Blog do Eliomar

Categorias para Futebol

Estadual 2019 – Barbalha lidera e pode garantir vaga na segunda fase na quinta-feira

92 1

A três rodadas para a final da primeira fase do Campeonato Estadual, o Barbalha lidera a competição, após empate sem gols com o Horizonte, nesse sábado (19), em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. A equipe da Região do Cariri assegura classificação para a próxima fase, na quinta-feira (24), em casa, se vencer o Floresta. Ainda na rodada de ontem, o Atlético foi surpreendido pelo Guarani de Juazeiro, em Fortaleza, por 1 a 0, enquanto o Floresta derrotou o Iguatu, fora de casa, por 3 a 2. Ceará e Fortaleza somente estrearão no campeonato na segunda fase.

Com apenas 17 anos de fundação, o Barbalha coleciona algumas façanhas, como o título da Segunda Divisão do Estadual, ano passado; a conquista da Taça Fares Lopes, em 2013; além de participação na Copa do Brasil, em 2014, eliminado na primeira fase pelo Cuiabá, após empate em casa e derrota na capital mato-grossense.

O Barbalha possui 8 pontos, seguido por Floresta (7), Ferroviário (6), Guarany de Sobral (6), Horizonte (6), Atlético (6), Guarani de Juazeiro (3) e Iguatu (0). O vencedor da primeira fase garante vaga na Copa do Brasil, enquanto os dois últimos são rebaixados para a Segunda Divisão.

(Foto: Reprodução)

Copa Nordeste – Ceará estreia goleando o Sampaio Correa pelo placar de 5 a 0

90 1

O Ceará estreou, nesta noite de quinta-feira, na Copa Nordeste, goleando a equipe do Sampaio Correa. O placar, na Arena Castelão, foi elástico: 5×0.

Marcaram gols pelo alvinegro Felipe Baxola, Vitor Feijão, Ricardinho e Ricardo Bueno (2). Foi a noite de estreantes como  Baxola, Feijão e Ricardo Bueno, contratações que tiveram a chancela do técnico Lisca.

O goleiro do Ceará não foi Everson, mas Diogo Silva, que teve pouco trabalho. Everson é flertado pelo Santos.

(Foto: Reprodução)

Junior Santos marca duas vezes e Fortaleza derrota Náutico nos Aflitos

69 2

A saudade do atacante Gustagol foi superada logo no primeiro jogo oficial do Fortaleza, este ano, após Junior Santos marcar duas vezes na vitória tricolor, na noite dessa terça-feira (15), sobre o Náutico, por 3 a 1, em pleno estádio dos Aflitos.

A partida marcou a estreia do Fortaleza na Copa do Nordeste, que passou a liderar o Grupo A, diante dos empates entre CSA e Vitória (1 a 1) e Botafogo e Santa Cruz (1 a 1). Vitória e Santa integram o grupo do Fortaleza, que volta a campo dia 27, em casa, contra o CSA.

O Ceará estreia na competição, amanhã (17), em casa, contra o Sampaio Corrêa.

(Foto: Reprodução)

Ferrão 4 a 0 – Enfim, o campeão estreou

Após duas derrotas seguidas e ocupar a lanterna do Campeonato Cearense de Futebol, o Ferroviário, campeão brasileiro da Série D, goleou o Guarni de Juazeiro, por 4 a 0, na tarde deste domingo (13), no estádio Romeirão, no Cariri. Edson Cariús, duas vezes, e Enercino, duas vezes, marcaram os gols.

Com o resultado, o Ferrão deixou a lanterna e já ocupa a quarta colocação na tabela de classificação. Os seis primeiros colocados passam para a próxima fase e se juntam a Ceará e Fortaleza.

A primeira fase é liderada pelo Atlético (ex-Uniclinic), com seis pontos, seguido por Guarany de Sobral (5), Barbalha (4), Ferroviário (3), Floresta (3), Horizonte (2), Iguatu (1) e Guaranu de Juazeiro (0).

(Foto: Arquivo)

Fortaleza está fora da Copa São Paulo ao perder para o estreante Visão Celeste

O bom futebol da meninada do Fortaleza parou na empolgação do estreante Visão Celeste, do Rio Grande do Norte, que passou à terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Junior, na manhã deste sábado (12), ao venceu o time cearense, por 2 a 1. Com o resultado, o Ceará ficou sem nenhum representante na competição, pois o Vovozinho e o Horizonte haviam sido eliminados na primeira fase.

Equipe da cidade de Paranamirim, na Região metropolitana de Natal, o Visão Celeste passou a ser a surpresa da Copinha, inclusive com o artilheiro Zé Eduardo, autor de um dos gols diante do Fortaleza.

A cidade potiguar possui o maior IDH do Rio Grande do Norte, além do terceiro maior PIB per capita, por meio de uma economia voltada para a agropecuária e indústrias, incluindo a fábrica da Coca-Cola.

(Foto: Reprodução)

Ferroviário perde a segunda no Estadual e rebaixamento já incomoda

Campeão brasileiro da Série D, o Ferroviário voltou a ser derrotado no Campeonato Estadual, na noite dessa quarta-feira (9), agora para o Guarany de Sobral, no estádio do Junco, por 2 a 0. Com a segunda derrota, em dois jogos, a equipe coral ocupa a última colocação na tabela de classificação e agora possui cinco jogos para tentar fugir do rebaixamento e garantir presença na próxima fase, quando Ceará e Fortaleza estrearão no campeonato.

A primeira fase é disputada por oito equipes, quando seis passarão para a próxima fase e dois cairão para a segunda divisão do próximo ano. Os jogos são apenas de ida.

No outro jogo dessa quarta-feira, o Floresta venceu o Guarani de Juazeiro, por 1 a 0, em Horizonte. O Ferroviário volta a campo no domingo (13), no estádio Romeirão, contra o Guarani.

(Foto: Reprodução)

Ceará perde e está fora da Copa São Paulo

91 1

O Ceará perdeu para o Andradina, na tarde desta quarta-feira (9), por 2 a 1, e está fora da Copa São Paulo de Futebol Junior. O Vovozinho precisava da vitória, após a Ponte Preta golear o Ceilândia, por 5 a 1, na partida preliminar.

Mesmo tendo que buscar o resultado, o Ceará saiu atrás no placar, por 2 a 0, e somente reagiu aos 35 minutos do segundo tempo. O Vovozinho estreou com vitória na competição (2 a 1 Ceilândia) e depois empatou com a Ponte Preta (1 a 1).

Já o Fortaleza, já classificado desde a rodada anterior, segue como único representante cearense na Copa São Paulo. Nesta tarde, o Leãozinho empatou em 1 a 1 com o Primavera. Antes, o Fortaleza goleou o Sertãozinho (4 a 0) e estreou com vitória sobre o Queimadense (2 a 0).

(Foto: Reprodução)

Horizonte é eliminado da Copinha; Ceará e Fortaleza jogam hoje

83 1

O Horizonte foi eliminado da Copa São Paulo de Futebol Junior, nessa terça-feira (8), após empatar em 1 a 1 com o Cuiabá, na última rodada da fase de classificação. A equipe cearense precisava da vitória para seguir na competição.

Já as equipes do Ceará e Fortaleza entram em campo nesta quarta-feira (9), a partir das 16 horas (horário de Brasília). O Ceará enfrenta o Andradina, enquanto o Fortaleza, já classificado, joga contra o Primavera.

(Foto: Reprodução)

Copa São Paulo – Leãozinho goleia e consegue classificação para a próxima fase

O Fortaleza goleou o Sertãozinho, por 4 a 0, na tarde deste domingo (6), pela Copa São Paulo de Futebol Junior, e assegurou classificação para a próxima fase da competição, independente do resultado do próximo jogo, quarta-feira (9), diante do Primavera, que também está classificado.

Já o Ceará empatou com a Ponte Preta, em 1 a 1, e precisa de um novo empate, na quarta-feira, diante do Andradina, para assegurar presença na próxima fase.

A situação mais delicada é a do Horizonte, que perdeu para o Francana, por 1 a 0, e agora precisa vencer o Cuiabá, na terça-feira (8), para seguir na competição.

(Foto: Reprodução)

Ferrão perde na abertura do Estadual 2019

Mesmo com o time base de campeão brasileiro da Série D, o Ferroviário foi derrotado na abertura do Campeonato Estadual deste ano, na tarde deste sábado (5), no estádio Presidente Vargas, ao ser surpreendido pelo Atlético (antigo Uniclinic), por 3 a 2.

O Ferrão deixou o primeiro tempo na desvantagem do placar, por 2 a 0, mas buscou o empate ainda nos meados da segunda etapa. Quando a torcida coral esperava a virada, o Atlético voltou a marcar e segurou o placar. O Ferroviário ainda botou uma bola na trave nos acréscimos. No outro jogo da rodada: Horizonte 1 a 1 Guarany de Sobral.

Neste domingo (6), a competição segue com Barbalha x Iguatu e Floresta x Guarni de Juazeiro. Ceará e Fortaleza somente entram no campeonato a partir da segunda fase.

(Foto: Reprodução)

Surpresa da Copinha na rodada de estreia, Horizonte encara hoje os donos da casa

Após estar vencendo o Botafogo do Rio, por 1 a 0, gol de Vinícius, até os minutos finais de partida, e permitir o empate ao time carioca, o Horizonte foi a surpresa da rodada de abertura da Copa São Paulo de Futebol Junior, quando somente o Botafogo, entre os chamados “grandes”, não venceu na estreia da competição.

Neste sábado (5), a partir das 18h45min (horário de Brasília), o Horizonte enfrenta os donos da casa, o Francana, que na estreia empatou sem gols com o Cuiabá. Duas equipes se classificam para a próxima fase.

Já neste domingo (6), a partir das 16 horas, Ceará e Fortaleza voltam a campo. As duas equipes cearenses venceram na estreia – Ceará 2×1 Ceilândia e Fortaleza 2×0 Queimadense/PB – e garantem classificação com nova vitória. O Ceará enfrenta a Ponte Preta, que na estreia empatou em 1 a 1 com os donos da casa, o Andradina. Já o Fortaleza joga contra o Sertãozinho, que na estreia foi goleado por 3 a 0 pelo Primavera.

(Foto: Reprodução)

Time do Ceará passará por check-up no Hospital Regional da Unimed

274 5

Ricardinho passou por exames ano passado.

O Ceará Sporting Clube, que mantém, há oito temporadas, parceria com a Unimed Fortaleza para realização do check-up anual de seus jogadores, repetirá a dose neste começo de ano.

Os primeiros exames de 2019 (laboratoriais, cardíacos e de densitometria óssea) já tem data marcada e serão realizados neste sábado (5), a partir das 7 horas, no Hospital Regional Unimed (HRU), para avaliar a condição física dos atletas.

De acordo com Henrique Bastos, o médico da Unimed Fortaleza responsável pelo time, por meio desses exames é possível detectar a condição de saúde dos jogadores, possibilitando um tratamento rápido caso seja identificado algum problema.

(Foto – Divulgação)

Cearenses estreiam na Copinha nesta quinta-feira

Ceará, Fortaleza e Horizonte estreiam nesta quinta-feira (3) na Copa São Paulo de Futebol Junior, que conta com 128 equipes.

Às 16, o Vovozinho pega a equipe do Ceilândia, teoricamente a mais fraca do grupo. No mesmo horário, o Leãozinho enfrenta os meninos paraibanos do Queimadense, que pela primeira vez disputa a Copinha. Às 18 horas, o Horizonte encara o favoritismo do Botafogo do Rio.

Time do Ferroviário Master em clima de festa de confraternização

O time do Ferroviário Master fez sua confraternização nessa noite de quinta-feira, no Bar Besouro Verde, no bairro Parquelândia. Sob a coordenação do ex-goleiro China não só comemorou bons resultados neste ano, em algumas competições, como também fechou cota de doação de alimentos não perecíveis.

Na ocasião, China apresentou também suas despedidas para o grupo, pois passará, ano que vem, a trabalhar em sua área – Educação Física, em Bacabal (MA).

(Foto – Paulo MOska)

Juninho renova com o Ceará

O volante Juninho deve permanecer no Ceará para a temporada de 2019. Depois de terminar o ano em alta, o nome do atleta entrou forte no mercado da bola. O jogador chegou a receber propostas de seis clubes da Série A, entre eles o Vasco, e teve futuro incerto com o fim da Série A.

Diante das especulações criadas sobre o destino de Juninho, o Esportes O POVO explica a situação que envolve o atleta e a provável permanência no Alvinegro do Porangabuçu. O volante chegou ao Vovô como reforço da temporada 2018, vindo por empréstimo do Bahia sob contrato até o fim de 2019.

O tempo do empréstimo é o mesmo do vínculo contratual que o jogador tem com o Bahia, até então dono dos seus direitos federativos. O Esportes O POVO apurou que uma cláusula no contrato firmado entre o Alvinegro e o Tricolor garantia que os baianos pudessem pedir o retorno do volante ou negociá-lo com outra equipe.

Entretanto, a cláusula previa um prazo para que o Bahia exercesse o direito sobre o atleta. O período se encerrou no último dia 15. Desta forma, Juninho formalizará um contrato definitivo com o Ceará e o Bahia não terá mais ingerência.

Procurado pelo Esportes O POVO, o presidente do Ceará, Robinson de Castro, confirmou o volante no elenco de 2019. “Juninho tem contrato. Deve ficar. O Bahia tinha até dezembro para pedi-lo de volta. Não fez, ele volta para o Ceará. Tem contrato até o fim de de 2019. Só que vai mudar a modalidade, deixar de ser empréstimo para ser definitivo”, afirmou o mandatário do Vovô.

O Esportes O POVO tentou entrar em contato com o empresário do atleta, Eduardo Uram, mas as ligações não foram atendidas.

Juninho foi anunciado como o novo reforço do Ceará no dia 13 de janeiro de 2018. A chegada do volante, natural do Rio de Janeiro, gerou grande expectativa do torcedor e da diretoria alvinegra. Junto com Wescley, o camisa 20 da equipe é considerado a principal contratação da temporada do Vovô, neste ano.

O volante começou o ano com status de titular absoluto, mas acabou perdendo espaço ao longo da temporada. O atleta passou a ser um dos principais alvos da torcida, quando o Ceará vivia seu pior momento, amargando péssimos resultados e afundando na zona de rebaixamento da Série A, no início da competição.

O volante ficou marcado negativamente pelo torcedor após erros que resultaram em gols de rivais em duelos contra o Santos, Flamengo e Grêmio. O bom futebol de Juninho foi recuperado aos poucos com a chegada do técnico Lisca, que confiou no atleta.

(O POVO – Repórter Lucas Mota/Foto – Julio Caesar)

Real Madrid goleia e conquista o sétimo mundial de clubes

O Real Madrid conquistou na tarde deste sábado (22), no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi, o sétimo título do Mundial de Clubes, ao golear o Al Ain, por 4 a 1.

O clube espanhol abriu três gols de vantagem, com Luka Madric, Lionente e Sérgio Ramos, quando Tsukasa descontou para a equipe dos Emirados Árabes, a quatro minutos para o final da partida. Yahia, contra, fechou o placar nos acréscimos.

Na disputa pelo terceiro lugar, o River Plate goleou o Kashima Antlers, por 4 a 0.

(Foto: Reprodução)

Guarany de Sobral tem nova comissão técnica, novo uniforme e novo patrocinador

351 6

O time do Guarany de Sobral apresentou para a imprensa, nas dependências do Centro Universitário Inta (UNINTA), em clima de auditório lotado, seu novo projeto de trabalho, nova comissão técnica e, também, seu novo uniforme.

Segundo a assessoria de imprensa da UNINTA, agora patrocinador master do clube, a nova comissão técnica terá à frente o técnico Anderson Batatais. O executivo de futebol será Fred Gomes, enquanto o presidente executivo será Mauro Fuzaro e o presidente do Conselho Deliberativo, Linton Torquato. O reitor da UNINTA, Oscar Rodrigues Júnior, prestigiou o ato.

Na ocasião, foram apresentados os objetivos do Guarany de Sobral para 2019 e também foram apresentados os dois modelos de uniforme, além do desenho do novo ônibus oficial. Sobre o elenco, o treinador informou que já conta com 50% do grupo treinando e realizando exames médicos. Até o final da semana, deve contar com o time praticamente fechado.

“Queremos nos classificar par a fase final do Cearense e garantir uma vaga na Copa do Brasil de 2020. Além disso, queremos atuar no Campeonato Brasileiro da Série D”, avisou o técnico Anderson Batatais.

Já Oscar Rodrigues Junior, da UNINTA, adiantou que o objetivo, ao patrocinar o clube, é trabalhar e profissionalizar o Guarany de Sobral numa perspectiva ampla, que envolva aspectos bem além dos resultados dentro das quatro linhas.

“As pessoas estão interessadas no Guarany, estão torcendo pelo Guarany. Nós vamos trabalhar dando todo o suporte técnico e profissional que possuímos com nosso Centro Universitário, além de focarmos na criação de 20 polos de categoria de base, não somente em Sobral, mas, também, em distritos, e, quem sabe, em cidades vizinhas”, adiantou Oscar Rodrigues.

(Foto – Divulgação)

O Centenário do Clássico-Rei

Para a maioria dos torcedores, é do berço que nasce uma rivalidade. A tradição de adotar um clube de futebol para amar passa de pai para filho como uma das transmissões de costumes mais certas da vida. Rejeitar o rival é parte do processo de formação de um torcedor e motiva toda grande disputa entre adversários que duelam pelo protagonismo. No Estado, Ceará e Fortaleza polarizam o embate entre as principais entidades futebolísticas, em uma rivalidade que está entre as maiores do Brasil. No dia 17 de dezembro de 1918, o Ceará vencia o Fortaleza por 2 a 0, em confronto na Liga Metropolitana. Hoje, o Clássico-Rei completa 100 anos de existência com uma trajetória marcada por muita história, grandes confrontos e episódios que ficarão para sempre nas memórias de alvinegros e tricolores.

Desde 1918, ano de fundação do Fortaleza e quando o Ceará já estava em seu quarto ano de existência, os dois clubes concorrem ao posto de “maior do Estado”. Mas a história mostra o quanto ambos são equivalentes, e um contribui para a grandeza e crescimento do outro. Se o Ceará é do tamanho que é hoje, muito deve ao Fortaleza. E o mesmo serve ao Leão em relação ao Vovô.

É certo que a rivalidade, apontada por especialistas como uma das grandes do País, é enorme desde sempre; mas, por ter mais tempo de fundação, o Ceará foi o primeiro a ter maior ascensão e consolidação. Tanto que, até a década de 1940, os grandes confrontos incluíam os duelos contra o Maguary, à época uma potência do futebol estadual. Com o fim do clube, nos anos 40, boa parte dos dirigentes e torcedores passou a ter ligação com o Fortaleza, aumentando ainda mais a rivalidade com o Ceará, como explica o historiador e pesquisador do futebol cearense, Airton de Farias.

“Os principais jogos eram entre os maiores times, os que tinham mais chances de ser campeão. Os embates entre Ceará e Fortaleza sempre chamaram atenção, embora fosse Ceará e Maguary como maior rivalidade. Na década de 40, isso mudou, e Alvinegro e Tricolor passaram a ter uma rivalidade que só aumentou e ainda cresce até hoje”, diz Airton, explicando ainda a origem do termo “Clássico-Rei” para o jogo entre os dois.

“O termo foi criado nos anos 70. Antes, quando Fortaleza e Ceará jogavam, era chamado de ‘o maior jogo do futebol cearense’, ‘Fla-Flu cearense’, ‘jogo maior’…havia vários nomes. Até que, na década de 70, os jornais começaram a referir-se como Clássico-Rei, e o termo acabou pegando”, relembra, citando outro fator que impulsionou a rivalidade.

“Até a década de 70, a disputa local era muito forte. Os times não tinham muitas pretensões de disputas nacionais. Então, o Campeonato Cearense era muito valorizado. Derrotar o rival no Estadual era a única chance de título, e Ceará e Fortaleza polarizavam essa disputa” relembra o historiador.

Para além do resultado, outros elementos extra-campo sempre fortaleceram a rivalidade. As festas das torcidas nas arquibancadas, as chamadas “rasteiras”, com a contratação de jogadores do rival, a tiração de sarro entre amigos após uma vitória sempre apimentaram a peleja. Além, claro, da contagem de títulos.

Do lado alvinegro, são 45 conquistas estaduais, uma Copa do Nordeste e dois Torneios Norte-Nordeste. No tricolor, são 41 títulos estaduais, uma Taça do Nordeste, um Torneio Norte-Nordeste e um título nacional: a Série B do Campeonato Brasileiro. Currículos de times legitimamente campeões.

Segue assim até hoje, e assim sempre será. Para cada torcedor de Ceará e Fortaleza, essa rivalidade é daquelas que nasce desde cedo e não acaba jamais.

(O POVO – Repórter André Almeida/Fotos – Mateus Dantas)