Blog do Eliomar

Categorias para Fortaleza

Projetos para Fortaleza – Vereadores pedirão o apoio dos senadores cearenses na liberação de recursos

Projetos de Fortaleza nas áreas de infraestrutura, capacitação profissional e de Segurança Cidadã estão com recursos, há meses, parados em Brasília, aguardando pronunciamento do Senado e do próprio Governo Federal.

Para tentar acelerar esse processo, a Câmara Municipal deverá formar uma comissão de vereadores, a partir de requerimento do presidente da Casa, Salmito Filho (PDT), e ir a Brasília solicitar empenho dos três senadores do Ceará para a liberação dos recursos.

Acidente com cinco veículos deixa uma pessoa morta e vários feridos na Santana Júnior

142 2

Um acidente resultou na colisão de cinco veículos, na av. Engenheiro Santana Júnior, bairro Papicu, na tarde desta quinta-feira, 3. De acordo com testemunhas, uma mulher, que conduzia um Range Rover no sentido Iguatemi-Alberto Sá, passou mal enquanto estava na descida de um viaduto e acabou acelerando o veículo. A Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) afirma que uma pessoa morreu no local.

O veículo colidiu com cinco carros que estavam na avenida. Ainda de acordo com a AMC, o condutor de um Classic morreu na hora. José Aluísio Correia Neto tinha 54 anos e já teve o corpo levado paro o IML. Agentes da AMC estiveram no local.

O frentista do posto de combustível, João Oliveira, relata que a condutora do Range Rover estava “desacordada” quando o veículo colidiu. “Nós pulamos pra cima para socorrer. Deu pra perceber que o condutor do Classic não estava mais vivo. A condutora (do Range Rover) foi acordando depois que o Samu chegou”, conta.

Paulo César, esposo de Lorena Bezerra, que dirigia um Punto, contou que ela conseguiu ligar pare ele logo após a ocorrência. “Ela estava com corte no cotovelo e nas pernas, e pancada no ante-braço e na panturrilha. Só fomos saber que estava tudo bem depois de levá-la ao hospital”, relatou. “Não esperei ambulância. Peguei ela nos braços e levei”. Lorena já recebeu alta.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou, por meio de nota, que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) foi acionado para o acidente, na Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10). “A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também esteve no local para realizar perícia nos veículos e demais procedimentos necessários no caso. Outras pessoas lesionadas no acidente foram encaminhadas a uma unidade de saúde”, diz a nota. A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) investiga as circunstâncias do acidente.

(O POVO Online)

Secretários municipais, sem carro oficial, ganham ajuda de custo de R$ 2,8 mil

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (2):

Com o argumento da redução de gastos, a Prefeitura retirou os carros oficiais dos secretários, mas criou uma “ajuda de custo” de até R$ 2,8 mil para que eles possam circular com seus próprios carros durante o trabalho.

Quem alerta é o vereador Guilherme Sampaio (PT). “Com simples cálculos, é possível perceber que o valor é exorbitante para trechos limitados à área geográfica da Capital. Tentamos derrubar por diversas vezes esse absurdo quando o prefeito enviou a mensagem 13/2017 para a Câmara Municipal”, queixa-se o petista.

Guilherme diz que propôs, via emenda, que o valor fosse reduzido para R$ 996,20 com reajustes de índices iguais aos aplicados aos cargos comissionados do Executivo, o que estaria mais próximo aos parâmetros de preço de litro de combustível, quilômetros rodados por semana, manutenções em veículos, dentre outros.

“Mas de nada adiantaram meus argumentos. A base de apoio do prefeito aprovou a proposta”, lamenta.

Ele estranha que isso ocorra num momento em que a Prefeitura não concedeu reajuste para os servidores.

Câmara Municipal retorna sessões nesta terça e Lei de Uso e Ocupação de Solo está na pauta do semestre

Ser considerada a Câmara Municipal mais transparente entre as capitais brasileiras foi um dos principais destaques dos primeiros seis meses deste ano da atual legislatura em Fortaleza, segundo o presidente Salmito Filho (PDT).

O estudo elaborado por meio de uma dissertação de mestrado, na Fundação Getúlio Vargas, coloca a CMFor como a Casa que tem o índice de transparência em 60%. Entre as cinco primeiras Câmaras do País, é a única da região Nordeste.

“Isso muito nos honrou para nós continuarmos avançando em todos os outros critérios do estudo. Queremos avançar cada vez mais”, disse o presidente.

Com renovação de 63% na nova legislatura, a Câmara apresentou 254 projetos de lei, 2.106 requerimentos, nove projetos de emenda à Lei Orgânica do Município, além de 18 decretos, 23 projetos de lei complementar, 17 projetos de resolução, entre outros.

Entre as principais pautas discutidas entre janeiro e junho, estão a polêmica Lei de Uso e Ocupação de Solo (Luos), as mudanças na Lei do Silêncio e o debate para a atualização da Lei Orgânica de Fortaleza.

De acordo com o presidente Salmito, a Luos, que tramita na CMF desde maio de 2016, deve ser votada na segunda semana de agosto. Os trabalhos legislativos serão retomados hoje.

A principal crítica do Ministério Público do Ceará (MPCE) é a não previsão de novas Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis) na proposta já enviada pelo Executivo. O presidente, que é aliado do prefeito Roberto Cláudio (PDT), afirmou que a gestão municipal está preparando um projeto para a regulamentação.

“Nós temos aproximadamente um ano e quatro meses que a Câmara está discutindo e debatendo. É uma lei muito importante porque ela é que define todo uso e ocupação do solo de Fortaleza”, disse.

Além da retomada da discussão da Luos e da Lei Orgânica, a Câmara vai debater a outra polêmica, a Lei do Silêncio, que já tramita na Comissão Vida e Arte.

Pelo menos três pontos podem ser modificados por questionamentos dos donos de bares e restaurantes. Uma audiência pública foi realizada em março.

Segundo Salmito, uma nova proposta de regimento interno da CMF também vai ser discutida na segunda metade do ano de 2017.

(O POVO)

Ponte dos Ingleses passará por vistoria em sua estrutura

O secretário de Turismo de Fortaleza (Setfor), Alexandre Pereira, solicitou ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE) um laudo técnico da estabilidade estrutural da Ponte dos Ingleses, conhecida como Ponte Metálica, na Praia de Iracema.

A estrutura deverá ganhar um equipamento de lazer dentro do programa de concessões da Setfor.

Segundo o presidente do Crea-CE, engenheiro civil Victor Frota, o laudo técnico é uma colaboração para população de Fortaleza e para os turistas que visitam a cidade.

(Foto: Divulgação)

Delegado Pedro Viana fala da situação da Polícia em Fortaleza nesta segunda-feira

O diretor de Polícia da Capital, delegado Pedro Viana, é o convidado desta segunda-feira (31) do programa Hora da Notícia, na rádio Assunção, a partir das 6h20min, quando debaterá a situação da Polícia em Fortaleza. Viana é o convidado do delegado César Wagner, que participa do programa às segundas-feiras e às sextas-feiras, como analista em segurança pública.

O Hora da Notícia tem o comando dos jornalistas e radialistas André Capiberibe, Luciano Cléver e Renato Abreu, em um programa voltado principalmente para a política, no horário das 5 horas às 7 horas.

Fortaleza vence com “gol relâmpago” e volta à liderança na Série C

Com um gol a menos de um minuto de partida, o Fortaleza venceu o Salgueiro/PE, neste sábado (29), no Castelão, e assumiu a liderança do Grupo da Série C do Campeonato Brasileiro. Lúcio Flávio aproveitou a “sobra” da zaga pernambucana e chutou livre de marcação. O Fortaleza poderá confirmar a liderança, caso o CSA não derrote o Botafogo/PB, no estádio Rei Pelé, em Maceió, neste domingo (30).

Mesmo que encerre a rodada na segunda colocação, o Fortaleza deu um importante passo para a segunda fase da competição, ao abrir sete pontos de diferença para a primeira equipe fora do G4, no caso o próprio Salgueiro. O Leão volta a campo na noite do próximo sábado (5), contra o ASA, em Arapiraca.

Médico lamenta situação da saúde pública no País e culpa políticos

Do Facebook do ex-vereador de Fortaleza e médico José Maria Pontes, sobre a situação nos hospitais públicos:

Fui ao Frotinha de Parangaba resolver um problema burocrático e fiquei chocado com o que vi. Trabalhei muitos anos naquela emergência e aprendi a gostar daquele hospital, apesar de todas dificuldades.

Fui à cozinha cumprimentar as cozinheiras, fui ao centro cirúrgico cumprimentar aquelas abnegadas funcionárias da enfermagem e fui à emergência cumprimentar o pessoal do plantão. E, ao entrar, tomei um susto, pois não esperava ver o que vi: mais de 60 pessoas nas macas esperando um leito, macas normais e várias macas baixinhas deixadas pelas ambulâncias que chegam com os pacientes e como não tem onde deixá-los, são obrigados a deixar os pacientes com as macas; ninguém se entendia, não dava para caminhar livremente pela emergência, pois não tinha espaço, era maca colada em maca e eu fiquei pensando: o inferno é aqui.

Conversei com o pessoal da enfermagem e pensei: que pessoal abnegado! Ao passar pelo corredor o encontrei cheio de macas que quase me impedia de caminhar e no corredor interno muita gente sendo hidratada com soro e todas sentadas em cadeiras desconfortáveis.

Quero parabenizar aqueles funcionários, dos médicos ao pessoal da limpeza por ter que tratar aqueles pacientes em um ambiente tão hostil e continuar dando conta do recado, apesar deste ministro da saúde vagabundo dizer que médicos no Brasil fazem de conta que trabalham.

Encontrei uma colega médica que estava desesperada sem saber o que fazer com aquela tragédia e pensei: se esta colega continuar trabalhando nestas condições vai morrer cedo.

Depois de muitos e muitos anos lutando, tentando melhorar a saúde pública, a vejo cada dia pior. Fiquei muito chocado com tudo que vi. Mas não terminou: estava já no carro saindo do hospital quando uma amiga de longos anos me viu, ainda na parte interna do hospital, me deu com a mão, parei o carro e ela se aproximou desesperada e me pediu para arranjar um leito para o seu filho que estava há vários dias naquela emergência, deitado em maca desconfortável, vítima de um acidente e que esperava um leito para que ele pudesse ser operado, no início fiquei sem saber o que dizer, depois resolvi explicar para aquela sofrida mãe as condições da saúde pública no nosso pais.

Quando consegui sair do hospital, vinha sozinho no carro pensando: enquanto dezenas de milhares de brasileiros se encontram naquelas condições de desespero à procura de um leito para puder se tratar, o nosso presidente está gastando bilhões e bilhões de reais para comprar parlamentares para que os mesmos votem no dia 2 de agosto na sua inocência. Este presidente traidor do povo trabalhador brasileiro e representando dos grandes banqueiros e empresários brasileiros.

Tenho nojo destes políticos que resolveram assaltar nosso país, deixando nosso povo na miséria e 14 milhões de desempregados, com a violência rondando nossas casas e os usuários do SUS morrendo por falta de uma saúde pública de qualidade.

Desculpem o desabafo, mas o que meus olhos viram, fiquei na obrigação de falar para todos meus amigos do Facebook e peço encarecidamente que cada pessoa que ler esta postagem por favor compartilhe. Temos que reagir.

“Território do crime” – Não basta somente a Polícia entrar

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (29), pelo jornalista Érico Firmo:

Diante do assassinato do jovem que não cumpriu a determinação criminosa de baixar o vidro da janela do carro ao entrar na Alameda das Palmeiras, no Ancuri, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, voltou a dizer que não há territórios aos quais policiais não cheguem.

“Não existe isso de locais em que a Polícia não vá, não entre, não atue”.

Tudo bem, mas isso é pouco. Muito pouco. Quase nada. A Polícia entrar em qualquer lugar é o mínimo, o elementar. Para além disso, teríamos instituído Estado paralelo, controle absoluto de territórios pelo crime, desmoralização do poder público. Não é desse estágio que estamos falando, felizmente.

Porém, além de a Polícia entrar, é preciso que a população entre, circule livremente e em segurança. O que vemos hoje é o crime estabelecendo regras para determinadas áreas. Quando a Polícia chega lá, a coisa muda. Mas policiais não permanecem lá para sempre. Isso é impossível. Quando se retiram, restitue-se a “lei” paralela dos que estão sempre lá.

O POVO visitou seis desses territórios. Os relatos dos moradores, em regra, dão conta de que são locais tranquilos, desde que as normas determinadas pelo domínio criminoso das áreas. É uma calma permeada pelo medo. Isso também é desmoralizante para o Estado de direito.

Explosão no Otávio Bonfim foi causada por vazamento de gás de cozinha

427 1

Moradores dos bairros Otávio Bonfim, Parque Araxá, Monte Castelo e Farias Brito ouviram na noite dessa sexta-feira (28) uma forte explosão, como se fosse uma queima de transformador de energia ou colisão de veículos. O estrondo, no entanto, foi causado pela explosão de um botijão de gás, diante do acionamento de um interruptor de luz.

O acidente ocorreu em um prédio residencial, na rua Rúbia Sampaio com a avenida Domingos Olímpio, no Otávio Bonfim, após o morador de um dos apartamentos não perceber o vazamento de gás.

Uma criança, uma mulher e quatro homens ficaram feridos. Em uma primeira avaliação do Corpo de Bombeiros, a estrutura do prédio poderá estar comprometida.

(Foto: Leitor do Blog)

Fortaleza sofre com briga entre facções criminosas

277 1

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (29):

Virou piada entre a turma da bandidagem, e até mesmo entre especialistas, a informação da Secretaria da Segurança Pública do Ceará (SSPDS) de que não há bairros em Fortaleza onde a lei é a das facções.

No Morro do São Tiago, Parque Leblon 1 e 2 e no Gueto, na Barra do Ceará; no Coqueirinho e Mangueira, no Curió, e em áreas da Sapiranga e Lagamar, para citar alguns lugares, a ordem é entrar sem capacete se tiver de moto. Também impera a de andar no carro de vidros baixos.

No Ancuri, por exemplo, onde o motorista Guilherme Silva, da Uber, foi assassinado, segue o mesmo código. As quadrilhas se protegem dessa forma dos inimigos.

No fim de 2015, quando O POVO falou da pacificação das facções, a SSPDS também riu. Mas a torcida é para que a polícia ria por último. Sempre.

Falando em lei da bandidagem, oficiais de justiça de Fortaleza decidiram em documento: não cumprirão mais mandados nos conjuntos Tasso Jereissati e Tancredo Neves. Por causa do fim da paz entre facções do pedaço.

Anuário do Ceará – “É o amágama da diversidade cearense, que une elementos, que une as diferenças”, diz Luciana Dummar, durante lançamento

“Este País só vai renascer através da educação. O Anuário é um grande instrumento para que crianças, professores e sociedade fiquem atualizados sobre o nosso Ceará”.

A observação é da presidente do Grupo de Comunicação O POVO, Luciana Dummar, nessa quinta-feira (27), no Viriato Buffet, no Parque Manibura, durante o lançamento do Anuário do Ceará 2017/2018. A publicação é a mais antiga em circulação no Estado, com cerca de 150 anos, mas há 15 anos reformulada pelo grupo de Comunicação O POVO, este ano com 640 páginas em 11 capítulos.

“O Anuário é o amálgama da diversidade cearense, que une elementos, que une as diferenças”, completou Luciana Dummar.

Para o prefeito Roberto Cláudio, o Anuário “apresenta perspectivas, cenários e é útil para pesquisas e análises precisas e isentas”.

Já o governador Camilo Santana o Anuário “já faz parte da vida do povo cearense, com uma riqueza de conteúdo é infindável”.

(Fotos: Paulo MOska)

Lei do Silêncio – Cidadão, órgãos públicos e entidades poderão sugerir alterações até 31 de agosto

Com o propósito de ouvir as entidades representativas dos músicos e artistas, órgãos públicos do meio ambiente, Polícia Militar, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entidades da área de turismo e demais representantes da sociedade civil, a Câmara Municipal de Fortaleza instalou nessa quarta-feira (26) a Comissão Especial Vida e Arte que vai analisar possíveis mudanças na chamada Lei do Silêncio, em vigor há 20 anos.

“Nossa intenção é atualizar a lei, assegurando esse direito de ter tranquilidade a todo cidadão de Fortaleza, ao mesmo tempo garantir que profissionais como, músicos, compositores e intérpretes possam ter suas atividades profissionais garantidas”, afirmou o presidente do Legislativo de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), que estabeleceu até o dia 31 de agosto o prazo para que a sociedade possa colaborar com sugestões e opiniões à Lei do Silêncio.

“Estamos com esse compromisso de ouvir todas as partes para possíveis alterações na Lei do Silêncio. Não somos contra a Lei do Silêncio, pelo contrário. Ela é muito importante para a nossa sociedade”, comentou o vereador Dr. Eron, presidente da comissão, que ficou formada ainda pelos vereadores Michel Lins (PPS), Evaldo Costa (PRB), Eliana Gomes (PCdoB), John Monteiro (PDT), Ésio Feitosa (PPL) e Guilherme Sampaio (PT).

Participaram da solenidade de instalação da comissão a promotora de Justiça, Jaqueline Faustino; Tenente Coronel Mota, comandante do Batalhão da Polícia de Meio Ambiente; Davi Maciel, promotor de Direito Ambiental da OAB, Tony Maranhão, presidente da Ordem dos Músicos do Brasil, Secção Ceará; Rodolphe Trindade, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Ceará (Abrasel-CE); José Valdo Mesquita, da Secretaria de Turismo do Ceará; Ítalo da Costa, representando a Associação dos Fiscais do Município de Fortaleza; Vinícius Medeiros, representando as promotorias de Justiça e Defesa da Saúde Pública; Herberson Rozamato, presidente da Associação Cearense dos Músicos; Elaine Pereira Bezerra, da Comissão de Saúde da OAB; Antônio Alves Morais Neto, presidente do Sindicato de Bares, Restaurantes e Barracas de Praia do Estado do Ceará; Nádia Santos Costa, gerente de normalização e valorização da AGEFIS e Daniel Domingos, representando o Sindicato dos Músicos.

(com informações da Agência Fortaleza / Foto: Divulgação)

20 anos de vigência – Salmito instala nesta quarta-feira comissão que debaterá a Lei do Silêncio

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), instalará, às 15 horas desta quarta-feira (26), a Comissão de Apoio Técnico e Legislativo, conhecida como Vida e Arte, que passará a debater a Lei do Silêncio. Neste ano, essa lei completa duas décadas de vigência.

Para Salmito, é preciso debater com clareza, com franqueza, a situação dos músicos na cidade de Fortaleza no que trata as leis sob todos os níveis.

“A nossa cidade tem no grande potencial turístico um dos seus principais potenciais econômicos. Dar as costas a essa realidade nos desfavorece, pois faz parte do nosso dia a dia e nossa história”, ressaltou o presidente do Legislativo de Fortaleza, que, no início de junho, presidiu audiência pública que discutiu com músicos e presidentes de sindicatos e associações da categoria os problemas que os artistas enfrentam com a lei, em vigor há 20 anos. De acordo com os músicos, a lei não mais se adequa à realidade das grandes cidades.

A comissão terá como integrantes os vereadores Eron Moreira (PP), Ésio Feitosa (PPL), Jonh Monteiro (PDT), Eliana Gomes (PCdoB), Michel Lins (PPS), Evaldo Costa (PRB) e Guilherme Sampaio (PT).

(Foto – Divulgação)

Câmara Municipal de Fortaleza discute Lei do Silêncio na terça-feira

A Comissão de Apoio Técnico e Legislativo da Câmara Municipal de Fortaleza discute na terça-feira (25), a partir das 15 horas, a Lei do Silêncio, que neste ano completa duas décadas de vigência.

Para o presidente da Comissão, vereador Eron Moreira (PP), o lei necessita ser rediscutida, após a cidade se transformar em 20 anos.

“A gente vai realizar um debate produtivo, que vai encaminhar pelas grandes mudanças, principalmente respeitando a Lei do Silêncio. Aqui ninguém é contra a Lei do Silêncio. Somos favoráveis aos trabalhadores da noite, que estão tendo seus equipamentos apreendidos”, comentou Eron Moreira.

(Foto: Divulgação)

Fora de casa – Fortaleza “acorda” na Série C e volta a vencer após quatro jogos

Após quatro jogos sem vitória na Série C do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza voltou a mostrar o bom futebol do início da competição e derrotou o Botafogo da Paraíba, na noite dessa sexta-feira (21), em pleno estádio Almeidão, em João Pessoa, por 2 a 0, com gols de Bruno Melo, um em cada etapa da partida.

Com o resultado, o Fortaleza mantém a vice-liderança do Grupo A, com 18 pontos, cinco a mais que os dois primeiros times na boca do G4, Remo e Cuiabá, que jogam na segunda-feira (24), contra o ASA e o Confiança, respectivamente.

O Fortaleza volta a campo no próximo sábado (29), no estádio Presidente Vargas, diante do Salgueiro/PE.

Praça do Ferreira – Cartão postal de Fortaleza segue ocupada por pessoas em situação de rua

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (21):

A Praça do Ferreira, um dos cartões postais do Centro de Fortaleza, virou mesmo um dormitório a céu aberto. O local, que concentra muito da história da Cidade e congrega gente em torno de um comércio bem animado, mesmo em tempos de crise, está tomado por moradores de rua.

Nada contra essa gente que, de certa forma, paga o preço pela injustiça institucionalizada, mas isso faz o cidadão indagar: cadê a Prefeitura, que não resolve o problema?

Ali, há famílias disputando espaços nas galerias e sob a marquise de lojas para esparramar colchões velhos. Claro que há também aqueles tragados pelo crack e um rastro diário de mau cheiro que transforma a praça num mar de ureia.

Aliás, há Secretaria Regional Centro, há Secretaria do Desenvolvimento Social e existem, enfim, vários órgãos municipais operando. Mas essa agenda de abandono, que atinge também a Praça José de Alencar, insiste em continuar fora das prioridades.

DETALHE – A foto é de 2015, mas a situação ainda é a mesma.

Fortaleza tem madrugada de chuva pelo segundo dia seguido

O fortalezense foi surpreendido com a segunda madrugada seguida de chuva, nesta sexta-feira (21), com a temperatura mínima na casa dos 22°C, uma das mais baixas do ano, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Apesar da previsão de chuva também nesta manhã, o calor deverá voltar no período na tarde, na casa dos 31°C. Mesmo assim, este mês a temperatura tem sido abaixo da média do ano, diante do inverno no Hemisfério Sul.

No próximo mês, com o início dos ventos fortes, Fortaleza deverá aliviar o calor, diante de uma máxima em torno de 30°C.

Nesta sexta-feira, de acordo com a Funceme, há possibilidade de chuva em todo o Ceará.

Fortaleza 2040 – Eudoro recebe maior comenda da FCDL

O superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana, recebeu na noite desta quinta-feira (29), no Theatro José de Alencar, o troféu Clóvis Rolim, a mais alta comenda da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL).

Eudoro se disse bastante emocionado com a homenagem e dividiu o reconhecimento com a própria FCDL e também com a CDL, diante da participação das duas entidades no projeto Fortaleza 2040.

“Um projeto dessa natureza tem que ser profundamente articulado com todas as políticas para que haja um resultado positivo para a cidade”, comentou Eudoro.

(Foto: Paulo MOska)

Procurador da Lava Jato diz em Fortaleza que destino do País não será mudado, enquanto sociedade for passiva

Demonstrando simpatia com todos e respostas na ponta da língua sobre questões polêmicas da Lava Jato, o procurador Deltan Dallagnhol proferiu palestra na Fiec, na noite desta quinta-feira (20), lotando dois auditórios.

Ele criticou a passividade da sociedade e disse que nosso destino não será mudado enquanto não tomarmos decisões voltadas a isso. Nesse sentido, disse que a Lava Jato e apenas um momento dessa mudança necessária.

Antes da palestra, Dallagnhol recebeu os jornalistas e respondeu as perguntas sobre Lula, parcialidade, Temer entre ourtos assuntos.

(Foto: Paulo MOska)