Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Obama promete destruir o Estado Islâmico

63 1

obama

Com os esforços de toda a comunidade internacional, o grupo terrorista Estado Islâmico será destruído, disse o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao discursar, nessa quarta-feira, no parlamento canadense.

Ele participou da cúpula de líderes dos países da América do Norte, em Ottawa. “Destruiremos o grupo terrorista Estado Islâmico, derrotaremos eles. Vamos trabalhar com todos os nossos parceiros em todo o mundo, inclusive com as comunidades muçulmanas, que devem ser e são nossos parceiros”, declarou Obama.

“A melhor forma de alcançar a segurança [no mundo] é o trabalho conjunto de todas as nações”,destacou. Obama lembrou a contribuição do Canadá no combate ao Estado Islâmico, enviando instrutores militares para o Iraque para treinar soldados e oficias do exército local.

(Agência Lusa)

Pesquisas mostram vantagem de Hillary sobre Trump na disputa pela Casa Branca

Duas pesquisas publicadas neste domingo (26) apontam a vantagem da candidata democrata Hillary Clinton sobre o republicano Donald Trump para as eleições presidenciais de novembro nos Estados Unidos.

Uma pesquisa The Washington Post-ABC News, realizada entre segunda-feira e quinta-feira com 836 eleitores, mostra a ex-secretária de Estado com 51% das intenções de voto, contra 39% para Trump. A margem de erro é de quatro pontos percentuais.

Outra pesquisa, The Wall Street Journal/NBC News, mostra uma diferença menor, mas também com Hillary na frente, com 46% das intenções, contra 41% do magnata republicano. A segunda pesquisa entrevistou 1.000 eleitores registrados, entre domingo e quinta-feira da semana passada, e tem margem de erro de 3,1 pontos percentuais.

De acordo com a pesquisa Washington Post-ABC News, dois em cada três americanos consideram que Trump não está qualificado para governar o país e manifestam preocupação com as atitudes que o candidato republicano pode assumir em relação às mulheres, e às minorias, em particular os muçulmanos.

(AFP)

Escócia pode impedir Brexit, diz primeira-ministra

Edimburgo pode vetar a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), declarou Nicola Sturgeon, a primeira-ministra da Escócia, em uma entrevista à BBC. De acordo com a primeira-ministra, isso é possível porque, apesar de 51,9% dos cidadãos britânicos terem se manifestado a favor da saída da UE no referendo do dia 23 de junho, 62% dos escoceses votaram contra a ruptura das relações.

Sturgeon acrescentou que planeja iniciar nos próximos dias as negociações diretas com Bruxelas para defender os interesses da Escócia. No referendo do dia 23 de junho no Reino Unido, 51,9% dos eleitores se pronunciaram a favor de abandonar a União Europeia.

No entanto, tanto a Escócia (62%) como a Irlanda do Norte (55%) votaram a favor de permanecer no bloco europeu. No sábado, Sturgeon declarou que o governo da Escócia redigirá um projeto de lei para preparar um outro referendo sobre a independência.

(Agência Brasil)

Plebiscito britânico: vitória do exclusivismo

Editorial do O POVO deste sábado (25) afirma que a saída do Reino Unido da União Europeia trará consequências no continente, com reflexos na correlação internacional. Confira:

A saída do Reino Unido da União Europeia (UE) foi consagrada pelo plebiscito realizado na quinta-feira (23). O resultado foi apertado (51,9% a 48,1%), o que indica a divisão da sociedade britânica em relação ao assunto. As consequências internas e externas da decisão afetarão os dois lados – britânicos e europeus – com reflexos na correlação internacional.

Do ponto de vista interno, da Inglaterra, os efeitos políticos já se traduzem na renúncia do primeiro-ministro David Cameron, que se concretizará até outubro próximo. Já na União Europeia, o choque é ainda maior, pois nunca um país deixou o bloco, desde sua constituição em 1973, quando ainda se chamava Comunidade Econômica Europeia. Esperam-se negociações duras e complexas, pois a UE não deixará por barato o desfalque de um membro tão importante. Ainda tentará convencer os britânicos a não cortar todos os laços. Por sua parte, o Reino Unido necessita manter um pé no mercado europeu.

O fato é que se trinca – de uma forma quase irreparável -, o sonho de uma Europa sem fronteiras, por onde transitariam livremente pessoas, bens e serviços prodigalizando uma cidadania e uma identidade comuns. Tudo reunido num modelo de sociedade baseada nos princípios democráticos, no respeito aos direitos humanos e à ideia de democracia social, configurada no Estado de Bem-Estar Social.

Alternativa bem diferente do individualismo crasso da sociedade liberal de estilo americano. Infelizmente, essa ideia generosa já vinha sendo comprometida, desde há muito, pela voracidade da crise econômico-financeira que culminou em 2008, e do seu enfrentamento por meio do monetarismo ortodoxo, desmantelando os fundamentos sobre os quais se ergue o ideal europeu de sociedade.

A saída do Reino Unido, presumivelmente, dará fôlego aos movimentos separatistas, não apenas na Europa, mas na própria Grã-Bretanha. A Escócia, por exemplo, votou em peso (66%) pela permanência na UE. O mesmo acontecendo com a Irlanda do Norte, (56% pela permanência). Essa frustração, sem dúvida alguma, não passará despercebida pelos movimentos independentistas locais.

O fato mais lamentável é que a vitória do exclusivismo nacional britânico tende a suscitar preconceitos de toda ordem contra os defensores de referenciais mais universalistas.

Mais de 500 mil pessoas pedem segundo referendo na Grã-Bretanha

Mais de 500 mil pessoas assinaram um documento pedindo a realização de mais um referendo sobre a saída da Grã-Bretanha da União Europeia (UE).

O texto foi publicado no site do Parlamento da Grã-Bretanha. Segundo os últimos dados, o documento já foi assinado por 516 mil pessoas. Para ser apreciada pelo Parlamento, uma petição deve ter pelo menos 100 mil assinaturas.

“Solicitamos ao governo que aplique o direito, segundo o qual quando os votos a favor ou contra a saída da UE somam menos de 60%, no caso de um comparecimento menor de 75% às urnas, deve ser feito mais um referendo”, diz a petição.

Outro documento, com pedido de reconhecer a independência de Londres do resto da Grã-Bretanha e de adesão da cidade à UE, foi publicado no site change.org e encaminhado ao prefeito da capital inglesa, Sadiq Khan. Essa petição já foi assinada por 99 mil pessoas.

Segundo dados oficiais, 51,9% dos britânicos votaram no referendo de quinta-feira (23) pela saída do país da União Europeia.

(Agência Brasil)

“Ceará Jazz Series” e uma voz internacional

priscilaa

O Teatro do Dragão receberá nesta sexta-feira, às 20 horas, a cantora norte-americana Priscilla Odinmah. Dentro do “Ceará Jazz Series”, com entrada franca.

É o show “Carmem Sings Monk – Tributo a Thelonious Monk e Carmem McRae”, com participação do guitarrista cearense Hermano Faltz, ao lado de outros grandes nomes da nova cena da música instrumental cearense: Thiago Almeida (piano), Iury Batista (contrabaixo acústico) e André Benedecti (bateria).

(Foto – Divulgação)

CCJ já conta prazo de cinco dias para decidir sobre recurso de Cunha

“O recurso apresentado pela defesa do presidente afastado da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na noite de ontem (23) já foi numerado pela Mesa Diretora da Casa. O documento voltou para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que tem, a partir da próxima segunda-feira (27), cinco dias úteis para decidir se acata ou não os argumentos do peemedebista, que pede a nulidade do parecer aprovado pelo Conselho de Ética por 11 votos contra nove a favor de sua cassação.

O processo tranca a pauta de votações da CCJ, pelo tempo que já tramita na Câmara, e ainda não tem relator definido no colegiado. A expectativa é que o presidente da comissão, Osmar Serraglio (PMDB-PR), anuncie um nome na segunda-feira (27), que será responsável por entregar o parecer até o dia 1º de junho. Como todo o processo foi permeado por disputas e impasses é provável que haja um pedido de vistas, o que, pelo Regimento Interno da Casa, arrastaria por mais dois dias úteis a votação.

Caso sejam acatados um ou mais pontos apresentados pela defesa, abre-se um novo impasse: integrantes da CCJ questionam se, com o mesmo status do Conselho de Ética, poderiam anular partes ou toda a tramitação no conselho. Assim, surgiram inclusive propostas para que a decisão da comissão seja submetida à palavra final da Mesa Diretora da Câmara.

Se o recurso for negado, o pedido de cassação será enviado para o plenário da Câmara. Assim como na CCJ, o assunto assume o topo da pauta e tranca a possibilidade de deliberação sobre qualquer outra matéria até que o futuro de Cunha seja definido. Em plenário, a cassação depende do voto aberto de 257 deputados.”

(Agência Brasil)

Brexit – Temer convoca Meirelles para falar sobre impactos no Brasil

“O presidente interino Michel Temer escalou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para, com a ajuda do embaixador britânico no Brasil, Alexander Ellis, avaliar os efeitos que a desvinculação do Reino Unido da União Europeia pode causar ao Brasil. O encontro está marcado para hoje (24) às 17h30min.

Temer, no entanto diz que o plebiscito feito nesta quinta-feira (23) no Reino Unido é um assunto interno e que, portanto, não cabe ao governo brasileiro opinar sobre o assunto. Na reunião, eles devem discutir assuntos além da saída do Reino Unido da União Europeia.

“O Reino Unido decidiu por uma consulta popular. Portanto, decisão política nós não vamos discutir. Precisamos verificar quais são as repercussões econômicas que possam atingir o Brasil. Meirelles vai se encontrar com o representante do governo britânico, com quem vai discutir essas questões”, disse o presidente interino em entrevista à Rádio Estadão.”

(Agência Brasil)

FMI quer “transição suave” para adeus do Reino Unido da União Europeia

“Em uma tentativa de acalmar os mercados financeiros ao redor do mundo, a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, divulgou hoje (24) comunicado em que defende “uma transição suave” para a saída do Reino Unido da União Europeia, decisão adotada pelo povo britânico em plebiscito realizado ontem.

Segundo Christine Lagarde, os bancos centrais do Reino Unido e da Europa vão atuar para evitar volatilidade financeira nos mercados.

Hoje, os mercados financeiros em todo o mundo amanheceram agitados com o resultado do referendo. A libra esterlina começou hoje com queda de 12% em relação ao dólar, e as ações de empresas britânicos despencaram em bolsas da Europa e da Ásia.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, que está há seis anos na função, anunciou que renunciará ao cargo, que deve deixar em outubro. Antes do referendo, Cameron fez muitos apelos para que os britânicos votassem pela permanência na União Europeia.

No comunicado, Christine Lagarde afirma que o FMI está consciente da decisão da população do Reino Unido. “Solicitamos que as autoridades do Reino Unido e da Europa trabalhem em conjunto para garantir uma transição suave para uma nova relação econômica” entre as duas parte, acrescentou Christine.

Para a diretora do FMI, o processo de saída do Reino Unido do bloco europeu tem de ser feito com procedimentos e objetivos bem definidos. “Apoiamos firmemente os compromissos do Banco da Inglaterra [Banco Central do Reino Unido) e do BCE [Banco Central Europeu] de fornecer liquidez ao sistema bancário e reduzir o excesso de volatilidade financeira.”

Christine Lagarde disse que o FMI vai acompanhar “de perto” os acontecimentos. “Estamos prontos para apoiar os nossos membros, conforme necessário”, afirmou a diretora-geral da organização.

Fundado em 1944, o FMI é uma organização internacional que reúne 187 países com o objetivo de regular e atuar diretamente no funcionamento do sistema financeiro mundial.”

(Agência Brasil)

BC monitora efeitos do Brexit no mercado brasileiro

“O Banco Central (BC) informou hoje (24) que está monitorando continuamente, nos mercados global e doméstico, os efeitos da decisão dos britânicos de deixar a União Europeia.

Em nota, o BC diz que adotará as medidas adequadas para manter o funcionamento normal dos mercados financeiro e cambial. “A economia brasileira tem fundamentos robustos para enfrentar movimentos decorrentes desse processo, especialmente, [um] relevante montante de reservas internacionais, o regime de câmbio flutuante e um sistema financeiro sólido, com baixa exposição internacional.”

Em plebiscito realizado ontem (23), cidadãos britânicos decidiram, por maioria de 2%, a saída do Reino Unido da União Europeia. O resultado da consulta foi divulgado nas primeiras horas da manhã de hoje.

Em declaração ao país, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou que renunciará ao cargo. Cameron, que deve deixar o posto em outubro, sempre se manifestou a favor da permanência do Reino Unido no bloco europeu e, durante os meses que antecederam a consulta popular, afirmou que o Brexit – união das palavras Britain (Grã-Bretanha) e exit (saída, em inglês) – poderia trazer graves consequências econômicas para o país.

Bovespa e dólar

No mercado brasileiro, o dólar estava cotado a R$ 3,4019, por volta das 9h50min, com alta de 1,71%. Mais cedo, às 9h20min, era cotado a R$ R$ 3,4364. Ontem, o dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 3,344, com queda de R$ 0,033 (-0,98%). A cotação chegou ao menor valor desde 29 de julho do ano passado (R$ 3,329).

Ontem, o Ibovespa, índice da Bolsa de Valores de São Paulo, subiu 2,8%, para 51.560 pontos. O indicador teve a maior alta diária desde 10 de maio, quando tinha se valorizado 4,08%.”

(Agência Brasil)

Casaco de Hitler é comprado por R$ 1 milhão em leilão

hits

Um misterioso comprador comprou no sábado (18) a maioria dos pertences nazistas leiloados em um polêmico leilão m Munique, na Alemanha, desembolsando mais de 600 mil euros (R$ 2,3 milhões), informou nesta segunda-feira (20) a imprensa alemã.

O comprador, que se apresentou como argentino, pagou, entre outros, 275 mil euros (R$ 1,06 milhão) no último casaco do uniforme de Adolf Hitler e 3 mil euros (R$ 11,6 mil) pelas roupas de baixo “parcialmente mofadas” do ex-líder nazista Herman Göring.

No entanto, segundo o jornal “Bild”, ele desprezou um par de meias de Hitler vendida por 18 mil euros (R$ 69,7 mil).

O tabloide enviou um repórter entre os compradores para acompanhar durante três horas o leilão dominado pelo “número de licitante 888”, recordando o número “88” adorado pelos neonazistas por representar as primeiras letras de “Heil Hitler”.

Com duas palavras ao “Bild” em um inglês carregado de um sotaque espanhol, o comprador afirmou que era da Argentina e explicou que destinaria as peças compradas “a um museu”, sem revelar mais detalhes.

“Seria um homem a serviço de um colecionador particular?”, questionou o jornal, lembrando a fuga para a Argentina de muitos nazistas após a Segunda Guerra Mundial.

O jornal bávaro Süddeutsche Zeitung afirmou, por sua vez, que dois homens vestidos de preto se revezaram com a placa 888, vestidos de forma idêntica e falando com o mesmo sotaque sul-americano.

O Conselho Central dos Judeus da Alemanha havia expressado na quinta-feira (16) sua indignação com o leilão, descrito como “escandaloso e desprezível”. O prefeito de Munique também criticou a realização do leilão.

Todos os objetos eram de propriedade do ex-médico do Exército dos Estados Unidos John K. Lattimer, responsável por examinar os ex-líderes nazistas durante o julgamento de Nuremberg.

A casa de leilões Hermann Historica, que fornece acesso ao catálogo de leilão apenas aos seus clientes e que proibiu a imprensa de assistir à venda, negou que tivesse a intenção de ferir sentimentos.

Em abril de 2014, na França, a venda de 40 objetos nazistas que pertenciam aos dois líderes do 3º Reich, incluindo passaportes e pratos, foi cancelada após a intervenção do ministro francês da Cultura junto a casa de leilões Vermot de Pas.

(Com Agências)

Aluno do IFCE é ouro na Genius Olympiad nos EUA

Helyson Lucas Bezerra (20), aluno do curso técnico em Meio Ambiente do Campus de Limoeiro do Norte do IFCE e natural de Iracema, conquistou a medalha de ouro na Genius Olympiad, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. A competição é uma das mais renomadas do mundo que apresenta projetos de estudantes do ensino médio sobre questões ambientais.

halysson

Helyson, que chegou ao Ceará na tarde desse domingo, conseguiu unir conhecimento científico e popular para desenvolver, ainda em 2013, o projeto “Ação sinergética de antiviral natural”. Com a mistura de acerola, caju, goiaba e óleo de romã, ele preparou o que denomina de polpa, que se mostrou um poderoso antiviral a base apenas de frutas. A orientadora Renata Chastinet conta que foram realizados testes em pessoas que tomaram o medicamento natural e em outras em quem foi ministrado remédio industrializado.

Pessoas que tomaram a polpa tiveram melhora no sistema imunológico, com aumento de leucócitos, redução de sintomas e destruição mais rápida do vírus. Para Helyson, a descoberta oferece “um produto natural, eficaz e barato, podendo atender grande parcela da população.”

(Foto – IFCE)

Fiec promove Rodada Internacional de Negócios

Importação

Com a participação de oito importadores internacionais, o Centro Internacional de Negócios da FIEC realizará nesta sexta-feira, das 8h30min às 17 horas, na Casa da Indústria, uma Rodada Internacional de Negócios voltada para empresas cearenses dos setores de alimentos e bebidas.

O evento contará com a participação der oito importadores internacionais representantes de distribuidores, traders e das redes varejistas e atacadistas de supermercados da Argentina, Paraguai, Espanha, Equador, Peru e República Dominicana.

O objetivo do encontro é fomentar as exportações por meio da promoção de contatos diretos entre empresas compradoras estrangeiras e fornecedoras estabelecidas no Ceará, de forma a contribuir para inserção da indústria cearense no mercado internacional.

A Rodada contará com a presença de 25 empresas cearenses entre empresas produtoras de mel, doces, bombons e guloseimas; chocolates, cacau em pó e subprodutos; massas, macarrões, biscoitos e afins; frutas; verduras e frutas congeladas ou processadas; doces a base de frutas; sucos de frutas, polpa de frutas; café e condimentos; peixes, camarões e lagosta congelados; produtos derivados do coco; derivados da mandioca; castanha de caju e derivados; e cachaça.

Jacaré arrasta criança para lago em complexo turístico da Disney

“Um menino de 2 anos foi arrastado ontem (14) à noite por um jacaré em um lago no complexo turístico da Disney Grand Floridian Resort and Spa, perto de Orlando, na Flórida. As equipes de resgate procuraram pela criança durante toda a noite, mas até agora nada encontraram.

A criança brincava nas margens da lagoa por volta das 21h30 locais (22h30 de Brasília) dessa terça-feira, quando foi atacada pelo animal, segundo o delegado Jerry Demings. Os pais e a irmã mais velha, que estavam no jardim, viram o momento em que o jacaré arrastou o menino. Não há placas no local que alertem para não entrar na água.  A família, que é originária do estado de Nebraska, na região central dos Estados Unidos, estava em férias no local desde domingo (12).

Desesperado, o pai ainda entrou na lagoa e tentou recuperar o filho sem sucesso. O pai sofreu pequenos arranhões nas mãos.

“Esta é ainda uma operação de busca e resgate”, disse Jeff Williamson, um porta-voz do gabinete do condado de Orange. “Estamos esperando o melhor. Às vezes, você começa com o pior, mas certamente estamos esperando pelo melhor”, ao se referir à possibilidade de ainda encontrar a criança com vida.

Empregados da Disney e dezenas de fiscais ambientais participam das buscas. Eles usam barcos e equipamentos de mergulho. Um caçador de jacarés também integra a equipe.

“Já apreendemos quatro jacarés e não conseguimos encontrar nenhuma vestígio da criança”, disse Nick Wiley, diretor executivo da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem, que cuida do local e protege o meio ambiente. “Os jacarés tiveram que ser sacrificados para ser analisados”, acrescentou.

O porta-voz Jeff Williamson demonstrou impaciência quando indagado pelos repórteres se estava esperando pelo pior. “Neste momento particular, não estamos focados no que vai ser o resultado”, observou.  “Estamos focados no aqui, no agora, hoje.”

Nesta quarta-feira, o delegado do condado, Jerry L. Deming, disse que tinha pouca esperança de que o menino ainda estivesse vivo. “Não é provável que vamos encontrar a criança ainda viva”, acrescentou.”

(Agência Lusa)

Jornalista é agredida ao vivo durante reportagem

A repórter Iris Delgado estava na frente da Prefeitura da Filadélfia (Pensilvânia, EUA), na noite de quarta-feira (8/6). Fazia um flash ao vivo para o canal Telemundo 62.

Quando conversava com um jornalista no estúdio da emissora, foi violentamente agredida por uma outra mulher. Aparentemente, a agressora ficou revolta por ter negado o seu pedido de atenção à jornalista.

A polícia está investigando o caso.

Confira:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=PkYVArVkWGI[/youtube]

Estado Islâmico reivindica responsabilidade por ataque em boate nos EUA

“O Estado Islâmico reivindicou responsabilidade nesta segunda-feira (13) pelo ataque a tiros que deixou ao menos 50 mortos em uma boate gay em Orlando, na Flórida, em transmissão na rádio oficial do grupo radical, Albayan. A mensagem qualificou o suspeito de ser autor do ataque, Omar Mateen, como um “soldado do califado”.

“O irmão Omar Mateen, um soldado do califado, realizou uma incursão de segurança com a qual conseguiu irromper no clube noturno de homossexuais de Orlando, onde matou e feriu mais de cem antes de ser assassinado”, disse o EI através de sua emissora de rádio “Al Bayan”.

O EI insistiu que “Deus permitiu [a Mateen] atacar os imundos cruzados (…)” e destacou que este atentado é “o maior registrado nos EUA pelo número de mortos”.

Na madrugada do domingo (12) Omar Saddiqui Mateen, 29, abriu fogo contra o público da boate Pulse, em Orlando, no pior ataque a tiros da história dos EUA e que foi qualificado pelo presidente Barack Obama de “ato de terrorismo e ódio”.

Segundo a imprensa americana, Mateen expressou sua lealdade ao EI em um telefonema para o número de emergência 911 pouco antes do ataque.

Oficialmente, as autoridades americanas ainda investigam a motivação do ataque e não confirmaram uma ligação direta do atirador com o grupo terrorista.

Em entrevista à imprensa, um porta-voz do FBI confirmou que a agência norte-americana acompanhava o atirador por suspeitas de laços com grupos extremistas.

(Portal Uol)

Atirador sorria enquanto matava as pessoas na boate, diz jornalista brasileiro

O jornalista brasileiro Rodrigo Lins, correspondente do site Só notícia boa nos Estados Unidos, está fazendo a cobertura do massacre na boate Pulse, em Orlando, na Flórida, desde que soube do incidente, nesse domingo (12). Cinquenta pessoas foram mortas e 53 feridas e “rádios locais estão divulgando a informação de que o atirador estava sorrindo enquanto atirava nas pessoas”, segundo Lins.

O jornalista disse que as autoridades norte-americanas especulam que o ataque tenha sido um atentado homofóbico, pois a boate era voltada para o público gay. O assassino, identificado como o norte-americano Omar Mateen, de 29 anos, entrou na boate com um rifle AR-15 e uma arma de pequeno porte e abriu fogo contra cerca de 300 pessoas que estavam no local. Após o ataque, Mateen foi morto a tiros pela polícia, segundo as autoridades norte-americanas.

(Agência Brasil)

Atirador mata cerca de 20 pessoas e fere mais de 40 em boate gay de Orlando

A polícia de Orlando, nos Estados Unidos, informou que aproximadamente 20 pessoas foram mortas e pelo menos 42 ficaram feridas por um atirador na boate Pulse no início da madrugada deste domingo (12). O homem ainda fez reféns, mas foi morto durante uma troca de tiros com a polícia. A boate é voltada para o público LGBT.

Um policial chegou a ser atingido no capacete, segundo informações divulgadas no Twitter da Polícia de Orlando. Os feridos foram levados para os hospitais da cidade.

Em dois dias, esse é já o segundo caso de tiroteio em Orlando. Na sexta-feira (10), um homem matou a tiros a cantora Cristina Grimmie após um show.

(Agência Brasil)