Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

G20 apoia medidas de austeridade na Europa

“Após dois dias de reuniões em Los Cabos, no México, os ministros da Fazenda do G20 (grupo dos países mais ricos do mundo) anunciaram apoio às medidas adotadas pelos europeus para conter os impactos da crise econômica internacional. Eles recomendaram, porém, que é necessário reforçar essas ações para impedir a expansão da contaminação para as instituições financeiras. O mês de abril foi fixado como prazo para definição das decisões.

A posição do G20 foi anunciada em comunicado assinado por todos os participantes. O Brasil foi representado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. “No fim de março, os países da zona do euro [17, dos 27 que integram a União Europeia] farão uma avaliação sobre o reforço das suas instituições que promovem apoio financeiro”, diz o texto. “[O resultado dessa avaliação será] fundamental na decisão que o G20 tomará para canalizar maiores recursos para o Fundo Monetário Internacional (FMI)”, acrescenta o comunicado.

No próximo mês, os líderes dos países da zona do euro devem definir o reforço dos fundos de resgate e se buscarão mais ajuda do Fundo Europeu de Estabilização Financeira do Mecanismo Europeu de Estabilidade – que deverão atingir 750 bilhões de euros.

O FMI propôs o aumento para US$ 500 mil de sua capacidade de empréstimo. Mas a diretora-gerente da instituição, Christine Lagarde, avisou que é possível rever esse valor, pois é necessário definir o repasse com os recursos do Fundo  Europeu.

O secretário norte-americano do Tesouro, Timothy Geithner, disse que houve  “importantes progressos” durante as discussões do G20, no México, ao estabelecer recomendações para os europeus receberem os empréstimos e evitar futuras crises. “Estamos assistindo a uma ampla convergência de estratégias de supervisão e transparência nos mercados de derivados”, disse ele.

O presidente do Banco Central Europeu, Mário Draghi, lembrou que a economia europeia começa a sinalizar o início da estabilização por meio de melhorias pontuais. “Alguns países devem registrar recessão moderada. Mas, para a maioria [dos países] da zona do euro, a situação parece estabilizar”, acrescentou.”

(Agências Brasil e Lusa)

Equipe resgatada da base na Antárctica chega ao Rio

“Pousou por volta de 1h30m na Base Aérea do Galeão por volta de 1h30m desta segunda-feira o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) com 26 pesquisadores, um alpinista, 12 funcionários do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro e um militar resgatados da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF), atingida por um incêndio no sábado.

Toda a burocracia da Receita Federal para entrada no país foi feita em Pelotas (RS), onde quatro pesquisadores chegaram pouco depois das 21h, para que eles ficassem mais à vontade com as famílias. Entre os que desembarcaram no Rio está um militar que ficou ferido.

O primeiro-sargento Luciano Gomes Medeiros está com algumas queimaduras, mas seu estado de saúde é estável. Ele foi encaminhado para o Hospital Marcílio Dias.

A bióloga marinha Terezinha Abscher, que trabalha com invertebrados, disse que o incêndio foi muito traumatizante:

– Foi com se tivesse perdido minha própria casa – afirmou ela, que perdeu toda a pesquisa de fevereiro.” 

(O Globo)

Oscar 2012 – “O Artista” e “Hugo Cabret” são os grandes vencedores da festa

O Artista” se consagrou como produção do ano e venceu o prêmio de melhor filme do Oscar 2012. O filme francês ficou com cinco estatuetas, mesmo número de “A Invenção de Hugo Cabret“, de Martin Scorsese, mas venceu nas categorias artísticas, como melhor direção (Michel Hazanavicius) e ator (Jean Dujardin), além de figurino e trilha sonora original. “Hugo” ficou com efeitos visuais, fotografia, direção de arte, mixagem e edição de som. O prêmio de melhor atriz ficou com Meryl Streep, em sua 17ª indicação, por “A Dama de Ferro“. Foi a terceira estatueta que a atriz levou para casa.
Outros prêmios
Abrindo a noite, “A Invenção de Hugo Cabret” levou as estatuetas de melhor fotografia e melhor direção de arte. Tom Hanks foi o escolhido para apresentar os primeiros prêmios do Oscar 2012.

Mark Bridges, de “O Artista” levou a estatueta de melhor figurino. Cameron Diaz e Jennifer Lopez foram as apresentadoras do prêmio de melhor figurino. Em seguida, elas entregaram o prêmio de maquiagem para Mark Coulier e J. Roy Helle, por “A Dama de Ferro“.

O prêmio de melhor filme estrangeiro ficou com “A Separação“, do iraniano Asghar Farhadi. O filme já havia levado o Urso de Ouro em Berlim 2011 e o Globo de Ouro de melhor filme em língua estrangeira.

O prêmio de melhor atriz coadjuvante foi para Octavia Spencer, por “Histórias Cruzadas“. É o primeiro Oscar da atriz. Christian Bale, premiado como melhor ator coadjuvante em 2011, entregou a estatueta.

O prêmio de edição ficou com Kirk Baxter e Angus Wall, por “Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres“. Os dois editores venceram na mesma categoria no ano passado por “A Rede Social“, também dirigido por David Fincher. A comediante Tina Fey e o ator Bradley Cooper foram os apresentadores do prêmio.

Fey e Cooper também apresentaram o prêmio de melhor edição de som, que ficou com “A Invenção do Hugo Cabret“. A dupla de apresentadores entregou em seguida o prêmio de melhor mixagem de som para Tom Fleischman e John Midgley, também por “Hugo”.

* Confira a lista aqui.

Zona do euro deve registrar recessão neste ano

“A Comissão Europeia reduziu a previsão para o PIB da zona do euro para 2012 no seu novo relatório sobre as perspectivas para o bloco divulgado nesta quinta-feira, e apontou que a região deve registrar recessão em 2012. A comissão, braço executivo da União Europeia (UE), espera uma contração de 0,3% no primeiro trimestre deste ano, após uma interrupção da recuperação econômica no fim de 2011.

Se esse resultado se concretizar, o bloco entra em recessão, definida tecnicamente como dois trimestres seguidos de queda no PIB. Nos últimos três meses do ano passado a economia da zona do euro encolheu 0,3%, efeito do agravamento da crise financeira na região.

No acumulado de 2012, o PIB da zona do euro deve ter uma contração também de 0,3%, enquanto os países da União Europeia deverão ter o crescimento estagnado em relação a 2011. As previsões foram mais pessimistas que as anteriores, pois em novembro do ano passado, a Comissão previa que a economia da zona do euro cresceria 0,5% em 2012, enquanto a UE teria expansão de 0,6%.

Inflação em alta, mas riscos em queda – Dentro desse cenário, a inflação tem se mostrado mais persistente do que o previsto, devido aos altos preços no setor de energia, além de aumentos em impostos indiretos. A Comissão agora prevê uma inflação de 2,1% na zona do euro em 2012, e 2,3% na UE, ante as estimativas anteriores de 1,7% na zona do euro e 2,0% na região.

A Comissão Europeia afirma que a incerteza permanece alta e os riscos para as previsões são de queda. “Se uma agravação da crise da dívida soberana acabar gerando, em última instância, um choque de crédito (credit crunch) e um colapso na demanda doméstica, isso provavelmente provocaria uma profunda e prolongada recessão”, diz o relatório do órgão.

Embora a percepção dos riscos soberanos tenha diminuído “um pouco” nos mercados financeiros, em relação a certos países, os spreads dos bônus permanecem em níveis elevados e as condições de crédito para o setor privado estão se tornando mais apertadas. “O sentimento econômico ainda está em níveis baixos, mas o estresse nos mercados financeiros está diminuindo”, diz no estudo o comissário de Assuntos Econômicos e Monetários da UE, Olli Rehn.”

(Com Agência Estado/Veja)

Pelo menos cinco crianças morrem de fome a cada minuto no mundo, diz ONG

“A organização não governamental (ONG) Salvem as Crianças divulgou hoje (16) relatório informando que a cada minuto morrem cinco crianças no mundo em decorrência da desnutrição crônica. O documento adverte que cerca de 500 milhões de crianças correm risco de sequelas permanentes no organismo nos próximos 15 anos.

De acordo com a ONG, a morte de 2 milhões de crianças por ano poderia ser prevenida se a desnutrição fosse combatida. O documento informa ainda que embora a fome tenha sido reduzida nas últimas duas décadas, pelo menos seis países são mais afetados – cinco estão na África e o sexto é a Coreia do Norte.

Pelos dados da organização, os países africanos – Congo, Burundi, Comores, Suazilândia e  Costa do Marfim – têm os piores dados referentes à fome no mundo desde 1990. Situação oposta ocorre no Kwait, na Turquia, Malásia e no México, que conseguiram avançar e registrar melhorias.

(Agência Brasil, com Agência Lusa)

Chávez promete ‘varrer’ candidato da oposição nas urnas

33 1

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse na quarta-feira (15) que irá “varrer” nas eleições de 7 de outubro o candidato da oposição unificada, Henrique Capriles, o que lhe permitiria passar 19 anos no poder.

Em sua primeira aparição pública desde a vitória de Capriles nas eleições primárias da oposição, Chávez disse que seu governo é a garantia de paz e estabilidade no país.

“Agora a burguesia tem seu candidato… É o candidato da antipátria, do capitalismo, é o candidato dos ianques, e vamos varrer essa burguesia”, disse Chávez durante uma sessão da Assembleia Nacional no Estado de Bolívar, no sudeste venezuelano.

Capriles, aclamado candidato no domingo, tem 39 anos, governa o Estado de Miranda e se define como um progressista de centro-esquerda, admirador da “nova esquerda brasileira”. Mas ele participa de uma coalizão com grupos políticos de direita.

Chávez, um esquerdista de 57 anos, diz que Capriles tenta imitá-lo ao prometer manter e ampliar programas sociais do governo.

“Você quer se parecer com Chávez, burguesia? Que mal lhe fica isso. Aproveite o Carnaval e se disfarce de Chávez por uns dias. Você, burguesia, é má imitadora”, disse o presidente.

Nesta terça-feira (14), num tenso início de campanha, a oposição queimou as atas das primárias, conforme havia prometido para evitar eventuais represálias chavistas aos votantes. A Justiça eleitoral havia proibido a queima.

Chávez cumprimentou os rivais por organizar eleições primárias com a participação de 2,9 milhões de votantes, mas disse que o processo saiu maculado pela eliminação das listas.

(Reuters)

Países europeus querem excluri Grécia da zona euro

“Vários países da zona euro “já não querem” a Grécia, declarou hoje (15) o ministro das Finanças grego, Evangélos Vénizélos, que pretende convencer essas nações de que seu país pode honrar os compromissos financeiros e permanecer no grupo.

“É preciso dizer a verdade ao povo grego, há vários países que já não nos querem. E é preciso convencê-los [de que a Grécia pode vencer e permanecer no grupo] pelas próximas gerações”, declarou Vénizélos antes de uma reunião com o presidente grego, Carolos Papoulias.

“O país está no fio da navalha”, adiantou o ministro, referindo-se às tensas negociações internacionais em curso para a conclusão do novo plano de resgate e do plano de perdão da dívida com os bancos.

O ministro disse ainda que as condições impostas pela zona euro a Atenas “estarão preenchidas” até a teleconferência dos ministros das Finanças da zona euro que deve ser realizada durante o dia de hoje.

Entre as condições, Atenas deve encontrar 325 milhões de euros de poupanças suplementares no orçamento para 2012 e os dirigentes dos partidos gregos no poder devem comprometer-se, por escrito, a adotar as reformas depois das eleições antecipadas de abril.

A Grécia é um dos países da zona euro que passa por dificuldades financeiras por causa da crise econômica internacional.

No fim de semana, o parlamento grego votou um plano de austeridade que prevê cortes extras de 325 milhões de euros no Orçamento de 2012. Essa meta será obtida por meio da redução do salário mínimo, dos fundos de pensão, de vagas no setor público, além das privatizações que devem atingir um montante de 19 bilhões de euros.”

(Agência Brasil)

Le Monde Diplomatique destaca economia nordestina

“O crescimento econômico e social do Nordeste do Brasil foi destaque da edição deste mês do periódico internacional Le Monde Diplomatique. A publicação apresenta caderno especial (anexo) sobre a Região, na qual consta artigo de pesquisadores do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), que elenca fatores para o “processo virtuoso de crescimento” nordestino.

Entre os fatores que colaboraram para essa evolução, o artigo publicado na revista aponta a política expansionista de crédito, a valorização do salário mínimo, a evolução do emprego formal e da qualidade do trabalho, além de projetos estruturantes em andamento, a exemplo da ferrovia Transnordestina e da construção de estaleiros, siderúrgicas e refinarias.

O caderno traz ainda entrevista com o diretor de Gestão de Desenvolvimento do Banco do Nordeste, José Sydrião Alencar, que aborda o tema crescimento e distribuição de renda. Outro destaque é o apoio do Banco aos microempreendimentos, por meio do Crediamigo e Agroamigo, destacado por meio de cases de clientes, artigo e entrevistas com gestores dos programas de microfinanças urbana e rural.

Sobre agricultura familiar, por exemplo, a reportagem ressalta  que “o BNB atua fortemente no financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na região, estimulando a produção de alimentos para os brasileiros e a manutenção do homem no campo”.

A revista Le Monde Diplomatique é publicada em 25 idiomas e tem uma tiragem de 2,4 milhões de exemplares. Veiculada desde 1954,  surgiu em versão impressa no Brasil em 2007 por iniciativa do Instituto Polis.

SERVIÇO

* Versão digital da revista pode ser acessada por meio do site www.diplomatique.org.br.

Documento iraniano defende ataque a Israel até 2014

“Um documento publicado pelo website persa Alef na última passada no Irã veio ao encontro aos temores alardeados pelo Ministério de Relações Exteriores de Israel. Alireza Forghani, estrategista do aiatolá Ali Khamenei, defendeu em um artigo escrito em farsi as razões pelas quais, “em nome de Alá, o Irã deve atacar Israel até 2014”. O texto foi reproduzido em outros sites governamentais do Irã, inclusive pela agência Fars (o texto está disponível aqui). Por outro lado, apesar de sua proximidade com o supremo líder religioso, Forghani procura pontuar que se trata de sua opinião pessoal e não a do governo iraniano.

No texto, Forghani se refere a Israel como “um tumor cancerígeno no Oriente Médio” e diz aos leitores que “todos os problemas” dos iranianos “são culpa de Israel”. “Todo muçulmano é obrigado a se preparar contra Israel”, diz. Se o mundo muçulmano não atacar Israel no futuro próximo, “a oportunidade pode se perder e talvez não seja possível pará-los”. O documento estabelece que uma guerra contra Israel deve ser levada a cabo em nome de “uma jihad defensiva” para proteger o Islã. Para o estrategista iraniano a “ocupação das terras palestinas” justificam o ataque a Israel, uma vez que “as fronteiras políticas não podem separar muçulmanos e a Terra está dividida em duas partes – países muçulmanos e não-muçulmanos”. Forghani provê uma descrição de mísseis de longo e médio alcance que poderiam destruir Israel em “menos de nove minutos”.

Um diplomata israelense consultado pelo Terra lamentou o artigo, apesar de avaliar não ser “novidade” o fato de, que para o regime iraniano, Israel não seja um país legítimo. “Eles consideram nosso país como um câncer que deve ser retirado do Oriente Médio. Ahmadinejad e a elite governamental iraniana repetem a todo momento que Israel deve ser destruído”, afirmou o representante israelense do Ministério de Assuntos Exteriores em Jerusalém. “E exatamente por isso acreditamos que o Irã é uma ameaça e sua política e programa nuclear atômico devem ser bloqueados”, defendeu o funcionário.

Nas últimas semanas o governo israelense do premiê Benjamin Netanyahu tem insistido que a comunidade internacional tome medidas contra o avanço do programa nuclear iraniano, que consideram ter fins bélicos. O vice-ministro de Relações Exteriores de Israel, Dany Ayalon, pediu esta quinta-feira à Colômbia, como atual representante do comitê que monitora as sanções contra Irã e Sudão e como membro não-permanente do Conselho de Segurança da ONU, que implemente um embargo à exportação de petróleo iraniano como forma de pressionar o regime a paralisar seu controverso programa nuclear.

Especialistas têm alertado para o risco de conflito entre Israel e Irã, uma vez que ambos os países vem aumentando a guerra retórica e psicológica travada nos meios de comunicação. Existe o temor de que Israel realize um ataque preventivo para se defender das ameaças de destruição propagadas pelo Irã. No último domingo, o presidente norte-americano, Barack Obama, tentou acalmar os ânimos. “Não acredito que Israel já tenha tomado uma decisão”, disse Obama.”

(POrtal Terra)

Governo peruano captura líder do Sendero Luminoso

“O líder mais importante do grupo rebelde peruano Sendero Luminoso foi capturado seriamente ferido por forças de segurança, após ser baleado em uma floresta remota dominada pelo tráfico de drogas, afirmou o presidente Ollanta Humala neste domingo, em sua maior vitória com o que resta do grupo.

Artemio, nome de guerra de Florindo Eleuterio Flores (foto acima), chefiava o que restava de um grupo de guerrilhas que partiu para o tráfico de cocaína após os fundadores dos rebeldes maoístas terem sido presos durante uma guerra sangrenta contra o Estado nos anos 90.”

(Globo)

Grécia em clima de greve geral

“A Grécia enfrenta hoje (10) o primeiro dia de greve geral em protesto contra as medidas de austeridade que o governo de Atenas aprovou para garantir um novo pacote de resgate da economia. A paralisação, que deve durar até amanhã (11), conta com o apoio dos principais sindicatos de setores público e privado.

Ilias Iliopoulos, secretário-geral de uma das maiores centrais sindicais gregas, a Adedy, indicou ontem (9) que os sindicatos vão organizar novas manifestações no centro de Atenas, nos dois dias de greve e também no próximo domingo (12), quando o Parlamento deverá votar as novas medidas de austeridade.

A coligação de três partidos políticos gregos, que anunciou ontem ter alcançado um “acordo global”, aprovou demissões em funções públicas e uma redução nos custos de mão de obra no país, para que a Grécia possa receber um empréstimo de resgate de 130 bilhões de euros antes de 20 de março, quando o país terá de reembolsar 14,5 bilhões de euros aos detentores de dívida pública grega.

O novo pacote de austeridade prevê um corte de 22% no salário mínimo, uma redução de 15% nas pensões complementares e a demissão de 15 mil funcionários públicos, para cumprir uma meta de 150 mil postos de trabalho a menos na função pública até 2015.”

(Agência Brasil)

Contra a infidelidade, região indonésia transfere salário de homens às esposas. Se a moda pega…

O governo da Província de Gorontalo, na Indonésia, transformou em política pública um imbróglio envolvendo o salário de maridos supostamente infiéis e suas esposas e amantes. A partir de março, o salário dos funcionários públicos casados será depositado diretamente na conta de suas mulheres oficiais.

Segundo o porta-voz do governo provincial, Rudi Iriawan, a decisão foi tomada para combater a infidelidade, devido à crescente reclamação das esposas de que recebiam de seus maridos “dinheiro apenas para comprar a comida do dia”. A principal razão seria a partilha do salário entre amantes e esposas.

De acordo com o governo, a iniciativa visa diminuir os casos extraconjugais. As esposas também reclamavam da falta de transparência dos maridos nas questões financeiras.

“Ficamos preocupados com a questão. Então, achamos melhor que o salário dos servidores fosse depositado diretamente nas contas de suas esposas”, disse Iriawan.

‘Casos extraconjugais’

De acordo com o porta-voz, a decisão permitirá que “cada centavo do pagamento (do salário) possa ser usado para cobrir despesas domésticas em vez de financiar assuntos extraconjugais”.

A medida divide os servidores, mas há quem aprove a iniciativa. O funcionário público Saleh Yusuf opina que a decisão do governo é correta. “É a minha mulher que tem acesso ao meu salário, de qualquer forma. Ela fica com o meu cartão de banco”, diz.

No caso dos servidores que tenham mais de uma esposa, prática comum em países de maioria muçulmana, apenas a esposa oficial receberá o salário. Para ser válido, o casamento na Indonésia precisa ser registrado civilmente e no Departamento de Assuntos Religiosos.

(BBC Brasil)

Cearense conquista cume da maior montanha da Oceania

O montanhista cearense Rosier Alexandre chegou ao cume do Carstensz (4.884m), a maior montanha da Oceania, cumprindo a quarta etapa do “Projeto Sete Cumes”. A conquista aconteceu  aproximadamente às 08h20min horário local, 20h20min horário de Fortaleza dessa quarta-feira.

Rosier fez uma caminhada de mais de 120 kquilômetros, em meio a floresta densa com lama até o joelho – dois dias sem ver sol. Passou por terreno íngrime, sofrendo emboscadas e assaltos durante a aproximação. Em ligação via satélite, direto do cume do Carstensz, ele se disse “bastante emocionado” pela façanha.

Cansado, revelou que por alguns momentos pensou em desistir, tamanho o sacrifício. O desafio de Rosier, em seu projeto, ainda continua. Ele deverá fazer novo contato ao chegar de volta ao acampamento, e assim dar mais detalhes desta conquista.

Dilma visitará os EUA em abril

“A presidenta Dilma Rousseff vai aos Estados Unidos entre os dias 9 e 11 de abril e será recebida pelo presidente norte-americano, Barack Obama, em Washington. A viagem aos EUA foi divulgada hoje (7) pelo porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann.

A Casa Branca também divulgou detalhes do encontro dos dois chefes de Estado, previsto para o dia 9. Em nota, o governo norte-americano diz que a visita da presidenta Dilma dará continuidade ao diálogo entre os dois países iniciado durante a visita de Obama ao Brasil, em março do ano passado. Os dois presidentes deverão avaliar os progressos das conversas e “prosseguir com os esforços para fortalecer os laços comerciais, econômicos, educacionais e de inovação” entre os dois países, segundo texto da Casa Branca.

Além do encontro com Obama, Dilma deve visitar a Universidade de Harvard e o Massachusetts Institute of Technology (MIT), para discutir possibilidades de parcerias com universidades brasileiras.

Mas, antes da ir aos Estados Unidos, Dilma visitará a Alemanha e a Índia. Entre os dias 5 e 6 de março, a presidenta estará em Hannover, onde deve se reunir com a chefe de governo alemã, Angela Merkel, e conhecer a Feira Internacional de Tecnologia da Informação, Telecomunicações, Software e Serviços (CeBIT). O Brasil é o país parceiro da edição deste ano da feira.

Entre os dias 28 e 30 de março, a presidenta deve participar da 4ª Cúpula do Brics (grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em Nova Delhi, na Índia.

Ainda no primeiro semestre, Dilma Rousseff deverá ir ao México para a reunião do G-20, nos dias 18 e 19 de junho, antes da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que começa no dia 20 de junho no Rio de Janeiro.”

(Agência Brasil)

Coca-Cola vai investir R$ 300 milhões no Ceará

111 2

O governador Cid Gomes recebeu, em audiência no Palácio da Abolição, nesta manhã de quarta-feria, o presidente mundial de engarrafamento e estocagem da Coca-Cola, Irial Finan. Durante a conversa, acompanhada por assessores, os dois discutiram perspectivas de novos investimentos da multinacional no Estado. 

Isso, em razão da Copa das Confederações e da Copa 2014. irial Finan informou que a multinacional vai investir nos próximos três, por conta desses certames, R$ 300 milhões no Ceará.

Depois do encontro, Cid se deslocou para a Região do Cariri, onde se juntarà à comitiva da presidente Dilma. A presidente inspecionará as obras da transposiçao do rio São Francisco e a Ferovia Transnordestina. Esses dois projetos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Estado.

DETALHE – O ex-senador Tasso Jereissati, representante da Coca-Cola no Ceará, via Norsa, não participou da audiência. Ofereceu, nessa noite de terça-feira, em sua mansão nas Dunas, jantar para Irial Finan.

(Foto – Divulgação)