Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Hillary retorna campanha e enfrenta crescimento de Trump nas pesquisas

Após passar três dias de repouso em casa para se recuperar de uma pneumonia, a candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton, fez um comício na cidade de Greensboro, no estado da Carolina do Norte, dando continuidade à sua campanha para tentar se eleger presidente dos Estados Unidos em eleições marcadas para o dia 8 de novembro deste ano.

O retorno de Hillary, porém, ocorre em meio a um cenário desafiador na campanha eleitoral: o seu adversário do Partido Republicano, Donald Trump, está vencendo em Ohio, estado que faz a diferença, enquanto em outros estados os dois candidatos estão empatados por uma pequena diferença.

Em termos nacionais, segundo pesquisa da rede de televisão CBS em parceria com o jornal The New York Times, a vitória de Hillary é de 46% contra 44% de Donald Trump, uma diferença de apenas dois pontos percentuais, muito pouco para dar tranquilidade à candidata democrata. Em Ohio, um estado que é considerado um termômetro da tendência do eleitor norte-americano, os números são ainda mais preocupantes para o Partido Democrata: Trump está ganhando com 45% contra 37% de Hillary Clinton na preferência do eleitor, de acordo com pesquisa da Universidade de Monmouth.

(Agência Brasil)

V Fórum Brasil África debaterá Agricultura

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=u_UerJsQILg[/embedyt]

Todos os detalhes estão sendo ultimados para o V Fórum Brasil-África, que acontecerá nos dias 3 e 4 de novembro próximo, em Itaipu (PR). À frente da organização está o professor cearense Bosco Monte, que preside o Instituto Brasil África, responsável pelo evento.

Em conversa com o Blog, entre suas idas e vindas a Brasília, em ritmo de contato com o Itamaraty e embaixadas de países africanos, Bosco Monte deu detalhes sobre o fórum.

Doença de Hillary Clinton domina a campanha eleitoral dos EUA

hillary

“A dois meses das eleições para presidente dos Estados Unidos, a doença da candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton, vem dominando a campanha eleitoral. Os noticiários da TV norte-americana fazem indagações sobre a capacidade de a candidata voltar a exibir, no período que resta de campanha, o mesmo ritmo de trabalho de antes e mostram a cada meia hora as imagens de Hillary saindo de forma inesperada antes do término de um evento domingo passado (11), em Nova York, em homenagem às vítimas do ataque terrorista de 11 de setembro de 2001. As imagens exibem o momento em que a candidata se desequilibra e só não cai porque é amparada por seguranças.

Não só a imprensa dos Estados Unidos, mas alguns representantes do próprio Partido Democrata vêm criticando a forma como o comitê de divulgação da campanha de Hillary Clinton manipulou as informações antes e depois de uma médica particular emitir comunicado tornando público que a candidata foi diagnosticada com pneumonia. Os jornais mencionam que o comitê atrasou mais de dois dias para levar à imprensa a informação sobre a doença. Quando decidiu tornar pública a informação, o comitê deixou de explicar detalhes importantes, o que só contribuiu para aumentar as especulações – se algo sobre a doença que ainda não foi divulgado.

Ao comentar as especulações, a campanha de Hillary reconheceu ontem (12) que falhou ao divulgar a informação sobre a pneumonia. Dirigindo-se a alguns representantes do Partido Democrata, que disseram estar decepcionados com a falta de transparência nos relatos sobre a saúde da candidata, a diretora de Comunicações da campanha, Jennifer Palmieri, admitiu que o trabalho da comunicação “poderia ter sido melhor”.

(Agência Brasil)

Ceará vai expor ações da área econômica em evento do Banco Mundial

 

Flavio Ataliba Diretor Geral IPECE (1)

Nesta segunda-feira, o diretor-geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba, dará palestra no Rio de Janeiro. Ele falará sobre o PforR Ceará e atende a um convite do presidente do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE), Luiz Guilherme Schymura, órgão vinculado à Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O evento será fechado para convidados da área de economia e tem o objetivo de mostrar bons exemplos e práticas da administração pública. O secretário da Fazenda, Mauro Filho, também participará e fará uma exposição das finanças do Estado que, nesse momento de crise econômica, consegue honrar com seus compromissos.

O que é o PforR?

O Programa para Resultados do Banco Mundial é um projeto de apoio ao crescimento econômico com redução das desigualdades e sustentabilidade ambiental do estado do Ceará. É um importante instrumento de crédito em que os desembolsos são condicionados aos resultados e cumprimento de metas do Plano Plurianual.

O PforR teve início em 2012 e atualmente existem 44 pelo mundo. O PforR Ceará é inédito no Brasil. Na América Latina e Caribe está presente no Uruguai, México e Costa Rica. Aqui no Estado o Programa começou em 2014 e segue até janeiro de 2018. O BIRD já sinaliza interesse em continuar a parceira com o PforR.

Obama faz ataque indireto a Trump na véspera do 11 de setembro

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um apelo para que o medo do terrorismo não vença os “valores” norte-americanos na véspera do aniversário de 15 anos dos atentados de 11 de setembro. Em uma mensagem para marcar a data dos ataques às Torres Gêmeas e ao Pentágono, Obama afirmou que o país “não pode seguir quem deseja dividi-lo ou reagir de uma maneira que afete o tecido de sua sociedade”.

Apesar de não mencioná-lo diretamente, as declarações fazem referência às propostas do candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, que tem adotado uma plataforma protecionista e agressiva contra a imigração.

“Somente protegendo os nossos valores respeitaremos a herança daqueles que perdemos”, disse Obama, lembrando que “as vítimas do 11 de setembro eram “de todas as raças e de todas as religiões, de todas as cores e de todas as crenças, americanos e de todo o mundo.”

O presidente fez um balanço dos últimos 15 anos e afirmou que os EUA deram um “golpe devastador” na liderança da Al Qaeda, responsável pelos atentados, a partir da morte de Osama bin Laden. “E a propósito do Estado Islâmico e daquilo que resta da Al Qaeda, os destruiremos”, prometeu.

Na manhã de 11 de setembro de 2001, dois aviões se chocaram contra as Torres Gêmeas do World Trade Center (WTC), em Nova York. Em seguida, uma terceira aeronave de passageiros foi derrubada sobre o Pentágono, nos arredores de Washington.

(Agência Brasil)

BNB ganha prêmio internacional

foto marcos holanda bnb

“O Banco do Nordeste foi o vencedor do II Prêmio Gestão para Resultados do Desenvolvimento 2016, na categoria “Planejamento Estratégico (Nível Nacional)” e recebeu a condecoração em solenidade realizada, ontem, na cidade de Guadalajara, no México. O prêmio é uma promoção do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em parceria com o Governo de Jalisco (México) e tem por objetivo identificar as melhores práticas de aplicação da metodologia de Gestão para Resultados voltadas para o desenvolvimento nos países da América Latina e do Caribe.

Representando o BNB na solenidade de premiação estiveram as superintendentes de Estratégia e Organização, Cibele Gaspar Fernandes, e de Marketing e Comunicação, Melina Barbosa. Elas participaram do IX Seminário Internacional da Rede de Gestão para Resultados em Governos Subnacionais da América Latina e Caribe, que teve início dia 7 e termina hoje, 9, em Guadalajara, no México.

A experiência apresentada pelo Banco do Nordeste diz respeito à metodologia de planejamento de Gestão para Resultados, implantada na empresa no início de 2016. “A gestão para resultados é alcançada quando todos os membros de uma instituição percebem que têm um papel importante a cumprir e que são responsáveis pelos resultados. E os objetivos são alcançados quando a equipe trabalha de forma integrada”, afirma o presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda.”

(Site do BNB)

 

Pesquisadores da UFC participam de workshop na França sobre violência doméstica

José Raimundo Carvalho e Victor Hugo de Oliveira, pesquisadores da Universidade Federal do Ceará, participarão, nos dias 12 e 13 deste mês, do workshop Violência Doméstica no Brasil, no Instituto de Altos Estudos de Toulouse, da Universidade de Toulouse, na França.

O workshop integra o projeto Pesquisa de Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, coordenado internacionalmente pelo professor José Raimundo Carvalho, docente do Programa de Pós-Graduação em Economia (CAEN) e integrante do Laboratório de Econometria e Otimização (LECO) da UFC.

Já Victor Hugo de Oliveira trabalha no Instituto de Pesquisa Econômica do Ceará (Ipece), vinculado ao Governo do Estado, e colabora com o LECO. O projeto desenvolve uma base longitudinal sobre violência doméstica e o perfil socioeconômico em mais de 10 mil domicílios no Nordeste brasileiro. A coleta dos primeiros dados se encerrou em julho deste ano.

Durante o workshop, haverá discussões técnicas e científicas em relação a diferentes aspectos da iniciativa, como gestão do projeto, os primeiros resultados, proposição de temas para desenvolvimento de artigos e análises científicas e tomada de decisões sobre ações futuras. O workshop é financiado pelo Instituto de Altos Estudos de Toulouse.

(Site da UFC)

Papa Francisco pede que todas as religiões condenem o terrorismo

foto papa francisco oração

“Em um encontro com membros do Instituto de Diálogo Inter-religioso de Buenos Aires no Vaticano, o papa Francisco pediu para que todos os líderes condenem e afastem-se do terrorismo muitas vezes utilizado em nome da fé. As informações são da Agência Ansa.

“Percebemos com pesar que o nome da religião é usado, muitas vezes, para cometer atrocidades como o terrorismo e semear o medo e a violência e, por consequência, as religiões são identificadas como responsáveis pelo mal que as cercam. Essas ações abomináveis devem ser condenadas de maneira determinada. É preciso tomar distância de quem busca envenenar as pessoas, dividir e destruir a convivência”, disse o Pontífice aos religiosos nesta quinta-feira (8).

Em sua fala, o papa afirmou que a vida é sagrada e que por isso deve ser respeitada. Ele disse ainda que todos aqueles que acreditam em Deus devem defender a criação e a vida e “não podem ficar em silêncio” quando veem atrocidades.

“O homem e a mulher são chamados a defender a vida em todas as suas fases, a integridade física e as liberdades fundamentais, como a liberdade de consciência, de pensamento, de expressão e de religião. É um dever que precisamos respeitar porque nós acreditamos que Deus é o criador e nós somos instrumentos em suas mãos para fazer com que todos os homens e mulheres sejam respeitados em sua dignidade”, acrescentou.

Ao falar sobre o diálogo inter-religioso, o papa pediu ainda que todos os crentes “devem colaborar entre si” e com todos “os homens e mulheres de boa vontade que não professam nenhuma religião” para dar uma “resposta mais eficaz aos muitos males do mundo, como a guerra e a fome, a miséria que atinge milhões de pessoas pela crise do meio-ambiente, da violência, da corrupção e da degradação moral”.

Além do encontro no Vaticano, no dia 20 de setembro, o papa Francisco irá para Assis nos 30 anos do Encontro Inter-religioso pela Paz.

(Agência Brasil)

Carro carregado de botijões de gás é encontrado em Paris

A Polícia francesa confirmou nesta quarta-feira (7) que um carro que levava seis botijões de gás foi descoberto próximo à Catedral de Notre Dame. O veículo, modelo Peugeot 607, foi encontrado na madrugada de sábado para domingo passado e não estava emplacado. O carro tinha sido estacionado perto da principal delegacia do centro de Paris.

Os botijões não estavam ligados a nenhum detonador, mas, mesmo assim, a polícia investiga o caso. Ao menos seis pessoas já foram detidas por suspeita de relação com o episódio. Entre os detidos, há um casal, sendo um homem de 34 anos e uma mulher de 29. Fontes da polícia disseram que uma jovem de 19 anos teria sido a responsável por encher os botijões de gás.

O proprietário do veículo já foi encontrado e disse à polícia que sua filha usaria o carro para passar o fim de semana com uma amiga. A jovem é considerada pelas autoridades como “radical”, com tendência ao terrorismo.

Em 13 de novembro de 2015, Paris foi palco de uma tragédia provocada pelo grupo extremista Estado Islâmico, que cometeu uma série de atentados simultâneos pela capital francesa e matou cerca de 130 pessoas. Desde então, a França vive em alerta máximo contra terrorismo.

(Agência Brasil)

Carro carregado de explosivos é encontrado em Paris

“Um carro que levava ao menos seis botijões de gás foi descoberto pela polícia francesa próximo à Catedral de Notre Dame, em Paris, informou nesta quarta-feira (7) a agência antiterrorista do país. O veículo, modelo Peugeot 607, foi encontrado na madrugada de sábado para domingo passado e não estava emplacado. O carro tinha sido estacionado perto da principal delegacia do centro de Paris. A informação é da Agência Ansa.

Os botijões não estavam ligados a nenhum detonador, mas, mesmo assim, a polícia investiga o caso. Ao menos seis pessoas já foram detidas por suspeita de relação com o episódio. Entre os detidos, há um casal, sendo um homem de 34 anos e uma mulher de 29. Fontes da polícia disseram que uma jovem de 19 anos teria sido a responsável por encher os botijões de gás.

O proprietário do veículo já foi encontrado e disse à polícia que sua filha usaria o carro para passar o fim de semana com uma amiga. A jovem é considerada pelas autoridades como “radical”, com tendência ao terrorismo.

Em 13 de novembro de 2015, Paris foi palco de uma tragédia provocada pelo grupo extremista Estado Islâmico, que cometeu uma série de atentados simultâneos pela capital francesa e matou cerca de 130 pessoas. Desde então, a França vive em alerta máximo contra terrorismo.”

(Agência ANSA)

Imposto de Renda para casais gays é regulamentado nos EUA

50 1

gays

“Em 2013, a Suprema Corte dos EUA derrubou a definição de casamento que, segundo a lei da época, era a união entre um homem e uma mulher, apenas. Em 2015, a Suprema Corte legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo em todo o país. Na sexta-feira (2/9), a receita federal dos EUA (IRS – Internal Revenue Service) divulgou regras que refletem as decisões da Suprema Corte, para regulamentar o Imposto de Renda para casais gays.

Ao incorporar as decisões judiciais, o novo regulamento do IRS apresenta suas próprias definições de casamento. Diz que os termos “cônjuge, marido e mulher” significam um indivíduo legalmente casado com outro indivíduo. E que os termos “marido e mulher” significam dois indivíduos legalmente casados. Não importa o sexo dos “indivíduos”.

O IRS rejeitou sugestões de que a definição de casamento deveria se referir especificamente a “casamento entre pessoas do mesmo sexo”, para evitar confusão na interpretação do regulamento. No entanto, o IRS e o Departamento do Tesouro dos EUA concluíram que a linguagem adotada pelo regulamento era neutra em relação a gênero e que, portanto, tal esclarecimento seria desnecessário.

“Alterar o regulamento para mencionar especificamente o casamento entre indivíduos do mesmo sexo iria minar o objetivo da regulamentação, que é o de eliminar distinções baseadas em gênero, para efeito de imposto de renda federal”, declarou o IRS, segundo o The National Law Journal, o Law & News e o Journal of Accountancy.

Faz sentido porque um dos pleitos da comunidade gay nos EUA era o de que o IRS não fizesse distinção entre casais homossexuais e casais heterossexuais para efeito de Imposto de Renda. A medida é importante porque envolve outros benefícios federais, como os do Social Security (a Previdência Social dos EUA).

O novo regulamento estabelece que o casamento de dois indivíduos é reconhecido, para fins de Imposto de Renda, pelos estados e territórios dos Estados Unidos, nos quais o casamento foi feito, independentemente do atual domicílio do casal. No entanto, não reconhece outros tipos de relacionamento, como “parceira doméstica”, “união civil” ou qualquer outra reconhecida por lei estadual, mas que não é classificado como casamento.”

(Site Consultor Jurídico)

Bélgica quer proibir Pokémons em aeroportos

O ministro de Transporte e Mobilidade belga, Francois Bellot, pediu para a Niantic, empresa responsável pelo desenvolvimento do jogo Pokémon Go, excluir todos os Pokémons dos aeroportos do país para não prejudicar a segurança dos terminais aéreos. As informações são da agência Ansa.

Em uma carta à empresa, o ministro pediu para proibir os Pokémons e os Pokégym, locais que são realizadas as batalhas entre os monstrinhos, nas áreas públicas dos aeroportos de Bruxelas, Lieja, Antuérpia e Ostende, segundo o site DH.

De acordo com o pedido, Bellot afirmou que o problema da segurança aconteceu após receber diversas denúncias e reclamações de casos em que passageiros entraram em áreas reservadas dos aeroportos, especialmente em Bruxelas, para caçar Pokémons.

“Entendam que um comportamento desse tipo não é aceitável em um aeroporto internacional e que as ações de prevenção são necessárias para evitar incidentes no transporte aéreo”, disse o ministro.

Em 22 de março, um atentado no aeroporto de Bruxelas causou a morte de 35 pessoas, incluindo os três terroristas responsáveis pelo ataque.

(Agência Brasil)

FBI divulga relatório sobre e-mails de Hillary Clinton

O FBI (a Polícia Federal dos Estados Unidos) divulgou nessa sexta-feira (2) um relatório detalhado de sua investigação sobre o uso de servidores de e-mail privados por Hillary Clinton quando ela foi secretária de Estado norte-americana (de 2009 a 2013). As informações são da Agência Ansa.

O documento, de 58 páginas, inclui uma síntese do interrogatório com a candidata democrata à Casa Branca sobre o caso, mas algumas páginas estão marcadas como confidenciais. Em junho passado, o FBI decidiu não incriminar Hillary, após ter concluído que não havia provas de que a ex-secretária e sua equipe queriam violar a lei, embora tenham sido “extremamente negligentes”.

Das mais de 30 mil mensagens analisadas, 110 continham “informações confidenciais”. Segundo o FBI, é possível que “atores hostis” tenham tido contato com esses e-mails.

Enquanto foi secretária de Estado, Hillary usou um servidor privado para enviar mensagens oficiais, impedindo as autoridades norte-americanas de terem acesso aos registros de suas comunicações profissionais, como é praxe para quem ocupa cargos públicos.

A lei federal dos Estados Unidos estabelece que cartas e e-mails enviados e recebidos por funcionários do governo no exercício de suas funções são considerados documentos oficiais e, por isso, devem ser conservados, arquivados e ficar à disposição do Congresso, de historiadores e da imprensa.

A legislação exclui apenas as mensagens que guardam segredos de Estado ou estão ligadas à segurança nacional.

(Agência Brasil)

Bispo inglês admite ser homossexual e que está numa relação com um homem

82 2

O Bispo de Grantham, na Inglaterra, é o primeiro bispo a admitir que é homossexual e que está mesmo numa relação com um homem. Nicholas Chamberlain decidiu contar a sua história depois de um jornal britânico o ter ameaçado que iria revelar o seu ‘segredo’, informa o The Guardian. Mesmo assim, garantiu que a sua orientação sexual já era conhecida.

“As pessoas sabem que eu sou gay, mas não é obviamente a primeira coisa que diria a alguém. A minha orientação sexual faz parte de quem eu sou, mas é no meu cargo que estou focado”, disse o bispo anglicano numa entrevista exclusiva ao jornal inglês.

Chamberlain consagrou-se bispo em novembro de 2015 e todos aqueles que estiveram envolvidos na cerimônia sabiam qual era a sua orientação sexual.

“Sempre tive e estou plenamente consciente da relação bastante longa do Nick. A decisão de se ter tornado bispo foi baseada nas suas capacidades. Ele vive de acordo com as regras da igreja e a sua orientação sexual é completamente irrelevante para o seu cargo”, disse Justin Welby, arcebispo de Canterbury.

Nos últimos anos – devido às fortes crenças de que o casamento é composto por duas pessoas do sexo oposto – a Igreja tem estado envolvida numa série de discussões internas devido aos direitos da comunidade LGBT.

Em 2003, Peter Wheatley, então bispo de Edmonyon, admitiu ser gay e que estava vivendo com o seu parceiro. Denominava-se como um “cristão celibatário, que vivia segundo os ensinamentos cristãos”.

Vaticano canoniza Madre Teresa de Calcutá no domingo

madreteresa

O Vaticano vai canonizar neste domingo (4) a beata Madre Teresa de Calcutá, depois de ter reconhecido, após vários anos de investigação, a “cura extraordinária”, em 2008, de um engenheiro brasileiro com múltiplos tumores no cérebro.

As cerimônias de canonização, decretada pelo papa Francisco a 15 de março, vão decorrer na praça de São Pedro, a partir das 10h30min (5:30 em Brasília), um dia antes do 19.º aniversário da morte de Teresa de Calcutá, fundadora da Ordem das Missionárias da Caridade.

A aprovação pelo Papa do segundo milagre encerrou o processo que levou à beatificação em 19 de outubro de 2003, durante o pontificado de João Paulo II, para quem Teresa de Calcutá era a “incansável benfeitora da humanidade”.

A canonização equivale ao reconhecimento oficial pela Igreja de que a pessoa está no paraíso, sendo necessário que, depois da morte, esteja na origem de dois milagres, um para a beatificação e o segundo para a canonização, sinais da proximidade com Deus.

Trump suaviza no Mexico discurso anti-imigrantes

trummp

“O candidato republicano às eleições presidenciais dos Estados Unidos Donald Trump suavizou seu discurso anti-imigrantes e até elogiou os mexicanos “pelo seu amor pela família e pela comunidade”, mas insistiu no plano de construir um muro na fronteira entre os dois países. As informações são da Agência Ansa.

No inesperado encontro privado que aconteceu na residência oficial do presidente do México, Enrique Peña Nieto ressaltou as fortes divergências entre os dois, enquanto o magnata disse que não iriam discutir “quem vai pagar” pelo muro.

Essa afirmação contradiz as falas do começo da campanha de Trump, quando afirmava que o México pagaria completamente a construção e manutenção da barreira, em parte com os US$ 24 milhões das remessas anuais enviadas pelos mexicanos para parentes e amigos que estão dos Estados Unidos.

De sua parte, Peña disse que “os mexicanos são pessoas de bem que merecem respeito” e disse que vai trabalhar com quem for o vencedor das eleições norte-americanas: “Podemos não estar de acordo com diversos temas, mas a sua presença, senhor Trump, mostra uma coincidência fundamental: nossos respectivos países são muito importantes um para o outro”, constatou.

Trump concordou com Peña. “Compartilhamos interesses em comum sobre segurança, prosperidade e liberdade”, disse ao ressaltar que os mexicanos em seu país são “pessoas irrepreensíveis, extraordinários trabalhadores” a quem respeita muito.”

(Agência ANSA)

Imprensa estrangeira vê impeachment aprovado

dilmasenado

“A imprensa internacional está acompanhando a votação final do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff, marcada para hoje (31), e já antecipa que ela será removida do cargo. O jornal britânico The Guardian, em sua edição americana, publicou artigo com perguntas e respostas para que o leitor entenda o que está acontecendo no Brasil.

O jornal explica que o Senado brasileiro está votando hoje a saída definitiva de Dilma Rousseff da presidência da República, dando sequência a um processo de impeachment que a afastou do cargo desde maio. De acordo com o artigo, a previsão é de que mais de dois terços dos 81 senadores vão apoiar a remoção de Dilma e confirmar o presidente interino Michel Temer como chefe de governo do país.

O The Guardian observa que a acusação contra Dilma é que ela teria tomado empréstimos de bancos estaduais, sem a aprovação do Congresso, para compensar a falta de recursos orçamentários para executar projetos.

O jornal informa que os que se opõem a Dilma chamam de “pedaladas” a utilização de dinheiro não previsto no Orçamento, sem autorização do Congresso, para financiar a agricultura familiar, o que dá uma “impressão enganosa” sobre a real situação das finanças do Estado.

O jornal também dá espaço para as explicações da defesa de Dilma Rousseff. De acordo com essas explicações, o dinheiro usado não era um empréstimo, mas transferências de recursos públicos, práticas utilizadas por administrações anteriores, embora não na mesma escala.

O The Guardian acrescenta que todas as explicações são apenas “pretexto” para a remoção de Dilma do poder. As verdadeiras razões para o impeachment, segundo o jornal, “são políticas”.

O jornal diz ainda que Dilma “é impopular” porque é vista como culpada pelas múltiplas crises que o país enfrenta e revelou-se uma líder inepta para enfrentar os problemas. “Mas a Constituição do Brasil não permite que haja um voto de desconfiança para tirá-la do poder”, que é o argumento utilizado para justificar o impeachment, de acordo com o artigo.

Lava Jato

Atrás da motivação para prosseguir com o processo de impeachment contra Dilma, de acordo com o jornal, estão alguns políticos “claramente motivados por um desejo de matar a investigação da Lava Jato, o que Dilma Rousseff se recusou a fazer”

O jornal lembra que o impeachment foi iniciado pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, depois que o Partido dos Trabalhadores se recusou a protegê-lo de uma investigação no comitê de ética da Casa. O The Guardian informa também que conversas secretamente gravadas revelaram que o líder do PMDB no Senado, Romero Jucá, queria remover a presidenta para que a investigação da Lava Jato pudesse ser “sufocada por seu sucessor”.

The New York Times

O jornal The New York Times publicou artigo assinado pela jornalista brasileira Carol Pires, da Revista Piauí, com o título “Impeachment muda o governo, não a política”. O artigo diz que, para muitos brasileiros, “o foco não está mais na política do governo em dificuldades, mas em seus próprios bolsos”.

A jornalista afirma que, com a saída de Dilma Rousseff e do Partido dos Trabalhadores (PT) do governo, o PMDB – ex-aliado de Dilma – passou a chefiar o processo de impeachment. “No entanto, o PMDB não está menos envolvido nos desfalques da Petrobras do que os outros partidos”. O artigo lembra que a economia em naufrágio e a indignação contra a corrupção provocaram “sucessivas e intensas manifestações populares que levaram a uma mudança de governo, mas não na política brasileira”.

Já o site The Daily Beast afirma que Dilma Rousseff sairá formalmente do governo, apesar de ter protagonizado “uma última resistência incansável contra as acusações de irregularidades fiscais movidas contra ela, que muitos no Brasil veem como uma cortina de fumaça para sua remoção a qualquer custo”. O jornal lembra a frase de Dilma, durante o depoimento no Senado, que durou 14 horas: “Estamos a um passo de assistir a um golpe [parlamentar de Estado] real”.

O site da agência de notícias Reuters diz que os acusadores da presidenta afastada Dilma Rousseff reafirmaram que estão julgando não só a quebra de regras orçamentárias, “mas também um escândalo de corrupção e uma profunda recessão que eclodiu no seu devido tempo”. O site observa que Dilma é acusada de usar dinheiro de bancos estatais para reforçar os gastos durante a campanha à reeleição em 2014, um truque orçamentário já aplicado por muitos outros candidatos eleitos no Brasil. A Reuters lembra, porém, que Dilma negou, em seu depoimento, as irregularidades e disse que o processo de impeachment foi destinado “a reverter os ganhos sociais alcançados durante os 13 anos de governo de esquerda e proteger os interesses das elites endinheiradas na maior economia da América Latina”.

O jornal The Washington Post também comenta que a advogada Janaina Paschoal, que acusa a presidenta Dilma Rousseff de ter cometido “fraude” em suas práticas contábeis, derramou lágrimas ao pedir desculpas a Dilma por tê-la feito sofrer. O gesto “teatral”, segundo o jornal, foi o ato final de uma luta política que consumiu a maior nação da América Latina desde que o pedido de impeachment foi apresentado na Câmara dos Deputados no ano passado.

(Agência Brasil)

Imprensa dos Estados Unidos destaca acusação de golpe feita por Dilma no Senado

dilmasenado

A imprensa norte-americana destacou o discurso feito pela presidente afastada Dilma Rousseff no Senado brasileiro. O The Wall Street Journal informou que Dilma disse, em discurso de 45 minutos, que as acusações que lhe são impostas são na verdade “uma desculpa para permitir um golpe de estado e que seus inimigos querem reverter o resultado eleitoral de 2014″.

Já o jornal The Los Angeles Times destacou que Dilma Rousseff assumiu a própria defesa em processo de impeachment movido contra ela no Senado brasileiro. Em seu pronunciamento, de acordo com a publicação, Dilma acusou as elites do Brasil de ameaçar a democracia no maior país da América Latina.

Já o jornal The New York Times afirmou que a presidente afastada do Brasil proclamou no Senado brasileiro a sua inocência, chamou Michel Temer de “usurpador” e alertou aos senadores que a história julgará duramente os que participaram da sessão como juízes, que derrubaram uma “líder democraticamente eleita, sob falsas acusações”.

Em artigo sobre o discurso de Dilma Rousseff no Senado brasileiro, o jornal The Washington Post afirmou que Dilma Rousseff parecia “estar segurando a raiva durante a sua resposta para o senador José Aníbal, um ex-companheiro de grupo guerrilheiro e agora adversário. O jornal lembrou que os dois faziam parte do grupo de resistência armada durante a ditadura no Brasil. Por causa de sua longa amizade, Aníbal disse que apoiou Rousseff na presidência até por volta de 2012. Mas sua má gestão do setor da energia, disse ele, o fez retirar o apoio.

De acordo com a publicação, Dilma Rousseff, com dois punhos fechados, respondeu: “Lamento que eu tenha feito o senhor se sentir dessa forma, senador”.

(Agência Brasil)

Consultor internacional dará palestra para setor imobiliário de Fortaleza

porugs

O Sindimóvie e a RE/MAX trazem a Fortaleza para palestra, nesta quarta-feira (31), o
português Paulo de Vilhena, especialista em gestão empresarial. Respeitado
na Europa, o coach ministrará um curso de alto desempenho comercial para corretores. O evento é *gratuito* e acontecerá das 14 às 17 horas, no auditório da Faculdade de Direito da FA7.

Esta é a primeira vez que Paulo de Vilhena falará no Brasil. Os inscritos previamente terão entrada gratuita. Vilhena possui MBA pela Universidade Católica Portuguesa, Practioner em PNL e Coach de Negócios e Executivos. O empresário tem várias publicações
voltadas para os temas de crescimento de negócios, vendas, liderança e
desenvolvimento pessoal. O encontro conta com o apoio do Creci/CE, Construtora Engexata e Faculdade 7 de Setembro.

SERVIÇO

*No momento da palestra, no entanto, a inscrição terá custo de R$ 100.

*Fa7 – Avenida Almirante Maximiniano da Fonseca.

Sobe para mais de 240 número de mortos pelo terremoto na Itália

“Subiu para ao menos 247 o número de mortos após o forte terremoto que atingiu a região central da Itália na madrugada desta quarta-feira (24), de acordo com novo balanço divulgado pelo departamento de Proteção Civil do país nesta quinta (25).

O terremoto, de magnitude 6,2, atingiu cidades e vilarejos montanhosos do centro do país, o que torna as operações de resgate ainda mais difíceis. Há mais de 350 feridos.

Segundo fontes da Defesa Civil citadas pelos meios de comunicação locais, o número de mortes ainda deve aumentar, já que dezenas de pessoas continuam desaparecidas entre os escombros. Passadas mais de 27 horas do tremor, os trabalhos de resgate prosseguem pelo país.

As equipes de resgate trabalharam durante toda a noite nas localidades mais afetadas Arquata del Tronto, Pescada del Tronto, Amatrice e Accumoli.”

(Portal Uol)