Blog do Eliomar

Categorias para Fortaleza

Fortaleza terá primeira ciclovia-modelo do Brasil

Os ciclistas de Fortaleza terão um novo espaço de trânsito na capital a partir de um projeto-piloto elaborado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ministério das Cidades e a prefeitura da capital. A ciclovia-modelo, de 7 quilômetros, vai passar pelas avenidas Coronel Carvalho e Radialista José Lima Verde, no lado oeste da cidade, duas das mais movimentadas da região e que cortam quatro bairros.

O projeto-piloto faz parte do Programa de Mobilidade de Baixo Carbono, elaborado após o Acordo de Paris, firmado pela comunidade internacional para combater as alterações climáticas no mundo, e o compromisso do Brasil de reduzir as emissões de carbono até 2030. Brasília, Belo Horizonte e São Paulo também fazem parte do programa e serão responsáveis pela elaboração do caderno técnico de referência em mobilidade por bicicleta.

Fortaleza receberá a ciclovia-modelo por já ter uma ampla malha cicloviária, de 214 quilômetros, e contar com o Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI). Atualmente, os dois programas de bicicletas compartilhadas ativos na cidade (o Bicicletar, que dá uma hora de uso gratuito, e o Bicicleta Compartilhada, que permite passar 14 horas com o veículo) disponibilizam aos ciclistas mais de mil unidades. Somente o Bicicletar registra mais de 1,5 milhão de viagens desde sua implantação, em 2014.

“Com esta ciclovia e o caderno técnico de referência, planeja-se criar um benchmark [processo de comparação de produtos, serviços e práticas empresariais], para todo o país, do planejamento e construção de uma ciclovia que promova a mobilidade urbana sustentável”, afirma Karisa Maia Ribeiro, especialista sênior em transportes do Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Um dos critérios usados para escolher as avenidas que receberão a ciclovia-modelo foi a possibilidade de integração com outras ciclovias e ciclofaixas existentes na região. Segundo o coordenador de Gerenciamento de Programas e Projetos da Secretaria da Infraestrutura de Fortaleza, os 7 quilômetros do projeto-piloto vão se somar a cerca de 20 quilômetros da estrutura para trânsito de bicicletas já existente, integrando, inclusive, o trecho da orla da Avenida Vila do Mar, no litoral oeste de Fortaleza.

Lançada em julho deste ano, a Política de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono de Fortaleza prevê redução de 20% Gás de Efeito Estufa (GEE) até 2030. A prefeitura estima que, desde 2012, a capital já conseguiu reduzir a emissão desses gases em 4%.

(Agência Brasil)

Fortaleza pode mudar sua história na Série C neste sábado

Há cinco jogos sem vitória, o Fortaleza poderá entrar com o pé direito no mata-mata da Série C do Campeonato Brasileiro, no último jogo da fase classificatória, neste sábado (9), a partir das 19h30min, no Castelão, diante do Moto Club. Uma vitória poderá devolver o ânimo ao Fortaleza para as disputas do mata-mata, contra o Tupi/MG ou São Bento/SP.

Mesmo com um empate, o time deverá assegurar a classificação, mas levará a desconfiança da torcida para a próxima fase.

Quando entrar em campo, logo mais, o Fortaleza já terá uma noção do adversário no mata-mata, em caso de classificação. Mas tanto o São Bento, quando o Tupi, possuem campanhas idênticas na competição. Os dois times chegaram à classificação com empates fora de casa e vitórias em seus domínios.

Em caso de classificação, o Fortaleza fará a primeira partida no Castelão e a decisiva fora de casa.

Salmito Filho e o Novo Pacto Econômico por Fortaleza

Em artigo sobre recursos para Fortaleza retidos em Brasília, o sociólogo e consultor político Luiz Cláudio Ferreira Barbosa destaca a atuação do presidente da Legislativo Municipal, Salmito Filho. Confira:

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFORT), Salmito Filho (PDT), começou um movimento político-legislativo entre os seus pares, devido à necessidade da liberação dos recursos públicos oriundos do Governo Federal destinados à capital cearense e Região Metropolitana. Salmito conseguiu algo inédito no Poder Legislativo fortalezense: o trabalho comum entre os vereadores governistas e da oposição, em torno de vários temas de teor cívico e republicano. A agenda econômica favorável à população local é a matriz desse novo pacto.

A quinta maior capital brasileira (Fortaleza) tem o direito de receber um montante de recursos de empréstimos de R$ 3,4 bilhões de entidades financeiras internacionais: Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), Banco Desenvolvimento da América Latina (CAF) e o Banco Internacional de Desenvolvimento (BID). A Secretaria do Tesouro Nacional e o Ministério do Planejamento já deram os avais burocráticos favoráveis ao município de Fortaleza. O processo está paralisado na Casa Civil do Governo Federal.

A Câmara Municipal de Fortaleza deverá começar o processo conjunto, com a sociedade civil e a classe política cearense, para esse novo pacto econômico favorável aos interesses públicos do cidadão-contribuinte: Saúde, Saneamento Básico, Educação, Transporte e até Segurança Pública. O discurso do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza não apresentou somente o problema da burocracia em Brasília , como também apontou a solução através de uma agenda econômica, com apoio dos vereadores, pois existe uma paz republicana no Legislativo fortalezense.

A primazia da construção de uma agenda econômica entre os parlamentares da Câmara Municipal de Fortaleza, no lugar de uma mera agenda política-eleitoral, já é sem dúvida uma demonstração clara de civilidade democrática, com espírito republicano dos homens públicos dessa augusta casa legislativa. O sociólogo e vereador pedetista Salmito já conseguiu superar a velha dicotomia ideológica entre a situação e a oposição, pois o importante é a construção de uma pauta comum, que seja favorável ao cidadão-contribuinte fortalezense.

Luiz Cláudio Ferreira Barbosa,

sociólogo e consultor político

Líderes da oposição a Maduro realizam palestras em Fortaleza

“Como é Viver na Ditadura Venezuelana” é o tema da palestra de dissidentes venezuelanos da ditadura de Nicolás Maduro, na tarde deste sábado (9), a partir das 15 horas, no auditório da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC), no Centro de Fortaleza. Na segunda-feira (11), a partir das 18 horas, no auditório da Associação Médica Cearense (AMC), no Avenida Shopping, bairro Meireles, os ativistas políticos Rafael Valera e Roderick Navarro narram novamente as perseguições impostas por Maduro aos adversários do regime chavista. Os eventos são gratuitos e abertos ao público.

Os dois ativistas estão com mandados de prisão na Venezuela por divergirem do governo de Maduro. Eles visitam países latino-americanos, com a missão de propagar e levantar o apoio da região ao movimento Rumblo Libertad (rumo à liberdade), de Caracas, uma frente de extrema-direita contrária ao chavismo.

Os dissidentes também são críticos do programa Mais Médicos. “São médicos integrais comunitários, que não têm o preparo suficiente para tratar um paciente. E não somente isso: doutrinam o paciente e utilizam mecanismos da política para cumprir seu propósito ideológico”, avaliou Roderick Navarro.

(Foto: Divulgação)

Vereadores discutem com sindicalistas a flexibilização do horário do comércio de rua

A Câmara Municipal de Fortaleza e o Sindicato dos Comerciários debateram nesta semana, na Sala das Comissões, o projeto de lei ordinária n° 342/17, que estabelece o horário de funcionamento do comércio varejista e atacadista na cidade. Os representantes sindicais alegam que foram surpreendidos com a proposta e que o projeto deve ser bastante discutido.

“Nós não temos nenhuma objeção para que esses entendimentos aconteçam, mas precisávamos que uma categoria de 100 mil trabalhadores, com um público feminino muito forte, que está alterando as vidas com seus horários de trabalho, seja ouvida. A meta é construir uma saída negociada para que o projeto não venha a ser aprovado sem deixar de levar em consideração a voz que é do Sindicato dos Comerciários”, comentou o vereador Acrísio Sena (PT).

“Um corredor que tem no entorno de um shopping na Aldeota não é a mesma realidade do entorno lá no Jóquei Clube. São realidades econômicas e sociais diferentes. Não somos contra o comércio funcionar 24h, sábado, domingo e feriado. Somos contra o retorno à condição que os trabalhadores possam fazer isso sem nenhum tipo de compensação e nem um tipo de garantia salarial e de descanso”, destacou o parlamentar.

“Viemos procurar o Legislativo porque o prefeito mandou uma mensagem que mexe com a Lei que há duas décadas a gente vem trabalhando e começou a vigorar a partir de 2014. A categoria ainda está celebrando a conquista que tivemos ao longo de todos esses anos trabalhando”, comentou o presidente do sindicato, Francisco Monteiro.

(Com informações da Agência Fortaleza / Foto: Divulgação)

Salmito aponta Pacto Federativo em cobrança dos recursos para Fortaleza retidos em Brasília

Fortaleza está com cerca de R$ 3,4 bilhões em recursos retidos em Brasília, há mais de um ano, diante de uma má vontade do Governo Federal para com os interesses da população da quinta capital do País.

A reclamação é do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), nesta quarta-feira (6), durante pronunciamento no Legislativo Municipal, ao cobrar explicações do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, sobre a retenção dos recursos destinados a Fortaleza, captados junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e ao Banco Internacional de Desenvolvimento (BID) e com pareceres aprovados pela Secretaria do Tesouro Nacional e Ministério do Planejamento.

Salmito solicita que a Casa Civil encaminhe os processos ao Senado para deliberação. O presidente do Legislativo de Fortaleza lembrou que o Governo Federal é avalista dos empréstimos e poderá descontar repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), caso Fortaleza não honre os compromissos.

“Esse dinheiro não precisa de nenhum aporte do Governo Federal, já que pareceres técnicos da Secretaria do Tesouro Nacional e do Ministério do Planejamento atestam a capacidade da Prefeitura de Fortaleza de buscar financiamento junto às entidades internacionais”, disse Salmito, ao apontar que o Governo Federal trata Fortaleza em um Pacto Federativo às avessas. “Querem transformar essa grave crise política em crise institucional”, atentou.

Os recursos, anteriormente aprovados pela Câmara Municipal de Fortaleza, serão aplicados em saneamento básico, drenagem, escolas em tempo integral, creches, corredores exclusivos de ônibus, capacitação profissional de jovens e trabalhadores, saúde (com destaque para a construção de policlínica), em projetos como o Transfor, construção de novos Cucas, Nova Beira-Mar, requalificação do Centro Histórico da cidade, além de uma série de outras ações para a população de Fortaleza.

Salmito Filho fez um convite para que os senadores, representantes do Estado do Ceará no Senado Federal, visitem a Câmara Municipal de Fortaleza, “mostrando que todos eles, juntamente com os vereadores da Casa, independente do seu partido ou posição política, defendem os interesses da população de Fortaleza”.

(Foto – Divulgação)

CSA vence Salgueiro e mantém Fortaleza na terceira colocação

O CSA derrotou o Salgueiro, na noite desta segunda-feira, por 2 a 0, no estádio Rei Pelé, em Maceió, e manteve o Fortaleza na terceira colocação do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Fortaleza precisa somente de um empate, no próximo sábado (9), diante do Moto Club, no Castelão, para garantir vaga no mata-mata, desde que o Confiança não vença o ASA, fora de casa, por uma diferença de sete gols, e que uma outra goleada não ocorra no confronto entre entre Salgueiro e Remo.

Fortaleza volta a perder na Série C, mas decide classificação em casa

Em uma partida em que o Fortaleza somente viu o adversário jogar, a equipe cearense chegou ao quinto jogo sem vitória, na noite desse domingo (3), no estádio Lourival Baptista, em Aracaju, ao perder para o Confiança, por 2 a 0, na penúltima rodada da fase de classificação da Série C do Campeonato Brasileiro.

Apesar do seu pior momento na competição, o Fortaleza decide a vaga em casa, ao receber no próximo sábado (9), no Castelão, o Moto Club. O empate poderá classificar o Leão, desde que o Confiança não consiga uma goleada histórica sobre o ASA, em Arapiraca, além de uma nova goleada na partida entre Salgueiro x Remo.

Na noite desta segunda-feira (4), no complemento da rodada, o CSA recebe o Salgueiro, no estádio Rei Pelé. Uma vitória do Salgueiro tira o Fortaleza da terceira colocação do Grupo A.

Segurança/limpeza/iluminação – Conselho da Praia de Iracema inicia plano de ocupação do espaço turístico

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Turismo (Setfor), deu início na última semana à elaboração do plano de ação para uma melhor ocupação da Praia de Iracema. O plano foi uma orientação do prefeito Roberto Cláudio, durante a posse do Conselho, no Paço Municipal.

Para Roberto Cláudio, o resgate do local vai além da fiscalização, iluminação, limpeza urbana e do aumento de policiamento. “É muito importante esse planejamento construído a quatro mãos, como fizemos na José Avelino. Estamos reunindo todas as Secretarias e órgãos, Município e Estado, responsáveis por cada demanda da região”, afirmou.

Participaram do encontro representantes da Setfor, Secultfor, AMC, Etufor, SCSP, Seuma, SMS, Vigilância Sanitária, SDHDS, AGEFIS, Regional II, SER Centro, Segurança Cidadã, SSPDS, DEPROTUR, Instituto Dragão do Mar, além de moradores, empresários, igreja e líderes da comunidade.

Durante a reunião cada órgão apresentou seu plano de ações imediatas para a Praia de Iracema. “Começamos a traçar as prioridades, entre elas a segurança pública, através da Bptur, Deprotur e Guarda Municipal, fiscalização com a Agefis e controle urbano com AMC, Etufor e Secretaria de Conservação e Serviços Públicos”, informou o presidente do Conselho da Praia de Iracema e secretário executivo da Setfor, Erick Vasconcelos.

Outras ações apresentadas foram, o reforço da Guarda Municipal na fiscalização e auxílio à AMC e uma ação de limpeza na praia realizada pela Seuma, no próximo dia 16.

“Durante todo o mês estaremos trabalhando o Plano de Ação. Foram definidos grupos de trabalho específicos para cada assunto. A proposta é entregar para o prefeito, o plano completo até o final de setembro”, destacou Erick Vasconcelos.

(Prefeitura de Fortaleza / Foto: Divulgação)

Confiança quer adiar classificação do Fortaleza e fugir do rebaixamento

130 1

Uma campanha durante toda a semana, por parte da diretoria do Confiança, espera colocar cerca de 15 mil torcedores no estádio Batistão, em Aracaju, na noite deste domingo (3), na partida contra o Fortaleza, pela penúltima rodada da fase de classificação da Série C do Campeonato Brasileiro. Além da redução no preço dos ingressos, a diretoria sergipana quer a vitória como forma da equipe fugir do rebaixamento e ainda manter remotas chances de integrar o G4.

Já o Fortaleza assegura presença no mata-mata com um empate logo mais, beneficiado pelo confronto direto entre Sangueiro e Remo, na última rodada. O árbitro da partida será o paulista Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, que conduziu somente uma partida do Fortaleza, desde 2008, quando o time cearense foi derrotado pelo Gama, por 2 a 0, no estádio Mané Garricha, pela Série B daquele ano.

Apesar de jogar na casa do adversário, o Fortaleza leva uma pequena vantagem nos sites de apostas online, com 40,4% de chances de vitória, contra 37,6% do Confiança. O empate parece ser o resultado menos provável, de acordo ainda com os sites de apostas online, com apenas 22% de chances.

Besouro Verde agora também no horário do almoço

O famoso “Feijão do BV”, vice-campeão da quarta edição em Fortaleza do concurso Comida di Buteco, agora também poderá ser apreciado no horário do almoço.

É que o Besouro Verde, no bairro Parquelândia, desde este fim de semana passou a abrir também para o almoço.

O horário mais cedo não é nenhum “tempero” da política econômica do governo Temer, que alardeia uma recuperação do poder aquisitivo do brasileiro. Mas, sim, uma reivindicação dos próprios clientes do Besouro.

Portanto, um tempero genuinamente cearense.

(Foto: Divulgação)

Leitor registra rara presença de raposa no Cocó

Mais comum nos campos e cerrados do Brasil, como em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e São Paulo, além de partes do Tocantins e da Bahia, a raposa-do-campo é muito rara na área entre Piauí e o Ceará. No entanto, a espécie foi flagrada no Parque do Cocó, em Fortaleza, por um leitor do Blog.

De hábito noturno, mas também sai da toca durante o dia, a espécie raposa-do-campo mede 60 centímetros, pesa quatro quilos e possui uma cauda com 30 centímetros de comprimento.

(Foto: Leitor do Blog)

Fortaleza se beneficia com derrotas de Remo e Cuiabá e fica a um empate da classificação

Por aqui, o Fortaleza pode comemorar. Um passo importante para a classificação.

Mesmo sem entrar em campo, o Fortaleza comemorou dois grandes resultados, na tarde deste sábado (2), diante das derrotas do Remo (1 a 2) e do Cuiabá (1 a 0), para as equipes maranhenses do Sampaio Corrêa e Moto Club, respectivamente, na penúltima rodada da fase de classificação da Série C do Campeonato Brasileiro.

Com os resultados, o Fortaleza precisa apenas de um empate, neste domingo (3), contra o Confiança, em Aracaju, para garantir presença no mata-mata, independente dos resultados da última rodada, na noite do próximo sábado (9).

Comissão que trata de alterações na “Lei do Silêncio” se reúne com músicos e donos de bares e restaurantes

A problemáticas em torno da forma de aferição dos decibéis pelos estabelecimentos e a apreensão dos equipamentos dos músicos foram as questões debatidas na Comissão Especial Vida e Arte, que trata de alterações na “Lei do Silêncio”, que esta semana se reuniu com representantes de restaurantes, bares e músicos.

“Não somos contra a Lei do Silêncio. Queremos torná-la contemporânea. Vamos alterar três itens importantes na legislação, que são demandas do profissionais em relação à distância para a medição da intensidade sonora, a unificação dos alvarás para um período de cinco anos e a grande demanda em relação ao artigo 9º da Lei 8.097, que versa sobre a apreensão dos equipamentos”, comentou o presidente da comissão, vereador Eron Moreira (PP).

Já o relator da comissão, vereador Michel Lins (PPS), afirmou que Fortaleza ganha com o debate na Câmara Municipal. “No final teremos uma cidade musical e noturna, garantindo sempre o direito do silêncio às pessoas”, ressaltou.

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (ABRASEL-CE), Rodolphe Trindade, disse que “é importante essa regulamentação para que as coisas fiquem claras, para podermos apaziguar a situação”.

A reunião contou com a participação dos vereadores Ésio Feitosa (PPL), Evaldo Costa (PRB), Dummar Ribeiro (PPS) e Guilherme Sampaio (PT). No encontro anterior, a comissão reuniu representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), Ministério Público, técnicos da Secretária de Meio Ambiente e Urbanismo (Seuma) e agentes da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis).

(Foto: Divulgação)

Grupo do Fortaleza – Botafogo/PB sai da disputa pelo G4 e ASA é o primeiro rebaixado

108 1

O Botafogo da Paraíba saiu da disputa por uma das duas vagas ainda abertas no G4 do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro, ao empatar na noite dessa sexta-feira (1º) com o ASA, em 0 a 0, no estádio Almeidão, em João Pessoa. O resultado decretou o rebaixamento do ASA para a Série D, além de agravar a situação do time paraibano, que poderá entrar na “zona da degola”, neste sábado (2), em caso de vitória do Moto Club sobre o Cuiabá, em São Luís.

Com o Botafogo fora do páreo, as duas últimas vagas serão disputadas entre Fortaleza, Remo, Cuiabá, Salgueiro e Confiança. Ainda neste sábado, o Fortaleza poderá deixar o G4, em caso de vitórias do Cuiabá e Remo, esse último sobre o líder Sampaio Corrêa, em Belém. O Fortaleza joga na noite deste domingo (3), em Aracaju, contra o Confiança, pela penúltima rodada da fase classificatória para o mata-mata.

PPA da Prefeitura prevê conclusão do IJF2, novas matrículas nas escolas, WiFi nos ônibus e R$ 1,1 bi em segurança até 2021

Salmito recebe o PPA das mãos do secretário Philippe Nottingham.

Primeiro passo do Plano Fortaleza 2040, o Plano Plurianual (PPA), entregue ontem à Câmara Municipal, prevê crescimento de investimentos de capital no orçamento da Prefeitura entre 2018 e 2021, período de sua vigência. Segundo a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), percentual destinado a investimentos deve crescer 3% em 2021, último ano do PPA – cerca de R$ 700 milhões a mais. A Câmara tem até o final do ano para aprovar o Plano – o último, contudo, foi aprovado no mês de outubro.

Titular da secretaria, Philippe Nottingham explica que a projeção de “aumento de investimento de capital” é “esforço de gestão no gastos” para se propor, em 2018, a investir “11% de todo orçamento” e, “em 2021, se dar a investir 14%”. “É a capacidade de, cada vez mais, proporcionar geração de poupança (evitar gastar de custeio) e investimento”, disse.

Em 2018, o orçamento está previsto em R$ 7,5 bilhões, somando R$ 34 bilhões nos quatro anos. Desses, 30% serão direcionados à saúde, setor com maior fatia das despesas, à frente dos 22% para educação, 10% em previdência social, 9,6% em urbanismo e mobilidade e 3,3% para segurança pública.

Cinquenta por cento do total de R$ 34 bilhões no quadriênio serão direcionados apenas para despesas com pessoal e encargos sociais – gasto de R$ 16,9 bilhões do montante.

Para a saúde, área de maior cobrança popular, o Plano projeta entrega do anexo ao Instituto José Frota, o IJF-2, e quatro policlínicas. Nottingham esclarece que obra do IJF-2 deve finalizar ainda no início de 2018, mas os “equipamentos e suprimentos devem ser implantados no fim do primeiro semestre”, dando “início por etapas” ao anexo. O abastecimento de remédios na Capital, por outro lado, é problema que deve ser resolvido “ainda neste ano”, conforme o secretário.

Ele destaca no PPA intenção de elevar taxa de alunos matricula os em educação de tempo integral de 23% (número de 2016) para 40% em 2021, reduzir a taxa de mortalidade infantil do índice de 11,7 crianças por mil nascidas vivas para 9,7 e regularizar 31.800 habitações (da campanha “Papel da Casa”).

Todos ônibus de Fortaleza, no Plano, devem ter internet WiFi em 2018 e serem climatizados em 2020.

Na entrega, o presidente da Câmara Municipal, vereador Salmito Filho (PDT), destacou a relevância do PPA, pois contempla o Fortaleza 2040 e “permite dar continuidade às políticas”, visto que também entra na gestão do próximo prefeito eleito. A Casa, agora, deve realizar audiências para debater o PPA.

(O POVO – Repórter Daniel Duarte/Foto – Divulgação)

Rede Solidariedade propõe Ficha Limpa já existente em Fortaleza

Uma campanha de moralização na ocupação de cargos públicos, no programa político da Rede Solidariedade, nesta semana, já é uma prática há cinco anos em Fortaleza. É a exigência da Ficha Limpa em cargos comissionados, na Prefeitura e na Câmara Municipal.

A proposta do partido de Marina Silva consta na Lei Orgânica do Município, desde 2012, em uma iniciativa do atual presidente do Legislativo de Fortaleza, Salmito Fiho (PDT).

Fortaleza reduz em 36% número de fumantes passivos no ambiente familiar

Os moradores da capital do Ceará estão fumando cada vez menos em casa e evitando expor familiares aos riscos do tabagismo passivo. Foi o que apontou a última edição da pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel).

Em oito anos, o índice registrou queda de 36,9% no número de fumantes passivos no domicílio, caindo de 14,6%, no ano de 2009, para 9,2% no ano passado. O dado foi divulgado pelo Ministério da Saúde, em comemoração ao Dia Nacional de Combate ao Fumo.

(Agência Saúde)

Câmara Municipal – Audiência pública discute na sexta-feira política de meio ambiente de Fortaleza

A secretária do Meio Ambiente de Fortaleza, Águeda Muniz, debate na sexta-feira (1º), na Câmara Municipal, em audiência pública, a partir das 14h30min, a política de meio ambiente proposta pela Prefeitura.

O presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara, vereador Acrísio Sena (PT), explica que a intenção é abrir espaços para que a sociedade conheça e discuta a matéria.

“É um setor fundamental da nossa cidade, que merece especial atenção”, defendeu o parlamentar.

(Foto: Divulgação)

Taxistas da Região Metropolitana debatem possibilidade de uso de faixas exclusivas no trânsito de Fortaleza

175 1

O Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI) foi pauta da reunião entre o presidente do Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp), George Valentim, e taxistas de Maranguape e Maracanaú, na sede da Empresa de Transporte Urbano (Etufor). Valentim ressaltou que o Estatuto da Metrópole nos municípios das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri serão as prioridades do Inesp.

“O Governo do Estado terá de enviar à Assembleia Legislativa os planos de desenvolvimento das duas regiões metropolitanas. Os planos deverão ser apreciados e votados pela Casa Legislativa e o Inesp, como órgão de assessoramento técnico da Assembleia Legislativa e de interlocução do Poder Legislativo Estadual com a sociedade civil, vai participar ativamente dessa elaboração”, destacou.

Valentim também requereu que os profissionais dos respectivos municípios que compreendem a Região Metropolitana de Fortaleza, trafeguem pelas faixas exclusivas e preferenciais de transportes coletivos de Fortaleza. O presidente da Etufor, José do Carmo, ficou de analisar a proposta apresentada pelo Inesp.

(Foto: Divulgação)