Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Ex-presos políticos do Ceará vão comemorar a libertação de palestinos

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=wGmq39yuRj4[/youtube]

Um almoço cearense-palestino ocorreráem Fortaleza nopróxio sábado, no restaurante Maria Bonita. O objetivo, segundo Mário Albuquerque, da Associação 64/68 Anistia, é comemorar a libertação de cerca de mil palestinos pelo governo de Israel.

* Sobre a libertação dos palestinos aqui.

Bolívia – Evo Morales enfrentará protesto gigante

“O presidente da Bolívia, Evo Morales, prepara-se para enfrentar uma das manifestações mais intensas já ocorridas no país. Indígenas de várias etnias e regiões dirigem-se a La Paz, uma das capitais do país. Eles protestam contra a construção de rodovia que vai cortar uma reserva natural. Morales avisou que pretende conversar com os manifestantes. No entanto, há pouco mais de 20 dias uma manifestação semelhante foi contida de forma violenta, gerando vítimas.

O ministro de Governo (o equivalente à Casa Civil) da Bolívia, Wilfredo Chávez, disse ontem (18)  que a polícia vai preservar a segurança dos indígenas. Chávez indica assim que não haverá violência. Chamando os manifestantes de “irmãos em marcha”, o ministro acrescentou que “todos os direitos serão preservados”.

Os manifestantes protestam contra a construção da estrada Villa Tunari 2-San Ignacio de Moxos, que corta uma das maiores reservas indígenas do país. Eles estão a pé e caminham em direção a La Paz. De acordo com autoridades, os manifestantes estão a menos de 40 quilômetros da capital. Há suporte médico, caso necessitem de socorro.

O ministro acrescentou que a disposição do governo é buscar o “diálogo e a boa fé” no relacionamento com os manifestantes. “O palácio [que é a sede do governo federal] está aberto para a recepção dos indígenas”, disse Chávez. Está prevista uma reunião dos líderes do movimento com o presidente Evo Morales.

Há cerca de 20 dias, um protesto semelhante pela mesma razão causou turbulências na política interna da Bolívia. Policiais usaram bombas de gás lacrimogêneo e força. Houve denúncias de violência e vítimas. Ministros pediram demissão dos cargos por divergirem das ordens oficiais em relação ao tratamento dos manifestantes.”

(Agência Brasil, com informações da agência pública de notícias da Bolívia, ABI)

Lula conversa na Espanha com candidatos socialistas

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está hoje (19) em Madri, na Espanha, onde faz palestra no seminário da Fundación Ideas para el Progreso, presidida pelo primeiro-ministro espanhol, José Luis Zapatero. A fundação promove uma série de debates políticos em Madri ao longo desta semana.

Ontem (18), Lula se reuniu com o candidato socialista à Presidência da França, François Hollande, que faz oposição ao governo do presidente Nicolas Sarkozy. Além de  Hollande, Lula conversou com o também candidato socialista da Espanha, Alfredo Perez Rubalcaba.

Na conversa com Hollande, que durou cerca de 40 minutos, as ideias progressistas para um governo socialista foram o tema predominante, segundo o francês. Hollande disse que ouviu conselhos do brasileiro sobre políticas sociais. A previsão é que Lula se reúna também com o ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown.”

(Agência Brasil, com informações da emissora pública de rádio RFI)

Trabalhadores gregos iniciam greve geral de 48 horas

“Trabalhadores de várias categorias profissionais na Grécia começaram hoje (19) uma greve geral de 48 horas. Os primeiros a aderir à paralisação foram os jornalistas. O protesto é uma reação ao pacote elaborado pelo governo, com novos cortes de gastos para combater o endividamento. As medidas incluem a demissão de funcionários públicos, o aumento de impostos e taxas, além da redução de gastos.

No pacote, há ainda a previsão de cortes de salários e benefícios para aposentados. A proposta será votada pelo Parlamento da Grécia ainda esta semana, segundo estimativa das autoridades. Para os  sindicatos, os cortes prejudicam a economia grega e intensificam os problemas com a dívida.

Greves anteriores paralisaram o país, com a suspensão dos serviços de transporte público, o fechamento de locais de turismo e o acúmulo de lixo pelas ruas. A economia da Grécia se sustenta principalmente no turismo. Porém, as revoltas constantes geradas pela instabilidade econômica têm afetado o setor.

A comunidade internacional cobra da Grécia reações para reduzir o déficit público – que ultrapassa em três vezes o valor permitido pela União Europeia – e para diminuir a dívida pública calculada em 350 bilhões de euros.  

A União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) avisaram que o governo da Grécia tem de promover reformas estruturais, uma exigência para a autorização do uso do fundo europeu de 110 bilhões de euros, que representa a principal forma de financiamento do Estado grego.”

(BBC Brasil e Agência Brasil)

Presidente da Federação Argentina de Rádios Comunitárias dá palestra na UFC

A Universidade Federal do Ceará recebe, no Centro de Humanidades 2, no auditório Rachel de Queiroz, mais uma atividade do Ciclo de Palestras Direito à Comunicação – A sociedade quer discutir a sua mídia. O tema dessa vez será “Por um amanhã que cante: o direito à comunicação na América Latina”. A realização é do Projeto Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social, uma organização que trabalha pela efetivação do direito humano à comunicação no Brasil desde 2002. A palestra é gratuita e aberta ao público. Não é necessário se inscrever.

O palestrante convidado desta sexta-feira, às 16 horas, é o presidente da Federação Argentina de Rádios Comunitárias, Néstor Busso, um dos articuladores da Coalizão por uma Radiodifusão Democrática. Nestor Busso irá compartilhar a experiência argentina de elaboração da chamada Ley de Medios, que regulamenta o setor de radiodifusão no país e traz apontamentos importantes, como a limitação à formação de monopólios e a abertura do setor às organizações não-governamentais, sindicatos, universidades e povos originários (indígenas da região que depois se tornou o país Argentina).

Também participará do debate, o jornalista Jonas Valente, mestre em Políticas de Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB) e integrante do Intervozes. Jonas Valente trará a experiência de quem integrou a Comissão Organizadora da I Conferência Nacional de Comunicação e abordará os desafios para a efetivação de um novo marco regulatório do setor das comunicações no Brasil.

No sábado, às 13 horas, no auditório da Associação dos Docentes da UFC (Adufc), também na Av. da Universidade, haverá uma aula com Jonas Valente sobre os sistemas de comunicação existentes em países de vários continentes, a exemplo dos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Alemanha e Japão. Este momento será limitado a um público de 50 pessoas.

Durante os dois momentos, haverá intérprete de sinais para que as informações cheguem àquelas pessoas com necessidades especiais. O evento também será transmitido ao vivo por meio do twitter.

(Com Intervozes)

Pai que não paga pensão tem nome publicado nos jornais argentinos

“Os argentinos encontraram uma alternativa à condenação judicial de pais separados que não pagam a pensão alimentícia: a condenação popular. Na Província de Mendoza, os jornais começaram a publicar, no domingo (16/10), os nomes de 291 pais que deixaram de pagar a pensão alimentícia por três meses consecutivos ou cinco meses alternados. As informações são do Clarín.com, Diario El Comercial e outras publicações argentinas.

A medida, inédita no país segundo o Clarín.com, resultou de um trabalho conjunto dos Três Poderes para combater o calote paterno. O Legislativo modificou a Lei 8.326, que já existia mas não era conhecida, o Judiciário entregou o registro dos devedores de pensão alimentícia ao Executivo que, por sua vez, tornou efetivo o “escrache” dos faltosos nas publicações locais.

Segundo a Wikipédia em espanhol, o “escrache é o nome dado na Argentina a um tipo de manifestação, em que um grupo de ativistas se dirige ao domicílio ou lugar de trabalho de alguém a quem se quer denunciar por diferentes motivos, de modo que se tornem conhecidos da opinião pública”, desde 1995. Ainda segundo a Wikipédia, a Academia Argentina de Letras reconhece a palavra no Dicionário Coloquial dos Argentinos como uma “denúncia popular contra as pessoas acusadas de violações de direitos humanos ou de corrupção, que se realizada mediante acampamentos, cânticos ou desenhos, em frente de seu domicílio particular ou em lugares públicos”.

O senador “radical”, segundo o Clarín.com, Sergio Bruni, que promoveu a reformação de uma lei antiga, disse que “a condenação social é mais potente e mais importante que a condenação judicial”. O ministro do governo, Félix González, reconheceu que a medida vai gerar polêmica. “Mas a intenção é mesmo provocar o debate social e fazer com que os pais assumam o compromisso” que têm com as crianças.

A lista será publicada uma vez por mês nos jornais de maior circulação da província. Mas as informações podem ser obtidas na internet a qualquer momento. Além de nomes completos, a lista traz o número do Documento Nacional de Identidade (DNI), o número do protocolo do caso na Justiça e o tribunal em que tramita a causa.

“Não se pretende castigar quem não pode pagar, mas queremos reduzir drasticamente o volume de nomes nesse registro”, afirmou o ministro. Para o Judiciário e governo argentinos, a medida deverá ter repercussão em pelo menos 60 mil lares. As autoridades acreditam que o “escrache” é um grande motivador à regularização dos pagamentos de pensão. A geração do registro é feita logo depois da abertura de um processo judicial contra um pai faltoso.

Diario El Comercial conta que a lei que dispõe sobre o registro de pais relapsos foi redescoberta por acaso pela Defensoria Pública. A procuradora Marisol Gonzales se esforçava para criar um grupo de ativistas para demandar a criação de um registro oficial de devedores de pensão alimentícia, quando descobriram, para a surpresa de todos, que a lei já existia. Ela só tinha de ser aplicada. A lei, por sinal, também impede os pais faltosos a se candidatarem a cargos públicos e a serem fornecedores do Estado.”

(Consultor Jurídico)

Missão da AJE que visita a Alemanha assistiu a uma palestra sobre legado da Copa 2006

A comitiva formada por parlamentares cearenses e representantes da Associação Jovens Empresários (AJE), em visita à Alemanha, assistiu, nesta segunda-feira, a uma palestra sobre o tema “Jurídica Esportiva”, no escritório de advocacia comporativa Noerr LLP, um dos mais conceituados da Europa. A exposição, segundo o deputado estadual Daniel Oliveira (PMDB), engajado ao grupo, serviu para mostrar o legado deixado pela Copa do Mundo de 2006 nesse País.

O Noerr LLP é responsável em representar, principalmente, os interesses de empresas alemãs com planos de investimentos em grandes eventos esportivos. O escritório teve participação em eventos, como os Jogos Olímpicos de Inverno e Jogos Paraolímpicos de Inverno de Sochi (Russia) de 2014, Jogos Olímpicos de Inverno de Munique (Alemanha) de 2018 e Copas do Mundo de 2002, 2006 e 2010, neste último tendo assistido à Federação Sul Africana de Futebol e Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2010.

O grupo cearense, segundo a assessoria de imprensa da AJE, também falou, na ocasião, sobre obras da Copa em Fortaleza e, em especial, sobre a reforma do Estádio Castelão, que deve ter etapa entregue no dai 11 de novembro próximo.

Hugo Chávez- Ex-médico diz que expectativa de vida do presidente pode chegar a até 2 anos

“O médico Salvador Navarrete, ex-integrante de uma equipe que cuidou da saúde de Hugo Chávez, afirmou à revista mexicana “Milenio” que o presidente venezuelano tem um tumor muito agressivo na pélvis, e sua expectativa de vida pode chegar a até dois anos.

“A informação que eu tenho da família é de que ele tem um sarcoma, um tumor de prognóstico muito ruim e estou quase certo de que essa é a realidade”, disse o médico venezuelano.

Navarrete afirma que integrou a equipe de três médicos venezuelanos que cuidou da saúde de Chávez durante alguns anos no Palácio de Miraflores, antes que ele fosse diagnosticado com câncer e começasse a ser atendido por médicos cubanos.

 Fernando Llano/Associated Press – 3.out.11 
 
Chávez afirma que seus últimos exames e tomografias “indicam que não há presença de células malignas”

“Quando digo que a previsão não é boa significa que a expectativa de vida pode ser de até dois anos. Isto explica a decisão de antecipar as eleições”, disse Navarrete à revista.

Sobre a razão de Chávez ter decidido se tratar com médicos cubanos, Naverrete disse: “na Venezuela o presidente Chávez não confia em ninguém, só nos cubanos”. De acordo com o médico, Chávez assumiu esta atitude depois do golpe de Estado contra ele.

Desde que revelou ter um câncer, em junho, a popularidade do presidente que esta há 13 anos no poder deu salto de dez pontos, alcançando cifra ao redor de 60%, de acordo com a maioria dos institutos de pesquisa.

Em setembro, Chávez anunciou que voltará a Cuba na segunda metade de outubro para se submeter a uma nova avaliação médica por conta do câncer diagnosticado em junho.

Segundo o mandatário, seus últimos exames de sangue e tomografias “indicam que não há presença de células malignas” em seu corpo e “que o tumor que estava alojado” já foi eliminado.”

(Folha.com)

Socialistas elegem Hollande para disputar a presidência da França

“François Hollande ganhou, neste domingo, as eleições primárias do Partido Socialista da França e se tornou o candidato que vai tentar vencer Nicolas Sarkozy em abril de 2012. A ordem é fazer com que um socialista volte ao Palácio do Eliseu pela primeira vez em 17 anos.

Com cerca de dois terços dos votos apurados, a vitória de Hollande, que concorria com Martine Aubry, foi retumbante, chegando a 56 por cento dos votos.”

(Com Agência)

Dilma precisa combater corrupção, diz jornal

129 2

“O jornal espanhol “El Pais” publicou neste domingo uma análise sobre Dilma Rousseff, na qual diz que a presidente – que na época em que foi eleita era vista por alguns como “criação” de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva – conseguiu se firmar como líder e agora “não resta nenhuma dúvida de quem manda no Brasil”.

No entanto, de acordo com o jornal, Dilma precisa continuar a combater a corrupção no Brasil, já que apesar de “a maioria aprovar os passos que ela dá nesse sentido, como combater os supersalários dos políticos”, sabe-se que uma “ampla reforma é necessária”. “Há um ano, Dilma Rousseff era um mistério, agora é a líder indiscutível do Brasil”, aponta o jornal.

“A presidente não atenuou sua imagem nem sua maneira de trabalhar, apesar dos que argumentavam que a sociedade brasileira valoriza o carisma e a proximidade de sus líderes. Dilma continua a ter gênio forte, exigir um trabalho extenuante de seus colaboradores, calá-los com apenas um olhar e rejeitar fotos em família”, acrescenta o “El Pais”.

“Em apenas dez meses, Dilma Rousseff introduziu muitas mudanças, algumas discretas, com seu habitual estilo sério e, às vezes, inclusive, carrancudo. Ninguém mais se lembra da noite de sua vitória eleitoral, quando toda a imprensa brasileira falava da ‘vitória de Lula’, ignorando a própria vencedora”, pondera ainda o jornal.”

(Folha.com)

Espanha tem nota de risco rebaixada

“A agência de classificação de risco Standard and Poor’s rebaixou a nota de risco de crédito da dívida de longo prazo da Espanha, citando ameaças à perspectiva de crescimento da economia e ao seu sistema bancário.

A agência menciona o alto desemprego no país, o aperto do crédito e o alto nível de endividamento do setor privado como razões para o rebaixamento de AA para AA-, com perspectiva negativa. Ao mesmo tempo, a SP reafirmou o rating de curto prazo da Espanha em A-1+, mas a perspectiva para os ratings continua negativa.”

(O Globo)

Londrinos marcam para sábado protesto contra crise

“Inspirados no movimento nova-iorquino, ativistas começam a ocupar a área em frente à Bolsa de Valores de Londres, a City, onde pretendem fazer uma grande manifestação no próximo sábado. Cerca de quatro mil pessoas já assinalaram sua intenção de participar do protesto, marcado para o meio-dia de Londres.

Kai Wargalla, uma das organizadoras do Ocupem a Bolsa de Londres, afirmou numa entrevista por telefone à Bloomberg News, que a manifestação será pacífica. O porta-voz da Bolsa de Londres, Tom Gilbert, disse que a instituição está ciente do protesto, mas não quis fazer qualquer outro comentário.

– Estamos protestando contra injustiças financeiras e sociais – disse Kai, uma estudante que não quis dar mais detalhes sobre si. – Se você olha para o setor financeiro e o sistema político e regulatório, percebe que eles não funcionam para nós, as pessoas comuns.”

(Globo)

Comissão Europeia defende novas medidas de austeridade para conter crise

“A Comissão Europeia defendeu hoje (10) a adoção de mais medidas de austeridade em alguns dos 17 países que integram a chamada zona do euro. A comissão concluiu que apenas com severidade será possível combater os efeitos da crise econômica mundial. A estimativa da Comissão Europeia é que a dívida dos países da zona do euro ultrapasse mais de 100% do Produto Interno Bruto (PIB).

No relatório trimestral do Conselho Executivo da Comissão Europeia, divulgado hoje, há um alerta sobre a necessidade de inverter a tendência de crescimento da dívida dos países da zona do euro e de assegurar a sustentabilidade das finanças públicas. Para isso, o recomendado é adotar medidas sólidas e permanentes. O documento ressalta ainda que a população europeia está envelhecendo, o que aumenta as despesas com os sistemas de segurança social e de pensões.

Segundo o relatório, é necessário fazer uma correção de longo prazo para que a dívida dos 17 países da zona euro seja sustentável. Pelo Pacto de Estabilidade e Crescimento da União Europeia, há um limite de endividamento público de 60% do PIB, mas a maioria dos países tende a ultrapassar o percentual e elevar o déficit em mais 3% do PIB. Ao mesmo tempo, a Comissão Europeia informou ter “grandes esperanças” de que o Parlamento da Eslováquia aprove hoje a ampliação do Fundo Europeu de Estabilização Financeira. Atualmente recursos do fundo são usados para ajudar Portugal e Irlanda.

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, disse que as expetativas são positivas. Apenas a Eslováquia, entre os 17 países da zona do euro, não ratificou a ampliação do fundo. Pelo texto aprovado, o fundo vai dispor de 440 bilhões de euros. As discussões ocorrem no momento em que o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, prometeram adotar medidas para proteger os bancos europeus da crise.

Os mercados esperam agora que medidas mais amplas para a solução definitiva da crise sejam anunciadas durante a reunião anual de cúpula do G20 (que reúne as 20 maiores economias do mundo), nos dias 3 e 4, em Cannes, na França. A presidenta Dilma Rousseff confirmou que participará dos debates na França.”

(Agência Lusa e BBC  Brasil)

Colômbia – Ação militar mata 11 guerrilheiros das Farc

“O ministro de Defesa colombiano, Juan Carlos Pinzón, informou que pelo menos 11 guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) foram mortos durante um bombardeamento militar em um acampamento em Santander, no Noroeste do país. Pinzón disse ainda que foram apreendidos sete foguetes, três morteiros e três granadas.

A operação militar contra as Farc ocorreu no município de Sardinata, na fronteira com a Venezuela. O comandante da Polícia Antinarcóticos, o general Luis Carlos Pérez, disse que a ação contou com a ajuda da Polícia Nacional, do Exército e da Força Aérea. A operação envolveu 150 homens com o apoio de 15 aeronaves.

De acordo com Pérez, na ação, dois policiais ficaram feridos e duas aeronaves foram atingidas pelos guerrilheiros. Antes do ataque militar ao acampamento das Farc, os guerrilheiros organizaram uma emboscada em uma estrada no Sudoeste do país, que resultou na morte de sete soldados.

No último dia 8, o governo do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, intensificou a campanha contra as Farc. Na tentativa de capturar cinco líderes da guerrilha, o governo ofereceu US$ 1,9 milhão por informações seguras sobre o paradeiro de um grupo de cinco homens apontados como líderes do movimento.”

(Agência Lusa/Agência Brasil)

Vice-presidente do BID visita a Embrapa

A vice-presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Julie T. Katzman, está visitando o Ceará.

Nesta terça-feira, às 9 horas, ela, com comitiva, estará na sede da Embrapa Agroindústria Tropical (Campus do Pici), onde conhecerá resultados do Pro-Eta.

Trata-de um programa bancado pelo BID e que aposta no desenvolvimento de novas empresas no campo tecnológico.

Presidente do BID participará do Congresso Mundial do Turismo em Fortaleza

“O presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, confirmou ontem presença no Congresso Mundial de Turismo que ocorrerá em Fortaleza nos dias 28 e 29 de novembro, no Centro de Convenções.

A informação é do secretário estadual do Turismo, Bismarck Maia, adiantando que o evento congregará gestores de vários países de vários segmentos do setor: do turismo de negócios ao turismo ecológico e religioso.  Membros da Organização Mundial do Turismo (OMT) também estarão no congresso que ainda apresentará cases de sucesso e discutirá Copa do Mundo.

“Um seleto grupo de técnicos virá para esse encontro”, acentua Bismark, não escondendo certa ponta de frustração: queria que o Parque de Feiras, ainda em obras, fosse local do evento.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Combate à pobreza – Brasil lidera pela terceira vez ranking

“O Brasil lidera pela terceira vez o levantamento da organização não governamental ActionAid que lista os países que mais combatem a fome. No levantamento divulgado nesta segunda-feira (10), o anúncio de mais investimentos para a agricultura familiar levou o Brasil ao topo do ranking. Malauí, Ruanda, Etiópia e Tanzânia completam as cinco primeiras posições.

O relatório lista resultados do Programa Fome Zero, que levou à redução da desnutrição infantil em 73% entre 2003 e 2008, e elogia a inclusão do direito à alimentação na Constituição Federal em fevereiro de 2010. A iniciativa mais recente do país no combate à insegurança alimentar, segundo a ONG, foi o anúncio de R$ 16 bilhões para o Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/2012, para investimentos na produção de alimentos, geração de renda no campo e organização econômica de agricultores familiares, assentados da reforma agrária e povos e comunidades tradicionais.

Apesar dos bons resultados, segundo a ActionAid, o Brasil precisa avançar na distribuição de terras, uma das mais desiguais do mundo. De acordo com o relatório, 56% da terra agricultável está nas mãos de 3,5% dos proprietários rurais. Os 40% mais pobres têm apenas 1% dessas terras.”

(R7.com)

Japão – Terremoto de 5,6 graus atinge região da usina de Fukushima

“As regiões Nordeste e Norte do Japão foram atingidas hoje (10) por um terremoto de 5,6 graus na escala  Richter. O epicentro foi na região de Fukushima – a mesma que, em 11 de março, foi afetada por um terremoto seguido por tsunami, que gerou acidentes radioativos na Usina Nuclear de Fukushima Daiichi.

Até hoje o governo japonês lida com as consequências dos tremores de março e dos vazamentos e explosões radioativos. Os efeitos do terrremoto foram percebidos principalmente na província de Miyagi. De acordo com as autoridades, não foram registados danos graves na infraestrutura e nem interrupções nos sistemas de transporte público.

Os tremores de terra no Japão são constantes. Desde março, porém, a população stá em alerta por causa do terremoto de março, de 8,9 graus na escala Richter, considerado o sétimo tremor mais intenso na história do país, seguido por tsunami. A situação se agravou com as explosões radioativas.

Cidades inteiras em volta da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi foram esvaziadas. As pessoas ainda vivem em abrigos provisórios à espera de autorização para voltar às suas casas. As autoridades japonesas proibiram a produção e o consumo de alimentos da região.”

(Agência Brasil)