Blog do Eliomar

Categorias para Fortaleza

Dentistas, enfermeiros e farmacêuticos decidem aderir à paralisação nacional

Cirurgiões-dentistas, enfermeiros e farmacêuticos do município de Fortaleza decidiram em assembleia unificada pela participação da greve geral convocada pelas Centrais Sindicais, contra as reformas da Previdência e Trabalhista.

O ato nacional está marcado para esta sexta-feira (28), e, em Fortaleza, terá como ponto de concentração a Praça Clovis Beviláqua, também conhecida como Praça da Bandeira, no Centro, a partir das 8 horas.

População em situação de rua – “Desafio para nós, cristãos, e maior ainda para o poder público”, diz Salmito

“Esse é um projeto diferente, um olhar para as pessoas em situação de rua. É um desafio para nós, cristãos, e maior ainda para o poder público. E, quem sabe, sendo uma experiência vitoriosa possa ser replicada em mais bairros e comunidades”, disse o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), ao apresentar o projeto de indicação que institui a Política Municipal para a População em Situação de Rua e cria a Equipe Multidisciplinar de Abordagem Social. A proposta surgiu a partir do Pacto por Fortaleza e do Pacto em Ação, que debateu com a população os principais problemas da cidade.

“O objetivo principal do meu projeto é assegurar os direitos sociais da população em situação de rua, criando condições para promover a garantia de seus direitos fundamentais. É restabelecer o vínculo comunitário, social. E o poder público voltar a viabilizar as oportunidades sociais que todos nós tivemos, sobretudo por causa da nossa base familiar. O rompimento com o vínculo comunitário é uma das principais causas da violência urbana no Brasil e no mundo. E a população em situação de rua, se não trabalhada, pode agravar o fenômeno da violência. Agora, se bem trabalhada, a situação é completamente diferente”, comentou.

Ao ressaltar que a gestão do prefeito Roberto Cláudio tem trabalhado bastante pela população em situação de rua, destacando alguns projetos, como os abrigos e pousadas sociais, Salmito propõe agora uma equipe multidisciplinar de abordagem social, que contará com psicólogos e assistentes sociais, que trabalhará para restabelecer o diálogo com os moradores em situação de rua e estabelecer alguns vínculos perdidos, como o vínculo familiar e comunitário.

“Vamos conversar com vários órgãos, como o CDL e a Fecomércio. Fazer uma política pública para a população e oferecer o ‘Consultório de Rua’. Vamos restabelecer vínculos sociais e comunitários para a população em situação de rua. Tenho convicção e sensibilidade do compromisso do prefeito. Levaremos esse projeto pessoalmente a ele. Mostraremos que o ‘Consultório de Rua’ tem recurso do Ministério Público, e quem sabe, em um futuro próximo, teremos uma situação melhor para a população em situação de rua”, afirmou o presidente do Legislativo de Fortaleza.

Salmito Filho destacou que o perfil da população em situação de rua em Fortaleza é bastante diferente do que muitos imaginam. “Cerca de 80% das pessoas em situação de rua são do sexo masculino, 42% resolveram morar na rua por conta de rompimento de vínculo familiar e 71% têm uma atividade remunerada, trabalhando no mercado informal”.

Turismo e Cultura – Fortaleza conhece investimentos em grandes eventos do Recife e Salvador

Representantes da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria de Turismo (Setfor), Secretaria de Cultura (Secultfor), Secretaria de Governo (Segov) e da Coordenação de Publicidade e Marketing, foram recebidos nessa terça-feira (25) pela secretária de Turismo, Esporte e Lazer de Recife, Ana Paula Vilaça, para conhecer experiências da Prefeitura de Recife na captação de recursos e patrocínios para grandes eventos. Ainda nesta semana, a comitiva seguirá para Salvador.

“O ponto alto da reunião é a troca de informações sobre grandes eventos. Trocamos experiências e convidamos os colegas de Recife para conhecer os projetos exitosos do prefeito Roberto Cláudio”, comentou o secretário executivo do Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, que esteve acompanhado de Paola Braga (Secultfor), Liana Borges (Segov) e João Uchoa (Publicidade e Marketing).

(Foto – Divulgação)

Salmito apresenta nesta quarta-feira proposta para experiência social em Fortaleza

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), apresentará, na manhã desta quarta-feira (26), no Plenário do Legislativo Municipal, uma proposta de experiência social para a cidade.

Apesar dos detalhes serem apresentados somente no Grande Expediente da sessão desta quarta-feira, Salmito adiantou que a proposta possui como base dados, diagnósticos e experiências semelhantes e bem sucedidas em algumas grandes cidades brasileiras.

“Apresentarei tal proposta no plenário da Câmara para os colegas vereadores e para os veículos de comunicação com o intuito de receber sugestões para levarmos ao prefeito Roberto Cláudio uma sugestão que poderá ser realizada e criar uma referência social e comunitária em nossa Fortaleza”, comentou.

(Foto – Câmara Municipal)

Empresário tricolor manda recado para o presidente do Fortaleza

O empresário João Soares Neto, que passou a infância e a adolescência como frequentador assíduo da sede do Fortaleza Esporte Clube, faz um desabafo contra a atual situação tricolor. Confira:

Fui, sem querer, profético no começo do ano, quando afirmei que se o Fortaleza desprezar os jogadores e treinadores locais, acabará perdendo para o Ferroviário, uma legião estrangeira. Ao presidente Jorge Mota, algumas reflexões:

  1. Demita esse treinador fujão e, agora, perdedor.
  2. Faça um time com gente daqui e que saiba – ou queira saber – da história do Fortaleza.
  3. Jogou dinheiro fora com jogadores sem amor, exceto ao dinheiro.
  4. Gente daqui tem capacidade de superação.
  5. Teimosia não combina com a sua inteligência.

Entregamos o tricampeonato. O Castelão vazio mostrou o descrédito a um modelo falido.

João Soares Neto

A Praia do Futuro e suas barracas

Em artigo no O POVO deste sábado (22), a Doutora em Geografia Ambiental pela Universidade Sorbonne e pós-Doutora em Geomorfologia Costeira pela Universidade da Flórida, Vanda de Claudino Sales, observa que são décadas de convívio com as barracas da Praia do Futuro, quando poucas praias no mundo oferecem a segurança, o lazer e os serviços à beira do mar. Confira:

As praias e áreas adjacentes que perfazem os chamados terrenos de marinha são de propriedade da união, sendo, portanto, de uso comum. Nesse sentido, não podem ser objeto de ocupação para usufruto privado, exceto nos casos em que a União faz cessão e autoriza a ocupação. Na Praia do Futuro, litoral leste de Fortaleza, um certo número de equipamentos, as denominadas “barracas de praia”, receberam autorização por parte do Serviço de Patrimônio da União para instalação e funcionamento. No entanto, com frequência, os que receberam a outorga ampliaram a área de ocupação da faixa de praia para além do permitido. Outros tantos ocuparam a área sem a devida autorização. Assim fazendo, os proprietários das barracas destruíram as dunas frontais e privatizaram a praia, além de produzirem poluição (por meio de esgotos e acúmulo de resíduos sólidos), impedirem o livre acesso à área de uso comum e destruírem a paisagem natural e o horizonte marinho.

Mas essa realidade pode também ser vista sob outro ângulo: as barracas de praia, apesar desses problemas, são hoje parte da cultura do fortalezense. São décadas de convívio com essas estruturas, de forma tal que o domingo na Praia do Futuro saboreando frutos do mar com os pés brincando na areia solta faz parte das atividades de número bastante significativo de pessoas, tanto habitantes da Cidade quanto turistas eventuais. Poucas praias no mundo – talvez nenhuma! – oferecem o prazer, a tranquilidade, a segurança, o lazer, a recreação, os serviços e o aconchego à beira do mar como o faz a Praia do Futuro.

Assim, não parece sensato a investida legal que ora se organiza, visando à retirada das barracas. Cabe coibir os inúmeros e abusivos excessos, fazer valerem as outorgas tal qual elas são liberadas, definir impostos e taxas de uso, organizar plano de manejo de resíduos sólidos, providenciar instalações sanitárias adequadas, criar condutas de uso do espaço pelo conjunto da população e pelos proprietários das barracas e definir corredores para reconstrução de dunas fixas e visualização do horizonte marinho. As barracas de praia são parte da cultura da Cidade e representam uma cadeia econômica, social e turística importante. A Cidade sem elas ficará, com certeza, mais pobre, triste e descaracterizada.

Reaproximação do PT com o grupo Ferreira Gomes não será da noite para o dia

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (22), pelo jornalista Érico Firmo:

A confirmação de Acrísio Sena como novo presidente do PT em Fortaleza deve desencadear série de movimentos dentro do partido que merecem ser acompanhados de perto. O mais importante a ser observado diz respeito à administração Roberto Cláudio (PDT) e, com isso, o grupo Ferreira Gomes inteiro.

O PT municipal, até então sob hegemonia do grupo da ex-prefeita Luizianne Lins, apoiou o governo Cid Gomes (PDT) desde a eleição, em 2006, até 2012. O rompimento partiu dos aliados de Cid, justamente para que lançassem Roberto Cláudio a prefeito. Esse foi o fator para se afastarem e é o ponto mais crítico na relação entre as forças.

Pela forma como o PT funciona, a reaproximação não vai acontecer da noite para o dia nem será abrupta. Porém, o obstáculo que havia na interlocução entre o partido e o grupo Ferreira Gomes se transforma em ponte. A própria relação com o governo Camilo Santana, do próprio partido, fica desobstruída. O que não significa que deixará de haver resistências internas. O grupo de Luizianne segue forte e expressivo. A derrota foi por impressionantes três votos.

No Dia da Terra, Câmara Municipal de Fortaleza faz campanha em favor do meio ambiente

373 1

Uso do papel reciclado, coleta seletiva do lixo e o plantio de novas mudas no jardim da sede são algumas das ações em favor do meio ambiente praticadas pela Câmara Municipal de Fortaleza.

Por meio do programa Câmara Ambiental, criado desde 2009, na primeira gestão do atual presidente Salmito Filho (PDT) à frente da Mesa Diretora, a proposta sugere uma cidade melhor para as gerações futuras, a partir da conscientização ecológica da atual geração.

TCM impõe derrota ao presidente Domingos Filho por cometer ilegalidade contra Prefeitura de Fortaleza

Em artigo enviado ao Blog, o universitário Rodrigo Santos Almeida destaca ação do Pleno do TCM, que anulou ato do próprio presidente Domingos Filho, contra a Prefeitura de Fortaleza. Confira:

Um fato ocorrido, nesta semana, chamou a atenção pela simples razão de que o Pleno dos Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará anulou um ato do próprio presidente do TCM, Domingos Filho, em função deste presidente ter incorrido em uma ilegalidade com viés de grave abuso de poder discricionário contra a Prefeitura de Fortaleza.

O presidente do TCM enviou, no último dia 5 de abril, ofício que determinava a realização de uma “Inspeção Especial” com amplitude para toda a administração da Capital cearense. Ocorre que, de acordo com a legislação brasileira e normas do regimento do próprio Tribunal, a fiscalização na modalidade “Inspeção Especial” somente pode ocorrer se, de fato, existir alguma denúncia grave com objeto específico de fiscalização ou fato determinado e que demande urgência em sua apuração. Fatos que devem ser cumulativos, concomitantes.

É exatamente neste ponto que vem-se a configurar a ilegalidade do ato do presidente do TCM, Domingos Filho: não existe nenhuma denúncia grave ou fato determinado contra a Prefeitura de Fortaleza.

A atitude de Domingos Filho também foi considerada abusiva contra o interesse público em função de que o formato da suposta fiscalização ocasionaria grave paralisação de obras e atividades cruciais de servidores da prefeitura, justamente em um período do ano em que a população mais precisa dos serviços públicos na sua maior capacidade.

De acordo com os autos do processo, a Prefeitura de Fortaleza, sempre esteve aberta a todos os atos de fiscalização, lembrando inclusive que é única capital do país a receber o Prêmio Mérito Brasil de Governança e Gestão Pública do Tribunal de Contas da União, tendo sido igualmente considerada, no ano passado pelo próprio TCM, como o município mais transparente do Ceará.

A medida do conselheiro Domingos Filho, além de incorrer em caminhos da ilegalidade, também ocasionaria um gasto extra desnecessário ao Tribunal, gerando desperdício de recursos públicos tendo em vista que estaria a promover a execução de uma carga adicional de trabalho injustificado, quando se sabe bem que todos os atos da Prefeitura de Fortaleza irão, obrigatoriamente, ser submetidos à fiscalização, dentro dos trâmites corretos e legais, como sempre tem sido, no bojo da prestação de contas anual.

Enquanto o presidente Domingos Filho, que é primo do deputado estadual Odilon Aguiar, pai do deputado federal Domingos Neto e esposo da ex-prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, derrotada nas eleições do ano passado, buscou promover uma fiscalização ilegal contra a Prefeitura de Fortaleza, outros municípios considerados aliados da plataforma política da sua família não estariam recebendo encaminhamentos tão rigorosos de fiscalização em que a lei, de fato, não apenas permite como, de fato, exige.

É válido lembrar que a Constituição Brasileira considera também como ilegal o uso de instituições e recursos públicos com finalidades não republicanas e que apresentam na sua essência uma motivação de cunho e interesses pessoais. A sociedade cearense e a população brasileira exigem, a cada dia, mais respeito no âmbito pessoal e das instituições, além de atitudes verdadeiramente morais e éticas dos gestores e representantes públicos, especialmente daqueles que fazem parte dos órgãos que deveriam, acima de tudo, proteger as leis e a devida aplicação dos recursos públicos.

Uma reflexão derivada desse fato não pode deixar de ser feita: seria o ato contra a Prefeitura de Fortaleza apenas uma retaliação contra um aliado do grupo político que o derrotou na disputa pela Presidência da Assembleia ou uma prática condenável que estaria a mirar gestores municipais do nosso Estado?

Fica o alerta: se o presidente do TCM, Domingos Filho, (recém-chegado àquela Casa) estaria a cometer essa atitude com relação ao gestor da Capital, o que não poderá fazer com municípios menores? De alentador, a constatação de que a maioria dos membros do egrégio Tribunal está vigilante na defesa da instituição sem capitular diante de possíveis arroubos autoritários de um dirigente de plantão.

Roberto Cláudio defende ordenamento das barracas da Praia do Futuro

O prefeito Roberto Claudio (PDT) defendeu, na manhã deste sábado (22), em entrevista ao jornalista Evandro Nogueira, na Radio Verdes Mares, a permanência das barracas da Praia do Futuro “dentro de um ordenamento que permita o usufruto por toda a comunidade e com regras claras sobre que espaço cada barraca pode ocupar”.

Roberto Cláudio informou que sexta-feira (28) haverá uma reunião para discutir a questão das barracas entre a Prefeitura, Câmara Municipal de Fortaleza, Governo do Estado, Ministério Público Federal, Secretaria do Patrimônio da União, Advocacia-Geral da União e barraqueiros da Praia do Futuro. O encontro seria na segunda-feira (24), mas foi adiado por causa da visita da equipe da FRAPORT, empresa que vai administrar o Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Sobre a feira da José Avelino, Roberto Cláudio anunciou que no dia 15 de maio serão iniciadas as obras de urbanização, com paisagismo, iluminação e pavimentação, tanto na própria José Avelino como ainda na avenida Alberto Nepomuceno. O prefeito lamentou que alguns políticos tentam tirar proveito da paralisação da feira, por conta das obras, ao estimular uma resistência contra o que foi acordado por todos em reunião na Justiça Federal.

(Foto – Divulgação)

Veículos são incendiados ao lado de delegacia no Conjunto Esperança

Dois homens incendiaram dois veículos, na manhã deste sábado (22), ao lado do 19º Distrito, no Conjunto Esperança. Os veículos haviam sido apreendidos pela Polícia. Após o ataque, os suspeitos seguiram rumo ao bairro José Walter.

Segundo a Polícia, um dos suspeitos teria sofrido queimaduras pelo corpo e necessitaria de atendimento médico. A Polícia busca identificar em hospitais e unidades de saúde os atendimentos por queimadura.

Cidadania e Saúde – Roberto Cláudio cumpre agenda no Edson Queiroz neste feriadão

O prefeito Roberto Cláudio assina neste sábado (22), a partir das 9 horas, a ordem de serviço pare reforma da Praça da Juventude Genésio Queiroz. O espaço de lazer será totalmente revitalizado, com a recuperação do piso em pedra portuguesa e do meio-fio, reforma da quadra poliesportiva, instalação de novos bancos e iluminação em luz banca, além de serviços de paisagismo, pintura e limpeza.

A Praça da Juventude ganhará uma Academia ao Ar Livre, que dispõe de aparelhos de ginástica para incentivar a prática de atividades físicas e melhorar a qualidade de vida da comunidade. Também será instalado um parquinho infantil do projeto Praça Amiga da Criança. As obras têm como objetivo estimular a cidadania e a convivência familiar, além de integrar os moradores da área ao espaço público, à cidade e ao meio ambiente.

Em seguida, ainda no bairro Edson Queiroz, Roberto Cláudio dará posse aos 33 novos Monitores do Posto de Fortaleza, na Unidade de Atendimento Primário Matos Dourado. No local, o prefeito visita as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que tem previsão de entrega para maio deste ano.

Os 33 novos monitores realizarão a escuta dos usuários nos equipamentos de Saúde como forma de implementar um melhor atendimento, reduzindo o tempo entre a ocorrência das solicitações e a solução.

Cada monitor ficará responsável por três ou quatro postos de saúde, acompanhando os processos realizados nos centros de saúde e as condições estruturais das unidades. Eles são os responsáveis por encaminhar as demandas à coordenação do projeto para agilizar a resolução dos questionamentos, antecipar problemas, agir preventivamente, ou de forma rápida, seja no abastecimento, quebra de equipamento, ou demais problemas que surgirem.

O programa, iniciado em novembro de 2015, cobrirá toda a rede de saúde primária, que conta com 109 postos espalhados por toda a Capital.

(Prefeitura de Fortaleza)

Fortaleza amanhece com chuva e temperatura cai nos próximos dias

Fortaleza amanheceu este sábado (22) com chuva e trovoadas, como há semanas a cidade não via. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a chuva deverá persistir durante todo o dia, o que diminuirá o forte calor que castiga Fortaleza desde o início do mês.

A chuva também deverá se manter nesses próximos dois dias, quando a máxima da segunda-feira (24) deverá ficar nos 29°C, uma das raras vezes no ano em que a temperatura não ultrapassa a casa dos 30°C.

O Estado falhou duas vezes

69 3

Da Coluna Política, no O POVO desta sexta-feira (21), pelo jornalista Érico Firmo:

A inteligência da segurança pública do Ceará falhou, mas não apenas ela. A Polícia foi surpreendida pela inacreditável série de atentados da quarta-feira. Não foi possível antecipar-se para evitar que ocorressem. Quando estavam em curso, tampouco se conseguiu interrompê-los.

O secretário André Costa foi questionado por isso na coletiva da noite de quarta. “Hoje aconteceu um fato que a gente não conseguiu se antecipar, mas vai dizer que é uma falha? Não é. Não tem como se antecipar a toda e qualquer ação, se fizesse isso, não precisava de Polícia na rua, a gente estava resolvendo tudo”, justificou.

De fato, não dá para a inteligência resolver tudo. Até seria o desejável, mas viável não é. Não se espera algo como o departamento “pré-crime” do filme Minority Report (2002). O que admira é que ação criminosa de tão grande dimensão, de ponta a ponta da Cidade, realizado de forma quase simultânea, não tenha sido detectado antes. É exigir demais cobrar que todo crime seja antecipado. Mas, pode-se cobrar, sim, que tão grande ofensiva criminosa seja detectada antes. Foi a maior onda de ataques simultâneos que Fortaleza já viu. Se nem isso é identificado, o que é?

O secretário nega que tenha havido planejamento e considera difícil dizer que houve coordenação. Bom, não conheço mais do assunto do que ele, delegado da Polícia Federal. Não sei, porém, o quanto ele está sendo sincero e o quanto está sendo cauteloso. Ele afirmou que o mesmo grupo realizou mais de uma ação. Verdade. Porém, a proximidade de tempo deixa claro que muito mais que um grupo agiu. Isso é muito evidente. Imagino que houve planejamento, porque não é possível improvisar a maior onda de ataques da história da Capital.

Não é a primeira vez que, pelo menos em público, as forças de segurança subestimam as organizações criminosas. Isso é sempre muito perigoso. Melhor estar preparado para lidar com o crime organizado e se deparar com “pirangueiros” – como dizia o ex-secretário Delci Teixeira – do que esperar enfrentar “pirangueiros” e ter pela frente facções bem estruturadas.

Pode até ter havido grupos que viram que os ataques ocorreram, aproveitaram-se para também cometer atentados. Porém, imaginar que isso ocorreu nos mais de 20 atos criminosos pela Cidade é supor que as células criminosas estão disseminadas por toda parte. Outra hipótese, de um só grupo ter cometido número expressivo de atentados, seria desmoralizante para a Polícia. Os caras incendeiam um ônibus, outro e mais outro sem serem interceptados?

Parece-me bastante claro que houve algum nível de coordenação e o mínimo de planejamento, que não foi detectado. Isso é preocupante. Não é, entretanto, o maior problema. O problema maior é quando está consumada a onda de violência – quando se sabe que há ação orquestrada contra as forças do Estado, contra a população, em última instância – e mesmo assim não se consegue evitar novas ocorrências. Policiamento foi reforçado, viaturas passaram a acompanhar ônibus, mas os ataques persistiram. A estratégia não conseguiu antever para prevenir os atentados nem foi capaz de interromper a série de agressões 24 horas depois de desencadeada.

A inteligência, e mais que isso, falhou.

Uma das causas para esse segundo fracasso, para a Polícia não conseguir impedir ataques que eram esperados e previsíveis, está na perigosa forma de violência que foi desencadeada. É uma forma de guerrilha urbana ou de terrorismo puro e simples. Muito difícil de combater se não for com inteligência e antecipação. São grupos sorrateiros em ações fortuitas. Em muitas ações do gênero, as pessoas agem sozinhas.

Não foi o caso em Fortaleza, desde quarta-feira. Em situação tão ampla e que envolveu número significativo de pessoas, há maior possibilidade de ação preventiva. Quando as iniciativas são menos audaciosas, a repressão se torna ainda mais complicada. A onda de terror de ontem foi um pouco menos intensa que a de quarta-feira. Espera-se e torce-se para que perca força. Porém, mesmo que não como série de ataques, permanecerá o risco de pequenas ações com objetivo de afrontar o Estado e levar terror à população.

Não é o Ceará: o mundo não sabe como lidar com isso. Paris que o diga.

Exemplos! É tudo o que a população necessita

280 1

Em comentário no Blog, a advogada e leitora Goretti Ramos alerta que, enquanto autoridades se acusam, a criminalidade se une. Confira:

Vou fazer o papel da “água” e não do “fogo”, nesse momento. Fogo queima, destrói. Água é mais forte do que o fogo, pois o apaga! Água reconstrói as coisas…

Lá vai, meu povo! E alguém, aí, me faça o profundo favor de fazer chegar aos olhos dessas “pessoinhas de cabeça quente” esse meu desabafo…

Meus senhores, estou “azogada do juízo”, cabeça quente, porém não efervescente, desde a quinta-feira, 19, desmarcando compromissos por conta do medo que me invade, numa cidade onde uma minoria de meliantes consegue “desconsertar” os gestores em atitudes há muito antigas! E, por acaso, foi o primeiro, décimo, vigésimo ônibus incendiado? Foi o primeiro, décimo, sei lá quanto banco apedrejado e danificado? E os cidadãos feridos? Quantos, hein?

Há uma repetição de crimes que o meu cérebro para lá de quarentão não consegue compreender e ainda mais a mesma atitude que “deixa a desejar”, infelizmente, às nossas autoridades em tempos plenamente “plugados e conectados”, até nos presídios! Como podem?!

Por que ainda estamos dando “murros em pontas de faca”, “enxugando gelo” e não estamos vendo que essa luta contra a criminalidade do jeito que está não irá acabar nunca, a não ser com mais e mais vítimas inocentes sucumbindo nas esquinas?

Chega, meu povo! Chega! Parem vocês, homens de autoridade, com essa “briga besta”, com essa “troca de farpas”, e que não nos levará a lugar nenhum! Enquanto vocês trocam “adjetivos” entre si, o crime se especializa e faz algo que vocês não estão conseguindo fazer: unirem-se em torno de um objetivo comum, infelizmente, voltado ao mal!

Não existe nem “frouxo”, nem “moleque” de um lado ou outro! E muito menos um super-homem, apesar de que este último, coitado, dá o seu sangue, noites de sono mal dormidas e um destemor e amor à profissão que dá exemplo em vocês aí! E é isso que estamos necessitando, nesse momento angustiante: Exemplos!

Vou repetir a palavra para vocês: Exemplos! É tudo o que a população está necessitando!

E vejam se parem de dar “holofotes” aos “falatórios” em geral e parem de alimentar essa picuinha tão pequena ante a temeridade que é viver, como cidadão cearense, num estado onde sequer temos garantidos o direito à vida e o ir e vir.

Vão se redimir e, ao menos, sem demagogias, fazer uma visita ao pobre cidadão queimado e vítima maior desses dois dias: aquele trocador que teve marcado em seu corpo a violência que nos amedronta!

O recado é para vocês: governador Camilo Santana, capitão Wagner e aos demais dirigentes dessa cidade. Existe um inimigo comum bem maior do que meras disputas politiqueiras e é nele que vocês devem concentrar as forças!

Por favor, dêem-me, ao menos, o direito de sonhar com uma cidade menos “violenta” e desorganizada, ao menos nos próximos dias! Eu estou cansada…

Unam-se!!!

#NossoCearáMerecePAZ!

Ataques a ônibus – Salmito parabeniza policiais que se ofereceram para trabalho voluntário e alerta para boataria nas redes sociais

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=ZZT39ZDtlSs[/embedyt]

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), ressaltou na noite desta quinta-feira (20), por meio das redes sociais, a ação de policiais que se ofereceram para trabalhar de modo voluntário contra os ataques a ônibus na cidade.

Salmito também lamentou a divulgação de informações falsas, no Facebook e no WhatsApp, que tentam provocar pânico na população.