Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Alemanha fecha com deficit contas 2013

“As contas públicas da Alemanha registraram em 2013 um excedente de 300 milhões de euros, segundo dados definitivos publicados hoje (25) pelo Instituto Federal de Estatística alemão Destatis. Os números corrigem a estimativa provisória de déficit de 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB), anunciada em 15 de janeiro.

As contas públicas da Alemanha abrangem o conjunto do governo federal, dos estados regionais (Länder), municípios e fundos de segurança social.

O Ministério das Finanças tinha estimado em outubro que as contas públicas encerrariam 2013 com um déficit equivalente a 0,2% do PIB.”

(Agência Brasil com Agência Lusa)

Show de Elton John valerá por uma Copa

54 1

eltonjonh

O cantor britânico Elton John, que fará show em Fortaleza, na Arena Castelão, nesta quarta-feira, contará com o mesmo efetivo policial que será usado na Copa do Mundo. Segundo a organização divulgou em coletiva, nesta segunda-feira, vão estar no espetáculo 839 homens, com 194 viaturas.

A Polícia contará com um Centro Integrado de Comando e Controle Regional, que servirá para gerenciar policiais e bombeiros. Também terá um centro de controle no Castelão e um móvel, que ficará em um caminhão. Todos eles ficarão conectados a um Centro Integrado em Brasília, o que já servirá de teste para a Copa do Mundo.

Além disso, um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e uma plataforma de observação equipados com câmeras farão a segurança do público. Ao todo, serão 240 câmeras espalhadas pelo local.

Trânsito

Segundo a organização, 130 agentes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) controlarão o trânsito nas vias de acesso ao Castelão a partir das 7 horas. As avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro devem ter único sentido.

A Alberto Craveiro entra no contra-fluxo a partir das 16 horas. A Paulino Rocha terá sentido único na direção do Castelão por volta de 18 horas, um pouco depois da abertura dos portões, que ocorrerá às 17h30min. Depois do show, a Paulino Rocha também terá sentido único, mas no caminho contrário ao estádio.

Para quem preferir ir de carro, recomenda-se comprar o ticket de estacionamento antecipado – à venda no guichê de estacionamento do shopping Varanda Mall. Outra opção é estacionar nos bolsões das avenidas Alberto Craveiro e Paulino Rocha, que oferecem 4.000 vagas.

Os que optarem por ir de ônibus terão 16 linhas para chegar ao estádio. Além de toda a frota disponível em dia útil, serão colocados 15 carros reservas que farão o caminho direto dos terminais à Arena Castelão.

Cigarro é proibido

Por determinação da Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde Pública do Estado do Ceará, é proibido o uso de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou qualquer outro produto fumígeno nas dependências da Arena Castelão. A determinação já está em vigência e será cumprida no show do Elton John.

Preço dos Ingressos

Gramado Cadeira Ouro Numerada: ESGOTADO

Gramado Cadeira Prata: R$230 (meia-entrada) | R$ 460 (inteira)

Gramado Cadeira Bronze: R$180 (meia-entrada) | R$ 360 (inteira)

Camarote VIP Open Bar: R$500 (valor único)

Camarote Privativo: R$800 (valor único por pessoa)

Plateia Inferior Esquerda: ESGOTADO

Plateia Inferior Direita: ESGOTADO

Plateia Superior Especial: R$150 (meia-entrada) | R$ 300 (inteira)

Plateia Superior Esquerda: R$60 (meia-entrada) | R$ 120 (inteira)

Plateia Superior Direita: R$60 (meia-entrada) | R$ 120 (inteira)

Vendas: site BilheteriaVirtual.com, Skyler (shoppings Via Sul, North Shopping, North Shopping Jóquei, Aldeota e Vitrine Mall – Rua Barbosa de Freitas, 1487) e Miss Mano (shoppings Iguatemi e Jardins Open Mall).

Formas de pagamento: dinheiro e cartões de crédito e débito Visa, Mastercard e Elo. Parcelamento em até 3x sem juros.

Abertura dos portões: 17h30min

Início do show: 21h30min

Ticket de estacionamento à venda no guichê de estacionamento do shopping Varanda Mall, de 2ª a sábado, de 7h às 2h, e aos domingos, de 7h a zero hora. Valor: R$20,00.

Classificação: 16 anos | Camarote VIP Open Bar: 18 anos

* Mais Informações: 3033.1001.

(Com POVO Online)

Dilma participa da reunião de Cúpula Brasil-União Europeia

“A presidenta Dilma Rousseff participa hoje (24) em Bruxelas, na Bélgica, da Reunião de Cúpula Brasil-União Europeia. Ela chegou à capital belga neste domingo (23), visitou o primeiro-ministro, Elio Di Rupo, e participou de jantar promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e pela Confederação Nacional da Indústria.

No encontro empresarial de hoje (25), está previsto o lançamento do plano de ação de competitividade e investimentos. “É importante dizer que é um passo importante na consolidação da integração comercial Mercosul-União Europeia, que é o próximo passo que nos aguarda nos próximos meses”, disse o ministro do Desenvolvimento, Mauro Borges.

A presidenta deverá discutir também a viabilidade da construção de um cabo ótico submarino para facilitar a comunicação eletrônica com a Europa. O projeto se tornou uma das prioridades do governo brasileiro depois das denúncias de espionagem feita pelos Estados Unidos a cidadãos de vários países.”

(Agência Brasil)

Venezuela pode ser vítima de um “golpe suave”

46 1

Da coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (23):

Os últimos acontecimentos na Venezuela estão levando as pessoas a prestar atenção novamente no livro “Golpe suave”, do cientista político Gene Sharp, no qual ele descreve as novas táticas que vêm sendo utilizadas para se deflagrar golpes de estado no século XXI.

Ele sintetizou o processo em cinco etapas (http://goo.gl/FlECyP): 1) Levar a cabo ações para gerar e promover um clima de mal-estar. Dentre as ações se destacam a realização de “denúncias de corrupção e a promoção de intrigas”; 2) Desenvolver intensas campanhas em defesa da liberdade de imprensa e dos direitos humanos, acompanhadas de acusações de totalitarismo contra o governo no poder; 3) centrar na luta ativa por reivindicações políticas e sociais e a promoção de manifestações e protestos violentos, ameaçando as instituições; 4) levar a cabo operações de guerra psicológica e desestabilização do governo, criando um clima de “ingovernabilidade”; 5) forçar a renúncia do presidente mediante distúrbios na ordem pública numa escalada crescente para pressionar as instituições. Paralelamente, vai-se preparando uma intervenção militar, que evolui para uma guerra civil prolongada e se obtém o isolamento internacional do país.

A defesa da institucionalidade na Venezuela (mesmo quando acompanhadas de críticas acerbas à política do governo) é um dever de todo democrata sincero. O que não se deve tolerar é a “virada de mesa”, por qualquer uma das partes. Um golpe de estado atiraria o país numa sangrenta guerra civil de resultados imprevisíveis, podendo contaminar o resto continente. Correríamos o risco de ter uma versão da Guerra Civil Espanhola (com brigadas internacionalistas), bem junto de nossas fronteiras. Que Deus nos livre.

Da prisão, líder da oposição pede que manifestações continuem na Venezuela

Com novas manifestações neste sábado (22), os protestos na Venezuela chegam a 22 dias. As manifestações começaram no dia 4 deste mês com estudantes protestando contra a insegurança nas universidades, após uma jovem ter sofrido tentativa de estupro e roubo no dia anterior na Universidade de Los Andes, San Cristóban, em Táchira.

Dois dias depois, centenas de estudantes se mobilizaram e um grupo atacou o governador do estado, José Vielma Cristóbal – cinco jovens foram detidos. Depois disso, começaram os protestos no estado vizinho, Mérida. No fim de semana (8 e 9), houve caminhadas em mais estado, culminando com a grande marcha, realizada no último dia 12, em que três pessoas morreram.

Até então, os movimentos não registravam atos de vandalismo em grande escala. No último dia 12, que houve confrontos entre simpatizantes do presidente Nicolás Maduro e opositores. Também foi o marco da ação de motoqueiros armados que dispararam contra os manifestantes e do uso de barricadas e bloqueios nas ruas, além do uso de coquetéis-molotovs por alguns manifestantes.

No decorrer dos dias, os protestos ganharam novos adeptos e as reivindicações também se ampliaram. Além da criminalidade, a população passou a protestar contra a alta da inflação, a escassez de bens de consumo básico, o mercado negro do dólar e os apagões energéticos. A detenção de jovens estudantes – a maioria já liberada – também aumentou a insatisfação e motivou novos protestos.

O governo de Nicolás Maduro atribuiu a culpa dos atos violentos e do vandalismo ao dirigente do partido Vontade Popular, Leopoldo López, que cumpre pena provisória de 45 dias, por ter sido considerado mentor intelectual da ação de grupos radicais nos protestos. Na terça-feira (18), dia em que López foi preso, uma manifestação convocada por ele levou milhares de venezuelanos às ruas, inicialmente em marchas pacíficas, mas, no fim do dia, houve novos atos de vandalismo, agressões a policiais e mais mortes. Nessa sexta-feira (21) foi confirmada a oitava morte.

A oposição e o governo falam em diálogo e paz, mas adotam discursos de confronto e acusações recíprocas. A insatisfação popular era crescente desde o ano passado e a polarização dava sinais de crescimento desde abril, quando Maduro foi eleito presidente, com pequena margem de diferença (1,5%) sobre o adversário Henrique Capriles, governador de Miranda.

O governo acusa a oposição de tentar um “golpe lento”, valendo-se de grupos infiltrados nas manifestações para provocar o terror e fazer com que a opinião pública nacional e internacional voltem-se contra o governo e que, por pressão, ele seja derrotado, ou, o país sofra interferência externa. O presidente Maduro diz que os Estados Unidos patrocinam e apoiam a direita na tentativa de golpe.

Até o momento, os organismos multilaterais regionais – Comunidade dos Países Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e o Mercado Comum do Sul (Mercosul) – manifestaram-se a favor do governo, pedindo respeito à democracia. Esses organismos pediram, porém, o diálogo e a conciliação entre as partes.

A oposição nega que tenha um plano conspiratório, mas pressiona o governo incentivando e participando do movimento da sociedade civil. Da prisão, Leopoldo López envia recados por intermédio da esposa, pedindo que o “movimento continue”.

(Agência Brasil)

Presidente da Venezuela ameaça tirar CNN do ar

“O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ameaçou hoje (20) tirar do ar a rede internacional de notícias CNN. Em um pronunciamento a trabalhadores do serviço Metrobus, Maduro disse ter dado um ultimato à CNN para que pare de “transmitir propaganda de guerra” ou “terão que sair do país”.

Segundo Maduro, os meios de comunicação internacionais, como o canal CNN em espanhol, se dedicam a difundir o ódio. “Eu pedi à ministra de Comunicação e Informação, Delcy Rodríguez, que emita um comunicado à CNN na Venezuela para que retifiquem sobre sua programação de guerra. A emissora sairá do país se não se retificar. Não aceito mais guerra midiática”, disse.

A ministra Delcy Rodríguez confirmou em sua conta no Twitter que começou o procedimento administrativo para a retirada do canal, “se não houver retificação”.

A Comissão Nacional de Telecomunicações (Conatel) emitiu uma nota na semana passada informando que meios de comunicação que transmitissem atos violentos – referindo-se à cobertura dos protestos e manifestações de vandalismo – seriam penalizados.”

(Agência Brasil com Telesur)

Governo faz gestões em busca de um Consulado dos EUA

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=H3loAT3wTiQ[/youtube]

O Governo do Ceará abriu luta em busca de um consulado dos Estados Unidos em Fortaleza. O assessor para assuntos internacionais do governo, Hélio Leitão, articula nesse sentido junto à Embaixada norte-americana, em Brasília.

Para ele, já passou a hora de Fortaleza, com bom fluxo que tem hoje de turistas para os Estados Unidos e com a expectativa da chegada de um voo para Miami, ser sede de um consulado.

Lula será recebido em audiência pelo presidente do Uruguai

“O presidente do Uruguai, José Mujica, vai receber hoje (17) o ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva, com quem irá analisar a situação atual da América do Sul e o papel da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). Em nota, o Instituto Lula informou que o ex-presidente será recebido em jantar no palácio presidencial do Uruguai. Nesta segunda-feira, a imprensa uruguaia publicou uma entrevista na qual Mujica diz que Lula tem todas as condições para assumir a liderança da região.

“Sempre pensei que Lula deveria ter muito que ver com o processo de integração da Unasul, porque era a figura mais indicada. Contudo, ele sempre pensou que, por ser brasileiro, se atribuiria ao Brasil uma visão dominadora”, explicou o presidente uruguaio.

Além do tema da Unasul, a pauta do encontro inclui a negociação em curso entre Mercosul e União Europeia e também a necessidade de se ajustar uma séria de políticas complementares que estão em marcha.

A visita de Lula também servirá para que Mujica apele aos bons ofícios do ex-presidente em questões bilaterais, especialmente às vinculadas à possível instalação de empresas brasileiras no Uruguai e ao término da integração elétrica entre os dois países.”

Agência Brasil com ANV)

Maduro: não renunciarei a mandato dado pelo povo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que não renunciará e que “não entregará um só milímetro do poder que recebeu do povo do país”. Em meio a fortes protestos que enfrenta, ele participou de marcha em Caracas. Durante a marcha, ele disse que aprofundará a “revolução bolivariana muito além dos limites”.

Em seu discurso, direcionado a uma multidão de simpatizantes e partidários do chavismo, Maduro afirmou que, em caso hipotético de que seja “derrocado do poder”, a oposição do país enfrentaria “grandes problemas”.

E acrescentou: “Se um golpe ocorresse, a revolução pacífica e democrática vivida atualmente poderia mudar seu caráter, talvez para um caráter armado e profundamente revolucionário”.  Ele voltou a acusar a oposição de planos de um golpe de estado e estendeu as acusações ao ex-presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, conhecido por suas posições de direita.

O ex-presidente Álvaro Uribe, agora candidato ao senado na Colômbia, não respondeu às acusações de maneira direta, mas disse em sua conta no twitter e em entrevistas à emissoras de TV colombianas que “apoia a democracia na Venezuela” e disse expressar “solidariedade ao povo venezuelano”.

(Agência Brasil)

Shopping Benfica abre exposição sobre Nelson Mandela

119 1

mandela 130211

Com o título “África Dela, África Dele, África nossa”, A Galeria BenficArte, situada no segundo piso do Sghopping Benfica, abrirá, a partir das 20 horas desta quinta-feira, a exposição “Ágrica Dela, África Dele, África Nossa”. Trata-se de uma homenagem a Nelson Mandela e a todos os africanos, especialmente aos que, hoje, trabalham e estudam em Fortaleza e em Redenção, cidade que abriga a Unilab – Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro- Brasileira.

Nessa exposição, que vai se estender até o dai 23, estarão revelados 15 desenhos em crayon feitos por Tily Murtala, filho da Guiné-Bissau, estudante de arquitetura na Fanor, já com outras mostras realizadas. O foco de Murtala é a vida de Mandela, em todas as suas distintas fases e faces. O Mandela jovem, o revolucionário, o prisioneiro, o pacifista, o aglutinador, o presidente da África do Sul e o homem respeitado por todo o continente africano e o mundo.

Haverá também interatividade com os visitantes. Cada um poderá manifestar-se em painel próprio sobre o preconceito racial e, assistir sábado, às 9:00 horas, ao filme “Quem Foi Mandela”, seguido de debate com o palestrante João Paulo Pinto Có. Após o filme, haverá degustação de comidas típicas africanas. Durante todo o tempo da exposição, poderá ser conferido o artesanato e vestuário de diferentes países da África.

Google realiza concurso para ONGs do Brasil

Estão abertas as inscrições para ONGs interessadas em participar do Desafio de Impacto Social Google, que vai premiar projetos de tecnologias utilizadas para “mudar o mundo”. Esta é a primeira vez o prêmio é realizado no Brasil. Os quatro vencedores do Desafio de Impacto Social Google receberão o Prêmio de Global Impact Award e visibilidade mundial. Cada vencedor receberá um Global Impact Award  no valor de R$ 1 milhão e o apoio técnico do Google, para tirar seus projetos do papel e tornar seus sonhos realidade.

O prazo da inscrição online é até as 23h59min do dia 12 de março de 2014 (horário oficial do Brasil). No dia 29 de abril, serão divulgados os 10 finalistas. Cada finalista terá um vídeo na internet, para receber a votação do público. A final será realizada no dia 8 de maio, em São Paulo. Os finalistas apresentarão seus projetos a um painel de jurados, que escolherá os quatro vencedores, incluindo a ONG escolhida pelo voto popular.

SERVIÇO

Mais Informações completas no site: https://desafiosocial.withgoogle.com/brazil2014

Show de Elton John – Arena Castelão já passa por completa limpeza

eltonshoe

A turma da limpeza já está dando o maior brilho nas cadeiras para o show de Elton John, na Arena Castelão. Todos os detalhes, incluindo até a garantia de uma temperatura de 19 graus no ambiente estão sendo ultimados.

Elton John só se apresenta no próximo dia 26, encerrando a turnê Follow the Yellow Brick Road, de quatro shows no Brasil.

(Foto – Cláudio Barata)

Embaixador de Israel visita o Ceará

O Embaixador de Israel no Brasil, Rafael Eldad, faz visita oficial ao Ceará. Nesta manhã de terça-feira, ele será recebido, no Palácio da Abolição, pelo vice-governador Domingos Filho. Isso, porque o governador Cid Gomes prosseguirá debates em seminário que, no Crato, discute os destinos da Universidade Regional do Cariri.

Rafael Eldad, além de visita a outras entidades, será recebido em almoço, a partir das 12 hora, pela diretoria da Federação das Indústrias do Ceará. O embaixador de Israel  busca reforçar parcerias com o Estado do Ceará o plano de ações contra a seca, tecnologia e segurança.

Enquanto Elton John não chega para o show em Fortaleza…

eltonnn

“O Multishow está negociando a exibição ao vivo dos shows do Guns N’ Roses e Elton John. O cantor estará no Brasil, a partir do dia 21, em shows no Rio de Janeiro, Goiânia, Salvador e Fortaleza.

Já a banda se apresenta em março em Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, São Paulo, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre.”

(Radar – Veja Online)

Papa Francisco apregoa simplicidade em mensagem para a Quaresma

papa francisco 130525

“O Papa Francisco pediu hoje (4) simplicidade em sua mensagem para a Quaresma, os quarenta dias que antecedem a Páscoa. Para ele, o poder, o luxo e o dinheiro impedem a distribuição justa das riquezas. No texto do papa, divulgado pelo Vaticano, o principal tema é a pobreza material. “Quando o poder, o luxo e o dinheiro se convertem em ídolos, antepõem-se à exigência de uma distribuição justa das riquezas. Portanto, é necessário que as consciências se convertam à justiça, à igualdade, à simplicidade e a compartilhar”, disse o papa.

Francisco expressou preocupação em relação ao que chamou de miséria moral, que “consiste em se converter em escravos do vício e do pecado”, entre eles, do álcool, das drogas, do jogo e da pornografia. Para o papa, muitas pessoas são obrigadas a viver em miséria por condições sociais injustas e falta de trabalho, que as priva da dignidade por falta de igualdade e respeito pelos direitos a educação e a saúde.

De acordo com o pontífice, a Quaresma é o período adequado para que as pessoas ponderem a privação com o objetivo de enriquecer os outros com a própria pobreza. “Desconfio da esmola que não custa e não dói.”

(Com informações da Agência Lusa)

Declaração final da Celac enfatiza independência em assuntos internos dos países

A declaração final da 2ª Cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) enfatizou a busca da convivência pacífica e a não ingerência em assuntos internos dos membros do bloco. O texto assinado nessa quarta-feira (29) pelos chefes de estado e de governo dos 33 países destaca o compromisso “com a solução pacífica de controvérsias e o respeito aos diferentes modelos econômicos e políticos existentes”.

Atualmente na região há diferentes modelos econômicos com governos liberais, conservadores, de centro-esquerda e esquerda. Um exemplo é a existência conjunta dos blocos da Aliança Bolivariana para a América (Alba), do qual fazem parte, entre outros, Bolívia, Cuba, Equador e Venezuela, com viés socialista, e a Aliança do Pacífico, grupo formado pelo Chile, Peru, Colômbia e México, atualmente com governos liberais de centro ou direita.

(Agência Brasil)

Obama reafirma mudanças em programas de espionagem sem citar Snowden

“O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reafirmou na madrugada de hoje (29) – horário de Brasília – a promessa de mudar os programas de espionagem eletrônica da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês), sem mencionar Edward Snowden, o ex-analista que revelou as práticas de espionagem e que está asilado em Moscou.

“Vou trabalhar com o Congresso para reformar os programas de vigilância porque o trabalho vital realizado pelos nossos serviços secretos depende da confiança pública, aqui e no exterior, em que a privacidade dos cidadãos comuns não seja violada”, disse Obama no seu discurso sobre o Estado da União.

O discurso anual sobre o Estado da União é um ritual da democracia norte-americana e representa um dos pontos altos do ano político nos Estados Unidos. O discurso é proferido perante políticos de ambas as Câmaras do Congresso, juízes do Supremo Tribunal e embaixadores em Washington, além de outras autoridades.

No dia 17 de janeiro, o presidente norte-americano propôs, em um discurso sobre a reforma das operações de vigilância governamentais, que Washington deixe de controlar os registros telefônicos de milhões de cidadãos recolhidos pela NSA. Obama anunciou que os serviços de informações iriam precisar de uma autorização judicial para acessar dados telefônicos.”

(Agência Brasil com Agência Lusa)

Em discurso na Celac, Dilma condena política de bloqueio a Cuba

A presidente Dilma Rousseff voltou a condenar nessa terça-feira (28) as políticas de sanção impostas a Cuba pelos Estados Unidos desde 1962. Segundo ela, a participação do país caribenho nos acordos econômicos dos demais países do Caribe e da América Latina é imprescindível para a região.

“Criticamos com empenho a política de bloqueio a Cuba. Temos a convicção de que não haverá verdadeira integração econômica na América Latina e no Caribe sem Cuba”, declarou, durante discurso na 2ª Cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

O evento ocorre em Havana, capital cubana, e essa foi a primeira intervenção pública da presidenta na cúpula. Na segunda-feira (27), Dilma já havia dito, durante inauguração de um porto no país, que o embargo econômico é injusto . Desde sua chegada a Havana, a presidente se encontrou com os líderes de Cuba, Raúl Castro, e da Argentina, Cristina Kirchner.

Dilma terminou seu discurso dando as boas-vindas ao país que vai assumir a presidência da Celac. “Estou certa de que a nossa querida companheira da Costa Rica, Laura Chinchila, terá o mesmo êxito na presidência da Celac. O Brasil acredita na Celac”, disse.

(Agência Brasil)

Obama anuncia mudanças em serviços de informação

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai anunciar, na próxima semana, a decisão sobre quais mudanças serão feitas nos serviços de informações do país. O anúncio será feito na sexta-feira (17) e o objetivo é alterar a regulação dos programas de vigilância norte-americanos, tão criticados após as denúncias feitas pelo ex-técnico da Agência de Segurança Nacional (NSA – sigla em inglês), Edward Snowden.

As revelações de espionagem maciça, fornecidas por Snowden aos jornais Washington Post (EUA) e The Guardian (Grã-Bretanha), provocaram um conflito diplomático, ao tornar público que os serviços secretos norte-americanos espionaram as comunicações na Europa, incluindo as de líderes políticos como a chanceler alemã Angela Merkel e a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff.

O caso gerou desconfiança de muitos aliados em relação aos norte-americanos e aumentou o questionamento sobre o equilíbrio entre privacidade individual e a batalha contra o terrorismo na sociedade dos Estados Unidos. Richard Leon, um juiz federal norte-americano, se manifestou a respeito em dezembro do ano passado, considerando que o programa de espionagem da NSA poderia ser considerado inconstitucional.

(Agência Brasil)