Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Jennifer Lopez e um show de playback

71 1

O show de Jennifer Lopez, encerrado na madrugada deste domingo, no Centro de Eventos, foi bom, mas muitos que  ali compareceram diziam que não esperavam tanto playback. Para quem é estrela internacional e cobra caro, deveria fazer tudo com banda.

Já Ivete Sangalo arrasou como sempre. É aquela história do quem canta sabe fazer ao vivo.

Paraguai vai tentar reverter suspensão do Mercosul

41 1

“O Paraguai não aceitará a decisão do Mercosul de suspendê-lo provisoriamente do bloco sul-americano e vai buscar caminhos para reverter a medida, segundo comunicado emitido pelo Ministério das Relações Exteriores paraguaio. De acordo com a chancelaria paraguaia, a suspensão aprovada pelos presidentes do Brasil, Uruguai e da Argentina descumpre artigo do Protocolo de Ushuaia sobre Compromisso Democrático no Mercosul, que prevê consultas a um país denunciado. “A decisão adotada precisa de validez formal e material. O governo do Paraguai promoverá ações para torná-la sem efeito”, diz o comunicado.

A chancelaria reforça que não houve ruptura democrática no Paraguai com a destituição de Fernando Lugo como presidente do país. Os paraguaios criticam ainda os integrantes do Mercosul por terem aprovado ontem (29), em Mendoza, na Argentina, a entrada da Venezuela como sócio pleno do bloco, sem o aval do Paraguai. Dos quatro membros permanentes, somente o Congresso paraguaio não tinha aprovado o ingresso dos venezuelanos. O novo presidente do Paraguai, Federico Franco, ironizou a suspensão do país do Mercosul e também da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) ao dizer que seu país vai economizar dinheiro ao deixar de ir às cúpulas dos dois blocos regionais.”

(Agência Brasil)

Eta, banho de mar…

81 5

Pois é, a internacional Jennifer Lopez, que fará show no Centro de Eventos nesta noite de sábado, ao lado de Ivete Sangalo, foi flagrada num banho de mar em frente ao Hotel Gran Marquise, em Fortaleza, que fica no Mucuripe.

Por sinal, essa faixa do litoral aparece na lista das áreas impróprias para o banho. Pelo visto, a estrela não sabia. 

* Confira a lista da Semace aqui.

(Foto – Fábio Lima, do POVO)

México terá eleições gerais neste domingo

Observadores internacionais estão no México para acompanhar as eleições do próximo domingo (1°). Segundo o Instituto Eleitoral Federal mexicano, 700 observadores internacionais vão acompanhar as eleições no país. Além do presidente, serão escolhidos os novos membros do Congresso, seis governadores, prefeitos e o chefe de Governo da Cidade do México. Quatro candidatos disputam as eleições presidenciais: Enrique Peña Nieto, Andrés López Obrador, Josefina Vázquez Mota e Gabriel Quadri.

CONHEÇA OS CANDIDATOS

Peña Nieto, do Partido Revolucionário Institucional (PRI), é apontado pelas sondagens como o favorito. O partido, considerado conservador, dominou a cena política mexicana entre 1929 e 2000, ano em que venceu as eleições Vicente Fox, do Partido da Ação Nacional (PAN).

Andrés López Obrador, do Partido da Revolução Democrática (PRD), é o principal adversário de Peña Nieto. Político da esquerda mexicana, quase venceu as eleições de 2006, quando perdeu para Felipe Calderón.

A única mulher na disputa é Josefina Vázquez Mota, do Partido Ação Nacional (PAN), a mesma legenda do atual presidente, Felipe Calderón. Durante a campanha, ela trabalhou para conquistar o apoio feminino.

Gabriel Quadri, do Partido Nova Aliança, aparece nas sondagens com a menor porcentagem de votos entre os quatro candidatos. Ele concentrou a campanha em críticas aos partidos mais tradicionais e destacou as medidas que pretende adotar se for eleito.”

(Agência Brasil, com agências Telam e Lusa)

Obama e Romney em clima de empate técnico

33 1

Um empate técnico entre o candidato à reeleição, Barack Obama, e seu adversário republicano, Mitt Romney. Eis o que constata uma nova pesquisa de intenções de voto divulgada pela Rede NBC e o jornal The Wall Street Journal. De acordo com a pesquisa, Obama aparece um pouco à frente com o apoio de 47% dos eleitores entrevistados, contra 44% de Romney — uma diferença dentro da margem de erro de 3,1%.

No mês passado, a mesma sondagem apontava uma vantagem de quatro pontos para o democrata (47% a 43%). Os números indicam uma recuperação de Mitt Romney, que no último levantamento divulgado pela imprensa americana havia ficado treze pontos percentuais atrás do atual governante. Na pesquisa realizada pela emissora Bloomberg, Obama aparecia com 53% da preferência, contra apenas 40% do republicano.

* Com EFE e Veja Online.

Paraguai vive clima de incertezas a 10 meses das eleições presidenciais

“A história política do Paraguai é marcada por avanços e recuos, além de uma das ditaduras mais longas das Américas, a comandada pelo general Alfredo Stroessner – que durou 34 anos, acabando em 1988. Em 2008, o país elegeu o ex-bispo Fernando Lugo, que prometeu reforma agrária e melhorias sociais. Com o impeachment de Lugo na última sexta-feira (22), o quadro de incertezas predomina no país a dez meses das eleições gerais.

O impeachment de Lugo não o impede de concorrer às eleições. Pela Constituição, ele preserva todos os direitos políticos, portanto, não há limitações legais à sua candidatura. No entanto, a legislação paraguaia proíbe a reeleição, o que não permitirá, por exemplo, que o novo presidente, Federico Franco, tente se manter no poder.

Lugo não confirma nem descarta a possibilidade de se candidatar a um cargo eletivo em abril. Ao ser perguntado ontem (25) sobre o que pretende fazer, ele foi evasivo: “Ainda não se pode definir”. Em 21 de abril de 2013, todos os cidadãos paraguais de 18 a 75 anos são obrigados a votar. Serão escolhidos o presidente, o vice, 17 governadores e parte dos 45 senadores e 80 deputados federais.”

(Agência Brasil)

Fernando Lugo instaura governo paralelo no Paraguai

“O ex-presidente do Paraguai Fernando Lugo transformou sua casa em Lambaré, nos arredores de Assunção, capital paraguaia, em uma espécie de quartel-general de um governo paralelo ao oficial. Lugo marcou para hoje (25) cedo uma reunião denominada Gabinete da Restauração da Democracia. A ideia é manter a rotina de governo, mesmo depois da sua destituição há três dias.

Lugo convocou todos os ex-ministros e ex-assessores para a reunião nesta manhã. O principal assunto é a articulação para o que o chamou de restauração da democracia. Na prática, a ideia é alinhavar de maneira objetiva seu retorno ao poder. Deputados e senadores aliados de Lugo tentam buscar maneiras de reverter o quadro político atual.

Analistas consideram, porém, a hipótese pouco provável. Lugo não dispõe de apoio político no Congresso. A prova das suas dificuldades foi a votação, no último dia 22, do processo que levou ao seu impeachment, com um placar de 39 votos a favor, 4 contra e 2 abstenções.”

(Agência Brasil)

Paraguai será suspenso do Mercosul

“O Brasil e as demais nações da América do Sul decidiram suspender o Paraguai das uniões de livre comércio do Mercado Comum do Sul (Mercosul) e da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) até que se realizem as eleições presidenciais paraguaias, previstas para abril do ano que vem. A medida é uma resposta ao impeachment do presidente Fernando Lugo ocorrido na última sexta-feira. Os países vizinhos querem desencorajar processos semelhantes em outros parceiros da região.

O encontro que decidirá o destino imediato do Paraguai está marcado para a próxima sexta-feira, durante reunião do Mercosul, na Argentina. O Paraguai deve ficar de fora, embora seu novo chanceler já tenha dito que quer ir e explicar a crise em seu país. Não se sabe quais efeitos do isolamento paraguaio do Mercosul e da Unasul, mas espera-se que a suspensão pressione o atual governo.

O Palácio do Planalto determinou que o Brasil só adote decisões coletivas e no âmbito de organismos multilaterais. O novo chanceler designado do Paraguai, José Félix Fernández, disse que buscará dialogar com seus colegas sul-americanos para distender as relações após os duros questionamentos de Argentina, Brasil e Uruguai por conta da destituição do presidente Fernando Lugo em um breve julgamento político. O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ordenou ontem a retirada do embaixador venezuelano em Assunção, José Francisco Javier Arrué, e a interrupção do envio de petróleo ao Paraguai.

“Ordenei retirar nosso embaixador de Assunção. E também vamos retirar o envio de petróleo. Sentimos muito, mas nós não vamos apoiar de forma alguma esse golpe de Estado”, afirmou Chávez nas cerimônias de comemoração do 191º aniversário da batalha de Carabobo. Em Brasília, manifestantes realizaram um ato de protesto contra o impeachment de Fernando Lugo em frente à Embaixada do Paraguai.”

(O POCO e Agências)

Brasil trata problema do aborto ilegal com superficialidade, avalia antropóloga

“Há dez anos fazendo pesquisas sociais sobre a prática de aborto no Brasil, a antropóloga Débora Diniz, da Universidade de Brasília (UnB) e do Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero (Anis), está investigando os caminhos percorridos pelas mulheres para fazerem aborto ilegal. O objetivo do estudo, assim como o da primeira Pesquisa Nacional de Aborto (PNA), feita há dois anos, “é poder instrumentalizar a política de saúde no Brasil”.

Débora Diniz assina novos artigos na Revista Ciência & Saúde Coletiva, da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Pública (Abrasco), a ser publicada no próximo mês. Antes de viajar para Nova York, onde participa de uma reunião de trabalho, a antropóloga conversou com a Agência Brasil sobre as políticas de saúde da mulher e o atendimento médico-hospitalar nos casos de aborto ilegal.

“Cada vez mais caminhamos em direção a ter argumentos sólidos sobre o impacto para a saúde pública e para a saúde das mulheres do aborto inseguro e ilegal. No entanto, a realidade e as políticas públicas no Brasil mudaram muito pouco, e são argumentos contrários que sustentam esse marco restritivo, esses argumentos que pararam no tempo. Argumentos de ordem moral e de ordem religiosa que sustentam que o aborto deva ser ilegal, que seria um atentado contra uma vida em potencial”, disse.”

(Agência Brasil)

Brasil manda chamar de volta seu embaixador no Paraguai

Em nota divulgada na noite deste sábado, o Itamaraty, segundo o Globo.com, condenou a ação e convocou para consultas em Brasília o diplomata brasileiro Eduardo dos Santos em Assunção. Essa decisão saiu após reunião da presidente Dilma Rousseff com os ministros das relações Exteriores, Antonio Patriota, da Defesa, Celso Amorim, e de Minas e Energia, Edison Lobão.

Brasil e Argentina retiraram seus embaixadores do Paraguai.

Isso foi consequência do impeachment de Fernando Lugo.

Obama tem vantagem de 13 ponto sobre Romney

Uma nova pesquisa dá vantagem de 13 pontos para Obama. Contrariando sondagens anteriores, o levantamento coloca o atual presidente bem à frente de seu adversário, o republicano Mitt Romney: 53% a 40%. A pesquisa foi divulgada nessa quarta-feira pela rede de televisão Bloomberg. Obama tem agora 13 pontos de vantagem do atual governante, quando se apontava um grande equilíbrio entre os dois candidatos.

O levantamento da Bloomberg ouviu 1.002 eleitores entre os dias 15 e 18 de junho e possui uma margem de erro de 3,1 pontos.

* Veja Online com France Press.

Presidente do Irã aguardado para Rio+20

45 1

O presidente do Irã,  Mahmoud Ahmadinejad, desembarca, nesta manhã de terça-feira, no Rio de Janeiro, procedente de La Paz (Bolívia). Ele vem participar da Rio+20 e manter uma audiência com a presidenta Dilma Rousseff para tratar de uma agenda bilateral. Esse encontro ainda não foi confirmado pela Presidência da República do Brasil.

Ahmadinejad visitou pela última vez a América Latina em janeiro e fez paradas na Venezuela, Nicarágua, no Equador e em Cuba.

A visita do presidente iraniano ao Rio gerou protestos no domingo (17) em Ipanema, um dos bairros mais famosos da cidade, reunindo manifestantes que protestaram contra o que chamaram de política discriminatória do governo iraniano.

(Com Agência Brasil)

Rio+20 – Sai documento final da conferência

“Depois de mais de 14 horas de negociações, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, anunciou às 2h30 desta terça-feira (19) a conclusão do texto da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Ele sinalizou que foi refeito o último rascunho, finalizado no sábado (16), incluindo ajustes de “último minuto”. Também indicou que haverá nova plenária nesta terça-feira, às 10h30, que ainda pode modificar o documento.

A delegação do Brasil convocou uma plenária, às 2h20, que durou menos de dez minutos. Segundo Patriota, o texto finalizado será divulgado para as delegações dos 193 países a partir das 7h. Depois, ocorrerá uma plenária. Nela, qualquer delegação pode rejeitar propostas e se manifestar, discordando em relação a ítens contidos no texto.

Após a plenária da madrugada, o chanceler fez uma breve declaração à imprensa.

-— Temos um texto e fizemos o possível para incorporar o máximo, inclusive negociações e consultas de último minuto. Quero agradecer a todos pelo espírito de cooperação e liderança. Mantivemos o compromisso de concluir o exercício da noite de ontem [segunda-feira] até hoje [terça-feira]. O texto será tornado acessível até as 7h porque precisa de uma revisão técnica. Haverá uma plenária às 10h30min.”

(R7.com)

Mantega- Grupo do Brics ampliará contribuição ao FMI

“O Brics – grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – vai fazer um aporte adicional de recursos ao Fundo Monetário Internacional (FMI), anunciou hoje (18) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Em reunião preparatória para o encontro do G20, que começa amanhã (19) no México, Mantega declarou que os países do grupo concordaram em aumentar as contribuições para o fundo, sob uma série de condições.

Os países emergentes exigiram que os recursos adicionais só sejam usados para ajudar países em crise depois que o FMI tiver esgotado os fundos já disponíveis. Além disso, o aporte será feito apenas se as reformas que ampliam o poder do Brics no FMI forem concluídas. Anunciado em 2010, o acordo que altera as cotas dos países em desenvolvimento do fundo precisa ser ratificado pelos parlamentos de países europeus até outubro deste ano.

“Achamos que há um atraso dos europeus na concretização do acordo. Mesmo assim, estaremos fazendo aporte adicional na condição que sejam cumpridas as reformas de cotas o mais rápido possível”, declarou Mantega em vídeo divulgado pelo blog mantido pelo Palácio do Planalto.”

(Agência Brasil)

Para Dilma, Brasil conjuga crescimento, inclusão social e proteção ambiental

“O Brasil pode ser referência para outros países que buscam o desenvolvimento sustentável, disse hoje (18) a presidenta Dilma Rousseff em seu programa semanal de rádio. Para ela, o país tem matriz energética mais limpa que as demais nações, é um dos principais produtores de alimentos do mundo e chegou a esses resultados aumentando a qualidade de vida da população, mantendo a maior reserva de água e a maior biodiversidade do planeta..

“Desenvolvimento sustentável é isso (…), são esses três verbos: crescer, incluir e proteger”, resumiu Dilma no programa Café com a Presidenta. “Nosso crescimento econômico é baseado em energia limpa e renovável, produzida por usinas hidrelétricas e biocombustíveis. E é por isso que hoje 45% dessa energia que usamos, tanto para gerar luz elétrica quanto para mover nossos automóveis e nossas máquinas, são renováveis. Um percentual que nos deixa muito à frente do resto do mundo, que tem uma matriz concentrada em fontes fósseis e físseis de energia. Ou seja, em energia de carvão, petróleo ou energia nuclear. Veja só, a diferença, a média internacional do uso de fontes renováveis é 13%!”, lembrou Dilma.

A partir da próxima quarta-feira (20), a presidenta receberá, no Rio de Janeiro, 94 chefes de Estado e de Governo que participarão da reunião de cúpula da conferência Rio+20. O evento será uma oportunidade de discutir alternativas de políticas e iniciativas econômicas e tecnológicas que conciliem expansão econômica e proteção ao meio ambiente. O Brasil apresenta na conferência experiências bem-sucedidas de desenvolvimento sustentável.”

(Agência Brasil)

Cid Gomes participará da Rio+20

O governador Cid Gomes (PSB) estará na Rio+20 na próxima quarta-feira. Hora de participar do encontro dos chefes de estado. Ele é um dos convidados da presidente Dilma Roussef numa conferência que discute o futuro do planeta e, principalmente, os impactos do desenvolvimento sobre a natureza.

Cid leva estudos sobre o bioma da caatinga.

 

Rio+20 – Padre cearense terá encontro com Presidente do Irã

85 4

Do Padre Haroldo Coelho, militante dos movimentos populares do Cerá, recebemos a seguinte nota:

Prezado Eliomar de Lima,

Estou indo ao Rio de Janeiro nesta segunda-feira, para participar de algumas atividades da Rio+20 e, principalmente, da Cúpula dos Povos, ocasião também em que terei a honra de participar de um encontro reservado de intelectuais brasileiros com o presidente da República Islâmica do Irã, Mahmoud Ahmadi Nejad, que será realizado na quinta-feira, às 8 horas. Neste período distribuirei este pequeno manifesto/artigo. Encarecidamente, peço que publique no seu valoroso Blog.

Rio + 20 e Cúpula dos Povos: Ecologia dos pobres e ecologia dos ricos
“O vazio básico do documento da ONU para a Rio+20 reside numa completa ausência de uma nova normativa ou de uma nova cosmologia” que, segundo Leonardo Boff, alimentasse a esperança de um “futuro que queremos”. Aqui, vem à minha mente a célebre afirmação de um Padre da Igreja Antiga (São Basílio Magno 329 – 379): “A desgraça entrou no mundo quando o primeiro homem cercou um pedaço de terra e disse: esta terra é minha”, ai se iniciou a histórica “luta de classe” em pleno século IV. O nosso grande Karl Marx tanta perseguição e incompreensão sofreu porque analisava os conflitos da sociedade capitalista dentro desta visão sociológica.
Em qualquer trabalho e militância sobre esta nova cosmologia, sem duvida, necessário se faz um estudo profundo e sério sobre a exploração e opressão que os ricos impõem sobre os despossuídos dos dons da “Mãe Terra” durante séculos e séculos.

As exigências da natureza estão a proclamar uma atitude firme, corajosa e consciente diante das forças que estão explorando e matando o direito à vida da própria natureza, embora cinicamente façam congressos e conferências para mascarar as suas investidas de destruição do Planeta Terra. A natureza não existe para ser somente contemplada e objeto de poesias e elocubrações. Por isso, precisamos de organizações sérias e consequentes para fazer face às investidas do poder do capital, pois seus interesses econômicos e financeiros são enormes, pensando que estão acima da natureza…

Devemos aplaudir com muita alegria e satisfação a “Cúpula dos Povos” que, paralelamente a Rio+20, abriu espaço para todas as culturas, etnias, religiões de povos e nações que estão decididos a construir um mundo socialmente e ecologicamente justo e respirável para todos, sem distinção de raças ou ideologias.

Fortaleza – Ceará, Junho de 2012

Padre Haroldo Coelho – Professor e Sociólogo
Membro do Psol e do Movimento Democracia Direta-MDD-BRASIL.

Papa diz que padres envolvidos com abusos abalaram a credibilidade da Igreja

O Papa Bento XVI afirmou, neste domingo, ao falar na Praça São Pedro, no Vaticano, que os “pecados cometidos por sacerdotes e pessoas consagradas contra pessoas confiantes a seus cuidados”, das quais “abusaram” em vez de lhes mostrar o caminho a Cristo, “abalaram a credibilidade da mensagem da Igreja”.  O Pontíficie afirmou em um vídeo que os sacerdotes e os religiosos que cometeram abusos sexuais contra crianças “minaram a credibilidade da mensagem da Igreja”.

O pontífice fez essas declarações, referentes aos casos de padres que abusaram sexualmente de crianças na Irlanda, em um vídeo enviado por ocasião do encerramento do 50º Congresso Eucarístico Internacional, realizado nos últimos dias em Dublin.

Bento 16 lamentou que “a gratidão e a alegria por uma história tão grande de fé e amor” como a da Igreja na Irlanda, tenham sido “afetadas de maneira terrível com a divulgação dos pecados cometidos por sacerdotes e pessoas consagradas”, em alusão aos casos de abusos sexuais a menores por parte de religiosos nesse país.”

(Com Uol e AFP)