Blog do Eliomar

Categorias para IJF

Roberto Cláudio acompanha obras do IJF 2, que terá primeira etapa entregue no próximo mês

235 1

O prefeito Roberto Cláudio visitou, neste fim de semana, as obras de construção do IJF2, no Centro de Fortaleza. A entrega da primeira etapa do equipamento está prevista para o próximo mês de agosto, quando serão disponibilizados os dois primeiros andares do prédio que reconfigura o principal hospital de emergência de Fortaleza.

“Estamos fiscalizamos com nossa equipe do Instituto Doutor José Frota e da Secretaria de Infraestrutura essa intervenção importante que terá um papel social muito relevante na cidade, que é a obra do IJF2. A parceria entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado vai permitir que a cidade amplie em mais de 200 novos leitos a estrutura do IJF, além de um novo centro cirúrgico, sala de recuperação, novos exames como ressonância, entre outros”, afirmou Roberto Cláudio.

O IJF2 complementará os serviços que já são prestados, aumentando a capacidade de internamento e de realização de cirurgias, principalmente de urgência e emergência. A obra está dentro do cronograma e tem previsão de que, já neste mês de agosto, os primeiros pacientes possam ser transferidos do antigo Hospital para o primeiro e segundo andares do novo prédio.

A obra já está com 100% da parte de infraestrutura concluída, restando apenas os serviços de acabamentos, instalação da climatização, elevadores e aquisição de equipamentos.

Os pavimentos térreo e o primeiro andar da nova unidade de saúde contam com 130 novos leitos, distribuídos em 34 amplas enfermarias, todas dotadas com banheiros, armários e assentos para acompanhantes. O novo prédio será interligado ao atual por meio de passarelas, conectando as duas áreas de enfermarias.

Quando concluída a intervenção e o IJF2 estiver totalmente equipado, será possível a ampliação da capacidade de atendimento da principal unidade municipal de saúde de nível terciário, que passará a contar com 664 leitos, além de novas salas cirúrgicas e central de exames especializados.

Só em leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva), o acréscimo será de 91%. Em leitos de pós-operatório, o aumento será de 82%. As enfermarias também serão reforçadas com uma ampliação de 41% no número de leitos.

No total, serão 203 novos leitos, distribuídos em enfermaria (153), unidade intermediária – UI (20) e Unidade de Tratamento Intensivo – UTI (30).

Com o IJF2, a unidade será ampliada em 13.237m² de área construída. Dotado de cinco pavimentos, o novo prédio terá duas guaritas, estacionamentos em subsolo, área de convivência, enfermarias, UTIs, Centros Cirúrgicos e salas de recuperação pós-anestésica. A estrutura também permitirá a instalação dos novos serviços de Ressonância Magnética e Hemodinâmica, hoje inexistentes no IJF e de grande importância para o tratamento de vítimas de traumas graves.

O Instituto Dr. José Frota foi o primeiro serviço de pronto socorro da Capital cearense e é, hoje, a principal unidade de Urgência e Emergência no Atendimento ao Trauma de todo o Estado do Ceará.

Funcionando em plantão 24 horas, o Centro Médico de Urgência e Emergência conta com equipes completas nas principais especialidades, com foco em traumas de alta complexidade, lesões vasculares graves, queimaduras e intoxicações.

Atualmente, o IJF possui 461 leitos de internação, sendo 33 UTI, e 11 salas cirúrgicas.

(Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Fortaleza / Foto: Divulgação)

Camilo e Roberto Cláudio visitarão obras do IJF 2 nesta manhã de sexta-feira

foto ijf 2 maquete

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (5):

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), começa hoje a cumprir uma agenda dividida entre questões administrativas e de campanha, pois foi homologado candidato ontem à noite, no ginásio da Faculdade Ari de Sá.

A partir das 9 horas, ele visitará o canteiro de obras do futuro IJF-2 (Centro). Não estará sozinho. Terá a companhia de um grupo de vereadores e assessores e, principalmente, daquele que se constitui num dos seus maiores cabos eleitorais: o governador Camilo Santana (PT).

RC quer ver como está uma obra que fará parte do seu discurso de campanha. O Paço avalia que a gestão vai bem em vários setores, como mobilidade urbana, mas que precisa avançar em outros como saúde. O Paço também segue a tese de que saúde, principalmente em época eleitoral, acaba virando a prioridade das críticas da oposição.

Sendo assim, é dar mais visibilidade ao que se faz na área.

Por que defendo o IJF2?

124 1

Em artigo enviado ao Blog, o presidente do PPS no Ceará, Alexandre Pereira, o ex-vice na chapa encabeçada por Heitor, na eleição à Prefeitura de Fortaleza em 2012, avalia a necessidade da construção do IJF 2. Confira:

Após recentes polêmicas relacionadas à construção do IJF2 amplamente divulgadas pela mídia local, nós do PPS nos sentimos na obrigação de tornar público nosso posicionamento, especialmente pelo fato de termos participado da chapa PDT/PPS em 2012, tendo Heitor Férrer como candidato a prefeito e por mim, Alexandre Pereira, na composição como vice-prefeito.

O PPS, mantendo a coerência e respeitando os 262.365 fortalezenses que acreditaram em nossas propostas, reafirma que apoia a construção do IJF2, um dos compromissos centrais do programa de governo da nossa candidatura em 2012.

A proposição do IJF2 se materializou após uma série de debates que chegou à notória constatação da sua necessidade especialmente pelo fato de que o IJF representa a principal unidade de atendimento em traumas de Fortaleza e de todo o Ceará. Foi a reflexão de que mais de 20 anos se passaram sem que a principal unidade de atendimento de traumas da nossa capital fosse contemplada com uma estrutura de retaguarda que fez nascer o debate da importância do IJF2.

Desde a última expansão do IJF, inaugurada em outubro de 1993, Fortaleza viu sua população crescer em mais de 740 mil habitantes. O IJF2 é a melhor solução para otimizar recursos humanos e estruturais de saúde pública especializada e o caminho para oferecer um atendimento digno à nossa população. Todos que entendem de fato de gestão de recursos públicos e que conhecem a real necessidade da saúde de Fortaleza chegarão à mesma constatação.

É fundamental ressaltar que o apoio ao Prefeito Roberto Cláudio no 2° turno das eleições em 2012 foi lastreado em compromissos programáticos entre os quais se destacaram as melhorias na mobilidade urbana, a revitalização das praças, a implantação das escolas de tempo integral e o IJF 2, sendo que todos estes compromissos vêm sendo exemplarmente honrados pela gestão liderada pelo Prefeito Roberto Cláudio.

O PPS não faz da política plataforma de marketing eleitoreiro midiático da mesma forma que condena o personalismo exacerbado. O caminho para uma sociedade mais justa e igualitária nós buscamos construir de forma coletiva e por convicção, com políticas públicas sólidas e de amplo interesse público.

Complexo Hospitalar IJF terá 230 novos leitos

127 2

foto ijf 2 maquete

Cento e oitenta novos leitos de Emergência e outros 50 de Unidade Terapia Intensiva (UTI) foram anunciados na tarde desta segunda-feira (1º), no auditório do Instituto Doutor José Frota (IJF), durante entrevista coletiva do governador Camilo Santana e do prefeito Roberto Cláudio, diante da construção do Complexo Hospitalar IJF, que será uma extensão da atual estrutura da maior unidade de emergência do Estado. Com obras previstas para início em dezembro deste ano e conclusão no fim de 2017, o projeto prevê ainda nove salas cirúrgicas.

De acordo com o projeto, a nova unidade, que ficará em frente à atual estrutura, terá cinco andares e será ligada ao Frotão por duas plataformas. Os investimentos serão do Governo Federal (50%), do Governo Estadual (30%) e da Prefeitura de Fortaleza (20%).

Jornalista da Época diz que problema do IJF é retrato da saúde no Brasil

85 1

foto ijf atendimento chão

Poderia ser só no Ceará. Poderia ser só por causa da “chuva e aumento de viroses”, segundo a visão embaçada do governo cearense. Poderia ser só no Nordeste e no Norte, regiões mais carentes. Mas não é. A fileira de doentes no chão do corredor do hospital Instituto Dr. José Frota em Fortaleza, alguns com soro e remédios na veia, é uma síntese do descalabro da Saúde no Brasil.

O início do artigo “O corredômetro da doença”, da jornalista Ruth de Aquino, da revista Época, neste fim de semana, mostra situações absurdas no atendimento à saúde em todo o país. O artigo faz um comparativo do que o brasileiro paga de impostos e o retorno que recebe do poder público.

“Até ontem, apenas em 2015, o governo Dilma havia arrecadado de nós, contribuintes, um recorde de R$ 700 bilhões. Trabalhamos quase metade do ano para pagar impostos. E para quê? Para ver o espetáculo degradante de seres humanos estendidos no chão de corredores de hospitais”, comentou a jornalista.

Ainda sobre o Ceará, a jornalista comenta da falta de condições básicas no atendimento do Hospital Geral de Fortaleza (HGF). “Faltam luvas, seringas, produtos para higienizar as mãos, fios para suturar cortes, tubos para entubar os bebês”, apontou.

MPF quer tratar situação do IJF‏ com RC

62 2

rcccccv

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) convocou o prefeito Roberto Cláudio, a secretária de Saúde do Município, Maria do Perpétuo Socorro Breckenfeld, o superintendente do Instituto José Frota (IJF), Walter Frota, e a chefe do Serviço de Auditoria do Ministério da Saúde no Ceará, Maria do Socorro Pinto Brígido, para reunião, na próxima terça-feira (19).

A pauta será a situação estrutural e de atendimento do hospital municipal Instituto José Frota (IJF), localizado no Centro. Convocada pelo procurador regional da República Francisco Macedo Filho, a reunião acontecerá após serem noticiados relatos de que pessoas estariam internadas nos corredores do hospital devido à falta de leitos, além de um paciente ter sido atendido no chão da sala de reanimação da unidade hospitalar.

Procedimento administrativo instaurado na Procuradoria da República no Ceará desde o ano passado apura denúncias da precariedade no atendimento aos pacientes do Instituto José Frota. A partir de auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) realizada ainda em julho de 2014, a pedido do Ministério Público Federal, foram identificados inúmeros problemas estruturais no hospital naquela época.

Com o relatório enviado pelo SUS em mãos, o procurador Macedo Filho pediu a resolução de problemas como o atendimento de pacientes em pós operatórios realizados em macas instaladas no corredor do IJF, o serviço de diagnóstico por imagem funcionando em condições insatisfatórias, prontuários de pacientes internados no setor de urgência e emergência com registros incompletos, equipamentos e materiais insuficientes para leitos de retaguarda, entre outros. “A situação, porém, agravou-se”, destacou o procurador.

(MPF)

Prefeito vai ouvir médicos e demais servidores do IJF

foto rc ijf

O prefeito Roberto Cláudio fez uma visita surpresa, nesta quinta-feira, ao Instituto Dr, José Frota. Foi conferir se providências para amenizar o quadro de atendimento foram adotadas na pratica.

Na ocasião, o prefeito aproveitou para marcar reunião com a Associação dos Médicos do IJF para a próxima terça-feira. Ele quer ouvir as queixas e sugestões da categoria para o melhor atendimento na principal unidade de saúdo no Estado.

Após a reunião com os médicos, o prefeito informou que ouvirá, em data a ser acertada, os demais servidores do IJF, também com o mesmo propósito.

VAMOS NÓS – Conselho não se dá, senhor prefeito, mas bem que o senhor podia visitar o IJF-Centro numa madrugada de fim de semana. Na visita feita nesta quinta-feira, o senhor não viu a realidade do setor da emergência, que ganhou um brilho antes de sua passagem. Servidores foram mobilizados a dar uma ajeitadinha. O senhor passou direto para o oitavo andar, onde ocorria um encontro da enfermagem.

Servidores do IJF-Centro aprovam greve por tempo indeterminado

ijfcentro

Servidores do Instituto Doutor José Frota (IJF) decidiram nesta terça-feira, após assembleia geral realizada no hall do hospital, paralisar as atividades por tempo indeterminado. Isso, segundo o movimento, a partir das 8 horas do próximo dia 6 de janeiro.

Para assegurar a prestação dos serviços básicos essenciais no atendimento à população, os trabalhadores deverão operar a partir do dia 6 em esquema de escala. A categoria cobera o pagamento de horas extras em atraso, entre outras pedidas.

Servidores do IJF avaliam propostas da Prefeitura

Servidores do Instituto Doutor José Frota (IJF) discutem nesta segunda-feira (18), a partir das 14 horas, no auditório do hospital, no Centro, as propostas apresentadas pela Prefeitura de Fortaleza para a categoria.

Segundo a vice-presidente do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort) e presidente da Associação dos Servidores do IJF (Assijf), Ana Miranda, a categoria cobra melhorias na segurança e nas condições de trabalho, além de reajuste salarial e Plano de Cargos e Carreiras.

IJF se destaca como o maior captador de órgãos do Ceará

O Instituto Dr. José Frota (IJF) é o maior captador e doador de órgãos e tecidos do estado do Ceará. Os dados foram divulgados pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos, Tecidos e Transplantes (CIHDOTT) do IJF. De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado, somente em junho deste ano, foram realizados 101 transplantes de órgãos no Ceará. A maioria destes órgãos – ou seja, 92 – foram captados e doados pelo IJF.

As estatísticas mostram que, no primeiro semestre deste ano, 7 em cada 10 transplantes realizados no Ceará foram feitos com órgãos captados no IJF. Em números absolutos, foram realizados, nos seis primeiros meses do ano, 677 transplantes, e o IJF foi responsável por captar 477 órgãos.

Uma das famílias que contribuíram com a estatística foi a do jovem João Emanuel, que teve a morte encefálica diagnosticada aos 24 anos após um acidente de moto. Depois do contato realizado pela Comissão de Transplantes do IJF, a família decidiu doar o fígado, pâncreas, rins e córneas.  De acordo com a enfermeira e coordenadora da Comissão de Transplantes do IJF, Lisiane Paiva, a generosidade e a solidariedade do povo cearense, aliadas ao preparo dos profissionais (enfermeiros e assistentes sociais), são os principais fatores que contribuem para esse bom desempenho do IJF como o maior captador de órgãos do estado. Ela cita ainda que, para se tornar doador, não é preciso deixar essa vontade documentada. “A doação de órgãos passa pelo consentimento da família. Não é necessário deixar nada escrito”, explica Lisiane.

Cotidianamente, o trabalho de sensibilizar a família da vítima de morte encefálica é atividade da comissão. “O IJF é um hospital que recebe casos de trauma em pacientes que estavam, supostamente, saudáveis e sofreram algum acidente. Por isso, 70% a 80% dos pacientes que apresentam morte encefálica na unidade se tornam doadores de órgãos”, acrescenta a coordenadora.

Do total das famílias entrevistadas pela Comissão para possíveis doações de órgãos e tecidos, 65% delas respondem positivamente à doação de órgãos – média acima da nacional que é de 63%. Além da doação de rins, córneas e fígado, o hospital também vem se destacando na captação de coração e pulmão.

Os resultados deste ano repetem o sucesso do ano de 2013, em que o Ceará bateu recorde com 1.361 órgãos transplantados, dos quais 973 – ou seja, 71% – foram captados pelo IJF.

(Prefeitura de Fortaleza)

Homem é executado dentro do IJF

Um homem que estava internado no setor de emergência do Instituto José Frota (IJF) foi morto após ser baleado na cabeça na noite dessa terça-feira (15). O Policiamento Ostensivo Geral (Pog) prendeu o suspeito e o encaminhou para o 34° Distrito Policial para realizar o flagrante.

A Polícia Militar informou que o acusado, Filipe Alexandre Aranha Araújo, 19, se entregou após cometer o homicídio. Segundo Filipe, o motivo do crime teria sido vingança, já que a vítima, Lucivando Silva de Lima, 34, teria matado o padrasto dele.

Lucivando, que respondia por homicídio, porte ilegal de arma e tráfico de drogas, chegou a ser transferido para a sala de ressuscitação do IJF, mas não resistiu aos ferimentos.

(O POVO Online)

Centro cirúrgico do IJF sem refrigeração

142 5

O Instituto Doutor José Frota (IJF) reduziu as cirurgias diárias de três para uma. O motivo é a falta de refrigeração no centro cirúrgico da maior unidade hospital do Estado.

Segundo o deputado Heitor Férrer (PDT), a empresa responsável pela refrigeração estaria há três meses sem receber pagamento.

Patinhos feios da saúde

90 1

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (31):

Louvável a iniciativa do prefeito Roberto Cláudio (Pros) de investir na ampliação e construção de novos postos de saúde, mas isso ainda é pouco.

Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, José Maria Pontes, num cenário onde semanalmente se registram agressões por arma branca ou tiros e acidentes com motos, falta dar um refresco ao IJF-Centro. José Maria diz que isso pode ser feito se o prefeito investir também na ampliação e modernização dos “Frotinhas”, que são três: Antônio Bezerra, Messejana e Parangaba.

“Nos últimos 10 anos, essas unidades registravam em 10 agressões, por exemplo, uma por tiro e nove por arma branca. Hoje temos nove por tiro e uma por arma branca. Inverteu-se o cenário de uma violência reinante principalmente na periferia”, explica o presidente do Simec, que ajudou a eleger o prefeito.

Perícia prejudicada

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (21):

Um procedimento no Instituto Dr. José Frota (IJF) causou estranhamento, ano passado, entre alguns médicos da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). Corpos de vítimas de violência em Fortaleza e na Região Metropolitana só eram enviados para necropsia na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) com uma demora de mais de 24 horas e em estado de putrefação. Um problema grave para o resultado de uma investigação científica e risco à saúde dos servidores.

Segundo um documento que O POVO teve acesso, um homem que havia falecido no IJF Centro no dia 9/4/2013 só foi encaminhado à Pefoce em 12/4/2013. Três dias depois do óbito e em condição avançada de decomposição. Um outro ofício, relatava mais quatro casos. Entre eles, a história de um rapaz que só foi necropsiado na Comel 42h40min após seu falecimento no Frotão.

Segundo alguns médicos, a falta de uma geladeira no necrotério do IJF seria a causa do apodrecimento. Mas qual a justificativa para o atraso no encaminhamento do corpo?

Na contramão da Saúde

93 6

Da coluna Vertical, no O POVO deste sábado (16):

O IJF Centro possui 400 leitos. Desse total, 40% são destinados para a traumatologia e ortopedia. E desse total, 90% são ocupados por pacientes com traumas provocados por acidentes de moto.

Esse estudo será apresentado segunda-feira (18) ao secretário estadual Ciro Gomes pelo superintendente da Rede de Hospitais do Estado, Lineu Jucá.

VAMOS NÓS – Ou seja, dos 400 leitos do IJF, 144 são ocupados pela imprudência no trânsito, em casos em que motoqueiros estão envolvidos. É hora de uma força tarefa entre o Detran-CE (emissão de habilitações), AMC e demais órgãos de fiscalização de trânsito de outros municípios, além das revendedoras de motos, quando o comprador teria que provar ser habilitado.

Servidores do IJF cobram lei que regulamenta hora extra

Servidores do Instituto Doutor José Frota (IJF) reclamam para o Blog que a partir dos próximos meses os contracheques trarão alterações na forma de pagamento dos plantões. O grupo cobra que uma lei a ser aprovada na Câmara Municipal regulamente os plantões como horas extras, e não que altere contracheques de um servidor para outro, por meio de decreto. Segundo os servidores, um decreto não poderia resolver essa pauta trabalhista.

Atualmente, de acordo com os servidores, alguns profissionais decidem trocar plantões por razões pessoais. O dinheiro do plantão então é repassado para o colega, após o pagamento do mês. O decreto, segundo ainda os servidores, apenas retiraria a gratificação do plantão de um contracheque para o outro.

Servidores do IJF paralisam atividades nesta manhã

sintsaf

Os servidores do Instituto Dr. José Frota – IJF paralisam as atividades durante na manhã desta segunda-feira (30), porém os serviços de emergência do hospital não foram comprometidos e estão funcionando normalmente.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço de Saúde de Fortaleza – SINTSAF, Plácido Filho, a paralisação é decorrente da falta de atenção e de vontade da administração municipal em resolver as reivindicações que são de direito dos trabalhadores.

“Desde janeiro deste ano que entregamos a pauta de reivindicações dos servidores do IJF, tanto no gabinete do prefeito de Fortaleza como nas mãos do superintendente do IJF, Walter Frota, e até agora as principais demandas não foram resolvidas. Por isso vamos à luta para conquistar os direitos dos servidores”.

Entre as reivindicações presentes na pauta estão o adicional de 40% sobre o vencimento base para os servidores que trabalham em regime de escala de plantão rotativo, aumento da GEAHT de 40% para 50% e incorporação da referida gratificação aos proventos para aposentadoria, retorno do pagamento da gratificação do adicional noturno.

Durante a mobilização, servidores e sindicalistas decidiram, por unanimidade, iniciar estado de greve no IJF a partir desta segunda-feira. A próxima paralisação está agendada para a terça-feira (8).

(Sintsaf)

Adolescente agoniza fissura no braço há uma semana

182 4

O estudante R.C.F., 15, agoniza desde o último domingo (19) uma fissura no braço, após cair em um dos trechos de obras no entorno da Arena Castelão. Segundo a família, o estudante teria ido ao estádio para assistir a final do Campeonato Cearense, entre as equipes do Ceará e do Guarany de Sobral.

De acordo com a família, logo após a partida, R.C.F. foi levado ao IJF, no Centro, ao se queixar de fortes dores. Segundo ainda a família, o médico plantonista teria atestado uma luxação e recomendado “pressão com gelo”.

Na madrugada, o estudante voltou a reclamar de dores e familiares o levaram para o Frotinha da Parangaba, onde a fissura foi atestada. O hospital, no entanto, de acordo com a família, alegou que não poderia prosseguir com o atendimento. De volta ao IJF, segundo ainda a família, o atendimento foi negado porque o procedimento “não se tratava de uma urgência”.

A família não sabe a quem recorrer. O contato para quem puder ajudar é 8658-9648.

Nutricionista cearense lança livro de superação e exemplo de vida

livro nice quase tudo de mim

Aos 44 anos, a nutricionista Nice Arruda, natural de Icó, reuniu forças para mostrar no livro “Quase tudo de mim…” como transformou o preconceito em conquistas de vida. Vítima de Poliomielite e há quatro anos com Síndrome Pós-Pólio (SPP), a nutricionista do Instituto Doutor José Frota (IJF) e do Hospital São José conta em 203 páginas como o “sonho sonhado vira sonho realizado”.

“Eu não me imagino escritora, apenas alguém que busca ajudar as pessoas a conseguir superação em meio a uma deficiência”, comenta a nutricionista que já prepara o próximo livro. “É uma obra que conta histórias de mulheres com Aids”, revelou Nice Arruda, que também pretende levar sua história de vida a escolas, universidades e empresas.

“Minha situação não me impõe uma deficiência espiritual, por isso moro sozinha, dirijo e viajo bastante”, ressalta a nutricionista, que pode ser contatada pelo email adaunice@hotmail.com.