Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Lote de copos do Shrek com defeito

A subsidiária brasileira da multinacional americana Kraft Foods divulgou neste sábado um alerta de que um lote de copos (no total de 75 mil unidades) com os personagens do filme “Shrek para sempre” – distribuídos como brindes em ação promocional das marcas Royal, Tang e Trakinas  – não atende seus requisitos de segurança. Os produtos apresentam um defeito que pode por as crianças em risco.

Testes feitos nos copos (“squeeze”) indicaram que a tampinha que protege o canudo e as “orelhas” do produto, se quebradas ou removidas, podem levar a engasgamento, caso sejam engolidas. A empresa recomenda, a quem tem um copo dessa promoção, não permitir que seja manuseado ou manipulado por crianças

Em comunicado, a empresa reitera que o desprendimento das peças mencionadas não ocorre espontaneamente e que não foi registrado nenhum incidente até então. Para receber mais informações sobre este procedimento, o consumidor pode entrar em contato com o Serviço de Atendimento Kraft pelo telefone 0800 7041940 ou acessar o site da Kraft Foods.

(Com Agências)

Sociedade Interamericana de Imprensa critica Lula

46 2

“O presidente da SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa), Alejandro Aguirre, afirmou que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva “não pode ser chamado de democrático”. Segundo ele, Lula pode ser comparado a Hugo Chávez (Venezuela), Evo Morales (Bolívia) e Cristina Kirchner (Argentina) que, apesar de eleitos democraticamente, usam o governo para reduzir a liberdade de imprensa.

O “apoio moral” que o Brasil dá à ditadura em Cuba, a tentativa de aprovar leis no Congresso que limitam a liberdade de imprensa e o uso da publicidade oficial foram citados por Aguirre como sinais de fraqueza da democracia no Brasil, assim como na Argentina e no Equador. “Temos governos que se beneficiaram das instituições democráticas, de eleições livres, e estão se beneficiando da fé e do poder que o povo neles depositou para destruir as instituições democráticas. Esses governos não podem continuar a se chamar de democráticos. Não podem seguir falando em nome de líderes democráticos do mundo porque não atuam dessa forma”, disse. Questionado se Lula faria parte do grupo de governantes, respondeu que “sim”.

Aguirre também criticou Lula por não ter se pronunciado contrário à censura ao jornal “O Estado de S. Paulo”, imposta pela Justiça há um ano e que proíbe a publicação de reportagens sobre a Operação Faktor, da Polícia Federal, que envolve Fernando Sarney, empresário e filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). O Palácio do Planalto não comentou as críticas.

A Venezuela, disse o presidente da SIP, é o país onde mais claramente se expressa a tendência de interferência. No Equador, o Congresso discute lei que a entidade considera “bastante restritiva” à liberdade de expressão. Além da interferência de governos, a SIP aponta a crescente violência contra jornalistas como um risco à liberdade de expressão no continente –17 jornalistas foram assassinados neste ano e 11, sequestrados.

SIP

A SIP é uma organização sem fins lucrativos composta por 1.300 jornais que define sua missão como “defender a liberdade de expressão e de imprensa em todas as Américas”.

(Folha.com)

CCJ do Senado debaterá tráfico de drogas na fronteira Brasil-Bolívia

“No dia 3 de agosto, uma terça-feira, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza audiência pública para debater o combate ao tráfico de drogas na fronteira entre o Brasil e a Bolívia, pelo Mato Grosso. A região é uma das principais portas de entrada de cocaína no país.

A audiência marcará o início do semestre legislativo para comissão. Na quarta (4), também a partir das 10hs, a Comissão agendou reunião para votação de projetos.

Para a reunião, foram convidados os ministros da Justiça, Luiz Paulo Teles Ferreira Barreto, e da Defesa, Nelson Azevedo Jobim. Também foram chamados o delegado da Polícia Federal, Júnior Aparecido Taglialenha; o coordenador-geral de Polícia de Repressão a Entorpecentes, Oslain Campos Santana; o procurador-geral do Mato Grosso do Sul, Paulo Alberto de Oliveira; o diretor-geral do Departamento de Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, e a professora universitária Mayor de San Andrés.

O debate foi solicitado pelos senadores Kátia Abreu (DEM-TO), Serys Slhessarenko (PT-MT), Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG).

Projetos

A CCJ ainda está elaborando a relação de projetos que serão analisados na reunião do dia 4. No último encontro da Comissão, em julho, na quarta (14), várias propostas que constavam na pauta não foram apreciadas. Entre elas, projeto que aumenta de dois terços para quatro quintos o tempo de prisão em regime fechado para que os condenados por crimes hediondos tenham direito ao livramento condicional (PLS 249/05).

Também constava da pauta da última reunião proposta que permite ao servidor público que tenha se aposentado por invalidez exercer atividades de assessoria intelectual remunerada, tanto no âmbito público quanto no privado, desde que a atividade seja compatível com incapacidade que o levou à aposentadoria (PLS 273/08).

O abatimento, no Imposto de Renda, das despesas pagas com aluguel no valor de até R$ 15 mil, relativas a um único imóvel residencial ocupado pelo próprio contribuinte (PLS 316/07) também está entre os itens que poderão ser votados pela Comissão na primeira semana de agosto.”

(Agência Senado)

Colômbia diz ter provas da presença das Farc na Venezuela

“O governo do presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, promete apresentar ainda hoje (15) provas de que alguns dos principais líderes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) estariam escondidos na Venezuela. As informações são da Presidência da República colombiana. Segundo o comunicado governamental, há evidências de que Ivan Márquez; Rodrigo Granda; Ricardo Timoleon Jimenez, conhecido como Timochenko; Germain Briceño, chamado de Grannobles; e Carlos Marín Guarín, o Pablito; estariam em território venezuelano.

O documento informa ainda que há suspeita de que outros integrantes das Farc e do Exército da Libertação Nacional (ELN) também estejam na Venezuela. “O governo nacional tem provas da presença, na República Bolivariana da Venezuela, de alguns líderes do grupo terrorista das Farc”, diz o comunicado. Em seguida, informa que “nas próximas horas o ministro da Defesa [Gabriel Silva] apresentará a documentação”.

De acordo com o Exército, tropas militares desarticularam hoje bases atribuídas às Farc nas regiões de Guaviare, Meta e Tolima. Em um dos esconderijos foram encontrados 400 cartuchos de munição e 60 quilos de explosivos. Ainda de acordo com os militares colombianos, foram destruídas minas antipessoais, supostamente colocadas por membros das Farc nas zonas rurais do município de Puerto Rico, no Departamento de Meta. Na cidade de Calamar, em Guaviare, as unidades do Exército informaram ter localizado 22 minas antipessoais.

A iniciativa de Uribe pode provocar reações do presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Há cerca de dois anos, Chávez apoiou o presidente do Equador, Rafael Correa, em um conflito com Uribe por causa do combate à ação das Farc na região de fronteira entre os dois países. Em março de 2008 foi deflagrada uma crise diplomática entre Equador, Colômbia e Venezuela. O estopim foi o ataque de militares colombianos a um acampamento de guerrilheiros em território do Equador. Na ação, 16 pessoas foram mortas, entre eles o número dois das Farc, Raúl Reyes.

Por causa do incidente, os governos da Venezuela e do Equador anunciaram o rompimento das relações diplomáticas com a Colômbia. A iniciativa ocorreu após o governo Uribe informar que havia suspeitas de que as Farc e os governos do Equador e da Venezuela manteriam um acordo envolvendo apoio e fornecimento de armas.”

(Agência Brasil)

Lula abrirá em Fortaleza a Conferência Internacional sobre Clima

“O presidente Lula vai abrir a Conferência Internacional sobre Clima e Desenvolvimento Sustentável (ICID 2010), que ocorrerá de 16 a 20 do próximo, no Centro de Convenções. A informação é do vice-governador Francisco Pinheiro, que recebeu o comunicado do Palácio Iracema. Segundo Pinheiro, o coordenador-geral, o evento reunirá cerca de 1.500 participantes de mais de 100 países, que discutirão entre vários temas o avanço da desertificação no Mundo.

Mais de 800 trabalhos científicos já estão inscritos nessa conferência, que tem na coordenação científica o ex-secretário do Planejamento do Estado e ex-diretor sênior do Banco Mundial, Antônio Rocha Magalhães.

No Ceará, a desertificação atinge principalmente o município de Jaguaruana (Vale do Jaguaribe).”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Argentina pode ser primeiro país da América do Sul a aceitar união homossexual

“A Argentina pode se transformar, na próxima quarta-feira (14), no primeiro país da América do Sul a modificar o Código Civil para incluir a lei que reconhece a união entre pessoas do mesmo sexo. Com o apoio do governo de Cristina Kirchner, o Senado vai se reunir para decidir a grande polêmica que envolve todos os setores da sociedade argentina. Ontem (11), o ministro do Interior, Florencio Randazzo, afirmou que o governo aguarda, com expectativa, o momento em que a Argentina estará incluída na vanguarda da igualdade dos direitos civis.

O projeto que será analisado pelos senadores não apenas legaliza a união de pessoas do mesmo sexo, mas também concede a casais gays o direito de adotar filhos. O texto foi aprovado pela Câmara dos Deputados no dia 5 de maio deste ano. Entre outras modificações, o projeto alterou o parágrafo do Código Civil argentino que declara a validade da união civil apenas quando envolve “um homem e uma mulher”. A expressão foi trocada para “contraentes”, abrindo espaço para que a Justiça reconheça os casais gays.

O projeto chegou à Comissão de Legislação Geral do Senado argentino no final de maio. Desde então, os senadores promoveram uma série de audiências públicas em Buenos Aires e em outras cidades argentinas para ouvir diferentes segmentos da sociedade. A Igreja Católica já manifestou, em várias ocasiões, seu repúdio ao projeto. Ontem, por exemplo, o arcebispo de Buenos Aires, cardeal Jorge Bergoglio, convocou uma jornada de orações em todo o país e sugeriu que os sacerdotes lembrassem, durante as missas, que a Igreja Católica considera inalterável o casamento, entre o homem e a mulher, para a manutenção da família.

Em resposta, o senador Luis Juez, da Frente Cívica da cidade de Córdoba, afirmou, durante entrevista a uma emissora de rádio, que votará a favor da união entre pessoas do mesmo sexo sem que isso signifique estar em guerra ou mudar sua condição heterossexual. Também ouvida pela rádio, a senadora Sônia Escudero, do Peronismo Federal, defendeu seu repúdio à lei que será examinada pelo senado, dizendo que o projeto é juridicamente defeituoso porque “contraria os direitos da maioria da sociedade”.

A sessão do Senado argentino para examinar o assunto deverá começar às 10 horas de quarta-feira, sem previsão de encerramento. Se for aprovado, o projeto segue direto para sanção da presidente Cristina Kirchner. Se rejeitado, somente poderá voltar ao Senado no ano que vem.”

(Agência Brasil)

Um ano sem Michael Jackson e o mistério de sua morte continua

“Um ano se passou e as incógnitas sobre a morte de Michael Jackson são mantidas, enquanto a acusação e os familiares do artista, envolvidos em um interminável processo judicial, buscam um culpado.
Hoje, no primeiro aniversário da morte do “rei do pop”, ainda não estão claras as circunstâncias do seu falecimento, mas a figura do médico pessoal do artista, Conrad Murray, presente nos últimos instantes de vida do cantor, está na mira das suspeitas. Murray foi acusado formalmente de homicídio involuntário.

No dia 23 de agosto, começa a audiência preliminar sobre o caso, que pode se prolongar por uma semana. O juiz decidirá se deve ir a julgamento, uma decisão que vem sendo adiada há meses. Há poucos dias, no dia 14 de junho, o juiz Michael Pastor, da Corte Superior de Los Angeles, opinou que por enquanto Murray seguiria exercendo sua profissão na Califórnia, apesar do pedido da acusação de inabilitá-lo até que ele fosse julgado.

Pastor esclareceu que essa decisão já tinha sido tomada em fevereiro por seu colega Keith Schwartz, que também tirou de Murray o poder de receitar calmantes e anestésicos. O “rei do pop” morreu no dia 25 de junho de 2009 devido a uma intoxicação aguda de remédios, especialmente do anestésico de uso hospitalar Propofol.”

(Portal Uol)

Para respirar Saramago

Eis artigo que o juiz, escritor e professor universitário Mantovani Colares manda para o Blog. Intitulado “Para respirar Saramago”, aborda este português do mundo que partiu na última semana. Confira:               

A concretização da proximidade literária de Saramago custou-me um lapso temporal expressivo. De início, tentei a leitura de “Ensaio sobre a cegueira”, abandonando-o em seguida por me sentir sufocado pelo texto retilíneo, sem parágrafos, tabulações ou indicações de pausa. Não insisti, pois de cedo aprendera que a literatura só funciona naquele momento mágico em que o leitor se sente atraído pela obra, hipnotizado a tal ponto de não conseguir se desvencilhar do livro. Por isso, há o tempo certo para cada autor, para cada obra.

Alguns meses depois, estimulado por minha verdadeira paixão devotada a Fernando Pessoa, aventurei-me a folhear “A morte de Ricardo Reis”, porque ali o protagonista era justamente um dos heterônomos do poeta da alma. O início foi sofrível, atormentava-me a seqüência uniforme do texto, até que parei para respirar. Respirei fundo, e só aí entendi a chave do gênio Saramago: seu estilo provocante é, na verdade, um inteligente método de autodomínio lingüístico.

O leitor não se pode deixar preso na armadilha estrutural do texto. Cada leitor há de fazer sua pontuação, sua pausa. A liberdade do ritmo é nossa. Saramago nos presenteou com a possibilidade de sermos co-autores de sua obra. A ousadia do mestre está nessa mensagem, quase imperceptível: ele escreveu o livro, mas a obra só haverá de ser finalizada após nossa leitura, porque nós terminaremos de escrevê-lo, ao realizarmos as pontuações e pausas, de acordo como nossa cadência de percepção do texto.

Ele conseguiu a tão sonhada interação real entre escritor e leitor. Ouso dizer que um livro de Saramago que ainda não foi lido não é verdadeiramente uma obra literária. Somente com a descoberta dessa chave pelo leitor, a percepção do enigma de nossa interatividade na leitura, é que se tem o fecho do livro.

Enfim, para ler Saramago é preciso respirar. Quem tem o privilégio de sentir isso na alma ficará cativo para sempre de sua obra; de tal modo que passa a ser um vício. E esse vício confirma a cada dia que literatura é, acima de tudo, estilo. É isso que diferencia o contador de estórias do romancista.

No Brasil, Machado de Assis já nos acenava com essa advertência, e Guimarães Rosa comprovou como ninguém que o segredo está na forma, muito mais do que no conteúdo. Em Saramago, firmou-se um estilo de respeito ao leitor, pois temos o privilégio de ler o texto de acordo com nossa respiração. A liberdade da pontuação é o legado mais revolucionário que ele deixa para a humanidade.

*Mantovanni Colares é juiz, professor universitário e escritor. 

Morre José Saramago

“O escritor português e Prémio Nobel da Literatura em 1998 José Saramago morreu hoje aos 87 anos em Lanzarote. O autor português encontrava-se doente mas em estado «estacionário», mas a situação agravou-se, explicou o seu editor, Zeferino Coelho. José Saramago nasceu na aldeia ribatejana de Azinhaga, concelho de Golegã, no dia 16 de Novembro de 1922, embora o registo oficial mencione o dia 18.

Os seus pais emigraram para Lisboa quando ele ainda não tinha três anos de idade. Toda a sua vida tem decorrido na capital, embora até ao princípio da idade madura tivessem sido numerosas e às vezes prolongadas as suas estadas na aldeia natal.

Fez estudos secundários (liceal e técnico) que não pôde continuar por dificuldades económicas. No seu primeiro emprego foi serralheiro mecânico, tendo depois exercido diversas outras profissões, a saber: desenhador, funcionário da saúde e da previdência social, editor, tradutor, jornalista.

Publicou o seu primeiro livro, um romance («Terra do Pecado»), em 1947, tendo estado depois sem publicar até 1966. Trabalhou durante doze anos numa editora, onde exerceu funções de direcção literária e de produção. Colaborou como crítico literário na Revista Seara Nova.

Em 1972 e 1973 fez parte da redacção do Jornal Diário de Lisboa onde foi comentador político, tendo também coordenado, durante alguns meses, o suplemento cultural daquele vespertino. Pertenceu à primeira Direcção da Associação Portuguesa de Escritores. Entre Abril e Novembro de 1975 foi director-adjunto do Diário de Notícias. Desde 1976 vive exclusivamente do seu trabalho literário.”

(Com Agências)

Epa! Brasil ainda é falho no combate ao tráfico de pessoas

“Um relatório do Departamento de Estado americano avalia que o Brasil ainda não põe em prática as medidas necessárias para a erradicação do tráfico de pessoas no país, sendo a impunidade um dos principais problemas. O país é “fonte de homens, mulheres, garotas e garotos sujeitos ao tráfico” e forçados a se prostituir no exterior ou a trabalhar em regime de escravidão dentro do próprio território nacional, apontou o estudo.

Em menor escala, o Brasil também recebe “homens, mulheres e crianças provenientes de Bolívia, Paraguai e China” para trabalhar no setor têxtil em centros metropolitanos como São Paulo, sem prestar a devida assistência às vítimas e normalmente extraditando trabalhadores indocumentados, afirmou o relatório.

Com isso, o Brasil foi classificado entre o grupo dos países que “não cumprem totalmente os requisitos mínimos para a eliminação do tráfico, mas estão empreendendo esforços significativos para tanto”. Na mesma categoria ficou a maioria dos países sul-americanos e diversos europeus: Portugal e Suíça (destinos para escravos sexuais provenientes de vários países, inclusive o Brasil) e grande parte do Leste Europeu (região onde o tráfico sexual recruta um grande número de vítimas).

Os Estados Unidos e a maioria dos países da Europa ocidental ficaram no grupo das nações que reconhecem o problema e têm tomado medidas que cumprem com os padrões internacionais considerados necessários para erradicar o tráfico de pessoas.

Embora reconheça que o Brasil tem avançado em vários aspectos dentro dessa estratégia – inclusive na legislação contra o tráfico de pessoas –, o relatório do governo americano nota que as condenações contra acusados de tráfico sexual caíram de 22 no ano retrasado para apenas cinco no ano passado no país. Quinze pessoas foram processadas e condenadas segundo as leis de trabalho escravo no período analisado, contra 23 no período anterior.

“Mais de 25 mil brasileiros adultos estão sujeitos ao trabalho escravo dentro do país, principalmente em fazendas de gado, madeira e mineração, cana-de-açúcar e grandes propriedades produtores de milho, algodão, soja e carvão vegetal”, afirmou o documento. “Crianças foram identificadas como trabalhadores escravos na pecuária, mineração e na produção de carvão.”

O relatório elogiou a criação de uma “lista suja” contendo nomes de empresas e indivíduos responsabilizados dentro da legislação de trabalho forçado e de uma linha telefônica que recebeu mais de 12 mil denúncias de exploração infantil, entre elas 200 delas de tráfico de menores.

O documento recomendou ao Brasil aumentar os esforços para identificar e punir casos de tráfico de pessoas, incluindo de funcionários públicos cúmplices nos crimes, ampliar a colaboração entre entidades governamentais e entre governo, empresas e entidades não-governamentais e direcionar recursos para financiar assistência e proteção às vítimas.

O relatório, prefaciado pela secretária norte-americana de Estado, Hillary Clinton, marca os dez anos de uma convenção das Nações Unidas assinada em Palermo, na Itália, com a finalidade de prevenir, reprimir e punir o tráfico de pessoas, especialmente mulheres e crianças. O estudo destacou que existem 12,3 milhões de adultos e crianças em situação de trabalho forçado e prostituição forçada no mundo.

No ano passado, 23 países melhoraram sua classificação no relatório em relação à classificação do ano anterior, enquanto 19 países pioraram. De acordo com o estudo, 62 países nunca condenaram um traficante sob leis condizentes com o Protocolo de Palermo, e 104 países ainda não têm leis ou nem políticas para evitar a deportação de vítimas de tráfico.”

(BBC Brasil)

Passaportes brasileiros terão chip

“A Polícia Federal mudará os passaportes brasileiros a partir de dezembro. O documento virá com um chip que armazena informações sobre o passageiro e tem leitura mais ágil nos setores de imigração.

O valor de custo quase dobrará, obrigando o governo a pagar, nos próximos cinco anos, até R$ 361,4 milhões à Casa da Moeda pela caderneta “supersegura”. O valor foi publicado no extrato que dispensa a exigência de licitação, no Diário Oficial da União, no início do mês.

O Ministério da Justiça diz que a taxa para o viajante, de R$ 156,07, aumentará, mas que o reajuste, a ser definido, não será “exorbitante”.
Quem tem o modelo atual ou o antigo só precisará trocá-lo.”

(Globo)

Delta Air Lines ameaça não mais operar em Fortaleza

Direto dos Estados Unidos, onde se encontra, o jornalista Paulo Limaverde manda uma informação:

“Caro Eliomar

Estou nos Estados Unidos.Vou aproveitar e lhe mandar uma noticia quentinha: a Delta Airlines deixará de pousar em Fortaleza definitivamente  em dezembro proximo.

O motivo: o Governo do Estado do Ceará não cumpriu nenhuma parte do que foi acordo com a companhia aérea americana.

VAMOS NÓS – Paulo Limaverde não deu mais detalhes. Ele se baseia em fontes e em conversas com o pessoal da empresa nos EUA. Faz-se necessário que a Secretaria do Turismo do Estado fique atenta e esclareça bem essa situação.

Bisneta de Mandela morre em acidente na África do Sul

“Uma bisneta de Nelson Mandela morreu na manhã desta sexta-feira (11) em um acidente de carro, após deixar o show de abertura da Copa do Mundo da África do Sul, realizado em Soweto, informou a Fundação do ex-presidente sul-africano.

Zenani Mandela completou 13 anos na última quarta-feira (9). Ela é neta de Zindzi Mandela, filha do líder sul-africano.

A polícia local deteve o motorista do carro da família Mandela, e investiga a possibilidade de homicídio culposo, informou o coronel Noxolo Kweza.

As informações sobre as circunstâncias do acidente, porém, ainda são desencontradas. Segundo a polícia, não há envolvimento de outro veículo no acidente, mas o carro teria capotado. Também não há informações sobre outras vítimas, embora outro passageiro estivesse no veículo.

A fundação informou ainda que a família de Mandela pediu privacidade sobre a tragédia, e confirmou que o ex-presidente tem nove bisnetos.”

(Portal G1)

ONU amplia lista de sanções contra o Irã

“O Conselho de Segurança da ONU acertou ontem os últimos detalhes do projeto de resolução impondo novas sanções ao Irã, que deverá ser votado na manhã de hoje. A aprovação é tida como certa, uma vez que o texto contou com o apoio de 12 dos 15 membros do conselho, incluindo todas as cinco potências com direito a veto — Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido. Nas reuniões preparatórias para a votação de hoje, apenas três delegações manifestaram oposição à proposta liderada pelos americanos: Brasil, Turquia e Líbano.

A nova rodada de sanções inclui uma lista negra com os nomes de 40 empresas e agências governamentais iranianas, e menciona Javad Rahiqi, chefe do Centro de Tecnologia Nuclear de Isfahan, que terá seu nome incluído numa lista de proibição de viagens internacionais.

Pelo menos 15 companhias controladas pela Guarda Revolucionária iraniana seriam alvo de sanções — que preveem o congelamento de bens dessas empresas no circuito internacional, inspeção de embarcações destinadas ao Irã em águas internacionais e portos de partida.

Das 40 empresas, 22 estão envolvidas com atividades de suporte ao programa de mísseis balísticos. Há também na proposta uma ampliação substancial da proibição de fornecimento de armas ao país, incluindo tanques, jatos, helicópteros de ataque, navios, equipamentos de artilharia e de suporte a mísseis e componentes eletrônicos que possam ter uso militar.

Além disto, todas as empresas mineradoras que atuam no Irã ou que comercializem com o país minérios que possam ser usados como combustível nuclear estão na lista de restrições.

— Estas são as sanções mais significativas que o Irã já enfrentou — declarou a secretária de Estado, Hillary Clinton, em visita a Quito.

Também bancos iranianos terão suas atividades restritas no mercado internacional caso haja suspeita de envolvimento no programa nuclear.

Entre as companhias citadas no texto está a Islamic Republican of Iran Shipping Lines (Irisl), a maior empresa de transporte de carga marítima, que passa a ter seus navios inspecionados em todas as incursões em águas internacionais.

— Fizemos uma proposta bastante dura para atingir o programa nuclear iraniano e obtivemos um apoio muito significativo para continuarmos com a estratégia de combinar pressão e diplomacia a fim de persuadir os iranianos a desistirem do enriquecimento de urânio — disse a embaixadora americana na ONU, Susan Rice.”

(O Globo)

Estudo revela que sangue com HIV pode ser usado em transfusões

O sangue de pessoas infectadas com o vírus da imunodeficiência humana (HIV), causadora da Aids, pode ser usado de forma segura para transfusões de sangue, como aponta um estudo médico recente apresentado em Nairóbi e que é citado pela imprensa local.

O estudo do médico Samwel Oketch, do New Nyanza Provincial General Hospital, da província queniana de Nyanza que prova que a “lavagem dos glóbulos vermelhos elimina o plasma do ARN (ácido ribonucleico) do HIV, tornando o sangue seguro para transfusões”, assinala o jornal queniano “Daily Nation”.

“Os pesquisadores foram capazes de limpar o sangue de qualquer rastro do HIV usando uma solução salina, composta de sal de cozinha e água”, segundo a publicação.

Oketch apresentou os resultados da pesquisa no 29º Congresso Mundial de Ciência Biomédica de Laboratório, que começou em Nairóbi que se encerra nesta semana.

Em caso de ser adotado, este método seria especialmente útil em países da África Subsaariana como o Quênia, onde há escassez de reservas de sangue “devido ao temor dos doadores de que seu sangue seja analisado para identificar se são portadores da aids”.

Pelos últimos dados da Organização Mundial da Saúde, no mundo há 33,4 milhões de pessoas com aids, dos quais 22 milhões vivem na África Subsaariana.”

(Agência EFE)

Universidade americana acerta cooperação técnica com UFC

O professor Richard West, diretor do Center for the School of the Future at the Utah State University (USU), visita a Universidade Federal do Ceará nesta semana para tratar do projeto de cooperação técnica “Formando Especialistas Multidisciplinares para o uso e desenvolvimento de objetos de aprendizagem com saliências culturais” desenvolvido pelo PROATIVA, Grupo de Pesquisa e Produção de Ambientes Interativos e Objetos de Aprendizagem da UFC Virtual em parceria com a Universidade de Utah e a Universidade da Geórgia.

Na quinta-feira, às 14 horas, Richard West ministrará palestra sobre as atividades do projeto no auditório do Centro de Tecnologia, no Campus do Pici. A partir desse projeto, estudantes brasileiros e americanos participam de intercâmbio e realizam atividades em escolas baseadas no uso da tecnologia na Educação.

O QUE É PROATIVA?

O PROATIVA mantém atividades desde 2001 e ainda neste ano, ampliando o projeto de cooperação com a Universidade de Utah, vai desenvolver na escola de Ensino Fundamental Maria de Carvalho Martins, da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza os projetos “Brincando no Brasil”, que consiste na criação de uma história digital com crianças do 4º ano sobre um grupo de americanos que vem ao Brasil e quer aprender sobre nossas brincadeiras e o “Uso de Manipulativos Digitais” como auxiliar na construção e compreensão de gráficos de barras e de setores.

(Site da UFC)