Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Paul McCartney em nova temporada no Brasil. Fortaleza fora do circuito

mccartney

“Além dos shows no Espírito Santo, Brasília e São Paulo divulgados ontem, Paul McCartney fará uma apresentação no Rio de Janeiro no próximo dia 12 de novembro.

Será na HSBC Arena.”

VAMOS NÓS – Fortaleza está fora mas, com certeza, muito cearense já está afivelando as malas para esse evento. Estivemos no show que Paul fez na Arena Castelão, ano passado, e, sinceridade, ainda estamos com saudade.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Apuração parcial confirma vitória de Evo Morales

evomoraless

“O resultado da apuração de 45,71% das urnas na Bolívia confirma a vitória do presidente Evo Morales nas eleições de domingo (12). Os números foram divulgados pelo Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) do país. Os dados liberados até o momento indicam que Morales conquista o terceiro mandato com 53,9% de apoio.

O principal candidato da oposição, Samuel Doria Medina, soma 30,2% dos votos e o ex-presidente Jorge Quiroga, 11,3%.

Ontem (13), a Organização dos Estados Americanos (OEA) elogiou a participação da população nas eleições gerais da Bolívia, mas apontou lentidão na apuração dos votos. “O processo de computação, transmissão e divulgação dos dados foi extremamente lento”, destacou a entidade.”

(Agência Brasil)

Vice-presidente da Polycom visita Fortaleza

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=ZQLOJoOXqT0&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Está em Fortaleza o vice-presidente da Polycom para o Caribe e América Latina, Pierre Rodriguez. Ele visita o mercado e vem manter contatos com sua parceira no Estado, a Pleimec.

Pierre Rodrigues terá como cicerone o diretor do grupo, Paul Sierra, e Sérgio Frota, da Pleimec. Em entrevista ao Blog, ele falou sobre a empresa, hoje uma das maiores do mundo em videoconferência, e, também, sobre o cenário nacional.

Prêmio Nobel de Economia sai para francês

“O Prêmio Nobel de Economia foi concedido hoje (13) ao economista francês Jean Tirole, anunciou a Real Academia Sueca de Ciências. Na sexta-feira (10), a academia anunciou os nomes da paquistanesa Malala Yousafzai, de 17 anos, e do indiano Kailash Satyarthi como vencedores do Nobel da Paz.

A ativista paquistanesa ficou conhecida internacionalmente por sua resistência aos esforços dos talibãs em negar educação e outros direitos às mulheres. Kailash Satyarthi, 50 anos, é um indiano que luta contra o trabalho infantil.”

(Agência Lusa)

 

Evo Morales conquista terceiro mandato

evomoraless

“O presidente da Bolívia, Evo Morales, conquistou o terceiro mandato nesse domingo (12), de acordo com dados extraoficiais, e prometeu manter, até 2020, seu modelo de crescimento econômico, cujos resultados foram elogiados por organizações como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial.

Morales fez discurso, agradecendo o apoio dos 6 milhões de eleitores, antes mesmo de os resultados oficias serem confirmados. Mas a vitória dele já era esperada: as primeiras pesquisas de boca de urna indicavam que ele tinha mais de 60% dos votos.

Primeiro presidente indígena da Bolívia e da América do Sul, em nove anos de governo Evo Morales erradicou o analfabetismo, reduziu a pobreza e a desigualdade e manteve alto índice de crescimento. Este ano, segundo a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, a Bolívia será o país que mais vai crescer na América do Sul (5,5%) – mais que o dobro da média regional.

(Agência Brasil)

Ebola – Resultado do segundo exame será divulgado nesta 2ª feira

“O resultado definitivo do exame que vai confirmar ou descartar o primeiro caso de ebola no Brasil deve ser divulgado hoje (13) pelo Ministério da Saúde. Ontem (12), foi colhida a segunda amostra de sangue do paciente suspeito. O material está sendo analisado no Instituto Evandro Chagas, em Belém, que pertence à Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde.

O primeiro exame das amostras deu negativo para infecção pelo vírus. O resultado foi divulgado sábado (11) pelo Ministério da Saúde.

O caso do paciente com suspeita de infecção por ebola foi notificado em Cascavel (PR) na última quinta-feira (9). Souleymane Bah, de 47 anos, veio da Guiné para o Brasil, passando pelo Marrocos.”

(Agência Brasil)

Obama determina investigação rápida sobre contágio por ebola

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, determinou nesse domingo (12) que seja feita o mais rápido possível uma investigação à “aparente” falha nos protocolos de controle de infecção que originou o contágio de uma enfermeira com o vírus ebola.

De acordo com nota divulgada pela Casa Branca, Obama falou por telefone com a secretária de Saúde e Serviços Humanos, Sylvia Burwell, sobre o contágio que ocorreu no hospital de Dallas, no Texas, onde morreu um liberiano infectado.

De acordo com o comunicado, o presidente norte-americano pediu à responsável uma investigação nos centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

Ele pediu ainda que as autoridades federais de saúde tomem medidas adicionais “imediatas” para garantir que os hospitais em todo o país estejam preparados para seguir os protocolos adequados no tratamento do vírus.

(Agência Brasil)

Prêmio Nobel da Paz sai para a paquistanesa Malala e o indiano Kailash Satyarthi

“A paquistanesa Malala Yousafzai, de 17 anos, e o indiano Kailash Satyarthi venceram o Prêmio Nobel da Paz, anunciou hoje (10) a Academia Sueca. A ativista paquistanesa era a mais jovem entre os favoritos a receber o prêmio. Kailash Satyarthi, 50 anos, é um indiano que luta contra o trabalho infantil.

Malala tornou-se um símbolo reconhecido internacionalmente de resistência aos esforços dos talibãs em negar educação e outros direitos às mulheres. Kailash Satyarthi é um dos promotores da Marcha contra o Trabalho Infantil e já resgatou mais de 60 mil crianças trabalhadoras e também adultos mantidos sob regime de escravidão.

“As crianças devem ir à escola e não serem exploradas financeiramente”, disse o presidente do Comitê do Prêmio Nobel, Thorbjoern Jagland.”

(Agência Lusa)

Prêmio Nobel de Literatura sai para escritor francês

“O Prêmio Nobel de Literatura foi concedido ao escritor francês Patrick Modiano, anunciou hoje (9) o júri. “Por meio da arte da memória, ele evocou os mais inapreensíveis destinos da humanidade”, afirmou o secretário permanente do Comitê do Nobel, Peter Englund, ao anunciar o nome de Patrick Modiano.

Modiano, de 69 anos, recebeu algumas das mais importantes premiações francesas como o Prêmio Goncourt, em 1978, o Grande Prêmio de Romance da Academia Francesa, em 1972, e o Grande Prêmio Nacional das Letras de França, em 1996.

Patrick Modiano, o décimo quinto autor francês agraciado com o Nobel da Literatura, é considerado um mestre da literatura francesa contemporânea. Ele é autor de mais de 30 títulos, muito marcados pela experiência da Segunda Guerra Mundial e pelas sequelas da ocupação nazista. O prêmio será entregue em uma cerimônia em Estocolmo, em 10 de dezembro, dia do aniversário do industrial Alfred Nobel, que instituiu a premiação.”

(Agência Lusa)

Prêmio Nobel de Química sai para cientistas que aprimoraram o microscópio

“O Prêmio Nobel de Química foi concedido hoje (8) aos norte-americanos Eric Betzig e William Moerner e ao alemão Stefan Hell, por melhorias na utilização do microscópio. Os três pesquisadores, de acordo com o júri, foram “recompensados pelo desenvolvimento da microscopia de fluorescência em alta resolução”. De acordo com nota da entidade que concede os prêmios, o trabalho desses cientistas permite visualizar “dentro das paredes das moléculas individuais em células vivas”, ultrapassando um “limite físico estabelecido em 1873 pelo microscopista Ernst Abbe”.

Até agora, era impossível estudar as células vivas a partir de um determinado patamar, mas o trabalho desses cientistas permitiu superar isso, por meio da investigação de Stefan Hell, que descobriu o microscópio stimulated emission depletion (Sted), e de Eric Betzig e William Moerner, que trabalhou o microscópio de molécula única (single-molecule microscopy).

Essas invenções, destaca a Academia sueca, são úteis na compreensão de doenças comuns, como o Parkinson, o Alzheimer e o Huntington. Os vencedores receberão o prêmio em Estocolmo, no dia 10 de dezembro, e vão dividir um total de 867 mil euros.”

(Agência Lusa)

Prêmio Nobel de Física sai para inventores da tecnologia LED

“O Prêmio Nobel de Física foi concedido hoje (7) aos pesquisadores Isamu Akasaki e Hiroshi Amano (Japão) e Shuji Nakamura (Estados Unidos), pela invenção do díodo eletroluminescente (LED), anunciou o júri em comunicado.

Os consagrados foram reconhecidos pela descoberta dessa tecnologia, que permite uma economia significativa de energia.”

(Agência Lusa)

Prêmio Nobel de Medicina sai para pesquisador norte-americano e casal norueguês

“O norte-americano John O’Keefe e um casal de noruegueses, May-Britt e Edvard Mosel, vão receber o Prêmio Nobel de Medicina 2014, informou hoje (6) o Comitê Nobel. O prêmio foi concedido pelas descobertas sobre as “células que constituem um sistema no cérebro de determinação da posição”, uma espécie de GPS interno, segundo o júri.

Esse GPS (sistema de posicionamento global) no cérebro permite que nos orientemos em determinado espaço, mostrando a base celular de uma função cognitiva superior, explica o júri do Nobel em comunicado. O sistema permite responder a questões simples, entre elas “como sabemos onde estamos? Como conseguimos encontrar o caminho entre um local e outro? Como guardamos essa informação de modo a poder encontrar rapidamente o caminho outra vez?”.

O norte-americano-britânico John O’Keefe descobriu em 1971 o primeiro componente desse “GPS”. Foi preciso esperar até 2005 para que May-Britt e Edvard Mosen identificassem outro componente-chave do sistema, células nervosas que criam coordenadas para determinar as posições. O prêmio, de 8 milhões de coroas suecas (cerca de 881 mil euros) será dividido em duas partes, metade para O’Keefe e metade para o casal Moser.”

(Agência Lusa)

Eleição já começou na Nova Zelândia

Sete horas antes da abertura das sessões eleitorais no Brasil, a votação brasileira na Nova Zelândia já terá sido encerrada para os 883 eleitores – número de brasileiros aptos a votar votar na embaixada. A votação na embaixada começou às 8 horas deste domingo, horário local (17h de sábado, horário de Brasília).

Os brasileiros residentes no exterior só podem votar para presidente, mas, de resto, a eleição é igual – com urnas eletrônicas, mesários e lista de eleitores.

No dia 5 de outubro, 354.184 eleitores brasileiros que vivem fora do país em 168 cidades de 92 países poderão votar para eleger os novos presidente e vice-presidente da República, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

(Com Agências)

Terremoto de magnitude de 5,5 atinge o Japão

“Um terremoto de magnitude 5,5 na escala Richter foi sentido hoje (3) em Iwate, no Nordeste do Japão. Até o momento, não há registro de vítimas ou de danos materiais.

A Agência Meteorológica do Japão não emitiu alerta de tsunami.

O epicentro do abalo, registrado por volta das 10 horas (horário local), foi localizado a uma profundidade de 30 quilômetros.”

(Agência Brasil)

Obama admite que EUA subestimaram surgimento do Estado Islâmico

Em entrevista nesse domingo (28), o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reconheceu que as agências de inteligência do país subestimaram a possibilidade de o caos na Síria se constituir em um terreno fértil para o surgimento de uma organização como o Estado Islâmico (EI).

Obama disse que a Síria se tornou o “marco zero para jihadistas de todo o mundo”. O presidente afirmou que o chefe dos serviços secretos norte-americanos, Jum Clapper, reconheceu que subestimou o que estava acontecendo na Síria. Além disso, Obama também declarou que seu governo superestimou a capacidade do Exército iraquiano em combater os extremistas do EI.

(Agência Brasil com a Agência Lusa)

Pesquisa mostra que mulheres são sub-representadas e estigmatizadas no cinema

Mulheres em postos de comando, ocupando cargos como a Presidência da República ou ganhando prêmios pelo desempenho acadêmico podem até ser mais comuns nos dias atuais. No entanto, ainda não é essa a representação feita sobre as mulheres no cinema, segundo a publicação Preconceito de Gênero sem Fronteiras: Uma Pesquisa sobre Personagens Femininos em Filmes Populares em 11 Países, feita pelo Geena Davis Institute on Gender in Media, a Organização das Nações Unidas (ONU) Mulheres e a Fundação Rockefeller.

A pesquisa destaca que, embora as mulheres sejam metade da população do mundo, dos 5.799 personagens falantes ou nomeados na tela, 30,9% são do sexo feminino. No caso dos filmes de ação ou aventura, essa participação é ainda menor: elas são 23% dos personagens com falas. Já em relação aos protagonistas, apenas 23,3% das tramas tinham uma menina ou uma mulher no papel principal.

O estudo, que analisou produções exibidas entre janeiro de 2010 e maio de 2013 na Austrália, China, França, Alemanha, Índia, Rússia, Coreia do Sul, no Reino Unido, Japão e Brasil – considerados os territórios mais rentáveis para a indústria cinematográfica – constatou ainda que a sexualização “é o padrão para personagens femininos em todo o mundo”. O estudo mostra que a chance de uma pessoa do sexo feminino aparecer com roupas sensuais ou nua é duas vezes maior que a do sexo masculino.

Além disso, adolescentes estão propensas a serem apresentadas como jovens adultas e é comum que as mulheres sejam representadas como magras e atraentes. Enquanto os homens magros são 15,7% do total analisado, a participação de mulheres magras chega a 38,5%.

No caso do Brasil, a pesquisa destaca que a participação das mulheres nos filmes fica em 37,1% – percentual maior que a média mundial. No entanto, o país ganha quando o assunto é a sexualização das mulheres e também na caracterização delas como magras.

Dilma faz discurso de enfrentamento da crise econômica mundial

38 2

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (28):

A presidente Dilma Rousseff, na abertura da 69ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), fez um balanço das realizações de seu governo. Houve quem não entendesse a razão, classificando a apresentação de “eleitoreira”.

Ora, ali era uma plateia internacional, uma arena onde se digladiam duas visões de mundo. Era a oportunidade de o Brasil, diante de um auditório planetário, demonstrar que há outras vias possíveis de enfrentamento da crise econômica mundial, que não a do desemprego, da recessão e do arrocho de salários e direitos trabalhistas, como fizeram a Europa e EUA.

Se o Brasil conseguiu, durante a fase mais aguda da crise, erradicar a fome, retirar 36 milhões de pessoas da miséria e criar mais 21 milhões de empregos, outros países podem fazer o mesmo, não precisando se submeter à receita neoliberal que atirou milhões de pais de família no olho da rua, em todo o mundo, para não sacrificar os ganhos dos bancos.

Dilma diz que Brasil não foi consultado sobre compromisso de desmatamento

A presidente Dilma Rousseff manifestou-se sobre o fato de o Brasil não ter assinado a Declaração de Nova York, em que 150 países comprometem-se a zerar totalmente o desmatamento até 2030. Ela confirmou a posição declarada nessa terça-feira (23) pelo Itamaraty de que o governo brasileiro não foi convidado a participar da elaboração do documento e disse que a carta fere a legislação brasileira.

Segundo Dilma, “além de não terem nos consultado”, a não assinatura se deu “também pelo fato de que se contrapõe à nossa legislação”, disse. “A lei brasileira permite que façamos manejo florestal, muitas pessoas vivem do manejo florestal, que é o desmatamento legal sem danos ao meio ambiente. Nas beiras, principalmente pelas populações tradicionais, você pode ter o manejo florestal”, justificou a presidenta, em entrevista a jornalistas em Nova York, depois de discursar na 69ª Assembleia Geral das Nações Unidas.

Dilma voltou a se manifestar contrario às ações militares dos Estados Unidos na Síria e a qualquer solução que não seja diplomática para a resolução de conflitos. Ela também considerou “fundamental” a reforma do Conselho de Segurança do órgão.

(Agência Brasil)

Papa Francisco quer comunidade internacional na luta contra o ebola

apapa

“Durante discurso após celebração na Praça de São Pedro, o papa Francisco pediu hoje (24) “que não falte ajuda necessária da comunidade internacional” no combate à epidemia de ebola nos países africanos. Francisco lembrou todos os que estão sofrendo devido à epidemia e manifestou sua proximidade “a todas as pessoas afetadas por essa terrível doença”. O papa pediu aos fiéis que rezassem por todos os que perderam a vida por causa do ebola, apelando ainda para que “não falte a ajuda da comunidade internacional para aliviar o sofrimento desses irmãos e irmãs”.

O ebola já matou mais de 2,8 mil pessoas na África Ocidental. Ontem (22), a Organização Mundial da Saúde alertou que as infecções pelo vírus podem triplicar para 20 mil casos até novembro, aumentando em milhares todas as semanas, caso os esforços para conter o surto não sejam reforçados.

Na celebração litúrgica, o papa recordou a viagem que fez à Albânia no domingo.“[Vi] um povo [que esteve] tanto tempo oprimido por um regime desumano, mas hoje se pode constatar um renascimento da Igreja e também a possibilidade concreta de uma convivência pacífica e frutífera entre as pessoas e as comunidades de diferentes religiões”, disse Francisco.”

(Agência Brasil)

Dilma abrirá a 69ª Sessão da Assembleia Geral da ONU

50 1

“Seguindo a tradição iniciada em 1947 por Oswaldo Aranha, de o primeiro orador na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) ser um brasileiro, a presidenta Dilma Rousseff fará hoje (24) o discurso de abertura da 69ª Sessão da Assembleia Geral da ONU, em Nova York. Ontem, ao comentar os ataques aéreos dos Estados Unidos na Síria, para combater o grupo extremista Estado Islâmico, que deve ser o principal assunto nos discursos dos líderes de grandes potências, Dilma disse que lamenta “enormemente” o conflito, e deixará “muito clara” em seu discurso a posição brasileira sobre o assunto, relacionado também à “paralisia” do Conselho de Segurança da ONU.

A expectativa é que Dilma aborde alguns temas surgidos nos últimos 12 meses, desde seu discurso anterior na 68ª sessão, quando propôs o estabelecimento de marco civil multilateral para a governança e o uso da internet na proteção de dados, como consequência da espionagem do governo dos Estados Unidos a cidadãos, governos e empresas. De lá para cá, explodiu a crise na Ucrânia e a ascensão do grupo extremista Estado Islâmico na Síria e no Iraque. Nesse período, o conflito Israel-Palestina também teve um de seus períodos mais fortes, o único dos três em que a diplomacia brasileira se posicionou de forma clara e firme.

A presidenta deve reforçar em seu discurso a posição histórica brasileira de oposição a sanções de qualquer natureza, diferentemente da de alguns países, principalmente após o ataque de 11 de setembro de 2001, que consideram que contra o terrorismo vale qualquer ação, ainda que o termo possa ser tratado de forma subjetiva. O caso em evidência atualmente é o do Estado Islâmico, grupo contra o qual os Estados Unidos e a França estão fazendo ataques aéreos.”

(Agência Brasil)