Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Tremor de 6,9 graus na escala Richter atinge ilha no Japão

Um violento tremor de terra, de magnitude 6,9 graus na escala Richter, atingiu neste sábado (2) a ilha setentrional japonesa de Hokkaido. Até o momento, não há indicações sobre vítimas e estragos materiais, informou o Centro Geológico Norte-Americano (USGS), em Washington.

De acordo com o USGS, o tremor ocorreu às 23h17 – hora local, a uma profundidade de 103 quilômetros.

O epicentro ocorreu a 15 quilômetros a noroeste de Obihiro e a 22 quilômetros a sudoeste de Orofuke. Não foi emitido qualquer alerta de tsunami.

(Agência Brasil)

Polícia Federal desbarata duas quadrilhas que traficavam brasileiras para o exterior

Duas quadrilhas que traficavam brasileiras para serem exploradas sexualmente no exterior foram desbaratadas nos últimos sete meses em decorrência de duas operações da Polícia Federal (PF). No total, as operações levaram ao resgate de 40 vítimas do tráfico internacional de mulheres, entre brasileiras e estrangeiras, que eram exploradas sexualmente na Espanha.

O resultado das operações foi divulgado nessa sexta-feira (1º) pela ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República, Eleonora Menicucci, e pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

As prisões foram feitas em parceria com a polícia da Espanha a partir de denúncias colhidas pela Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180 Internacional, serviço coordenado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, e repassadas pelo Ministério da Justiça ao governo daquele país.

Na primeira operação, realizada em Ibiza em junho de 2012 e batizada de Palmera, foram resgatadas 28 mulheres, das quais seis eram brasileiras, com o seu desdobramento, foram resgatadas mais seis vítimas. Na segunda, a Planeta, deflagrada na quarta-feira (30) em Salamanca, foram resgatadas seis vítimas, sendo duas brasileiras.

“São jovens, são pobres e foram aliciadas por pessoas brasileiras ou estrangeiras. Elas ficam confinadas, presas em porões das casas, dentro das próprias boates e casas noturnas e são exploradas sexualmente,” disse a ministra Eleonora Menicucci.

De janeiro a dezembro de 2012, o Ligue 180 Internacional recebeu 80 denúncias, das quais, 30 vieram da Espanha, 25 da Itália, 18 de Portugal e duas de El Salvador, países onde o serviço está disponível. O serviço também registrou  ligações da França, da Inglaterra, da Suíça e de Luxemburgo.

(Agência Brasil)

Fortaleza é destaque em evento da Copa em Madri

102 7

copa 2014 secretários madri

Secretários Bismarck, Salmito, Ferruccio e Domingos Neto no 7º Goal to Brasil

Com direito a show do sanfoneiro Waldonys, Fortaleza foi o destaque do 7º Goal to Brasil, em Madri, no evento promovido pela Embratur, nessa terça-feira (29), na capital espanhola, para a promoção das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de Futebol 2014. Para o diretor de Mercados Internacionais da Embratur, Marcelo Pedroso, Fortaleza tem mostrado liderança na preparação da Copa. “Foi a primeira a inaugurar o estádio e realizar jogos de teste. Além disse, segue fazendo investimentos no turismo para receber os turistas que virão para a Copa”, comentou.

O evento, que faz parte da “Semana do Brasil na Espanha”, reuniu mais de 150 profissionais de turismo, jornalistas e formadores de opinião da Espanha. Os secretários de Turismo, Salmito Filho (Fortaleza) e Bismarck Maia (Ceará), participaram do 7º Goal to Brasil, ao lado dos secretários da Copa, Domingos Neto (Fortaleza) e Ferruccio Feitosa (Ceará).

Os quatro secretários permanecem na capital espanhola até o próximo domingo (3), quando participam da Feira Internacional do Turismo (Fitur). Segundo o secretário Salmito Filho, a parceria entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado deverá proporcionar a retomada do fluxo turístico na capital cearense, que nos últimos anos apresentou uma redução na permanência do turista na cidade.

Turismo crescente

copa 2014 secretários madri salmito

Salmito fala do turismo de Fortaleza

Dados da Embratur mostram que a Espanha passou a ocupar a nona colocação entre os países que mais enviam turistas para o Brasil. A maioria (32,4%) chegou ao país para participar de eventos ou negócios. Mas o espanhol também vem ao Brasil para lazer, diante de um percentual de 30,2% do fluxo da Espanha para o Brasil.

“O mais importante é que 94% dos espanhóis que vieram o nosso país, nos últimos anos, pretendem retornar ao Brasil. E Fortaleza precisa trabalhar para não perder essa disposição do turista da Espanha”, ressaltou o secretário Salmito Filho.

(com informações da Embratur)

Estimativa de mortos na tragédia em boate passa de 100

Pelo menos 150 pessoas morreram em um incêndio em uma boate na cidade de Santa Maria (RS) na madrugada deste domingo (27), segundo informações preliminares das autoridades locais. As causas do acidente ainda estão sendo investigadas, mas relatos iniciais indicam que as vítimas morreram por asfixia, e não queimadas.

Cerca de 200 feridos foram levados para dois hospitais locais, enquanto os mortos estão sendo levados de caminhão para o Centro Desportivo Municipal de Santa Maria, pois o Instituto Médico Legal (IML) não tem capacidade para receber os corpos. A identificação já começou a partir dos documentos que as vítimas portavam. Em seguida, começará a fase de reconhecimento por parentes. 

A boate Kiss costumava fazer diversas festas universitárias como a que ocorreu nesta madrugada. A capacidade era para até duas mil convidados, mas o número de pessoas que estava dentro da boate não foi divulgado.

Segundo relatos preliminares, o fogo começou por volta das 2h30min após uma faísca atingir o teto de isolamento acústico da boate.

(Agência Brasil)

Sobe para 30 o número de mortos em confrontos no Egito

91 2

Autoridades da área de saúde da cidade de Port Said, no Egito, informaram que o número de mortos nos confrontos no local subiu pelo menos para 30, incluindo dois policiais e dois jogadores de futebol.

As manifestações ocorreram após a divulgação da sentença de morte a 21 torcedores, acusados por uma briga que deixou 74 pessoas mortas na cidade em fevereiro do ano passado. Os confrontos da sexta-feira (25) e desse sábado (26) deixaram ainda 300 feridos.

A briga entre torcedores do Al Masry e do Al Ahlym foi considerada o episódio mais violento da história do futebol egípcio. Além disso, na ocasião ela desencadeou uma onda de protestos nos quais morreram mais 16 pessoas.

A condenação dos torcedores à morte foi anunciada um dia depois de uma série de manifestações para marcar o segundo aniversário da queda de Hosni Mubarak.

(Agência Brasil)

Egito condena 21 pessoas à morte por briga em estádio

Um tribunal egípcio condenou à morte 21 torcedores acusados por um confronto em que 74 pessoas foram mortas no estádio de Port Said, em fevereiro.

A briga entre torcedores dos times al-Masry e al-Ahlym foi considerada o episódio mais violento da história do futebol egípcio. Na ocasião ela resultou em uma onda de protestos na qual outras 16 pessoas morreram.

A condenação dos torcedores à morte foi anunciada um dia depois de uma série de manifestações marcar o segundo aniversário da queda de Hosni Mubarak.

Após o anúncio, parentes dos acusados tentaram invadir a prisão de Port Said e dois policiais foram mortos, segundo a emissora estatal Nilo TV.

(Agência Brasil)

Europa quer 'exportar desemprego', alerta Requião

Ao mesmo tempo em que fortalece os canais de comunicação com a Europa, o Mercosul deve tornar clara sua divergência em relação ao melhor caminho para sair da crise econômica mundial, disse nesta quinta-feira (24) o senador Roberto Requião (PMDB-PR), presidente da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul (Parlasul). O senador participou, em Santiago, no Chile, da abertura da Assembleia Parlamentar Eurolatinoamericana (Eurolat).

Na opinião de Requião, os países europeus erram ao adotar a ortodoxia econômica para superar a recessão.

– O momento é de conversar, mas não aceitar o liberalismo econômico. Este é o momento de mostrar que eles estão errados e são uma sucursal da Goldman Sachs – disse Requião por telefone à Agência Senado, em uma referência ao banco norte-americano de investimento.

O senador criticou a política de corte de gastos sociais promovida pela União Europeia (UE) e defendeu o modelo brasileiro de superação da crise econômica, que vai “exatamente em sentido contrário à da Europa”, como observou.

Para ele, deve ser vista com cautela a intenção dos europeus de retomar as negociações com o Mercosul a respeito de um acordo de livre comércio entre os dois blocos, interrompidas desde 2004. Ele atribui a tentativa de reabrir as negociações ao “desespero” da Europa, que estaria tentando transferir seus problemas à América do Sul.

– Os europeus querem passar seus problemas para cá. Querem exportar mercadorias e desemprego. Temos que resistir a isso. Crise mundial precisa de solução solidária, mas não prejudicando o nosso bloco – afirmou Requião.

(Agência Senado)

Dívida externa cresce 6,24% em 2012 e soma US$ 316,8 bilhões

85 1

A dívida externa somou US$ 316,831 bilhões no final de 2012, com acréscimo de US$ 18,627 bilhões no ano, ou 6,24% a mais que os US$ 298,204 bilhões registrados em dezembro de 2011, de acordo com o Relatório do Setor Externo, divulgado nesta quarta-feira (23) pelo Departamento Econômico (Depec) do Banco Central (BC). As reservas internacionais cresceram, porém, um pouco mais, alcançando expansão de 7,55% no mesmo período.

A dívida externa de longo prazo atingiu US$ 279,295 bilhões, enquanto a dívida de curto prazo aumentou para US$ 37,535 bilhões, de acordo com o chefe do Depec, Túlio Maciel. Ele disse que os principais fatores de variação da dívida foram as captações de empréstimos tomados pelo governo e pelo setor bancário, a colocação de títulos pelo setor não financeiro e as amortizações de títulos pelo Sistema Financeiro Nacional (SFN).

As reservas internacionais aumentaram US$ 26,6 bilhões no decorrer do ano e chegaram a US$ 378,613 bilhões no final de dezembro, com expansão de 7,55% em relação aos US$ 352,012 bilhões anotados em dezembro de 2011. Resultado, em grande parte, das compras do BC no mercado à vista, no valor de US$ 12,7 bilhões; da remuneração das próprias reservas, calculadas em US$ 4,4 bilhões; e das variações de preço e paridade das moedas, que proporcionaram incremento de US$ 2,3 bilhões aos estoques.

(Agência Brasil)

Depois de dois anos em queda, desemprego mundial aumenta em 2012

Depois de dois anos consecutivos em queda, o desemprego no mundo aumentou em 2012. No ano passado, cerca de 197,3 milhões de pessoas estavam sem trabalho, quase 5 milhões a mais do que em 2011, segundo o relatório Tendências Mundiais de Emprego 2013, da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que será divulgado nesta terça-feira (22). A expectativa da OIT para este ano é a de que o desemprego cresça ainda mais, chegando a atingir 202 milhões de pessoas até o final de 2013, 204,9 milhões até 2014 e 210 milhões até 2018. Segundo a OIT, a recuperação da economia mundial não será forte o suficiente para reduzir as taxas de desemprego rapidamente.

O pico de desemprego na última década foi em 2009, ano da crise financeira internacional, com mais de 198 milhões de desempregados. Em 2010 e 2011, houve recuperação, com a queda do número de pessoas sem emprego – 194,6 milhões, em 2010; e 193,1 milhões, em 2011.

“A incerteza em torno das perspectivas econômicas e as políticas inadequadas que foram implementadas para lidar com isso debilitaram a demanda agregada, freando os investimentos e as contratações. Isso prolongou a crise do mercado laboral em vários países, reduzindo a criação de empregos e aumentando a duração do desemprego” explicou, em nota, o diretor-geral da OIT, Guy Ryder.

As regiões onde foram registradas as taxas mais altas de desemprego foram o Norte da África (10,3%), o Oriente Médio (10%) e o grupo das chamadas “economias desenvolvidas” (8,6%) – que inclui os Estados Unidos, o Reino Unido, o Japão, a Espanha e Portugal.

Em contraponto, as três regiões com os índices mais baixos de desemprego estão na Ásia: no Sul da Ásia (3,8%), na Ásia Oriental (4,4%) e no Sudeste Asiático (4,5%). A região da América Latina e do Caribe, grupo em que está o Brasil, ficou com taxa de 6,6%.

(Agência Brasil)

Há 29 anos, o mundo perdia o grito mais famoso do cinema

111 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=MwHWbsvgQUE[/youtube]

Primeiro Tarzan do cinema sonoro, o romeno Johnny Weismuller imortalizou o grito do Homem Macaco. Na verdade, o grito que chamava animais selvagens era uma mixagem dos sons de uma soprano, um barítono e cães treinados.

Weismuller era um fenômeno como atleta, principalmente na natação, quando estabeleceu 67 recordes mundiais em piscinas, além de cinco medalhas de ouro em duas Olimpíadas.

Após deixar de interpretar Tarzan, em 12 anos de carreira, Weismuller virou o Jim das Selvas, mas sem o mesmo sucesso. Longe dos cinemas, o ator ainda tentou, por muitos anos, vincular sua imagem a de Tarzan. Também sem sucesso.

Morreu pobre, aos 79 anos, no México, ao lado apenas da sexta esposa, vítima de edema pulmonar, quando ainda tentava se recuperar de uma trombose.

Mas esse grito ninguém ouviu.

Obama pede apoio do Congresso para aprovar leis que restringem venda de armas

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reiterou nesse sábado (19), em seu programa semanal de rádio, seu compromisso de fazer tudo que está a seu alcance para implementar uma série de medidas “de bom senso”, que poderá reduzir a violência armada no país.

De acordo com  informações do blog da Casa Branca, o governo já começou uma série de ações imediatas para reduzir a violência armada, mas precisa do apoio do Congresso para a aprovação de leis como a que impõe a verificação de antecedentes para quem tentar comprar uma arma, e outra que restaura a proibição de armas de estilo militar.

“A verdade é que, para fazer uma real e duradoura diferença, é preciso que o Congresso aja, e aja rápido”, disse o presidente americano. Obama disse que, desde a tragédia em uma escola na cidade de Newtown, ele tem recebido cartas de todo o país, inclusive muitas de pessoas jovens pedindo a restrição de armas.

“A lei já exige que os vendedores de armas comprovem o passado dos clientes, mas até 40% das vendas são feitas sem essa verificação. Isso não é seguro, não é inteligente e não é justo para os compradores e vendedores de armas responsáveis. Uma esmagadora maioria dos americanos concorda que qualquer um que tente comprar uma arma deveria provar que não é um criminoso ou alguém legalmente proibido de ter uma arma. É de bom senso.”

Na semana passada, Obama apresentou um pacote de medidas para aumentar o controle de armas no país. Entre elas, está um apelo ao Congresso para que proíba armas de combate, além de maior rigor na verificação de antecedentes dos compradores. Também foram apresentadas 23 ordens executivas, que não dependem de aprovação do Congresso.

(Agência Brasil)

Um olhar crítico sobre a notícia de um referendo nas Malvinas

133 2

Em artigo enviado ao Blog, o professor universitário português Carlos Eduardo da Cruz Luna comenta a questão das Ilhas Malvinas. Confira:

É verdade que o problema das ilhas Malvinas é um problema que tem as suas particularidades. É difícil compará-lo a outras situações. Mas… há pontos comuns! As Malvinas constituem (juntamente com Gibraltar, reivindicada por Espanha, Ceuta e Melilla, reivindicadas por Marrocos, e Olivença, reivindicada, de forma discreta – mas OFICIAL – por Portugal) um dos cinco resquícios de colonialismos muito limitados e sobre relativamente pequenos territórios. Outros casos de colonialismos, sobre territórios bem maiores, constituem outros problemas, ou, pelo menos, problemas quantitativamente diferentes!

Em quase todos eles, as composições étnicas iniciais foram alteradas pelo ocupante, ou a população foi cuidadosamente condicionada, graças a falsificações históricas, por vezes grosseiras, de modo a que pouco ou nada restasse da realidade à data da ocupação ou usurpação. Claro que os habitantes atuais não têm a culpa, e não devem ser prejudicados por isso, mas não se pode argumentar em Direito Internacional com um suposto referendo. É que, se assim fosse, estados haveria que ocupavam territórios estrangeiros, transferiam populações suas para lá… e DEPOIS fariam plebiscitos!

Parece ser o que se prepara nas Malvinas! Será que a Grã-Bretanha insiste em perpetuar o seu colonialismo do século XIX?

Maluf terá que devolver US$ 28,3 milhões à prefeitura de São Paulo

85 1

A Corte Real de Jersey fixou em US$ 28,3 milhões o valor que as empresas do ex-prefeito e deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) deve devolver à Prefeitura de São Paulo. O montante (atualizado e com juros) refere-se aos valores desviados em um esquema de fraudes de 1997 a 1998. Segundo a sentença, o dinheiro foi enviado ao exterior por Flávio Maluf, filho do parlamentar, por ordem do pai. Em novembro do ano passado, a Justiça de Jersey condenou Maluf a devolver o dinheiro, mas sem definir os valores, que foram estipulados agora.

“Paulo Maluf foi parte da fraude, ao menos na medida em que em janeiro e fevereiro de 1998, ele e outros em seu favor receberam uma série de 15 pagamentos no valor total de R$ 13,5 milhões”, diz a sentença. “Flávio Maluf, sabendo da natureza desses pagamentos, sob as instruções de Paulo Maluf, acertou a transferência de ao menos 13 dos 15 pagamentos para fora do Brasil”, acrescenta o texto.

De acordo com o Ministério Público Estadual, ainda será fixado o valor a ser devolvido ao erário relativo às custas processuais e honorários advocatícios. O órgão estima que esse valor chegue a US$ 4,5 milhões.

Na ação, a prefeitura argumentou que o dinheiro, que está em contas no exterior de empresas da família Maluf, veio de propinas pagas em um esquema de fraudes para desvio de recursos durante a construção da Avenida Água Espraiada (atual Avenida Roberto Marinho).

No Brasil, Paulo Maluf responde, junto com mais dez réus, a uma ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF) por lavagem de dinheiro referente ao mesmo caso. O Ministério Público diz que a obra foi superfaturada, com custo final de R$ 796 milhões, e que boa parte do dinheiro foi enviada ao exterior por meio de doleiros.

Em nota divulgada na ocasião da condenação, em novembro de 2012, Paulo Maluf disse que a decisão da Justiça de Jersey não tinha embasamento legal.

(Agência Brasil)

Cristina Kirchner insiste em soberania argentina sobre Malvinas

78 2

Na sua viagem pelo Oriente Médio e a Ásia, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, reiterou o pedido para que o Reino Unido dialogue sobre o controle das Ilhas Malvinas. Antes de deixar a Argentina, ela enviou carta às autoridades britânicas cobrando o diálogo e recebeu respostas negativas. Desde o século 19, argentinos e britânicos disputam a soberania das ilhas. A presidenta quer a interferência da comunidade internacional no assunto.

Em março, haverá um plebiscito nas Malvinas para que a população decida se deseja permanecer sob domínio britânico ou passar para o controle argentino. Na sua visita ao Oriente Médio e à Ásia, Cristina Kirchner defendeu a ampliação do Conselho de Segurança das Nações Unidas. A exemplo do Brasil, a Argentina quer ter assento permanente no órgão.

Segundo a presidenta, a presença da Argentina no Conselho das Nações Unidas reflete a atual “realidade global”. O órgão é formado por 15 países – dos quais cinco têm assentos permanentes e dez rotativos, que são substituídos a cada dois anos. A estrutura do conselho é do período pós-Segunda Guerra Mundial.

Cristina Kirchner apelou ainda para que a União Europeia e a Organização Mundial do Comércio (OMC) sigam “regras claras para todos”, adotando medidas de “transparência e igualdade”. O apelo refere-se às medidas de protecionismo adotadas por alguns países e aos permanentes embates sobre o tema.

(Agência Brasil)