Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Que tipo de papa? As tensões internas da Igreja

Em artigo no O POVO deste sábado (16), o teólogo e filósofo Leonardo Boff comenta a renúncia do Papa Bento XVI. Confira:

Não me proponho apresentar um balanço do pontificado de Bento XVI, coisa que foi feito com competência por outros. Para os leitores talvez seja mais interessante conhecer melhor uma tensão sempre viva dentro da Igreja e que marca o perfil de cada papa. A questão central é esta: qual a posição e a missão da Igreja no mundo?

Antecipamos dizendo que uma concepção equilibrada deve assentar-se sobre duas pilastras fundamentais: o Reino e o mundo. O Reino é a mensagem central de Jesus, sua utopia de uma revolução absoluta que reconcilia a criação consigo mesma e com Deus. O mundo é o lugar onde a Igreja realiza seu serviço ao Reino e onde ela mesma se constrói. Se pensarmos a Igreja demasiadamente ligada ao Reino, corre-se o risco de espiritualização e de idealismo. Se demasiadamente próxima do mudo, incorre-se na tentação da mundanização e da politização. Importa saber articular Reino-Mundo-Igreja. Ela pertence ao Reino e também ao mundo. Possui uma dimensão histórica com suas contradições e outra transcendente.

Como viver esta tensão dentro do mundo e da história? Apresentam-se dois modelos diferentes e, por vezes, conflitantes: o do testemunho e o do diálogo.

O modelo do testemunho afirma com convicção: temos o depósito da fé, dentro do qual estão todas as verdades necessárias para a salvação; temos o sacramentos que comunicam graça; temos uma moral bem definida; temos a certeza de que a Igreja Católica é a Igreja de Cristo, a única verdadeira; temos o papa que goza de infalibilidade em questões de fé e moral; temos uma hierarquia que governa o povo fiel; e temos a promessa de assistência permanente do Espírito Santo. Isto tem que ser testemunhado face a um mundo que não sabe para onde vai e que por si mesmo jamais alcançará a salvação. Ele terá que passar pela mediação da Igreja, sem a qual não há salvação.

Os cristãos deste modelo, desde papas até os simples fiéis, se sentem imbuídos de uma missão salvadora única. Nisso são fundamentalistas e pouco dados ao diálogo. Para que dialogar? Já temos tudo. O diálogo é para facilitar a conversão e é um gesto de civilidade.

O modelo do diálogo parte de outros pressupostos: O Reino é maior que a Igreja e conhece também uma realização secular, sempre onde há verdade, amor e justiça; o Cristo ressuscitado possui dimensões cósmicas e empurra a evolução para um fim bom; o Espírito está sempre presente na história e nas pessoas do bem; Ele chega antes do missionário, pois estava nos povos na forma de solidariedade, amor e compaixão. Deus nunca abandonou os seus e a todos oferece chance de salvação, pois os tirou de seu coração para um dia viverem felizes no Reino dos libertos. A missão da Igreja é ser sinal desta história de Deus dentro da história humana e também um instrumento de sua implementação junto com outros caminhos espirituais. Se a realidade tanto religiosa quanto secular está empapada de Deus devemos todos dialogar: trocar, aprender uns dos outros e tornar a caminhada humana rumo à promessa feliz, mais fácil e mais segura.

O primeiro modelo do testemunho é da Igreja da tradição, que promoveu as missões na África, na Ásia e na América latina, sendo até cúmplice em nome do testemunho da dizimação e dominação de muitos povos originários, africanos e asiáticos. Era o modelo do papa João Paulo II que corria o mundo, empunhando a cruz como testemunho de que ai vinha a salvação. Era o modelo, mais radicalizado ainda, de Bento XVI que negou o título de “Igreja” às igrejas evangélicas, ofendendo-as duramente; atacou diretamente a modernidade pois a via negativamente como relativista e secularista. Logicamente não lhe negou todos os valores mas via neles como fonte a fé cristã. Reduziu a Igreja a uma ilha isolada ou a uma fortaleza, cercada de inimigos por todos os lados contra os quais importa se defender.

O modelo do diálogo é do Concílio Vaticano II, de Paulo VI e de Medellin e de Puebla na América Latina. Viam o cristianismo não como um depósito, sistema fechado com o risco de ficar fossilizado, mas como uma fonte de águas vivas e cristalinas que podem ser canalizadas por muitos condutos culturais, um lugar de aprendizado mútuo porque todos são portadores do Espírito Criador e da essência do sonho de Jesus.

O primeiro modelo, do testemunho, assustou a muitos cristãos que se sentiam infantilizados e desvalorizados em seus saberes profissionais; não sentiam mais a Igreja como um lar espiritual e, desconsolados, se afastavam da instituição mas não do Cristianismo como valor e utopia generosa de Jesus.

O segundo modelo, do diálogo, aproximou a muitos pois se sentiam em casa, ajudando a construir uma Igreja-aprendiz e aberta ao diálogo com todos. O efeito era o sentimento de liberdade e de criatividade. Assim vale a pena ser cristão.

Esse modelo do diálogo se faz urgente caso a instituição-Igreja quiser sair da crise em que se meteu e que atingiu seu ponto de honra: a moralidade (os pedófilos) e a espiritualidade (roubo de documentos secretos e problemas graves de transparência no Banco do Vaticano).

Devemos discernir com inteligência o que atualmente melhor serve à mensagem cristã no interior de uma crise ecológica e social de gravíssimas consequências. O problema central não é a Igreja mas o futuro da Mãe Terra, da vida e da nossa civilização. Como a Igreja ajuda nessa travessia? Só dialogando e somando forças com todos.

Chávez aparece em fotos e tem dificuldades de falar e respirar

64 2

“O governo da Venezuela divulgou hoje (15) as primeiras fotografias do presidente Hugo Chávez desde que viajou a Havana, há mais de dois meses, para se tratar de um câncer. Nas fotos, Chávez aparece deitado em uma cama ao lado das duas filhas, Maria Gabriela e Rosa Virginia, que o acompanham desde que viajou a Cuba, no início de dezembro.De acordo com um comunicado lido pelo ministro da Comunicação da Venezuela, Ernesto Villegas, o presidente tem dificuldades para falar e respira com a ajuda de uma traqueostomia, devido a sequelas da infecção respiratória adquirida após a cirurgia para combater o câncer.

“A infecção respiratória (…) foi controlada, mas ainda persiste um certo grau de insuficiência. Devido a essas circunstâncias, que estão sendo devidamente tratadas, o presidente Chávez respira através de cânula traqueal, que lhe dificulta temporariamente a fala”, disse Villegas, em pronunciamento transmitido em cadeia nacional de rádio e televisão. O governo venezuelano informou ainda que a equipe médica cubana aplica “tratamento enérgico” para combater o câncer e que sua aplicação “não está isenta de complicações”.

Em uma das fotografias, Chávez aparece segurando o diário cubano Granma de quinta-feira (14), para mostrar a veracidade da data em que a imagem teria sido feita. A traqueostomia não é visível na foto, já que parte do pescoço de Chávez está coberta pela jaqueta esportiva que passou a usar desde que adoeceu.”

Chavez3_15_02_13_40337 (1)

 

(Com Agência Brasil)

Fortaleza será sede de Congresso Internacional de Direito Sindical

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=JmUcSKdRdF0&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1[/youtube]

Fortaleza vai ser sede do Congresso Internacional de Direito Sindical. A promoção é do Ministério Público do Trabalho e ocorrerá de 10 a 12 de abril próximo, no Hotel Oásis Atlântico. O tema central será “Sindicalismo, Trabalho e Crise Econômica”. O coordenador do congresso, o procurador do trabalho Gerson Marques, deu detalhes para o Blog sobre o evento que incluiu entre assuntos a crise do emprego na Europa e suas repercussões.

Meteorito cai na Rússia e deixa pelo menos 514 feridos

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_n55KSwb6R8[/youtube]

Um objeto não identificado caiu nesta sexta-feira em território russo, na região dos Urais. O Ministério da Defesa russo já confirmou o facto e, de acordo com a agência russa de notícias Interfax, tratou-se de um meteoro que entrou na atmosfera e se desintegrou durante a queda.

O ponto de impacto situar-se-á perto da cidade de Cheliabinsk, a leste dos montes Urais. A agência russa Interfax diz que os feridos são pelo menos 514, 14 dos quais foram já hospitalizados.

O governo russo confirmou ser um meteorito.

(Com Agências)

Rio avaliará plano da Jornada Mundial da Juvenude com presença de novo Papa

“A primeira preocupação da Igreja Católica no Brasil, nas horas seguintes ao comunicado de renúncia do papa Bento XVI, foi a de tranquilizar a comunidade cristã envolvida na organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá no Rio de Janeiro entre 23 e 28 de julho. Afinal, o ponto alto do evento era justamente a presença do sumo pontífice, algo que na manhã de segunda-feira havia se tornado uma grande interrogação para quem planejava viajar ao Rio.

Foi o próprio arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, quem se encarregou de, em seu pronunciamento, tranquilizar os fiéis. A jornada está mantida, e, como havia afirmado o próprio Joseph Ratzinger, a presença do papa no Rio sempre foi certa, independentemente de quem estivesse à frente da Igreja.

Dias depois do anúncio de Bento XVI, uma reavaliação dos efeitos da renúncia traz, para o Rio e a Igreja, uma nova perspectiva. A Jornada Mundial da Juventude não está apenas mantida e com presença confirmada do novo papa, mas também espera receber um público ainda maior que os 2 milhões de pessoas inicialmente aguardadas para os atos de celebração em solo carioca. “Esse é um dos itens de nossa ansiedade. Estávamos nos preparando para receber dois milhões de pessoas. Talvez, pela novidade do papa, esse número aumente. Certamente temos que estar preparados para essa possível mudança”, afirma dom Antônio, vice-presidente do Comitê Organizador Local da JMJ (COL), em entrevista ao site de VEJA.”

(Veja Online)

Obama promete defender Japão de ameaça nuclear coreana

“O presidente Obama reafirmou que os Estados Unidos continuam firmes em seu compromisso de defender o Japão, incluindo a dissuasão estendida oferecida pelo guarda-chuva nuclear dos EUA”, afirmou a Casa Branca em um comunicado. O “guarda-chuva nuclear” citado na nota é a expressão usada para descrever a garantia de defesa que um país com armas nucleares, como os Estados Unidos, faz com um estado não-nuclear aliado, como o Japão.

Na conversa, os dois líderes também falaram sobre as opções diplomáticas para impedir as pretensões atômicas do regime de Kim Jong-um. “(Obama e Abe) se comprometeram a trabalhar juntos em busca de uma ação significativa no Conselho de Segurança da ONU e a cooperar em medidas destinadas a frear os programas nuclear e de mísseis balísticos da Coreia do Norte”, diz o comunicado.”

(Veja Online com agências internacionais)

Escolha do novo papa deve começar entre 15 e 20 de março

“O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, confirmou nesta quarta-feira (13) que o processo de escolha do sucessor do papa Bento XVI começa entre 15 e 20 de março. No próximo dia 28, Bento XVI renunciará. A escolha do novo papa é feita por votação manual e a portas fechadas, daí a expressão conclave – com chave. A Capela Sistina será o local utilizado para queimar os papéis de votação.

A previsão de especialistas é que o processo de votação, ao todo, dure nove dias. Mas pode se estender, caso não haja resultado. O novo papa é eleito quando há a preferência de dois terços dos cardeais. O novo papa será eleito por 117 cardeais da Igreja Católica, de acordo com informações publicadas pelo Vaticano. O conclave para a escolha do sucessor do papa Bento XVI será composto por 61 europeus, 19 representantes latino-americanos, 14 norte-americanos, 11 africanos, 11 asiáticos e um integrante da Oceania.

Pelos rituais da Igreja Católica, os cardeais vão em cortejo até a Capela Sistina, e lá ficam isolados em espaços particulares, onde dão seus votos para o novo pontífice. Antes de manifestarem a opinião nas cédulas, cada um dos cardeais faz um juramento assegurando seu voto secreto e que aceitará o resultado da eleição.

Após a contagem dos votos, as cédulas são queimadas. Caso o nome do novo papa não esteja definido, uma substância é misturada ao papel para que a fumaça que sai pela chaminé da Capela Sistina seja da cor preta. Quando o novo papa está definido, a fumaça é branca. Assim, os fiéis podem acompanhar o processo de votação no Vaticano. Ao deixar o papado, no próximo dia 28, Bento XVI será transportado por helicóptero até a residência de Castel Gandolfo, a 30 quilômetros ao sul de Roma. O último chefe da Igreja Católica a renunciar foi Gregório XII, no século 15 (1406-1415).”

(Agência Brasil)

Corpo de modelo chega ao Ceará nesta 5ª feira

O corpo da modelo cearense Camila Bezerra, 22 anos, encontrada morta na China no dia 1º de janeiro deste ano, chegará a Fortaleza na noite desta quinta-feira, 14, por volta de 20h55min, no voo da companhia aérea Tap, segundo informou a assessoria do Governo do Ceará.

A bagagem com os pertences da modelo virão no próximo domingo. A mãe da jovem, Goreth Bezerra, havia explicado ao O POVO que a demora do traslado se deve às comemorações em torno do ano novo chinês que ocorrem no País.

Após apelos de familiares, o Governo do Estado anunciou no dia 3 de janeiro que custearia o traslado do corpo da modelo. Na época, a Casa Civil divulgou que o custo seria de aproximadamente US$ 15 mil, cerca de R$ 30 mil. A medida foi comunicada ao consulado do Brasil na China por meio de uma nota encaminhada pelo gabinete do governador. As circunstâncias da morte ainda não foram esclarecidas.

Patriota diz que Brasil acompanha com atenção desdobramentos da renúncia do Papa

50 1

“O Ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse ontem (12) que o país acompanha “com muita atenção” os desdobramentos da decisão do papa Bento XVI de renunciar, no próximo dia 28. Patriota lembrou que a decisão deve ser “respeitada no seu contexto” e que Bento XVI é uma figura respeitada e admirada pelos brasileiros. A avaliação de Patriota ocorreu depois de ele participar da reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas, em Nova York.

“É uma decisão surpreendente na medida em que é algo que não ocorre há vários séculos. Mas que precisa ser respeitada no espírito em que foi tomada e, sobretudo, pela figura do papa, que é uma figura de grande autoridade moral e religiosa, vista com grande admiração em muitos países, no Brasil em particular”, ressaltou o chanceler.

Bento XVI deixará suas funções no próximo dia 28 às 20 horas de Roma (16 horas de Brasília). Antes, no dia 27, ele fará uma despedida. “Recebemos [a notícia] com muito respeito pela figura do papa. Obviamente, há expectativa de uma visita do papa ao Brasil este ano [em julho para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio], e seguiremos com muita atenção as deliberações do Vaticano nos próximos dias”, disse ele.”

(Agência Brasil)

Rádio Vaticano – Papa está bem e muito sereno

“O porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, disse que o papa Bento XVI “está bem e muito sereno”, após a decisão de renunciar no final do mês. Segundo ele, Bento XVI não interferirá na sucessão. De acordo com Lombardi, o papa tem uma personalidade que se caracteriza pela discrição e o rigor extremos. O porta-voz fez uma análise sobre o estado de espírito do papa em entrevista coletiva concedida ontem (12).

“O sucessor de Bento XVI se sentirá apoiado pela oração, pelo amor e pela participação de uma pessoa que mais do que ninguém no mundo pode entender as preocupações de quem veio depois”, ressaltou o porta-voz, sem detalhar como será chamado o papa depois que ele renunciar e como ele se vestirá – como um religioso ou papa.

Lombardi reiterou ainda que a decisão foi tomada devido à fragilidade da saúde do papa, que tem 85 anos. O papa usa marca-passo e recentemente foi submetido a uma intervenção cirúrgica para a substituição da bateria do aparelho. Bento XVI deixará suas funções no próximo dia 28 às 20h de Roma (16h de Brasília). Antes, no dia 27, ele fará uma despedida. O porta-voz reiterou que a iniciativa de renúncia do papa é marcada pela “coragem, humildade, responsabilidade e lucidez de uma decisão histórica”.”

(Agência Brasil com Rádio Vaticano)

Obama anuncia centros de inovação para gerar novos empregos

“Em meio aos esforços para superar os efeitos da crise econômica, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou ontem (12), em discurso, a criação de três novos centros de inovação produtiva. Segundo ele, o governo se empenhará para que o país se torne um polo de atração de “novos empregos e indústrias produtivas”. A iniciativa, de acordo com o presidente, visa a erradicar a pobreza extrema a partir de ações de melhoria nas regiões empobrecidas do mundo.

“Os Estados Unidos unirão forças com os aliados para erradicar a pobreza extrema no mundo nas próximas duas décadas: ligando mais gente à economia global e dando poder às mulheres, dando a nossos jovens e às nossas mentes mais brilhantes novas oportunidades para servir”, disse Obama.

A proposta do presidente inclui medidas que levem as comunidades pobres a ter condições de alimentação e educação próprias, com saúde e livres de doenças como a aids. O plano, anunciado por ele, tem metas que superam os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio da Organização das Nações Unidas (ONU).”

(Agência Brasil)

Arcebispo de Fortaleza diz que renúncia do Papa Bento XVI foi uma "atitude humilde"

90 1

domjose

O arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio, lançará, a partir das 14 horas desta quarta-feira, durante coletiva no Centro Pastoral Maria Mãe da Igreja, a Campanha da Fraternidade 2013. O tema é “Fraternidade e Juventude”.

Nessa noite de terça-feira, dom José celebrou missa que encerrou o Renascer, o maior retiro espiritual de Fortaleza em período momino e que atraiu mais de 10 mil fieis por dia ao ginásio Paulo Sarasate, segundo organizadores.

Dom José comentou a renúncia do Papa Bento XVI dessa forma: “Foi uma atitude humilde e que acontece com frequência na vida ordinária da Igreja e até da sociedade civil.”

Missão empresarial brasileira vai ao Oriente Médio neste mês

“O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) organizam missão empresarial ao Oriente Médio com cerca de 30 empresas dos setores de alimentos e bebidas, casa e construção e máquinas e equipamentos. A viagem está prevista para o período de 18 a 21 de fevereiro, com rodadas de negócios em Dubai, nos Emirados Árabes, e em Jedá, na Arábia Saudita.

No dia 18, em Jedá, será realizado o primeiro encontro com a participação de cerca de 70 compradores de várias cidades da Arábia Saudita. Em Dubai, a missão terá dois dias de rodadas de negócios (20 e 21), com cerca de 120 compradores locais e de outros países, como o Catar, Kuwait, Líbano, Bahrain, Omã, a Jordânia e o Iraque.

Segundo o ministério, em 2012 o Brasil exportou US$ 3 bilhões para a Arábia Saudita, sendo que o grupo de alimentos e bebidas foi responsável por US$ 2,3 bilhões. O ministério também informou que o país é a maior economia da região e o maior produtor mundial de petróleo. Com 20% da população dos países do Oriente Médio, é também o maior mercado consumidor e maior parceiro comercial do Brasil na região.”

(Agência Brasil)

Propina de R$ 1,2 bi assombra Nelson Jobim

54 1

Essa é so site 247-Brasília

Um escândalo de proporções gigantescas, que envolve o segundo maior grupo industrial da Itália, a Finmeccanica, da área de Defesa, pode desaguar no Brasil. Foi preso, nesta terça-feira, o executivo Giuseppe Orsi, presidente do grupo, acusado de comandar um esquema de corrupção internacional na venda de fragatas e outras embarcações militares para as marinhas de países em desenvolvimento.

A determinação do juiz Bruno Arsizio ocorreu depois da comprovação do pagamento de propina a oficiais do governo indiano para a venda de 12 navios. No curso das investigações, no entanto, o Brasil também foi citado. Segundo uma testemunha, o projeto ProSuper, da Marinha brasileira, que previa a compra de várias fragatas italianas, envolvia o pagamento de uma propina de 550 milhões de euros (mais de R$ 1,2 bilhão) – e ex-ministro Nelson Jobim, da Defesa, foi citado como um dos beneficiários.

A propina corresponderia a 11% da encomenda total, avaliada em 5 bilhões de euros. A testemunha que envolveu Jobim no caso é Claudio Scajola, um ex-ministro do governo Berlusconi. “É verdade que encontrei o ministro da Defesa, Jobim. Na Itália, havia crise e tentei vender as embarcações. Era meu dever ajudar”, afirmou Scajola. Jobim, no entanto, nega que tenha havido qualquer tipo de negociação ilícita. “Nunca chegamos a falar de um tema como esse”, afirmou ao jornal italiano La Stampa. “Não sei o que fizeram os italianos. Só sei que o projeto ProSuper, que previa a aquisição por parte da Marinha brasileira de fragatas com a transferência de tecnologia, foi cancelado por questões fiscais. Além disso, os italianos tinham de encontrar um parceiro brasileiro e não conseguiram.”

* Sobre esse escândalo, leia no Corriere dela Sera aqui.

Papa Bento XVI usa marcapasso "já há algum tempo", diz Vaticano

261 1

bento 16

“O Papa Bento XVI usa um marcapasso “já há algum tempo” –sem especificar, exatamente, desde quando–, informou nesta terça (12) o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi. Segundo ele, porém, o pontífice não sofre de graves problemas de saúde e se encontrava lúcido e sereno ao anunciar sua decisão de renunciar ao posto.

O anúncio, feito em latim na segunda-feira, não era esperado por muitos membros do alto escalão da Igreja Católica e surpreendeu o mundo.

Não era de conhecimento público que o papa, 85, fazia uso do aparelho, que regular o batimento cardíaco. Lombardi afirmou também que, há três meses, Bento XVI passou por um pequeno procedimento cirúrgico, de rotina, para trocar as baterias do dispositivo. A operação, porém, não teria tido qualquer influência na decisão.

“As razões estavam em sua percepção de que suas forças estavam diminuindo com o passar da idade”, afirmou à imprensa Lombardi.

* Da Folha Online, leia mais aqui.

Coreia do Norte confirma terceiro teste nuclear. ONU reage

56 1

A Coreia do Norte confirmou, na madrugada desta terça-feira (12), que realizou “com sucesso” o seu anunciado terceiro teste nuclea, informa agências internacionais de notícia. O país já havia produzido atividade semelhante em duas ocasiões anteriores, em 2006 e em 2009. A informação foi dada pela agência estatal KCNA.

Mais cedo, o governo sul-coreano indicou essa possibilidade, ao anunciar um abalo sísmico de magnitude 5,1 na escala Richter, no condado norte-coreano de Kilju, onde está localizada a base de Punggye-ri –tradicional espaço de testes nucleares do país vizinho.

O governo norte-coreano destacou que o teste nuclear produzido nesta terça-feira foi de “maior nível” que os anteriores, e que conseguiu reduzir o tamanho e o peso da bomba, em uma mostra de que o país avançou em seu objetivo de dotar seus mísseis balísticos de capacidade atômica.

* Com Portal Uol aqui.

A ONU, preocupada com o fato, convocou reunião extraordinária para esta terça-feira em sua sede, em Washington (EUA).