Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Líderes do G8 se reúnem para discutir crise mundial

57 1

“O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, coordena a Cúpula do G8 (Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Alemanha, França, Itália, Japão e Rússia), em Camps David (residência oficial do presidente norte-americano), a cerca de 100 quilômetros de Washington, capital norte-americana. Em pauta, os impactos da crise econômica internacional, o agravamento da situação na Grécia e os conflitos na Síria. Os líderes se reunirão hoje (18) e amanhã para buscar um consenso sobre os esforços na tentativa de superar as dificuldades que a economia global enfrenta, principalmente por conta dos problemas na zona do euro.

Em videoconferência, ontem (17), a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, o novo presidente da França, François Hollande, o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, e o primeiro da Itália, Mario Monti, além do presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, e do presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, concentraram-se na discussão sobre a crise econômica.

De acordo com a assessoria de Merkel, todos defenderam o equilíbrio das finanças da União Europeia na tentativa de obter o crescimento econômico na região. O crescimento europeu faz parte das promessas de Hollande, enquanto Merkel defende as medidas de rigor para reduzir o déficit público no bloco. Para Justin Vaisse, diretor do Centro de Estudos para Europa e Estados Unidos do Instituto Brookings, de Washington, “o grande desafio [da reunião do G8] não é se vai haver consenso ou não entre Hollande e Merkel”.

(Agência Brasil)

“Os Últimos Cangageiros” está no Festival Internacional de Documentários do Chile

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=81e1iQufWmI[/youtube]
Do diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira, Wolney Oliveira, recebemos a seguinte nota:
Caro Eliomar de Lima,

É  com satisfação que comunicamos, em primeira mão para seu Blog, que nosso documentário de longa-metragem  “Os Últimos Cangaceiros”  foi selecionado para o Festival Internacional de Documentários do Chile 2012 (FIDOCS 2012) e para a Première  Brazil New York  2012 do Museum Of Modern Art/New York (Moma). O filme já havia sido convidado pelo Festival Internacional de Cinema de Hamburgo, na Alemanha  (FILMFEST HAMBURG 2012), com exclusividade para estreia naquele pais em setembro próximo.

Em novembro 2011 já havíamos ganhado uma “Menção Honrosa Especial do Júri”  no “8º Amazonas Film Festival”, em Manaus e em dezembro,  no 33º Festival Internacional do Novo Cinema Latino-americano de Havana, ganhamos o  Terceiro Prêmio Coral de melhor documentário e o Prêmio Cibervoto do Portal do Cinema  e Audiovisual Latino-americano e Caribenho da Fundação  do Novo Cinema Latino-americano.

O filme  foi viabilizado  com recursos do 6º Prêmio Ceará de Cinema e Vídeo (2006), do Governo do Estado do Ceará; e pela ANCINE – Agência Nacional de Cinema, através do Fundo Setorial do Audiovisual/ FINEP, além de  patrocínio via mecenato federal das empresas Coelce, BNB, BNDES e Transpetro.

O cinema cearense tem recebido inúmeros prêmios nacionais e internacionais, provando que o investimento que o Governo do Estado destina ao mesmo compensa, e deve ser incrementado, não só, pela possibilidade de geração de empregos para nossos técnicos e/ou atores mas, em especial, pelos recursos que o cinema cearense tem injetado na economia cearense, recursos de prêmios nacionais do MinC e da ANCINE e captados na iniciativa privada pelas leis Rouanet  e do Audiovisual, que somados, nos últimos cinco anos, aportaram à economia cearense mais de R$ 10 milhões, além da repercussão dos prêmios na midia nacional e internacional.

Achamos de fundamental importância que a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), sob a direção do ex-presidente do BNBl, Roberto Smith, tenha criado recentemente a Câmara Setorial do Audiovisual, cujo presidente é o ex-secretário da Cultura do Estado, Paulo Linhares. A criação da Câmara Setorial do Audiovisual vai permitir de maneira integrada e efetiva que se discuta e que se preparem os profissionais para encarar a nova realidade que se modifica a partir da sanção da Lei 12.485/2011, que injetará em 2012, R$ 400 milhões de recursos adicionais para produção audiovisual. Desse valor, obrigatoriamente, pela referida lei, 30% devem ser gastos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, o que implica, no mínimo, que o Nordeste terá à disposição R$ 40 milhões para a produção audiovisual e o estado que estiver melhor estruturado e organizado terá mais chances de utilizar esses recursos.

“Os Últimos Cangaceiros” continua agora sua carreira pelos festivais nacionais e internacionais e já tem distribuição comercial nacional garantida para o segundo semestre de 2012 pela distribuidora “Imovision”, de São Paulo, portanto o público cearense e brasileiro poderá ver o filme nos cinemas em 2012.

Sem mais,

Wolney Oliveira.

Festival de Cannes faz homenagem especial ao cinema brasileiro

O cinema do Brasil será o principal homenageado, como convidado de honra, do 65º Festival Internacional de Cinema de Cannes, na França, que começou ontem e vai se estender até o dia 27.. O cineasta Nelson Pereira dos Santos (84 anos) receberá homenagem durante o evento. O filme A Música segundo Tom Jobim, de Santos, será exibido em sessão especial.

Em abril, a decisão foi anunciada pelo diretor do festival e responsável pela programação de filmes do evento, Thierry Frémaux. Segundo ele, o filme A Música segundo Tom Jobim é uma “homenagem” ao compositor, que chamou de “criador da bossa nova”.

O filme de Santos conta a trajetória e a forma de criar de Antonio Carlos Jobim por meio da música e do pensamento do compositor. Frémaux citou ainda diretores brasileiros, como Cacá Diegues, que representa o chamado Cinema Novo com fillmes clássicos – Xica da Silva e Quilombo -,  além de Ruy Guerra, que dirigiu Ópera do Malandro e Os Deuses e os Mortos, entre outros.

No Festival de Cannes, o Brasil será destaque com o longa metragem de Walter Salles, Na Estrada, baseado no livro On the Road, e Glauber Rocha, com Terra em Transe e O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro.

(Com Agêncai Brasil e Rádio França)

Goerno francês anuncia que vai cortar 30% do salário dos novos ministros

49 1

“O novo primeiro-ministro da França, Jean-Marc Ayrault, disse que vai cortar em 30% o salário dos 34 ministros. A decisão foi tomada como parte do plano de austeridade fiscal já em curso em outros países europeus,que visa a reduzir os gastos públicos e a retomar o crescimento da economia.

Segundo Ayrault, a proposta será encaminhada ao Conselho de Ministros, na primeira reunião no Palácio do Eliseu (cujo nome em francês é Champs-Élysée), com o presidente da França, François Hollande. O corte de salários foi tema de campanha de Hollande.

A nova equipe ministerial do governo da França é composta por 17 homens e 17 mulheres. Na lista estão o ex-primeiro-ministro Laurent Fabius, que ocupará a pasta das Relações Exteriores, e o ex-ministro para Assuntos Europeus Pierre Moscovici, que será o titular do Ministério da Economia.”

(Agência Brasil e Rádio França)

FMI estuda retirada da Grécia da zona do euro

“A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, sinalizou que a instituição analisa a possibilidade de retirar a Grécia da zona do euro. Segundo ela, a medida é tecnicamente possível, mas pode custar caro. Lagarde disse que as autoridades gregas ainda têm algum tempo para seguir as orientações relativas ao plano de contenção, definido pelo FMI e pela União Europeia (UE).

“Se os compromissos não forem respeitados, correções apropriadas podem ser feitas, ou seja, ou são atribuídos mais recursos e mais tempo ou são implementados mecanismos para a saída”, disse a diretora. “[A saída da Grécia da zona do euro] seria extremamente cara e representaria grandes riscos, mas faz parte das opções que somos obrigados a estudar tecnicamente”.

As dificuldades econômicas da Grécia se agravaram nos últimos dias, pois as autoridades não conseguem consenso para formar um governo de coalizão. O presidente da Grécia, Carolos Papoulias, sinalizou que devem ser promovidas eleições legislativas na tentativa de buscar um acordo em torno de nomes para a nova equipe de governo. A instabilidade política assusta a população grega, que faz retirada do s bancos. Apenas ontem, os gregos sacaram cerca de 700 milhões de euros das contas bancárias.”

(Agência Brasil com Rádio França)

Chile terá semana de protestos

“A semana deve ser tensa nas principais cidades do Chile, incluindo a capital, Santiago. Entidades que defendem os direitos dos trabalhadores em minas, estudantes e organizações não governamentais vão promover protestos a partir da próxima quarta-feira (16). A ideia é promover três dias de manifestações em favor de reformas na educação e mais garantias para o setor.

O porta-voz da Confederação de Estudantes do Chile (cuja sigla em espanhol é Confech), Gabriel Bórico, disse que o esforço é conseguir vencer o “legado da ditadura militar” no país que deixou um sistema educacional que contraria os interesses dos chilenos. No Chile, o ensino superior é privado, não há universidades públicas.

O comando da Confederação de Trabalhadores do Cobre (CTC), que reúne mineiros, também apoia a manifestação, mas a pauta da categoria é outra. Os trabalhadores do setor exigem melhores condições para suas atividades. Segundo eles, há ameaças, por parte de alguns empresários, de extinção de direitos adquiridos.”

(Agência Brasil)

FHC conquista Prêmio Klung

59 1

“O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso conquistou o Prêmio Kluge, concedido pela Biblioteca do Congresso Americano, pelo conjunto da sua obra acadêmica, ativa produção intelectual e também por seu significado na vida pública do País. O sociólogo recebe a distinção no dia 10 de julho.

O prêmio é entregue a cada dois anos para acadêmicos que dedicaram a vida a pesquisas nas áreas como história e sociologia – disciplinas não contempladas pelo prêmio Nobel, ao qual a distinção é comparada. FHC, autor ou coautor de 23 livros e 116 artigos acadêmicos, disse que foi pego de surpresa com a escolha. A recompensa, da ordem de US$ 1 milhão, será entregue pelo diretor da Biblioteca do Congresso, James H. Billington.”

(Com Agências)

Revista Forbes escolhe Dilma como uma das mães mais poderosas do mundo

“A presidente Dilma Rousseff entrou para mais uma lista de mulheres mais poderosas do mundo. Dessa vez, no entanto, a lista é curiosa: afinal quem é a mãe mais poderosa do mundo?

Com o Dia das Mães se aproximando, a revista norte-americana ForbesWoman bolou a lista com as 20 mais poderosas com base em alguns critérios, como dinheiro controlado, poder de decisão e tamanho da influência mundial.

A revista não conta porque colocou Dilma na segunda colocação. A publicação só colocou alguns dados, como sua idade (64), a quantidade de filhos (1) e o fato de ela ser a presidente do Brasil. ”

(R7.com)

Na Itália, eleitores rejeitam austeridade e votam em candidatos de oposição

“A maioria dos eleitores da Itália rejeitou a proposta do governo para a adoção de  medidas de austeridade que devem ser implementadas pelo país e pela União Europeia. A reação às medidas ocorreu no fim de semana, por meio das eleições legislativas, nas quais a maioria dos eleitos é contrária às propostas.

Os resultados preliminares das eleições indicam que o comediante e blogueiro Beppe Grillo, que defende que a Itália abandone o euro e não pague suas dívidas, foi um dos mais bem votados. Com sua campanha denominada Cinco Estrelas, ele obteve mais votos do que o partido do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, na cidade de Parma.

Em outras regiões da Itália, houve movimentos semelhantes. Os candidatos que se opõem aos cortes orçamentários e à elevação dos impostos foram bem votados. As eleições foram o primeiro teste político para o atual primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, desde que ele assumiu o poder há seis meses.

Na Grécia e França, os eleitores também demonstraram, no fim de semana, insatisfação com a imposição de medidas de austeridade. Nas urnas, os eleitores escolheram os candidatos que fizeram oposição aos atuais governos.

(Agência Brasil com Agência Lusa)

Mercados financeiros da Europa reagem à vitória de Hollande e às eleições na Grécia

“As eleições na França e na Grécia provocaram hoje (7) baixas nos principais mercados financeiros da Europa. Na abertura da Bolsa de Paris (França), houve perda de 1,38%, e a de Atenas também abriu em baixa. A mesma tendência se repetiu nas bolsas de Londres (na Grã-Bretanha), que registrou queda de 1,93%,  de Frankfurt (Alemanha), com baixa de 2,16% , de Madrid (Espanha), 1,92% e de Milão (Itália), 1,86%.

Para analistas econômicos, a vitória do socialista François Hollande na França causa incerteza nos mercados financeiros da Europa, considerando que a economia francesa é a segunda maior da região. Também é motivo de incerteza o fato de a União Europeia reunir 27 países, dos quais 22 são comandados por líderes conservadores ou de centro.

O desafio de Hollande, segundo analistas, é mostrar para a Europa e o mundo que sua eleição não é uma ameaça à estabilidade, mas a busca pelo fim do agravamento da crise econômica internacional. Ele assume o poder no próximo dia 14.

Os mercados financeiros também reagiram em relação aos resultados das eleições legislativas na Grécia. Os resultados mostraram a resposta da população ao plano de austeridade imposto pelos principais partidos do país e também à contenção contra os protestos que dominaram as grandes cidades gregas.

Nas eleições gregas venceram os pequenos partidos políticos, colocando as atuais forças políticas em minoria – o Pasok (socialista) e a Nova Democracia (direita). Os dois partidos garantiram apenas 149 dos 300 lugares, dificultando a formação de um novo governo de coalizão.”

(Agência Brasil com Agência Lusa)

Dilma cumprimenta Hollande pela vitória e o convida para a Rio + 20

57 2

“A presidenta Dilma Rousseff enviou mensagem ao presidente eleito da França, François Hollande, pela vitória nas eleições desse domingo (6). Ela disse estar segura de que ambos poderão compartilhar posições nos foros internacionais que permitam inverter políticas recessivas.

“Estou segura de que poderemos compartilhar posições comuns nos foros internacionais – entre eles o G20 – que permitam inverter as políticas recessivas, ainda hoje predominantes, e que, no passado, infelicitaram o Brasil e a maioria dos países da América Latina”, ressaltou Dilma na mensagem encaminhada a Hollande na noite de ontem (6), depois que as pesquisas de boca de urna indicaram a vitória de Hollande. Na França, o resultado da boca de urna é considerado confiável

A presidenta disse ainda que acompanhou com interesse as propostas de campanha de François Hollande, de vencer a crise com políticas que favoreçam o crescimento, o emprego, a inclusão e a justiça social. Ela manifesta também na nota o interesse de dar continuidade à cooperação entre o Brasil e a França e encerra a mensagem convidando Hollande para a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, em junho, no Rio de Janeiro.”

(Agência Brasil)

Sarkozy reconhece derrota

O atual presidente da França, Nicolas Sarkozy, reconheceu, em um discurso neste domingo, sua derrota para o socialista François Hollande. Sarkozy discursou para os apoiadores logo após o término da votação, às 15h (horário de Brasília). Ele pediu respeito ao novo presidente e afirmou que já ligou para Hollande desejando boa sorte.

Em um momento emocionante do discurso, Sarkozy declarou ter gratidão à população francesa.

“Eu nunca vou poder retribuir aos franceses o que eles deram para mim nesses últimos anos”, disse o atual presidente.

Pesquisas de boca de urna apontam vitória de Hollande com 52% dos votos, contra 48% do seu adversário.

(Com Agências Internacionais)

Iranianos vão às urnas

“Dois meses depois do primeiro turno das eleições legislativas no Irã, parte dos eleitores volta hoje (4) às urnas para escolher 65 deputados, de um total de 290 que ocupam o Parlamento (Majlis). Para analistas políticos, o segundo turno é marcado pela queda da popularidades do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad. Em decorrência do fuso horário em relação ao Brasil, as votações já começaram no Irã.

Na disputa, estão 130 candidatos. Dos 65 eleitos, 25 representam a capital, Teerã. O segundo turno ocorre apenas em 33 zonas eleitorais, em 18 províncias. As autoridades não informaram quantos eleitores estão aptos a votar neste segundo turno. No país, o voto não é obrigatório. Em março, no primeiro turno, 67% do total de inscritos compareceram às urnas.

No primeiro turno das eleições legislativas, foram eleitos 225 deputados e 80% representam a corrente conservadora vinculada ao líder religioso do Irã, aiatolá Ali Khamenei. Os demais 20% se diluíram entre aliados de Ahmadinejad e os que se identificam como independentes.

Pelos dados oficiais, os votos de hoje serão contabilizados depois das 18h (de Teerã) . Os resultados serão divulgados em seguida, mas não há um prazo fixo. No primeiro turno, os resultados levaram dias até a divulgação.”

(Agência Brasil com agências internacionais)

Morre Padre Rufus

“O pregador indiano Padre Rufus morreu na última quarta-feira, 2, de uma parada cardíaca. O padre morreu enquanto dormia, segundo informação publicada pela Irmã Kelly Patrícia no Facebook. Em março deste ano, o padre esteve em Fortaleza, onde proferiu palestra no III Misericórdia Brasil, que atraiu milhares de fieis. O padre era presidente da Associação Internacional de Cura e Libertação e reconhecido mundialmente pelo trabalho ligado ao exorcismo.

Em entrevista ao O POVO, o sacerdote indiano disse ter um propósito: trabalhar para ajudar as pessoas. Queria vê-las livres do mal, da possessão do demônio, das doenças espirituais. É para isso que padre Rufus viaja o mundo todo. O religioso visitou 90 países visitados intercedendo pela libertação. “Por isso que o demônio não gosta de mim”, justificou.

Veja nota publicada pela Irmã Kelly Patrícia

“Louvor a Deus! Acabamos de receber uma noticia triste e alegre ao mesmo tempo, triste porque se trata de alguém que amamos muito e que nos fez muito bem espiritualmente e nos deixa saudosos, e esse bem não foi feito só a nós,

mas também em muitos lugares do mundo por onde ele andou, vivendo literalmente o que Jesus mandou, pregando o Evangelho curando e expulsando os demônios; alegre porque sabemos que se trata de um santo que agora recebe o seu prêmio, que agora goza da visão de Deus, a alegria infinita, estou falando do nosso amado e querido Pe. Rufus Pereira, que ontem partiu para o céu por causa de ataque cardíaco enquanto dormia. Obrigada Bom Deus pelo dom do Pe. Rufus durante todos esses anos, pelo privilégio de tê-lo conhecido. Eu e o todo o Instituto Hesed que tivemos a graça de conviver com Ele, estamos convidando você a unir-se a nós em oração por sua bela alma.”

(POVO Online)

“Os Vingadores” – Maior estreia do ano nas telas do Brasil

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=xy9Wntkb7KU[/youtube] 

“Os Vingadores” teve a maior estreia do ano nos cinemas brasileiros. O filme bateu a marca de 1,5 milhão de espectadores entre sexta-feira e domingo segundo a Rentrak. Ficou na frente de American Pie, líder de bilheteria na semana passada, com público de 199 200 pessoas.

Outra estreia da semana, Sete Dias com Marilyn teve público baixo – apenas 28 400 espectadores em três dias.

(Radar – Lauro Jardim)