Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Imprensa estrangeira destaca ascensão social dos negros

A renda da população negra foi a que mais cresceu no Brasil entre 2001 e 2009, cerca de 45%, contra 21% dos brancos, informou o presidente do Ipea e ministro interino da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE/PR), Marcelo Neri, em uma matéria publicada pela Agência France Presse (AFP).

O texto da AFP (Brésil: parce que les femmes noires de Rio le valent bien) destaca o sucesso de uma rede de salões de beleza dedicada exclusivamente a atender clientes negras, fenômeno, de acordo com Neri, da “ascensão de uma nova classe média”. “É a nova classe média produzindo para a nova classe média”, afirmou.

O empreendedorismo na população negra também foi tema em uma reportagem publicada pelo jornal espanhol El País (Alrededor del 30% de la población negra en Brasil es empreendedora). De acordo com o diário, dados do IBGE apontam que, atualmente, 30% dos negros brasileiros são empreendedores, reflexo da elevação de renda e da diminuição da pobreza observada no país nos últimos dez anos, o que levou essa população a trocar o emprego doméstico ou a inatividade pelo empreendedorismo.

De acordo com o presidente do Ipea, vários fatores contribuíram para as mudanças sociais observadas, entre eles o aumento de renda do trabalho assalariado, a melhoria educacional nas camadas mais pobres, assim como, recentemente, as políticas de cotas em universidades públicas. Para o El País, Neri disse acreditar que o negro recuperou o orgulho por sua identidade.

Otimismo

No início do mês, a revista britânica The Economist publicou, em seu site, um artigo (Brazil isn’t growing, so why are Brazilians so happy?) no qual tenta entender por que o brasileiro continua feliz, mesmo com o baixo crescimento do país. O texto cita uma pesquisa do Ipea em que mais de dois terços das famílias afirmaram acreditar que a renda aumentará no próximo ano.

(Ipea)

Dilma visitará Portugal no próximo dia 10

“A presidenta Dilma Rousseff se prepara para ir a Portugal no dia 10. Dilma pretende se reunir com o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho. Ela participa da Semana de Portugal cuja data nacional é comemorada no dia 10 em homenagem a Luís de Camões, considerado um herói, que morreu neste dia. Dilma visita o país no momento em que o Brasil comemora a eleição do novo diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), embaixador Roberto Carvalho de Azevêdo.

A escolha de Azevêdo, no último dia 7, esbarrou em dificuldades impostas, principalmente, por alguns países europeus. Mas a delegação de Portugal comandou uma campanha em favor do brasileiro, o que o ajudou na eleição. O embaixador do Brasil venceu a disputa com o mexicano Herminio Blanco e toma posse em 1º de setembro.

Além disso, no dia 10 de junho, termina o Ano do Brasil em Portugal e o Ano de Portugal no Brasil – comemoração com diversos eventos culturais (música, teatro, dança, circo, fotografia e artes plásticas) que ocorrem, desde 7 de setembro de 2012, em Lisboa e outras cidades portuguesas, assim como em algumas regiões do Brasil.”

(Agência Brasil)

União Europeia já contabiliza 26,5 milhões de desempregados

“O desemprego continua em alta na Europa. A taxa de desemprego nos 27 países que formam a União Europeia em abril foi 11%, o que representa 0,7 pontos percentuais acima do verificado no mesmo mês do ano passado. No conjunto dos treze países onde circula a moeda euro, o percentual de pessoas afetadas pelo desemprego é maior: 12,2% em abril. O índice é 1 ponto percentual acima do registrado em abril de 2012 e 0,1 ponto percentual acima do registrado em março passado. Os três países da Europa com maior taxa de desemprego estão na zona do euro: Grécia (27%), Espanha (26,8%) e Portugal (17,8%). Em número absolutos, há 26,588 milhões de desempregados na União Europeia, dos quais 19,375 milhões estão em países da zona do euro.

Para efeito de comparação, o número de desempregados equivale à população brasileira da Região Sul ou quase a população da Venezuela. Os dados são do Eurostat, órgão oficial de estatísticas da Comissão Europeia.

Os países da União Europeia menos afetados pelo desemprego são Áustria (4,9%), Alemanha (5,4%) e Luxemburgo (5,6%) – todos com taxa abaixo do medido recentemente nas principais regiões metropolitanas do Brasil (5,8%, segundo IBGE). Além do desemprego, o Eurostat projeta aumento da inflação na zona do euro para maio – taxa de 1,4% contra 1,2% medido em abril. O aumento dos preços foi puxado por produtos alimentícios, bebida e cigarro.

(Agência Brasil, com Lusa)

Dilma se reúne com vice-presidente dos EUA

“A presidenta Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer se reúnem hoje (31) com o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, no Palácio do Planalto. Biden desembarcou nessa quinta-feira à tarde em Brasília, procedente do Rio de Janeiro, onde visitou, nos últimos dois dias, a comunidade Santa Marta, em Botafogo. Na comunidade foi instalada a primeira Unidade da Polícia Pacificadora (UPP), há quatro anos e meio. O vice-presidente vem ao Brasil a menos de cinco meses da primeira visita de Estado de Dilma aos Estados Unidos, em outubro.

Estarão em discussão os programas sociais brasileiros, os projetos de desenvolvimento nas áreas de energia, ciência e tecnologia, assim como a segurança internacional, inclusive o combate ao narcotráfico, e a política externa. Segundo diplomatas, a visita é também a demonstração da relevância, para os norte-americanos, do Brasil no cenário internacional.

Ao lado do secretário de Estado norte-americano, John Kerry, Biden é responsável por várias negociações internacionais. Ele foi várias vezes a Israel para conversar sobre a relação com os palestinos e à Europa, em meio ao agravamento causado pela crise econômica internacional. Nas reuniões com líderes estrangeiros, ele costuma defender medidas comuns de combate ao tráfico de drogas e de aproximação com a África.”

(Agência Brasil)

Brasil despenca no ranking mundial da competitividade

“O Brasil perdeu espaço no cenário competitivo internacional e despencou cinco posições no Índice de Competitividade Mundial 2013, elaborado pelo International Institute for Management Development (IMD), uma das maiores escolas de negócios no mundo. O país passou para a 51ª posição, ante o 46º lugar ocupado no ranking do ano passado. Na liderança da lista estão os Estados Unidos, que recuperaram o posto após perdê-lo no ano passado para Hong Kong, graças a uma melhora do setor financeiro, à abundância de inovação tecnológica e companhias de sucesso. O segundo lugar foi ocupado pela Suiça e o terceiro, por Hong Kong.

“Estávamos esperando o Brasil numa posição bem melhor”, disse o diretor do IMD World Competitiveness Center, Stephane Garelli. Na sua visão, o grande problema do país é “muito consumo e pouca produção” – o que denota as falhas do modelo de crescimento adotado pela presidente Dilma Rousseff. Desde que a petista chegou ao poder, em 2011, o país despencou sete posições no ranking.

De acordo com o professor Carlos Arruda, da Fundação Dom Cabral, que coordena o levantamento no Brasil, um dos únicos pontos em que o país ganhou competitividade foi a atração de investimentos. No entanto, há o desafio de transformar estes recursos em produtos e serviços de maior valor agregado. Isso sem contar os investimentos necessários em infraestrutura, logística, mobilidade urbana, educação e as já tão falada reforma tributária – fatores que minguam a competitividade do país. “O Brasil precisa ter um senso de direção e um bom plano de investimento e perseguí-lo”, adicionou Stephane Garelli, do IMD.

Entre os BRICs, apenas a África do Sul está em pior colocação do que o Brasil, ao perder a 50ª posição do ano passado para ficar em 53º lugar este ano. Apenas a China, que passou do 23º para o 21º lugar, e a Rússia (do 48º para o 42º) subiram nos rankings, enquanto a Índia caiu da 35º para a 40ª posição. As economias emergentes em geral continuam altamente dependentes da recuperação econômica mundial, que parece estar atrasada, de acordo com o IMD.

Na Europa, Suíça, Suécia e Alemanha são consideradas as nações mais competitivas, cujo sucesso se baseia na manufatura orientada para exportação, economias diversificadas, pequenas e médias empresas fortes e disciplina fiscal. “Como no ano passado, o resto da Europa está pesadamente constrangida por programas de austeridade que estão atrasando a recuperação e colocando em causa a oportunidade das medidas propostas”, disse o IMD. A pesquisa avalia as condições de competitividade de 60 países a partir da análise de dados estatísticos nacionais e internacionais e pesquisa de opinião realizada com executivos.”

(Com Veja Online)

ONU lançará Dia Mundial do Meio Ambiente

“Na próxima semana, representantes de diversos escritórios da Organização das Nações Unidas (ONU) estarão na Mongólia para lançar o Dia Mundial do Meio Ambiente, tentando estimular uma mudança de consciência e encorajar iniciativas ambientais em todo o mundo. A data é celebrada pela organização desde 1972, no dia 5 de junho. Na edição deste ano, a ONU vai destacar uma campanha que já havia sido lançada em janeiro para alertar sobre o desperdício e a perda de comida – Pensar. Comer. Conservar.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) criou um site do Dia Mundial do Meio Ambiente (WED, na sigla em inglês) em português, que será o único traduzido para um idioma que não é oficial da ONU.

Com informações do Pnuma e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o site reserva um espaço para que qualquer pessoa registre atividades que serão promovidas para celebrar a data e aponta sugestões para organizações que querem realizar algum evento. Como a página está integrada ao site em outros idiomas e a redes sociais, a expectativa é que essas atividades ganhem visibilidade global e possam atrair mais pessoas.”

(Agência Brasil)

Promotor argentino denuncia: há uma rede de terrorismo do Irã na América Latina

“Um relatório de 500 páginas, acusando o regime iraniano de se infiltrar na América Latina para promover ações terroristas, entre elas o atentado à bomba de 1994, que destruiu a associação judaica Amia, em Buenos Aires, matando 85 pessoas, foi divulgado hoje (29) pelo promotor argentino Alberto Nisman. Em entrevista à imprensa, Nisman disse que enviou os resultados de suas investigações ao Brasil e aos países da região, onde teriam sido instaladas bases clandestinas de espionagem: Paraguai, Uruguai, Chile, Colômbia, Guiana, Trinidad e Tobago e Suriname.

No relatório, o promotor explicou que tem novas provas de que o regime islâmico iraniano patrocinou o atentado à Amia e que a agressão não deveria ser vista como um fato isolado porque aconteceu “enquanto a América Latina estava sendo fortemente e agressivamente infiltrada por pessoas ligadas ao Irã”.
Nisman é o responsável pelas investigações do ataque terrorista à Amia, que aconteceu dois anos após a explosão de um carro bomba na embaixada argentina em Buenos Aires, causando a morte de 29 pessoas.

Não é a primeira vez que a Argentina acusa o Irã de financiar o grupo fundamentalista Hezbollah, pela destruição da Amia. A pedido do governo argentino, a Interpol emitiu alerta vermelha para vários altos funcionários do regime iraniano, incluindo o ministro da Defesa, Ahmed Vahidi. O governo iraniano sempre negou qualquer envolvimento no atentado e se recusou a cooperar com a Justiça argentina até o final do ano passado, quando propôs à presidenta Cristina Kirchner uma saída para o impasse.”

(Agência Brasil)

Medicamento que combate câncer pode levar à cura do Alzheimer

“Quatro equipes de cientistas independentes concluíram que um medicamento usado normalmente no combate ao câncer pode levar à redução da placa amilóide no cérebro e contribuir para a cura do Mal de Alzheimer. Os testes foram feitos em ratos e obtiveram sucesso. A pesquisa foi publicada na revista norte-americana Science. Porém, cientistas advertem que é necessário ter cautela sobre os efeitos do tratamento.

O estudo concluiu que ratos tratados com bexaroteno demonstravam mais rapidez e inteligência e que a placa no cérebro, que causava o Mal de Alzheimer, começava a desaparecer em horas. “Queríamos repetir o estudo para verificar o que pode ser analisado e conseguimos fazê-lo”, disse o professor de neurologia da Universidade da Flórida, David Borchelt. “Mas é preciso ter certa cautela sobre o futuro no que se refere aos pacientes”, alertou.

Os cientistas observaram que o medicamento funcionava incrementando os níveis da proteína apolipoproteína E (ApoE), que ajuda a eliminar a acumulação da placa amilóide no cérebro, uma característica considerada chave do Alzheimer. O principal autor do estudo, Gary Landreth, professor no Departamento de Neurociências da Case Western Reserve University School of Medicine, não escondeu a surpresa. “Ficamos surpresos e assombrados. Isso jamais havia sido visto antes”, ressaltou.”

(Agência Brasil, com Telesur)

Cuba rebate com números dúvidas sobre a capacitação de médicos formados no país

A polêmica gerada pela disposição do governo de contratar cerca de 6 mil médicos de Cuba para trabalhar na atenção primária à saúde nas regiões mais carentes do país é estimulada, entre outras razões, pela dúvida sobre a formação profissional deles. Mas o governo cubano rebate as dúvidas com números. Em Cuba, há 25 faculdades de medicina, todas públicas, e uma Escola Latino-Americana de Medicina, na qual estudam estrangeiros de 113 países, inclusive do Brasil.

A duração do curso de medicina em Cuba, a exemplo do Brasil, é seis anos em período integral, depois há mais três a quatro anos para especialização. Pelas regras do Ministério da Educação de Cuba, apenas os alunos que obtêm notas consideradas altas em uma espécie de vestibular e ao longo do ensino secundário são aceitos nas faculdades de medicina. Médicos cubanos que atuam no Brasil contam que, em Cuba, o estudante tem duas chances para ser aprovado em uma disciplina na faculdade: se ele for reprovado, é automaticamente desligado do curso. Na primeira etapa do curso, há aulas de biomédicas, ciências sociais, morfofisiologia e interdisciplinaridade.

Nas etapas seguintes do curso, os estudantes de medicina em Cuba têm aulas de anatomia patológica, genética médica, microbiologia, parasitologia, semiologia, informática e outras disciplinas. Segundo os médicos cubanos, não há diferença salarial entre os profissionais exceto pela formação – os que têm mestrado e doutorado podem ganhar mais. De acordo com os profissionais cubanos, todos os estudantes de medicina passam o sexto ano do curso em período de internato, conhecendo as principais áreas de um hospital geral. A formação dos profissionais em Cuba é voltada para a chamada saúde da família: os médicos são clínicos gerais, mas com conhecimento em pediatria, pequenas cirurgias e até ginecologia e obstetrícia.

(Agência Brasil)

Na Etiópia, Dilma discursa em nome dos líderes da América Latina

A presidente Dilma Rousseff passa este sábado (25) em Adis Adeba, capital da Etiópia, onde fica até o começo da noite. A presidenta discursa, nas comemorações do aniversário de 50 anos da União Africana (que reúne 54 países), representando a América Latina. Em nome dos países não alinhados (que reúne países que buscam um caminho independente) discursará o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. A presidente viajou para a Etiópia acompanhada por uma comitiva de ministros, como Antonio Patriota (Relações Exteriores), Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio), Luiza Bairros (Secretaria de Políticas da Promoção da Igualdade Racial) e Aluizio Mercadante (Educação), além do porta-voz da Presidência, Thomas Traumann, empresários e assessores.

Criada em maio de 1963, a União Africana (que reúne 54 países) assumiu a função de buscar soluções internas para os conflitos envolvendo as distintas nações, assim como o processo de progressiva democratização e fortalecimento institucional. O intercâmbio comercial entre Brasil e África cresceu cinco vezes nos últimos dez anos, evoluindo de US$ 5 bilhões, em 2002, para US$ 26,5 bilhões, em 2012. O diretor do Departamento de África, Nedilson Ricardo Jorge, destacou que a União Africana contribui para a construção da democracia e busca melhorias econômicas e sociais. Segundo ele, o bloco tem “tolerância zero” contra tentativas de golpes de Estado. Atualmente, o bloco está voltado para Guiné-Bissau (que teve um golpe de Estado no ano passado e ainda não se estabilizou), República Centro Africana e Madagascar. Os três países ainda não retomaram a chamada ordem democrática.

As preocupações da União Africana atualmente também estão concentradas na promoção do desenvolvimento das redes de transporte, energia e telecomunicações, além da integração econômica, combate à fome e à pobreza, incentivos agrícola e rural. Mas os temas específicos sobre a África serão tratados na Cúpula da União Africana, nos dias 26 e 27, da qual a presidente não deverá participar.

(Agência Brasil)

Tem parlamentnar cearense na posse do presidente do Equador

“Cerca de 90 delegações e pelo menos dez chefes de Estado assistirão hoje (24) a posse do presidente do Equador, Rafael Correa. A cerimônia está prevista para as 10h (12h no horário de Brasília). Reeleito em fevereiro, Correa tomará posse na Assembleia Nacional, em solenidade conduzida por três mulheres: pela presidenta da Assembleia, Gabriela Rivadeneira, e pelas vice-presidentes da casa Legislativa, Rosana Alvarado e Marcela Aguiñaga.

Confirmaram presença os presidentes do Irã, Mahmoud Ahmadinejad; da Venezuela , Nicolás Maduro; do Peru, Ollanta Humala; da Bolívia, Evo Morales e da Colômbia, Juan Manuel Santos. A posse deve durar cerca de três horas, a presidenta Dilma Rousseff não estará presente, porque que viajou ontem (23) à Etiópia, para as comemorações dos 50 anos da União Africana. O Brasil será representado na cerimônia, pelo vice-presidente Michel Temer.”

(Agência Brasil)

DETALHE – Na comitiva de Michel Temer, dois cearenses: o deputado federal Ilário Marques e sua mulher, a deputada estadual Rachel Marques, ambos do PT.

Dilma participará das comemorações dos 50 anos da União Africana

“A presidenta Dilma Rousseff embarca hoje (23), às 19h, para Adis Adeba, na Etiópia, onde participa das comemorações do aniversário de 50 anos da União Africana (que reúne 54 países), no próximo dia 25. A previsão é que ela esteja de volta ao Brasil até o dia 27. Dilma será a única chefe de Estado da América Latina nas celebrações. Os programas sociais e as conquistas econômicas do Brasil estão na pauta de discussões.

Segundo diplomatas, os avanços sociais associados ao crescimento econômico fazem do Brasil um dos convidados de honra das comemorações, ao lado da França e da União Europeia, além da China e Índia. A presidenta viaja acompanhada por uma comitiva de ministros, entre eles Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Aloizio Mercadante (Educação), empresários e assessores.

A presidenta discursará no sábado (25) à tarde. Ela terá uma reunião bilateral com o primeiro-ministro da Etiópia, Hailemariam Desalegn, que tem interesse nos programas de desenvolvimento agrícola, de transferência de renda e de educação implementados no Brasil. O Brasil é o país latino-americano com o maior número de embaixadas na África. No total, são 37 representações. No Conselho de Segurança das Nações Unidas, apenas a China, os Estados Unidos e a Rússia têm mais embaixadas na África do que o país.”

(Agência Brasil)

Michel Temer vai á posse de Correa no Equador

“O vice-presidente da República, Michel Temer, representará o Brasil na cerimônia de posse do terceiro mandato do presidente do Equador, Rafael Correa, amanhã (24) em Quito. Temer estará interinamente no poder enquanto a presidenta Dilma Rousseff viaja para a Etiópia (África), onde participa das comemorações dos 50 anos da União Africana.

A solenidade de posse de Correa vai reunir pelo menos 14 chefes de Estado. Confirmaram presença os presidente Mahmoud Ahmadinejad (Irã), Nicolás Maduro (Venezuela), Laura Chinchilla (Costa Rica), Ollanta Humala (Peru) e Porfirio Lobo (Honduras).

Reeleito há três meses, Correa ficará no poderá até 2017, quando completa uma década no governo. O novo vice-presidente é Jorge Glas. Correa venceu o ex-banqueiro Guillermo Lasso. Para a campanha, ele se licenciou do cargo.”

(Agência Brasil)

Ministro Leônidas firma parcerias na Flórida

content_id (3)

O secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, participou, nesta quarta-feira, na Flórida, da assinatura do Acordo Internacional de Portos Marítimo Irmãos firmado entre a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) e a Autoridade Portuária de Manatee. O acordo possibilitará o estabelecimento de linhas regulares de navegação entre os dois Portos, principalmente em função da grande importação de produtos brasileiros pela região. O documento foi assinado pelo Presidente da CDRJ, Jorge Mello e pelo Diretor Executivo do Porto de Manatee, Carlos Buqueras. A partir de agora, os portos deverão trocar informações livres e abertas, referentes à movimentação operacional de carga e de turismo, planejamento e pesquisas desenvolvidas. Será criado ainda um grupo de trabalho para dar o acompanhamento necessário e colocar em prática as intenções deste acordo.

O Porto de Manatee fica localizado na costa oeste da Flórida a cerca de uma hora de da Cidade de Orlando. A região tem grande afluência de brasileiros, o que contribui para aumento substancial da importação de produtos e carga brasileira, com possibilidade de geração de grande volume de negócios por intermédio do Porto de Manatee. Tal possibilidade é ainda potencializada pelo grande congestionamento dos portos de Miami e de Everglades, em razão do grande crescimento urbanos das Cidades.
A proximidade do Porto de Manatee com o Canal do Panamá também possibilita a redução dos custos de transporte, permitindo maior agilidade na entrega das mercadorias e fácil conexão entre portos americanos e brasileiros.

O Porto Organizado de Manatee, diferentemente dos principais Portos do Estado da Flórida, ainda dispõe de grandes áreas para expansão e inclui em seu planejamento a construção de plataformas logísticas, conhecidas nos Estados Unidos como Centros de Distribuição. Estas instalações, por estarem mais próximas dos grandes centros urbanos daquele Estado, possibilitam um grande crescimento do Porto. Nesse sentido, o Termo de Cooperação hoje firmado possibilita o aumento do comércio entre os dois Países, em uma região de grande afluência de brasileiros. Participaram também da reunião o Secretário de Gestão e Infraestrutura de Portos, Fernando Victor Castanheira de Carvalho, e o Assessor Internacional, José Newton Barbosa Gama.

(Com Site da SENAP)

Dilma é a segunda mulher mais poderosa do mundo, segundo a "Forbes"

A revisa “Forbes” definiu a presidente Dilma Rousseff como a segunda mulher mais poderosa do mundo, atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel. Dilma, que ficou na terceira posição por dois anos consecutivos, alcançou o segundo lugar após a saída de Hillary Clinton do posto de secretária de Estado americano, o que fez a ex-primeira dama dos Estados Unidos cair para o quinto lugar.

A lista deste ano a “Forbes”  foi divulgada nesta quarta-feira.

Câmara dos Comuns da Inglaterra aprova lei do casamento homossexual

“A Câmara dos Comuns, o Parlamento britânico, aprovou hoje (21), por maioria, a lei sobre o casamento homossexual, que a partir de quarta-feira será analisada pela Câmara dos Lordes. A nova legislação, impulsionada pelo primeiro-ministro conservador David Cameron, superou a terceira e última leitura na câmara com o apoio dos trabalhistas e liberais-democratas, por 366 votos a favor e 161 contra, com a oposição de parte dos deputados do próprio partido de Cameron.

O projeto para permitir o casamento de pessoas do mesmo sexo na Inglaterra e País de Gales (a Escócia e Irlanda do Norte têm competências próprias nessa matéria) entrará em vigor em 2014, caso supere diversos trâmites parlamentares. A legislação permitirá aos casais homossexuais contrair matrimônio civil e permite que as instituições religiosas não celebrem o matrimônio entre pessoas do mesmo sexo em caso de inexistência de uma autorização específica para a concretizar.”

(Agência Brasil com Agência Lusa)

UFC firma convênio com universidade chinesa

A Universidade Federal do Ceará acaba de firmar seu primeiro convênio com uma instituição de ensino chinesa.

O Coordenador de Assuntos Internacionais da UFC, professor Tito Lívio Cruz Romão, assinou um acordo de entendimento geral para cooperação em pesquisa com a Universidade de Jiujiang, que fica no leste da China. A relação entre as duas instituições foi iniciada pelos trabalhos desenvolvidos pela professora Mônica Alves Amorim, do Departamento de Teoria Econômica da Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC).

Mônica Alves é secretária-geral para a América do Sul do recém-criado Instituto de Pesquisas sobre Montanhas Famosas do Mundo. Esse centro de estudos dedica-se a produzir e trocar informações sobre o desafio de proteger e manter os frágeis ecossistemas montanhosos do mundo, levando em consideração aspectos como turismo, desenvolvimento
local, patrimônio ambiental, memória e cultura.

(Com Site da UFC)