Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Ivo Gomes fala para a TV portuguesa sobre os 100 anos do Eclipse de Sobral

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT) concedeu entrevista, nessa segunda-feira, aos jornalistas portugueses Isabel Silva Costa e Carlos Pinota. Eles integram a equipe da RTP (Rádio e Televisão de Portugal) que está produzindo um documentário sobre os 100 anos da comprovação da Teoria da Relatividade, do físico alemão Albert Einstein.

Ivo Gomes falou sobre a importância dessa cidade da Zona Norte do Ceará na constatação da hipótese de Einstein, em maio de 1919, por meio do fenômeno mundialmente conhecido como o “Eclipse de Sobral”.

A RTP busca em Sobral e na Ilha do Príncipe (África) ações que valorizem a importância do mais famoso eclipse solar da história. Um documentário de 50 minutos vai ao ar em 2019.

Em Sobral, em maio de 2018, Ivo Gomes decretou o “Ano Municipal das Ciências”. Até 29 de maio de 2019, a Prefeitura realizará uma programação especial em comemoração ao centenário.

(Com Blog Sobral de Prima)

Chavismo ganha com folga eleições municipais na Venezuela

O chavismo obteve uma vitória com folga nas eleições municipais da Venezuela. Porém, o índice de abstenção foi elevado. Apenas 27,4% dos eleitores participaram, segundo as câmaras locais, de acordo com os dados preliminares divulgados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE).

Segundo o CNE, a coalizão governista Gran Polo Patriótico – liderada pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), no poder -, ganhou 142 das 156 votações de “lista” lidas até o momento, fazendo o mesmo na categoria nominal, ao vencer em 449 das 467 até agora completadas.

Essa vitória era previsível devido à ausência nas eleições das principais forças opositoras, que não participaram delas por considerá-las uma farsa orquestrada pelo governo do presidente Nicolás Maduro.

“Aqui ganhamos todos, e especialmente ganha o povo da Venezuela com uma democracia que se fortalece a cada dia, em cada processo eleitoral”, disse ao apresentar os resultados preliminares a presidente do CNE, Tibisay Lucena.

No pleito desse domingo foram convocados a votar quase 21 milhões de venezuelanos, mas pouco mais de sete de cada dez habilitados não foram às urnas, quase o dobro de abstenção em comparação com a última eleição municipal.

(Agência Brasil com EFE/Foto – Arquivo)

Carta de Einstein sobre Deus é leiloada por US$ 2,89 milhões

Uma carta do cientista Albert Einstein, na qual critica a ideia de um deus e rejeita a Bíblia, foi vendida em um leilão da Christie’s, em Nova York (Estados Unidos), por US$ 2,89 milhões, quase três vezes mais que o valor mínimo estimado.

“A palavra Deus não é para mim mais que a expressão e resultado da fraqueza humana, a Bíblia é uma coleção de lendas veneráveis, mas primitivas”, dizia Einstein no texto do documento posto hoje à venda, que foi enviado ao filósofo alemão Eric Gutkind.

A carta, escrita em Princeton um ano antes de sua morte em 3 de janeiro de 1954, é considerada uma das suas mensagens mais famosas sobre Deus, sua identidade como judeu e a eterna busca do significado da vida, e é a expressão mais clara das suas opiniões religiosas e filosóficas, segundo afirmou a Christie’s.

O documento, que os especialistas estimaram ter um preço entre US$ 1 milhão e US$ 1,5 milhão, foi vendido por US$ 2.892.500, com comissões e impostos incluídos, em um leilão organizado pela companhia unicamente para vender a carta.

O cientista alemão também deixava claro no texto que sua posição frente ao judaísmo era, da mesma forma que diante de Deus, muito cética, chegando a dizer que era “como todas as outras religiões, uma encarnação de superstição primitiva”.

“O povo judeu, ao qual gostosamente pertenço e em cuja mentalidade orgulhosamente me sinto ancorado, ainda para mim não tem nenhum tipo de dignidade diferente da dos demais povos”, acrescentava.

Einstein escreveu a carta em resposta a um livro de Gutkind de 1952, “Choose Life: The Biblical Call to Revolt”, um trabalho que criticou duramente, mas com o qual também tentou buscar pontos em comum, como a necessidade de que a moral estivesse acima do interesse próprio e da rejeição do materialismo.

(Agência Brasil com EFE)

Embaixador do Peru visita Fortaleza

Vicente Escalante, Janusa Brasil e Javier Yugar

O Cônsul Honorário do Peru no Ceará, o médico Javier Yugar, receberá, nesta sexta-feira, em Fortaleza, o Embaixador do Peru, Vicente Rojas Escalante, por ocasião do jantar de encerramento do Festival Gastronômico – Culinária Peruana.

O evento é exclusivo para convidados e ocorrerá no L´Ô Restaurante.

O festival é aberto ao público e acontece nesta quinta e sexta=feira, às 19h, com menu assinado pelo chef Marcos Espinoza.

(Foto – Divulgação)

Corpo de George H.W. Bush será sepultado no Texas

O corpo do ex-presidente dos Estados Unidos, George H. W. Bush (1989-1993), 94 anos, será enterrado ao lado do “amor da sua vida”, como ele definia sua mulher Barbara Bush, na área da Biblioteca Bush, situada na cidade de College Station, a 160 quilômetros de Houston, no Texas (Estados Unidos).

Amanhã (5), haverá uma cerimônia privada, em Houston, na Igreja Episcopal de St. Martin, local que ele e sua mulher, que morreu em abril, frequentavam assiduamente. As cerimônias de despedidas do ex-presidente começaram ontem (3) com a chegada do corpo dele no Capitólio, em Washington, para o velório.

Foi recebido por um comitê integrado pelos líderes da Câmara dos Representantes e do Senado, tanto do Partido Democrata como do Republicano, e liderado pelo seu filho, o ex-presidente George W. Bush (2001-2009).

No Capitólio, o corpo do 41º ex-presidente dos Estados Unidos será colocado sob a cúpula e permanecerá acessível para permitir que os cidadãos ofereçam suas condolências. O velório foi aberto ontem à noite e segue até hoje (4) pela manhã.

A cerimônia contará com a presença do presidente Donald Trump e da primeira-dama, Melania, assim como de outros ex-governantes e personalidades destacadas da vida pública americana.

Depois, o caixão de Bush pai, como era conhecido para diferenciar de seu filho, o também ex-presidente George W. Bush (2001-2009), será levado a Houston de novo para receber o último adeus da sua família.

(Agência Brasil com EFE)

Banco Mundial anuncia US$ 200 bilhões para combater mudanças climáticas

O Banco Mundial anunciou um plano de investimento de US$ 200 bilhões para combater a mudança climática entre 2021 e 2025 – dobro do valor do período anterior. O anúncio ocorre no momento em que se inicia a Cúpula do Clima (COP24), em Katowice (Polônia), com a missão de encontrar as fórmulas para implementar o Acordo de Paris de 2015, que pede para se frear o aquecimento global baixando de forma drástica as emissões poluentes.

Com sede em Washington (Estados Unidos), o comando do Banco Mundial detalhou que o programa, cujo anúncio coincidiu com o início da Cúpula do Clima da Polônia, pretende “reconhecer o impacto da mudança climática na vida das pessoas”, especialmente nos países mais pobres do mundo e em desenvolvimento.

“A mudança climática é uma ameaça existencial para os mais pobres e vulneráveis do mundo. Estes novos objetivos demonstram o quanto seriamente estamos levando esta questão”, afirmou em comunicado o presidente do Grupo Banco Mundial, Jim Yong Kim.
Em nota, Kim pediu à comunidade global que tome mais ações contra a mudança climática.

O pacote anunciado pelo banco tem o objetivo de construir sistemas de proteção social contra a mudança climática em 40 países e financiar “investimentos em agricultura inteligente” em 20 países. A instituição pretende ajudar 100 cidades para que alcancem um planejamento urbano “sustentado e de baixa emissão de carbono” e um
desenvolvimento orientado ao trânsito, entre outras iniciativas.

O Banco Mundial contribuirá com a metade dos fundos do plano, enquanto o resto será arrecadado pela Corporação Financeira Internacional, pela Agência Multilateral de Garantia de Investimentos e recursos de capital privado.

(Agência Brasil com EFE)

Brasil será sede da 11ª Cúpula do Brics em 2019

A 10ª Cúpula do Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, será realizada no Brasil no ano que vem. A confirmação foi anunciada hoje (30) por meio de nota oficial, após reunião do presidente Michel Temer com os líderes do grupo, em Buenos Aires, na Argentina, onde participam da Cúpula do G20.

Paralelamente, Temer e os demais líderes reiteraram a preocupação com a forma como vem ocorrendo a expansão econômica global. Em nota, eles destacaram que há riscos, se o movimento atual for mantido, de ser “menos equilibrada” e de aumento de retração.

“Receamos que os impactos negativos das políticas de normalização de algumas das maiores economias avançadas sejam uma importante fonte da volatilidade experimentada recentemente por economias emergentes.”

O caminho, segundo os líderes do Brics, é o do “diálogo e da coordenação de políticas, no espírito de parceria, no G20 e em outros fóruns, para prevenir que potenciais riscos se espalhem”.

Clima

No comunicado, Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul se comprometem a à implementação do Acordo de Paris, incluindo os princípios das responsabilidades comuns, porém, diferenciadas e das respectivas capacidades.

“Instamos os países desenvolvidos a proverem aos países em desenvolvimento apoio financeiro, tecnológico e de capacitação, para aumentar suas capacidades de mitigação e adaptação.”

Terrorismo
A nota, divulgada pelo Itamaraty no começo da tarde, condena os ataques terroristas e todas as manifestações afins. “Condenamos o terrorismo em todas as suas formas e manifestações, independetemente de onde e por quem cometidos.”

O texto apela para o combate às ações terroristas com base em argumento de ordem jurídica internacional. “Instamos todas as nações a adotarem uma abordagem abrangente no combate ao terrorismo, incluindo todos os elementos enumerados na Declaração de Joanesburgo.”

Multilateralismo

Os líderes do Brics defenderam o sistema multilateral de comércio baseado em regras e na intermediação da Organização Mundial do Comércio. “Para assegurar o comércio internacional transparente, não discriminatório, aberto e inclusivo.”

O texto acrescenta que a OMC assegura os países contra eventuais medidas protecionistas e criticaram aqueles que não seguem os acordos firmados.

“O espírito e as regras da OMC são contrários a medidas unilaterais e protecionistas. Instamos todos os membros a se oporem a essas medidas inconsistentes com a OMC, a reafirmarem os compromissos que assumiram e a recuarem de tais medidas de natureza discriminatória e restritiva.”

Porém, destacaram que é necessário buscar aprimoramentos. “Apoiamos o trabalho de melhoria da OMC, com vistas a aumentar sua relevância e eficiência, para enfrentar desafios atuais e futuros.”

“Reafirmamos nosso compromisso de fortalecer nossa comunicação e cooperação e de trabalhar em conjunto e colaborativamente com outros membros para permitir que a OMC acompanhe a evolução dos tempos, promova crescimento inclusivo e a participação de todos os países no comércio internacional e desempenhe um papel relevante na governança econômica global.”

Infraestrutura

Os líderes defenderam a constituição de uma Rede de Proteção Financeira Global forte, com um Fundo Monetário Internacional (FMI) baseado em cotas e com recursos adequados em seu centro. O prazo para as negociações, de acordo com o texto, é entre março e junho de 2019 (primavera na Europa).

“Reafirmamos nosso compromisso com a conclusão da 15ª Revisão Geral de Cotas do FMI, incluindo uma nova fórmula de cotas, para assegurar o fortalecimento da voz das economias emergentes e em desenvolvimento dinâmicas, para refletir suas contribuições relativas à economia mundial, garantindo a proteção dos países de menor desenvolvimento relativo.”

(Agência Brasil/EFE/ Michael Klimentyev / Sputnik)

FMI – Investimento público no Brasil foi menor que em países emergentes

O investimento público do Brasil ficou abaixo da média dos países emergentes e da América Latina, nas duas últimas décadas. É o que conclui relatório com avaliação da gestão do investimento público no Brasil, divulgado hoje (30) pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

No período de 1995 a 2015, o investimento público no Brasil foi, em média, de 2% do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Já os países emergentes registraram 6,4% e os países da América Latina, 5,5%.

Em 2015, o estoque de capital público era de apenas 35% do PIB, em comparação com a média de 92% das economias emergentes e 86% da América Latina.

O relatório ressalta que há uma grande margem para aumento da eficiência do investimento público no Brasil. O hiato de eficiência do Brasil em relação aos países mais eficientes é de 39%. Esse resultado é maior do que a média observada nos demais países emergentes (27%) ou da América Latina (29%).

O documento propõe um plano de ação que recomenda, entre outros pontos, fortalecer a priorização estratégica do investimento público e desenvolver um banco de projetos de alta qualidade; padronizar os procedimentos de avaliação e seleção de projetos; e o aperfeiçoamento das análises e da estrutura dedicada às concessões e parcerias público-privadas.

O relatório é resultado de uma missão do FMI, solicitada pela Secretaria do Tesouro Nacional, realizada ao longo do segundo semestre de 2017. Foram avaliados 15 temas chaves, relacionados às fases de planejamento, alocação de recursos e implementação de projetos.

(Agência Brasil)

Grupo de políticos do Ceará participa de evento sobre Gestão na Inglaterra

A Fundação Lemann promove na Inglaterra um encontro que discute os caminhos para melhorar a gestão e educação públicas. Participam autoridades brasileiras e internacionais na Escola de Governo Blavatnik da Universidade de Oxford.

Pelo Governo do Ceará, participam desse evento, que se estenderá até sexta-feira, a vice-governadora Izolda Cela e o chefe de Gabinete do governador Camilo Santana, Élcio Batista.

“O objetivo é discutir administração pública, com foco na gestão de pessoas. A ideia central é construir uma cultura de valorização da meritocracia e, por conseguinte, de transformação institucional no Brasil”, destaca, por meio de sua assessoria, Élcio Batista.

(Foto – Divulgação)

 

Assessor de Trump vê “oportunidade histórica” com eleição de Bolsonaro

Trump está satisfeito com a vitória de Bolsonaro.

Às vésperas de se reunir com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro, o assessor de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Bolton, classificou a vitória do político brasileiro como uma “oportunidade histórica” para as relações com o Brasil.

O encontro entre os dois está agendado para amanhã (29) pela manhã. Bolton lembrou que o presidente norte-americano, Donald Trump, foi o primeiro líder estrangeiro a parabenizar Bolsonaro pela eleição.

“Meu encontro com o presidente eleito Bolsonaro é um resultado da ligação do presidente [Donald] Trump para parabenizá-lo na própria noite da eleição [em 28 de outubro]”, disse Bolton, em entrevista coletiva na Casa Branca. “Eles [Trump e Bolsonaro] tiveram uma ligação telefônica realmente extraordinária, e acredito que desenvolveram uma relação pessoal, ainda que remotamente.”

Relações podem ter novo nível

Segundo Bolton, Trump e Bolsonaro podem levar a relação bilateral a um novo nível. “Encaramos como uma oportunidade histórica para que o Brasil e os Estados Unidos trabalhem juntos em uma série de áreas, como economia, segurança e outras.”

O assessor norte-americano afirmou também que deve ouvir “quais são as prioridades do presidente eleito, tentar responder a elas” e repassar as “opiniões do presidente Trump” para que, quando Bolsonaro chegar ao poder, em janeiro, “os dois líderes possam começar a trabalhar com parte do trabalho feito”.

Há, ainda, a expectativa de que Bolton e Bolsonaro conversem sobre uma possível estratégia regional sobre as crises na Venezuela e a relação com Cuba.

Os dois também debaterão “uma estratégia regional para lidar com a influência política e econômica da China” na América Latina, sobre a qual os Estados Unidos aumentaram as críticas.

De acordo com a Agência EFE, é possível também que ambos ainda mencionem possibilidades de expansão das relações de comércio, investimento e negócios entre EUA e Brasil, além de alternativas para aperfeiçoar a segurança energética regional.

Bolton incluiu o Rio de Janeiro na visita à América do Sul, uma vez que participa da Cúpula de Líderes do G20, em Buenos Aires, com a presença de Trump.

(Agência Brasil com EFE)

Documentário feito por produtora cearense é selecionado para festival internacional

O documentário cearense “Che, memórias de um ano secreto”, dirigido pela cineasta cubana Margarita Hernandez, radicada em Fortaleza, foi selecionado para o XL Festival Internacional do Cinema Latino-Americano de Havana.

O festival ocorrerá de 6 a 16 de dezembro próximo.

Sinopse

Em dezembro de 1965, a Guerra Fria atinge o seu clímax e o comandante Ernesto Che Guevara desaparece misteriosamente do cenário público mundial. Sob um disfarce, com uma identidade falsa, ele ludibria a vigilância da CIA e se refugia em Praga, na República Checa.

Durante o período, é escoltado por três ex-agentes do Serviço de Inteligência Cubano que agora revelam detalhes inéditos da operação desenvolvida naquele ano.

(Foto – Divulgação)

Terremoto de 6,4 graus deixa mais de 500 feridos no Irã

Mais de 500 pessoas ficaram feridas em decorrência de um terremoto de 6,4 graus na escala Richter que atingiu a província de Kermanshah, no noroeste do Irã, perto da fronteira com o Iraque.

O reitor da Universidade de Ciências Médicas de Kermanshah, Mahmudreza Moradi, citado pela agência local Mehr, detalhou que a população mais afetada foi a de Sarpol-e Zahab, com 235 feridos, seguida por Gilane Gharb e Qasr Shirin, com cerca de 100 cada.

A maioria dos feridos recebeu tratamento em centros médicos da região, e mais de 20 foram transferidos a hospitais de outras cidades.
Várias equipes de resgate do Crescente Vermelho foram enviadas às áreas afetadas, mas ainda não foram quantificados os danos materiais.

As autoridades anunciaram o fechamento de todas as escolas e universidades da província de Kermanshah, que há um ano foi atingida por um devastador terremoto de 7,3 graus que deixou 620 mortos e mais de 12 mil feridos. A maioria da população de Sarpol-e Zahab continua vivendo em acampamentos e casas pré-fabricadas, já que os edifícios estão em processo de reconstrução.

(Agência Brasil com EFE)

Morre cineasta Bernardo Bertolucci

Morreu nesta segunda-feira (26), em Roma, aos 77 anos, Bernardo Bertolucci, um dos grandes mestres do cinema italiano. A informaçao é do jornal “Repubblica”. Recentemente, o diretor foi alvo de críticas após admitir ter filmado uma cena não consentida de sexo em “O último tango em Paris”.

No vídeo de 2013, republicado por uma ONG espanhola, Bertolucci conta que a atriz Maria Schneider, na época com 19 anos, não sabia o que aconteceria na cena em que Paul, personagem de Brando, usa manteiga como lubrificante na amante Jeannie. A sequência é uma das mais famosas e polêmicas da história do cinema, e intensificou a censura ao longa ao redor do mundo.

“A sequência da manteiga foi uma ideia que tive com Marlon na manhã anterior à filmagem”, lembrou o diretor. “Fui horrível com Maria, porque não lhe disse o que iria acontecer”. Segundo ele, a intenção era que Schneider reagisse “como uma menina, não como uma atriz”.

(Com Portal G1/Foto – Tiziana Fabi/AFP)

Ex-CEO e presidente da Nissan é preso no Japão

A Promotoria de Justiça de Tóquio, no Japão, prendeu o ex-CEO da Nissan Motor, Carlos Ghosn, por suspeita de irregularidades na declaração de lucros. Nas declarações, ele afirmou ter recebido menos do que realmente ocorreu. O executivo reduziu os ganhos em 33%.

Natural de Guajara-Mirim, Rondônia, Carlos Ghosn, de 64 anos, ocupava a direção-geral do Grupo Renault-Mitsubish.

De acordo com a Promotoria de Justiça de Tóquio, a remuneração de Ghosn totalizou quase 1,1 bilhão de ienes, ou cerca de US$ 9,7 milhões de dólares, no ano fiscal de 2016. Porém, para o ano fiscal de 2017, o executivo relatou um total de 730 milhões de ienes – queda de 33%.

Ghosn foi diretor da montadora em 1999, anos depois tornou-se presidente da Nissan. Ele foi incumbido de supervisionar a empresa. No ano passado, Ghosn se aposentou como presidente e CEO da Nissan. O grupo vendeu mais de 10,6 milhões de unidades no ano passado, superando a Toyota como o segundo maior vendedor de automóveis do mundo.

(Agência Brasil com NHK, emissora pública de televisão do Japão/Foto – Reuters))

Governo francês aumenta para 409 número de manifestantes feridos

O governo francês aumentou para 409 o número de feridos e até 282 o de detenções na tensa jornada de protestos que ocorreu no sábado em vários pontos do país, onde o movimento conhecido como “coletes amarelos” se
manifestou contra os novos impostos aos combustíveis.

O Ministério de Interior manteve neste balanço o número de mortos – uma aposentada atropelada no sudeste da França. “Esta noite foi agitada (…) Houve agressões, brigas, facadas”, lamentou o ministro do Interior, Christophe
Castaner.

Na manhã de hoje (18) domingo ainda havia vários pontos de manifestações em rotatórias, pedágios e estradas de todo o país.

Esta revolta popular, organizada nas redes sociais sem a tutela de um partido ou um sindicato, também acabou com feridos entre as forças da ordem, um total de 28, “alguns deles em estado grave”, especificou Castaner.

Os “coletes amarelos”, em alusão à peça fluorescente usados pelos manifestantes, protestaram, em um primeiro momento, pela alta tributária sobre os combustíveis para financiar a transição energética, embora
rapidamente tenha se estendido à falta de poder aquisitivo em geral.

(Agência Brasil com EFE/Foto – Dayle Express)

Maracanaú assina contrato com o BID para obras viárias de infraestrutura e logística

Firmo e representante do BID no Brasil, Hugo Flórez Timorán.

O prefeito Firmo Camurça (PDSB), de Maracanaú, assinou, nesta tarde de sexta-feira, 16, o contrato com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no valor de US$ 31,7 milhões – aproximadamente R$ 118,8 milhões. O recurso será destinado à execução do Programa do Transporte e Logística Urbana (Translog), um investimento histórico para esta cidade da Região Metropolitana de Fortaleza, segundo o prefeito. Agora, a Prefeitura aguarda apenas a liberação do recurso para iniciar as obras.

A assinatura do contrato, que aconteceu no escritório do BID, em Brasília, contou com a presença do representante do banco no Brasil, Hugo Flórez Timorán.

O vice-prefeito e deputado federal eleito Roberto Pessoa (PSDB), a deputada estadual Fernanda Pessoa (PSDB), o secretário de Infraestrutura de Maracanaú, Felipe Mota, o secretário de Relações Institucionais, Ésio de Souza Júnior, a Coordenadora Geral do Translog de Maracanaú, Lissa Albuquerque, além de representantes do BID e da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional marcaram presente no ato.

Conquista

Maracanaú é um dos poucos municípios do Brasil a conquistar um financiamento do BID. Os demais participantes, na grande maioria, são capitais e estados. No Ceará, além de Maracanaú, apenas Fortaleza e o Governo do Estado contam com financiamento do Exterior. Para conseguir essa captação financeira, o Município, desde 2014, vem atendendo uma série de requisitos, entre eles a austeridade fiscal, equilíbrio nas contas públicas e capacidade de pagamento, a realização de consultas públicas e elaboração de relatórios e documentos.

Translog

É um Programa, coordenado pela Secretaria de Infraestrutura, financiado pelo BID e por recursos do Tesouro Municipal. Possui como objetivo ampliar e qualificar a infraestrutura e mobilidade urbana de Maracanaú. Dentre as ações planejadas está à execução de obras de melhoria nos principais corredores da Cidade (avenidas e ruas), interligação dos bairros periféricos com a Região Central do Município, integração dos diversos modais de transporte (ônibus, metrô e bicicletas, através das ciclovias e ciclofaixas) e otimização da logística para escoamento da produção dos Distritos Industriais.

(Foto -BID)

Mais de 600 imigrantes são detidos na fronteira do Arizona

Mais de 600 imigrantes ilegais foram detidos na fronteira do Arizona com o México nas últimas 48 horas, segundo informou nesta quarta-feira a Patrulha Fronteiriça (CBP) do Setor Yuma. Em sua maioria trata-se de grupos de famílias ou jovens não acompanhados
originais da Guatemala, que, somando 654 imigrantes, se  entregaram voluntariamente aos agentes em diferentes operações na segunda e na terça-feira, detalhou a agência federal em comunicado de imprensa.

Os migrantes não têm relação com a caravana que, procedente de Honduras, atualmente viaja pelo território do México, esclareceu a CBP. Esses grupos entraram ilegalmente no país perto da porta de entrada de San Luis, onde, de acordo com a agência federal, existe uma infraestrutura “obsoleta” do muro que permite o cruzamento dos migrantes.

A CBP armou ainda que números maiores de pessoas começaram a atravessar ilegalmente em partes pouco profundas do rio Colorado, perto da cidade fronteiriça de Yuma. Na segunda-feira à noite, um grupo de 55 centro-americanos cruzou esse rio e se entregou voluntariamente.

As detenções de grupos continuam ocorrendo na fronteira do Arizona com o México apesar de na semana passada o governo do presidente, Donald Trump, ter anunciado novas regulações que evitariam que quem ingressar no país de maneira ilegal possa solicitar asilo político.

Aqueles que queiram pedir este tipo de proteção agora deverão apresentar-se nas portas de entrada ao longo da fronteira com o México.
Atualmente, na cidade fronteiriça de Nogales, no Arizona, há mais de 60 famílias esperando sua vez para solicitar asilo político.

(Agência Brasil com EFE)

Funceme participa de treinamento no Japão voltado para a previsão e monitoramento de seca agrícola

Pesquisadores da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) participaram, durante 34 dias, de um treinamento no Japão, que teve por objetivo abrir canais para a implementação de um projeto piloto de previsão e monitoramento de seca no Ceará. Será a 1ª vez que um estado usará essa tecnologia no País, informa a assessoria de imprensa do órgão.

Custeado pelo Banco Mundial em parceria com o Centro Internacional de Gerenciamento de Perigos e Riscos da Água (ICHARM, em inglês), o projeto teve início em junho deste ano, com visitas de campo com pesquisadores japoneses. Na ocasião, os cearenses conheceram os sistemas de irrigação privada e pública, culturas e calendários da produção, infraestrutura de recursos hídricos do Ceará, além de apresentação dos sistemas de monitoramento de secas existentes no Estado.

Como segunda fase do projeto, o treinamento, realizado durante o mês de outubro na cidade de Tsukuba, localizada na província de Ibaraki, serviu para apresentar aos pesquisadores da Funceme o modelo numérico de previsão e monitoramento de secas que é utilizado para prever a produção primária fotossintética, a evapotranspiração e que ainda atua como ferramenta de referência para o crescimento das culturas. Este modelo numérico está incorporado ao Sistema de Integração e Análise de Dados (DIAS, em inglês), que agrega dados observados, dados de análises e modelos multidisciplinares.

“Durante o curso, conhecemos a física do sistema de previsão, como ele é estruturado e seu funcionamento. Usando o Índice de Área Foliar (LAI, em inglês) poderemos classificar a severidade da seca dentro de um determinado período, por exemplo. Na Universidade de Tóquio, tivemos acesso ainda ao sistema DIAS, que coleta e armazena dados de satélites integrados com informações geográficas e socioeconômicas, o que será bastante importante no nosso trabalho”, pontuou o hidrólogo e pesquisador da Funceme, Valdenor Nilo de Carvalho Júnior.

O modelo de previsão a ser implementado no Ceará já foi aplicado em outras regiões do mundo, como no norte da África. Como inovação, ele usa imagens de microondas de satélite, isto é, traz mais detalhes de uma área a ser trabalhada. Porém, no Estado, ele terá ainda novidades.

“Inicialmente, o modelo precisa de condições pré-determinadas para começar a rodar. Vamos usar as imagens do satélite para isto e fazer a previsão. O diferencial é que, nas demais regiões já aplicadas, as imagens eram somente de satélite e, aqui, vamos usar informações captadas in loco, como do tipo de solo, irrigação e cultivo. Com estes detalhes, a gente espera ter melhores resultados para realizar o monitoramento e previsão da seca agrícola”, reforça Carvalho.

Piloto no Ceará

No Ceará, o trabalho deve começar pelo Sul do Estado, onde a Funceme já disponibiliza de informações detalhadas sobre os solos e de cultivo, por exemplo. Com o avanço das pesquisas, novas áreas do Estado serão beneficiadas. Os primeiros resultados serão divulgados, exclusivamente de forma interna já em dezembro e, a primeira previsão de forma pública no início de 2019.

“A gente vai conseguir fazer uma previsão que pode ser útil para o agricultor, indo além da previsão de chuvas, pois ela terá informações valiosas para a plantação e cultivo dos alimentos”, finaliza o hidrólogo do órgão estadual.

(Foto – Divulgação)

Morre Stan Lee, criador do Homem-Aranha e de diversos super-heróis da Marvel

Stan Lee, uma das maiores lendas da indústria de quadrinhos e criador de boa parte dos personagens da Marvel Comics, morreu nesta segunda-feira, 12 de novembro, aos 95 anos. A informação foi divulgada pelo site TMZ, que alega ainda que uma ambulância foi chamada às pressas para a casa de Stan Lee, em Hollywood, na manhã desta segunda-feira. Ele chegou a ser levado para o Cedars-Sinai Medical Center, mas não resistiu. O motivo da morte ainda não foi divulgado.

Além de seu imenso legado como criador de quase todos os principais heróis da Marvel Comics, Stan Lee deixa também uma filha, J.C. Sua esposa, Joan, morreu em 2017. Ao TMZ, J.C. disse: “Meu pai amou todos os seus fãs. Ele foi grande, um homem decente!”

Camilo visita na França um dos maiores centros de startups do mundo

O governador Camilo Santana (PT) informa, em sua página no Facebook, que conheceu, nesta segunda-feira, um dos maiores centros de startups do mundo, com sede na França: a Station F, onde foi recebido pelo chefe de Inovação, Axel Gunaltun.

“Um projeto inovador de desenvolvimento tecnológico que reúne, num só lugar, quase mil startups, criando o que há de mais moderno e eficiente num novo ecossistema de negócios. Nossa ideia é incentivar, cada vez mais, projetos que estimulem a inovação e a tecnologia no Ceará, em parceria com a iniciativa privada”, destacou o governador.

Nessa visita, acompanharam Camilo Santana o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart, e os secretários César Ribeiro (Desenvolvimento Econômico) e Élcio Batista (Chefia de Gabinete). Agradeço ao
Chefe de Inovação da Station F, Axel Gunaltun, pela recepção.

Station F

Situado em um antigo depósito de carga ferroviário anteriormente conhecido como la Halle Freyssinet (daí o “F” na Estação F). A instalação de 34.000 m 2 foi formalmente aberta pelo presidente Emmanuel Macron em junho de 2017 e oferece acomodações de escritório para até 1.000 empresas iniciantes e em estágio inicial, bem como para parceiros corporativos como Facebook, Microsoft e Naver.

(Foto – Facebook)