Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

OEA vai decidir se abre processo de suspensão da Venezuela

 

A Organização dos Estados Americanos (OEA) decide nesta terça-feira (5) se inicia um processo de suspensão da Venezuela, pedido pelo Brasil e mais seis países: Argentina, Canadá, Chile, Estados Unidos, México e Peru. Para ser aprovada, a proposta de resolução precisa do apoio de pelo menos 18 dos 34 membros da entidade regional. O chanceler brasileiro, Aloysio Nunes Ferreira, acredita que esse número de votos está praticamente garantido – mas disse que o documento apenas permite o início de um processo, que é longo e não resultará necessariamente no afastamento da Venezuela.

“A suspensão da Venezuela exige o cumprimento de algumas etapas. Não é uma coisa que se pode decidir amanhã [terça-feira]”, disse o chanceler, em entrevista nessa segunda-feira (4). O afastamento de um membro da OEA requer o apoio de pelo menos 24 países – dois terços do total. “Espero que não seja preciso suspender a Venezuela. É ruim para a Venezuela, mas é ruim para a OEA também”.

A proposta de resolução não fala em “suspensão” – mas faz referência à “aplicação dos mecanismos para a preservação e a defesa da democracia”, previstos na Carta Democrática Interamericana. Essa carta – cuja função é garantir a democracia na região – determina que a ruptura da ordem democrática em um país pode resultar no seu afastamento da OEA.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, vem sendo acusado – tanto pela oposição venezuelana, quanto pela comunidade internacional – de ter avançado sobre os poderes Legislativo e Judiciário de seu país, para se manter no poder. No último dia 20, ele foi reeleito para um segundo mandato consecutivo, mas menos da metade do eleitorado votou. Os principais lideres opositores estavam na cadeia, no exilio ou estavam inabilitados para se candidatar. E os maiores partidos da oposição decidiram boicotar a votação para não legitimar o que consideram ter sido uma fraude.

O projeto de resolução que será votado hoje afirma que a eleição presidencial venezuelana “carece de legitimidade” porque não contou com “a participação de todos os atores políticos venezuelanos”, nem ofereceu as garantias necessárias para um “processo livre, justo, transparente e democrático”. Em discurso ontem, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse que o pedido de suspensão representa um “recado ao regime de Maduro” de que o país só será aceito pela comunidade internacional depois de realizar novas e “verdadeiras eleições” presidenciais.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, imediatamente respondeu que seu país não aceitaria ingerência externa. “O presidente da Venezuela se chama Nicolás Maduro Moros e ele foi eleito com 68% do apoio popular nas eleições de 20 de maio”, disse. “Não nos importa se os Estados Unidos ou qualquer outro país não reconheça os resultados”.

Na prática, a suspensão da Venezuela seria mais uma condenação política da comunidade internacional. No ano passado, Maduro anunciou que abandonaria a OEA, em protesto contra o que considera ser um complô internacional contra o regime socialista venezuelano, no poder há 18 anos.

Pompeo tambem pediu, além da suspensão, que os países exercam mais pressão sobre Maduro – incluindo sanções econômicas. Mas esse é um tema delicado. A hiperinflação, o desabastecimento e a radicalização politica ja expulsaram milhares de venezuelanos aos países vizinhos – especialmente ao Brasil e à Colombia –, que hoje sentem o impacto da crise humanitária.

(Agência Brasil/Foto – Marco Bello, da Reuters)

Homenageado, Moro ocupou camarote real em Mônaco

 

Homenageado na quarta edição do Brasil Mônaco Project, no último fim de semana, o juiz federal Sergio Moro foi recebido com honrarias no principado. Ele assistiu a um concerto no camarote real da Opera Garnier, no cassino Monte Carlo, ao lado do príncipe Albert 2º. Depois, participou de jantar e prestigiou um leilão beneficente.

O evento tem o apoio da realeza e já reverenciou personalidades como o ex-jogador Ronaldo. Convites para participar do ato foram vendidos por €1.000,00.

A organizadora do evento é Luciana de Montigny, mulher do cônsul de Mônaco. Um vídeo com detalhes da noite de homenagem a Moro foi postado nas redes sociais. Segundo convidados, os recursos arrecadados seriam destinados a uma fundação chamada “Butterfly”.

(Foto – Folhapress)

Parlamentar cearense representa o Brasil em fórum na Rússia

O líder do PSD na Câmara dos Deputados, Domingos Neto, encontra-se na Rússia, onde participa do Fórum Internacional pelo Desenvolvimento do Parlamentarismo. O evento reúne delegações de parlamentares de vários países, que debater questões legislativos da atualidade.

Nesta segunda-feira, o cearense falou para uma plateia lotada em nome do Brasil explicando sobre as leis aprovadas nas áreas de tecnologia, economia colaborativa e empreendedorismo. “Nossa sociedade avançou, nosso jeito de viver como um todo mudou e não temos como voltar atrás. Por isso, tivemos que aprovar a Lei do Uber, estamos analisando a do Airbnb e tantas outras”, afirmou Domingos Neto.

O deputado destacou também a preocupação do Brasil em relação à proteção dos dados individuais e à proteção da democracia. “São desafios especialmente em relação à internet e novas tecnologias. Uma das principais é a preocupação que temos com a disseminação das fake news para a democracia”, resumiu. O parlamentar retorna ao Brasil ainda nesta semana.

Goleiro do Liverpool sofreu concussão antes dos gols do Real Madrid na final da Champion League

O goleiro Karius sofreu uma concussão durante a final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Liverpool, que terminou com vitória merengue por 3 a 1. Foi o que apontou uma bateria de exames feitos com o atleta. A lesão cerebral teria sido acarretada pelo choque com o zagueiro Sergio Ramos nos primeiros minutos do segundo tempo, pouco antes do primeiro gol do Real, marcado por Benzema.

De acordo com o comunicado do Hospital Geral de Massachusetts, referência no assunto e onde o goleiro do Liverpool foi examinado, a concussão causou “disfunção espacial visual”. Os exames também apontaram a possibilidade de que “tais déficits afetem o desempenho”.

O choque aconteceu aos três minutos da segunda etapa. Atrapalhado por Van Dijk dentro da área, Sergio Ramos acertou uma cotovelada no rosto do goleiro, que caiu sentindo dores. Na sequência, a bola sai pela linha lateral, e Karius se queixa com o árbitro de que havia sido atingido pelo zagueiro.

Karius acabou sendo protagonista da decisão por conta de duas falhas providenciais. A primeira no gol de Benzema, em que jogou a bola nos pés do atacante do Real Madrid; e a segunda no terceiro gol do time espanhol, quando espalmou para dentro o chute de longe de Bale.

Confira a íntegra do comunicado do hospital

Recebemos inúmeros questionamentos hoje sobre o estado de saúde do goleiro do Liverpool, Loris Karius. Com a permissão do Sr. Karius, vamos fornecer informações sobre sua situação médica em um esforço para impedir, quando possível, a disseminação de informações incompletas ou errôneas.

Em 31 de maio de 2018, o Sr. Karius foi submetido a um exame abrangente pelo Dr. Ross Zafonte e pelo Dr. Lenore Herget em Boston, no Hospital Geral de Massachusetts e no Hospital de Reabilitação Spaulding.

Depois de revisar cuidadosamente o filme do jogo e integrar uma história detalhada – incluindo seus sintomas subjetivos presentes e imediatos pós-contato -, exame físico e métricas objetivas, concluímos que o Sr. Karius sofreu uma concussão durante a partida em 26 de maio de 2018.

No momento de nossa avaliação, os principais sintomas residuais e sinais objetivos do Sr. Karius sugeriram que a disfunção espacial visual existia e provavelmente ocorreu imediatamente após o evento. Outras áreas de disfunção sintomáticas e objetivamente observadas também persistiram. Pode ser possível que tais déficits afetem o desempenho.

Também notamos que o Sr. Karius relatou uma melhoria significativa e constante desde o evento concussivo, e esperamos que ele faça uma recuperação completa com base nos resultados do exame. Esperamos que, com o tratamento e seguindo os protocolos de atividade prescritos, ele continue a melhorar. Encorajamos a vigilância e a ênfase na segurança em seu eventual retorno à atividade plena.

Este é o único comentário que faremos em relação a este assunto. Todas as futuras consultas de mídia devem ser encaminhadas ao escritório de imprensa do Liverpool FC.

Dr. Ross Zafonte, VP Senior de Assuntos Médicos do Hospital de Reabilitação Spaulding e Chefe da Medicina Física e Reabilitação do Hospital Geral de Massachusetts.”

(Foto – Sergei Supinskiy da AFP)

Biografia de Meghan Markle chega ao Brasil neste mês

Meghan Markle tem apenas 36 anos, mas acaba de ganhar uma biografia. Escrito por Andrew Morton, biógrafo da princesa Diana, o livro chega ao Brasil neste mês.

A informação é do jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

“Meghan: a princesa de Hollywood que conquistou a Inglaterra”, da editora Seoman, tem entrevistas com a família, amigos e professores da atriz, além de contar detalhes do início do romance com o príncipe Harry.

Parlamento espanhol elege um socialista como primeiro-ministro

O Parlamento espanhol decidiu nesta sexta-feira, 1º, por 180 votos a 169, afastar o primeiro-ministro Mariano Rajoy e substituí-lo por Pedro Sánchez, líder de centro-esquerda do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE).

A decisão foi tomada depois de uma moção de censura do PSOE contra Rajoy em virtude da multa que o partido do agora ex-premiê, o Partido Popular (PP), ter sido multado judicialmente por um amplo esquema de corrupção. Mariano Rajoy estava no cargo há oito anos.

Para obter os votos necessários para derrubar o governo anterior e se eleger, Pedro Sánchez, que ainda precisa ser empossado pelo rei Felipe VI, firmou uma aliança com o Podemos e os nacionalistas bascos e catalães, o que provocou críticas do PP e de aliados de Rajoy. O porta-voz do partido no Parlamento, Rafael Hernando, acusou o novo primeiro-ministro de se aliar “extremistas, radicais e independentistas que desejam acabar com o projeto de Espanha”.

Em sua defesa, Sánchez afirmou que seu governo “quer que a Catalunha esteja na Espanha e escutará a Catalunha”. Ele também reiterou compromisso com uma posição pró-Europa e prometeu “estabilizar socialmente” o país, privilegiando ações em defesa do meio ambiente e da igualdade entre homens e mulheres.

O novo primeiro-ministro deve ter um governo difícil. O partido liberal Cidadãos já defendeu a realização de novas eleições gerais. “Eu não quero um governo zumbi pela corrupção, mas tampouco quero um governo Frankenstein com os que querem liquidar a Espanha”, advertiu o líder da legenda, Albert Rivera, indignado com o apoio dos separatistas catalães à moção socialista.

(Com Agências)

Fortaleza é sede de exposição internacional de cães com pedigree

Fortaleza recebe, de hoje até domingo, no Centro de Eventos do Ceará, a Exposição Américas y El Caribe, um dos maiores eventos de cinofilia do mundo. O encontro vai reunir 1.235 cães, de diversos países, para uma competição que busca encontrar os animais que mais se adequam ao padrão físico e de comportamento de cada raça. É a primeira vez que a mostra, promovida pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) e Kennel Clube do Estado do Ceará (KCEC), chega à região Nordeste do Brasil.

Hoje, serão realizadas as exposições especializadas de cada raça. Amanhã, ocorrem as exposições internacionais e, no domingo, 3, a grande final, com mostra da seção Américas e Caribe da Federação de Cinofilia Internacional (FCI).

França, Espanha, Rússia, Estados Unidos e países da América Latina e Central são alguns dos locais de origem dos cães competidores. Eles têm a partir de quatro meses de idade e devem estar comprovadamente vacinados e em dia com exames para participar do evento, informa Daniel Uchoa, chefe da equipe de veterinários da exposição.

As raças com mais exemplares são buldogue francês, rottweiler, fila brasileiro e labrador. Mas, também estarão presentes outras “mais exóticas”, como o cão-lobo checo e o mastim tibetano — uma das raças de cães de maior porte e mais caras do mundo. No total, são 120 raças organizadas em 11 grupos. Nas subdivisões, os cães são separados por categoria: pastores e boiadeiros, que inclui pastor alemão e border collie; animais de companhia, na qual estão o chihuahua e o buldogue francês; e farejadores, como o beagle.

Acompanhado por um apresentador, o cão é exibido aos juízes. No desfile, primeiro, o animal fica de pé e parado, em seguida deve caminhar em linha reta e em círculo. O objetivo é demonstrar que os cachorros têm estrutura física, se locomovem e se comportam de acordo com os padrões técnicos estabelecidos para cada raça.

(O POVO/Foto – Divulgação)

Seleção treina nesta terça-feira na Inglaterra de olho na Copa

Depois de uma segunda-feira (28) de trabalho intenso na parte da tarde, no Centro de Treinamento do Tottenham, em Londres, onde a seleção está hospedada, os jogadores participam hoje (29) de atividades em dois períodos, manhã e tarde.

Dos 20 jogadores que já estão na capital inglesa, já que Marcelo, Casemiro, Roberto Firmino, só se apresentam amanhã (30), apenas Douglas Costa e Fágner fizeram trabalhos em separado, pois se recuperam de lesões musculares. A expectativa é que Fágner treine nesta terça-feira com os demais jogadores.

Nessa segunda-feira, depois dos exames antidoping feitos pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), Tite conduziu o chamado treino técnico-tático, realizado em campo reduzido. O destaque foi Neymar que, mesmo voltando de uma longa inatividade, por causa de uma lesão, teve intensa movimentação.

O Brasil faz dois amistosos antes de chegar à Rússia para o início da Copa do Mundo. Além da Croácia, no domingo (3), às 11h, em Liverpool, a seleção enfrenta a Áustria, em Viena, no dia 10 de junho. O time brasileiro estreia no mundial contra a Suíça no dia 17, em Rostov On Don.

(Agência Brasil)

EUA pedem para quem viajar ao Brasil estocar água e itens domésticos

Os impactos da paralisação dos caminhoneiros nas rodovias brasileiras chegaram aos Estados Unidos. O Departamento de Estado norte-americano emitiu hoje (24) um alerta de segurança em que recomenda a quem viajar para o Brasil estocar água e itens de uso domésticos. A nota também recomenda, entre outras ações, que viajantes chequem as condições de trânsito antes de viajar, contatem empresas aéreas para confirmar voos e revisem seus planos pessoais de segurança.

Equivalente ao Ministério das Relações Exteriores no Brasil, o Departamento de Estado dos Estados Unidos, usou o Twitter para transmitir a mensagem: “[Viajantes] considerem adotar medidas para garantir estoque adequado de itens para uso doméstico e água e conservar combustível para veículos nesse período”.

O comunicado diz que a greve dos caminhoneiros está interrompendo a distribuição normal de combustível e de bens em todo o país e destaca que cidades do interior do Brasil, em locais mais distantes de refinarias e de centros de distribuição de comida, devem sofrer mais impacto do que outras. “Uma vez resolvida [a paralisação], pode demorar algum tempo para que os suprimentos retornem a níveis normais – especialmente em cidades mais distantes de centros de distribuição de comida e de combustível”, diz o texto.

O departamento também cita que o governo do Brasil está mantendo reuniões com os caminhoneiros para solucionar o impasse.

(Agência Brasil)

Shopping Iguatemi vai transmitir a final da Champions League

O atacante Salah, do Liverpool.

O Shopping Iguatemi anuncia: vai transmitir, com telões na Praça da Alimentação (1ª etapa), a final da Champions League, que colocará frente a frente Real Madrid x Liverpool. A partida será disputada no sábado (26), a partir das 15h45min.

Os telões, a partir das 15 horas, já estão oferecendo à clientela os bastidores que antecedem a final disputada em Kiev (Ucrânia).

(Foto – AP)

Brasil ganha certificação de país livre da aftosa com vacinação

Depois de mais de 50 anos de trabalho na erradicação e prevenção da febre aftosa nos rebanhos, o Brasil recebe hoje (24) a certificação de país livre da doença com vacinação, da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). As ações, compartilhadas entre os governos federal e estaduais e o setor privado, incluem a vacinação nos pastos, a vigilância nas fronteiras e a estruturação da rede laboratorial do país.

A maioria dos estados brasileiros já tinha o reconhecimento de zona livre da aftosa com vacinação. Agora, com o novo status sanitário, a comercialização de carnes e animais vivos será facilitada tanto dentro quanto fora do país. “Isso mostra que o país, com um dos maiores rebanhos do mundo, tem se preocupado com as questões sanitárias. Isso passa mais credibilidade e segurança a compradores”, disse o superintendente técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Bruno Lucchi.

Segundo ele, a certificação de país livre de aftosa pode, inclusive, agregar valor a outros setores, como o da suinocultura. “Não temos o mesmo risco [de outros países onde o vírus da febre aftosa circula], isso agrega valor muito grande às exportações, os mercados pagam bem melhor. Temos o ganho direto e o indireto”, explicou.

A diretora-geral da OIE, Monique Eloit, entregará o certificado sanitário ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, na sede da organização em Paris, durante a 7ª Sessão Plenária da instituição. A Comissão Científica da OIE aprovou a certificação do Brasil em 2017, mas os 181 países integrantes da organização oficializam a decisão nesta quinta-feira.

No último domingo (20), Maggi discursou na abertura oficial da 86ª Sessão Geral da OIE. Ele disse que o reconhecimento do Brasil como país livre da aftosa com vacinação é “a vitória de uma longa e dura trajetória de muita dedicação de pecuaristas e do setor veterinário oficial”.

O Brasil iniciou o combate organizado à febre aftosa ainda na década de 60, por meio de campanhas de vacinação. “Naquela época, a doença se manifestava de forma endêmica, com milhares de focos por ano. Era um verdadeiro caos sanitário”, disse o ministro no discurso.

(Agência Brasil)

Comitê de Direitos Humanos da ONU rejeita pedido para que Lula seja solto. Por enquanto

199 1

O Comitê de Direitos Humanos da ONU rejeitou o pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que seja solto no Brasil, como parte de medidas cautelares solicitadas por seus advogados. O caso nas Nações Unidas, porém, não está encerrado e uma avaliação completa de sua situação continua sendo realizada, em análise que começou em meados de 2016. O governo brasileiro terá mais seis meses para responder a uma série de perguntas formuladas pela ONU. Mas uma decisão, segundo a entidade, ficará apenas para 2019.

“O Comitê de Direitos Humanos não concederá medidas cautelas no caso de Lula da Silva”, declarou a porta-voz de Direitos Humanos da ONU, Julia Gronnevet.

O jornal O Estado de S. Paulo revelou com exclusividade no mês passado que um recurso ao Comitê de Direitos Humanos da ONU era uma possibilidade. Um dia antes de ser preso, enquanto Lula negociava com a Polícia Federal, seus advogados entraram com a queixa na ONU. A reportagem apurou que chamou a atenção do organismo a rapidez da decisão do juiz federal Sérgio Moro.

Lula foi preso no dia 7 de abril para cumprir a pena de 12 anos e um mês de reclusão que lhe foi imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o Tribunal da Lava Jato, no processo do triplex do Guarujá (SP). O ex-presidente ocupa uma “sala especial” no prédio-sede da Polícia Federal em Curitiba.

Uma resposta positiva por parte da ONU significaria, na avaliação da entidade, apertar o botão de “pausa” num processo em andamento para que eventuais violações de direitos humanos fossem avaliadas. Nesse caso, os riscos de um dano irreparável não foram constatados.

Uma eventual decisão de recomendar medidas urgentes ocorreria por conta da avaliação dos peritos da ONU de que a prisão lhe impediria de exercer plenamente seus direitos políticos. Mas o apelo não foi atendido.

Olivier de Frouville, um dos membros do Comite da ONU, explicou que a avaliação concluiu que “não houve um dano irreparável” com a prisão de Lula. “Tomamos medidas cautelas quando há um risco de dano irreparável”, explicou. “Olhando para o pedido dos advogados de defesa e para a situação presente, consideramos que, neste momento, não existe esse risco”, disse.

Um dos danos irreparáveis, segundo ele, seria a perda de direitos civis ou políticos por conta de uma ação. “Não estávamos convencidos de que isso era o caso”, disse. “Não há risco pessoal claro ainda”, apontou, alertando que o “estado presente é ainda muito incerto”.

De acordo com Frouville, o Comitê enviou uma carta ao governo brasileiro comunicando a decisão. Mas também alertando que o estado não poderá tomar medidas que sejam incompatíveis com o trabalho do Comitê e nem no caso de Lula.

“Vamos continuar atentos sobre o que ocorre nesse caso e, claro, os advogados de defesa tem o direito de voltar ao Comitê para pedir medidas cautelas caso tenham novas informações”, indicou. “Mas, neste ponto, o Comitê não vê risco de dano irreparável”, indicou.

Uma esperança entre aliados de Lula era de que a ONU seguisse a mesma decisão que já havia tomado em um caso que consideravam semelhante. Em março, ela atendeu a um pedido similar de políticos catalães, presos nos últimos meses. Ela recomendou, por exemplo, que o deputado independentista Jordi Sanches, fosse liberado para que pudesse participar de eleições. Mas o estado espanhol ignorou a recomendação da ONU.

Mérito do caso

Mesmo sem atender ao pedido dos advogados de Lula, a ONU continua a avaliar o caso e juntar em um mesmo processo a questão da admissibilidade e seu mérito. Mas alerta que dificilmente teria uma posição final antes de 2019, depois das eleições presidenciais. A queixa de Lula foi levada ao Comitê de Direitos Humanos Nações Unidas em julho de 2016, pelo advogado Geoffrey Robertson. A denúncia central era de que Moro estaria sendo parcial no julgamento do ex-presidente. Em outubro daquele ano, as equipes legais da ONU aceitaram dar início ao exame.

“Ainda não lidamos com o mérito do caso”, disse Frouville. “Isso vai ser feito se o caso for aceito”, explicou. De acordo com ele, o estado brasileiro recebeu seis meses de prazo para responder a uma série de questões. “Nesse momento, não há ainda uma decisão sobre a admissibilidade do caso”, disse.

Depois disso, a defesa de Lula ainda tem mais quatro meses para dar uma resposta aos comentários do Brasil. Se o obstáculo da admissibilidade for superado, o Comitê então avaliará seu mérito.

Yuval Shany, um dos 18 peritos do Comitê, explicou ao Estado no mês passado que o caso ainda está sendo avaliado no que toca sua admissibilidade. Para que o caso seja tratado em seu mérito, porém, ele aponta que primeiro há que se decidir se os remédios locais foram esgotados ou não.

“Só podemos lidar com o caso se isso foi totalmente resolvido pela Justiça doméstica. O sr. Lula sugeriu que as injustiças são tais, que não há remédios locais efetivos para ele no Brasil”, explicou Shany. “O estado (brasileiro) contesta isso. Portanto, precisamos primeiro decidir sobre essa questão”, disse.

Na fase inicial da avaliação de uma queixa, não se avaliava o conteúdo do caso. Mas somente se a ONU tem o direito ou não de examinar e fazer suas recomendações. Em 2017, o governo brasileiro deu respostas às Nações Unidas sobre o caso, alegando que todas as instituições do estado estão “funcionando” e que os direitos do ex-presidente foram preservados.

(Com Agência Estado)

Ministro vai defender reforma trabalhista em Genebra

O ministro do Trabalho, Helton Yomura, vai a Genebra no início de junho para defender o Brasil das acusações de que as mudanças nas leis trabalhistas do país contrariam normas internacionais das quais o país é signatário desde antes da entrada em vigor da reforma urabalhista, em novembro do ano passado.

Yomura disse que terá prazer em defender o Estado brasileiro durante a 107ª Conferência da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que vai ocorrer entre sexta-feira (25) e o próximo dia 8. Neste ano, o encontro tem como tema principal a violência e o assédio no local de trabalho.

“O Brasil não descumpre nenhuma regra internacional do trabalho acordada”, disse Yomura, ao participar, em Fortaleza (CE), do 60º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel). Discursando para uma plateia formada, principalmente, por empresários e executivos do setor hoteleiro e gestores públicos da área de turismo, o ministro admitiu ficar “irritado” com as denúncias contra o Estado brasileiro na OIT.

“Tem me causado uma certa irritação a teimosia em denunciar a República à OIT, denunciar que somos um país que descumpre a legislação trabalhista e os acordos internacionais dos quais o Brasil é signatário”, afirmou. Yomura alegou que a polêmica põe em xeque a credibilidade da nação e lembrou que, no ano passado, o país “bateu na trave” e quase foi incluído na lista dos países suspeitos de descumprir a legislação trabalhista.

A denúncia resultou de consulta feita pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), no ano passado. Para a entidade sindical, a nova legislação viola a Convenção 98 da OIT. Ratificada pelo Brasil em 1953, a Convenção 98 estabelece os princípios do direito de organização dos trabalhadores, o direito de sindicalização e à negociação coletiva.

(Agência Brasil)

Brasil vai ser sede de escritório regional do Brics nas Américas

O Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), instituição criada pelos países membros do Brics (grupo que reúne o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul), abrirá seu escritório regional das Américas no Brasil neste ano, informou hoje (22) a organização.

Em comunicado, o banco disse que a decisão foi comunicada ontem por K.V. Kamath, o presidente do NDB, ao ministro das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes Ferreira, durante uma reunião em Xangai.

O Escritório Regional das Américas aumentará a capacidade operacional do NDB, que atualmente tem sede em Xangai, e facilitará a identiÚcação e preparação de projetos a serem Únanciados no Brasil.

Junto com o Centro Regional da África, inaugurado no ano passado em Joanesburgo (África do Sul), o novo escritório regional apoiará
progressivamente “uma gama cada vez maior das operações do banco”, acrescenta o comunicado.

Brasil não reconhece a reeleição de Maduro

Nicolás Maduro enfrenta protestos.

O Ministério das Relações Exteriores afirmou, por meio de nota oficial, que a eleição presidencial na Venezuela não teve “legitimidade” nem “credibilidade”. Na nota, o Itamaraty disse que o governo venezuelano não atendeu as reivindicações internacionais para uma eleição “livre e justa”.

“Nas condições em que ocorreu – com numerosos presos políticos, partidos e lideranças políticas inabilitados, sem observação internacional independente e em contexto de absoluta falta de separação entre os poderes – o pleito do dia 20 de maio careceu de legitimidade e credibilidade”, afirmou o Itamaraty.

(Portal G1 – Foto – Marco Bello, a Reuters)

Secretário-Geral da Otan vai se reunir com Trump nos EUA

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, se reunirá na próxima semana nos Estados Unidos (EUA) com o presidente desse país, Donald Trump, antes da cúpula que a Aliança realizará em Bruxelas no mês de julho, informou hoje o organismo.

Segundo informou a Otan em comunicado, Stoltenberg viajará para os EUA entre 16 e 18 de maio, como “parte das consultas do secretário-geral com os Aliados no período prévio à cúpula da Otan de Bruxelas em julho”.

Em sua viagem, além de com Trump, o político norueguês se reunirá com o novo secretário de Estado americano, Mike Pompeo, que, após chegar ao Departamento de Estado no Únal de abril, foi imediatamente a Bruxelas para participar da reunião de ministros de Exteriores da Aliança do dia 27 de abril.

Durante o encontro ele pediu “unidade” perante as ações “desestabilizadoras” da Rússia e lembrou aos parceiros europeus que devem atingir a meta estipulada de investir 2% do seu Produto Interno Bruto em defesa daqui até 2024.

Em sua viagem, Stoltenberg se reunirá também com o secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, e com o assessor presidencial em Segurança Nacional, John Bolton, entre outras, disse a Otan.

(Agência Brasil, com Agência EFE)

Selo Unicef promove encontros de capacitação com 176 municípios

Gestores de 176 municípios cearenses que participam da edição do Selo UNICEF 2018 estarão reunidos com equipes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e parceiros durante este mês de maio. Eles passarão por capacitações técnicas em políticas públicas para crianças e adolescentes. Em Fortaleza, o encontro ocorrerá nesta quinta-feira, com 77 municípios. Já no dia 15 será a vez de Juazeiro do Norte (Região do Cariri) e, dia 30 próximo, em Sobral (Zona Norte). A informação é da assessoria de imprensa desse organismo internacional.

Cada município será representado por dois gestores ligados à administração local, um representante do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e pelo menos um adolescente que participa do NUCA – Núcleo de Cidadania dos Adolescentes. O encontro contará também com a participação do representante do escritório do UNICEF no Ceará.

Também haverá um debate de orientação sobre direitos sexuais e reprodutivos de adolescentes e sobre participação juvenil.

Programação

10/5 – Fortaleza (Com representantes de 77 municípios)

Local: Condomínio Espiritual Uirapuru – CEU

Endereço: Av. Alberto Craveiro, 2222 – Castelão – Fortaleza/CE

Horário: Das 8h30 às 17h00

15/5 – Juazeiro do Norte (Com representantes de 51 municípios)

Local: Memorial Pe. Cícero

Endereço: Praça do Cinquentenário – Centro, Juazeiro do Norte/CE

Horário: Das 8h30 às 17h00

30/5 – Sobral (Com representantes de 48 municípios)

Local: Centro de Convenções

Endereço: Av. Dr. Arimatéia Monte e Silva, 300 – Campo dos Velhos, Sobral/CE

Horário: Das 8h30 às 17h00

DETALHE –  A edição 2017-2020 do Selo UNICEF conta com a participação de mais de 1.900 municípios de 18 estados brasileiros, que assumiram junto ao UNICEF o compromisso de implementar políticas públicas para redução das desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os municípios são agrupados, dentro de seus Estados, considerando suas características demográficas e socioeconômicas.

Instituto Brasil-África organiza encontro internacional

O Instituto Brasil-África, com sede em Fortaleza, organiza o VI Fórum Brasil/África que, neste ano, ocorrerá dias 22 e 23 de novembro, em Salvador (BA).

Segundo o professor João Bosco Monte, presidente da entidade, o tema do encontro será “O Empoderamento Juventil”. Nesta terça-feira, ele mantém contatos com embaixadas africanas em Brasília.

(Foto – IBF)

Caixa Cultural apresenta retrospectiva de Pedro Almodóvar

Filme “Julieta” entre as ofertas.

A Caixa Cultural Fortaleza apresenta, a partir desta terça-feira (8), a retrospectiva El Deseo – O Apaixonante Cinema de Pedro Almodóvar, que contempla a cinematografia do prestigiado cineasta espanhol. Com curadoria assinada pela especialista na obra de Almodóvar, Silvia Oroz, e pelo jornalista Breno Lira Gomes, a mostra exibirá, até o próximo domingo (13), 22 filmes, incluindo todos os longas-metragens do diretor, e dois documentários que dão conta de sua vida e obra.

O evento ainda contará com um debate entre os organizadores da mostra – nesta terça-feira, às 19h15min, e uma master class sobre as nuances da obra do artista, ministrada por Silvia Oroz, sábado, às 10h30min.

Programação ((sujeita a alterações)

08/05 – terça-feira – VIVA A MOVIDA!

14h30 – PEPI, LUCI, BOM E OUTRAS GAROTAS DE MONTÃO – Duração: 1h20 – 18 anos

16h10 – LABIRINTO DE PAIXÕES – Duração: 1h40 – 18 anos

18h10 – TUDO SOBRE O DESEJO – O APAIXONANTE CINEMA DE PEDRO ALMODÓVAR – Duração: 49 min – 10 anos

19h15 – Debate O CINEMA DE PEDRO ALMODÓVAR

09/05 – quarta-feira – A VIDA É UM MELODRAMA

13h30 – QUE FIZ EU PARA MERECER ISTO? – Duração: 1h42 – 14 anos

15h30 – ABRAÇOS PARTIDOS – Duração: 2h09 – 14 anos

18h – A FLOR DO MEU SEGREDO – Duração: 1h42 – 14 anos

20h – FALE COM ELA – Duração: 1h52 – 14 anos

10/05 – quinta-feira – O PASSADO NUNCA MORRE

14h30 – MÁ EDUCAÇÃO – Duração: 1h45 – 18 anos

16h30 – CARNE TRÊMULA – Duração: 1h39 – 18 anos

18h30 – DE SALTO ALTO – Duração: 1h53 – 16 anos

11/05 – sexta-feira – A MALUQUICE DA VIDA

14h – AMANTES PASSAGEIROS – Duração: 1h31 – 16 anos

15h50 – MAUS HÁBITOS – Duração: 1h55 – 18 anos

18h – KIKA – Duração: 1h52 – 14 anos

20h15 – MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS – Duração: 1h35 – 12 anos

12/05 – sábado – O DESEJO ACIMA DE TUDO

10h – Master class PEDRO ALMODÓVAR E O MELODRAMA, com a curadora Silvia Oroz – Duração: 2h – 18 anos

14h – MATADOR – Duração: 1h36 – 18 anos

16h – A PELE QUE HABITO – Duração: 2h13 – 16 anos

18h30 – ATA-ME! – Duração: 1h41 – 18 anos

20h30 – A LEI DO DESEJO – Duração: 1h40 – 16 anos

13/05 – domingo – AMOR DE MÃE

14h – VOLVER – Duração: 2h01 – 14 anos

16h15 – JULIETA – Duração: 1h39 – 14 anos

18h15 – FILMES QUE MARCARAM ÉPOCA – TUDO SOBRE MINHA MÃE – Duração: 52 min – 10 anos

19h30 – TUDO SOBRE MINHA MÃE – 1h40 – 14 anos

SERVIÇO

*Os ingressos para as sessões custarão R$ 4 e R$ 2 (meia). Já o debate e a master class terão entrada gratuita, com senhas distribuídas a partir das 16h para o debate e senhas distribuídas a partir das 10h antes da master class.

*Caixa Cultural Fortaleza – Avenida Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

*Horário e Classificação indicativa: consultar programação no site www.caixacultural.gov.br

(Foto – Divulgação)