Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Cristina Kirchner deve ser reeleita e assegurar maioria no Congresso

“Se a presidente argentina, Cristina Kirchner, obtiver entre 52% e 58% dos votos nas eleições deste domingo como projetaram as últimas pesquisas e se seu governo recuperar, como previsto, o controle do Congresso, Cristina será a chefe de Estado mais poderosa do país desde a redemocratização, em 1983. Serão entre 115 e 125 deputados que, somados a seus aliados, atingiriam os 129 votos necessários para aprovar projetos de lei.

No Senado, a Frente para a Vitória (FPV, sublegenda do Partido Justicialista fundada pelo ex-presidente Néstor Kirchner) e seus parceiros políticos seriam maioria, já que ficariam com 38 das 72 cadeiras.

Neste domingo também serão eleitos dez governadores, de um total de 24 províncias. Em seis distritos, entre eles a província de Buenos Aires (onde vivem 40% dos eleitores do país) e Santa Cruz, terra natal do ex-presidente Kirchner, os atuais governadores kirchneristas são favoritos e buscarão sua reeleição.

No caso de San Juan, o peronista José Luis Gioja provavelmente conquistará seu terceiro mandato consecutivo, após aprovar uma polêmica reforma constitucional. Entre janeiro e setembro, outras 12 províncias elegeram suas autoridades. Em oito delas venceram candidatos da FPV e sócios políticos da Casa Rosada.”

(Globo)

Dilma: Morte de Kadhafi não deve ser comemorada

153 1

“A presidente Dilma Rousseff reagiu, nesta quinta-feira, às informações sobre a morte de Muamar Khadafi na Líbia dizendo que o mundo deve apoiar e incentivar o processo de transição democrática no país, mas ressaltando que uma morte não deve ser “comemorada”.

“A Líbia está passando por um processo de transformação democrática. Agora isso não significa que a gente comemore a morte de qualquer líder que seja”, disse a presidente.

A declaração foi feita pela presidente à imprensa em Angola, durante seu giro pela África, após ser questionada sobre a captura e morte de Muamar Khadafi.

Dilma havia sido informada pelo ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, da captura do líder líbio e das imagens mostrando-o aparentemente morto.

“O fato de ela (a Líbia) estar em um processo democrático é algo que todo mundo deve – eu não acho que comemorar é a palavra – apoiar e incentivar. De fato o que nós queremos é que os países tenham essa capacidade de viver em paz e democracia.”

Reconstrução

A presidente enfatizou a necessidade de reconstruir a Líbia e traçou paralelos entre a nação e Angola. Último país de seu giro de quatro dias pela África, Angola passou por uma guerra civil que durou décadas e só terminou em 2002.

“O Brasil vem dizendo que a grande questão é justamente a reconstrução. O Brasil tem feito todos os esforços para que haja uma reconstrução dentro de um clima de paz”, afirmou a presidente.

“Esse país que nós estamos (Angola) ficou 40 anos em guerra. O nível de efeito negativo de 40 anos de guerra não só pode ser medido pela quantidade de minas que estão enterradas, mas também na destruição de infraestrutura, perda de oportunidades, e sobretudo, perdas de vidas humanas”, completou, antes de embarcar para Brasília.

Pouco antes, Patriota disse que o Brasil espera que a violência na Líbia cesse, ao comentar a notícia da captura de Khadafi.”

(Folha.com)

Padre Haroldo está de luto pela morte de Kadafi

124 12

“Mataram Kadafi, mas não poderão matar jamais a luta pela liberdade e pela vida… O Império americano e os países europeus mais uma vez cometem um grande crime, não somente contra o povo líbio, mas contra a humanidade. Kadafi morre como martir”, disse para o Blog, nesta tarde de quarta-feira, o padre Haroldo Coelho, ex-militante do PT e hoje membro do PSOL cearense.

Ele culpou o “imperialismo norte-americano” pelo assassinato do ditador líbio e disse que o interesse dos EUA é no petróleo desse País. “Descanse em paz Muammar Kadafi, a sua luta jamais será esquecida”, reiterou padre Haroldo, avisando estar de luto e prometendo celebrar missa em memória do ditador.

(Foto – Cláudio Barata)

Obama – Morte de Kadhafi dá fim a "doloroso capítulo para a Líbia"

“O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta quinta-feira (20) que a morte do ditador líbio Muammar Gaddafi “marca o fim de um longo e doloroso capítulo para a Líbia”. Em pronunciamento na Casa Branca, em Washington, ele destacou a coragem do povo líbio para lutar contra o regime e disse que outras forças autoritárias terão o mesmo fim. “A regra do punho de aço inevitavelmente tem um fim”.

“Hoje, o governo da Líbia anunciou a morte de Muammar Gaddafi. Ela marca o fim de um capítulo longo e doloroso para os habitantes da Líbia que têm, a partir de agora, uma chance de poder determinar seu próprio destino em uma Líbia nova e democrática”, disse Obama, acrescentando que os Estados Unidos serão parceiros da Líbia e que a missão da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) naquele país deverá ser encerrada “em breve”. Gaddafi comandava a Líbia desde 1969, quando ainda era um capitão do Exército de 27 anos de idade e derrubou o rei Idris 1º.

Os confrontos no país começaram em 15 de fevereiro deste ano, com protestos contra a prisão de um ativista de direitos humanos e contra os governantes corruptos. As manifestações da juventude líbia foram reflexos da chamada Primavera Árabe, série de manifestações iniciada neste ano e que culminou com a queda dos ditadores Zine Ben Ali (Tunísia) e Hosni Mubarak (Egito). Durante estes oito meses, em todas as suas aparições públicas, Gaddafi jamais cogitou ceder o poder e sempre disse que lutaria até a morte.

O presidente americano disse que “dias difíceis” virão para a Líbia, pediu aos líbios que respeitem os direitos humanos, e acrescentou: “vocês venceram sua própria revolução”.

Mais cedo, a morte foi confirmada a autoridades americanas pelo premiê interino da Líbia, Mahmoud Jibril. O líder militar do Conselho Nacional de Transição (CNT), Abdel Hakim, também já havia dito, em entrevista à TV Al Jazeera, que a informação sobre a morte de Gaddafi havia sido repassada aos Estados Unidos.”

(Portal Uol)

Fortaleza confirmada como subsede da Copa das Confederações. Agora é acelerar obras

“Os apaixonados por futebol já podem comemorar. Fortaleza foi confirmada, nesta quinta-feira (20), como uma das sedes da Copa das Confederações de 2013. Mais que isso, a capital cearense receberá uma das semifinais da competição, juntamente com Belo Horizonte.

Rio de Janeiro, palco da final, e Brasília, da abertura, também recebem jogos da competição. Salvador e Recife são sedes pré-definidas e podem ser incluídas, caso o andamento das obras seja satisfatório.

“Foi uma grande conquista para o povo cearense. Na Copa, nós vamos ter seis jogos já garantidos, inclusive o segundo da Seleção. Caso o Brasil seja o primeiro da chave dele, ele disputa as quartas-de-final em Fortaleza. Casa seja o segundo da chave, ele disputa as oitavas-de-final aqui”, comemorou o governador Cid Gomes.

“Isso aumenta muito a nossa responsabilidade na Copa. Além disso, ainda teremos meses de testes para fazer um bom papel na Copa das Confederações”, afirmou o governador.

Após o anúncio, os operários das obras do Castelão comemoraram bastante. Assim como a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins. “Uma felicidade para todos nós fortalezenses. É um reconhecimento para a nossa cidade. Eu tenho muito tranquilidade para dizer que Fortaleza desponta no cenário nacional”, exaltou Luizianne.
Méritos de Fortaleza
Fortaleza é a grande surpresa do anúncio desta tarde. Porto Alegre – berço político da presidente Dilma Rousseff – era a favorita para receber os jogos, mas foi prejudicada pelo atraso em suas obras, que estão paradas.

Já Fortaleza ganhou a confiança da Fifa pelo ritmo avançado das obras do estádio Castelão. Segundo um levantamento divulgado pelo “Portal 2014”, nesta quinta-feira, a capital cearense é a mais avançada no que diz respeito ao andamento das obras para a Copa do Mundo de 2014.

A reforma do estádio Castelão teve início em dezembro de 2010, e, no mês de outubro, já tem 44% do projeto executado.

Cerimônia em tempo real 

13:12 – “Abertura da Copa do Mundo não podia ser em outro estádio. Tinha que ser em São Paulo”, diz Ronaldo Fenômeno.

13:07 -Termina a cerimônia em Zurique.

13:06 – Final da Copa será realizada às 16h, no horário de Brasília, diz Jerôme Valcke.

13:04 – Anúncio da Copa do Mundo. Abertura: São Paulo. Semifinais: Belo Horizonte e São Paulo. Disputa do terceiro lugar: Brasília. Final: Rio de Janeiro.

12:59 – Brasília recebe abertura. Semifinais: Belo Horizonte e Fortaleza. Final: Rio de Janeiro.

12:58 – Sedes: Fortaleza, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília. Salvador e Recife são sedes pré-definidas.

12:57 – Começa o anúncio da Copa das Confederações. 

12:55 – Ricardo Teixeira é convidado a falar durante a cerimônia. 

12:55 – “Nós aprendemos com o passado que a Copa das Confederações é decisiva”, afirma Blatter.

12:54 – “A tabela é a base de todo torneio”, diz Joseph Blatter. 

12:53 – Joseph Blatter enaltece a presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

12:50 – Começa a transmissão direto da sede da Fifa, em Zurique. 

(Portal Esportes OPOVO)

Operários das obras do Castelão e familiares conferiramo anúncio em área do estádio.

VAMOS NÓS – Ótimo para a cidade que espera agora ver as obras do interesse desse certame – ligado à Copa 2014, ganhando novo ritmo. Espera-se também que o governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luizianne Lins (PT) marquem um reencontro para tratar dessa pauta. Não precisa haver papo de eleição, pois o contribuinte quer mesmo é projetos concretos dando-lhe o direito de usufruir de benefícios que, graças a esses holofotes mundiais, sairão do papel.

Brasil cai para 126º lugar em ranking para se fazer negócios

“O Brasil perdeu seis posições em um ranking sobre a facilidade de fazer negócios em 183 países, divulgado anualmente pelo Banco Mundial. O relatório Doing Business 2012 (Fazendo Negócios 2012), lançado ontem (19) em Washington, mostra que o Brasil caiu do 120º para o 126º lugar na lista que analisa os regulamentos que afetam as empresas nacionais nesses países.

O novo estudo engloba o período de junho de 2010 a maio de 2011 e aborda todo o ciclo de vida das empresas, desde a sua constituição até a resolução do processo de insolvência. As avaliações levam em conta dez indicadores específicos e se concentram especialmente no ambiente para pequenas e médias empresas.

Apesar da queda no ranking geral, o Banco Mundial destaca a melhora na área de obtenção de crédito no Brasil, na qual o país ocupa a 98ª posição. “O Brasil melhorou o sistema de informação de crédito, permitindo que agências privadas possam coletar e compartilhar informações positivas”, diz o relatório.

Na relação, pela ordem apresentada no relatório, estão Cingapura, Hong Kong, a Nova Zelândia, os Estados Unidos, a Dinamarca, Noruega, o Reino Unido, a Coreia do Sul, Islândia e Irlanda. A coordenadora da equipe que elaborou o estudo, Sylvia Solf, disse que é possível observar avanços no Brasil nos últimos seis anos. “O Brasil está na direção correta, É uma questão de tempo.”

Solf citou o indicador sobre obtenção de eletricidade – incluído este ano nas dez áreas específicas analisadas no relatório –, no qual o Brasil tem desempenho destacado, ocupando a 51ª posição. Nos rankings por área específica, a segunda melhor colocação do Brasil é relativa à proteção a investidores, com a 79ª posição.

O pior desempenho brasileiro é relativo ao pagamento de impostos, área na qual o país aparece em 150º lugar. Pela classificação do Brics (bloco que reúne o Brasil, a Rússia, China e África do Sul), a África do Sul aparece em 35º, a China em 91º , a Rússia em 120º, o Brasil em 126º e a Índia em 132º.

O Brasil também fica atrás de várias economias latino-americanas. O melhor colocado entre os países da região é o Chile, que ocupa a 39ª posição e é citado, ao lado do Peru (41º), da Colômbia (42º) e do México (53º), como destaque na implementação de melhorias regulamentares.”

(Agência Brasil)

Ex-presos políticos do Ceará vão comemorar a libertação de palestinos

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=wGmq39yuRj4[/youtube]

Um almoço cearense-palestino ocorreráem Fortaleza nopróxio sábado, no restaurante Maria Bonita. O objetivo, segundo Mário Albuquerque, da Associação 64/68 Anistia, é comemorar a libertação de cerca de mil palestinos pelo governo de Israel.

* Sobre a libertação dos palestinos aqui.

Bolívia – Evo Morales enfrentará protesto gigante

“O presidente da Bolívia, Evo Morales, prepara-se para enfrentar uma das manifestações mais intensas já ocorridas no país. Indígenas de várias etnias e regiões dirigem-se a La Paz, uma das capitais do país. Eles protestam contra a construção de rodovia que vai cortar uma reserva natural. Morales avisou que pretende conversar com os manifestantes. No entanto, há pouco mais de 20 dias uma manifestação semelhante foi contida de forma violenta, gerando vítimas.

O ministro de Governo (o equivalente à Casa Civil) da Bolívia, Wilfredo Chávez, disse ontem (18)  que a polícia vai preservar a segurança dos indígenas. Chávez indica assim que não haverá violência. Chamando os manifestantes de “irmãos em marcha”, o ministro acrescentou que “todos os direitos serão preservados”.

Os manifestantes protestam contra a construção da estrada Villa Tunari 2-San Ignacio de Moxos, que corta uma das maiores reservas indígenas do país. Eles estão a pé e caminham em direção a La Paz. De acordo com autoridades, os manifestantes estão a menos de 40 quilômetros da capital. Há suporte médico, caso necessitem de socorro.

O ministro acrescentou que a disposição do governo é buscar o “diálogo e a boa fé” no relacionamento com os manifestantes. “O palácio [que é a sede do governo federal] está aberto para a recepção dos indígenas”, disse Chávez. Está prevista uma reunião dos líderes do movimento com o presidente Evo Morales.

Há cerca de 20 dias, um protesto semelhante pela mesma razão causou turbulências na política interna da Bolívia. Policiais usaram bombas de gás lacrimogêneo e força. Houve denúncias de violência e vítimas. Ministros pediram demissão dos cargos por divergirem das ordens oficiais em relação ao tratamento dos manifestantes.”

(Agência Brasil, com informações da agência pública de notícias da Bolívia, ABI)

Lula conversa na Espanha com candidatos socialistas

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está hoje (19) em Madri, na Espanha, onde faz palestra no seminário da Fundación Ideas para el Progreso, presidida pelo primeiro-ministro espanhol, José Luis Zapatero. A fundação promove uma série de debates políticos em Madri ao longo desta semana.

Ontem (18), Lula se reuniu com o candidato socialista à Presidência da França, François Hollande, que faz oposição ao governo do presidente Nicolas Sarkozy. Além de  Hollande, Lula conversou com o também candidato socialista da Espanha, Alfredo Perez Rubalcaba.

Na conversa com Hollande, que durou cerca de 40 minutos, as ideias progressistas para um governo socialista foram o tema predominante, segundo o francês. Hollande disse que ouviu conselhos do brasileiro sobre políticas sociais. A previsão é que Lula se reúna também com o ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown.”

(Agência Brasil, com informações da emissora pública de rádio RFI)

Trabalhadores gregos iniciam greve geral de 48 horas

“Trabalhadores de várias categorias profissionais na Grécia começaram hoje (19) uma greve geral de 48 horas. Os primeiros a aderir à paralisação foram os jornalistas. O protesto é uma reação ao pacote elaborado pelo governo, com novos cortes de gastos para combater o endividamento. As medidas incluem a demissão de funcionários públicos, o aumento de impostos e taxas, além da redução de gastos.

No pacote, há ainda a previsão de cortes de salários e benefícios para aposentados. A proposta será votada pelo Parlamento da Grécia ainda esta semana, segundo estimativa das autoridades. Para os  sindicatos, os cortes prejudicam a economia grega e intensificam os problemas com a dívida.

Greves anteriores paralisaram o país, com a suspensão dos serviços de transporte público, o fechamento de locais de turismo e o acúmulo de lixo pelas ruas. A economia da Grécia se sustenta principalmente no turismo. Porém, as revoltas constantes geradas pela instabilidade econômica têm afetado o setor.

A comunidade internacional cobra da Grécia reações para reduzir o déficit público – que ultrapassa em três vezes o valor permitido pela União Europeia – e para diminuir a dívida pública calculada em 350 bilhões de euros.  

A União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) avisaram que o governo da Grécia tem de promover reformas estruturais, uma exigência para a autorização do uso do fundo europeu de 110 bilhões de euros, que representa a principal forma de financiamento do Estado grego.”

(BBC Brasil e Agência Brasil)

Presidente da Federação Argentina de Rádios Comunitárias dá palestra na UFC

A Universidade Federal do Ceará recebe, no Centro de Humanidades 2, no auditório Rachel de Queiroz, mais uma atividade do Ciclo de Palestras Direito à Comunicação – A sociedade quer discutir a sua mídia. O tema dessa vez será “Por um amanhã que cante: o direito à comunicação na América Latina”. A realização é do Projeto Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social, uma organização que trabalha pela efetivação do direito humano à comunicação no Brasil desde 2002. A palestra é gratuita e aberta ao público. Não é necessário se inscrever.

O palestrante convidado desta sexta-feira, às 16 horas, é o presidente da Federação Argentina de Rádios Comunitárias, Néstor Busso, um dos articuladores da Coalizão por uma Radiodifusão Democrática. Nestor Busso irá compartilhar a experiência argentina de elaboração da chamada Ley de Medios, que regulamenta o setor de radiodifusão no país e traz apontamentos importantes, como a limitação à formação de monopólios e a abertura do setor às organizações não-governamentais, sindicatos, universidades e povos originários (indígenas da região que depois se tornou o país Argentina).

Também participará do debate, o jornalista Jonas Valente, mestre em Políticas de Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB) e integrante do Intervozes. Jonas Valente trará a experiência de quem integrou a Comissão Organizadora da I Conferência Nacional de Comunicação e abordará os desafios para a efetivação de um novo marco regulatório do setor das comunicações no Brasil.

No sábado, às 13 horas, no auditório da Associação dos Docentes da UFC (Adufc), também na Av. da Universidade, haverá uma aula com Jonas Valente sobre os sistemas de comunicação existentes em países de vários continentes, a exemplo dos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Alemanha e Japão. Este momento será limitado a um público de 50 pessoas.

Durante os dois momentos, haverá intérprete de sinais para que as informações cheguem àquelas pessoas com necessidades especiais. O evento também será transmitido ao vivo por meio do twitter.

(Com Intervozes)

Pai que não paga pensão tem nome publicado nos jornais argentinos

“Os argentinos encontraram uma alternativa à condenação judicial de pais separados que não pagam a pensão alimentícia: a condenação popular. Na Província de Mendoza, os jornais começaram a publicar, no domingo (16/10), os nomes de 291 pais que deixaram de pagar a pensão alimentícia por três meses consecutivos ou cinco meses alternados. As informações são do Clarín.com, Diario El Comercial e outras publicações argentinas.

A medida, inédita no país segundo o Clarín.com, resultou de um trabalho conjunto dos Três Poderes para combater o calote paterno. O Legislativo modificou a Lei 8.326, que já existia mas não era conhecida, o Judiciário entregou o registro dos devedores de pensão alimentícia ao Executivo que, por sua vez, tornou efetivo o “escrache” dos faltosos nas publicações locais.

Segundo a Wikipédia em espanhol, o “escrache é o nome dado na Argentina a um tipo de manifestação, em que um grupo de ativistas se dirige ao domicílio ou lugar de trabalho de alguém a quem se quer denunciar por diferentes motivos, de modo que se tornem conhecidos da opinião pública”, desde 1995. Ainda segundo a Wikipédia, a Academia Argentina de Letras reconhece a palavra no Dicionário Coloquial dos Argentinos como uma “denúncia popular contra as pessoas acusadas de violações de direitos humanos ou de corrupção, que se realizada mediante acampamentos, cânticos ou desenhos, em frente de seu domicílio particular ou em lugares públicos”.

O senador “radical”, segundo o Clarín.com, Sergio Bruni, que promoveu a reformação de uma lei antiga, disse que “a condenação social é mais potente e mais importante que a condenação judicial”. O ministro do governo, Félix González, reconheceu que a medida vai gerar polêmica. “Mas a intenção é mesmo provocar o debate social e fazer com que os pais assumam o compromisso” que têm com as crianças.

A lista será publicada uma vez por mês nos jornais de maior circulação da província. Mas as informações podem ser obtidas na internet a qualquer momento. Além de nomes completos, a lista traz o número do Documento Nacional de Identidade (DNI), o número do protocolo do caso na Justiça e o tribunal em que tramita a causa.

“Não se pretende castigar quem não pode pagar, mas queremos reduzir drasticamente o volume de nomes nesse registro”, afirmou o ministro. Para o Judiciário e governo argentinos, a medida deverá ter repercussão em pelo menos 60 mil lares. As autoridades acreditam que o “escrache” é um grande motivador à regularização dos pagamentos de pensão. A geração do registro é feita logo depois da abertura de um processo judicial contra um pai faltoso.

Diario El Comercial conta que a lei que dispõe sobre o registro de pais relapsos foi redescoberta por acaso pela Defensoria Pública. A procuradora Marisol Gonzales se esforçava para criar um grupo de ativistas para demandar a criação de um registro oficial de devedores de pensão alimentícia, quando descobriram, para a surpresa de todos, que a lei já existia. Ela só tinha de ser aplicada. A lei, por sinal, também impede os pais faltosos a se candidatarem a cargos públicos e a serem fornecedores do Estado.”

(Consultor Jurídico)

Missão da AJE que visita a Alemanha assistiu a uma palestra sobre legado da Copa 2006

A comitiva formada por parlamentares cearenses e representantes da Associação Jovens Empresários (AJE), em visita à Alemanha, assistiu, nesta segunda-feira, a uma palestra sobre o tema “Jurídica Esportiva”, no escritório de advocacia comporativa Noerr LLP, um dos mais conceituados da Europa. A exposição, segundo o deputado estadual Daniel Oliveira (PMDB), engajado ao grupo, serviu para mostrar o legado deixado pela Copa do Mundo de 2006 nesse País.

O Noerr LLP é responsável em representar, principalmente, os interesses de empresas alemãs com planos de investimentos em grandes eventos esportivos. O escritório teve participação em eventos, como os Jogos Olímpicos de Inverno e Jogos Paraolímpicos de Inverno de Sochi (Russia) de 2014, Jogos Olímpicos de Inverno de Munique (Alemanha) de 2018 e Copas do Mundo de 2002, 2006 e 2010, neste último tendo assistido à Federação Sul Africana de Futebol e Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2010.

O grupo cearense, segundo a assessoria de imprensa da AJE, também falou, na ocasião, sobre obras da Copa em Fortaleza e, em especial, sobre a reforma do Estádio Castelão, que deve ter etapa entregue no dai 11 de novembro próximo.

Hugo Chávez- Ex-médico diz que expectativa de vida do presidente pode chegar a até 2 anos

“O médico Salvador Navarrete, ex-integrante de uma equipe que cuidou da saúde de Hugo Chávez, afirmou à revista mexicana “Milenio” que o presidente venezuelano tem um tumor muito agressivo na pélvis, e sua expectativa de vida pode chegar a até dois anos.

“A informação que eu tenho da família é de que ele tem um sarcoma, um tumor de prognóstico muito ruim e estou quase certo de que essa é a realidade”, disse o médico venezuelano.

Navarrete afirma que integrou a equipe de três médicos venezuelanos que cuidou da saúde de Chávez durante alguns anos no Palácio de Miraflores, antes que ele fosse diagnosticado com câncer e começasse a ser atendido por médicos cubanos.

 Fernando Llano/Associated Press – 3.out.11 
 
Chávez afirma que seus últimos exames e tomografias “indicam que não há presença de células malignas”

“Quando digo que a previsão não é boa significa que a expectativa de vida pode ser de até dois anos. Isto explica a decisão de antecipar as eleições”, disse Navarrete à revista.

Sobre a razão de Chávez ter decidido se tratar com médicos cubanos, Naverrete disse: “na Venezuela o presidente Chávez não confia em ninguém, só nos cubanos”. De acordo com o médico, Chávez assumiu esta atitude depois do golpe de Estado contra ele.

Desde que revelou ter um câncer, em junho, a popularidade do presidente que esta há 13 anos no poder deu salto de dez pontos, alcançando cifra ao redor de 60%, de acordo com a maioria dos institutos de pesquisa.

Em setembro, Chávez anunciou que voltará a Cuba na segunda metade de outubro para se submeter a uma nova avaliação médica por conta do câncer diagnosticado em junho.

Segundo o mandatário, seus últimos exames de sangue e tomografias “indicam que não há presença de células malignas” em seu corpo e “que o tumor que estava alojado” já foi eliminado.”

(Folha.com)

Socialistas elegem Hollande para disputar a presidência da França

“François Hollande ganhou, neste domingo, as eleições primárias do Partido Socialista da França e se tornou o candidato que vai tentar vencer Nicolas Sarkozy em abril de 2012. A ordem é fazer com que um socialista volte ao Palácio do Eliseu pela primeira vez em 17 anos.

Com cerca de dois terços dos votos apurados, a vitória de Hollande, que concorria com Martine Aubry, foi retumbante, chegando a 56 por cento dos votos.”

(Com Agência)

Dilma precisa combater corrupção, diz jornal

81 2

“O jornal espanhol “El Pais” publicou neste domingo uma análise sobre Dilma Rousseff, na qual diz que a presidente – que na época em que foi eleita era vista por alguns como “criação” de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva – conseguiu se firmar como líder e agora “não resta nenhuma dúvida de quem manda no Brasil”.

No entanto, de acordo com o jornal, Dilma precisa continuar a combater a corrupção no Brasil, já que apesar de “a maioria aprovar os passos que ela dá nesse sentido, como combater os supersalários dos políticos”, sabe-se que uma “ampla reforma é necessária”. “Há um ano, Dilma Rousseff era um mistério, agora é a líder indiscutível do Brasil”, aponta o jornal.

“A presidente não atenuou sua imagem nem sua maneira de trabalhar, apesar dos que argumentavam que a sociedade brasileira valoriza o carisma e a proximidade de sus líderes. Dilma continua a ter gênio forte, exigir um trabalho extenuante de seus colaboradores, calá-los com apenas um olhar e rejeitar fotos em família”, acrescenta o “El Pais”.

“Em apenas dez meses, Dilma Rousseff introduziu muitas mudanças, algumas discretas, com seu habitual estilo sério e, às vezes, inclusive, carrancudo. Ninguém mais se lembra da noite de sua vitória eleitoral, quando toda a imprensa brasileira falava da ‘vitória de Lula’, ignorando a própria vencedora”, pondera ainda o jornal.”

(Folha.com)

Espanha tem nota de risco rebaixada

“A agência de classificação de risco Standard and Poor’s rebaixou a nota de risco de crédito da dívida de longo prazo da Espanha, citando ameaças à perspectiva de crescimento da economia e ao seu sistema bancário.

A agência menciona o alto desemprego no país, o aperto do crédito e o alto nível de endividamento do setor privado como razões para o rebaixamento de AA para AA-, com perspectiva negativa. Ao mesmo tempo, a SP reafirmou o rating de curto prazo da Espanha em A-1+, mas a perspectiva para os ratings continua negativa.”

(O Globo)