Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Mandela – Homenagens reunirão o maior número de chefes de Estado da história

“O tributo que será prestado hoje (10) ao ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela, que morreu na última quinta-feira (5), reunirá o maior número de chefes de Estado da história. O recorde atual foi registrado no funeral do papa João Paulo II, em 2005, com a presença das autoridades máximas de 70 países. De acordo com o governo da África do Sul, mais de 90 chefes de Estado confirmaram presença e o número ainda não foi fechado.

A homenagem será prestada a partir das 11h (7h no horário de Brasília), no Estádio Soccer City, palco da final da Copa do Mundo de 2010 e também, no mesmo dia, da última aparição pública de Mandela, desfilando em um carrinho de golfe e aplaudido por milhares de admiradores. O estádio tem capacidade para cerca de 80 mil pessoas.

Mas Madiba, apelido que remete ao clã daquele que é considerado o mais importante filho da África do Sul, não movimenta apenas dezenas de chefes de Estado e os milhões de sul-africanos que o têm como pai. Os aeroportos de Joanesburgo ficaram lotados nos últimos dias desde a morte de Mandela. Pessoas de todas as parte do mundo chegam para se despedir e prestar homenagem ao líder.”

(Agência Brasil)

UFC é sede de Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América Latina

Tem início nesta segunda-feira, a partir das 18 horas, na Casa Amarela Eusélio Oliveira, a Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América do Sul. O evento, realizado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em parceria com o Ministério da Cultura, prosseguirá até o próximo sábado.

Nessa Mostra, 38 filmes, dentro de uma programação gratuita dividida em Mostra Competitiva de longas, médias e curtas-metragens, em que o público elegerá os melhores filmes através de vo-
tação. Haverá ainda a Mostra Homenagem Vladimir Carvalho e Mostra Cinema Indígena, além de
Programação Especial.

Essa Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América Latina circula pelas 27 capitais brasileiras e interior do País, em mais de 600 pontos extras de exibição.

Ex-presidentes viajam com Dilma para funeral de Nelson Mandela

A presidente Dilma Rousseff convidou os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor e José Sarney para acompanhá-la à África do Sul, na homenagem de despedida ao ex-mandatário daquele país e Prêmio Nobel da Paz Nelson Mandela.

Todos eles aceitaram o convite, de acordo com informação da Secretaria de Comunicação Social do Palácio do Planalto, e vão embarcar no avião presidencial nesta segunda-feira (9), no Rio de Janeiro.

Mandela morreu na última quinta-feira (6) aos 95 anos, vítima de complicações pulmonares. Com os líderes políticos brasileiros estarão também mandatários de todo o mundo.

O corpo do lutador antiapartheid estará exposto a visitação pública, na terça-feira (10), no Estádio de Soweto, cidade que foi o palco inicial da resistência ao racismo e onde Mandela morou antes de ser preso.

Nos três dias seguintes, de 11 a 13, o corpo de Mandela será velado na sede de governo de Union Buildings, onde ele desempenhou as funções de chefe de Estado, como primeiro presidente negro da África do Sul, de 1994 a 1999.

As homenagens ao Prêmio Nobel da Paz serão encerradas com funeral de estadista no povoado de Qunu, em sua província natal de Eastern Cape – a 907 quilômetros a sudeste de Pretória – no domingo (15).

(Agência Brasil)

Pela primeira vez, OMC entregou o que prometeu, diz Roberto Azevedo

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), o brasileiro Roberto Azevedo, disse que o organismo internacional finalmente conseguiu entregar o que estava estipulado desde a sua criação: um acordo global para derrubar as barreiras comerciais. “Pela primeira vez na história, a OMC verdadeiramente entregou o que promete”, declarou Azevedo, após a conclusão do acordo sobre o tema em reunião na Ilha de Bali, na Indonésia.

Em declarações publicadas na página da OMC na internet, Azevedo disse que os países mostraram comprometimento em relação à conclusão da Rodada Doha, cujas negociações começaram em 2001 com previsão de término em 2005, mas estavam travadas há quase dez anos. “Desafiei todos vocês, aqui em Bali, a mostrar a vontade política de que precisávamos para nos levar até a linha de chegada. Vocês fizeram isso, e eu agradeço a vocês por isso”, destacou.

O acordo que pôs fim à paralisação da Rodada Doha deu mandato à OMC para preparar, nos próximos 12 meses, um programa de trabalho para a retomada das negociações. Os países desenvolvidos querem a abertura dos mercados aos produtos industrializados. Já os países em desenvolvimento e a Austrália, agrupados no G20, querem a retirada dos subsídios que prejudicam as exportações de produtos agropecuários para os países ricos.

“É muito bem-vindo que vocês nos tenham instruídos a preparar, nos próximos 12 meses, um programa de trabalho claramente definido para esse fim”, disse o diretor-geral da OMC, após cinco dias de reunião em Bali.

(Agência Brasil)

África "desolada" com morte de Mandela

69 3

“A presidenta da Comissão da União Africana (UA), Nkosazana Dlamini Zuma, disse hoje (6) que a África está desolada com a morte do líder Nelson Mandela, um “herói panafricano”. Em nome da UA e do continente, a sul-africana Dlamini Zuma expressou pesar em comunicado pela morte de Mandela.

“Madiba [nome do clã de Mandela e pelo qual é conhecido carinhosamente na África do Sul] simboliza o espírito do panafricanismo e a solidariedade na luta da humanidade contra o apartheid, a opressão e o colonialismo. A sua morte é uma grande perda para a família, para o nosso continente e para a própria humanidade”, disse Dlamini Zuma.

A representante da União Africana lembrou que, em 1963, antes de Mandela ser preso por 27 anos, ele visitou diversos países africanos que apoiaram a luta do líder sul-africano. “Neste triste momento de dor, os nossos corações e pensamentos estão com a viúva, Graça Machel, a ex-mulher Winnie Madikizela-Mandela, filhos, netos e bisnetos e os povos da África do Sul e da África. Sentiremos sempre a falta de Tata (pai, no idioma zulu) Madiba Mandela”, disse.”

(Agência Brasil)

O governo e os brasileiros se inclinam diante da memória de Mandela, diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff lamentou na noite desta quinta-feira (5) a morte do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela. Em nota de pesar, a presidente descreveu Mandela como “personalidade maior do século 20”.

“Mandela conduziu com paixão e inteligência um dos mais importantes processos de emancipação do ser humano da história contemporânea – o fim do apartheid na África do Sul”, disse Dilma. A presidente acrescentou que os brasileiros receberam consternados a notícia da morte do líder sul-africano.

Transmitindo aos parentes de Nelson Mandela e a todos os sul-africanos sentimento de “profundo pesar”, a presidente disse que o governo e os brasileiros “se inclinam diante da memória de Nelson Mandela”.

“O exemplo deste grande líder guiará todos aqueles que lutam pela justiça social e pela paz no mundo”, acrescentou.

O líder sul-africano tinha 95 anos e recebia cuidados médicos em casa após passar por problemas de saúde consecutivos, entre internações e altas hospitalares.

Ao anunciar a morte de Mandela, o atual presidente da África do Sul, Jacob Zuma, disse que este é um dos momentos de pesar mais profundos pelo qual passa o país. “A nossa nação perdeu o maior dos seus filhos”, disse.

(Agência Brasil)

Fernanda Montenegro ganha Emmy Internacional de Melhor Atriz

emmy

A atriz Fernanda Montenegro ganhou o Emmy Internacional – o Oscar da TV, como melhor atriz por sua atuação na série “Doce de mãe”, exibida na TV Globo em dezembro de 2012. A emissora recebeu cinco indicações em quatro das nove categorias da premiação e ainda comemorou o troféu de “Lado a lado”, novela de João Ximenes Braga e Claudia Lage, que superou “Avenida Brasil”, de João Emanuel Carneiro, na categoria de melhor telenovela.

A cerimônia foi encerrada nas primeiras hora desta terça-feira em Nova York.

— Esse é um momento muito especial na minha vida, na minha carreira —, disse Fernanda Montenegro, primeira brasileira a receber a homenagem. “Dona Picucha” trata-se de uma viúva de 85 anos (um a mais que a atriz) que encara a vida com bom humor.

(Com Agências)

Honduras: Partido Libre não reconhece resultado de eleições divulgado por tribunal

Depois das eleições gerais desse domingo (24) em Honduras, o país ainda não tem definido quem será o novo presidente. Enquanto o Supremo Tribunal Eleitoral não finaliza a apuração dos votos, tanto o candidato governista Juan Orlando Hernández, do Partido Nacional (PN), quanto a principal opositora, Xiomara Castro, do Partido Liberdade e Refundação (Libre), se declaram presidentes. O Partido Libre também declarou não reconhecer os resultados apresentados pelo tribunal.

Boletim parcial, divulgado às 23h30 no horário local (3h30 desta segunda-feira, 25, no horário brasileiro de verão), mostrava 54,47% das urnas apuradas. Juan Orlando Hernández estava à frente, com 34,14% dos votos. Em seguida aparecia Xiomara Castro, com 28,43%.

Em terceiro lugar vinha o candidato Mauricio Villeda, do Partido Liberal, com 21,03%, seguido por Salvador Nasralla, do Partido Anticorrupção (PAC), com 15,73%. O restante dos votos foi computado para os outros quatro candidatos à Presidência.

Xiomara é mulher do ex-presidente Manuel Zelaya, deposto em um golpe de Estado em 2009. Hernández é o candidato apoiado pelo atual presidente Porfírio Lobo. Ao divulgar a última parcial, o TSE admitiu ter havido “inconsistência nas informações de pelo menos 20% das atas recebidas”.

(Agência Brasil)

Comunidade internacional saúda acordo com Irã, Israel considera "erro histórico"

A maioria da comunidade internacional saudou neste domingo (24) o acordo entre o Grupo 5+1 (os cinco membros do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha) e o Irã sobre o programa nuclear iraniano. Uma das exceções foi Israel, que o considerou um “erro histórico”.

O acordo intermédio entre o Grupo 5+1 e o Irã, com um prazo de seis meses prevê uma restrição das atividades nucleares de Teerã em troca de um abrandamento das sanções impostas pelo Ocidente. Pelo acordo, o Irã se comprometeu a não enriquecer urânio acima de 5% durante seis meses em troca do alívio de sanções econômicas. O acordo entre o Irã e as seis potências mundiais prevê que o Irã também desmantele “os conectores técnicos” que permitem o enriquecimento acima de 5%.

Para o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, “o mundo se tornou mais perigoso, porque o regime mais perigoso do mundo deu um passo significativo no caminho para a obtenção da arma mais perigosa do mundo”.

Assegurando que o “regime iraniano se comprometeu a destruir Israel”, Netanyahu advertiu que “Israel tem o direito e o dever de se defender em face a qualquer ameaça” e insistiu que “não deixará o Irã dotar-se de capacidades militares nucleares”.

O Irã vive ao ritmo das sanções desde 2006, mas o reforço destas no ano passado fez mergulhar o país em uma crise profunda. A inflação era oficialmente de 36% no final de outubro, o desemprego atingiu mais de 11% e o preço dos produtos de consumo não para de aumentar. O embargo bancário e a suspensão da rede de transferências internacionais Swift também têm afetado a saúde. O preço dos medicamentos disparou e a importação dos mesmos tornou-se complicada.

(Agência Brasil)

Aliança Francesa comemora 70 anos de atuação em Fortaleza

A Assembleia Legislativa vai homenagem, com solenidade especial, os 70 anos da Aliança Francesa de Fortaleza. A sessão ocorrerá na próxima segunda-feira, no Complexo de Comissões Técnicas, a partir das 15 horas.

O recém-eleito presidente da Associação Cultural Franco-Brasileira Aliança Francesa de Fortaleza, advogado Hélio Leitão, também receberá homenagem.

Advogada americana perde licença por não ter e-mail

“A Suprema Corte da Carolina do Norte suspendeu, por tempo indefinido, a licença da advogada Cynthia Collie, porque ela não tem uma conta de e-mail. A advogada não tem e não quer ter e-mail, sequer tem acesso à internet ou usa computador. Defende seu direito — e de outros advogados de seu tempo — de não ter e-mail. A senhora Collie, à beira da aposentadoria, bateu de frente com uma regra do Judiciário do estado, a “Rule 410”. Atualizada em outubro de 2011, a regra obrigou a todos os advogados que atuam no estado a atualizar seus dados de contato no Sistema de Informações de Advogados (AIS – Attorney Information System), com endereço, número de telefone e endereço de e-mail, no prazo de um mês.

A advogada atualizou o endereço para correspondência e seus números de telefone. Deixou o campo do e-mail em branco. Em sua defesa, alegou que não tem um cliente há 30 anos. Por isso, se considera virtualmente aposentada na profissão. A corte rejeitou essa justificativa, porque ela ainda não tem 65 anos. E observou que ela continua inscrita na seccional da ordem dos advogados do estado.

Em outubro de 2012, em uma audiência em que era uma das partes, de acordo com a ordem da corte que suspendeu sua licença, ela e seu advogado foram instruídos pelo juiz a atualizar os dados dela no AIS. Posteriormente, o advogado informou ao tribunal que Cynthia Collie estava tomando as providências para obter uma conta de e-mail. E, de fato, ela criou um e-mail: rule.410_retired@yahoo.com — em homenagem à regra (a “Rule 410” ligada à palavra “aposentada”). Porém, uma resposta automática foi programada, para informar que a destinatária não estava disponível para responder ao e-mail.”

(Consultor Jurídico)

CNI e FIEC apoiarão Simpósio Internacional de Biotecnologia em Fortaleza

osvaldocarioca

A Confederação Nacional da Indústria fechou apoio, via Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), ao XVI Simpósio Internacional de Biotecnologia.

Esse encontro, um dos mais importantes conclaves científicos do mundo, ocorrerá em Fortaleza durante o mês de setembro de 2014, no Centro de Eventos.

A coordenação científica do simpósio está a cargo do professor Osvaldo Carioca, da Universidade Federal do Ceará. A expectativa é de cerca de 800 convidados do Exterior. Com muitos trabalhos inéditos.

Brasileiro foi quem mais trabalhou em 2011 no mundo para pagar impostos

208 4

impostos_abusivos_no_brasil[1]

A fonte é o Banco Mundial: Confira os 10 países onde MAIS se trabalhou em um ano para pagar impostos em 2011:

1. Brasil: 2.600 horas (é mais que o dobro do 2o. colocado!)

2. Bolívia: 1.080 horas

3. Vietnã: 941 horas

4. Nigéria: 938 horas

5. Venezuela: 864 horas

6. Bielorrússia: 798 horas

7. Chade: 732 horas

8. Mauritânia: 696 horas

9. Senegal: 666 horas

10.Ucrânia: 657 horas

Chile – Eleição presidencial vai para 2º turno

“Duas horas depois do fechamento das urnas, a socialista Michelle Bachelet liderava a disputa pela Presidência do Chile, com 46,65% dos votos. O percentual é quase o dobro registrado para a segunda colocada, a candidata da aliança de direita no governo, Evelyn Matthei, que estava com 25,23%. A diferença, entretanto, não é o suficiente para garantir a vitória no primeiro turno.

Pela primeira vez, os chefes de campanha das duas candidatas admitiram a possibilidade de um segundo turno, em dezembro, para definir quem presidirá o Chile nos próximos quatro anos. E os dois lados comemoravam vitória. Os eleitores de Bachelet dizem que ela conseguiu muito, tendo em vista que disputava o cargo com oito candidatos – o maior número em uma eleição presidencial desde o retorno da democracia, há 24 anos.”

(Agência Brasil)

 

Polícia canadense desvenda rede de pedófilos em 50 países, inclusive no Brasil

A polícia do Canadá desarticulou uma vasta rede de pedofilia. O inquérito, já encerrado, interrogou 348 pessoas no mundo, incluindo religiosos, professores e profissionais de saúde. O inquérito foi feito em 50 países e deteve seis autoridades públicas – policiais ou magistrados -, nove dirigentes religiosos, 40 professores, três famílias de acolhimento, nove médicos, além de enfermeiros.

No total, das 348 pessoas interpeladas, 108 são canadenses, 76 americanos e outros 164 de países como a África do Sul, a Argentina, a Austrália, o Brasil, a Espanha, a Grécia, a Irlanda, o Japão, a Noruega e a Suécia, informou a polícia de Toronto.

Em um inquérito iniciado em 2010 a polícia deteve, em maio passado, um residente de Toronto, apresentado como o cérebro da rede.

A inspetora Joanna Beaven-Desjardins explicou que em outubro de 2010 o seu serviço de luta contra a exploração sexual das crianças tinha “entrado em contato com um homem que partilhava na internet imagens de crianças vítimas de abusos sexuais”.

No total, 386 vítimas menores foram “retiradas da exploração sexual”, mas “a vida está afetada para sempre”, declarou o inspetor adjunto Gerald O’Farell.

(Agência Brasil)

No feriadão, uma missão oficial nos EUA

andrefigu

Dois deputados federais cearenses já viajaram, na última quarta-feira, em missão oficial da Câmara para os Estados Unidos: André Figueiredo (PDT) e Danilo Forte (PMDB). O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), levou com ele seis deputados federais. A missão oficial só terá agenda na segunda-feira. Haverá tempo de sobra para outras atividades na capital da Broadway, do Museu Metropolitan e do Rockefeller Center.

Segundo a Agência Estado, o primeiro compromisso desse grupo é gastronômico e ocorre neste feriado: um jantar oferecido pelo embaixador Antonio Patriota, representante da Missão do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU). Depois disso, só há trabalho previsto para dois dias depois, segundo a agenda confirmada pela Presidência da Câmara.

Para participar de três compromissos na segunda, dia 18, o presidente da Câmara receberá cinco diárias de US$ 550 cada (R$ 1.227), a título de cobrir despesas com hospedagem, alimentação e transporte. Os deputados Fábio Faria (PSD-RN), Márcio Bittar (PSDB-AC), Eduardo da Fonte (PP-PE), André Figueiredo (PDT-CE), Danilo Fortes (PMDB-CE) e Esperidião Amin (PP-SC) têm direito a valores um pouco mais baixos (US$ 428 por dia). Dois assessores viajaram antecipadamente e já estão em Nova York para assessorar os congressistas em seus compromissos.

danilo forte deputado

The Economista: Eduardo Campos é um gestor moderno e político à moda antiga

eduardo-470-1

Em entrevista ao The Economista, a revista britânica de maior credibilidade internacional, o governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB) diz que o Brasil precisa de uma política macroeconômica com visão clara de mercado, capaz de gerar um ambiente estável de negócios. Para isso, necessita de um sistema tributário mais inteligente e intensificar as negociações bilaterais.

Campos aproveitou para defender o que já vem reiterando dentro do País: a economia também depende de uma boa gestão e objetivos claros, capazes de abrir espaço fiscal para investimento em áreas importantes. “Uma boa gestão depende intensamente da nova política”, defendeu o pernambucano, definido pela revista como tanto um gestor moderno como um político à moda antiga.

Instigado a avaliar o governo atual, Campos disse que “algumas ações são de curto prazo” e apontou que a aliança política da qual o governo faz parte não representa mais a sociedade brasileira. “Essas forças políticas não permitiriam qualquer coisa que chegue perto de uma solução para os problemas estruturais brasileiros e serviços públicos, que precisam de mais recursos financeiros e humanos”, criticou.

“A política atual na melhor das hipóteses deixaria as coisas como elas estão. Mas, no momento, corremos sério risco de regredir para o final do mandato de Lula”, completou. O governador de Pernambuco voltou a falar que se o Brasil não conseguir alcançar o caminho do desenvolvimento sustentável, muitos dos que saíram da linha de pobreza podem fazer o caminho de volta.

Questionado sobre a posição a respeito da participação do setor privado em parcerias com o setor público, Campos respondeu: “Olhe o que fiz como governador e aí estará a resposta. Somos um dos três estados que mais realiza parcerias público-privadas”. Ele defendeu a existência de regras claras para incentivar os negócios no País. “Temos que procurar recursos, seja de onde vêm do mundo, para financiar bons projetos que aumentem a produtividade de nossa economia e a qualidade de vida”, completou.

Para o político e também presidente do PSB, melhorar a produtividade no País depende de grandes investimentos em inovação. Campos ressaltou ainda que regras claras e planejamento de longo prazo aumentariam as iniciativas privadas no Brasil.

(Com Agência Estado)

Documentário sobre aborto terá pré-estreia em Fortaleza

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=WHK8ApqZ1Xw[/youtube]

A Estação Luz Filmes promoverá, nesta quinta-feira, a partir das 21 horas, no Cinema Via Sul, a pré-estreia do documentário Bloody Money. O documentário é do norte-americano David Kale e denuncia o aborto legalizado e a comercialização em torno dessa prática.

O empresário Luís Eduardo Girão, da Estação Luz Filmes, falou para o Blog sobre esse documentário que retrata uma indústria poderosa e que fatura milhões de dólares.

Vaticano – Conselho para a Família defende aliança de católicos com outras religiões

“O presidente do Pontifício Conselho para a Família, do Vaticano, dom Vicenzo Paglia, defendeu a aliança da Igreja Católica com outras religiões, em busca de soluções para lidar com a desagregação das famílias. “A Igreja terá de encontrar aliados, como os cristãos, em outras religiões e representantes da cultura. O tema diz respeito a toda a humanidade”, afirmou Paglia, em entrevista em São Paulo, ao lado do arcebispo local, dom Odilo Scherer.

Paglia ressaltou que a aliança feita com outras religiões para discutir o tema envolve principalmente os cristãos. Ele informou que, no próximo dia 13, o Pontifício Conselho da Família terá um diálogo com representantes da Igreja Ortodoxa Russa.

O arcebispo italiano viajou ao Brasil para levar ajuda financeira do Vaticano destinada à construção de uma casa de atendimento a crianças filhas de dependentes químicos, em Salvador, na Bahia. O valor do auxílio ultrapassa os US$ 100 mil. Vicenzo Paglia encontrou-se com representantes da Igreja em São Paulo e, ainda nesta semana, viajará a Aparecida, no interior do estado, onde fica o santuário da padroeira do Brasil.”

(Agência Brasil)

BICBanco é comprado por banco chinês

62 1

O banco chinês Chinese Construction Bank comprou 73,96% do capital do cearense BicBanco por R$ 1,6 bilhão. Com a compra o CCB torna-se o primeiro banco desse País a operar diretamente no Brasil. A Instituição, que nasceu em Juazeiro do Norte (Região do Cariri) pertence à Família Bezerra de Menezes.

O Bicbanco, atualmente, é o 11º em operações de crédito entre os bancos privados no Brasil. Tem cerca de R$ 17 bilhões em ativos e carteira de crédito de R$ 11,61 bilhões, segundo dados de junho. O índice de Basileia, que mede quanto o banco pode emprestar sem comprometer capital, fechou junho em 18,5%, acima dos 11% mínimos exigidos pelo Banco Central.

A conclusão da operação está sujeita a aprovações do Banco Central e de organizações chinesas.

* Veja detalhes aqui.