Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Conselho da ONU aprova resolução sobre direitos dos idoso

“O Conselho de Direitos Humanos (CDH), ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), aprovou hoje (28) uma resolução proposta pelo Brasil e pela Argentina para reconhecer os direitos humanos dos idosos.

A resolução, intitulada Direitos Humanos dos Idosos, é o primeiro texto do CDH especificamente para essa parcela da população que, em 2050, representará mais de 20% da população mundial.

O texto, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, reconhece os desafios para garantir os direitos humanos dos idosos, determina a realização de consultas públicas sobre o tema e convoca os países a assegurarem esses direitos, com implementação de políticas antidiscriminação por idade.

A inclusão de uma resolução específica para os idosos no CDH, na avaliação do Itamaraty, deverá fortalecer a proteção internacional dos direitos dos idosos e o compartilhamento de experiências positivas entre países nesse tema.”

(Agência Brasil)

Mensalão – Jornal britânico que condenações sinalizam melhor governança

O jornal britânico “Financial Times” traz matéria, nesta sexta-feira, afirmando que as primeiras condenações do julgamento do Mensalão podem indicar que o Brasil está no rumo de uma “governança melhor”, com combate mais eficiente à impunidade.

“Quando o julgamento começou no mês passado, havia preocupações de que ele se tornaria apenas mais um exemplo de como a elite brasileira rotineiramente consegue escapar de punições sérias por seus crimes”, afirma o texto assinado pelo correspondente do jornal em São Paulo, Joe Leahy.

A matéria fala também do possível impacto do julgamento do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, para as campanhas do PT.

* Leia mais aqui.

Obama volta a pressionar regimes do Irã e da Síria

“Em seu discurso na 67ª Assembleia Geral da ONU, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, criticou os regimes do Irã e da Síria e fez um apelo contra o extremismo. Obama pediu aos líderes mundiais uma resposta “unida” aos ataques contra representações diplomáticas americanas em países islâmicos.

Obama disse que os ataques das últimas semanas foram não aos Estados Unidos, mas aos ideais que criaram a ONU. Ele também condenou o filme anti-Islã que desencadeou os protestos, mas disse que um vídeo não justifica a violência que se seguiu, provocando pelo menos 50 mortes em vários países. O presidente americano prometeu punir os autores do atentado que provocou a morte do embaixador americano na Líbia, Chris Stevens, e de outros três funcionários americanos.

Sobre o Irã, Obama reafirmou que ainda há tempo para resolver a questão nuclear iraniana pela via diplomática, mas lembrou que o tempo não é ilimitado, ressaltando que fará de tudo para que o Irã não tenha armas nucleares. Barack Obama também reafirmou que já está na hora de o regime de Assad, na Síria, chegar a um fim. “O futuro não deve pertencer a um ditador que massacra seu povo”, disse.”

Dilma participa nesta 2ª feira da Assembleia Geral da ONU

“A presidenta Dilma Rousseff participa de intensa agenda internacional nos próximos dias. Ela estará em Nova York de amanhã (23) até o dia 26, onde participará da 67ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). A abertura será no dia 25. Em 2011, ela foi a primeira mulher a fazer o discurso de inauguração do evento. A Assembleia Geral da ONU terá como tema principal a prevenção e a resolução pacífica de conflitos internacionais. Também será debatida a implementação dos compromissos assumidos na Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).

Além de chefiar a delegação brasileira na ONU, Dilma terá uma agenda de reuniões, que inclui encontros com o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon e com o presidente da 67ª Assembleia Geral, Vuk Jeremic, além de chanceleres de diversos países, diretores de organismos internacionais. A presidenta também participará de reuniões ministeriais do G4 (grupo formado pela Alemanha, o Brasil, a Índia e o Japão para efetivar a participação como membro do Conselho de Segurança da ONU) e do Brics (grupo que inclui o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul). As assessorias do presidente do Estados Unidos, Barack Obama, e da chanceler da Alemanha, Angela Merkel pediram reuniões.”

(Agência Brasil)

Exposição traz pela primeira vez obras sacras do Vaticano para o Brasil

“Transporta-se para o universo da arte cristã, percorrendo quase dois mil anos de história. Esta é a proposta da exposição Esplendores do Vaticano: Uma Jornada Através da Fé e da Arte que estreia neste fim de semana na capital paulista. A Oca do Parque do Ibirapuera recebe, até o dia 23 de dezembro, mais de 200 peças de arte sacra e objetos históricos, muitos dos quais nunca deixaram o Vaticano. Para a curadoria, mais do que contar a história da fé católica, a mostra evidencia as influências da obra cristã na arte ocidental.

O monsenhor Roberto Zagnoli, curador da exposição, ressalta que a exposição permite um diálogo entre povos e culturas. “A arte é o melhor instrumento para essa troca. Não é só uma exposição de arte cristã, mas, sim, uma exposição que tenta trazer de novo a mensagem cristã, que é de comunhão”, declarou. Ele destaca que muitos dos objetos trazidos pelo projeto nunca sequer foram expostos na Europa. “Mesmo quem visita o Museu do Vaticano, não acessa todas as peças que trouxemos para cá”.

O padre Juarez de Castro, representante da Arquidiocese de São Paulo, visitou a mostra e destacou a oportunidade que os brasileiros terão de conhecer obras inéditas do Vaticano. “O que existe de arte ocidental passa pela igreja, mas essa arte ultrapassa uma confissão religiosa. Ao entrar em contato com essa exposição, entramos em contato não só com a história da igreja, mas com história da humanidade”, disse.

A exposição é composta por 11 galerias. A primeira delas destaca a origem das expressões da arte cristã, que estavam ligadas aos atos de devoção a São Pedro, como por exemplo as velas votivas. Nessa área, o visitante pode ver também uma representação de como o túmulo do santo foi encontrado em 160 depois de Cristo (d.C.), inclusive com um fragmento arquitetônico da parede da sepultura, encontrado em 1941.

Na sala seguinte, explora-se o tema da Idade Média e o período bizantino, quando Roma cresceu como cidade cristã. Um dos destaques da galeria, é um relicário em ouro e prata com ossos que, durante séculos, acreditou-se serem de São Pedro, São Paulo, São José, Sant’Ana, dentre outros santos. A terceira galeria é dedicada ao início Renascimento. Nessa área, destaca-se a obra Deposição no Sepulcro, de Giorgio Vasari.

O pintor Michelangelo, um dos autores das pinturas na Capela Sistina, ganhou uma galeria própria na exposição, na qual está exposta uma reprodução da obra Pietá. Uma das áreas que abordam a trajetória do pintor trazem a reprodução de andaimes utilizados para a pintura da capela, inclusive com reprodução de trechos da obra.

As demais salas da exposição mostram ainda objetos ritualísticos do catolicismo e o papel dos missionários da igreja. Objetos que retratam a trajetória do papado também têm destaque na mostra. O papa João Paulo II ganhou uma sala própria, ela traz um molde em bronze da mão do papa, que poderá ser tocada pelos visitantes.”

(Agência Brasil)

Brasil adotará 159 das 170 recomendações sobre direitos humanos da ONU

“O governo do Brasil vai pôr em prática 159 recomendações das 170 apresentadas por delegações estrangeiras no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU). A decisão foi anunciada ontem (20) pela representante brasileira no órgão, embaixadora Maria Nazareth Farani Azevêdo, conforme antecipou a Agência Brasil. Em seu discurso, ela ressaltou que adotar as recomendações faz parte de um desafio assumido pelo Brasil. “O nosso desafio agora é implementar as recomendações aceitas. O governo atribui grande compromisso para esse esforço. Por uma questão de prioridade, o Brasil vai integrar todas as recomendações aceitas em nossa Política Nacional de Direitos Humanos”, disse a embaixadora na sessão em Genebra, na Suíça.

O discurso da diplomata baseou-se no documento ao qual a Agência Brasil teve acesso há dois dias. Nele, a embaixadora destaca que o Brasil participou do segundo ciclo de Revisão Periódica Universal, de “forma transparente, construtiva e inclusiva”, reiterando o “apoio incondicional” para o Sistema Internacional de Direitos Humanos.

A manifestação brasileira faz parte de um mecanismo previsto pela ONU. Instaurado em 2006, o Exame Periódico Universal do Conselho de Direitos Humanos permite que o país examinado faça sua apresentação sobre o tema e acate ou recuse as sugestões. Também há espaço para que organizações não governamentais se pronunciem.

Para as organizações não governamentais (ONGs) presentes na reunião em Genebra, a iniciativa brasileira é tímida, pois poderia avançar mais em vários aspectos. Na relação de sugestões aparecem em destaque as questões sobre denúncias de irregularidades nas prisões brasileiras, a desmilitarização da polícia e a violação de direitos dos indígenas.

Também há referências às questões de gênero, como a legalização da união entre pessoas do mesmo sexo. Além das 159 recomendações que o governo vai acatar, dez serão atendidas apenas parcialmente. Porém, a embaixadora brasileira rebateu as críticas, informando que o governo foi elogiado nos esforços para a inclusão social e o combate à pobreza.”

(Agência Brasil)

Dilma vai intensificar agenda de viagens internacionais

“A presidenta Dilma Rousseff intensifica, nos próximos meses, sua agenda de compromissos internacionais. Além do presidente eleito do México, Enrique Peña Nieto, que recebe hoje (20), ela tem reuniões com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, na próxima segunda-feira (25) e com o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, no dia 27.

Há, ainda, pedidos de audiências com Dilma encaminhados pelas assessorias do presidente do Estados Unidos, Barack Obama, e da chanceler da Alemanha, Angela Merkel. A Presidência da República avalia as possibilidades de encontros bilaterais, nos intervalos da Assembleia Geral da ONU, que começa dia 25, em Nova York.

Dilma viaja no próximo fim de semana para Nova York, onde participa da Assembleia Geral das Nações Unidas. Ao retornar ao Brasil ficará apenas uma semana no país. Em seguida, ela vai para Lima, no Peru, para participar da Cúpula América do Sul e Países Árabes (Aspa).  O grupo é formado 34 países.

Nas reuniões no Peru, o tema principal será o agravamento dos conflitos nos países árabes e de maioria muçulmana. Além da situação na Síria, que já dura 18 meses e matou mais de 20 mil pessoas, há também a onda de violência gerada pela divulgação do filme anti-Islã, produzido nos Estados Unidos.

Em 16 e 17 de novembro, na Espanha, a presidenta participa da 22ª Cúpula Iberoamericana, em Cádiz, no Sul do país. Ela foi convidada pelo rei Juan Carlos, que visitou o Brasil em junho. É possível que no final de novembro, nos dias 28 a 29, Dilma retorne ao Peru para a Cúpula da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), em Lima.

No final do ano, em dezembro, Dilma pretende viajar para a Guiné Equatorial, na África. Ela participa da Cúpula América do Sul-África (ASA), em Malabo, na Guiné Equatorial. A reunião estava marcada para maio, mas foi adiada a pedido do bloco sul-americano.”

(Agência Brasil)

DETALHE – Eis dona Dilma aproveitando o fato de ter sido considerada a terceira mulher mais poderosa do mundo, segundo a revista Forbes.

Lula fará primeira viagem ao Exterior após câncer

63 6

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajará, nesta quinta-feira, para a Cidade do México. Ali, fará palestra no evento “México Século 21”. Essa será a primeira viagem de Lula ao exterior desde que descobriu um câncer na laringe, em 29 de outubro de 2011. A última viagem de Lula para o exterior também foi ao México, em 25 de outubro do ano passado, quando recebeu o prêmio Amalia Solórzano.

Segundo o Instituto Lula, o evento reunirá 10 mil estudantes universitários. Entre os conferencistas do encontro, estarão o ex-primeiro ministro britânico Tony Blair e o ex-técnico do Barcelona Pepe Guardiola. O ex-presidente voltará para São Bernardo do Campo no sábado (22).

(Com Estadão)

CNN inscreve para concurso universitário de Jornalismo

“Falta pouco menos de um mês para que estudantes dos cursos de Rádio e TV e Jornalismo se inscrevam na 8ª edição do Concurso Universitário de Jornalismo CNN. Os interessados podem realizar as inscrições pelo site http://www.concursocnn.com.br/ até o dia 12 de outubro e terão como desafio preparar um vídeo com o tema “Pessoas que fazem a diferença no Brasil”. Com o objetivo de incentivar jovens talentos e premiá-los pelo desempenho na elaboração de matérias jornalísticas, a CNN International irá selecionar matérias em vídeo com duração máxima de dois minutos cada. O aluno vencedor e seu professor orientador conhecerão os estúdios da CNN em Atlanta, nos Estados Unidos, e ganharão um iPad 2. Já o aluno classificado em segundo lugar receberá um tablet Blackberry, assim como seu professor.

Cada participante deve enviar sua matéria em DVD ou inseri-la em sua conta pessoal nos sites YouTube (http://www.youtube.com/ ou http://www.youtube.com.br/) ou Vimeo (http://www.vimeo.com/). A URL do vídeo público (com a senha, no caso do vídeo protegido do site Vimeo) deve ser inserida no campo corres pondente em cada ficha de inscrição. Serão selecionadas três matérias finalistas, após comunicação prévia da Turner International do Brasil e de divulgação no site oficial do concurso.

Para decidir quais os melhores trabalhos da 8ª edição do concurso, os jurados terão como ferramenta as próprias experiências à frente de importantes telejornais diários. Os apresentadores Monica Waldvogel, Fabiana Scaranzi, Carlos Nascimento, Celso Freitas, uma equipe de âncoras da CNN International e a correspondente do Brasil, Shasta Darlington, fazem parte da comissão julgadora das matérias jornalísticas. A CNN International abriu ainda canais de comunicação para incentivar os estudantes a participar por meio das redes sociais Twitter (www.twitter.com/concursocnn2012) e Facebook (www.facebook.com/CNNIBrasil).

CNN International

Trata-se da única rede global a transmitir notícias 24 horas por dia, fazendo ampla cobertura jornalística por meio dos 34 escritórios editoriais mundiais da CNN Worldwide. Programada especificamente para uma audiência global, a CNN International possui cinco sinais separados de satélite para a América Latina, Europa/Oriente Médio/África, Ásia/Pacífico, Sudeste Asiático e Estados Unidos. A CNN International pode ser vista em mais de 265 milhões de residências em mais de 200 países e territórios ao redor do mundo, por meio de uma rede de 38 satélites.”

(Sindicato dos Jornalistas do Ceará)

Universidade do Porto lança mestrado em Arquitetura em Fortaleza

Será lançado em Fortaleza o Mestrado em Arquitetura da tradicional Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP), de Portugal. Segundo organizadores, exclusivamente para brasileiros. O ato ocorrerá às 19 horas da próxima sexta-feira, no Instituto Para Capacitação Profissional (IPCP), que fica na rua Francisco Farias Filho, 121, no bairro Edson Queiroz, sob a chancela do professor Antônio Vasques, ex-secretário da Ciência e Tecnologia do Ceará.

Na ocasião, o professor-doutor e catedrático da FAUP, Alexandre Alves Costa, apresentará o mestrado. Alexandre ingressou na FAUP em 1996, tendo sido membro da Comissão Instaladora da faculdade como presidente do Conselho Diretivo. Faz igualmente parte da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra desde 1991.

SERVIÇO

Mais informações – 87777604

 

 

Presidente da Facic participa de curso na França

O presidente da Facic e conselheiro estadual do Sebrae, Francisco Barreto, participou, na cidade de Fontainebleau (França), do curso “Gestão Estratégica para Dirigentes Empresarias”. O curso foi bancado pelo INSEAD e aconteceu no Business Schoool For The World.

As aulas foram ministradas por professores de vários Países especialistas em negócios e teve a duração de uma semana.

(Foto – José Maria Melo)

Brasileiro morre esfaqueado no Japão

“A Polícia japonesa informou nesta quinta-feira (13) a morte do brasileiro Sandro Mathias de Oliveira, de 32 anos, aparentemente esfaqueado na cidade de Toyohashi, na província de Aichi.  A vítima, residente no Japão, foi encontrada gravemente ferida no peito em uma rua próxima à sua casa por volta das 20h locais (8h de Brasília) de quarta-feira (12), detalhou uma fonte policial à agência de notícias “Kyodo”. O brasileiro foi transferido para um hospital, onde sua morte foi confirmada.

Os policiais que investigam o caso encontraram uma faca de cozinha ensanguentada ao lado do corpo da vítima. Os brasileiros formam a terceira minoria do Japão com cerca de 210 mil cidadãos, enquanto no Brasil as organizações de imigrantes calculam que vivem mais de 1,8 milhões de japoneses e descendentes até de segunda geração.”

(Com Uol e Agências)

11 de Setembro – Sobreviventes ao atentado terão acompanhamento médico

“Onze anos depois dos atentados de 11 de Setembro nos Estados Unidos, as autoridades norte-americanas anunciaram que os sobreviventes receberão acompanhamento e tratamento médico gratuito para 50 tipos de câncer. Especialistas acreditam que uma série de doenças ligadas aos ataques causou pelo menos mil mortes desde 2001. Anteriormente, o governo financiava o tratamento de doenças respiratórias, depressão e dores múltiplas.

A decisão das autoridades dos Estados Unidos deve atender a cerca de 70 mil funcionários de equipes que prestaram socorro durante os ataques e pessoas que se encontravam nas imediações. Há suspeitas de que as pessoas foram expostas a componentes químicos presentes nos destroços dos ataques. A desconfiança é que alguns sobreviventes desenvolveram diferentes tipos de câncer.

Uma medida anterior estabelecia um fundo no valor de US$ 4,3 milhões para a cobertura de  tratamentos médicos contra a asma e doenças respiratórias, além de depressão, ansiedade e dores múltiplas. Em junho, o instituto norte-americano para a higiene e saúde no trabalho recomendou que alguns tipos de câncer fossem acrescentados à lista de doenças ligadas aos ataques.

Em 11 de setembro de 2001, houve uma série de ataques suicidas coordenados pela rede Al Qaeda em cidades norte-americanas. De manhã, 19 homens ligados à rede sequestraram quatro aviões comerciais de passageiros e usaram dois deles para atingir as Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova York. Os ataques às Torres Gêmeas mataram todos que estavam nos aviões e muitos dos que trabalhavam nos edifícios.”

(Agência Brasil/BBC Brasil)