um milhão de pessoas previstas para a festa do Réveillon de Fortaleza deu lugar a toneladas de lixo deixados na Praia de Iracema. Em operação que deve seguir até as 17 horas, 382 profissionais trabalharão na limpeza do local.

“Para limpar todo o local nós mobilizamos 382 pessoas, sendo 327 delas garis e 38 operadores, além de 38 equipamentos”, explicou Adriano Ricardo, engenheiro da Secretaria da Conservação e Serviços Públicos de Fortaleza.

Ainda de acordo com ele, a previsão deste ano é de que sejam recolhidos cerca de 70 toneladas de resíduos sólidos. “Essa costuma ser a média histórica do que é recolhido aqui na festa do Réveillon e o trabalho vai ser concluído até as 17 horas de hoje”. Parte do lixo será destinado ao Aterro Sanitário Metropolitano de Caucaia (Amoc).

(O POVO Online)

13 de Maio – Assalto, perseguição e mortes no último dia do ano em bairro nobre de Fortaleza

768 10

Uma ocorrência nesse domingo (31) resultou na morte de um motociclista, na morte de um assaltante e na prisão de dois suspeitos de assalto contra uma pizzaria na avenida 13 de Maio, no bairro de Fátima.

Segundo a Polícia, três homens invadiram a pizzaria e realizaram um arrastão contra clientes e funcionários.

Na fuga, os suspeitos se depararam com a Polícia, quando teve início uma perseguição pelas ruas do bairro. O veículo dos suspeitos colheu uma moto que trafegava por uma rua preferencial.

Na colisão, o motociclista e um suspeito morreram no local. Os outros dois suspeitos ficaram feridos e foram presos.

Usuários da Uber e 99 Pop reclamam dos preços na noite desse 31 de dezembro

Usuários dos aplicativos de carona Uber e 99 Pop reclamaram dos altos preços das corridas na noite desse domingo, 31, véspera de Ano Novo. Foi o caso do usuário Walber Freitas. Ele afirma que, em dias normais, uma viagem de Uber partindo de sua casa para o trabalho custa, em média, R$ 30. Nesse 31 de dezembro, no entanto, a simulação da corrida com o mesmo percurso mostrou um valor acima do dobro, R$ 67.

Outro usuário relatou situação ainda mais grave: uma corrida, que em outros dias custava aproximadamente R$ 28, nesse domingo, em simulação, estava custando R$ 84.

É comum que em regiões com maior fluxo de pessoas, como é o caso da Praia de Iracema neste Réveillon, a tarifa dinâmica dos aplicativos seja utilizada. Em situações como essa, as empresas alegam que o preço dinâmico funciona de forma automática, com o intuito de equilibrar a oferta e a demanda. Nas redes sociais, muitos usuários reclamaram que, além de demorar para que o aplicativo encontrasse motoristas, os valores das viagens chegaram a custar o dobro do que costumam ser.

(O POVO Online)

Multidão comemora virada do ano no Aterro da Praia de Iracema

Uma multidão de pessoas fez, em uníssono, a tradicional contagem regressiva da virada do ano no Aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza. A festa animada por mais de dez atrações iniciou com o sol se despedindo de 2017, às 17 horas, e foi encerrada com o primeiro sol de 2018.

Não há, ainda, número oficial de quantas pessoas participaram da festa. Em cima do palco, os cantores se referiam a “mais de um milhão de pessoas”, mas a quantidade deve ser ainda maior, levando em conta que público se dividia entre a areia do Aterro, as ruas dos arredores e as sacadas de hoteis e apartamentos da orla.

Quem queria ficar perto do palco teve de chegar cedo. Gustavo Serpa, Felipe Adjafre e Fábio Carneirinho abriram os shows, sendo seguidos por Marcos Lessa. O cantor Luan Santana, que já tem cadeira cativa no réveillon da Capital cearense, subiu no palco cedo, por volta nas 19h20min.

O DJ Alok, que não cobrou cachê para animar a multidão, veio em seguida, abrindo espaço para a atração mais cara do show: Wesley Safadão. O forrozeiro apostou em novos hits e tirou selfies com fãs em cima do palco. De lá, ele seguiu para a festa do Marina Park, com público estimado de 5,5 milhões de pessoas.

Xand Avião foi o último a cantar antes da queima de fogos. Ele misturou músicas do novo repertório com as já consagradas do Aviões do Forró, banda que dividia com Solange Almeida. Quem comandou a queima de fogos foi o ator e humorista Tirullipa. No momento da virada, poucos abraços e muitas selfies e câmeras voltadas para o céu.

Simone e Simaria, Capital Inicial, Selvagens à Procura da Lei e Chico Pessoa tocaram em seguida. Quem encerrou a festa foram os blocos Luxo d’Aldeia e Unidos da Cachorra, prenunciando que, em menos de dois meses, as ruas se enchem e se pintam novamente para o carnaval.

(O POVO Online)

Cantora Ellen Chelsea é opção neste Réveillon para quem quer fugir do forró e sertanejo

Os apreciadores da MPB, da bossa nova e do samba já podem agendar neste domingo (31), a partir das 21 horas, no Geppos Jardins (ao lado do shopping Aldeota), um encontro com a cantora Ellen Chelsea.

Com uma apresentação programada para 5 horas da melhor música nacional, a cantora pretende animar o Réveillon de quem vai passar a virada do ano no restaurante, conhecido pelo requinte e boa gastronomia.

Delegacia é alvejada neste domingo em Fortaleza

Dois homens chegaram em frente ao 19º Distrito, no Conjunto Esperança, e efetuaram disparos contra a parede da delegacia. Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que havia um policial civil no local, mas que não foi ferido pelos disparos.

Ainda conforme a secretaria, as polícias Civil e Militar realizam diligências com o intuito de identificar e capturar os suspeitos que chegaram em um veículo.

“Imagens de câmeras de segurança serão utilizadas para auxiliar na investigação”, disse a nota.

(O POVO Online)

Cortesias para convidados do Réveillon de Fortaleza são vendidas na Internet

Cortesias que dão acesso à área vip para convidados da festa do Réveillon de Fortaleza que ocorrerá na noite deste domingo, 31, estão sendo livremente comercializadas na internet. Com valores que variam entre R$ 1500 e 100 por cada convite, pessoas comercializam o acesso à área VIP, próximo ao palco, em grupos no Facebook. Algumas negociações chegam a incluir um openbar que não haverá no evento.

Em anúncios nos grupos “Ingressos Fortaleza” e “Ingressos e Abadás Fortaleza” os vendedores respondem aos comentários de pessoas que demonstram interesse e oferecem um número de whatsapp para finalizar a negociação. O POVO tentou contato por meio dos whatsapps divulgados, mas as mensagens não foram respondidas.

A Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura de Fortaleza, em posicionamento oficial, informou que o espaço reservado em questão existe e fica localizado próximo ao palco onde acontecerão os shows. De acordo com a assessoria, não se trata de um camarote ou frontstage, como os cambistas anunciam. Também “não haverá comida e bebida gratuitas”, garante.

“A festa é absolutamente gratuita e o espaço reservado foi demanda dos patrocinadores do Réveillon, assim como os pontos de venda de cervejas”, completa, desencorajando a compra. A assessoria afirma que, embora o comércio dos convites seja ilegal – com recomendação expressa de “convite individual e intransferível” e “venda proibida” – o controle sobre o comércio não é possível porque os convites não são nominais.

Além de patrocinadores, segundo a Coordenadoria, os convites são destinados a vereadores, deputados e secretários municipais, entre outras autoridades. Não foi informada a quantidade de convites emitidos e nem a capacidade do espaço.

De acordo com o presidente da comissão de Defesa do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil seção Ceará (OAB-CE), Luiz Sávio Aguiar Lima, o fato não pode ser considerado uma relação de consumo por não haver fornecedor. “É um particular que está fazendo uma compra e uma venda”. Segundo ele, o controle só poderia ser feito se, no local houvesse uma fiscalização ou se o órgão que distribuiu os convites tivesse o controle nominal de cada pessoa beneficiada.

(O POVO Online)

Réveillons das principais capitais turísticas devem movimentar R$ 5 bilhões

As festas de Réveillon das quatro capitais com maior movimento turístico do país nesse período – Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza e Florianópolis – devem ter impacto econômico de R$ 5 bilhões nas economias locais. A estimativa é do Ministério do Turismo, a partir do levantamento de expectativa dos órgãos públicos da área de turismo de cada uma das prefeituras.

O montante estimado pelas prefeituras envolve gastos com hospedagens, alimentação, ingressos para festas e eventos, compras em comércios locais e outras formas de dispêndio dos turistas no período de virada do ano.

Em Fortaleza, a estimativa é da participação de 1,3 milhão de pessoas nos festejos no aterro da Praia de Iracema, sendo 650 mil visitantes. A expectativa da prefeitura é que a injeção de recursos nas empresas e comércios da cidade chegue a R$ 1,5 bilhão, com a ocupação da rede hoteleira beirarando os 100%.

(Agência Brasil)

Prefeitura antecipa salário dos servidores de Fortaleza

Os servidores públicos municipais de Fortaleza têm um motivo a mais para festejar a virada do ano. Desde a noite dessa sexta-feira, 29, foi creditado e paga a folha de servidores, no valor de R$ 270 milhões. Somada a folha de dezembro com a segunda parcela do décimo terceiro salário, que foi paga no dia 20 de dezembro, o Município injetou no último mês do ano na economia da cidade R$ 440 milhões, sendo R$ 270 da folha de dezembro e R$ 170 milhões da segunda parcela do décimo terceiro.

O prefeito Roberto Claudio fechou em dia o ano de 2017, um dos mais difíceis da história da economia do País e, por conseguinte, das administrações municipais. Pagou o salário de servidores rigorosamente em dia, antecipando até a primeira parcela do décimo terceiro salário, paga no mês de junho.

(Prefeitura de Fortaleza)

Camilo e Roberto Cláudio estarão juntos no Réveillon da Praia de Iracema

O governador Camilo Santana está na lista dos convidados vips do prefeito Roberto Cláudio para o Réveillon da Praia de Iracema. Não haverá discurso dos dois no evento. Marqueteiros sugeriram aparições para fotos.

Em 2018, Roberto Cláudio irá convocar 500 aprovados no último concurso da Guarda Municipal. A ordem é atender ao projeto de segurança que Moroni Torgan, o vice, fechou para Fortaleza.

(Foto: Arquivo)

Em 2 anos – Turismo em Fortaleza tem crescimento no gasto per capta de 14,4%

Com uma média de gasto diário de R$ 416, por visitante de Fortaleza, o turismo na capital cearense apresentou este ano um crescimento de 14,4% em relação em 2015, quando o gasto per capta era de R$ 364.

Nos seis em que permanece em Fortaleza (média da estadia), cada turista deixa R$ 2,5 mil na economia local.

Segundo o secretário adjunto do Turismo de Fortaleza (Setfor), Erick Vasconcelos, somente neste período de festas de fim de ano, a injeção na economia local deverá ser de R$ 1,5 bilhão, diante do número de 650 mil turistas.

(Foto: Arquivo)

Alexandre Pereira e o reencantamento do turismo de Fortaleza

Em artigo sobre o novo momento do turismo em Fortaleza, o sociólogo e consultor político Luiz Cláudio Ferreira Barbosa aponta o crescimento do fluxo pela parceria público privada. Confira:

A Prefeitura de Fortaleza iniciou um processo de recuperação da autoestima do cidadão-contribuinte, diante da ocupação dos principais pontos turísticos da capital cearense. À frente desse processo a Secretaria de Turismo (Setfor), tarefa executada pelo secretário Alexandre Pereira, com a parceria do Governo do Estado e dos principais setores empresariais da economia cearense.

Os principais municípios brasileiros diminuíram a verba orçamentária da área de turismo. A maior cidade brasileira, São Paulo, quase que literalmente abandonou o setor de eventos e entretenimento à própria sorte. A cidade do Rio de Janeiro fez enorme corte no orçamento da Secretaria Municipal de Turismo, o que desestimulou o setor hoteleiro e de serviços à contratação de funcionários temporários necessários nas festas de final de ano e de verão.

Fortaleza vai no sentido contrário das capitais citadas, apresentando um quadro mais positivo na ocupação hoteleira e contratação de mão de obra em bares e restaurantes, o que não ocorre em cidades similares na área de turismo da Região Nordeste: Salvador (BA) e Recife (PE).

A Secretaria Municipal de Turismo teve repasse de verba pública do Poder Executivo bem menor do que nos últimos anos. O secretário Alexandre Pereira, com trânsito intenso ou livre no Governo Federal e no Governo do Estado do Ceará, já foi o incentivador pelo realinhamento das políticas públicas nas três estâncias governamentais.

Alexandre Pereira compreendeu a necessidade da ocupação pública, em parceria com os empresários dos principais pontos turísticos da orla marítima de Fortaleza. O Mercado dos Peixes e a região próxima à Ponte do Inglês (Metálica) não foram locais escolhidos aleatoriamente, pois tivemos vários eventos culturais feitos pela Prefeitura de Fortaleza durante o ano de 2017, o que provocou um aumento no fluxo de visitantes locais e turistas, assim como a contratação de mão de obra no setor turístico privado.

As festas de final de ano em Fortaleza com certeza contribuem para a ocupação hoteleira de 95% dos quartos. O universo de 650 mil turistas na capital cearense, com quase o dobro disso em toda Região Metropolitana de Fortaleza.

O reencantamento do turismo fortalezense é motivo de comemoração, pois aumentará a arrecadação local nos cofres públicos da Prefeitura e do Governo do Estado, como também aumentarão os ganhos financeiros dos setores de eventos e entretenimentos e do setor hoteleiro. Os shoppings, táxis e os transportes privados de passageiros deverão ter rendimentos econômicos recordes em relação aos últimos dois anos.

Luiz Cláudio Ferreira Barbosa, sociólogo e consultor político

Abril – Roberto Cláudio anuncia novo prazo para término da obra da Aguanambi

Obras do Bus Rapid Transit (BRT) da Avenida Aguanambi deverão ser entregues apenas em abril. As intervenções de mobilidade na área irão completar em fevereiro de 2018 dois anos. A previsão inicial, dada pela Secretaria da Infraestrutura do Município (Seinf), era de que as obras seriam concluídas até o próximo mês de janeiro. Em transmissão ao vivo em perfil do Facebook, na tarde desta quarta-feira (27), o prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou o novo prazo.

Em janeiro de 2017, o prefeito chegou a antecipar o prazo de entrega das obras do BRT para dezembro deste ano. Agora, a previsão de entrega passa para ser em abril.

O gestor informou que parte da via será liberada para trânsito em fevereiro, mas que a obra do corredor expresso de ônibus só termina em abril, três meses depois do previsto inicialmente. Orçada em R$ 95 milhões, com o viaduto e passarela liberados em março deste ano, a obra faz parte do corredor expresso Messejana/Centro.

Conforme a Seinf, o conjunto obras prevê diversas intervenções na região, como a requalificação viária da Avenida Aguanambi, com a implantação de um novo sistema de drenagem, calçadas, quatro quilômetros de ciclovia, instalação de oito estações de ônibus junto ao canteiro central, além da urbanização e reforma de duas praças e da rotatória existente sob o novo viaduto.

A segunda etapa da obra, em curso, prevê a ampliação de urbanização da Aguanambi. Com as obras na Aguanambi, será entregue o terceiro corredor expresso de ônibus. De acordo com a pasta, o sistema irá garantir a redução do tempo de viagem dos coletivos, principalmente na Aguanambi, por onde trafegam 71 mil veículos por dia, além de 37 linhas de ônibus, com fluxo diário de 198 mil passageiros.

(O POVO Online)

Bombeiros combatem incêndio no Centro de Fortaleza

Um incêndio de médias proporções atinge neste momento uma loja na Praça da Estação, no Centro. O Corpo de Bombeiros combate as chamas, ao mesmo tempo que tenta evitar que o fogo se alastre para outras lojas, todas fechadas nesta segunda-feira de Natal.

O trânsito nas ruas Castro e Silva, General Sampaio, 24 de Maio e João Moreira, que fazem o quadrilatéro da Praça da Estação, está interditado.

O laudo sobre as causas do incêndio deverá ser divulgado em 15 dias. Não há registro de vítimas.

(Com informações do Blog do jornalista Lauriberto Braga / Foto: Rivaldo Lima)

Mondubim – Soldados se identificam como PMs e são expulsos de comunidade a tiros

477 3

Um policial ferido e um veículo incendiado foi o resultado de um tiroteio entre dois soldados e supostos traficantes, nesta segunda-feira (25), em uma comunidade do bairro Mondubim.

De acordo com a ocorrência registrada no cruzamento das ruas Tenente Botelho com João Gadelha, os dois PMs chegaram ao local em um veículo HB20, de propriedade de um dos soldados, quando foram abordados por alguns homens que avisaram que não poderiam entrar na comunidade com veículo de vidros levantados.

Segundo ainda a ocorrência, os ocupantes do veículo se identificaram como policiais e os supostos traficantes passaram a efetuar disparos. Um dos soldados foi atingido no braço, mas os policiais conseguiram fugir pela rua Raimundo Maia, após invadirem uma residência e pularem muros de quintais.

O veículo HB20 foi destruído, após os supostos traficantes atearem fogo no carro. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas o veículo já havia sido completamente consumido pelas chamas.

A Polícia realizou buscas na área à procura dos suspeitos, mas, até o momento, ninguém foi preso ou identificado. Os dois soldados são da última turma que ingressou na PM, quando um é lotado na 1ª Cia/5º BPM e o outro na 4ª Cia/5º BPM.

Pessoas em situação de rua ceiam com voluntários na Praça do Ferreira

144 1

A tradição de se reunir com a família para a ceia de natalina, há 25 anos, não faz parte dos dezembros de Rogério Pinto Nascimento, 42. Em situação de rua desde 2015, o homem de riso frouxo lembra com saudade das vésperas de Natal que passou com familiares, tempos atrás, no bairro Tancredo Neves. Porém, na noite desse domingo, 24, Rogério voltou a experimentar um momento de comunhão.

Ao lado de amigos que têm a rua como moradia, ele ceou com cerca de 500 voluntários, que participaram da 4ª edição do projeto Ceia Natal, no Centro, promovido pela Igreja Batista Central (IBC). “É uma atitude muito linda. Muita gente que está aqui hoje abriu mão de estar com as suas famílias para cear com a gente. Eles dizem que é uma forma de demonstrar amor por nós e também a Deus. E eu acredito”, agradece Rogério.

A refeição foi servida e uma mesa farta, ladeada pela Coluna da Hora, em plena Praça do Ferreira. Contudo, não somente o jantar foi ofertado. Além de atividades recreativas para as crianças e da apresentação de músicos, foram ofertadas oportunidades de recomeço. Em conversas com os voluntários, que também sentaram à mesa e cearam junto com os moradores, vagas em abrigos e clínicas de recuperação para dependentes químicos foram oferecidas aqueles que desejassem.

Nos últimos três anos, cerca de 30 pessoas foram retiradas das ruas. Era a oportunidade que o técnico de som Flávio da Silva buscava. Há cinco anos na rua, saído da Barra do Ceará, ele diz que ainda trabalha, mas não tem dinheiro suficiente para manter uma moradia. “Passei alguns anos presos, por conta de algumas besteiras que fiz, mas não me envolvo mais. Hoje eu trabalho e pretendo sair dessa situação em janeiro. Por enquanto, minha família é essa aqui”, disse, apontando para outros moradores de rua.

Não foram somente os fiéis da IBC que participaram como voluntários da ceia. Muitas pessoas de fora da igreja, e até de outras religiões, souberam do evento, se prontificaram e foram acolhidos para servir. É o caso da estudante de engenharia Bruna Guilherme, 24, que se define como uma “cristã” ou “católica pouco praticante”. Ao lado da mãe e do namorado, ela soube da iniciativa por meio de uma amiga e resolveu participar.

O projeto Ceia Natal, de 2017, havia sido planejado há cerca de cinco meses, quando a permissão à Prefeitura de Fortaleza para a utilização do espaço, e o apoio da Polícia Militar, foram solicitados. Já a preparação dos alimentos começou ainda pela manhã, quando os voluntários, divididos em grupos, se revezaram na cozinha da sede da IBC, no bairro Ancuri.

No total, foi preparada quase meia tonelada de alimentos arrecadados em campanha na igreja e através das redes sociais. A comida foi posta à mesa por volta das 20 horas. A ceia se estendeu até às 22h30min, supervisionada por policiais e guardas municipais.

(O POVO Online)

“Ganhei um extraordinário presente de Natal e muitas lições”, diz Salmito

195 1

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), compartilha o sentimento de uma das comunidades mais carentes de Fortaleza, a Rosalina: Confira:

Chegar em uma comunidade como a Rosalina – que é tão vítima da brutal desigualdade de oportunidades sociais, tão esquecida pelo poder público, de todos que vieram me cumprimentar e abraçar ninguém me pediu benefício individual como dinheiro ou emprego.

Os pedidos foram coletivos para a comunidade, como um equipamento público de lazer (a qual não tem nenhum equipamento público de lazer) como uma Areninha – pedido que encaminharei pessoalmente ao prefeito Roberto Cláudio -, iluminação pública para uma rua e a retirada de um guincho entre os blocos residenciais.

Isso é fruto de um trabalho que envolve orientação da Pastoral Social da Igreja Católica, orientação do nosso mandato parlamentar e o grau de consciência política da líder de opinião local, que é presidente da Associação dos Moradores.

Encontrei famílias humildes com dignidade e com esperança! As crianças (a imagem mais cristalina de Deus) com seus olhares ingênuos buscando brincar, assistir às apresentações natalinas e acompanhadas de suas mães, avós e pais…

Saí sensibilizado, ainda mais convicto de que a desigualdade de oportunidades sociais é uma imensa dívida do poder público no nosso Brasil e com isso uma extraordinária possibilidade de transformação social com a esperança do olhar e da busca por dignidade em cada criança e nos adultos que ali enfrentam os maiores desafios para viver buscando o maior princípio ético que é defender sua vida com dignidade.

Vamos em frente com o coração e a razão alinhados em busca da construção política como transformação social, principalmente, estimulando a igualdade de oportunidades sociais para todos, através da educação pública de qualidade e outras políticas públicas sociais.

Feliz Natal com o renascimento do Deus Filho Libertador!

*Salmito Filho

Presidente da Câmara Municipal de Fortaleza

(Foto – Facebook)

Roberto Cláudio visita o maior empreendimento no País do Minha Casa Minha Vida

O prefeito Roberto Cláudio aproveitou a manhã deste sábado (23), véspera das festas de Natal, para fazer uma visita ao Conjunto Residencial Luiz Gonzaga, maior empreendimento no Brasil do programa Minha Casa Minha Vida, feito em parceria com entidades de movimento habitacional, localizado no Bairro Jangurussu. O conjunto que está sendo construído em Fortaleza possui 1.760 unidades habitacionais.

O prefeito esteve acompanhado de representantes da Federação de Bairros e Favelas e do Cearah Periferia, além de líderes do movimento habitacional e do secretário de Ciência e Tecnologia do Ceará, Inácio Arruda, oriundo do movimento de entidades populares de Fortaleza.

O condomínio será entregue no segundo semestre de 2018 e a visita serviu para a escolha do local onde a Prefeitura vai construir os equipamentos sociais, como creche e posto de saúde.

“No próximo ano, vamos entregar 1.760 unidades. E já estamos agilizando a construção da outra metade”, reforçou o prefeito.

O Residencial Luiz Gonzaga é composto de duas etapas, somando 3.520 unidades habitacionais. Nessa primeira fase, a obra soma R$ 130 milhões. Segundo o prefeito Roberto Cláudio, o residencial Luiz Gonzaga representa um modelo habitacional que deverá ser repetido em outros locais.

“Aqui, vamos aproveitar o que tem de estrutura da obra, canteiro e algumas áreas, para fazer um anexo de posto de saúde e escola, dentre outros equipamentos. É preciso ir além e oferecer serviço de qualidade à população”.

A implantação do Residencial Luiz Gonzaga uniu o esforço de três entidades não-governamentais: Federação das Entidades de Bairros e Favelas de Fortaleza, CearahPeriferia e Associação Habitat para a Humanidade. A Caixa Econômica é a principal instituição financiadora do empreendimento. A construção é assinada pela Fujita Engenharia.

O residencial abriga 110 blocos. Cada um deles é composto de 16 apartamentos de 47 metros quadrados. As unidades possuem banheiro adaptável, sala, dois quartos e varanda. Na área comum, serão construídos salão de festa, área de lazer, pista de skate e quadra esportiva.

(Prefeitura de Fortaleza / Foto: Divulgação)