Blog do Eliomar

Categorias para Fortaleza

Advogado Edson Santana recebe título de Cidadão Fortalezense

O advogado Edson Santana recebe o título de Cidadão Fortalezense nesta terça-feira (4), em solenidade a partir das 19h30min. O requerimento é do presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (Pros), pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido em Fortaleza, principalmente com advogados recém-formados.

Edson Santana também é citado no requerimento pelos serviços prestados à comunidade fortalezense, em uma década, quando ajudou a criar associações e cooperativas em bairros carentes para estimular o micro empreendedorismo.

Prefeitura inaugura esta semana parque infantil na Maraponga

foto carol 150802

A primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, inaugura esta semana o primeiro dos 54 parques infantis, que foram anunciados no fim de junho.  O parque irá funcionar na praça da rua Holanda, no bairro da Maraponga, diante da instalação dos brinquedos. O local vai fazer parte do projeto Praça Amiga da Criança.

A partir da inauguração, dois novos parques serão entregues por semana. No Dia das Crianças, cada Regional irá inaugurar um parque infantil em uma grande festa. Os parques infantis e a Praça Amiga da Criança fazem parte das ações do Plano Municipal pela Primeira Infância de Fortaleza (PMPIF) que é composto de 22 termos de compromisso, em prol da criança e do adolescente do município.

“As crianças vão descobrir a cidadania através da brincadeira, aproveitando o espaço público e vamos revitalizar as praças com a presença dos adultos que acompanham essas crianças, mães, pais, mães, avós… A cidade precisa dessa integração e as crianças desse cuidado e atenção especial”, comentou Carol Bezerra.

(Prefeitura de Fortaleza)

Comerciantes denunciam que infrações ocorrem às vistas da AMC

216 3

foto turismo 150802 emcetur estacionamento

Comerciantes do Centro de Turismo (Emcetur) reclamam que motoristas ocupam o espaço destinado a paradas de ônibus de turismo, inclusive com veículos invadindo a calçada, pelo lado da rua Senador Jaguaribe. Segundo os comerciantes, em contato com o Blog, a fiscalização por parte da AMC é constante no Centro da cidade, mas nenhuma medida é adotada para coibir as infrações.

De acordo ainda com os comerciantes, os turistas têm criticado a desorganização no trânsito de Fortaleza e que se mostram perplexos com as infrações, principalmente pela presença de agentes de trânsito no local.

VAMOS NÓS – Há algo de estranho ocorrendo na fiscalização do trânsito da cidade. Todos os dias, os estacionamentos paralelos ocorrem nos principais pontos do comércio de Fortaleza, como nas ruas do Centro e na Monsenhor Tabosa, e nada – ou quase nada – acontece. Nesse sábado (1º), o fluxo de veículos ficou lento na Monsenhor Tabosa, diante de vários carros estacionados na faixa direita da avenida. Motoristas ligam os piscas, fecham seus veículos e somem em meio às lojas.

Prefeitura tem US$ 180 milhões em projetos com a CAF

Da Coluna O POVO Economia, no O POVO deste sábado (1º), pela jornalista Neila Fontenele:

O representante do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) no Brasil, Victor Ricco, visitou quinta-feira o prefeito Roberto Cláudio para fazer uma avaliação dos projetos realizados em Fortaleza em parceria com a instituição. Atualmente, a CAF financia dois programas importantes para a cidade: o projeto de drenagem e saneamento básico; e o Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste (Prodetur), através do qual foram feitas obras de revitalização em Fortaleza.

Os dois projetos representam investimentos de US$ 180 milhões para serem executados em quatros anos. Em entrevista à coluna, Victor Ricco informou que estão sendo negociados ainda novos programas, como o “Cidade com Futuro”, e que há a possibilidade de se canalizarem alguns recursos de Fundos Verdes para Fortaleza.

Ele diz que o encontro com o prefeito e com a secretária de Meio Ambiente, Águeda Muniz, foi muito produtivo. Mesmo com a crise fiscal do País e com a necessidade de apresentação de garantias da União, o diretor da CAF destaca que os projetos estão sendo bem encaminhados. Victor explica que a inadimplência dos financiamentos dos programas é zero e que o Brasil tem um ótimo relacionamento com a CAF.

Piquenique marca o segundo ano do movimento Proparque

Um piquenique comunitário, ao som da música ao vivo do grupo Rytmos, marca os dois anos do movimento Proparque, neste domingo (2), das 9 horas ao meio-dia, no Parque Rio Branco, no bairro São João do Tauape. O movimento busca mobilizar a população para usufruir o parque. Os interessados em participar podem levar algum alimento natural para dividir com outros participantes.

Nos dois anos do movimento, que ocorre no primeiro domingo de dada mês, haverá doação de livros paradidáticos ao Grupo Jbd Lagamar, que está aprimorando sua biblioteca. A organização do movimento solicita que os participantes do Proparque doem livros de literatura infanto-juvenil, preferencialmente.

Neste domingo também haverá um “chá de fralda” para o casal Clara e Agenor, ambos do Grupo Rytmos, que espera o nascimento do primeiro bebê.

A Câmara Municipal e o Centro

foto salmito 150106 cmfor

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quinta-feira (30):

Dentro da meta de contribuir para a revitalização do Centro de Fortaleza, a presidência da Câmara Municipal já estuda duas áreas em condições de abrigar sua futura sede nesse bairro: o local onde operava o antigo Beco da Poeira, hoje invadido por ambulantes e por flanelinhas que exploram o ponto como estacionamento; e a área que abriga os galpões da antiga RFFSA, mais precisamente no entorno da Praça da Estação.

O presidente da Casa, Salmito Filho (Pros), por enquanto, nada adianta sobre local, mas reitera que a mudança da Câmara Municipal para o Centro é um ato irrevogável. A atual sede – especialmente o terreno, área em ebulição imobiliária – é o grande filão para a chamada engenharia financeira do projeto.

Agosto da Vocação – Missa para 5 mil coroinhas abrirá programação na Catedral de Fortaleza

Uma missa para cinco mil coroinhas, na Catedral de Fortaleza, abrirá no sábado (1º) a programação Agosto da Vocação – Chamado do Deus, a partir das 10 horas, com celebração do arcebispo dom José Antonio. Antes, às 8 horas, os coroinhas deverão participar do momento da oração e formação.

A Missa dos Coroinhas está dentro da programação festiva do Jubileu Centenário da Arquidiocese de Fortaleza e é um aquecimento para a Jornada Vocacional de Fortaleza- JVF, que será realizada dia 30 de agosto no colégio Santa Isabel.

“Todas as atividades vocacionais terão seu ápice na Jornada Vocacional. A Missa dos Coroinhas Será um momento de formação e celebração, uma ocasião para se refletir sobre o chamado de Deus na vida de cada um”, ressaltou o padre Rafhael Maciel, responsável pela Pastoral Vocacional na Arquidiocese de Fortaleza.

Mulheres são maioria em academias de Muay Thai de Fortaleza

461 1

foto muay thai

Professor há cinco anos de Muay Thai, Marcones Nunes Júnior mostra-se surpreso ao realizar este mês uma aula somente com mulheres no tatame. A coincidência já é realidade nas academias de Fortaleza, quando o número de mulheres supera a quantidade de alunos.

Mas, quem imagina que as mulheres buscam proteção pessoal na arte marcial originária da Tailândia, poderá se impressionar com o real motivo da procura nessas férias: a perda de peso e o corpo modelado.

É o que confirma o professor Vladson do Nascimento, o Gereba, que trabalha em academias no Monte Castelo e Quintino Cunha. “Há cerca de dois anos aumentou muito a procura de mulheres pelo Muay Thai, mas o interesse maior é a perda de calorias e o corpo modelado”, comentou para o Blog.

foto muay thai 2

A desing gráfico Ana Karla Borges Pereira afirma que, apesar de não perder peso como desejaria, conseguiu reduzir as medidas. “Antes, eu vestia 42, hoje consigo usar 38”, destacou.

Já a aluna de Nutrição, Evangelina Araújo, confessa o interesse em manter as medidas do manequim 36, mas diz que o Muai Thay também acarreta em disciplina e respeito ao próximo.

Turista é espancado em assalto na avenida Beira Mar

216 1

Um turista norte-americano de 63 anos, identificado como Dilly Wayne Sprague, foi assaltado e espancado nesse domingo (26), na avenida Beira Mar, em Fortaleza. Acompanhado do filho e da esposa, a vítima foi abordada no calçadão, à altura da Casa do Turista da Beira Mar, no bairro Mucuripe.

O cunhado de Dilly contou que o casal veio ao Brasil há três dias para o casamento de um sobrinho e não estava com pertences expostos. “Ele [turistas norte-americano] reagiu quando foi abordado por três homens, que acabaram lhe ferindo no rosto, com socos. A viagem agora vai ser antecipada”, explicou José Irinei Carvalho, que é ex-prefeito de Pereiro e presidente da Aprece.

De acordo com Irineu, Dilly foi levado em um táxi para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Praia do Futuro, com vários hematomas no nariz e olhos. Em seguida, a vítima foi transferida para um hospital privado de Fortaleza. A família informou que ele usava um colar, que foi levado pelos bandidos, junto com os óculos.

O POVO Online entrou em contato com o Batalhão de Policiamento Turístico de Fortaleza (BPTur), mas o comandante informou que não houve registro dessa ocorrência. “Três adolescentes foram apreendidos por roubos no calçadão, nesse domingo, mas ainda não sabemos se são os mesmo suspeitos”, frisou o major Océlio Alves.

O exame de corpo delito será realizado pelo norte-americano nesta segunda-feira (26), ainda conforme Irineu.

(O POVO Online)

Fim de semana trágico para o futebol cearense

Em três jogos disputados neste fim de semana, no Campeonato Brasileiro, o futebol cearense somou apenas um ponto. Nesse sábado (25), o Ceará foi surpreendido pelo Mogi Mirim, em plena Arena Castelão, por 3 a 2, em partida direta contra o rebaixamento. O resultado manteve o Ceará na lanterna da Série B, com 8 pontos, metade da soma do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o ABC, adversário de terça-feira (28), pela 15ª rodada da competição.

Ainda nesse sábado, o Fortaleza cedeu o empate ao Águia de Marabá, no estádio Zinho Oliveira, nos minutos finais da partida, após estar vencendo por 2 a 0. Apesar do resultado, o Fortaleza manteve a liderança do Grupo A da Série C, com 20 pontos, um a mais que o segundo colocado, o Vila Nova.

Neste domingo (26), o Icasa foi goleado pelo Cuiabá, no estádio Romeirão, por 4 a 1. A equipe de Juazeiro do Norte segue na lanterna do Grupo A da Série C, com três pontos em nove partidas, seis atrás do primeiro clube fora da zona de rebaixamento, o Botafogo da Paraíba, que joga ainda nesta noite contra o América/RN, em João Pessoa. No próximo sábado (1º), Fortaleza e Icasa se enfrentam na Arena Castelão, a partir das 16 horas.

Pela Série D, o Guarani de Juazeiro entrou em campo, neste momento, diante do Ríver, em Teresina.

No coração de Fortaleza

Editorial do O POVO, deste domingo (26), avalia os problemas do Centro e destaca seus 60 mil empregos. Confira:

Conforme mostra a matéria publicada na edição de sexta-feira – resumo do programa Debates do Povo, da rádio O POVO/CBN -, os problemas do Centro de Fortaleza parecem não ter fim. E o que piora o estado das coisas é que os administradores – os vários que já passaram pelo Paço Municipal, das mais diversas ideologias e partidos – não demonstram ter a exata noção do que fazer para transformar o bairro em um lugar que possa oferecer uma convivência equilibrada para os que lá moram e trabalham; e, ao mesmo tempo, possibilite a todos os fortalezenses o usufruto tranquilo de suas ruas, praças, comércio e equipamentos culturais, que se espalham pelo quadrilátero central.

“Ordenamento” dos vendedores ambulantes, construção de shoppings populares, incentivo ao seu uso residencial, e encontrar solução para os sem-teto, muitos deles literalmente morando na Praça do Ferreira, são algumas propostas repetidas quando o assunto vem à tona.

A respeito da verdadeira invasão de “ambulantes”, que tomam conta de quase toda a região, o secretário da Regional do Centro, Ricardo Sales, disse que não pode simplesmente “botar para correr” as pessoas que praticam o comércio irregular. Parece óbvio que não, mas o que se pergunta aos responsáveis – não necessariamente o secretário atual – é por que as coisas chegaram a esse ponto de difícil retorno. Talvez por uma mistura de descaso e corrupção, que fecha os olhos para a primeira irregularidade, abrindo espaço para que atrás dela venha outra e mais outra.

Mutatis mutandis, é o mesmo caso de obras públicas, como praças, por exemplo, inauguradas com pomposidade, porém, deixadas ao abandono, sem maiores cuidados, até que o desmantelo completo exija uma reforma, que onera mais os cofres públicos, comparando-se com a manutenção preventiva, porém rende a publicidade de uma “reinauguração”.

De qualquer forma, mesmo padecendo de graves problemas, o Centro resiste como um dos sítios mais importantes de Fortaleza, oferecendo mais de 60 mil empregos em suas quase oito mil empresas ali instaladas.

Roberto Cláudio entrega ‘Bosque do Bem’

213 3

foto rc 150725 bosque do bem

Com uma área de 30 mil metros quadrados, o “Bosque do Bem”, no bairro São Gerardo, foi entregue na manhã deste sábado (25), pelo prefeito Roberto Cláudio. A nova praça que beneficiará a população da região é uma parceria da Prefeitura de Fortaleza com a C. Rolim Engenharia. O terreno abrigava a extinta Casa do Engenho e é o primeiro trecho do parque Rachel de Queiroz.

Durante a solenidade, o prefeito Roberto Cláudio plantou uma muda de baobá, acompanhado do empresário Pio Rodrigues, da secretária Águeda Muniz (Seuma) e Fátima Canuto, da Regional 3.

foto rc 150725 bosque do bem baobá

DETALHE – Ao falar dos benefícios da Prefeitura para essa região da cidade, o prefeito Roberto Cláudio citou este Blog como defensor da área. Para alívio dos vereadores presentes, não somos candidatos a cargo político.

(Fotos: Paulo MOska)

Da lenta revitalização que pode beneficiar o Centro

Editorial do O POVO deste sábado (25) sugere a redefinição do Centro, por parte da Prefeitura. Confira:

Depois de várias campanhas bissextas retrocedendo há cerca de 40 anos, a revitalização do Centro da capital cearense, primordialmente no viés da estética, vem sendo alcançada. Pode ser constatada pelo texto “Bairro da Cultura”, do repórter Paulo Renato Abreu (Editoria Vida&Arte, página 1, na edição de quinta-feira passada, dia 23, do O POVO. Na matéria, o autor lista diversos ícones da região, entre os quais os recém-restaurados Cineteatro São Luiz e o Theatro José de Alencar.

Entretanto, é preciso que a Prefeitura de Fortaleza redefina os limites territoriais do Centro. Até por volta de 1980, o berço da Cidade poderia ser traçado entre as avenidas Tristão Gonçalves, Duque de Caxias, Dom Manuel e Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste). Contudo, 35 anos depois, até o Mercado São Sebastião, mesmo estando mais próximo do bairro Otávio Bonfim, foi anexado informalmente ao Centro; acrescentando-se o Mercado dos Pinhões, mais perto da Praia de Iracema.

Diversos fatores contribuíram para o esvaziamento da região central como referência de Fortaleza. Em primeiro lugar, a transferência seguidamente dos três poderes estaduais da zona para outros bairros. Em segundo, a desativação da hotelaria de grande porte na região, priorizando-se a orla marítima, quando, até por volta de 1970, estabelecimentos a exemplo do Savanah, do San Pedro, do Palace e do Lord estavam nas preferências dos viajantes. A zona perdeu, inclusive, os estabelecimentos do gênero, de médio e pequeno portes, cujo endereço principal foi o Fortaleza Hotel. Há uma ideia para que o Excelsior seja reaberto como hotel-escola, o que poderá proporcionar novo sentido ao edifício, tal como aconteceu no primeiro surto de turismo da capital cearense, na década de 1970.

Entretanto, mesmo diante de muitas incertezas, o Centro ainda sobrevive por ter o comércio mais movimentado na Cidade, apesar de o setor mercantil também ter se desconcentrado em bairros distantes, primordialmente shopping centers. Alternativas para o Centro existem. Tudo indica que começaram a ser colocadas em prática.

Nova praça remove absurda homenagem ao dia do golpe dos generais

209 4

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (25), pelo jornalista Érico Firmo:

Enquanto praticamente todos os países da América do Sul que atravessaram ditaduras militares há anos julgam e punem os responsáveis por crimes cometidos com o uso da máquina governamental, o Brasil ainda ostenta homenagens ao golpe e ao regime arbitrário. A inauguração da nova Praça da Paz Dom Hélder Câmara, na Praia do Futuro, remove a antiga denominação de praça 31 de Março, absurda homenagem ao dia do golpe dos generais. É ótimo, mas ainda é pouco. Ainda há espaços públicos aos montes que remontam ao brutal regime político que suprimiu liberdades e perpetrou o arbítrio por duas décadas.

Avenidas, ruas, escolas ainda homenageiam os ditadores. O próprio gabinete do governador fica a alguns metros do monumento em homenagem ao primeiro dos presidentes do regime militar. Ficam ambos no complexo arquitetônico do palácio que leva o nome de Abolição, em referência ao pioneirismo libertador do Ceará. Perpetuar essas homenagens é uma ofensa aos que foram vítimas da violência do Estado brasileiro.

A praça que remetia ao golpe passou a se chamar Dom Hélder Câmara por projeto de decreto legislativo, assinado pelos vereadores Evaldo Lima (PCdoB), João Alfredo (Psol) e Walter Cavalcante (PMDB), este último hoje deputado estadual.

Evaldo, líder do prefeito Roberto Cláudio (Pros), apresentou ainda projeto de decreto legislativo para retirar o nome de Costa e Silva de praça no bairro Henrique Jorge. Ele propôs que o local passe a se chamar praça Pássaros Livres. Na justificativa, o vereador aponta que a proposta surgiu em articulação com moradores da área.

Iniciativas similares ocorrem em outros estados. Do mesmo partido que Evaldo, o governador maranhense, Flávio Dino, encampou iniciativa de mudar nomes de escolas que homenageavam ícones do regime militar. Há exemplos semelhantes mundo afora. Países vizinhos ao Brasil punem seus ditadores. A França, em 2011, removeu o nome da última rua que homenageava o marechal Philippe Pétain – herói da Primeira Guerra Mundial e colaborador da Alemanha nazista na Segunda Guerra.

O Brasil é um país em que a brutalidade é escamoteada. O sangue corre, mas constrói-se o mito de um pacifismo fajuto. Quando a escravidão já estava no limite do esgotamento até como modelo econômico, foi sustentada por décadas em nome de uma transição gradual que custou a vida e a liberdade de gerações. Para sustentar a monarquia, foi necessária sangrenta opressão a revoltas. Para consolidar a República, muito sangue também correu. O próprio processo de independência, tido como pacífico, envolveu mais combatente que as batalhas pela independência da América espanhola. E, na tentativa de reconstruir a democracia, busca-se apagar o inevitável conflito com o arbítrio da ditadura.

Praça Dom Hélder Câmara revitaliza trecho da Praia do Futuro

foto salmito 150723 pça dom helder

Com investimento de R$ 5,4 milhões, a Praça Dom Hélder Câmara foi entregue na noite desta quinta-feira (23), pelo prefeito Roberto Cláudio, em solenidade que contou com a presença do governador Camilo Santana; do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho; de vereadores, secretários municipais, políticos e um grande número de cidadãos,

A nova praça, onde antes ficava a 31 de Março, conta com quadras de esportes, pista de skate, mini arenas, espaço para Cooper, espaço para a prática de xadrez e damas, além de um posto da Secretaria do Esporte e Lazer do Município (Secel), do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Polícia Militar.

O ex-secretário de Turismo (Setfor) e atual presidente do Legislativo de Fortaleza, Salmito Filho, destacou o investimento da Prefeitura como forma da população ocupar os espaços urbanos da cidade. Salmito deu início à obra e, ao lado do prefeito Roberto Cláudio, conseguiu rever os recursos para a requalificação da praça.

Já o prefeito Roberto Cláudio ressaltou a obra como qualidade de vida para a população.

Ministério Público do Ceará quer rever critério para escolha de conselho tutelar

taniagurgel

O Ministério Público do Ceará enviou recomendação ao Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Fortaleza solicitando revisão dos procedimentos adotados nos preparativos para eleições de conselheiros tutelares, no dia 4 de outubro, em todo o país. O promotor Dairton Costa de Oliveira, responsável pela 7ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude, considera no documento que o conselho municipal impôs um “excesso de exigências e requisitos de caráter técnico” ao processo eletivo.

A recomendação do Ministério Público foi feita depois que um grupo de pessoas interessadas na candidatura procurou o órgão para denunciar supostas irregularidades no processo. Em Fortaleza, o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente aplicou prova de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório. De acordo com o conselho, 162 pessoas fizeram a prova e 87 foram aprovadas. Na cidade, serão escolhidos 40 conselheiros tutelares titulares e 40 suplentes.

Os reclamantes denunciaram a venda de declarações falsas atestando que candidatos trabalharam nos órgãos do Sistema de Garantia de Direitos – requisito listado no edital de convocação do processo eleitoral para os conselhos tutelares. Além disso, eles disseram que houve alteração de resultados da prova e indicações políticas. “Mesmo que não houvesse essas denúncias, ainda assim o procedimento do conselho municipal estaria errado. Quem escolhe os conselheiros tutelares é o povo. Ao ser realizada uma prova que reduziu o número de candidatos, essa escolha deixa de ser do povo e passa a ser do conselho”, disse Oliveira.

A presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, Tânia Gurgel, defende o processo seletivo em andamento. Para ela, esta é uma maneira de prover o colegiado com conselheiros habilitados e comprometidos com a função. “Nós respeitamos a posição do Ministério Público e achamos que poderia haver mais gente para concorrer às eleições, mas, lamentavelmente, só foram aprovadas 87 pessoas”, disse Tânia. Ela afirmou que tudo foi feito da melhor forma possível.

(Agência Brasil)

Prefeitura de Fortaleza lança Prêmio de Jornalismo

O prefeito Roberto Cláudio lança nesta quinta-feira (23), a partir das 9 horas, durante coletiva de imprensa no Paço Municipal, o Prêmio Prefeitura de Fortaleza de Jornalismo.

A iniciativa da Prefeitura tem como finalidade estimular jornalistas e veículos de comunicação na abordagem de temas que tratem sobre ações e políticas públicas indutoras ao processo de desenvolvimento social, socioambiental, socioeconômico e sustentável da cidade.

Todos os detalhes sobre categorias da premiação, critérios de participação, prêmios e período de inscrições serão apresentados durante a coletiva.

(Prefeitura de Fortaleza)

Espaço Cultural Correios apresenta personagens no entorno da agência do Centro

foto fotografia exposição correios

O Espaço Cultural Correios Fortaleza, na Agência Central, é palco, até o dia 12 de setembro, de uma exposição de 22 fotografias – além de vídeos documentais, em comemoração aos seus 10 anos de instalação. A exposição “Afetos Urbanos”, dos artistas e fotógrafos Marília Oliveira e Régis Amora, retrata a memória afetiva de personagens que habitam os espaços no entorno da Agência Central dos Correios de Fortaleza.

A exposição “Afetos Urbanos” conta ainda com intervenção em grafite e estêncil do grupo Acidum Project, vídeos documentais com as entrevistas desses personagens do Centro, além de oficinas, palestras e exibição de curtas.

SERVIÇO

* A visitação pode ser feita de segunda-feira a sexta-feira, das 8 às 17 horas, e aos sábados das 8 às 12 horas.

(Foto – Divulgação)

Fortaleza é sede da Mostra Brasileira de Teatro Transcendental em agosto

foto teatro transcendental

De 19 a 23 de agosto, Fortaleza será sede da 13ª Mostra Brasileira de Teatro Transcendental, no Teatro do Via Sul. O tema este ano será “Ética e cidadania: vamos usar todo dia!”. Nessa terça-feira (21), no Lar Santa Mônica, ocorreu o lançamento oficial da Mostra, que busca conquistar o público jovem.

A programação da 13ª Mostra Brasileira de Teatro Transcendental traz as peças La Nonna (MG), O Fantasma da Minha Sogra (SP), O Velório de Mamãe (CE), Cândido: uma poética espiritual (SP), PatÉticos (RJ), As Irmãs Buonanotte, além do infantil Inconto Marcado (CE), da atriz Danielle Rodrigues, que fez a Narizinho do Sítio do Pica-Pau Amarelo.

Os interessados em assistir aos espetáculos poderão adquirir seus ingressos a partir desta quarta-feira (22), nos postos de troca localizados nos shoppings Benfica, Via Sul, Aldeota e North Shopping, bem como nas sedes dos GEPES da Piedade e Água Fria. Os ingressos podem ser adquiridos por meio da troca de 2kg de alimentos não perecíveis que serão doados para sete instituições beneficentes.

(Foto – Divulgação)