Blog do Eliomar

Categorias para Habitação

Creci/CE reforça fiscalizações contra estelionatários do mercado imobiliário

Fiscais do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci) percorrem a Capital e o Interior – em muitas ações com o apoio das Polícias Civil e Militar. Hora de coibir práticas irregulares no mercado imobiliário e identificar estelionatários.

Em março último, de acordo com o Creci, foram emitidos 196 autos de constatação, 30 autos de infração, 15 autos de infração por exercício ilegal da profissão e 19 notificações.

“A pessoa que afixa uma placa, sem o número de registro profissional, oferecendo um imóvel pode ser um proprietário, como também um contraventor. A situação é mais comum do que se imagina. Por isso, é importante sempre solicitar ao corretor de imóveis o número de inscrição dele no Conselho.”, explica o gerente de fiscalização do Creci/CE, Geovano Oliveira.,

No site da entidade é possível saber se ele é mesmo um profissional e se está, portanto, habilitado para exercer a profissão.

MPCE promove debate sobre regulamentação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano

A 11ª Promotoria de Justiça Cível do Ministério Público do Ceará, especializada em conflitos fundiários e defesa da habitação, e a 3ª e 4ª Promotorias de Justiça do Meio Ambiente e Planejamento Urbano de Fortaleza, vão promover, nesta quarta-feira, audiência pública para debater a regulamentação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano (CMDU). O encontro ocorrerá a partir de 8 horas no auditório da sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), que divulga essa informação por meio de sua assessoria de imprensa.

Diversas entidades como o Escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica Popular Frei Tito de Alencar da Assembleia Legislativa, o Laboratório de Estudos da Habitação da Universidade Federal do Ceará (LEHAB/UFC) e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), apresentaram requerimento em que solicitam que o MPCE convoque a realização de audiência pública para averiguar as inconsistências e aparentes ilegalidades do Projeto de Lei 0492/2017, que dispõe sobre a composição, atribuições, organização e financiamento do CMDU, responsável por aprovar projetos e emitir alvará de funcionamento a empreendimentos geradores de impactos em Fortaleza.

No documento, as instituições alegam que o projeto traz propostas absurdas, como a indicação de entidades do poder público nas vagas de conselheiros da sociedade civil. “Este conselho tem enorme importância para a cidade e pode afetar diretamente nas nossas vidas. Questões relacionadas à legislação urbana e ambiental assim como aprovação de projetos que podem causar impactos sociais, ambientais e territoriais devem passar pela aprovação deste”, apontam no requerimento.

Além disso, entidades argumentam que o PL 492/2017 foi enviado à Câmara Municipal sem contar com a participação da sociedade na sua elaboração, contrariando o que estabelece a Lei Nº 062/2009, que institui o Plano Diretor Participativo do Município de Fortaleza (PDP).

Ceará é incluído em programa de saneamento anunciado pelo governo federal

Em cerimônia hoje (26), no Palácio do Planalto, o governo anunciou a pré-seleção de 86 projetos de saneamento em 76 municípios de sete estados brasileiros pelo programa Avançar Cidades – Saneamento. As cidades terão acesso a R$ 2 bilhões, que serão disponibilizados por agente financeiro para viabilizar a execução dos projetos.

Os projetos pré-selecionados fazem parte da primeira fase do programa e serão executados nos estados de Mato Grosso do Sul; do Ceará; de Minas Gerais e São Paulo; do Paraná e Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. As propostas foram apresentadas por municípios, estados e concessionárias nas modalidades de abastecimento de água; esgotamento sanitário; manejo de resíduos sólidos; manejo de águas pluviais; redução e controle de perdas, estudos e projetos e planos de saneamento básico.

De acordo com o Ministério das Cidades, os investimentos serão viabilizados por recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Ao anunciar os recursos, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, informou que, em abril, na segunda etapa do Avançar Cidades – Saneamento, haverá mais R$ 3,5 bilhões para o financiamento de projetos. “Essa etapa do programa estará aberta a partir do dia 2 de abril para receber propostas para que, nos próximos meses, estejamos celebrando mais R$ 3,5 bilhões em investimentos no grupo Avançar Saneamento.”

Em discurso, o presidente Michel Temer disse que garantir o acesso da população à água e ao saneamento é levar desenvolvimento para o país e cumprir o preceito constitucional de garantir a dignidade da pessoa humana. Segundo Temer, o saneamento vai produzir efeitos benéficos para a saúde e, ao mesmo tempo, abrir “uma soma enorme de empregos, porque saneamento significa bem-estar”.

Temer afirmou que investimentos em saneamento reforçam o pacto federativo entre União, estados e municípios. Ele lembrou que a União tem promovido ações em várias áreas e citou, além do saneamento, a segurança pública. “Tivemos oportunidade, no nosso governo, de incursionar por várias áreas, inclusive entrando em uma área sensível, que há muito tempo era desejada e jamais adotada, que é a da segurança pública. Assumimos, portanto, a convicção de que essa conjugação entre União, estados e municípios reforça e ideia federativa.”

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que os investimentos em saneamento anunciados hoje ocorrem em um momento de recuperação econômica no país. “É um momento em que o Brasil se recupera da maior recessão da história. E os investimentos também, [tanto] do setor privado [quanto] da economia como um todo, se recuperam. Portanto, é um movimento em que se soma investimento público em área fundamental”, acrescentou.

(Agência Brasil)

Camilo e RC entregam unidades habitacionais no Jangurussu

O governador Camilo Santana (PT) e o prefeito Roberto Cláudio (PDT) cumprirão agenda nesta sexta-feira, a partir das 9 horas, no bairro Jangurussu. Eles vão entregar a terceira etapa do Residencial José Euclides Ferreira Gomes.

Segundo o secretário estadual das Cidades, Jesualdo Farias, serão entregues 9444 unidades habitacionais. Ele adianta que esse residencial está incluído no programa “Juntos por Fortaleza”, que congrega um pacote de projetos tocados pela parceria Estado-Prefeitura.

(Foto – Divulgação)

Retomada do Babilônia

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (12), pelo jornalista Demitri Túlio:

A retomada das obras do condomínio Babilônia, no Grande Jangurussu, está prevista para o mês de fevereiro e o prazo previsto para a conclusão, caso não surjam novos entraves jurídicos, até o final de fevereiro de 2019. A promessa é do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Via seu Coordenador de Comunicação Social, jornalista Moacir Maia, RC informou à Vertical que a previsão só não será cumprida se os recursos judiciais atrasarem o processo licitatório. Em 28/12, seis empreiteiras concorrem no certame para finalizar a construção do conjunto incluído no Minha Casa Minha Vida. Três firmas continuam no páreo e receberão R$ 14.055.517,08 pelo serviço.

Como o Babilônia foi abandonado e invadido, a princípio, teria sido difícil convencer o Ministério das Cidades a liberar os recursos.

Segundo Moacir Maia, após cadastro do Habitafor ficou acordado que 80% dos ocupantes permanecerão nos apartamentos. O condomínio popular, antes da chegada da PM/SSPDS no bairro, havia sido dominado e loteado pela facção criminosa GDE. A quadrilha utilizou, inclusive, imóveis para sequestro, julgamento e execução de inimigos. O POVO noticiou em 2017.

Índice que reajusta aluguel tem inflação de 0,75% na prévia de janeiro

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou taxa de inflação de 0,75% na primeira prévia de janeiro deste ano.

A taxa é ligeiramente mais alta do que a anotada na primeira prévia de dezembro (0,73%), segundo dados divulgados hoje (11), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Em 12 meses, o IGP-M acumula deflação (queda de preços) de 0,41%.

A alta da taxa foi influenciada pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo, cuja inflação subiu de 0,96% em dezembro para 1,03% em janeiro. O Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, manteve a mesma taxa de inflação nos dois períodos: 0,30%.

Já o Índice Nacional de Custo da Construção caiu de 0,30% na prévia de dezembro para 0,14% na prévia de janeiro. A primeira prévia de janeiro do IGP-M foi calculada com base em preços coletados entre os dias 21 e 31 de dezembro de 2017.

(Agência Brasil)

Baldy confirma entrega de 75 mil moradias do Minha Casa, Minha Vida até março

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, informou hoje (8) que o governo deve retomar este ano as obras de 70 mil unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida em todo o país que estavam paradas. Baldy manteve a previsão de entrega de 75 mil novas moradias do programa ainda no primeiro trimestre.

“Temos previsto para 2018 no orçamento do Ministério das Cidades quase R$ 70 bilhões entre FGTS [Fundo de Garantia do Tempo de Serviço] e no orçamento da União de recursos para serem investidos no Minha Casa, Minha Vida”, disse o ministro, após reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, no Palácio Guanabara, para tratar da entrega das unidades do Residencial Viver Melhor Itaboraí.

Segundo Baldy, o empreendimento com mais de 3 mil unidades em Itaboraí, no Grande Rio, está praticamente pronto, mas ainda faltam as obras para o abastecimento de água. De acordo com o ministro, o governo federal já investiu mais de R$ 220 milhões no residencial e vai destinar mais R$ 33 milhões para a obra da rede de abastecimento.

(Agência Brasil)

Temer sanciona lei que permite uso de até R$ 15 bilhões do FGTS pela Caixa

O presidente Michel Temer sancionou hoje (4), sem vetos, a lei que permite a capitalização da Caixa Econômica Federal em até R$ 15 bilhões com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O projeto, agora convertido em lei, foi aprovado no Congresso Nacional em dezembro e autoriza o Conselho Curador do FGTS a realizar contratos com a Caixa na forma de instrumentos híbridos de capital e dívida. Os contratos serão feitos por meio de resolução do conselho.

Sem o recurso, o banco poderia ter que reduzir a concessão de crédito. O objetivo é atender às normas do Conselho Monetário Nacional (CMN) para que a Caixa continue liberando crédito para operações imobiliárias ao público de baixa renda, sobretudo para o Programa Minha Casa, Minha Vida.

De acordo com o projeto aprovado no Congresso, a aplicação de recursos do FGTS fica autorizada até o dia 31 de dezembro de 2018.

A sanção ocorreu no gabinete do presidente Temer com a presença do presidente da Caixa, Gilberto Occhi, e dos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco.

(Agência Brasil)

Roberto Cláudio visita o maior empreendimento no País do Minha Casa Minha Vida

O prefeito Roberto Cláudio aproveitou a manhã deste sábado (23), véspera das festas de Natal, para fazer uma visita ao Conjunto Residencial Luiz Gonzaga, maior empreendimento no Brasil do programa Minha Casa Minha Vida, feito em parceria com entidades de movimento habitacional, localizado no Bairro Jangurussu. O conjunto que está sendo construído em Fortaleza possui 1.760 unidades habitacionais.

O prefeito esteve acompanhado de representantes da Federação de Bairros e Favelas e do Cearah Periferia, além de líderes do movimento habitacional e do secretário de Ciência e Tecnologia do Ceará, Inácio Arruda, oriundo do movimento de entidades populares de Fortaleza.

O condomínio será entregue no segundo semestre de 2018 e a visita serviu para a escolha do local onde a Prefeitura vai construir os equipamentos sociais, como creche e posto de saúde.

“No próximo ano, vamos entregar 1.760 unidades. E já estamos agilizando a construção da outra metade”, reforçou o prefeito.

O Residencial Luiz Gonzaga é composto de duas etapas, somando 3.520 unidades habitacionais. Nessa primeira fase, a obra soma R$ 130 milhões. Segundo o prefeito Roberto Cláudio, o residencial Luiz Gonzaga representa um modelo habitacional que deverá ser repetido em outros locais.

“Aqui, vamos aproveitar o que tem de estrutura da obra, canteiro e algumas áreas, para fazer um anexo de posto de saúde e escola, dentre outros equipamentos. É preciso ir além e oferecer serviço de qualidade à população”.

A implantação do Residencial Luiz Gonzaga uniu o esforço de três entidades não-governamentais: Federação das Entidades de Bairros e Favelas de Fortaleza, CearahPeriferia e Associação Habitat para a Humanidade. A Caixa Econômica é a principal instituição financiadora do empreendimento. A construção é assinada pela Fujita Engenharia.

O residencial abriga 110 blocos. Cada um deles é composto de 16 apartamentos de 47 metros quadrados. As unidades possuem banheiro adaptável, sala, dois quartos e varanda. Na área comum, serão construídos salão de festa, área de lazer, pista de skate e quadra esportiva.

(Prefeitura de Fortaleza / Foto: Divulgação)

Parceria com Eunício “com certeza vai continuar”, diz Camilo

Embora não confirme que aproximação com o presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB) vai desembocar em um palanque único nas eleições de 2018, o governador Camilo Santana (PT) defende que a parceria entre eles “com certeza vai continuar, e vai continuar pelo bem do Ceará”. Declaração foi dada ao Blog de Política, do O POVO Online, na entrega de moradias do Minha Casa, Minha Vida no município de Canindé, nesta quarta-feira, 20, ao lado do senador.

Solenidade faz parte de agenda conjunta que Camilo vem tendo com Eunício desde o evento “Juntos por Fortaleza”, quando anunciaram, no Palácio da Abolição, plano de ações para Fortaleza.

Na ocasião, Eunício admitiu que composição eleitoral era possível, “desde que não seja para beneficiar eleição de A ou de B e, sim, para que o Ceará possa continuar avançando e se desenvolvendo”.

Já o governador evita tocar no assunto e diz que as eleições são tema para o próximo ano. Sobre o evento conjunto, ele explica: “O evento é institucional, por isso estamos aqui todos juntos, para entregar esse importante empreendimento”.

(O POVO Online/Blog Política – Repórter Carlos Mazza)

Às vésperas do Natal, Temer vai entregar moradias do Minha Casa, Minha Vida

O governo decidiu promover, às vésperas do Natal, o “Dia Nacional do Minha Casa, Minha Vida”. Na quarta-feira (20), o presidente Michel Temer vai entregar 22.500 unidades habitacionais em todo o Brasil. Ministros foram escalados para se dividir pelo país nas cerimônias de entrega das chaves. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo deste domingo.

Alexandre Baldy, ministro das Cidades, calcula que aproximadamente 100 mil pessoas vão estar em suas casas próprias na festa natalina.

Mesmo com orientação médica para diminuir o ritmo de trabalho, o presidente Temer avalia ir a Maceió – a capital que receberá mais moradias–, na quarta (20), entregar 3.900 unidades do MCMV.

Roberto Cláudio sorteia 578 unidades habitacionais aos servidores municipais

O prefeito Roberto Cláudio sorteou 578 unidades habitacionais destinadas aos servidores do Município, nesta sexta-feira (15), na Câmara Municipal de Fortaleza. Com a ação, a Prefeitura subsidiará o financiamento das moradias, a serem recebidas pelos servidores municipais, no bairro Passaré.

“É a primeira vez que a Prefeitura garante sorteio de habitação aos servidores municipais. Quem está em uma faixa de renda familiar de R$ 2.600 a R$ 5.500, que é servidor e não tem casa própria, pôde se inscrever. Foram mais de três mil inscritos, sendo sorteados 578 apartamentos hoje”, afirmou Roberto Cláudio.

Os servidores sorteados receberão apartamentos de dois conjuntos habitacionais localizados no bairro Passaré que contemplam as faixas 1,5 e 3 do programa “Minha Casa, Minha Vida”. Os colaboradores ainda passarão por uma avaliação de crédito da Caixa Econômica, financiadora dos imóveis, por isso, foi gerado também um cadastro reserva na mesma ocasião.

O sorteio aconteceu por intermédio de sistema eletrônico, elaborado pelos técnicos da Fundação de Ciência Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), obedecendo critérios definidos em conjunto com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Fortaleza e é auditado pela Empresa de Tecnologia de Informação do Ceará (Etice).

Participaram do sorteio os servidores municipais de Fortaleza inscritos no cadastro específico, cuja renda familiar mensal bruta esteja entre R$ 2.600,00 e R$ 6.500,00. Entre os critérios para a prioridade no sorteio, estiveram mulheres chefes de família, moradores de áreas de risco, famílias numerosas e servidores com doenças crônicas incapacitantes. Um total de 3% das vagas foram destinadas a servidores que possuam, na família, pessoas com deficiência.

Presente no sorteio, a guarda municipal Karlianne Costa Melo foi uma das contempladas e compartilhou com alegria a concretização de um sonho. “Estou muito emocionada, muito feliz, na expectativa de receber a casa, fazer um chá de casa nova e comemorar. Foi muita coincidência, achei que não ia poder acompanhar e fui determinada para vir para cá e coincidentemente vi meu nome ali. É um sonho que está sendo facilitado pela Prefeitura, que muito provavelmente não conseguiria alcançar se não fosse por esse projeto”, comentou.

(Prefeitura de Fortaleza)

Índice usado em contratos de aluguel acumula queda de 0,68% em 12 meses

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguéis, acumula queda (deflação) de 0,68% em 12 meses, de acordo com a primeira prévia de dezembro divulgada pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Apesar da deflação acumulada, o IGP-M registrou alta de 0,73% em dezembro, taxa superior ao -0,02% da prévia de novembro.

A alta da prévia de novembro para dezembro foi provocada por aumentos nos três subíndices que compõem o IGP-M.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, passou de -0,09% na prévia de novembro para 0,96% na de dezembro. A taxa do Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, subiu de 0,03% para 0,30% no período. Já a inflação do Índice Nacional do Custo da Construção subiu de 0,29% para 0,30%.

(Agência Brasil)

Camilo e Eunício fazem festa no Crato em clima de palanque 2018

306 1

Enquanto o PT estadual baixou resolução, neste sábado, priorizando luta por uma vaga de senador, o governador Camilo Santana, ao lado do senador Eunício Oliveira (PMDB), e do vice-presidente de Habitação da Caixa, Nelson de Souza, entregou um residencial no Crato (Região do Cariri). Isso sob olhares do deputado federal José Nobre Guimarães (PT), líder da minoria na Câmara. O projeto é o Filemon Limaverde e faz parte do Minha Casa Minha Vida, contando com 982 moradias. que atenderão a cerca de 4 mil pessoas.

Eunício e Camilo, ao lado também do prefeito do Crato, Zé Aílton Brasil (PP), comemoraram a entrega do benefício em mais um ato reunindo os dois que, nessa sexta-feira, estavam em Limoeiro do Norte lançando a pedra fundamental do futuro Hospital Regional do Vale do Jaguaribe. O clima entre eles é de reaproximação política.

Camilo Santana destacou que as casas estão sendo entregues em um residencial que conta com saneamento, arruamento, iluminação pública e que, breve, disporá de transporte público, novas estradas e uma creche. Ele agradeceu a parceria do senador Eunício Oliveira em benefício da população, celebrando a organização da comunidade e o empenho dos gestores envolvidos no projeto.

Camilo fez selfie com as autoridades presentes e com populares.

“Confesso que, ao entrar na residência, me emocionei. Eu sei qual o sofrimento de uma mãe não ter hospital para levar o filho doente, ou um sertanejo não ter água para a sobrevivência de sua família. Essa é a parceria verdadeira, que, independente de questões partidárias, trabalha para melhorar a qualidade de vida das famílias cearenses. Os interesses da população estão acima das questões pessoais. O governador cumpriu o que tinha que cumprir e está apto a captar os recursos para investimento”, afirmou Eunício.

Palanque

A solenidade foi prestigiada ainda pelo deputado federal e presidente estadual do PSB, Odorico Monteiro, os deputados estaduais Danniel Oliveira, Tomaz Holanda e Agenor Ribeiro, os secretários estaduais do Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertini Clementino, de Esportes, Euler Barbosa, o reitor da Universidade Regional do Cariri, Patrício Melo, o secretário adjunto da Casa Civil, Quintino Vieira, e os prefeitos de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, de Porteiras, Fábio, de Granjeiro, João do Povo, de Mauriti, Mano Morais, de Saboeiro, Micheline, de Caririaçu, Edmilson, de Barro, Marquinélio, de Santana do Cariri, Daniele, de Salitre, Rondilson, de Várzea Alegre, Zé Hélder, de Nova Olinda, Ronaldo Sampaio.

DETALHE – José Guimarães não esconde que sonha com o Senado. Eunício quer uma vaga, mas o PDT, que apoia a reeleição do governador Camilo Santana, também quer vaga e já indiciou o ex-governador Cid Gomes. Essa disputa promete.

(Fotos – Divulgação)

Servidores municipais terão 570 moradias no Passaré

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (1º):

No próximo dia 15 de dezembro será feito o sorteio dos 570 servidores públicos municipais a serem contemplados com o primeiro programa municipal de habitação da Prefeitura de Fortaleza. Esse grupo é da ativa e ganha até R$ 5 mil mensais.

Segundo o prefeito Roberto Cláudio, o pacote dessa obra já está fechado com a Caixa Econômica Federal, com linha especial de financiamento da ordem de R$ 67,5 milhões. O Paço disponibilizará terreno, subsídios e desoneração de impostos para a concretização do empreendimento.

O prefeito destaca que “será a primeira ação, nessa área, por parte da Prefeitura”. Até o fim de 2018, as primeiras moradias vão ser entregues. As prestações serão descontadas em folha e o local desse residencial (dois condomínios), com creche, praça e outros equipamentos municipais, já está definido: bairro Passaré.

A medida chega como espécie de presente de Natal para uma categoria que ainda sonha com reajuste salarial.

Nestas férias, nada de casa engomada

Com o título “Casa segura durante as férias”, eis artigo de Amilton Saraiva, especialista em condomínios dos mais requisitados no Sudeste do País. Ele aborda a questão da segurança condominial em tempos de férias. Confira:

Férias são sempre boas oportunidades de recarregar as baterias, se divertir com os amigos ou a família e aproveitar bons momentos juntos de relaxamento e lazer. Mas imagine chegar em casa e encontrar objetos espalhados por todo chão, ou simplesmente não encontrar nada. Esta situação desagradável é muito comum de acontecer durante o período das férias escolares de janeiro, afinal, os criminosos sabem que a maioria das residências estão desprotegidas e os velhos truques para tenta enganá-los já não funcionam mais. Mas algumas medidas podem ser tomadas para evitar tudo isso.

Para pessoas que moram em condomínios (sejam de casas ou apartamentos), a dica é evitar, ao máximo, divulgar o itinerário de sua viagem para os outros. Agir com discrição pode impedir que pessoas mal-intencionadas saibam que o lar está vazio. Se for passar muito tempo fora, é importante deixar avisado o zelador e o porteiro, e também deixar uma autorização com alguém no caso de alguma pessoa ou empregado precisar entrar no seu apartamento durante a ausência. Por mais que se confie em funcionários da residência, por exemplo, faxineira ou jardineiro, eles podem inocentemente comentar com alguém de fora, que pode não ser uma pessoa bem intencionada.

A portaria conhece a rotina do condomínio, e é muito difícil os profissionais desta área não perceberem a ausência de algum morador. Por isso, é recomendável que os porteiros sejam contratados através de uma empresa terceirizada confiável, que ofereça um treinamento especializado de atendimento, discrição e segurança preventiva. A empresa, profissional e especializada, realiza contratações após verificar o histórico profissional e pessoal do porteiro e também ao investigar possíveis antecedentes criminais, sua conduta e por indicação. Quando contratados diretamente pelo condomínio, geralmente a contratação não dispõe de todos esses recursos, aumentando o risco de maus profissionais adentrarem em um ambiente onde a segurança deveria ser prezada e mantida.

Como em toda e qualquer residência, a atenção deve ser intensificada também quanto ao fechamento correto de portas, grades e janelas, e objetos valiosos precisam ser colocados em um lugar seguro e longe de serem vistos facilmente, caso ocorra alguma invasão. Para prevenir a entrada indesejada de mal-intencionados, pode-se instalar um sistema de segurança 24h, com alarmes e circuito interno de câmeras. E ainda, não é indicado deixar a luz acesa durante o tempo em que estiver fora, porque na verdade pode ser uma evidência de que não há ninguém em casa, além de poder ser um gasto desnecessário de energia. É importante, também, pedir a um vizinho ou uma pessoa de confiança para visitar sua casa sempre que for possível. Isto indica que o lar não está vazio e engana os ladrões.

Os cuidados com a segurança durante as férias não devem ser apenas quanto a ações criminosas, é crucial também se certificar de que registros de água e gás, por exemplo, foram bem fechados, para assim evitar eventuais desperdícios e acidentes. Estes procedimentos de segurança garantem tranquilidade à família que irá curtir a viagem, sem ninguém precisar se preocupar se irá encontrar surpresas desagradáveis ao voltar.

Artigo de:

Amilton Saraiva, especialista em condomínios da GS Terceirização: www.gsterceirizacao.com.br.

Ministério das Cidades libera 2,7 mil moradias para o Ceará

O Diário Oficial da União publica na segunda-feira (6) a liberação de 2.735 moradias para o Ceará, dentro do programa Minha Casa, Minha Vida, por parte do Ministério das Cidades.

A informação é do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), que solicitou nessa sexta-feira (3), junto à União, a liberação das moradias para nove municípios cearenses: Fortaleza, Viçosa do Ceará, Pindoretama, Tianguá, Acaraú, Iguatu, Granja, Aracati e Russas.

Em setembro último, Eunício já havia intermediado a liberação de 3.350 casas populares para 43 cidades do Ceará.

(Foto: Divulgação)

Banco do Brasil participará do Feirão Imobiliário em Sobral

O Banco do Brasil vai participar, com suas linhas de financiamento, do Feirão Imobiliário de Sobral, uma promoção de construtoras e imobiliárias da Região Norte. O evento acontecerá nesta sexta (27) e sábado (28), das 10 às 22 horas, no North Shopping Sobral. Haverá soluções de crédito para financiamento de imóveis novos e usados.

No primeiro semestre deste ano, o BB financiou somente no Ceará um montante superior a R$ 123 milhões, volume 33% superior ao contrato no mesmo período do ano anterior. Além disso, o saldo da carteira de imobiliário do BB no Ceará já ultrapassou R$ 1,9 bilhões, o que representa a maior carteira de imobiliário do Banco do Brasil considerando as regiões Norte e Nordeste.

Para o superintendente estadual do Banco do Brasil no Ceará, Castro Júnior, há grandes expectativas para esse evento. “A melhora nas condições de crédito com redução das taxas de juros das linhas de financiamento imobiliário, bem como a melhora de indicadores importantes do setor, como o de lançamento de empreendimento e o de vendas, indicam reaquecimento do setor. A iniciativa constitui-se portanto em uma excelente oportunidade de negócios que proporcionará facilidade aos clientes que desejam adquirir a casa própria”, afirma.

SERVIÇO

*North Shopping Sobral (Av. Monsenhor Aloísio Pinto, 300 – Dom Expedito, Sobral (Ceará).

Ministério Público Federal promove audiência para discutir alocação de famílias do Vila do Mar II

Nesta terça-feira, às 13 horas, o Ministério Público Federal no Ceará vai realizar uma audiência pública para discutir os critérios de escolha na alocação das famílias em unidades habitacionais do Programa Habitacional Vila do Mar III da Prefeitura de Fortaleza. O encontro ocorrerá no auditório da Procuradoria-Geral da República no Estado. As informações a serem levantadas durante a audiência irão subsidiar inquérito civil público sobre o programa que tramita no MPF.

Associações de moradores questionaram ao MPF os critérios que seriam utilizados junto a prefeitura para fazer a distribuição. O Vila do Mar III terá 504 unidades habitacionais e a previsão é que no primeiro lote sejam entregues 208 residências.

Inquérito

As obras do Vila Mar III chegaram a ficar paradas, o que motivou inicialmente a abertura do inquérito instaurado pelo MPF e que está sob a responsabilidade do procurador da República Fernando Antônio Negreiros Lima.

A audiência pública será aberta para todos os interessados. Os participantes terão o direito de manifestação oral ou por escrito. O direito de fala obedecerá uma ordem e o tempo será definido em função do número de participantes e da duração total prevista na agenda.

(Foto – Arquivo)

MPF vai debater alocação de famílias da Vila do Mar

O Ministério Público Federal no Ceará vai promover, às 13 horas do próximo dia 3 , em sua sede, uma audiência pública para discutir os critérios de escolha na alocação das famílias em unidades habitacionais do Programa Habitacional Vila do Mar III da Prefeitura de Fortaleza. As informações levantadas durante a audiência irão subsidiar inquérito civil público sobre o programa que tramita no MPF, informa a assessoria de imprensa da Instituição.

Associações de moradores questionaram junto ao MPF os critérios que seriam utilizados junto a prefeitura para fazer a distribuição. O Vila do Mar III terá 504 unidades habitacionais e a previsão é que no primeiro lote sejam entregues 208 residências. As obras do Vila Mar III chegaram a ficar paradas, o que motivou inicialmente a abertura do inquérito instaurado pelo MPF e que está sob a responsabilidade do procurador da República Fernando Antônio Negreiros Lima.

A audiência pública será aberta para todos os interessados. Os participantes terão o direito de manifestação oral ou por escrito. O direito de fala obedecerá uma ordem e o tempo será definido em função do número de participantes e da duração total prevista na agenda.

(Foto – Paulo Winz)