Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Secretário do Pontifício para Leigos do Vaticano visita a Comunidade Shalom de Fortaleza

59 1

O monsenhor Josef Clemens, secretário do pontifício conselho para os leigos, que assiste ao Sumo Pontífice, o papa Bento XVI, em todas as questões relacionadas aos fiéis leigos em todo o mundo, visita Fortaleza. Ele conhece o trabalho da Comunidade Católica Shalom, em Fortaleza, hoje uma associação internacional de fieis reconhecida pelo Vaticano.

O bispo já visitou a sede do governo da Comunidade localizada em Aquiraz e celebrou no Centro de Evangelização Shalom da Paz, situado à Rua Maria Tomásia, 72, Aldeota. Ele támbém assistiu ao espetáculo musical “Risposta”, que já foi apresentado em Roma. O musical conta a história do Shalom, que nasceu em 1982 como uma lanchonete, até sua explosão missionária no Brasil e no mundo.

Dom Josef Clemens é amigo pessoal do papa Bento XVI e foi por vinte anos seu secretário enquanto era cardeal e Presidente da Congregação para Doutrina da Fé. Hoje, desempenha papel importante no acompanhamento das Novas Comunidades e Movimentos Eclesiais.

França enfrenta greve geral

“A França enfrenta hoje uma nova greve geral convocada pelos sindicatos em protesto contra a reforma do sistema previdenciário, que, entre outras medidas, eleva a idade mínima da aposentadoria de 60 para 62 anos.

A votação do projeto no Senado foi adiada para quinta-feira, para a análise de 500 emendas. Mas o presidente Nicolas Sarkozy já avisou que não vai recuar porque a reforma é essencial.

O país enfrentou ontem bloqueios e “operações escargot” de caminhoneiros, greve de ferroviários e manifestações de estudantes do nível médio – que resultaram em 290 prisões por confrontos com a polícia.

– Esperamos ser ouvidos pelo governo. Sabemos que uma reforma é necessária, mas queremos um plano mais equilibrado – afirmou Mohammed Touis, da central sindical CFDT.

O site do jornal “Le Figaro” estima que mais de 2.500 postos estejam sem combustível.

De acordo com Alexandre de Benoist, delegado-geral da União dos Importadores Independentes de Petróleo (UIP), que administra cerca de 4.800 postos, entre mil e 1.500 estariam “quase ou totalmente a seco”.

Na rede Total, eram 650 de um total de 4 mil. Já os distribuidores independentes calculavam mil de 3.500 postos sem combustível.”

(Com Agências)

Resgate dos mineiros – Excessos da imprensa no Chile são criticados

“A presença de mais de 1.300 jornalistas para a cobertura, passo a passo, minuto a minuto, do resgate dos mineiros no Chile gerou ampla repercussão nos centros internacionais de mídia.
Artigos em fóruns de mídia independentes e sites de universidades ao redor do mundo questionavam a cobertura exagerada de um evento de relevância discutível. “Mandar seis fulanos da Reuters não teria sido suficiente?”, perguntava um usuário numa discussão acalorada no Twitter.

A mesma pergunta estava, sob outra forma, na frase do professor da Universidade de Nova York Jay Rosen. “É uma boa história, mas [a presença de] 1.300 jornalistas corresponde à realidade?”
A “realidade” é a do investimento maciço de recursos numa cobertura pontual, numa época marcada pela verba cada vez mais enxuta para grandes coberturas internacionais e correspondentes estrangeiros.

Artigos publicados no “Guardian” e no “New York Times” da semana passada relatavam o impacto da cobertura do resgate dos mineiros sobre o orçamento da rede britânica BBC. Segundo um relatório da empresa, a operação custou mais de 100 mil libras, que não estavam previstas no orçamento original do período.

A consequência? A redução de outras operações de cobertura -o encontro climático, em Cancún (México), em novembro, e a próxima reunião do G20. O exagero na cobertura em San José também mobilizou o professor da Universidade Lehigh (EUA) Jeremy Littau.

“Essa história me deprime”, escreveu em seu blog, mencionando a ” insanidade das escolhas midiáticas atuais, preocupadas apenas com a audiência”. Ele lembrou ainda que o terremoto no Chile, há poucos meses, esteve longe de atrair tamanho interesse. “Mil e trezentos jornalistas! Imagina o que poderíamos fazer com isso? Por que cada canal de TV precisa ter sua própria câmera e seu próprio repórter na era do satélite? O que vejo é uma indústria desperdiçando recursos financeiros e humanos.”

Na Itália, o jornalista e professor da Universidade de Macerata Gennaro Carotenuto comparou o resgate a um reality show -feito pela e para a mídia. Para ele, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, programou a libertação dos mineiros “de acordo com os horários de máxima audiência televisiva”.”

(Folha Online)

Mineiros volta ao local do drama, assistem a uma missa e colegas reclamam de atraso salarial

“Treze dos 33 mineiros resgatados na semana passada de uma mina no Chile, a 622 metros de profundidade, participaram hoje (17) de uma missa no Acampamento Esperança, para lembrar os 70 dias que durou o drama, no local onde ficaram concentradas as famílias enquanto aguardavam a operação de salvamento.

De acordo com a agência de notícias argentina Telam, a volta dos mineiros ao acampamento foi acompanhada por uma multidão de curiosos e por trabalhadores que exigiam melhores salários. Os carabineiros (polícia chilena) tiveram que fazer a proteção dos mineiros, devido ao grande número de pessoas, incluindo jornalistas, que foram à Mina San José para a cerimônia.

Ao mesmo tempo em que se realizava a missa, um grupo de trabalhadores da empresa San Esteban, responsável pela mina, exigia pagamentos atrasados. Eles levavam cartazes que diziam “San Esteban, não somos 33, somos 300” e “70 dias sem dinheiro e sem trabalho. Não nos roubem”. Os trabalhadores ameaçaram ocupar o acampamento se não houver uma solução para o problema.

A empresa San Esteban está envolvida num processo judicial em que poderá arrendar seus ativos para outra mineradora com maior capacidade financeira ou entrar em falência. Além disso, precisa  pagar os salários atrasados de mais de 300 trabalhadores que estão sem trabalho depois que foram canceladas as operações da mina, devido ao acidente que deixou os 33 mineiros soterrados até o resgate na semana passada.”

(Agência Brasil)

Todos os 33 mineiros resgatados

“Após 22 horas e 30 minutos de descidas e subidas da cápsula “Fênix”, o topógrafo Luis Urzúa foi último trabalhador a deixar a mina de San José, após 69 dias de isolamento a cerca de 700 metros de profundidade. Ele foi retirado por volta das 22h desta quarta-feira (13). Em pouco mais de 25 horas no total, os seis socorristas enviados para ajudar os mineiros também foram içados de volta à superfície.

No momento do acidente, Urzúa era o chefe de turno, e manteve um papel de liderança dentro da galeria. Ele foi o autor dos planos de organização do refúgio, levou o grupo para uma região menos úmida e organizou o sistema de racionamento de alimento nos primeiros dias.

O resgate de Urzúa –que ficou por último por ser o líder do grupo– encerra com sucesso dois meses de operações organizadas pelo governo do Chile para salvar a vida dos 33 mineiros.”

(Portal Uol)

Vinte mineiros já foram resgatados

“O minerador Darío Segóvia, 48, foi resgatado por volta das 16h desta quarta-feira (13), na região do deserto do Atacama, no Chile, depois de mais de dois meses preso a cerca de 700 metros de profundidade. Segóvia — que é chamado de “El Capacho” — tem 13 irmãos e seis filhos. Estava contratado pela mina San José havia cerca de três meses quando aconteceu o acidente, mas começou a trabalhar com mineração cedo, aos 8 anos de idade, com o seu pai — que era minerador e também sobreviveu a uma semana preso em uma mina.

Antes dele, foram resgatados outros 19 mineiros, em uma sequência de subidas e descidas da cápsula “Fênix” que começou na noite desta terça-feira (12). Faltam agora 13 trabalhadores, que ainda estão na mina.”

(POrtal Uol)

Presidente do Chile resgata popularidade

“E não são apenas os mineiros que estão sendo regatados no Chile. A “salvação” também chegou ao presidente Sebastián Piñera antes soterrado nos índices de popularidade no País. Após o acidente e a descoberta de que todos os trabalhadores estavam vivos, a popularidade dele começou a crescer. Segundo um levantamento de uma empresa de consultoria chilena, a popularidade de Piñera cresceu 11 pontos percentuais, atingindo 56%.

Do dia da posse do presidente, 11 de março, até o mês passado, a popularidade de Piñera havia caído de 52% para 46%. Nesse período, analistas acreditam que a imagem dele sofreu com as críticas à reação do governo ao terremoto do dia 27 de fevereiro.”

(Com Agências)

Nono mineiro é resgatado no Chile

Por volta das 8 horas desta quarta-feira, Mario Gómez, 63, foi o nono mineiro a ser resgatado da mina San José, no norte do Chile. Ele, que é o mais velho do grupo, e outros 32 trabalhadores ficaram soterrados por 69 dias a 700 metros de profundidade após um desabamento na mina.

O oitavo mineiro retirado foi Claudio Yáñez, 34, que trabalha como operador de broca. Ele foi resgatado por volta das 7h. O sétimo mineiro foi salvo por volta das 6h20. José Ojeda, 46, trabalha como perfurador. O sexto mineiro trazido à superfície foi o operário Osmán Araya, 30, que saiu por volta das 5h35. O quinto a ser resgatado foi Jimmy Sánchez, 19. Aparentemente debilitado, ele saiu da mina por volta das 4h10.

  • Ariel Marinkovic/AFPParentes dos 33 mineiros soterrados comemoram quando a perfuradora deixa o local das operações de resgate após concluir o revestimento do túnel.
  • (Portal Uol)

Oitavo mineiro é resgatado no Chile

“O oitavo mineiro retirado da Mina San José, no Chile, foi Claudio Yáñez, 34, que trabalha como operador de broca. Ele foi resgatado por volta das 7h, após ficar preso por 69 dias a cerca de 700 metros de profundidade, junto com outros 32 mineiros, após um desabamento na mina.

O sétimo mineiro foi salvo por volta das 6h20. José Ojeda, 46,trabalha como perfurador. O sexto mineiro trazido à superfície foi o operário Osmán Araya, 30, que saiu por volta das 5h35. O quinto a ser resgatado foi Jimmy Sánchez, 19. Aparentemente debilitado, ele saiu da mina por volta das 4h10.

O boliviano Carlos Mamani, 23, foi o quarto a chegar na superfície. Por volta das 3h da madrugada, o clima no acampamento Esperanza era de calmaria. Passada a euforia pelo resgate dos três primeiros mineiros, a saída de Mamani foi recebida ainda com aplausos, mas com menos entusiasmo. O presidente boliviano, Evo Morales, que havia prometido estar presente no resgate, ainda não apareceu na Mina San José nesta madrugada.

O terceiro resgatado da mina foi Juan Illanes, 52. O segundo foi Mario Sepulveda, 40. Ele trouxe consigo uma sacola cheia de pedras da mina onde esteve preso. Eufórico, Sepulveda surpreendeu ao sair da cápsula e distribuir pedras da mina San José como presentes e lembranças para funcionários envolvidos no resgate. O mineiro também abraçou fortemente o presidente Sebastián Piñera.

O primeiro operário a sair da mina foi Florencio Ávalos, 31.

Centenas de pessoas se aglomeraram em volta do telão no acampamento “Esperanza” para comemorar a saída do mineiro. Balões, gritos de guerra e muita euforia celebraram o sucesso do primeiro resgate.

Muito havia se especulado sobre a ordem de saída dos trabalhadores, confirmada apenas a poucas horas do início do resgate pelo presidente do Chile, Sebástian Piñera, que estava presente na mina no momento da saída do primeiro soterrado.

O resgate dos mineiros foi marcado pela comoção que gerou em todo o mundo — a imprensa de todo o planeta baixou na mina nos últimos dias, além de empresas, como a Nasa, que enviaram técnicos para ajudar nos trabalhos.

A rapidez dos trabalhos também chamou a atenção. Inicialmente, o governo chileno havia previsto a conclusão dos trabalhos para o Natal, no final de dezembro. Mas os trabalhos para perfurar o solo e abrir caminho para a cápsula Fênix se adiantaram e, pouco mais de dois meses depois, os mineiros puderam finalmente reencontrar suas famílias.

Nos dois dias que a reportagem do UOL Notícias acompanhou o resgate dos mineiros, também chamou a atenção a organização da estrutura em torno da mina San José. O acampamento, que, em agosto, era apenas um amontoado de barracas, tornou-se uma minicidade, em que é possível encontrar desde pronto socorro a internet WiFi e banheiros com ducha.

Agora, os mineiros estão sendo levados para o hospital de Copiapó, onde devem permanecer por 48 horas sob cuidados médicos.”

(Portal Uol)

Resgate de mineiros chilenes começa nas primeiras horas desta quarta-feira

“O resgate dos mineradores presos no norte do Chile começará à zero hora de quarta-feira (no horário de Brasília), anunciou hoje o ministro de Mineração do país, Laurence Golborne. O ministro divulgou a informação após expressar sua satisfação com os resultados dos preparativos que precedem a evacuação dos 33 trabalhadores que permanecem desde 5 de agosto presos a 700 metros de profundidade na mina San José, na região do deserto do Atacama.

A expectativa em todo o país pela lista com a ordem de saída dos 33 soterrados é grande – é como se os brasileiros estivessem esperando a lista dos 22 convocados para a seleção em véspera de Copa do Mundo.

Nos jornais e TVs locais, não falta especulação. Alguns jornais já informaram que os quatro primeiros mineiros já estariam confirmados, e que um deles seria o boliviano. Outro jornal informou que já se sabia quais seriam os quatro últimos resgatados, dando o nome do líder dos mineiros, Urzúa, certo como o último a deixar o local.

Todos os boatos foram desmentidos por Golborne em coletiva de imprensa hoje no acampamento. O ministro confirmou apenas que foi decidido que descerão quatro pessoas inicialmente para ajudar no resgate: dois enfermeiros e dois mineiros. “Nomes são mera especulação”, reafirmou. O dia de hoje também foi marcado pela saída da perfuradora T-130 da mina. A perfuradora encerrou os trabalhos e, na saída, foi saudada com gritos e aplausos.”

(Portal Uo)

Gente de Mídia fala do Blog Viniblues

Olha só o que o querido jornalista Nonato Albuquerque escreveu em seu Blog Gente de Mídia, nesta sexta-feira, sobre o blog do meu filho, Vinícius França, “Viniblues”:

Uhu! Filho de peixe… nada igualzinho ao pai. Veja o caso de Vinicius Lima. O Eliomar [ pai ] navega pela blogosfera com a naturalidade de um golfinho. O filho, idem. Eliomar , aliás, tinha me falado há uma semana atrás do ViniBlues blog. Era ver um coruja-pai anunciando o produto. E eu fiquei de acessá-lo. Demorei. Mas de hoje, não passou. E, sabe o q + eu gostei?

O blog é super-interessante. Linguagem jovem – por isso, ando maneirando a dica por aqui, para o bom Vini saber que ele é do bem-bom. Seu recado vai bater firme no da galera interessada em som e em assuntos da idade dele. Para jovens, sim. Mas, nem por isso, o ‘tio 60tão aqui’ vai deixar de visitá-lo. Principalmente, porque o menino destila talento. Tal Eliomar-pai, tal Vincius-filho.

——————–

VAMOS NÓS – A gente agradece com o orgulho desse nosso filho nas alturas. Um adolescente de 12 anos, que escreve com estilo, fala inglês como ninguém, aprecia música pop e outras variações e quer aprender a tocar violão e guitarra. Não é á toa que esse quase cinquentão anda remoçando. Obrigado, Albuquerque.

Mineiros chilenos podem ser resgatados neste fim de semana

“Os 33 trabalhadores presos desde 5 de agosto em uma mina no Chile poderão ser resgatados no próximo fim de semana. De acordo com as autoridades, faltariam apenas 110 metros para serem perfurados até o o local onde os trabalhadores se encontram, a mais de 700 metros de profundidade.

“Passamos os 500 metros no plano B”, declarou o engenheiro responsável pelo resgate, André Sougarret, em sua conta do Twitter.

Segundo ele, a máquina T-130, a mais sofisticada das três perfuradoras utilizadas nos trabalhos de resgate, percorreu 53 metros nas últimas 16 horas. Assim que ela alcançar o local onde os mineiros estão refugiados, será enviada uma câmera de televisão para revistar o duto e decidir se é necessário revesti-lo ou não.

Caso seja preciso, o processo de revestimento pode adiar em quatro dias a retirada dos trabalhadores, mas garantiria a prevenção contra um possível acidente na cápsula que transportará os mineiros.

Segundo o jornal “La Tercera”, a previsão era de que a máquina alcançasse os 620 metros, de onde já é possível estabelecer contato com os 33 homens, até este sábado.”

(Globo)

Cantora Anahí, ex-RBD, vira atração na madrugada do aeroporto de Fortaleza

A cantora quando entrevistada por Hebe Camargo (SBT).

Cerca de 150 a 200 adolescentes deram “plantão” até as 5h40min desta madrugada de quinta-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Era um grupo de fãs da cantora Anahí, ex-RBD, o conjunto de jovens mexicanos que faz sucesso entre a turma “teen” de vários países latinos.

Mas os fãs saíram frustrados do aeroporto, pois Anahí passou rapidamente, cercada de seguranças, entrando na sala de embarque e tomando a rota do Sudeste do País. Anahí fez show nessa noite de quarta-feira, no Siará Hall.

Eleições 2010 – O Resultado segundo a imprensa internacional

Olha só como os principais jornais internacionais repercutem a disputa pela presidência da República, que acabou indo para o segundo turno entre Dilma (PT) e Serra (PSDB):

* NEW YORK TIMES

O jornal americano “New York Times” diz que a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, sofre com a falta de carisma que tornou o presidente Lula tão popular no país.
“Especialistas não têm dúvida de que Rousseff irá prevalecer no segundo turno contra [O TUCANO JOSÉ]Serra. Apesar de sua falta de experiência política e carisma, ela foi exaltada na onda de prosperidade no Brasil sob a liderança de Lula, cujos índices de aprovação chegam a 80%”, escreve o “NYT”.
“Rousseff, que militou contra a ditadura na década de 1960, é considerada uma administradora competente, mas sofre com a falta do carisma sedutor que ajudou Lula a se tornar tão popular”, continua o jornal.
O “NYT” diz ainda que o fato de a eleição não ter sido decidida no primeiro turno se deve à “presença forte” da candidata Marina Silva. “Rousseff perdeu votos por conta da presença forte de uma terceira candidata, Marina Silva, do Partido Verde, ex-ministra do Meio Ambiente, que teve mais de 19% dos votos”.

* LE MONDE

O jornal francês destaca as eleições presidenciais na primeira página de seu site e também ressalta que a campanha de Roussef preza a “continuidade da política que tem ajudado a tirar milhões de brasileiros da pobreza e do país experimentar um boom econômico sem precedentes”.

* DER SPIEGEL

A revista alemã ainda mantinha a apuração parcial dos votos em seu site –apontando que, se a apuração seguisse o caminho indicado, a eleição iria para 2º turno.
A “Der Spiegel” também traz a recusa de Lula sobre uma suposta candidatura em 2014, com uma citação atribuída a Lula: “Não, não. Se você já esteve na Presidência, então só precisa de paz na vida”.

* LE FIGARO

Outro jornal francês, também destaca as eleições brasileiras em sua página principal e diz que “não houve surpresa” na vitória de Dilma sobre Serra no 1º turno.

* EL PAÍS

O diário espanhol põe as eleições em submanchete, e destaca Marina Silva (PV) como um “fator decisivo” para o 2º turno. “Dilma Rousseff não conseguiu evitar uma segunda etapa eleitoral”, diz o texto, apontando também que assessores da candidata já admitiam 2º turno na tarde de domingo (3).
“Lula escolheu uma sucessora improvável, pouco conhecida, e se lançou com todas as suas forças e enorme popularidade (80%) em uma campanha eleitoral agitada”, diz o jornal. “Esse 2º turno será, sem dúvida, decepcionante para o presidente mais popular de toda a história do Brasil, que acreditou poder transmitir todo esse respaldo pessoal”.

* WALL STREET JOURNAL

Para o “Wall Street Journal”, a decisão no segundo turno demonstra um grande revés nas previsões feitas por especialistas. “Dilma Rousseff, 62, uma ex-guerrilheira esquerdista, terminou em primeiro lugar com uma grande folga na eleição presidencial do Brasil neste domingo, mas falhou ao não conseguir votos suficientes para evitar um segundo turno no maior país da América Latina –um revés para uma candidata cuja vitória no primeiro turno era certa algumas semanas atrás”, diz o “WSJ”.

* THE INDEPENDENT

O jornal britânico “The Independent” aponta que Dilma está tentando ser a primeira chefe de Estado mulher no Brasil –e também narra brevemente a trajetória da ex-ministra enquanto combatente antagônica ao regime militar (1965-1984). Sobre Serra, o jornal diz apenas que ele era governador do Estado de São Paulo –e que perdera as eleições presidenciais para Lula em 2002 como representante do PSDB.

* THE TIMES

Já o também inglês “The Times” coloca, em chamada de capa, que “Dilma Roussef promete aos eleitores que seguirá os passos do presidente Lula para reduzir o abismo entre ricos e pobres”.

* REUTERS

A agência destaca que Rousseff foi “escolhida a dedo” por Lula para continuar suas “políticas esquerdistas que fizeram do Brasil um dos mais empolgantes mercados emergentes.” A Reuters ressalta ainda que “nem Rousseff, nem Serra fogem dos programas sociais e políticas que favorecem o investimento estrangeiro que fizeram Lula popular.”

* THE DAILY TELEGRAPH

O inglês “The Daily Telegraph” indica que “Dilma Rousseff, a favorita para vencer as eleições presidenciais no Brasil, foi forçada a um segundo turno com seu principal rival, depois de não assegurar os 50% de votos no primeiro turno”. O jornal aponta ainda uma “inesperado crescimento tardio” da terceira candidata, Marina Silva (PV), com 19,5% dos votos válidos.
O diário britânico diz ainda que as recentes descobertas sobre Erenice Guerra, somadas a questões cristãs sobre as posições de Dilma sobre o aborto e outros problemas sociais aparentemente instituiu dúvidas na cabeça dos eleitores –a ponto de custar a ela a vitória no 1º turno.

* DAILY MAIL

Em um texto inserido à tarde no site do jornal, Dilma é chamada de “guerrilheira e marxista por formação”, que pode vir a se tornar “a mulher mais poderosa do mundo” –mais influente que a secretária de Estado Hillary Clinton ou que a chanceler alemã Angela Merkel. Entretanto, até a publicação da reportagem, o jornal não publicou nenhum resultado do primeiro turno das eleições brasileiras.

(Portal Uol)

Mais de 51% dos argentinos torcem por Dilma

53 2

Uma enquete divulgada nesta sexta-feira (1) em Buenos Aires dá conta de que 51,3% dos argentinos preferem que a candidata governista Dilma Rousseff (PT) seja eleita no próximo domingo (3) a próxima presidente do Brasil.

A pesquisa, da empresa de consultoria Ibarómetro, indicou que José Serra (PSDB) tem a simpatia de 6,4% dos argentinos, enquanto 42,3% disseram não ter opinião sobre o tema. Para a produção do levantamento foram consultadas mil pessoas com mais de 18 anos, procedentes de cidades de toda a Argentina. A margem de erro da pesquisa é de 3,1%.

Dilma (PT), candidata da base governista, e o opositor Serra (PSDB) são os principais favoritos das eleições do próximo domingo, quando será escolhido o sucessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no poder desde 1º de janeiro de 2003. Segundo uma das últimas pesquisas veiculadas no Brasil, Dilma tem 47% das intenções de voto, contra 28% de Serra.

A expectativa é que 135,8 milhões de brasileiros votem no próximo domingo, em eleições que servirão ainda para escolher os governadores dos 26 estados e do Distrito Federal, renovar dois terços do Senado e eleger os novos deputados federais e estaduais. Dos 22.570 candidatos habilitados, nove aspiram à Presidência, 171 ao cargo de governador, 273 ao Senado, 6.036 à Câmara e 15.280 a deputados estaduais.”

(Agência EFE)