Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Dom Odílio Scherer considera "fantasia" especular nomes para suceder Bento XVI

“As reuniões que antecedem o conclave (que elegerá o futuro papa) são guiadas pelo “senso de responsabilidade”, segundo o arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, 63 anos. Scherer negou que o nome daquele que vai suceder o papa emérito Bento XVI, que deixou o pontificado no último dia 28, esteja definido antes do conclave. Dom Odilo é apontado como um dos nomes cotados para ser o futuro papa.

“Dizer que, antes do conclave, os nomes estão prontinhos, não é a realidade, faz parte da fantasia”, ressaltou o arcebispo de São Paulo. Segundo ele, durante as reuniões, há conversas, curtos discursos e a evocação do Espírito Santo.

Pelo segundo dia consecutivo, o Colégio de Cardeais se reúne hoje (5). A expectativa é que a data para o início do conclave seja definida com a previsão de chegada dos 12 religiosos que faltam. Ontem (4) a reunião preliminar ocorreu com a presença de 142 cardeais, dos quais 103 são eleitores no conclave, inclusive cinco brasileiros.”

(Agência Brasil)

Cardeais podem definir nesta 3ª feira a data para início do conclave

“O Colégio de Cardeais pode definir hoje (5) a data para o começo da assembleia que elegerá o papa, com a chegada dos 12 religiosos que faltavam. Ontem (4), a reunião preliminar ocorreu com a presença de 142 cardeais, dos quais 103 são eleitores no conclave, inclusive cinco brasileiros. A reunião é preparatória para o conclave, cujo encerramento deve ocorrer até a Páscoa – no fim de março.

A primeira etapa da reunião preliminar do Colégio de Cardeais, segundo o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, transcorreu em clima de serenidade. Os religiosos fizeram um juramento, baseado na Constituição da Igreja Católica Romana (Universi Dominici Gregis), sobre como se comportarão durante o encontro.

A reunião foi dividida em duas etapas: na primeira, 13 cardeais se pronunciaram, houve um intervalo. Depois, ocorreu a segunda fase. Os cardeais aproveitaram o encontro de ontem também para se conhecer. Segundo Lombardi, alguns religiosos não se conheciam pessoalmente. As reuniões preliminares foram organizadas de maneira que ocorram durante toda a semana.”

(Agência Brasil)

Piora saúde de Chávez, anuncia governo venezuelano

35 1

CHVEZZCARECA

“O ministro de Comunicação e Informação da Venezuela, Ernerto Villegas, disse na noite dessa segunda-feira (4) que o presidente Hugo Chávez enfrenta uma “nova e severa infecção respiratória e seu estado de saúde geral é muito delicado”.

O ministro leu o comunicado direto do Hospital Militar de Caracas, onde Chávez está internado há 15 dias. “Existe uma piora da função respiratória”, disse Villegas ao ler um comunicadoa em cadeia nacional de rádio e televisão.

Ele reafirmou que Chávez vem sendo submetido a sessões de quimioterapia de forte impacto e a tratamentos complementários. O ministro disse ainda que o comunicado foi divulgado por orientação do vice-presidente, Nicolás Maduro. “O senhor presidente continua aferrado a Cristo e à vida, consciente de seu estado bastante delicado e cumprindo rigorosamente as orientações da equipe médica”, concluiu Villegas.”

(Agência Brasil)

Criança que foi contaminada com o vírus HIV pela mãe está curada

59 1

“Uma equipe de médicos norte-americanos anunciou o primeiro caso de cura funcional de uma criança de 2 anos, que desde o nascimento foi contaminada com o vírus HIV, transmitido pela mãe soropositiva. De acordo com os especialistas, trata-se de eliminação viral. A criança ficou em tratamento por um ano e meio. Ela foi medicada com antirretrovirais e não apresenta mais sinais do vírus no organismo.

Para os pesquisadores, o tratamento precoce explica a cura funcional, bloqueando a formação de “estoques virais escondidos”. O caso foi apresentado durante a 20ª Conferência Anual sobre Retrovírus e Infecções Oportunistas (Croi), em Atlanta, na Geórgia. A médica Deborah Persaud, do Centro Infantil Johns Hopkins, do Hospital Universitário de Baltimore (Maryland, nos Estados Unidos), principal autora do estudo, disse que é fundamental que a terapia com antirretrovirais seja introduzida o mais cedo possível para impedir o avanço desses estoques escondidos.

A única cura completa de pessoa contaminada com o vírus HIV, que foi oficialmente reconhecida, é a do norte-americano Timothy Brown, conhecido como o paciente de Berlim. Ele foi declarado curado depois de um transplante de medula óssea de um doador que tinha uma mutação genética rara, que impedia o vírus de penetrar nas células. O transplante foi concebido para tratar a leucemia.”

(Com Agência Brasil)

Rainha da Inglaterra é internada com gastroenterite

“A rainha britânica Elizabeth 2ª, de 86 anos, está internada desde ontem (3) no Hospital Edward 7º, em Londres. A rainha foi hospitalizada em decorrência de uma gastroenterite (inflamação gastrointestinal causada por uma infecção, geralmente viral). Não foi informado por quanto tempo ela ficará hospitalizada.

Elizabeth 2ª apresentou os primeiros sintomas da doença no fim da semana passada, quando cancelou todos os compromissos marcados para os próximos dias, inclusive uma visita a Roma, capital italiana. Ela e o marido, o duque de Edimburgo, de 91 anos, marcaram a viagem oficial a Roma para os próximos dias 6 e 7, a convite do presidente italiano, Giorgio Napolitano.

A rainha deve ficar internada durante dois dias. A última vez em que ela precisou ser internada foi há dez anos. Segundo assessores, a rainha tem boa saúde, pois é ativa e cumpre uma série de compromissos anualmente.”

(Agência Brasil com Lusa e BBC Brasil)

África está bem abaixo da América Latina no ranking de violência urbana

Da coluna Concidadania, no O POVO deste domingo (3), pelo jornalista Valdemar Menezes:

A estatística do Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal – uma ONG sediada no México – apresentando Fortaleza como a 13ª no ranking das cidades mais violentas do mundo (outras 14 capitais brasileiras foram incluídas) trouxe outro dado que faz pensar: a África está bem abaixo da América Latina nesse ranking de violência urbana. Por que será? Por que a população africana é mais rural?

A interpretação mais correta talvez seja a questão da desigualdade. A África é mais pobre, mas lá a sociedade de consumo é menos desenvolvida, não produzindo um contraste tão violento entre as classes sociais. A violência tem mais impulso quando resulta da frustração diante da visibilidade do privilégio de alguns (desigualdade), sobretudo quando todo o sistema induz ao consumo e largas faixas de pessoas não têm poder aquisitivo para adquirir o que é apresentado como objeto de desejo (bens e status).

Cardeais brasileiros estão em Roma à espera do início do conclave

Os cinco cardeais brasileiros que votarão no conclave (quando há eleição para a escolha do futuro papa) já estão em Roma. Dom Raymundo Damasceno, dom Cláudio Hummes, dom Odilo Scherer, dom Geraldo Majella Agnelo e dom João Braz de Aviz se preparam para as reuniões preliminares, no Colégio de Cardeais, que começam nesta segunda-feira (4).

Pelos dados do Vaticano, estão credenciados para a cobertura da escolha do sucessor de Bento XVI 3.641 jornalistas, de 968 meios de comunicação e 24 idiomas. No total, são 156 repórteres-fotográficos, 2.470 repórteres e técnicos, 231 repórteres de rádio e 115 profissionais de internet. As informações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). 

Não há data definida para o começo do conclave. Também não há prazo para a sua conclusão. No passado, o conclave chegou a durar dois anos e meio. Pela legislação do Vaticano, a escolha do papa deve ser definida por dois terços dos votos favoráveis. Sem consenso, podem ser realizadas até 33 votações até definir o nome escolhido.

Bento XVI, de 85 anos, deixou o pontificado no último dia 28. Desde então ocorre o período de sé vacante (sem papa). A expectativa, segundo o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, é definir o sucessor de Bento XVI até a Páscoa – na última semana do mês.

(Agência Brasil)

Fortaleza é a 13ª cidade mais violenta do mundo

90 1

Fortaleza ocupa agora o 13º lugar no ranking das cidades mais violentas do mundo. Com um aumento de 47% nos homicídios dolosos em relação a 2011, 2012 fez a Capital cearense chegar a essa posição, segundo relatório do Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal – uma Organização Não-Governamental (ONG) sediada no México que, desde 2002, analisa políticas públicas, impunidade, narcotráfico, sequestro e segurança.

O ranking da ONG cita 15 capitais brasileiras entre as 50 metrópoles com as mais elevadas taxas de assassinato do planeta. O índice é um quociente entre o contingente populacional e o número de mortes intencionais de cada localidade. Fortaleza figura na quarta pior situação do Brasil. No Nordeste, é a terceira (ver mapa). Rio de Janeiro e São Paulo – que lideraram por anos os homicídios no País – não são citados na lista.
Em relação ao mesmo estudo de 2011, Fortaleza piorou 24 posições no ranking. Tinha uma taxa homicida de 42,90 – que lhe deixava em 37º lugar mundial – e saltou para uma taxa de 66,39 em 2012 – dando-lhe o 13º lugar. Trata-se do maior avanço dentre as capitais brasileiras. João Pessoa, o segundo maior crescimento, subiu 19 lugares.
Em 2011, Fortaleza era a 11ª capital brasileira com o maior índice de assassinatos por grupo de 100 mil habitantes. Piorou, portanto, sete posições no ranking do ano seguinte – quando apareceu no quarto lugar.Maceió, cuja taxa de homicídios era de 135,26 em 2011 (terceiro lugar mundial e primeiro do Brasil), apresentou em 2012 taxa de 85,88. A redução não fez a capital alagoana perder o posto de mais violenta do País, mas melhorou em três posições a situação da cidade no ranking mundial.

Belém, Macapá, Curitiba e Belo Horizonte também recuaram posições na lista das 50 metrópoles mais violentas do mundo. No ranking brasileiro, reduziram 16, nove, três e três posições, respectivamente. As demais capitais do País constantes no ranking pioraram as taxas homicidas de um ano para o outro.

Silêncio

O POVO procurou a Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) na tentativa de saber quais medidas serão implementadas para reduzir os índices de violência de Fortaleza.

A reportagem foi informada pela assessoria de imprensa de que a pasta desconhecia a pesquisa (pública e disponibilizada no site da ONG mexicana desde 19 de fevereiro) e só poderia posicionar-se após analisá-la. O POVO enviou o documento à assessoria da SSPDS. Ainda assim, nenhum representante da secretaria quis comentar o estudo.

(Com O POVO)

Igreja entrará em nova fase, dizem arcebispos brasileiros que votarão no conclave

“A escolha do sucessor de Bento XVI poderá ser feita por até 115 cardeais, aptos a votar no conclave, dos quais cinco são brasileiros. O arcebispo emérito de São Paulo e prefeito emérito da Congregação para o Clero, dom Claudio Hummes, e o arcebispo de Aparecida (SP), dom Raymundo Damasceno Assis, ressaltaram que a iniciativa de Bento XVI de renunciar dá início a uma nova fase na Igreja Católica Apostólica Romana. “Creio que vai abrir novas portas, claro. A Igreja está em uma situação nova e, talvez, seja a oportunidade para outras coisas acontecerem para o bem da Igreja”, destacou dom Hummes, sem entrar em detalhes.

Para o arcebispo emérito de São Paulo e prefeito emérito da Congregação para o Clero, mesmo após Bento XVI deixar o pontificado, ainda permanece uma sensação de surpresa entre os fiéis e religiosos. “Ninguém sabia [da renúncia], ninguém supunha. Isso nos tomou de surpresa. Inicialmente estavam todos perplexos. Ainda estamos perplexos, porque é um tempo novo, realidades novas; o conclave vai ser feito em uma situação nova, diferente dos conclaves anteriores.”

Para dom Damasceno, o ato da renúncia de Bento XVIdeve ser compreendido como algo “profético”. “É um gesto de humildade, de grandeza, coragem, porque o papa sabia das repercussões de seu gesto.” O arcebispo de Aparecida destacou a sensação quase que inédita decorrente da ação de Bento XVI: “É algo inusitado que pegou a Igreja de surpresa, embora ele tenha feito alusões à possível renúncia. Mas uma coisa é fazer alusões, outra é renunciar mesmo. A gente nunca sabe se fato isto iria se concretizar. Ele deixou em aberto esta possibilidade. O gesto é profético neste cenário”.

(Agência Brasil)

Chávez continua lutando pela vida, diz vice-presidente venezuelano

79 1

“Doze dias depois do regresso do presidente venezuelano, Hugo Chávez, ao país, o vice-presidente Nicolás Maduro disse que ele “segue batalhando por sua vida e que espera a força de Deus”. A declaração foi dada nessa quinta-feira à noite (28), ao prestar contas da gestão do governo em 2012 à Assembleia Nacional.

Maduro não deu mais detalhes sobre o estado de saúde de Chávez e lembrou que “ele se entregou de corpo e alma” pelos mais pobres. O comentário foi feito mais cedo, durante entrega de moradias em Caracas. Dirigindo-se ao público que acompanhava a cerimônia, Maduro disse que Chávez adoeceu por sua dedicação ao povo venezuelano.

“Sabem por que o comandante Chávez descuidou de sua saúde e teve que lutar por ela, quase dois anos, no comando da pátria? Porque se entregou de corpo e alma e se esqueceu de suas obrigações consigo”, acrescentou o vice-presidente durante o evento. Chávez permanece internado no Hospital de Caracas, depois de ficar dois meses hospitalizado em Cuba e de ter sido submetido à quarta cirurgia contra o câncer.”

(Agência Brasil)

Cardeais expressam gratidão a Bento XVI

30 1

“Bento XVI, que hoje (28) conclui o pontificado, foi homenageado pelos cardeais que participaram da última celebração com ele. Em nome de todos os presentes, o cardeal decano (o mais antigo) do Colégio de Cardeais, Angelo Sodano, de 85 anos, fez a saudação. Sodano desejou sorte a Bento XVI, que pretende viver de maneira reclusa, e ressaltou que todos expressavam sua gratidão.

“Sim, Padre Santo, saiba que o nosso coração também ardia enquanto caminhávamos juntos nesses últimos oito anos. Hoje, queremos mais uma vez expressar-lhe toda a nossa gratidão. Em coro, repetimos uma expressão típica de sua querida terra natal: ‘Vergelt’s Gott [Deus lhe pague]’!”, disse Sodano.

Os cardeais se reuniram com Bento XVI, na sala Clementina, no Palácio Apostólico, a residência oficial dos papas. Durante a celebração, os cardeais beijaram a mão do papa e também conversaram rapidamente com ele. Bento XVI prometeu obediência incondicional ao sucessor e disse que vai orar pelos cardeais que participarão do conclave.”

(Agência Brasil)

Bento XVI e um ato de destemor e desapego

Com o título “Bento XVI: fé e razão num ato de destemor e desapego”, eis o Editorial do O POVO. Com a renúncia, ele grava, mais do que nunca, seu home na história. Confira:

Hoje é o último dia do pontificado de Bento XVI: a partir das 16 horas (20 horas em Roma) ele deixa o Palácio Apostólico do Vaticano e a cátedra de São Pedro. A partir daí, a Igreja Católica Romana entra em período de Sede Vacante, até a eleição do novo papa pelo colégio cardinalício.

Ontem, o papa renunciante realizou sua última audiência geral, na Praça de São Pedro, acompanhado por uma multidão incalculável e pelos olhares de milhões de telespectadores em todo o mundo. Os aplausos da multidão transmitiam o carinho e a solidariedade dos fiéis, que entenderam o seu gesto e procuraram confortá-lo.

A renúncia de um papa não era vista há 600 anos. Nos poucos casos em que ocorreu, foi traumática e resultante de um grave conflito interno. Esta, agora, apesar de voluntária, não deixa de se dar também em um momento de crise na Igreja. Bento XVI confessou que sai porque não dispõe de forças físicas e psicológicas para dar conta de uma rotina extremamente extenuante, mesmo para um titular mais jovem. O que não invalida o entendimento de que a exaustão também decorre do empenho desenvolvido na desgastante tarefa de tentar manter unida a Igreja e reforçar sua presença num mundo hostil aos seus valores.

A humildade revelada, de maneira concreta, no gesto de renúncia a um poder absoluto, de certa forma atarantou certos críticos que sempre insistiram em apresentá-lo como um homem duro, intransigente e insensível – o “pantzer cardinal”. Aliás, isso já havia caído por terra logo no início de seu pontificado quando o mundo se deparou com a figura doce e humana de um homem tímido e sensível, avesso a gestos tonitruantes, que toca Mozart ao piano e cria gatos.

Dotado de um intelecto privilegiado, procurou por todas as maneiras aproximar fé e razão, sem fazer concessão à mediocridade. Foi isso que lhe permitiu perceber os limites humanos de seu papel e entender que aferrar-se ao cargo, quando não tinha mais condições físicas para isso, seria um estorvo à Igreja. Com isso, deu o “freio de arrumação” necessário para os quadros da Igreja tomarem consciência de suas responsabilidades e da necessidade de abrir novas trilhas rumo ao futuro. Um gesto de grandeza e destemor, só realizado por quem tem vívida noção da História e uma fé inquebrantável.

Bento XVI se despede nesta 5ª feira do pontificado

bentio

“O papa Bento XVI, de 85 anos, deixa hoje (28) às 20h (16h em Brasília) o pontificado, depois de quase oito anos. A partir desse horário começa o chamado o período de sede vacante (sem papa). Ao longo do dia, Bento XVI tem uma série de atividades, mas não está programada solenidade pública. Ontem (27) foi a última vez que ele participou de uma audiência geral, circulou no papamóvel, acenou para os fiéis, beijou crianças e enviou mensagem justificando a renúncia.

“Dei esse passo em plena consciência da sua gravidade e novidade”, ressaltou o papa, sendo aplaudido de pé por cardeais e bispos, além do público presente à Praça São Pedro.“Ter coragem de fazer escolhas difíceis é ter sempre dentro de si o bem da Igreja”, acrescentou. Na manhã de hoje, Bento XVI participa de uma cerimônia de despedida com os cardeais em uma sala do Palácio Apostólico, sua residência oficial. Dos cinco cardeais brasileiros que participarão do conclave (quando se elege o sucessor de Bento XVI), alguns já estão no Vaticano.

Às 15 horas, o papa deixará o Palácio Apostólico em um helicóptero em direção a Castel Gandolfo, que é a residência de verão dos papas, localizada a cerca de 30 quilômetros do Vaticano. Em maio, provavelmente, quando a reforma estiver concluída, Bento XVI passará a morar no Mosteiro Mater Ecclesia, na região do Vaticano.

(Com Agência Brasil)

Estados Unidos reconhecem cachaça como produto de origem brasileira

Os Estados Unidos reconheceram a cachaça como produto de origem exclusiva brasileira. A decisão vale a partir de 11 de abril e significa que, para levar no rótulo o nome de cachaça, o produto deverá ser fabricado no Brasil e de acordo com os padrões de qualidade brasileiros. Atualmente, o destilado é vendido nos EUA sob o nome genérico de brazilian rum.  O Brasil também reconhecerá como destilados exclusivos norte-americanos o bourbon e o tenessee whiskey em um prazo de 30 dias.

O reconhecimento foi divulgado nesta quarta-feira (27) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Na avaliação do secretário de Relações Internacionais da pasta, Célio Porto, a mudança abrirá o mercado dos EUA para a cachaça brasileira. Para Vicente Bastos, presidente do Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), haverá desenvolvimento da produção do destilado, com aumento das exportações, atualmente em um patamar modesto. “No ano passado foram apenas US$ 20 milhões, dos quais US$ 2 milhões foram para os Estados Unidos”, disse. De acordo com ele, a cadeia produtiva da cachaça emprega cerca de 600 mil pessoas em todo o país.

Para Bastos, além de impulsionar o mercado, a alteração nas regras norte-americanas é o primeiro passo para assegurar a manutenção da qualidade do produto. “Nós temos que evitar o que ocorreu com a vodca e com o rum. Um era da Rússia e o outro do Caribe, mas transformaram-se em destilados genéricos, que qualquer país pode fabricar. Além da perda de mercado, isso traz perda de qualidade. Com o reconhecimento, para levar o nome de cachaça [a bebida] terá que se espelhar em nossos padrões. No Brasil há um decreto definindo o que é cachaça, mas tem que obter a regulamentação do restante dos países”, disse, referindo-se ao Decreto n° 4062/2001.

Segundo o presidente do Ibrac, o reconhecimento dos EUA é resultado de negociações iniciadas em 2001 com a participação do governo e do setor privado. Há conversações iniciadas também com a União Europeia sobre o assunto. “Na Comunidade Europeia há vários exemplos de marcas de destilados, vinhos e queijos que são considerados exclusivos. Isso ajuda a assegurar mercado para o país produtor”, disse.

(Agência Brasil)

Shalom decreta "Dia de Gratidão" a Bento XVI

A Comunidade Católica Shalom , que nasceu em Fortaleza sob o pontificado de João Paulo II (1982) e foi reconhecida por Bento XVI está definindo esta quarta-feira como “Dia de Gratidão”. Porque bento XVI está passando a ser emérito no papado. Às 19 horas, no Centro de Evangelização Shalom da Paz , haverá missa e espera-se a participação de três mil fieis.

Moysés Azevedo, que comanda o Shalom, está em Roma, na casa da instituição, juntando-se a peregrinos do mundo inteiro que acompanham os últimos dias do pontificado de Bento XVI e o Conclave onde será escolhido o novo papa.

SERVIÇO

Shalom da Paz – Rua Maria Tomásia, nº.72, Aldeota.

Ex-Núncio Apostólico do Brasil conduzirá conclave que escolherá novo Papa

“A reunião que definirá o nome do sucessor do papa Bento XVI, o conclave, será conduzida por um bispo que conhece bem o Brasil e viveu no país: o atual secretário da Congregação para Bispos, dom Lorenzo Baldisseri, de 72 anos, que foi núncio apostólico no Brasil entre 2002 e 2012.

Por ocupar o cargo de secretário do Colégio Cardinalício, Baldisseri assumirá a função de secretário do conclave. Pela Constituição Apostólica Universi Dominici Gregis, que determina como deve ser feita a eleição do novo papa, é o secretário do Colégio Cardinalício que desempenha as funções de secretário da Assembleia Eleitoral. Nas Américas, além do Brasil, Baldisseri conhece bem o Paraguai, o Haiti, a Guatemala e El Salvador, onde viveu. Também teve experiências na África, pois morou em Moçambique e no Zimbábue.

O único brasileiro que ocupou a função de secretário do Colégio Cardinalício foi o cardeal Lucas Moreira Neves (1979-1987), que morreu em 2002. Mas durante o seu mandato não foi feito nenhum conclave. Moreira Neves foi arcebispo metropolitano de Salvador, capital da Bahia, e primaz do Brasil, nomeado pelo papa João Paulo II.”

(Agência Brasil)

Em último ato, Papa se diz "comovido'

papapop

O Papa Bento XVI agradeceu, nesta quarta-feira, a grande presença de fiéis na última audiência de seu pontificado e disse que estava “comovido”.

“Estou comovido, vejo a Igreja que está viva”, disse o papa no início da audiência, em meio aos aplausos de milhares de fiéis presentes no local.

Bento XVI disse ainda que “jamais” se sentiu só para guiar a Igreja. “Um papa não está só na direção da barca de Pedro, embora seja o primeiro responsável eu não me senti só na hora de levar a alegria e o peso do Ministério petrino”, disse o pontífice na audiência na Praça de São Pedro.

(Com Agência EFE)