Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Homem invade cinema nos EUA e atira matando 14 pessoas

Pelo menos 14 pessoas morreram após ataque de um homem mascarado que atirou contra pessoas que assistiam a estreia do filme Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge em um shopping em Aurora, na região de Denver, no Estado americano do Colorado. As informações são da CNN.
Entre 30 e 40 vítimas podem ter ficado feridas na ação. De acordo com testemunhas, ele abriu fogo aos 30 minutos de filme e, antes de sair, causou uma nuvem de fumaça com uma bomba de gás. De acordo com a rádio local KOA, algumas das pessoas na sala de cinema acreditavam que a chegada do homem mascarado, de forma estrondosa, era parte do filme. O pânico teve início quando foi sacada uma arma.
Policiais ajudaram a transportar vítimas para hospitais em seus próprios carros, sem esperar por ambulância. Alguns dos feridos estão em estado grave. Segundo a Fox News, dois atiradores poderiam ter participado da ação, mas a informação não foi confirmada pelas autoridades policiais. Os arredores do shopping foram isolados para uma busca por artefatos explosivos.

PF apreende ecstasy no aeroporto de Fortaleza

A Polícia Federal prendeu, nessa noite de quarta-feria, em flagrante delito, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, um homem de 40 anos, natural da Romênia, por estar transportando drogas ilícitas. A prisão, segundo a assessoria de imprensa do órgão, ocorreu quando o romeno desembarcou de um voo procedente de Lisboa/Portugal, transportando, em sua bagagem, cerca de 22.787 comprimidos de ecstasy, mais 2 quilos e 700 gramas de metilenodioximetanfetamina (principio ativo para produção ecstasy), conhecida como MDMA, em pedra, e, 114,72g de substância resinosa Haxixe.

O preso responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas, com pena máxima de 15 anos de reclusão. Ele está na carceragem da Superintendência Regional da PF à disposição da Justiça Federal. Deverá ser transferido para um dos presídios desta capital. A operação contou com o apoio da Receita Federal.

Mais de 34 milhões de pessoas no mundo vivem com HIV

“Relatório divulgado hoje (18) pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/aids (Unaids) indica que 34,2 milhões de pessoas vivem com HIV no mundo, sendo 30,7 milhões de adultos, 16,7 milhões de mulheres e 3,4 milhões de menores de 15 anos. A África Subsaariana registra o maior número de pessoas infectadas, com 23,5 milhões, seguida pela Ásia Meridional e Sul-oriental, com 4,2 milhões. A Oceania tem a menor estimativa com 53 mil infectados. Na América Latina, são 1,4 milhão.

Dados indicam ainda que, em 2011, 2,5 milhões de novas infecções foram identificadas no mundo, sendo 2,2 milhões em adultos e 330 mil em menores de 15 anos. O número representa mais de 7 mil novas infecções por dia e 97% delas foram notificadas em países de baixa e média renda.

A África Subsaariana lidera o ranking com 1,7 milhão de novas infecções. Em seguida, aparecem a Ásia Meridional e Sul-oriental (300 mil) e a Europa Oriental e Ásia Central (170 mil). Na América Latina, 86 mil pessoas foram infectadas pelo vírus em 2011.

Já as mortes provocadas pelo HIV no mesmo período totalizaram 1,7 milhão, sendo 1,5 milhão entre adultos e 230 mil entre menores de 15 anos de idade. Na América do Norte, 20 mil pessoas morreram no ano passado em decorrência do HIV; na região do Caribe, 10 mil; na América Latina, 57 mil; na Europa Ocidental e Central, 9,3 mil; na Europa Oriental e Ásia Central, 90 mil; na Ásia Oriental, 60 mil; na Ásia Meridional e Sul-oriental, 270 mil; no Norte da África e Oriente Médio, 25 mil; na África Subsaariana, 1,2 milhões; e na Oceania, 1,3 mil.

O coordenador do Unaids no Brasil, Pedro Chequer, explicou que o alto número de pessoas com HIV no mundo é reflexo da queda das mortes provocadas pela doença, sobretudo em razão da ampliação do acesso a medicamentos antirretrovirais.”

(Agência Brasil)

Rei da Espanha corta seu salário para dar exemplo

77 1

O rei Juan Carlos da Espanha reduzirá seu salário bruto em 7,1%, a exemplo dos funcionários e de acordo com os novos cortes aprovados na sexta-feira passada pelo governo espanhol. A informação foi divulgada pela Casa Real nesta terça-feira.

A decisão do rei representa uma redução de 20.910 euros (cerca de R$ 52 mil) em seu salário, sem impostos, enquanto que seu filho e herdeiro, Felipe de Borbón, receberá 10.455 euros (aproximadamente R$ 26 mil) a menos, ao mesmo tempo em que o resto da famíla real também verá reduzidos seus gastos de representação.

(AFP)

União Africana será comandada por uma mulher

“Pela primeira vez, a União Africana, que reúne 53 países, será comandada por uma mulher. Nkosazana Dlamini-Zuma, da África do Sul, foi eleita secretária-geral da entidade, derrotando Jean Ping, do Gabão, que tentava a reeleição. Porém, em janeiro deste ano, nenhum dos dois conseguiu a maioria de dois terços dos votos entre os membros da instituição. Ping ficou mais seis meses no cargo até encerrar o impasse.

A nova líder é ex-mulher do presidente sul-africano Jacob Zuma e uma das ministras há mais tempo no cargo em seu país. Analistas indicam que sua candidatura quebra uma tradição extraoficial do continente que costuma evitar membros dos grandes países africanos no posto de liderança do bloco.

Além dos objetivos permanentes de promover a paz e a segurança, a União Africana se propõe a avançar no progresso social e econômico. A agenda do bloco inclui um incentivo ao comércio entre os membros do continente, a instabilidade política no Mali, a crescente violência na República Democrática do Congo e a tensão entre o Sudão e o Sudão do Sul.”

(Agência Brasil)

Brasil e China discutem parcerias no comércio para os próximos 10 anos

“O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, iniciou, em Pequim, visita oficial de dois dias à China. Hoje (12), ele tem reunião com o presidente da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, ministro Zhang Ping, responsável pelo planejamento econômico do governo, e com o ministro da Indústria e Comércio, Chen Deming.

Eles darão continuidade às discussões em torno do Plano Decenal, que estabelece ação conjunta Brasil-China nos próximos dez anos em projetos prioritários como investimentos, tecnologia e comércio. Também devem ser abordadas questões relativas à aviação regional e ao minério de ferro, que perdeu o posto de principal item da pauta exportadora para a China em consequência da queda de 20% nas vendas externas do produto nos primeiros seis meses de 2012.”

(Agência Brasil)

Espanha anuncia corte no orçamento e mais impostos

“A Espanha terá de economizar 65 bilhões de euros (cerca de R$ 162 bilhões) nos próximos dois anos e meio. Além de cortes no Orçamento, o governo irá aumentar impostos. O pacote de austeridade foi anunciado hoje (11) pelo primeiro-ministro espanhol, Mariano Raroy, em sessão no Parlamento. Ele enfatizou que as medidas devem ser implementadas rapidamente. Os governos regionais terão que fazer cortes de 3,5 bilhões de euros nos orçamentos, quase R$ 9 bilhões.

As medidas de austeridade foram anunciadas depois que líderes dos países-membros da zona do euro concordaram em dar à Espanha um empréstimo de 30 bilhões de euros (mais de R$ 74 bilhões) até o final deste mês para ajudar os bancos do país. No final de junho, os líderes da zona euro fecharam um acordo para que os bancos dos países da região possam ter acesso direto aos fundos de resgate europeu. O acordo prevê investimentos de 120 bilhões de euros, o equivalente a pouco mais de R$ 310 bilhões. A Espanha está entre os países da Europa que mais sofrem com os efeitos da crise financeira internacional. Grécia, Itália e Portugal também fazem parte da lista.”

(Agência Brasil/BBC Brasil)

Chávez anuncia estar “totalmente” livre do câncer

“O presidente venezuelano, Hugo Chávez, garantiu nesta segunda-feira que está “totalmente livre” do câncer diagnosticado em junho de 2011, após se submeter a tratamentos de quimioterapia e radioterapia nos últimos meses. “Livre, totalmente livre”, disse o presidente à imprensa sobre o câncer, cuja localização exata e gravidade jamais foram revelados.

Chávez, que concedeu sua primeira entrevista coletiva como candidato às eleições presidenciais de 7 de outubro, negou que sua condição física possa atrapalhar a campanha para a reeleição a um terceiro mandato, e garantiu que a cada dia se sente melhor. “Graças a Deus estou aqui e a cada dia me sinto melhor, em melhores condições físicas, e acredito firmemente que esta expressão de limitação física (…) não será um fator importante nesta campanha”.

Chávez revelou que com a plena recuperação participará de vários atos de campanha, a partir da próxima quinta-feira, em diversos pontos do país. “Povo de Anzoátegui, ainda não temos o local e a hora exatos, mas estaremos aí na quinta. Na sexta, não sei onde, surpresa, e no sábado (iremos a) Barquisimeto. No dia 29 de junho de 2011, Chávez anunciou ao mundo que sofria de câncer e após se submeter a vários ciclos de quimioterapia, afirmou em outubro que estava curado. Mas em fevereiro passado a doença reapareceu, o que levou o presidente a retomar o tratamento de radioterapia, concluído há pouco mais de dois meses, em Havana.”

(Com Agências)

FHC recebe prêmio nos EUA

36 1

“O ex-presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) recebe, nesta terça-feira, em Washington, o Prêmio John W. Kluge, da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos. O prêmio, cuja escolha é feita após consulta a 3 mil intelectuais e personalidades públicas em todo o mundo, foi anunciado em maio e tem o valor de US$ 1 milhão.

Fernando Henrique é o oitavo ganhador do prêmio, concedido desde 2003 a pensadores da área de humanidades. Sociólogo, ele é o primeiro intelectual latino-americano a ser homenageado.

Segundo o site da Biblioteca do Congresso americano, em sua carreira, Fernando Henrique envolveu-se com questões variadas desde as relações raciais (como no livro de 1962, Capitalismo e Escravidão no Brasil Meridional: o Negro na Sociedade Escravocrata do Rio Grande do Sul) até a dependência econômica e integração da economia global (como em seu livro mais conhecido, Dependência e Desenvolvimento na América Latina, escrito em 1969 com Enzo Faletto).”

(Agência Brasil)

Novo presidente do Egito restitui parlamento e desafia militares

“O novo presidente do Egito, Mohammed Mursi, decidiu restituir o Parlamento do país, um mês depois de sua dissolução, anulando decisão da Corte Suprema do Egito. O tribunal havia decidido pela inconstitucionalidade da formação atual do Legislativo depois de membros de partidos reivindicarem assentos reservados para representantes independentes.

Mursi, que é membro da majoritária Irmandade Muçulmana, disse que o Parlamento deve voltar a funcionar até uma nova eleição. Sua decisão é considerada um desafio ao Exército. A Junta Militar que governou o Egito entre a derrubada do antigo presidente, Hosni Mubarak, e a posse de Mohamed Morsi, assumiu as tarefas legislativas.

Conforme a Agência Lusa, o presidente egípcio estabeleceu também a realização de eleições 60 dias depois da aprovação da nova Constituição pelo Parlamento. A eleição de Mursi é desdobramento da chamada Primavera Árabe no Egito, iniciada com protestos populares em janeiro de 2011.”

(Agência Brasil, com Agência Lusa)

Tasso confere festa nos EUA em que FHC ganhará prêmio

59 3

O ex-senador tucano Tasso Jereissati encontra-se nos Estado Unidos. Ele é um os convidados da cerimônia em que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ganhará, na segunda-feira, em Washington, da Biblioteca do Congresso o Prêmio John W. Kluge.

A premiação é concedida anualmente a personalidades mundiais pela Biblioteca do Congresso americano.

FHC é agraciado como acadêmico e “por sua contribuição social” quando governou o Brasil.

Diretora do MI diz que economia global crescerá menos

“A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse que a próxima previsão de crescimento da economia global a ser divulgada pelo fundo trará uma projeção inferior à última, de 3,5%, apresentada em abril. A declaração foi feita durante simpósio sobre economia em Tóquio.

Lagarde elogiou ainda os esforços dos líderes europeus em busca de uma solução para a crise em seus países. Ela disse que “passos importantes” haviam sido dados, mas que mais reformas eram necessárias.”

(Agência Brasil)

Explosão de carro-bomba mata policiais no México

“Dois policiais morreram e ao menos quatro ficaram feridos na explosão de um carro-bomba em frente à casa do secretário de Segurança Pública de Tamaulipas, Rafael Lomeli, no Noroeste do México. Lomeli não ficou ferido.

O atentado foi um ato de represália por prisões recentes de criminosos.

Na semana passada ao menos sete pessoas ficaram feridas com a explosão de outro carro-bomba em Nuevo Laredo, também no estado de Tamaulipas.”

(Agência Brasil e BBC Brasil)

Divergências quanto à participação do Paraguai impedem sessão do Parlasul

Mau tempo em Montevidéu, capital do Uruguai e do Mercosul. Chuva, vento e uma temperatura de 7 graus. O tempo também fechou na sessão do Parlamento do Mercosul (Parlasul), onde o principal tema era a situação do Paraguai, que teve seus direitos políticos suspensos por decisão tomada na última semana pelos demais três parceiros do bloco: Argentina, Brasil e Uruguai.

O tema também não era consenso na bancada brasileira, que, em função da chuva e da neblina na capital uruguaia, não pôde se fazer presente com a delegação prevista. Alguns dos voos que traziam parlamentares nessa segunda-feira (2) tiveram que retornar a São Paulo e Porto Alegre.

Com presença majoritária de deputados federais, os representantes brasileiros no Parlasul acertaram, por maioria de votos, que o Brasil se posicionaria contrariamente a exclusão definitiva do Paraguai. O posicionamento majoritário foi no sentido de que o Parlasul é independente dos governos que formam o bloco e que não precisa seguir as decisões dos executivos. Por outro lado, pesou o fato do Paraguai ser o único membro a ter eleito seus parlamentares do Mercosul pelo voto direto, ao contrário dos três demais países que ainda selecionam dentre os membros dos parlamentos nacionais a sua representação.

Segundo o presidente da representação brasileira, senador Roberto Requião (PMDB-PR), o Brasil não poderia repetir o erro do Congresso paraguaio, que afastou de forma sumária o presidente Fernando Lugo sem lhe dar direito de defesa.

(Agência Senado)

Enrique Peña ganha eleições no México

56 1

Enrique Peña Nieto, candidato do Partido Revoluconário Institucional (PRI), ganhou as eleições presidenciais do México, de acordo com uma amostra de atas de votação elaborada pelo Instituto Federal Eleitoral (IFE), o órgão reitor do pleito. Segundo esta amostra de quase 7.500 atas, Peña Nieto obteve entre 37,93% e 38,55% dos votos, anunciou o presidente do IFE, Leonardo Valdés, em mensagem em rede nacional.

De acordo com esses dados, o candidato da esquerda mexicana, Andrés Manuel López Obrador, obteve entre 30,9% e 31,86% dos votos. Em terceiro lugar ficou a candidata do governante Partido Ação Nacional (PAN), Josefina Vázquez Mota, que conseguiu entre 25,10% e 26,03%. Em último lugar figura o concorrente do Partido Nova Aliança (Panal), Gabriel Quadri, com entre 2,27% e 2,57% dos votos.

* Do Porta Uol aqui.

Enrique Peña deve ser eleito no México

“O candidato presidencial do Partido Revolucionário Institucional do México (PRI), Enrique Peña Nieto, depositou seu voto durante as votações neste domingo em Atlacomulco, estado do México. Ele é favorito na disputa para novo presidente, que também definirá o nome de 128 senadores e 500 deputados federais, realizada sob um forte esquema de segurança.

Os 143.000 locais de votação em todo o país abriram as portas às 8 horas (10 horas de Brasília) e devem receber 79,5 milhões de mexicanos, em uma eleição sem segundo turno, até as 20 horas (22 horas de Brasília). Todas as pesquisas de intenção de voto apontam o candidato do PRI como claro favorito, com 10 a 17 pontos de vantagem sobre o esquerdista Andrés Manuel López Obrador e mais de 20 pontos à frente da governista Josefina Vásquez Mota, do Partido Ação Nacional (PAN).”

(Veja Online)

Rio ganha título de Paisagem Cultural da Unesco

“Belezas naturais e harmonia com o homem fizeram do Rio a primeira cidade do mundo a receber o título de Patrimônio Mundial como Paisagem Cultural, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A escolha ocorreu neste domingo (1º), em votação na 36ª Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial, que está reunido em São Petersburgo, na Rússia, desde o dia 25 de junho.

A candidatura do Rio foi apresentada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A ministra da Cultura, Ana de Hollanda, que discursou em português ao fazer a defesa da cidade, e o presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, acompanharam os trabalhos e comemoraram a decisão, que resultou na inclusão de mais um bem brasileiro na Lista de Patrimônio Mundial, o décimo nono.

Por meio da assessoria de imprensa do Iphan, Ana de Hollanda declarou que “o resultado é consequência de um estudo minucioso em que se avaliou a forma criativa com que o habitante se adaptou à topografia excepcionalmente bela e irregular da cidade, inventando modos inéditos de usufruir a vida”. Já Almeida observou que “a paisagem carioca é a imagem mais explícita do que podemos chamar de civilização brasileira, com sua originalidade, desafios, contradições e possibilidades”.

De acordo com o Iphan, a partir de agora, os locais da cidade valorizados com o título da Unesco serão alvo de ações integradas visando à preservação de sua paisagem cultural. São eles o Pão de Açúcar, o Corcovado, a Floresta da Tijuca, o Aterro do Flamengo, o Jardim Botânico e a famosa Praia de Copacabana, além da entrada da Baía de Guanabara. Os bens cariocas que agora são patrimônio mundial incluem ainda o Forte e o Morro do Leme, o Forte de Copacabana e o Arpoador, o Parque do Flamengo e a Enseada de Botafogo.

Em setembro de 2009, o Iphan entregou à Unesco o dossiê completo da candidatura do Rio, justificando seu valor universal pela interação da sua beleza natural com a intervenção humana. O conceito de paisagem cultural foi adotado pela agência das Nações Unidas em 1992 e incorporado como uma nova tipologia de reconhecimento dos bens culturais, conforme a Convenção de 1972, que instituiu a Lista do Patrimônio Mundial.”

(Agência Brasil)