Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Egito escolhe futuro presidente entre 12 candidatos

“Pela primeira vez nos Egito, desde a renúncia do ex-presidente egípcio Hosni Mubarak há 15 meses, 51 milhões de eleitores vão às urnas hoje (23) e amanhã (24) para escolher o futuro presidente. As eleições devem ocorrer em dois turnos, e os primeiros resultados vão ser anunciados no domingo (27). O segundo turno ocorrerá nos dias 16 e 17 de junho. No total, 12 candidatos disputam as eleições.

Desde a renúncia de Mubarak, em fevereiro de 2011, uma Junta Militar governa o Egito. Manifestantes, no entanto, queixam-se do governo informando que há privilégios aos militares e dificuldades para pôr em prática medidas democráticas. Autoridades brasileiras acompanham o processo eleitoral no país e devem se manifestar oficialmente depois do segundo turno.

Há, ainda, dúvidas sobre o processo de transição política no país. O marechal Hussein Tantawi, chefe da Junta Militar, disse que pretende fazer a transmissão do cargo ao presidente eleito em junho.”

(Agência Brasil com Lusa)

Governo brasileiro divulgará relatório da ONU sobre tortura em prisões

“O governo federal vai divulgar em junho as informações do relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre tortura no Brasil. De acordo com a ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos, um grupo de trabalho está trabalhando “intensamente” para responder ao Subcomitê para a Prevenção da Tortura (SPT) da ONU, responsável pelo documento. Em março, organizações de direitos humanos se mobilizaram para pedir a publicação do relatório.

“Vamos divulgar nos próximos 30 dias. O prazo para resposta ao subcomitê das Nações Unidas é 8 de agosto, mas nós decidimos apresentar esse relatório com indicações preliminares do que está sendo feito, por isso não divulgamos até o momento”, disse a ministra.

As recomendações foram formuladas pelo SPT e enviadas oficialmente ao Brasil em 8 de fevereiro. Os integrantes do subcomitê visitaram o país em setembro de 2011 e tiveram contato com autoridades brasileiras e representantes da sociedade civil.

O grupo visitou centros de detenção, prisões e unidades de internação para adolescentes em conflito com a lei, entre outros estabelecimentos. O monitoramento da situação da tortura e de maus-tratos em unidades de privação de liberdade é feito de acordo com o estabelecido pelo Protocolo Facultativo da Convenção da ONU contra a Tortura.”

(Agência Brasil)

Secretário da Cidades fecha detalhes de contrato de empréstimo com BID

68 1
O secretário estadual das Cidades, Camilo Santana, recebe, nesta quarta-feira, às 11h30min, em seu gabinete, representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Vai tratar da conclusão da visita realizada por uma missão de análise realizada em março deste ano. A etapa, denominada Ajuda Memória da Missão de Análise acontece após a aprovação do financiamento de US$ 106 milhões pelos comitês do BID, em Washington (EUA). Os recursos serão investidos em projetos da Secretaria das Cidades e beneficiarão as regiões Vale do Acaraú e Vale do Jaguaribe.

Camilo Santana terá encontro com o chefe da missão, Huascar Eguino, e consultores do banco para apresentação dos termos contratuais. Serão feitos ajustes das negociações com órgãos do governo federal para tratar do regulamento operacional do Programa Cidades do Ceará – Vale do Jaguaribe/Vale do Acaraú.

Com a aprovação do banco, segundo Camilo Santana, a próxima etapa será a assinatura de contrato para, depois, dar início às obras.

FMI deve apoiar qualquer governo na Grécia

“A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, indicou hoje (22) que apoiará qualquer governo de coalizão a ser formado na Grécia. Segundo ela, o FMI “nunca abandona a mesa das negociações”, mesmo se o governo eleito pelos gregos rejeitar o programa de contenção das despesas públicas.

“Se um governo tiver melhores ideias para atingir os nossos objetivos será agradável e interessante [escutá-las]”, disse ela. “Seja sob o memorando, que é considerado um bode expiatório, ou outro plano, as reformas terão de ser feitas”, acrescentou.

Em 17 de junho, os gregos voltarão às urnas. Sem acordo entre os principais partidos políticos do país, o governo do presidente da Grécia, Carolos Papulias, marcou novas eleições em busca de um consenso para a formação do governo de coalizão.”

 (Agência Brasil com Agência Lusa)

UFC promove encontro internacional sobre farmacologia e câncer

Com o tema “New insights of molecular targets on basic and clinical oncology”, o Programa de Pós-Graduação em Farmacologia da Universidade Federal do Ceará realiza a I Escola de Altos Estudos, hoje (21) e amanhã (22), no auditório do Banco do Nordeste (Av. Pedro Ramalho, nº 5.700 – Passaré), em Fortaleza. O encontro faz parte do projeto “Tópicos Avançados em Farmacologia” que visa à realização de escolas de altos estudos com cientistas renomados, envolvendo diversos cursos de Pós-Graduação na área de Ciências Biológicas II da Região Nordeste.

A proposta é discutir conceitos relacionados à “fisiopatologia do câncer, visando ao estabelecimento de novos alvos e o desenvolvimento de moléculas com potencial terapêutico”. Entre os convidados estarão o Dr. Yves Pommier, do National Institute of Health dos Estados Unidos, e do Dr. Rainer Fischer, do Fraunhofer Institute da Alemanha, além de cientistas brasileiros com contribuição relevante no tema. A Escola de Altos Estudos realizada pelo Programa de Pós-Graduação em Farmacologia da UFC promove a troca de experiências entre professores pesquisadores e alunos de pós-graduação.”

SERVIÇO

* A programação pode ser acessada no site http://www.biotechcell.com.br/eventos.

Brasil será sede de órgão da ONU voltado para a tecnologia verde

“O Brasil sediará um órgão das Nações Unidas (ONU) para pesquisa em tecnologia verde. Segundo o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, a iniciativa deve ser anunciada pela presidenta Dilma Rousseff em 5 de junho, Dia do Mundial do Meio Ambiente, às vésperas da Rio+20. O órgão deve ser instalado na cidade do Rio de Janeiro. “É um órgão da ONU ligado à pesquisa em tecnologia limpa, economia verde, de baixo carbono”, declarou Minc à Agência Brasil.

Segundo ele, que já foi ministro do Meio Ambiente, a presidenta também lançará um pacote de medidas para alavancar o desenvolvimento sustentável no país. Entre elas, a criação de unidades de conservação e a divisão de metas de redução das emissões de gases do efeito estufa entre os setores da economia.

Em relação ao novo órgão da ONU, Minc disse que a estrutura será composta por pesquisadores brasileiros e estrangeiros e será  vinculada ao Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). “Um dos pontos da Rio+20 é a discussão da governança ambiental global e nossa ideia é fortalecer o Pnuma. Não tem sentido o problema ser tão grave e o Pnuma tão fraco”, disse Minc durante entrevista no lançamento do Rio Clima, evento que ocorrerá paralelamente à Rio+20.”

(Agência Brasil)

No Iêmen, homem-bomba mata pelo menos 50 pessoas

“Na capital do Iêmen (Península Árabe), Sanaa, os conflitos entre opositores do governo e forças leais provocaram hoje (21) a morte de pelo menos 50 soldados. Os militares foram vítimas de um atentado suicida contra a unidade do Exército. Há ainda suspeitas de que o número de vítimas seja mais elevado.

De acordo com relatos, m homem-bomba vestido com uniforme militar explodiu entre os soldados que se preparavam para um desfile na Praça de Sabiine em celebração ao 22º aniversário da unificação entre o Norte e o Sul do Iêmen.

O atentado de hoje foi o primeiro em Sanaa desde que assumiu o governo, em fevereiro, o atual presidente Abd Rabbo Mansur Hadi. Ele se comprometeu a combater a ação do grupo Al Qaeda, na tentativa de retomar o controle do governo das cidades ao Sul do país.”

(Agência Brasil com Agência Lusa)

Líderes do G8 se reúnem para discutir crise mundial

70 1

“O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, coordena a Cúpula do G8 (Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Alemanha, França, Itália, Japão e Rússia), em Camps David (residência oficial do presidente norte-americano), a cerca de 100 quilômetros de Washington, capital norte-americana. Em pauta, os impactos da crise econômica internacional, o agravamento da situação na Grécia e os conflitos na Síria. Os líderes se reunirão hoje (18) e amanhã para buscar um consenso sobre os esforços na tentativa de superar as dificuldades que a economia global enfrenta, principalmente por conta dos problemas na zona do euro.

Em videoconferência, ontem (17), a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, o novo presidente da França, François Hollande, o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, e o primeiro da Itália, Mario Monti, além do presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, e do presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, concentraram-se na discussão sobre a crise econômica.

De acordo com a assessoria de Merkel, todos defenderam o equilíbrio das finanças da União Europeia na tentativa de obter o crescimento econômico na região. O crescimento europeu faz parte das promessas de Hollande, enquanto Merkel defende as medidas de rigor para reduzir o déficit público no bloco. Para Justin Vaisse, diretor do Centro de Estudos para Europa e Estados Unidos do Instituto Brookings, de Washington, “o grande desafio [da reunião do G8] não é se vai haver consenso ou não entre Hollande e Merkel”.

(Agência Brasil)

“Os Últimos Cangageiros” está no Festival Internacional de Documentários do Chile

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=81e1iQufWmI[/youtube]
Do diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira, Wolney Oliveira, recebemos a seguinte nota:
Caro Eliomar de Lima,

É  com satisfação que comunicamos, em primeira mão para seu Blog, que nosso documentário de longa-metragem  “Os Últimos Cangaceiros”  foi selecionado para o Festival Internacional de Documentários do Chile 2012 (FIDOCS 2012) e para a Première  Brazil New York  2012 do Museum Of Modern Art/New York (Moma). O filme já havia sido convidado pelo Festival Internacional de Cinema de Hamburgo, na Alemanha  (FILMFEST HAMBURG 2012), com exclusividade para estreia naquele pais em setembro próximo.

Em novembro 2011 já havíamos ganhado uma “Menção Honrosa Especial do Júri”  no “8º Amazonas Film Festival”, em Manaus e em dezembro,  no 33º Festival Internacional do Novo Cinema Latino-americano de Havana, ganhamos o  Terceiro Prêmio Coral de melhor documentário e o Prêmio Cibervoto do Portal do Cinema  e Audiovisual Latino-americano e Caribenho da Fundação  do Novo Cinema Latino-americano.

O filme  foi viabilizado  com recursos do 6º Prêmio Ceará de Cinema e Vídeo (2006), do Governo do Estado do Ceará; e pela ANCINE – Agência Nacional de Cinema, através do Fundo Setorial do Audiovisual/ FINEP, além de  patrocínio via mecenato federal das empresas Coelce, BNB, BNDES e Transpetro.

O cinema cearense tem recebido inúmeros prêmios nacionais e internacionais, provando que o investimento que o Governo do Estado destina ao mesmo compensa, e deve ser incrementado, não só, pela possibilidade de geração de empregos para nossos técnicos e/ou atores mas, em especial, pelos recursos que o cinema cearense tem injetado na economia cearense, recursos de prêmios nacionais do MinC e da ANCINE e captados na iniciativa privada pelas leis Rouanet  e do Audiovisual, que somados, nos últimos cinco anos, aportaram à economia cearense mais de R$ 10 milhões, além da repercussão dos prêmios na midia nacional e internacional.

Achamos de fundamental importância que a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), sob a direção do ex-presidente do BNBl, Roberto Smith, tenha criado recentemente a Câmara Setorial do Audiovisual, cujo presidente é o ex-secretário da Cultura do Estado, Paulo Linhares. A criação da Câmara Setorial do Audiovisual vai permitir de maneira integrada e efetiva que se discuta e que se preparem os profissionais para encarar a nova realidade que se modifica a partir da sanção da Lei 12.485/2011, que injetará em 2012, R$ 400 milhões de recursos adicionais para produção audiovisual. Desse valor, obrigatoriamente, pela referida lei, 30% devem ser gastos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, o que implica, no mínimo, que o Nordeste terá à disposição R$ 40 milhões para a produção audiovisual e o estado que estiver melhor estruturado e organizado terá mais chances de utilizar esses recursos.

“Os Últimos Cangaceiros” continua agora sua carreira pelos festivais nacionais e internacionais e já tem distribuição comercial nacional garantida para o segundo semestre de 2012 pela distribuidora “Imovision”, de São Paulo, portanto o público cearense e brasileiro poderá ver o filme nos cinemas em 2012.

Sem mais,

Wolney Oliveira.

Festival de Cannes faz homenagem especial ao cinema brasileiro

O cinema do Brasil será o principal homenageado, como convidado de honra, do 65º Festival Internacional de Cinema de Cannes, na França, que começou ontem e vai se estender até o dia 27.. O cineasta Nelson Pereira dos Santos (84 anos) receberá homenagem durante o evento. O filme A Música segundo Tom Jobim, de Santos, será exibido em sessão especial.

Em abril, a decisão foi anunciada pelo diretor do festival e responsável pela programação de filmes do evento, Thierry Frémaux. Segundo ele, o filme A Música segundo Tom Jobim é uma “homenagem” ao compositor, que chamou de “criador da bossa nova”.

O filme de Santos conta a trajetória e a forma de criar de Antonio Carlos Jobim por meio da música e do pensamento do compositor. Frémaux citou ainda diretores brasileiros, como Cacá Diegues, que representa o chamado Cinema Novo com fillmes clássicos – Xica da Silva e Quilombo -,  além de Ruy Guerra, que dirigiu Ópera do Malandro e Os Deuses e os Mortos, entre outros.

No Festival de Cannes, o Brasil será destaque com o longa metragem de Walter Salles, Na Estrada, baseado no livro On the Road, e Glauber Rocha, com Terra em Transe e O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro.

(Com Agêncai Brasil e Rádio França)

Goerno francês anuncia que vai cortar 30% do salário dos novos ministros

66 1

“O novo primeiro-ministro da França, Jean-Marc Ayrault, disse que vai cortar em 30% o salário dos 34 ministros. A decisão foi tomada como parte do plano de austeridade fiscal já em curso em outros países europeus,que visa a reduzir os gastos públicos e a retomar o crescimento da economia.

Segundo Ayrault, a proposta será encaminhada ao Conselho de Ministros, na primeira reunião no Palácio do Eliseu (cujo nome em francês é Champs-Élysée), com o presidente da França, François Hollande. O corte de salários foi tema de campanha de Hollande.

A nova equipe ministerial do governo da França é composta por 17 homens e 17 mulheres. Na lista estão o ex-primeiro-ministro Laurent Fabius, que ocupará a pasta das Relações Exteriores, e o ex-ministro para Assuntos Europeus Pierre Moscovici, que será o titular do Ministério da Economia.”

(Agência Brasil e Rádio França)

FMI estuda retirada da Grécia da zona do euro

“A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, sinalizou que a instituição analisa a possibilidade de retirar a Grécia da zona do euro. Segundo ela, a medida é tecnicamente possível, mas pode custar caro. Lagarde disse que as autoridades gregas ainda têm algum tempo para seguir as orientações relativas ao plano de contenção, definido pelo FMI e pela União Europeia (UE).

“Se os compromissos não forem respeitados, correções apropriadas podem ser feitas, ou seja, ou são atribuídos mais recursos e mais tempo ou são implementados mecanismos para a saída”, disse a diretora. “[A saída da Grécia da zona do euro] seria extremamente cara e representaria grandes riscos, mas faz parte das opções que somos obrigados a estudar tecnicamente”.

As dificuldades econômicas da Grécia se agravaram nos últimos dias, pois as autoridades não conseguem consenso para formar um governo de coalizão. O presidente da Grécia, Carolos Papoulias, sinalizou que devem ser promovidas eleições legislativas na tentativa de buscar um acordo em torno de nomes para a nova equipe de governo. A instabilidade política assusta a população grega, que faz retirada do s bancos. Apenas ontem, os gregos sacaram cerca de 700 milhões de euros das contas bancárias.”

(Agência Brasil com Rádio França)

Chile terá semana de protestos

“A semana deve ser tensa nas principais cidades do Chile, incluindo a capital, Santiago. Entidades que defendem os direitos dos trabalhadores em minas, estudantes e organizações não governamentais vão promover protestos a partir da próxima quarta-feira (16). A ideia é promover três dias de manifestações em favor de reformas na educação e mais garantias para o setor.

O porta-voz da Confederação de Estudantes do Chile (cuja sigla em espanhol é Confech), Gabriel Bórico, disse que o esforço é conseguir vencer o “legado da ditadura militar” no país que deixou um sistema educacional que contraria os interesses dos chilenos. No Chile, o ensino superior é privado, não há universidades públicas.

O comando da Confederação de Trabalhadores do Cobre (CTC), que reúne mineiros, também apoia a manifestação, mas a pauta da categoria é outra. Os trabalhadores do setor exigem melhores condições para suas atividades. Segundo eles, há ameaças, por parte de alguns empresários, de extinção de direitos adquiridos.”

(Agência Brasil)

FHC conquista Prêmio Klung

74 1

“O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso conquistou o Prêmio Kluge, concedido pela Biblioteca do Congresso Americano, pelo conjunto da sua obra acadêmica, ativa produção intelectual e também por seu significado na vida pública do País. O sociólogo recebe a distinção no dia 10 de julho.

O prêmio é entregue a cada dois anos para acadêmicos que dedicaram a vida a pesquisas nas áreas como história e sociologia – disciplinas não contempladas pelo prêmio Nobel, ao qual a distinção é comparada. FHC, autor ou coautor de 23 livros e 116 artigos acadêmicos, disse que foi pego de surpresa com a escolha. A recompensa, da ordem de US$ 1 milhão, será entregue pelo diretor da Biblioteca do Congresso, James H. Billington.”

(Com Agências)

Revista Forbes escolhe Dilma como uma das mães mais poderosas do mundo

“A presidente Dilma Rousseff entrou para mais uma lista de mulheres mais poderosas do mundo. Dessa vez, no entanto, a lista é curiosa: afinal quem é a mãe mais poderosa do mundo?

Com o Dia das Mães se aproximando, a revista norte-americana ForbesWoman bolou a lista com as 20 mais poderosas com base em alguns critérios, como dinheiro controlado, poder de decisão e tamanho da influência mundial.

A revista não conta porque colocou Dilma na segunda colocação. A publicação só colocou alguns dados, como sua idade (64), a quantidade de filhos (1) e o fato de ela ser a presidente do Brasil. ”

(R7.com)

Na Itália, eleitores rejeitam austeridade e votam em candidatos de oposição

“A maioria dos eleitores da Itália rejeitou a proposta do governo para a adoção de  medidas de austeridade que devem ser implementadas pelo país e pela União Europeia. A reação às medidas ocorreu no fim de semana, por meio das eleições legislativas, nas quais a maioria dos eleitos é contrária às propostas.

Os resultados preliminares das eleições indicam que o comediante e blogueiro Beppe Grillo, que defende que a Itália abandone o euro e não pague suas dívidas, foi um dos mais bem votados. Com sua campanha denominada Cinco Estrelas, ele obteve mais votos do que o partido do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, na cidade de Parma.

Em outras regiões da Itália, houve movimentos semelhantes. Os candidatos que se opõem aos cortes orçamentários e à elevação dos impostos foram bem votados. As eleições foram o primeiro teste político para o atual primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, desde que ele assumiu o poder há seis meses.

Na Grécia e França, os eleitores também demonstraram, no fim de semana, insatisfação com a imposição de medidas de austeridade. Nas urnas, os eleitores escolheram os candidatos que fizeram oposição aos atuais governos.

(Agência Brasil com Agência Lusa)

Mercados financeiros da Europa reagem à vitória de Hollande e às eleições na Grécia

“As eleições na França e na Grécia provocaram hoje (7) baixas nos principais mercados financeiros da Europa. Na abertura da Bolsa de Paris (França), houve perda de 1,38%, e a de Atenas também abriu em baixa. A mesma tendência se repetiu nas bolsas de Londres (na Grã-Bretanha), que registrou queda de 1,93%,  de Frankfurt (Alemanha), com baixa de 2,16% , de Madrid (Espanha), 1,92% e de Milão (Itália), 1,86%.

Para analistas econômicos, a vitória do socialista François Hollande na França causa incerteza nos mercados financeiros da Europa, considerando que a economia francesa é a segunda maior da região. Também é motivo de incerteza o fato de a União Europeia reunir 27 países, dos quais 22 são comandados por líderes conservadores ou de centro.

O desafio de Hollande, segundo analistas, é mostrar para a Europa e o mundo que sua eleição não é uma ameaça à estabilidade, mas a busca pelo fim do agravamento da crise econômica internacional. Ele assume o poder no próximo dia 14.

Os mercados financeiros também reagiram em relação aos resultados das eleições legislativas na Grécia. Os resultados mostraram a resposta da população ao plano de austeridade imposto pelos principais partidos do país e também à contenção contra os protestos que dominaram as grandes cidades gregas.

Nas eleições gregas venceram os pequenos partidos políticos, colocando as atuais forças políticas em minoria – o Pasok (socialista) e a Nova Democracia (direita). Os dois partidos garantiram apenas 149 dos 300 lugares, dificultando a formação de um novo governo de coalizão.”

(Agência Brasil com Agência Lusa)