Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

BNB financia projeto de prospecção de mercados na África

31 1

O cearense Bosco Monte, professor da Unifor, embarca neste domingo para a Africa. Ali, fará estudos voltados para a identificação de mercados entre o Estado do Ceará e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O estudo é financiado pelo Banco do Nordeste e terá duração de 18 meses.

No roteiro do pesquisador, visitas a Cabo Verde, Guiné-Bissau, Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Bosco Monte incluirá também Portugal. Para ele, esses novos mercados são fundamentais para o Ceará. Além da proximidade, apresentam possibilidade de boas parcerias.

Obama comemora 49 anos

“O presidente americano, Barack Obama, comemora hoje o seu 49º aniversário em Chicago, berço da sua carreira política e cidade em que morava antes de se mudar para a Casa Branca, informou o porta-voz, Robert Gibbs.

Obama, que faz aniversário no mesmo dia do presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, completará um ano a mais que o americano, terá que comemorar os seus 49 anos sem a sua família, pois a sua esposa Michelle e a sua filha mais nova, Sasha, de 9 anos, estarão na Espanha, em Marbella, e a sua filha mais velha, Malia de 12 anos, está num acampamento de verão.

Segundo Gibbs, o presidente americano viajará hoje à tarde a Chicago. Obama prevê comemorar o seu aniversário com um jantar com amigos e dormir na sua própria casa no bairro de Hyde Park, informou o porta-voz.”

(Com Agências Internacionais)

Lula via conferir 39ª Cúpula do Mercosul

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega no começo da noite a San Juan, na Região Oeste da Argentina, para participar da 39ª Cúpula do Mercosul, que será aberta oficialmente na manhã de hoje pelo ministro argentino das Relações Exteriores, Héctor Timerman. Os chanceleres do Mercosul e dos países associados, além dos ministros da Fazenda e da Indústria e Comércio do bloco, deverão estar presentes à abertura oficial.

Timerman apresentará uma análise dos diversos aspectos da integração regional nos seis meses em que a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, exerceu a presidência rotativa do Mercosul que, no encerramento da cúpula, será transferida a Lula. O presidente brasileiro exercerá a função pelos próximos seis meses.

Amanhã (3), os presidentes do Brasil, da Argentina, do Uruguai e Paraguai, países que formam o Mercosul, estarão reunidos para o anúncio de acordos que vêm sendo analisados por vários grupos técnicos desde o último dia 31. Os presidentes dos países associados ao bloco – Chile, Bolívia, Peru, Venezuela, Colômbia e Equador – também deverão participar do encontro.

Na noite de ontem, um comunicado da chanceleria argentina informou que para  consolidar a união aduaneira do Mercosul, a  cúpula de San Juan deverá examinar as diretrizes que poderão estabelecer a eliminação do pagamento duplo pelas mercadorias que circulam no bloco. Atualmente, quando um produto é importado de países fora do Mercosul e entra no Brasil, na Argentina, no Uruguai ou Paraguai, paga uma taxa de importação. Em seguida, paga uma segunda taxa para circular dentro do bloco.

Segundo a chancelaria argentina, pela primeira vez deverão ser aprovados projetos dos quatro países tratando de importantes obras de infraestrutura em matéria de interconexão energética e rodoviária, além de projetos que favorecem a competitividade empresarial e a coesão social do Mercosul.”

(Agência Brasil)

Revista britânica diz que Bolsa Família não resolve a pobreza urbana

“A revista britânica The Economist traz em sua edição desta semana um longo artigo sobre o Bolsa Família, no qual afirma que, apesar da grande contribuição do programa para a redução dos índices de pobreza do Brasil, ele parece não funcionar tão bem no combate à pobreza nas grandes cidades. De acordo com a revista – que cita dados da Fundação Getúlio Vargas – cerca de um sexto da redução da pobreza no país nos últimos anos pode ser atribuído ao Bolsa Família, “mas algumas evidências sugerem que o programa não está funcionando tão bem nas cidades como nas áreas rurais”.

“O sucesso do Brasil em reduzir a pobreza parece ser maior nas áreas rurais que nas urbanas”, diz o artigo, que cita dados das Nações Unidas que indicam que houve uma redução de 15 pontos percentuais no número de pobres na população rural entre 2003 e 2008, enquanto nas cidades essa diminuição foi muito menor. Segundo a publicação, um dos principais fatores que levam a esta situação é o fato de o Bolsa Família ter substituído, a partir de 2003, uma série de outros benefícios que, somados, poderiam representar ganhos maiores para estas famílias das cidades que o montante concedido atualmente.

A revista comenta que o Bolsa Família acabou eliminando programas como o de combate a subnutrição infantil, os subsídios que eram dados à compra de gás de cozinha e o programa de ajuda a jovens entre 15 e 16 anos. “Embora seja difícil provar pela falta de dados oficiais, evidências sugerem que a quantia (atual) pode valer menos que os antigos benefícios”, diz a revista. Outro problema citado pela Economist é o fato de o programa ter tido pouco sucesso em reduzir o trabalho infantil. Segundo a publicação, crianças das cidades podem ganhar mais dinheiro “vendendo bugigangas ou trabalhando como empregados” do que ficando na escola para receber os benefícios. Embora afirme que estes fatores não signifiquem que o Bolsa Família seja “desperdício de dinheiro” nas áreas urbanas, o artigo diz, no entanto, que o programa não é a solução “mágica” como tem sido tratado no Brasil e em outros países.

Vices

A mesma edição traz outro artigo sobre o Brasil, desta vez discutindo o papel dos candidatos à vice nas principais chapas que concorrem à Presidência nas eleições de outubro. Citando o fato de quatro vices terem assumido a Presidência desde 1954, a revista afirma que os candidatos ao cargo estão em evidência na campanha atual, principalmente devido ao fato de Dilma Rousseff (PT) ter ficado “seriamente doente” no ano passado. “É mais que mera curiosidade o fato de os companheiros de chapa tanto de Dilma Rousseff como de seu principal oponente, José Serra (PSDB), estarem causando problemas. Os dois candidatos provavelmente desejariam ter outros parceiros (de chapa)”, diz a revista. A Economist cita então as declarações de Indio da Costa, vice na chapa de Serra, que acusou o PT de ter ligações com as Farc, causando “uma situação embaraçosa”.

Já em relação a Michel Temer, do PMDB, vice na chapa de Dilma, a revista afirma que ele pertence a um partido que é um conjunto “de lideranças políticas regionais, algumas das quais envolvidas em escândalos”. “Assim como (Indio da) Costa, ele (Temer) parece não ter a total confiança de seu parceiro de chapa”, diz a revista.

(Portal Terra)

Dentadura de Churchill é arrematada em leilão por R$ 41,8 mil

“Uma dentadura parcial do ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill foi vendida por um 15,2 mil libras (cerca de R$ 41,8 mil) em um leilão realizado nessa quinta-feira em Norfolk, no leste da Grã-Bretanha.

Churchill (1874-1965) governou a Grã-Bretanha entre 1940 e 1945, durante a Segunda Guerra, e foi considerado herói durante o conflito. Ele governou o país novamente entre 1951 e 1955.

A dentadura, avaliada anteriormente em 5 mil libras (R$ 13,7 mil), estava sob os cuidados do filho do dentista protético que as havia feito.”

(Com Agências)

Embaixador da Venezuela visita a Bahia

“O embaixador da Venezuela no Brasil, Maximilién Arvelaiz, iniciou uma série de visitas aos governadores brasileiros de estados que mantém convênios de cooperação com o governo venezuelano para apresentar-se formalmente como representante do governo venezuelano no Brasil. Na semana passada, Arvelaiz apresentou suas credenciais ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, oficializando-se contato diplomático entre os dois países em Brasília.

A governadora Ana Júlia Carepa, do Pará, foi a primeira a ser visitada pelo embaixador depois de formalmente empossado, na quarta-feira passada. A próxima visita será nesta quinta-feira (29), ao governador da Bahia, Jacques Wagner. Os próximos estados a receberem visita oficial do embaixador serão Pernambuco e Roraima.”

(Assessoria da Embaixada)

Bebê morre afogado durante batismo

34 1

“Um padre da Moldávia está sendo investigado pela morte de um bebê que se afogou após ter sido submergido três vezes durante a cerimônia de batismo. Familiares acusam o padre, Valentin Taralunga, da Igreja Católica Orotodoxa, de negligência ao prosseguir com a cerimônia apesar dos sinais de que a criança, de um ano e meio, estava se afogando na pia batismal.

Médicos da capital moldávia, Chisinau, diagnosticaram que o bebê morreu por afogamento. O padre está sendo investigado por homicídio culposo, punível com até três anos de prisão. Ao prestar depoimento, o padre Taralunga negou as acusações e disse que obedeceu aos cânones religiosos que ensinam sobre a cerimônia de batismo.”

(BBC)

Lula terá reunião com Daniel Ortega

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, têm uma série de reuniões hoje (28) em Brasília. O tema que deverá dominar as conversas é a reintegração de Honduras à Organização dos Estados Americanos (OEA). O país foi suspenso do grupo desde a deposição do então presidente Manuel Zelaya do poder, em junho de 2009.

Como o Brasil, a Nicarágua impõe exigências ao governo do presidente de Honduras, Porfirio “Pepe” Lobo, para que o país seja reintegrado à OEA. As exigência incluem a anistia a Zelaya, além de garantias de respeito às instituições e aos direitos humanos no país. Lobo tenta reconquistar a confiança da comunidade internacional, ao ressaltar que cumpre a maior parte do que é solicitado.

No último dia 21, o governo Lobo recebeu apoio para ser reintegrado à OEA de praticamente todos os países que fazem parte do Sistema de Integração Centro-Americano (Sica). Assinaram o documento pedindo o retorno de Honduras à OEA seis dos sete países do Sica (Guatemala, Belice, El Salvador, Costa Rica, Panamá e República Dominicana). Apenas a Nicarágua se recusou a ratificar a declaração.

Nos próximos dias, a comissão especial da OEA, que examina a situação política de Honduras, deve concluir um relatório e encaminhá-lo à secretaria-geral do órgão. Para a reintegração à OEA, o governo do presidente hondurenho, Porfirio Pepe Lobo, deve obter 22, dos 33 votos dos integrantes da organização.

Para o Brasil e outros países latino-americanos, houve um golpe de Estado em Honduras porque um movimento, sem respaldo popular, retirou do poder um governante que foi eleito democraticamente. A interpretação gera polêmica porque opositores de Zelaya afirmam que ele pretendia mudar a Constituição para se beneficiar com o direito à reeleição, o que não é permitido pela legislação hondurenha.”

(Agência Brasil)

Desmatamento continua em alta na Amazônia

19 1

“O desmatamento na Amazônia voltou a subir em junho, de acordo com levantamento da organização não governamental Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Os satélites registraram 172 quilômetros quadrados (km²) de desmate, aumento de 15% em relação a junho de 2009. O Pará liderou o desmatamento no mês, com 115 km² de floresta derrubada (67% do total de junho), seguido pelo Amazonas, com 22 km² de desmate, e por Mato Grosso, que perdeu 18 km² de vegetação nativa.

Segundo o Imazon, em junho, o desmatamento ocorreu principalmente na região da BR-163, que liga Cuiabá (MT) a Santarém (PA), nos trechos entre os municípios paraenses de Itaituba, Novo Progresso e Altamira. A derrubada também se concentrou na rodovia Transamazônica, entre os municípios de Apuí e Humaitá, no Amazonas.

Faltando um mês para completar o calendário oficial do desmatamento, que vai de agosto de um ano a julho do outro, o Imazon aponta tendência de aumento na devastação da floresta. No acumulado entre agosto de 2009 e junho de 2010, o desmatamento detectado pela ONG foi de 1.333 km². A soma é 8% maior que a registrada no período anterior (agosto de 2008 a julho de 2009), quando a devastação medida foi de 1.234 km².

A tendência de aumento do desmate apontada pelo Imazon vai na contramão do que mostram até agora as estimativas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), responsável pelas estatísticas oficiais do desmatamento.

Em maio, o Inpe detectou 109,6 km² de novos desmatamentos, 12% menor que a área registrada pelos satélites no mesmo mês do ano passado. Somados os primeiros dez meses do calendário oficial de desmatamento, houve redução de 47% da devastação em relação ao período anterior, de acordo com os alertas do sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), do Inpe.

No entanto, a tendência de redução verificada a partir dos dados do Inpe – e comemorada pelo Ministério do Meio Ambiente – ainda não inclui os números da devastação em junho e julho, meses em que as motosserras avançam mais por causa do período seco, que facilita o corte e o transporte da madeira ilegal na região.”

(Agência Brasil)

Chávez cancela viagem para a Cuba temendo ataque da Colômbia

“O presidente venezuelano, Hugo Chávez, suspendeu, nesse domingo, a visita que faria a Cuba “diante da possibilidade de uma agressão armada por parte da Colômbia”. Chávez fez o anúncio em um grande ato do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) em Caracas, para o juramento das equipes que trabalharão pela vitória nas eleições parlamentares de 26 de setembro. “A possibilidade de uma agressão armada contra território venezuelano por parte da Colômbia no momento tem uma probabilidade como nunca em 100 anos”, disse. Segundo Chávez, tudo indica que o Governo dos Estados Unidos é o grande culpado, “o planejador, o instigador”.

O presidente venezuelano tinha previsto viajar hoje a Cuba para participar, amanhã, no aniversário do ataque ao quartel Moncada e para assistir à assinatura de documentos de cooperação entre os dois países. Chávez disse que tomou a decisão de suspender a viagem durante a madrugada, após avaliar “um conjunto de informações, de intenções recolhidas por distintas vias, abertas, encobertas, nacionais e internacionais”.

O presidente acredita que o mais provável é que o ataque comece no estado Zulia, no extremo noroeste do país, onde há um governador de oposição que poderia dar apoio à Colômbia. Chávez explicou que o ataque seria justificado com “desculpas” como as inventadas para invadir o Iraque, “a das armas de destruição em massa que nunca existiram”. “Os ianques são capazes de inventar qualquer coisa. Acabam de enviar uma frota à Costa Rica, que é uma ameaça e é parte do plano contra a Venezuela”, afirmou Chávez.

O governante explicou que a missão dessa frota seria “conter” uma possível reação da Nicarágua e de Cuba caso houvesse um ataque à Venezuela. Mas advertiu que os envios de petróleo aos Estados Unidos serão interrompidos no caso de uma agressão armada.”

(Portal Terra)

Lula virá abrir a Conferência Internacional sobre Clima em Fortaleza

O presidente Lula vem abrir a Conferência Internacional sobre Clima e Desenvolvimento Sustentável (ICID) que ocorrerá de 16 a 20 de agosto próximo, no Centro de Convenções de Fortaleza. A confirmação foi dada, neste domingo, pelo presidente do comitê organizador do evento, Antônio Rocha Magalhães.

Segundo Rocha, que fechou últimos detalhes da conferência com o secretário da Ciência e Tecnologia do Estado, René Barreira, além de Lula virão delegações de 100 países e mais os ministros do Meio Ambiente, Agricultura, Ciência e Tecnologia e da Integração Nacional.

Ele adiantou que cerca de 800 trabalhso científicos integrarão a conferência, que fará um balanço da situação climática do mundo desde a ECO-Rio de Janeiro, dia o evento ainda ser divulgado como ICI+18.

Venezuela quer diplomatas colombianos deixando o País até domingo

“Os diplomatas colombianos na Venezuela devem deixar o país até domingo, por ordem do presidente venezuelano Hugo Chávez, que rompeu relações com o país vizinho ontem (22). Na noite desta quinta-feira, Chávez deu prazo de 72 horas para que a embaixada da Colômbia em Caracas seja fechada e o corpo diplomático se retire do país. As informações são da BBC Brasil.

A medida foi anunciada pelo ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Nicolás Maduro. A Colômbia acusou a Venezuela de abrigar guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Maduro também ordenou o fechamento da embaixada da Venezuela em Bogotá e o regresso da equipe diplomática instalada na capital colombiana.

Apesar do anúncio, nem o embaixador venezuelano na Colômbia, nem a representante colombiana em Caracas estavam ocupando seus postos. Na noite da última quarta-feira (21), o governo colombiano já havia convocado para consultas sua embaixadora em Caracas, María Luisa Chiappe. Já o representante venezuelano em Bogotá havia sido convocado para regressar ao seu país na semana passada.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela afirmou ainda que não descarta a adoção de outras medidas contra a Colômbia. “Estamos avaliando outro conjunto de decisões nas áreas econômica, aeronáutica e comercial para proteger a Venezuela e a dignidade de nosso país”, afirmou Maduro.

A crise diplomática entre os dois países atingiu o ápice nesta quinta-feira, quando Hugo Chávez anunciou o rompimento das relações com o país vizinho, após a Colômbia ter acusado formalmente a Venezuela de abrigar guerrilheiros colombianos. A denúncia foi feita durante uma reunião extraordinária da Organização dos Estados Americanos (OEA), na qual a Colômbia apresentou supostas provas de que guerrilheiros das Farc estariam escondidos na Venezuela. As acusações provocaram a reação de Chávez que, inclusive, mandou tropas militares para reforçar a segurança na fronteira com a Colômbia.

Em nota divulgada na noite de ontem (22), o Ministério das Relações Exteriores do Brasil afirmou que o “governo brasileiro vem acompanhando, com atenção e preocupação, os últimos desenvolvimentos” e “lamenta essa situação”. Ainda de acordo com o Itamaraty, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou por telefone com Hugo Chávez para transmitir “a disposição do Brasil de contribuir para a superação das diferenças entre os governos da Colômbia e da Venezuela”.

(Agência Brasil)

Sites jornalísticos dos EUA proíbem comentários anônimos

“Sites jornalísticos, especialmente nos Estados Unidos, decidiram proibir comentários anônimos. O Sun Chronicle, de Massachusetts, passou a exigir número de cartão de crédito para verificar a identidade do internauta, de acordo com a Folha de S.Paulo.

O Buffalo News, do estado de Nova York, exige agora que os usuários assinem os comentários com o nome real. O objetivo é reduzir os comentários agressivos e difamatórios que costumam surgir em comentários anônimos, o que gera implicações jurídicas.

A editora do Buffalo News, Margaret Sullivan, afirmou à Canadian Press que os comentários anônimos são muitas vezes “racistas e sexistas” e “derrubaram o teor e a reputação” do site do jornal.

No Brasil, a justiça examina o caso de pessoas com múltiplas identidades falsas — ou que usam identidade de terceiros — para fazer campanhas de demonização de concorrentes ou desafetos, usando o truque do combate à corrupção. Haveria até mesmo empresas especializadas nessa prática deletéria, especialmente para formar opinião na área política.”

(Consultor |Jurídico)

Apresentadora de TV engole mosquito ao vivo

43 3

A jornalista Huang Ching, uma experiente âncora da rede de TV China Television Company, de Taiwan, acabou no hospital depois de engolir um mosquito enquanto apresentava um telejornal.

Huang ainda continuou no ar por vários minutos, antes de ser substituída e ir para o hospital.

Na quarta-feira, ela voltou a aparecer na televisão, desta vem em entrevista. A apresentadora afirmou estar passando bem, depois de ter gozado alguns dias de férias.

Ela disse ainda que normalmente teria matado o mosquito ou cuspido, mas que, como estava no ar, manteve a calma e concluiu o segmento.

A China Television Company disse que vai mandar dedetizar os estúdios o mais rápido possível.”

(BBC Brasil)

Venezuela rompe relações diplomáticas com Colômbia

21 1

“Em resposta às acusações da Colômbia durante a reunião da OEA (Organização dos Estados Americanos) — de que a Venezuela abriga ao menos 1.500 guerrilheiros colombianos em 87 campos de treinamento — o líder da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou a ruptura de relações diplomáticas entre Caracas e Bogotá, e afirmou que o presidente colombiano, Álvaro Uribe, é “mentiroso” e “mafioso”.

O líder defendeu os venezuelanos dizendo que são “capazes de morrer defendendo nossa verdade e a dignidade deste país”, além de caracterizar Uribe como “um mentiroso, obsessivo, mafioso, se presta a qualquer jogada, é capaz de qualquer coisa e instalou um governo de máfias, triste e lamentavelmente para este povo querido e irmão e para seus vizinhos que somos nós”, informou o jornal venezuelano “El Universal”.

Hugo Chávez anunciou ruptura de relações entre Caracas e Bogotá ao lado do argentino Diego Maradona. Chávez disse ainda que a decisão de romper relações deve-se à “gravidade do ocorrido” durante a sessão da OEA, quando o governo colombiano reforçou as acusações contra Caracas. Ainda citado pelo “El Universal”, o líder da Venezuela argumentou que as supostas provas de que o país abrigue ao menos 1,5 mil guerrilheiros colombianos em 87 campos de treinamento são “invenções”.

“Lá [na Colômbia], se inventaram falsos positivos que foram capturados pelas forças militares da Colômbia e os levaram a uma montanha, os mataram, e depois de tê-los matado nos bairros pobres de Bogotá e Medellín, os vestiram com uniformes militares”, acrescentou. Em alusão às práticas realizadas durante os regimes ditatoriais na América Latina, Hugo Chávez indicou que a “criação de falsas provas” já era feita pelos EUA e foi ensinada na “Escola das Américas”.

“Aqui também houve outro caso em Las Coloradas. Mataram alguns camponeses na fronteira com a Colômbia (…) e os vestiram com roupas de guerrilheiros. Depois foram apresentados em um programa de televisão dizendo que se tratava de um golpe contra a guerrilha”, disse Chávez, explicando que na verdade a ação foi também realizada pelo Exército da Venezuela, mas que os venezuelanos jamais diriam que os camponeses eram guerrilheiros.”

(AP)

Professor espanhol fala sobre tsunami no Nordeste

12 1

Uma palestra sobre “Deslizamentos Submarinos e Tsunamis”, será ministrada nest asexta-feira, às 9 horas, pelo professor Miguel Canals, da Universidade de Barcelona (Espanha). Segundo artigo científico publicado na Revista Geophysical Research Letters pelos pesquisadores Steven N. Ward, do Instituto de Geofísica Planetária da Universidade da Califórnia, e Simon Day, da Universidade College, em Londres, é plausível a possibilidade de um tsunami proveniente das Ilhas Canárias atingir o litoral do Nordeste.
 
A conferência de Miguel Canals vai acontecer no auditório do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da UFC, na Avenida da Abolição, n° 3207 – Meireles. A palestra tem organização do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT-Labomar), Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da Associação Profissional dos Geólogos do Ceará (APGECE). 
 
(Com Site da UFC)

Casamento gay se resolve no plebiscito?

24 3

O jornalista Waldemar Menezes, em sua coluna Concidadania deste domingo, no O POVO, volta a abordar o tema “Casamento gay”. É que o Senado argentino aprovou a medida, no que para o colunista bem que a proposta caberia um plebiscito. Confira: 

A decisão tomada pelo Senado da Argentina de aprovar o casamento gay deu-se por uma votação de 33 votos a favor e 27 contra, e algumas abstenções. Ou seja, a decisão foi apertada, indicando a divisão, quase meio a meio, da representação política. Esse resultado formal não dá legitimidade inconteste à lei, se fizermos uma avaliação isenta. Uma decisão dessa magnitude, que implica numa mudança nos valores da sociedade, exigiria um pronunciamento incontestável por parte dos cidadãos.

Só um plebiscito, precedido de um amplo debate, é o instrumento mais adequado para decidir uma questão dessa natureza, Da forma como ocorreu fica a dúvida se a maioria da sociedade argentina apoia o resultado, já que não pôde expressar sua posição diretamente através das urnas.”