Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Zico desiste de candidatura à presidência da Fifa

zicococ

Luciano Arruda, da Prefeitura de Sobral, e Zico.

Oex-jogador de futebol Arthur Antunes Coimbra, o Zico, anunciou a desistência da candidatura à presidência da Federação Internacional de Futebol (Fifa). A informação foi divulgada no início da noite dessa segunda-feira (26), na página da campanha oficial do atleta no Facebook.

Zico havia anunciado sua intenção de concorrer à Fifa em junho deste ano, mas dizia sempre que a candidatura dependeria do apoio de pelo menos cinco confederações de futebol, segundo estabelece as regras da entidade. Ele chegou a viajar por alguns continentes a fim de conseguir o apoio.

No texto publicado no Facebook, Zico diz que havia promessa de seis apoios, mas que a retirada da candidatura do francês Michel Platini, presidente da União das Federações Europeias de Futebol (Uefa), suspenso por 90 dias, pelo Comitê de Ética da Fifa, por suposto envolvimento em negócios irregulares envolvendo o presidente afastado da entidade, Joseph Blatter, mudou o cenário.

“Caros amigos, não deu. Estávamos animados ontem com seis promessas de cartas, mas hoje (ontem) o movimento da Uefa, com a retirada de Platini, mudou todo o cenário. A forma atual da eleição da Fifa realmente não favorece a mudança. Basta ver que os nomes que estão aí para esta eleição dificilmente poderão realmente falar em mudança”, afirmou Zico.

O ex-jogador do Flamengo agradeceu às pessoas que o apoiaram diretamente na campanha e ressaltou que o importante era manter o debate sobre a política esportiva baseada na transparência.

“Que outras partidas venham por aí. Plantamos uma semente para um debate sobre uma nova forma de gestão do futebol, baseada na democracia e na transparência. Abraço em todos”, disse.

(Agência Brasil/Foto – Divulgação)

Argentina vai eleger novo presidente em inédito segundo turno

A Argentina vai escolher, em 22 de novembro, num inédito segundo turno, o novo presidente, entre o “kirchnerista” Daniel Scioli e o conservador Mauricio Macri. Nenhum candidato obteve os votos suficientes nas eleições desse domingo (25).

Quando estavam apurados mais de dois terços dos votos, Mauricio Macri liderava a contagem, com 36%, contra 35% de Daniel Scioli.

No entanto, faltavam ainda contabilizar os votos da província de Buenos Aires – reduto do candidato “kirchnerista”.

Sergio Massa aparecia em terceiro entre os seis aspirantes à Presidência argentina, com cerca de 21% dos votos.

De acordo com a lei argentina, para chegar à Casa Rosada no primeiro turno, um candidato tem que obter 45% dos votos ou 40%, com 10 pontos de vantagem sobre o segundo mais votado.

O único antecedente que quase levou a um segundo turno ocorreu em 2003, entre dois peronistas: o ex-presidente Carlos Menem e Néstor Kirchner dispitaram voto a voto com 24,45% e 22,24%, respetivamente, nas eleições presidenciais. Contudo, Menem desistiu e Kirchner alcançou a Presidência.

(Agência Brasil)

Argentina, Guatemala e Haiti votam para presidente neste domingo

Três países das Américas votam para presidente neste domingo (25). Na Argentina e na Guatemala, não há dúvidas sobre quem são os favoritos, mas no Haiti, sobram problemas – e presidenciáveis. Cinquenta e quatro candidatos disputam a presidência do país mais pobre do hemisfério, onde metade da população, de 10,4 milhões de pessoas, vive com menos de US$ 1 por dia – pouco menos de R$ 4.

Os 32 milhões de eleitores argentinos já sabem que o governista Daniel Scioli será o mais votado dos seis candidatos. Ele é do Partido Justicialista (Peronista), no poder há 14 anos, e é o governador da província de Buenos Aires – a maior e mais rica da Argentina, onde vivem 40% dos eleitores.

Além de liderar as pesquisas de opinião, Scioli obteve 38,4% dos votos nas prévias de agosto – que na Argentina são abertas, simultâneas e obrigatórias. Mas para assegurar a vitória no primeiro turno, Scioli precisa de 45% dos votos ou, no mínimo, 40% dos votos com uma diferença de dez pontos porcentuais em relação ao segundo colocado.

O favorito da oposição nas previas foi Mauricio Macri, do partido conservador PRO, que somou 24,8% das intenções voto. Ele é o atual prefeito da capital, Buenos Aires, e prega uma menor presença do estado na economia, que cresceu muito durante os governos de Nestor Kirchner (2003-2007) e de sua mulher e sucessora Cristina Kirchner, reeleita em 2011, meses após a morte do marido.

(Agência Brasil)

Pressões levam acusador de líder político a fugir da Venezuela

Franklin Nieves, um dos promotores do Ministério Público que acusaram o líder político da oposição Leopoldo López, denunciou neste sábado (24), em um vídeo divulgado pela imprensa, que pressões governamentais e de superiores para fazer acusações “falsas” o forçaram a sair da Venezuela.

“Decidi sair com a minha família da Venezuela, em virtude da pressão que o Executivo e os meus superiores hierárquicos exerciam para que continuasse a defender as provas falsas com as quais se condenou o cidadão Leopoldo López”, disse.

Ele fala da angústia que passou e “da dor e a pressão de continuar com uma farsa”. No vídeo, divulgado pelo site de notícias “La Patilla”, Nieves convida os companheiros e os juízes venezuelanos a “perder o medo e a dizer a verdade”.

“Que sejam valentes, que manifestem o seu descontentamento pela pressão dos superiores que ameaçam com a exoneração e prisão”, apela.

Ao final, Nieves anuncia que nos próximos dias revelará “toda a verdade sobre o que aconteceu” antes, durante e depois do julgamento de Leopoldo López. Ele responsabilizou o governo venezuelano e os seus superiores pelo que possa acontecer a ele e sua família.

Líder do partido opositor Vontade Popular, Leopoldo López foi condenado no dia 10 de setembro a quase 14 anos de prisão por instigação pública, associação delinquente, danos à propriedade e incêndio, durante um protesto convocado por várias figuras da oposição em 12 de fevereiro de 2014.

(Agência Brasil)

E o dólar fechou em queda nesta quinta-feira

“Depois de quatro sessões seguidas de alta, a moeda norte-americana fechou em queda. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (22) vendido a R$ 3,908, com queda de R$ 0,035 (-0,9%). A divisa acumula queda de 1,5% em outubro, mas tem alta de 47% em 2015.

A sessão foi marcada pela instabilidade. A cotação começou o dia em alta, chegando a R$ 3,961 por volta das 10h30. Por volta das 11h20, o dólar começou a cair para próximo de R$ 3,91. A moeda norte-americana subiu um pouco no início da tarde, mas recuou novamente por volta das 16h30, meia-hora antes do fechamento do mercado.

A melhoria no cenário externo influenciou o câmbio. A Bolsa de Valores de Xangai, na China, recuperou-se depois de ter uma forte queda no início da semana. Na Europa, o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, declarou que o órgão pode manter os estímulos monetários na zona do euro por mais tempo do que o previsto, com os juros próximos de zero nos países que adotam a moeda comum.

Nos Estados Unidos, os pedidos de seguro-desemprego, que funcionam como termômetro do mercado de trabalho, voltaram a subir. Um possível atraso na recuperação da maior economia do planeta indica a possibilidade de que o Federal Reserve, Banco Central norte-americano, adie o aumento de juros nos Estados Unidos, atualmente no menor nível da história. Juros baixos nos países avançados estimulam a entrada de capital em países emergentes, como o Brasil, pressionando para baixo a cotação do dólar.”

(Agência Lusa)

Pesquisa avisa:dormir nu pode melhorar a qualidade do esperma

3504807

“Uma pesquisa recém-divulgada nos Estados Unidos traz uma revelação importante para homens que desejam ser pai: dormir pelado pode melhorar a qualidade do esperma. Conduzido pelo Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano, em Maryland, e pela Universidade de Stanford, o estudo mostrou que dormir de cueca ou pijamas justos pode danificar a produção de esperma e, consequentemente, diminuir as chances de ter um bebê.

Segundo os pesquisadores, isso acontece porque essas peças mais apertadas aumentam a temperatura dos testículos, o que pode levar à diminuição da qualidade. Dessa forma, usar roupas íntimas mais soltas durante o dia, como cuecas samba-canção, e nada durante a noite proporcionaria uma diminuição de 25% na fragmentação do DNA contido no esperma, em comparação com aqueles que usam peças justas.

Para chegar a essa conclusão, o estudo acompanhou 500 homens durante cerca de um ano, rastreando suas escolhas de roupa íntima e monitoramento a qualidade do esperma.
Em 2012, pesquisadores do Reino Unido já haviam mostrado que homens que optavam pelo modelo boxer tinham um esperma de melhor qualidade. Mas este é o primeiro estudo a sugerir que a roupa utilizada à noite também pode melhorar as chances de concepção.

(Com O Globo)

Partido Liberal ganha eleições no Canadá

“Justin Trudeau é o novo primeiro-ministro do Canadá, depois de as eleições federais dessa segunda-feira (19) terem dado a maioria absoluta ao Partido Liberal, após quase uma década de governo conservador.

Trudeau, de 43 anos, filho do antigo primeiro-ministro Pierre Trudeau (1968 a 1979), vai liderar o governo, depois de o seu partido ter conseguido a maioria absoluta na nova Câmara dos Comuns, com 338 assentos parlamentares. O Partido Liberal era a terceira força política na legislatura anterior.

“Canadenses de todo o país, enviaram uma mensagem nessa segunda-feira: é o momento da mudança, meus amigos, da verdadeira mudança”, afirmou Justin Trudeau, no discurso da vitória, em Montreal, onde mora e foi eleito.

O novo primeiro-ministro disse ainda que a “visão com esperança positiva, otimista, da vida pública, não é um sonho ingênuo”, pois pode ser “uma força poderosa para a mudança”.

Os liberais elegeram pelos menos 182 deputados, quando eram necessários apenas 170 para conseguir a maioria absoluta. Os conservadores elegeram 99 deputados, o NDP (sociais-democratas) 43, o Bloco Quebequense dez e o Partido Verde apenas um. Ainda faltam apurar os votos de três distritos eleitorais.

O primeiro-ministro anterior, o conservador Stephen Harper, que chefiou o Executivo desde 2006, pediu demissão da liderança do partido.

Os conservadores governavam com 159 lugares na Câmara dos Comuns. O NDP era a segunda maior força política, com 95 lugares, e os liberais tinham apenas 36 deputados. Os outros quatro lugares eram ocupados por um independente, um representante do Partido Verde, um do Bloco Quebequense e por um dissidente.”

(Agência Lusa)

Obama determina a suspensão das sanções contra o Irã

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, determinou neste domingo (18) que a administração norte-americana tome medidas para suspender as sanções contra o Irã, em cumprimento aos acordos firmados em julho com o país. A medida de Obama ocorre 90 dias após o Conselho de Segurança das Nações Unidas ter ratificado o acordo com o Irã.

“Determino que sejam tomadas todas as medidas apropriadas para que sejam garantidos os compromissos dos Estados Unidos no quadro do JCPOA [Joint Comprehensive Plan of Action], de acordo com a legislação norte-americana”, disse Obama em memorando divulgado em Washington.

(Agência Brasil)

Unicef lança campanha mundial contra a subnutrição infantil

“O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lançou hoje (16), em Madri, a campanha Agora Não Podemos Parar, destinada a combater a subnutrição infantil, responsável pela morte diária de 8 mil crianças no mundo.

No Dia Mundial da Alimentação, comemorado nesta sexta-feira, o Unicef informou que a ideia é melhorar as condições de vida das crianças mais vulneráveis.

Em nota, o Comitê Espanhol do fundo destaca que a subnutrição aguda é “grave” e que continua a pôr em perigo mais de 17 milhões de crianças e é responsável por mais da metade das mortes na faixa etária até 5 anos.

“A subnutrição infantil tem efeitos devastadores na infância”, disse o presidente do Comitê Espanhol, Carmelo Angulo, que pediu a união da sociedade na luta contra essa “tragédia crônica”.

A campanha de combate à subnutrição tem foco sobretudo na prevenção, por meio de ações de conscientização e da oferta, entre outros produtos, de suplementos alimentares, tratamentos terapêuticos e leite a hospitais e centros de saúde.

A campanha prevê ainda maior trabalho das organizações da sociedade civil com comunidades locais sobre hábitos alimentares e promoção do leite materno.

O Unicef lembrou que campanhas anteriores sobre o mesmo tema, em colaboração com governos e organizações da sociedade civil, permitiram, de 2000 e 2013, diminuir a subnutrição crônica no mundo de 33% para 25%.

Em 2014, a agência das Nações Unidas apoiou mais de 2,3 milhões de crianças subnutridas em situações de emergência humanitária.”

(Agência Basil)

Conselho de Segurança da ONU convoca reunião de emergência

“O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) promove hoje (16) reunião de emergência para discutir o aumento da violência em Israel e nos territórios palestinos ocupados.

Os diplomatas dos países do grupo árabe nas Nações Unidas mantiveram encontro para discutir o assunto, na tarde dessa quinta-feira (15), quando encarregaram a Jordânia de fazer contato com a presidência espanhola do Conselho de Segurança a fim de organizar a reunião, informou o embaixador palestino na ONU, Riyad Mansur. O encontro foi marcado para as 11 horas (horário local).

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, tem pedido repetidamente calma, após semanas marcadas por atos de violência que deixaram pelo menos 30 mortos. “A situação é explosiva, o conselho deve assumir a sua responsabilidade, devemos fazer tudo para impedir o derramamento de sangue e, em seguida, discutir como proteger a população civil dos territórios palestinos”, destacou o diplomata.

A onda de violência em Israel e nos territórios palestinos nas últimas duas semanas tem feito aumentar o receio de uma reação popular na região, depois das de 1987-1993 e 2000-2005, que deixaram milhares de mortos.”

(Agência Lusa)

Salário mínimo na Venezuela terá aumento de 30%

“O pesidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nessa quinta-feira (15) um aumento de 30% no salário mínimo a partir de novembro. “Para proteger o salário, decidi decretar um aumento do salário mínimo nacional de 30%”, disse Maduro, durante um encontro com trabalhadores na Siderúrgica de Orinoco (Sidor), em Guyana, a 700 quilômetros a sudeste de Caracas.

“Devem ajustar-se, imediatamente, todas as tabelas da administração pública, das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas”, destacou, acrescentando que o aumento representa investimento extraordinário.

Com o novo aumento (o quarto em 2015), o salário mínimo dos venezuelanos sobe de 7.421,66 para 9.649 bolívares (de 1.033 para 1.343,49 euros), enquanto o subsídio de alimentação passa a ser 6.750 bolívares (939,84 euros).

Os venezuelanos queixam-se com frequência dos altos preços dos produtos, num país onde um café custa 70 bolívares (9,74 euros) e um quilo de carne bovina, 1.500 bolívares (208,85 euros) à taxa de referência oficial de 6,30 bolívares por cada dólar norte-americano. A taxa é usada para a importação de produtos prioritários.

Segundo Nicolás Maduro, o aumento vai “muito além” da inflação anual estimada, que “deverá ficar por volta de 80%”, apesar de o Banco Central da Venezuela não divulgar os dados oficiais sobre a inflação desde janeiro de 2015.

Segundo o Fundo Monetário Internacional e a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), a inflação anual na Venezuela deverá ser superior a 180%.”

(Agência Lusa)

Rebaixamento da nota do Brasil já era esperado por parlamentares

No Congresso Nacional, o rebaixamento da nota do Brasil pela agência de classificação de risco Fitch foi considerado algo que podia ser previsto. Tanto oposicionistas quanto governistas disseram que a decisão já podia ser prevista diante do quadro de instabilidade política e das dificuldades econômicas que o país vem enfrentando.

A Fitch rebaixou a nota do Brasil, mas manteve o grau de investimento. A nota passou de BBB para BBB-, com perspectiva negativa.

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), disse que o rebaixamento já era esperado e o atribuiu à incapacidade do governo de dar ao mercado sinais de que tem condições de reverter a situação ruim da economia.

“As contas do país vêm se deteriorando de forma extremamente grave. E o que é mais sensível a essas agências é a percepção de que o governo perdeu a capacidade de orientar, de sinalizar para uma agenda nova de retomada do crescimento, de controle da inflação e de reanimação da economia. Poucos indicadores que nos chegam vêm na direção contrária”.

Para o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), o país vive um momento de “descrédito e desânimo interna e externamente”, o que provoca esse tipo de reação do mercado financeiro. “O governo, por ter perdido a autoridade política e econômica, não consegue atrair a confiança de investidores. O único caminho que poderia reverter isso seria a mudança do comando do país, uma mudança de atitude”, afirmou.

Para os governistas, o rebaixamento da nota também já era esperado. No entanto, o líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), culpou o Congresso por agravar a situação, impedindo a votação de matérias que poderiam ajudar a reverter o quadro econômico, como a prorrogação da Desvinculação das Receitas da União (DRU), o projeto de repatriação de recursos irregulares no exterior e a recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

(Agência Brasil)

Enem – Notas podem ser aproveitadas em seis universidades de Portugal

“Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão utitlizar suas notas para disputar vagas no Instituto Politécnico de Portalegre (IPP), em Portugal. O IPP assinou um acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador do exame, para aproveitar os resultados como forma de ingresso de estudantes brasileiros em seus cursos.

O IPP fica na cidade de Portalegre, na região de Alentejo, sul do país. Está a duas horas da capital, Lisboa, e a quatro de Madri, na Espanha. É a sexta instituição de ensino portuguesa a utilizar o resultados do Enem para ingresso no ensino superior. O processo seletivo do IPP ocorre em junho de cada ano e a instituição pode receber cerca de 100 estudantes brasileiros.

O IPP tem escolas de educação, tecnologias e gestão, saúde e agrária. Entre os cursos, estão enfermagem, veterinária e tecnologia de produção de biocombustíveis, além de cursos em áreas pouco exploradas no Brasil, como equinicultura, que forma técnicos na criação e manejo de equinos.

A inscrição no processo seletivo custa 20 euros. Os estudantes internacionais selecionados pagam por ano cerca de mil euros. Aqueles que desejarem se hospedar no campus podem alugar instalações cujo valor mensal varia de 73 a 110 euros e dispõem de descontos em alimentação.

Desde 2014, o Inep tem acordo firmado com as universidades portuguesas de Coimbra e Algarve, Instituto Politécnico de Leiria (IPL), Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) e o Instituto Politécnico do Porto.Para aproveitamento dos resultados do exame para ingresso em suas graduações. Neste ano, o Enem será nos dias 24 e 25 de outubro e cerca de 7,7 milhões de pessoas deverão fazer as provas.

A nota do Enem é usada para selecionar estudantes para vagas públicas e privadas de ensino superior e ensino técnico pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e pelo Sistema de Seleção da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), respectivamente. Além de ser exigência para financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para o programa de intercâmbio acadêmico Ciência sem Fronteiras. O Enem pode ser usado ainda como certificação do ensino médio.”

(Agência Brasil)

Papa Francisco pede perdão pelos escândalos recentes em Roma e o Vatricano

“O Papa Francisco pediu hoje (14) perdão, em nome da Igreja Católica, pelos “escândalos” que têm surgido nos últimos anos em Roma e no próprio Vaticano, sem os especificar. O pedido de desculpas foi feito no início da audiência geral, na Praça de São Pedro, antes de começar a leitura de uma catequese sobre a família.

“Sei que Jesus é realista e é inevitável que existam escândalos. Mas é o homem que provoca os escândalos. Em nome da Igreja, quero pedir perdão pelos escândalos que aconteceram em Roma e no Vaticano”, afirmou Francisco, com semblante preocupado, dando depois início à leitura do discurso.

Embora o papa não tenha se referido a nenhum caso em particular, nos últimos dias tem subido a tensão no Vaticano por causa da publicação de uma carta enviada por 13 bispos – alguns deles negaram ter assinado o documento -, em que denunciam a forma como está ocorrendo a reunião dos bispos. Alguns cardeais confirmaram a existência da carta, mas não souberam dizer o conteúdo e a lista dos que assinaram.

Diante do aumento da tensão provocado pela divulgação da carta, o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, disse, nessa terça-feira (13) que esse é “um ato de distúrbio”.

O cardeal alemão Ludwig Muller, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé (o antigo Santo Ofício) e que surge entre os signatários, também criticou a publicação do documento e disse que há um novo “Vatileaks”, após o de 2012, quando chegaram á imprensa documentos confidenciais da Santa Sé.

Na semana passada, o sacerdote polaco Krzysztof Charamsa, teólogo da mesma congregação, secretário adjunto da Comissão Teológica e professor da universidade pontifícia, admitiu ser homossexual e ter um companheiro.

Federico Lombardi considerou “muito graves e irresponsáveis” as declarações de Charamsa, sobretudo por terem sido dadas na véspera do início do Sínodo Ordinário para a Família e expulsou-o da congregação.

Rcentemente, a imprensa divulgou carta assinada por mais de 100 fiéis da Paróquia de Santa Teresa de Ávila, em Roma, em que denunciavam a presença um sacerdote em locais frequentados por homossexuais, onde era significativo o consumo de grande quantidade de droga e de bebidas alcoólicas.

Na carta consta também o testemunho de uma pessoa que afirmou ter mantido várias vezes relações sexuais com o religioso, em troca de dinheiro.”

(Agência Lusa)

Rede Twitter anuncia demissões apregoando reestruturação

“A rede social Twitter anunciou nesta terça-feira (13) que demitirá 336 funcionários, número que corresponde a 8% de sua força de trabalho. Segundo a empresa, a reestruturação é parte de um plano geral de reorganização de prioridades e para aumentar a eficiência da empresa.

A medida foi anunciada duas semanas após o retorno de Jack Dorsey, um dos fundadores, que assumiu como presidente. “Tomei algumas decisões duras, mas necessárias, que permitirão ao Twitter prosseguir com maior objetividade e reinvestir no nosso crescimento”, anunciou Dorsey através da própria rede social.

O Twitter enfrenta vários problemas, como uma desaceleração no crescimento do número de usuários, além de prejuízos financeiros. Desde que Dorsey e seus parceiros iniciaram o serviço, o Twitter perdeu quase 2 bilhões de dólares. Os investidores temem que os resultados do terceiro trimestre do ano, que serão apresentados no dia 27 de outubro, tragam novas decepções.

Dorsey admitiu que o modo de utilização do Twitter é muito confuso para algumas pessoas, fazendo com que a rede social perca usuários, enquanto serviços como o Snapchat e o WhatsApp, do Faceboook, ganham popularidade. Ele prometeu tornar o produto mais acessível no próximo ano.

A demissão de 8% de sua força de trabalho de um total de 4.100 pessoas deverá aliviar as finanças da empresa, enquanto novas ferramentas são desenvolvidas.”

(RC/ap/afp)

Volkswagen vai reduzir investimentos em 1 bilhão de euros por ano

“O grupo Volkswagen, envolvido na manipulação dos testes de emissões poluentes, anunciou hoje (13) que vai reduzir em 1 bilhão de euros por ano os investimentos previstos para a marca Volkswagen. Em comunicado, o novo responsável da marca Volkswagen, Herbert Diess, anunciou que o programa de poupança em curso será executado de forma mais rápida.

O grupo Volkswagen, por meio do presidente executivo do grupo, Mathias Muller, tinha informado na semana passada que os investimentos previstos de 86 bilhões de euros até 2020 seriam analisados e alguns, congelados ou adiados.

O grupo Volkswagen detém em Portugal a fábrica da Autoeuropa onde são produzidos os modelos Volkswagen Eos, Scirocco e Sharan e Seat Alhambra e anunciou em março de 2014 um investimento de mais de 670 milhões de euros e a criação de mais de 500 postos de trabalho para o período entre 2014 e 2019.

Herbert Diess adiantou ainda nesta terça-feira uma nova reorientação estratégica da marca, com uma aposta clara nos veículos elétricos e uma nova estratégia para os motores a diesel, o foco do escândalo. “A marca Volkswagen vai se reposicionar para o futuro, tornando-se mais eficiente, oferecendo à gama de produtos novas tecnologias, acelerando o programa de eficiência”, acrescentou.”

(Agência Lusa)

 

Standard & Poor’s baixa nota da Volkswagen

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) baixou nesta segunda-feira (12) a nota da Volkswagen (VW) de A para A-, depois de a fabricante alemã de automóveis ter manipulado os dados sobre as emissões poluentes em seus veículos a diesel. A S&P adiantou que também revisou para baixo a nota de crédito a curto prazo, de A-1 para A-2.

“Também baixamos a nossa nota a longo e curto prazo dos instrumentos de dívida da Volkswagen”, acrescentou a agência.

A Standard & Poor’s coloca a fábrica alemã na lista de observação com implicações negativas, depois de a empresa ter admitido, em setembro, que instalou um kit em automóveis a diesel para manipular as emissões poluentes.

A agência baixou também a nota da subsidiária Volkswagen Financial Services e da nórdica Volkswagen Finans Sverige AB, que estão em observação com implicações negativas.

Os analistas da S&P consideram que a manipulação das emissões da Volkswagen poderá ter impacto negativo nas suas vendas e preços, afetando o crescimento do negócio e a rentabilidade da subsidiária de serviços, que financia 26,5% das vendas da marca em todo o mundo e 34% na Europa.

A Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou, no último dia 18 de setembro, a VW de manipular o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes por meio de um software instalado em veículos a diesel.

Dias depois, a Volkswagen reconheceu ter manipulado os dados e anunciou que mais de 11 milhões de carros a diesel em todo o mundo têm o equipamento que permite alterar o desempenho dos motores em termos de emissões para a atmosfera.

(Agência Brasil)

Rússia bombardeia 53 alvos na Síria em 24 horas

Aviões russos bombardearam 53 alvos na Síria nas últimas 24 horas, destruindo campos de treino, postos de comando e depósitos de munições do grupo extremista Estado Islâmico (EI), anunciou nesta segunda-feira (12) o Ministério da Defesa.

Segundo o porta-voz do ministério, Igor Konashenkov, os ataques permitiram destruir um campo em Mastuma, na província de Idleb, usado para reunir combatentes chegados do exterior. Na província de Hama, foi destruído um centro de comando subterrâneo e depósitos de munições e combustível.

De acordo com Moscou, os ataques aéreos iniciados pela Força Aérea russa no dia 30 de setembro já permitiram destruir uma parte importante do arsenal do Estado Islâmico.

(Agência Brasil)