Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Petista participa de evento internacional na Eslovênia

O deputado estadual Dedé Teixeira (PT) participou, neste fim e semana, do Fórum Estratégico de Bled, realizado na cidade de Bled, na Eslovênia. Como presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional, Recursos, Hídricos, Minas e Pesca da Assembleia Legislativa, ele representou o Legislativo Estadual, a convite do Ministério das Relações Exteriores da República da Eslovênia.

Durante os últimos cinco anos, o Fórum Estratégico de Bled tem sido uma importante reunião de pensadores das áreas política, industrial e acadêmica da Europa, Ásia e América. O Fórum Estratégico de Bled 2011 teve como foco “O Poder do Futuro – sobre os novos modeladores e influenciadores”. O fórum também deu atenções ao papel dos estados menores nas interações globais, relações entre União Europeia e China, os Bálcãs Orientais, Afeganistão, e assuntos econômicos e ambientais.

Dedé Teixeira aproveitou para divulgar ali o esforço do Ceará para incluir na Rio + 20, conferência internacional sobre clima, que ocorrerá neste ano no Rio de Janeiro, a importância da caatinga.

11 de Setembro – Uma nova ordem mundial

O professor Josênio Parente, cientista político e coordenador do Grupo de Pesquisa Democracia e Globalização, em artigo no O POVO deste domingo, analisa o 11 de Setembro. Confira:

O século XXI é marcado por um fenômeno inusitado do novo quadro das relações internacionais: um atentado espetacular aos ícones do capitalismo no epicentro da sociedade de mercado. Foram destruídas as torres gêmeas, o símbolo do capitalismo financeiro; atingindo o Pentágono, seu poder militar, tendo, contudo, falhado o alvo político, o pontificado da Modernidade, a Casa Branca.

O simbolismo é forte para a visão do mundo daquela geração que viveu a Guerra Fria e imaginava o fim da história como a vitória do capitalismo ou do socialismo. Essa geração viu desmoronar essa estrutura no início da década de 90, com a queda do mundo de Berlim. A das torres gêmeas, contudo, foi tão surpreendente quanto e também reveladora dessa transição lenta do mundo para uma nova ordem com a inclusão de novos países e blocos geográficos, econômicos e culturais, ao banquete da globalização.

O mundo do pós-guerra mundial, institucionalizado a partir da Organização das Nações Unidas (ONU), ficou complexo demais. As mudanças aconteciam demasiadamente rápidas. Após as Torres Gêmeas, os EUA foram a duas guerras e pagaram um alto preço. Embora os EUA tenham continuado sendo a força mais poderosa do mundo, não tiveram o poder moral que representavam durante a Guerra Fria.

A China suga não só a dívida americana dessa aventura, mas também os próprios fundamentos da sociedade de mercado, onde a competitividade toma nova forma e nova ética. Ela passou da sexta economia global para a segunda, neste período, com perspectiva de liderar em pouco tempo.

A nova ordem mundial, desta forma, não está formatada. Com a curiosidade de quem acompanha criticamente o desenrolar dos fatos, os grupos de pesquisa: Lamia, Democracia e Globalização, e Nupes, vinculados ao CNPq, organizados nos mestrados acadêmico e profissional de políticas públicas da Uece, trazem ao debate a problemática dessa nova organização do mundo global a partir do impacto que o 11 de setembro de dez anos passados teve para os novos arranjos institucionais. Que olhar poderemos ter do futuro a partir do desenrolar desse acontecimento ponto, mas cheio de significado?

Não menos importante, assistimos a uma luta aparentemente inglória entre valores liberais e teocráticos em disputa pela hegemonia desse mundo global. O pacto civilizatório apresenta novo desafio para a convivência democrática entre os sistemas culturais de modo que os nacionalismos não sejam transferidos para os fundamentalismos.

Vemos, assim, o Ocidente receber a chave de entrada no mundo mágico da religião, que permaneceu sufocado com a secularização do século XX. A própria secularização tira sua máscara de neutralidade, não só para reverenciar a religião, mas para se assumir como tal. O desafio da democracia está posto nesse cenário.

Josênio Parente – Cientista político e coordenador do Grupo de Pesquisa Democracia e Globalização

josenioparente@gmail.com

Obama lança plano econômico que prevê redução de impostos

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta quinta-feira (8), um plano para criação de empregos que prevê a redução de impostos para as pequenas empresas que contratarem. Em discurso no Congresso, ele afirmou que as pequenas empresas que abrirem vagas terão redução de impostos.

“Todos aqui sabem que é nas pequenas empresas que os os empregos começam. Então para todos os que falam em criar empregos, esse plano é para você. As pequenas empresas terão redução de impostos para quem contratar”, disse o presidente. “O propósito é colocar mais pessoas de volta ao trabalho, e mais dinheiro no bolso dos trabalhadores”.

“Ele vai criar mais empregos para trabalhadores da construção civil, mais empregos para professores, mais empregos para veteranos, e mais empregos para os desempregados de longo prazo. Vai conceder redução de impostos para empresas que contratem novos trabalhadores, e irá cortar à metade os impostos sobre a folha de pagamento de cada trabalhador americano e cada pequena empresa”, afirmou.

O projeto também prevê que as empresas recebam um crédito de US$ 4 mil ao contratarem um trabalhador que tenha passado mais de seis meses procurando emprego.”

(Potl G1)

Acidente cai e mata 44 pessoas na Rússia

“O avião Iakovlev 42, de fabricação russa, caiu hoje (7) a nordeste de Moscou causando a morte de 44 pessoas. Entre as vítimas estão jogadores do time de hóquei no gelo Lomokomotiv. Segundo autoridades russas, o acidente ocorreu a 2 quilômetros do Aeroporto Tulochn, em Iaroslavl, logo após a decolagem.

A equipe do Lomokomotiv de Iaroslavl, cidade situada a cerca de 300 quilômetros a nordeste da capital russa, viajava para enfrentar o Dínamo de Minsk, na Bielorrússia.

Dos 37 membros da equipe, 26 eram russos e 11 estrangeiros. O Lokomotiv era treinado pelo canadense Brad Maccrimon. Integravam o time ainda dois checos, um sueco, um ucraniano, um eslovaco, um letão e um bielorrusso.

Na Rússia, o acidente trouxe à memória a tragédia da equipe de futebol uzbeque do Pakhtakor, que morreu em um choque entre dois aviões soviéticos Tupolev 134, em 11 de agosto de 1979. Na ocasião, morreram 178 passageiros e tripulantes, entre os quais estavam 17 jogadores do clube da primeira divisão do futebol soviético.

O avião Iakovlev 42 não conseguiu chegar à altura segura e bateu na antena de um farol situado na pista do Aeroporto de Iaroslavl, de acordo com a Agência de Aviação da Rússia.”

(Agência Lusa)

Sobrevivente do holocausto dará palestra em Fortaleza

A Escola Superior do Ministério Público do Estado do Ceará (ESMP) promoverá, a partir das 9 horas desta sexta-feira, a palestra “Holocausto nunca mais” com Bem Abraham, jornalista e escritor polonês naturalizado no Brasil desde 1957. Na ocasião, ele vai expor a experiência de quem sobreviveu ao holocausto. Bem Abraham sobreviveu ao gueto de sua cidade natal e aos campos de concentração durante a ocupação alemã sobre seu país.
Depois de passar pelos campos de Brauschweig, Watenstadt e Ravensbruck entre 1943 e 1945, Bem Abraham acabou confinado em Auschwitz, onde sua família foi dizimada. Dentre 200 parentes seus, apenas ele e um primo sobreviveram. Na noite de 1º para 2 de maio de 1945 foi libertado pesando 28 quilos, com tuberculose nos dois pulmões, escorbuto e disenteria com sangue.
Após a queda do nazismo, o jornalista prometeu a si mesmo como objetivo de vida contar à humanidade o “capítulo de perseguições, atrocidades e matanças” instituído por Adolf  Hitler.

Chávez incentiva Kadafi a resistir contra rebeldes

“O presidente venezuelano Hugo Chávez afirmou nesta segunda-feira que o coronel Muamar Kadafi não deixou a Líbia e o incentivou a resistir aos ataques rebeldes.

“Ninguém sabe por onde anda Kadafi, mas estou seguro de que está muito longe de pensar em deixar a Líbia”, declarou Chávez em entrevista ao canal VTV.

“O que ele tem que fazer é resistir e tomara que esta resistência permita que se busque o caminho da paz e se derrote o caminho da guerra”, acrescentou.

Chávez, principal aliado de Kadafi na América Latina, defendeu o ex-líder líbio desde o início das revoltas em fevereiro passado, e se opôs às sanções econômicas e à intervenção da Otan.”

(Portal Terra)

Bolsas europeias operam em baixa temendo recessão nos Estados Unidos

“As bolsas europeias operavam em baixas expressivas nesta segunda-feira (5) pelo temor de uma recessão nos Estados Unidos e afetadas pela crise da dívida, assim como por um forte retrocesso dos valores bancários. Na sexta-feira, o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos informou que não foram criados postos de trabalho no país em agosto. Pouco depois das 9h30 GMT (6H30 de Brasília), Paris perdia 3,28%, Madri 3,18%, Frankfurt 2,88% e Milão 2,79%. Londres retrocedia 2,02%.

“Os investidores começaram a semana na defensiva, com fortes perdas em todos os índices europeus, em consequência das inquietações a respeito do crescimento mundial”, afirmou Joshua Raymond, analista da City Index. Os valores bancários, especialmente britânicos, alemães e franceses, registravam fortes quedas após a ação iniciada na sexta-feira pelo governo americano contra 17 bancos e instituições financeiras de todo o mundo por fraude na concessão de créditos hipotecários de risco, as chamadas “subprimes”.

Em Londres, o Royal Bank of Scotland (RBS) perdia 8,33% e o Barclays 7,45%; em Frankfurt, o Deutsche Bank recuava mais de 5% e o Commerzbank mais de 4%. A cotação do Société Générale em Paris retrocedia mais de 4%. Nas quedas dos valores bancários, além da demanda americana, também influencia o medo dos investidores pela crise da dívida grega e, no caso do Reino Unido, a incerteza sobre as consequências da próxima reforma bancária no país. Wall Street permanecerá fechada nesta segunda-feira, feriado nos Estados Unidos.”

(iG)

FMI alerta sobre risco iminente de crise global

A diretora-geral do FMI, Christine Lagarde, alertou sobre o risco ‘imitente’ de a economia mundial entrar novamente em recessão em entrevista para a revista alemã “Der Spiegel”, publicada neste domingo pelo jornal “El País”.

Assim como os temores expressados recentemente pelo diretor do Banco Mundial, Robert Zoellick, Lagarde declarou que a projeção de um novo revés econômico em escala global existe, mas que ainda é possível evitá-lo, embora a capacidade de atuação seja agora menor do que dois anos atrás.

– Ainda podemos evitar esta situação. As opções e as medidas para os governos e bancos centrais são presentemente menores que em 2009, mas se os diferentes bancos centrais, governos e organizações internacionais trabalharem em cooperação podemos evitar uma recessão -, defendeu Christine Lagarde.

Por isso, a diretora-gerente do FMI, que assumiu o posto em julho passado, insta aos países mais afetados pela crise a implementar medidas que fomentem a economia estatal e o crescimento econômico, com o objetivo de “evitar uma iminente espiral descendente”.

(O Globo)

Philip Kotler, o "mago do marketing", agenda conferência em Fortaleza

Philip Kotler, autor de 51 livros traduzidos para mais de 20 idiomas, estará em Fortaleza no dia 30 deste mês para ministrar um seminário no Coliseu La Maison, das 14 às 18h30min, sobre Marketing 3.0 e seu novo papel em um mundo conectado por redes.

Professor da Kellogg School of Management, da Northwestern University, Kotler atua há quatro décadas na área, desenvolvendo conceitos vigentes até hoje. Seu livro “Marketing management” é considerado a bíblia do marketing e é usado por praticamente todas as escolas de negócios do planeta. Foi listado pelo The Wall Street Journal como a 6ª pessoa mais influente no mundo dos negócios e presta consultoria para as maiores empresas do mundo.

SERVIÇO

* As inscrições podem ser feitas em São Paulo pelo telefone (11) 4689-6666 ou para outras cidades pelo número 0800 771 6606.

* Mais informações: eventos@hsm.com.br

Chávez retorna ao trabalho nesta 6ª feira

“O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deve retomar hoje (2) as atividades de governo, depois de passar os últimos dias submetendo-se ao terceiro ciclo de quimioterapia em Caracas. Ele informou que vai trabalhar no palácio do governo, depois do almoço. Emocionado, Chávez disse que sua força para lutar contra a doença e manter-se determinado vem do amor que tem recebido dos que torcem por sua recuperação.

“O amor é a primeira razão que me faz estar aqui. Obrigado por esse amor. Amor com amor se paga, eu vou continuar a pagar o amor de todos vocês com amor. Como diz o ditado: o trabalho é amor”, disse o presidente, em mensagem transmitida pela emissora estatal de televisão, às pessoas que o aguardavam em frente ao Hospital Militar Dr. Carlos Arvelo, no qual estava internado.

Na mensagem, Chávez saudou Fidel Castro, o ex-presidente de Cuba. Também cantou do quarto, acompanhado por um músico que tocou no violão a música Canción Mansa Para Un Pueblo Bravo, de Ali Primera, dedicada ao herói Simon Bolívar, libertador das ex-colônias espanholas.

Em meio aos agradecimentos de apoio e solidariedade, Chávez anunciou que nos próximos dias vai conceder aumento salarial para os militares, mas não indicou qual será o percentual. Ele chamou os militares de “camaradas e irmãos” e lembrou que os médicos e funcionários públicos, em geral, receberam reajustes que variaram de 30% a 50%.

Chávez retoma as atividades, enquanto luta contra o câncer confirmado em junho. Na ocasião, o presidente se submeteu, em Cuba, a uma cirurgia para a retirada de abcesso na região pélvica.”

(Agência AVN e Lusa)

Filho de Khadafi diz que luta vai até o fim

“Saif Al Islam, filho e apontado como sucessor do líder líbio Muammar Khadafi,  disse nessa quarta-feira (31) à noite que a luta no país vai continuar e que os aliados de seu pai vão retomar em breve a capital, Trípoli. A mensagem de áudio foi transmitida pela TV Al Ray, com sede na Síria. Saif disse que estava em Trípoli e garantiu que Khadafi passa bem.

O comunicado de Saif Al Islam foi ao ar minutos após seu irmão Saadi Khadafi ter dito à rede de TV árabe Al Arabiya que havia sido oficialmente nomeado para negociar com as forças que lutam contra o regime de seu pai.

O Conselho Nacional de Transição (CNT) líbio, comandado pela oposição ao regime de Khadafi, deu anteontem (30) um ultimato para que o coronel e seus familiares se entreguem até sábado (3). Os militares da oposição disseram que estão próximos a Sirte, cidade natal do coronel, para cercá-la. O local é um dos poucos que ainda está sobre controle das forças leais ao líder líbio.

Em sua mensagem, Saif alertou a respeito de um possível ataque contra Sirte, dizendo que há 20 mil pessoas armadas na cidade e dispostas a defendê-la. “Quero deixar claro que nossos irmãos líbios estão por toda a parte”, disse Said. “Em breve, vamos até a Praça Verde para saudá-los, se Deus quiser.”

A Praça Verde, no centro de Trípoli, foi rebatizado de Praça dos Mártires, logo depois que os homens da oposição entraram na capital na semana passada. “A resistência continua e a vitória está próxima”, disse Said.

De acordo com a emissora Al Arabiya, Saadi – que não costuma ser considerado  porta-voz do regime – disse que seu pai está disposto a entregar o poder ao CNT e fez um apelo por negociações, para acabar com o banho de sangue na Líbia.”

(BBC Brasil)