Blog do Eliomar

Categorias para Fortaleza

Beira Mar – Capitão Wagner pede coerência no caso da agressão de policial contra advogada

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=TRPliUv2otg[/embedyt]

Em postagem no Facebook, o deputado estadual Capitão Wagner (PR) sugere que o caso da agressão contra uma advogada, por parte de um oficial da Polícia Militar, na Beira Mar, não seja movida pelo ódio de ambas as partes. Confira:

Nem a morte de mais um policial, nem o número recorde de homicídios, nem o ataque a mais uma agência bancária, nem as eleições na França ou a final do campeonato cearense chamou tanto a atenção nas redes sociais, como a ocorrência da Beira Mar. Eu não estava lá e por isso não posso fazer juízo de valor.

De um lado as pessoas querendo justificar a ação do capitão Alan postavam a suposta ficha da advogada querendo dizer que ela respondia uma série de crimes (a grande maioria das pessoas que recebeu não teve o trabalho de ler o cabeçalho que dizia que naqueles crimes a mulher supostamente era a vítima). Aos defensores da advogada, a punição para o capitão Alan deveria ser o fuzilamento: bandido, covarde e outras expressões foram usadas para definir um profissional de segurança, que dedica seu pouco tempo de folga para dar aulas em projetos sociais e que é reconhecido na sua comunidade, localizado na periferia de Fortaleza, como alguém que lutou e venceu na vida.

Como disse: nós não estávamos lá, então vamos aguardar a apuração, e torcer para que a justiça seja feita. Quem acredita no capitão Alan não precisa agredir a advogada. Quem acredita na advogada não precisa esquecer o passado e os antecedentes do capitão Alan. Quem acredita na Justiça Divina ore para que as pessoas sejam mais tolerantes.

Apuração justa, rápida e coerente, eu defendo.

Dia do Trabalhador terá três protestos em Fortaleza

Centrais sindicais contrárias às reformas trabalhista e previdenciária voltam às ruas nesta segunda-feira (1º) para protestar contra as medidas econômicas que tramitam no Congresso Nacional. As mobilizações, que devem ocorrer em todo o País, têm como mote o Dia do trabalhador.

Em Fortaleza, a programação começa às 8 horas, na sede do Sindicato dos Bancários (Centro), com um debate das propostas que devem compor o Plano Popular de Emergência da Frente Brasil Popular e o lançamento político do Congresso Extraordinário da Central Única dos Trabalhadores no Ceará (CUT-CE). João Pedro Stedile, do MST, é um dos conferencistas.

Ainda nesta manhã, às 9 horas, o grupo Crítica Radical fará um encontro para uma “análise crítica do trabalho”. O evento, que vai ter a ajuda de textos para as reflexões da mobilização, reunirá trabalhadores na Praça da Gentilândia, no Benfica.

À tarde, por volta das 15 horas, haverá mobilização no aterro da Praia de Iracema. O ato unificado, com a participação das centrais sindicais CUT, CTB, CSP Conlutas, Intersindical, CSB, Força Sindical, Nova Central e das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo vai reivindicar a mudança nos textos das duas reformas que envolvem nova legislação para as regras trabalhistas e previdenciária.

Cidade Sustentável – Banco Mundial aprova empréstimo de US$ 73 mi para Fortaleza

O programa Fortaleza Cidade Sustentável, da Prefeitura de Fortaleza, recebeu reforços significativos na noite desse sábado (29), em Washington (EUA), a partir da aprovação de um empréstimo equivalente a US$ 73,3 milhões (cerca de R$ 233 milhões), pela Diretoria Executiva do Banco Mundial.

Os recursos, que serão aplicados em parceria com investimentos municipais, fomentarão o desenvolvimento de ações sustentáveis no cenário urbanístico, econômico e social. Nesse sentido, a Prefeitura desenvolverá, por meio das secretarias de Urbanismo e Meio Ambiente, de Finanças e de Infraestrutura, além da Cagece e da Agefis, projetos integrados para assegurar melhorias na balneabilidade dos corpos hídricos, na rede de esgotamento sanitário e na intensificação da fiscalização em domicílios e imóveis estrategicamente localizados.

“Serão implantadas ações na Bacia da Vertente Marítima, que corresponde à orla de Fortaleza. Lá, haverá o maior impacto no tocante às ações, que buscam atingir a balneabilidade da praia e dos corpos hídricos por meio de várias ações. Teremos não somente um grande programa de desenvolvimento econômico, porque fomentará a atividade turística da nossa cidade, como, também, a gente vai proporcionar ao nosso cidadão locais adequados para banho, favorecendo o lazer e o entretenimento da nossa população”, disse a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz.

“As atividades apoiadas pelo nosso financiamento vão melhorar a qualidade de vida da população mais pobre e promover o desenvolvimento econômico, gerando empregos, oportunidades para os jovens e incentivando a formação de comunidades. Esse é o tipo de desenvolvimento urbano integrado que gostaríamos de ajudar as cidades brasileiras a pôr em prática”, afirmou Martin Raiser, Diretor do Banco Mundial para o Brasil.

(Prefeitura de Fortaleza)

Câmara Municipal de Fortaleza homenageia o Dia do Jornalista

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou nesta semana Sessão Solene em comemoração ao Dia do Jornalista, que transcorreu no dia 7 deste mês. A homenagem foi proposta pelo vereador Evaldo Costa (PRB), que presidiu a solenidade. As placas comemorativas homenagearam cinco personalidades: jornalista Messias Pontes (in memoriam), representado por seu filho, o radialista e historiador Carlos Pontes; jornalista Cid Carvalho; radialista Antônio Viana; jornalista Eugênia Nogueira e o jornalista e professor Ronaldo Salgado.

“Deve-se ao jornalista a importante missão de levar à população as informações. O jornalista não se conforma com a injustiça; não aceita o que não é certo”, disse o autor do requerimento, vereador Evaldo Costa.

Em nome dos homenageados falou o jornalista e ex-senador Cid Carvalho. Ele disse ser um momento de grande satisfação o fato dos vereadores decidirem apoiar de forma unânime a homenagem aos jornalistas. “Essa homenagem é legítima, pois vem do povo que é quem elege os parlamentares. O eleito tem uma aura uma benção de Deus”, disse.

Cid Carvalho falou da situação atual do país e destacou que estão retrocedendo nos avanços conquistados pela Constituição de 1988 para os trabalhadores.

“Hoje sou um homem indignado pelo o que está acontecendo no Brasil. Pelo povo enganado, pelos sentimentos despertados. Nós como jornalistas, temos que estar vigilantes. Não podemos deixar que o Brasil enverede por um caminho de perda de liberdade. Eu como constituinte escrevi a estabilidade do servidor, uma coisa linda, uma pérola. A Constituição da voz, da manifestação, do conhecimento humano. Não podemos deixar que essas conquistas sejam enterradas”, ressaltou.

(Agência Fortaleza)

Monsenhor Tabosa terá reforço policial aumentado em 50%

Duplas de policiais militares passarão a circulam diariamente na avenida Monsenhor Tabosa, em seus 700 metros de extensão. O reforço policial, em 50%, foi acertado nesta semana em reunião com a Associação de Lojistas da Monsenhor Tabosa (Almont), com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ronaldo Viana, além do comandante do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), tenente-coronel Teófilo Lobo.

Segundo Teófilo Lobo, também há policiamento motorizado e o serviço de inteligência da PM, que visa atuar na prevenção de ocorrências.

Segundo a presidente da Almont, Márcia Sérgio, ainda está prevista a abertura de uma unidade da Casa do Turista, por meio da Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor). O espaço é voltado para a recepção dos turistas onde é possível repassar informações sobre a cidade, transporte, praias, hotéis e restaurantes.

Maior corredor comercial a céu aberto da América Latina, a avenida Monsenhor Tabosa foi este mês transformada em corredor turístico, diante do projeto do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT).

A avenida deverá ser incluída ainda no projeto de revitalização da Praia de Iracema, quando receberá incentivos fiscais para atração de empresas, programação cultural, parcerias público-privadas para investimentos e a criação de uma Zona de Interesse Turístico.

(Foto: Divulgação)

Ônibus são abordados pelo Sintro para não circular

23 2

Integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Ceará (Sintro) abordam ônibus, desde o início da manhã desta sexta-feira (28), para que os veículos não circulem e que motoristas e cobradores participem da paralisação nacional.

Segundo o diretor do Sintro, Benedito Santos, a participação do Sintro da greve geral tem como objetivo protestar contra as reformas da Previdência e trabalhista.

“A greve vai continuar em todos os setores. Estamos em greve. Foram determinadas (as paralisações) nas garagens, não sabemos o que pode acontecer. No primeiro momento, (o movimento) vai começar pelas garagens. Esperamos alguma posição das centrais que coordenam todos os sindicatos que estão aderindo à greve”, disse o sindicalista durante ação em frente à garagem da empresa Vega.

(Com O POVO Online)

Dentistas, enfermeiros e farmacêuticos decidem aderir à paralisação nacional

Cirurgiões-dentistas, enfermeiros e farmacêuticos do município de Fortaleza decidiram em assembleia unificada pela participação da greve geral convocada pelas Centrais Sindicais, contra as reformas da Previdência e Trabalhista.

O ato nacional está marcado para esta sexta-feira (28), e, em Fortaleza, terá como ponto de concentração a Praça Clovis Beviláqua, também conhecida como Praça da Bandeira, no Centro, a partir das 8 horas.

População em situação de rua – “Desafio para nós, cristãos, e maior ainda para o poder público”, diz Salmito

“Esse é um projeto diferente, um olhar para as pessoas em situação de rua. É um desafio para nós, cristãos, e maior ainda para o poder público. E, quem sabe, sendo uma experiência vitoriosa possa ser replicada em mais bairros e comunidades”, disse o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), ao apresentar o projeto de indicação que institui a Política Municipal para a População em Situação de Rua e cria a Equipe Multidisciplinar de Abordagem Social. A proposta surgiu a partir do Pacto por Fortaleza e do Pacto em Ação, que debateu com a população os principais problemas da cidade.

“O objetivo principal do meu projeto é assegurar os direitos sociais da população em situação de rua, criando condições para promover a garantia de seus direitos fundamentais. É restabelecer o vínculo comunitário, social. E o poder público voltar a viabilizar as oportunidades sociais que todos nós tivemos, sobretudo por causa da nossa base familiar. O rompimento com o vínculo comunitário é uma das principais causas da violência urbana no Brasil e no mundo. E a população em situação de rua, se não trabalhada, pode agravar o fenômeno da violência. Agora, se bem trabalhada, a situação é completamente diferente”, comentou.

Ao ressaltar que a gestão do prefeito Roberto Cláudio tem trabalhado bastante pela população em situação de rua, destacando alguns projetos, como os abrigos e pousadas sociais, Salmito propõe agora uma equipe multidisciplinar de abordagem social, que contará com psicólogos e assistentes sociais, que trabalhará para restabelecer o diálogo com os moradores em situação de rua e estabelecer alguns vínculos perdidos, como o vínculo familiar e comunitário.

“Vamos conversar com vários órgãos, como o CDL e a Fecomércio. Fazer uma política pública para a população e oferecer o ‘Consultório de Rua’. Vamos restabelecer vínculos sociais e comunitários para a população em situação de rua. Tenho convicção e sensibilidade do compromisso do prefeito. Levaremos esse projeto pessoalmente a ele. Mostraremos que o ‘Consultório de Rua’ tem recurso do Ministério Público, e quem sabe, em um futuro próximo, teremos uma situação melhor para a população em situação de rua”, afirmou o presidente do Legislativo de Fortaleza.

Salmito Filho destacou que o perfil da população em situação de rua em Fortaleza é bastante diferente do que muitos imaginam. “Cerca de 80% das pessoas em situação de rua são do sexo masculino, 42% resolveram morar na rua por conta de rompimento de vínculo familiar e 71% têm uma atividade remunerada, trabalhando no mercado informal”.

Turismo e Cultura – Fortaleza conhece investimentos em grandes eventos do Recife e Salvador

Representantes da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria de Turismo (Setfor), Secretaria de Cultura (Secultfor), Secretaria de Governo (Segov) e da Coordenação de Publicidade e Marketing, foram recebidos nessa terça-feira (25) pela secretária de Turismo, Esporte e Lazer de Recife, Ana Paula Vilaça, para conhecer experiências da Prefeitura de Recife na captação de recursos e patrocínios para grandes eventos. Ainda nesta semana, a comitiva seguirá para Salvador.

“O ponto alto da reunião é a troca de informações sobre grandes eventos. Trocamos experiências e convidamos os colegas de Recife para conhecer os projetos exitosos do prefeito Roberto Cláudio”, comentou o secretário executivo do Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, que esteve acompanhado de Paola Braga (Secultfor), Liana Borges (Segov) e João Uchoa (Publicidade e Marketing).

(Foto – Divulgação)

Salmito apresenta nesta quarta-feira proposta para experiência social em Fortaleza

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), apresentará, na manhã desta quarta-feira (26), no Plenário do Legislativo Municipal, uma proposta de experiência social para a cidade.

Apesar dos detalhes serem apresentados somente no Grande Expediente da sessão desta quarta-feira, Salmito adiantou que a proposta possui como base dados, diagnósticos e experiências semelhantes e bem sucedidas em algumas grandes cidades brasileiras.

“Apresentarei tal proposta no plenário da Câmara para os colegas vereadores e para os veículos de comunicação com o intuito de receber sugestões para levarmos ao prefeito Roberto Cláudio uma sugestão que poderá ser realizada e criar uma referência social e comunitária em nossa Fortaleza”, comentou.

(Foto – Câmara Municipal)

Empresário tricolor manda recado para o presidente do Fortaleza

O empresário João Soares Neto, que passou a infância e a adolescência como frequentador assíduo da sede do Fortaleza Esporte Clube, faz um desabafo contra a atual situação tricolor. Confira:

Fui, sem querer, profético no começo do ano, quando afirmei que se o Fortaleza desprezar os jogadores e treinadores locais, acabará perdendo para o Ferroviário, uma legião estrangeira. Ao presidente Jorge Mota, algumas reflexões:

  1. Demita esse treinador fujão e, agora, perdedor.
  2. Faça um time com gente daqui e que saiba – ou queira saber – da história do Fortaleza.
  3. Jogou dinheiro fora com jogadores sem amor, exceto ao dinheiro.
  4. Gente daqui tem capacidade de superação.
  5. Teimosia não combina com a sua inteligência.

Entregamos o tricampeonato. O Castelão vazio mostrou o descrédito a um modelo falido.

João Soares Neto

A Praia do Futuro e suas barracas

Em artigo no O POVO deste sábado (22), a Doutora em Geografia Ambiental pela Universidade Sorbonne e pós-Doutora em Geomorfologia Costeira pela Universidade da Flórida, Vanda de Claudino Sales, observa que são décadas de convívio com as barracas da Praia do Futuro, quando poucas praias no mundo oferecem a segurança, o lazer e os serviços à beira do mar. Confira:

As praias e áreas adjacentes que perfazem os chamados terrenos de marinha são de propriedade da união, sendo, portanto, de uso comum. Nesse sentido, não podem ser objeto de ocupação para usufruto privado, exceto nos casos em que a União faz cessão e autoriza a ocupação. Na Praia do Futuro, litoral leste de Fortaleza, um certo número de equipamentos, as denominadas “barracas de praia”, receberam autorização por parte do Serviço de Patrimônio da União para instalação e funcionamento. No entanto, com frequência, os que receberam a outorga ampliaram a área de ocupação da faixa de praia para além do permitido. Outros tantos ocuparam a área sem a devida autorização. Assim fazendo, os proprietários das barracas destruíram as dunas frontais e privatizaram a praia, além de produzirem poluição (por meio de esgotos e acúmulo de resíduos sólidos), impedirem o livre acesso à área de uso comum e destruírem a paisagem natural e o horizonte marinho.

Mas essa realidade pode também ser vista sob outro ângulo: as barracas de praia, apesar desses problemas, são hoje parte da cultura do fortalezense. São décadas de convívio com essas estruturas, de forma tal que o domingo na Praia do Futuro saboreando frutos do mar com os pés brincando na areia solta faz parte das atividades de número bastante significativo de pessoas, tanto habitantes da Cidade quanto turistas eventuais. Poucas praias no mundo – talvez nenhuma! – oferecem o prazer, a tranquilidade, a segurança, o lazer, a recreação, os serviços e o aconchego à beira do mar como o faz a Praia do Futuro.

Assim, não parece sensato a investida legal que ora se organiza, visando à retirada das barracas. Cabe coibir os inúmeros e abusivos excessos, fazer valerem as outorgas tal qual elas são liberadas, definir impostos e taxas de uso, organizar plano de manejo de resíduos sólidos, providenciar instalações sanitárias adequadas, criar condutas de uso do espaço pelo conjunto da população e pelos proprietários das barracas e definir corredores para reconstrução de dunas fixas e visualização do horizonte marinho. As barracas de praia são parte da cultura da Cidade e representam uma cadeia econômica, social e turística importante. A Cidade sem elas ficará, com certeza, mais pobre, triste e descaracterizada.

Reaproximação do PT com o grupo Ferreira Gomes não será da noite para o dia

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (22), pelo jornalista Érico Firmo:

A confirmação de Acrísio Sena como novo presidente do PT em Fortaleza deve desencadear série de movimentos dentro do partido que merecem ser acompanhados de perto. O mais importante a ser observado diz respeito à administração Roberto Cláudio (PDT) e, com isso, o grupo Ferreira Gomes inteiro.

O PT municipal, até então sob hegemonia do grupo da ex-prefeita Luizianne Lins, apoiou o governo Cid Gomes (PDT) desde a eleição, em 2006, até 2012. O rompimento partiu dos aliados de Cid, justamente para que lançassem Roberto Cláudio a prefeito. Esse foi o fator para se afastarem e é o ponto mais crítico na relação entre as forças.

Pela forma como o PT funciona, a reaproximação não vai acontecer da noite para o dia nem será abrupta. Porém, o obstáculo que havia na interlocução entre o partido e o grupo Ferreira Gomes se transforma em ponte. A própria relação com o governo Camilo Santana, do próprio partido, fica desobstruída. O que não significa que deixará de haver resistências internas. O grupo de Luizianne segue forte e expressivo. A derrota foi por impressionantes três votos.

No Dia da Terra, Câmara Municipal de Fortaleza faz campanha em favor do meio ambiente

251 1

Uso do papel reciclado, coleta seletiva do lixo e o plantio de novas mudas no jardim da sede são algumas das ações em favor do meio ambiente praticadas pela Câmara Municipal de Fortaleza.

Por meio do programa Câmara Ambiental, criado desde 2009, na primeira gestão do atual presidente Salmito Filho (PDT) à frente da Mesa Diretora, a proposta sugere uma cidade melhor para as gerações futuras, a partir da conscientização ecológica da atual geração.

TCM impõe derrota ao presidente Domingos Filho por cometer ilegalidade contra Prefeitura de Fortaleza

Em artigo enviado ao Blog, o universitário Rodrigo Santos Almeida destaca ação do Pleno do TCM, que anulou ato do próprio presidente Domingos Filho, contra a Prefeitura de Fortaleza. Confira:

Um fato ocorrido, nesta semana, chamou a atenção pela simples razão de que o Pleno dos Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará anulou um ato do próprio presidente do TCM, Domingos Filho, em função deste presidente ter incorrido em uma ilegalidade com viés de grave abuso de poder discricionário contra a Prefeitura de Fortaleza.

O presidente do TCM enviou, no último dia 5 de abril, ofício que determinava a realização de uma “Inspeção Especial” com amplitude para toda a administração da Capital cearense. Ocorre que, de acordo com a legislação brasileira e normas do regimento do próprio Tribunal, a fiscalização na modalidade “Inspeção Especial” somente pode ocorrer se, de fato, existir alguma denúncia grave com objeto específico de fiscalização ou fato determinado e que demande urgência em sua apuração. Fatos que devem ser cumulativos, concomitantes.

É exatamente neste ponto que vem-se a configurar a ilegalidade do ato do presidente do TCM, Domingos Filho: não existe nenhuma denúncia grave ou fato determinado contra a Prefeitura de Fortaleza.

A atitude de Domingos Filho também foi considerada abusiva contra o interesse público em função de que o formato da suposta fiscalização ocasionaria grave paralisação de obras e atividades cruciais de servidores da prefeitura, justamente em um período do ano em que a população mais precisa dos serviços públicos na sua maior capacidade.

De acordo com os autos do processo, a Prefeitura de Fortaleza, sempre esteve aberta a todos os atos de fiscalização, lembrando inclusive que é única capital do país a receber o Prêmio Mérito Brasil de Governança e Gestão Pública do Tribunal de Contas da União, tendo sido igualmente considerada, no ano passado pelo próprio TCM, como o município mais transparente do Ceará.

A medida do conselheiro Domingos Filho, além de incorrer em caminhos da ilegalidade, também ocasionaria um gasto extra desnecessário ao Tribunal, gerando desperdício de recursos públicos tendo em vista que estaria a promover a execução de uma carga adicional de trabalho injustificado, quando se sabe bem que todos os atos da Prefeitura de Fortaleza irão, obrigatoriamente, ser submetidos à fiscalização, dentro dos trâmites corretos e legais, como sempre tem sido, no bojo da prestação de contas anual.

Enquanto o presidente Domingos Filho, que é primo do deputado estadual Odilon Aguiar, pai do deputado federal Domingos Neto e esposo da ex-prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, derrotada nas eleições do ano passado, buscou promover uma fiscalização ilegal contra a Prefeitura de Fortaleza, outros municípios considerados aliados da plataforma política da sua família não estariam recebendo encaminhamentos tão rigorosos de fiscalização em que a lei, de fato, não apenas permite como, de fato, exige.

É válido lembrar que a Constituição Brasileira considera também como ilegal o uso de instituições e recursos públicos com finalidades não republicanas e que apresentam na sua essência uma motivação de cunho e interesses pessoais. A sociedade cearense e a população brasileira exigem, a cada dia, mais respeito no âmbito pessoal e das instituições, além de atitudes verdadeiramente morais e éticas dos gestores e representantes públicos, especialmente daqueles que fazem parte dos órgãos que deveriam, acima de tudo, proteger as leis e a devida aplicação dos recursos públicos.

Uma reflexão derivada desse fato não pode deixar de ser feita: seria o ato contra a Prefeitura de Fortaleza apenas uma retaliação contra um aliado do grupo político que o derrotou na disputa pela Presidência da Assembleia ou uma prática condenável que estaria a mirar gestores municipais do nosso Estado?

Fica o alerta: se o presidente do TCM, Domingos Filho, (recém-chegado àquela Casa) estaria a cometer essa atitude com relação ao gestor da Capital, o que não poderá fazer com municípios menores? De alentador, a constatação de que a maioria dos membros do egrégio Tribunal está vigilante na defesa da instituição sem capitular diante de possíveis arroubos autoritários de um dirigente de plantão.

Roberto Cláudio defende ordenamento das barracas da Praia do Futuro

O prefeito Roberto Claudio (PDT) defendeu, na manhã deste sábado (22), em entrevista ao jornalista Evandro Nogueira, na Radio Verdes Mares, a permanência das barracas da Praia do Futuro “dentro de um ordenamento que permita o usufruto por toda a comunidade e com regras claras sobre que espaço cada barraca pode ocupar”.

Roberto Cláudio informou que sexta-feira (28) haverá uma reunião para discutir a questão das barracas entre a Prefeitura, Câmara Municipal de Fortaleza, Governo do Estado, Ministério Público Federal, Secretaria do Patrimônio da União, Advocacia-Geral da União e barraqueiros da Praia do Futuro. O encontro seria na segunda-feira (24), mas foi adiado por causa da visita da equipe da FRAPORT, empresa que vai administrar o Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Sobre a feira da José Avelino, Roberto Cláudio anunciou que no dia 15 de maio serão iniciadas as obras de urbanização, com paisagismo, iluminação e pavimentação, tanto na própria José Avelino como ainda na avenida Alberto Nepomuceno. O prefeito lamentou que alguns políticos tentam tirar proveito da paralisação da feira, por conta das obras, ao estimular uma resistência contra o que foi acordado por todos em reunião na Justiça Federal.

(Foto – Divulgação)

Veículos são incendiados ao lado de delegacia no Conjunto Esperança

Dois homens incendiaram dois veículos, na manhã deste sábado (22), ao lado do 19º Distrito, no Conjunto Esperança. Os veículos haviam sido apreendidos pela Polícia. Após o ataque, os suspeitos seguiram rumo ao bairro José Walter.

Segundo a Polícia, um dos suspeitos teria sofrido queimaduras pelo corpo e necessitaria de atendimento médico. A Polícia busca identificar em hospitais e unidades de saúde os atendimentos por queimadura.