Blog do Eliomar

Categorias para Internacional

Maconha poderá ser usada para fins medicinais em Nova York

“O governador do estado de Nova York, nos Estados Unidos, Andrew Cuomo, vai autorizar o uso de maconha para fins medicinais. De acordo com comunicado publicado na noite dessa quarta-feira (8) na página do governador na internet e com o discurso proferido pelo político no lançamento de sua agenda para 2014, Cuomo informou que será lançado no âmbito do estado um programa de pesquisa de viabilidade do uso da erva para fins medicinais.

Com a medida, Nova York será o 21º estado a liberar o uso da erva para o tratamento de dor, câncer e outras doenças graves. No anúncio, não foi informado quando a iniciativa entrará em vigor.”

(Agência Brasil)

E aí, quer estudar no Conservatório de Briançon, na França?

O projeto “Briançon Tempo de Brasil”, que anualmente oferece quatro bolsas de estudo para jovens instrumentistas cearenses no Conservatório de Briançon, na França, anuncia a data para a seleção dos bolsistas para o ano letivo 2014/2015. O processo seletivo, que se dará por meio de audições, acontecerá no dia 6 de março próximo, a partir das 8 horas, no auditório do curso de Música da Universidade Estadual do Ceará (UECE). O projeto é uma parceria entre o Conservatório de Briançon, a Comunidade de Municípios da Região de Briançon, a Associação de Pais e Alunos do Conservatório de Briançon (APEC), a Associação Amigos do Piano do Ceará (APICE) e o Governo do Estado do Ceará.

Os interessados em pleitear uma bolsa do projeto “Briançon Tempo de Brasil” poderão se inscrever em duas categorias, que terão dois (02) selecionados para cada uma:

· Categoria A: Formação instrumental, teórica e iniciação pedagógica para jovens músicos de até 21 anos;
· Categoria B: Formação pedagógica, instrumental e teórica para jovens músicos de até 28 anos, graduados ou não, que já ensinam em algum projeto musical apoiado por prefeituras, associações e/ou ONGs.
Para ambas as categorias, exige-se o ensino médio completo.

Documentos necessários

Para a inscrição, que é gratuita, o candidato deve apresentar:

· Curriculum vitae;
· Carta de motivação, na qual explica por que pretende obter a bolsa;
· Fotocópia do Registro de Identidade (RG);
· Uma foto 3×4;
· Carta de recomendação da direção da escola ou projeto no qual ensina (para candidatos da categoria B).

Audições e pré-seleção

As audições serão realizadas no dia 06 de março, a partir das 9 horas, no auditório do curso de Música da UECE. Instrumentos contemplados e seus respectivos professores:

· Clarinete (Prof. Christine Orcel)
· Flauta (Prof. Alain Daboncourt)
· Trompa (Prof. Olivier Brisville)
· Trompete (Prof. François Acoulon)
· Violino (Prof. Pascal Hotelier)
· Violoncelo (Prof. Fernando Lage)

O exame de pré-seleção consta de uma prova de execução instrumental, na qual cada candidato deverá tocar duas peças ou estudos de estilos contrastantes (um clássico ou popular; ou um rápido e um lento; ou um barroco e um contemporâneo) com duração máxima de 10 minutos para as duas peças, além de uma entrevista com os membros da banca examinadora. O resultado final será divulgado a partir de 15 de abril de 2014. O ano letivo tem início em setembro de 2014 e segue até julho de 2015.

SERVIÇO

Mais informações: Associação Amigos do Piano do Ceará (APICE) | e-mail: apice.ce@gmail.com |(85) 3278-7405 / 8840-2425 / 8823-1793

Cúpula do Mercosul adia reunião para 31 deste mês

“A Cúpula do Mercosul foi adiada para o dia 31 de janeiro. A reunião estava marcada para o dia 17 deste mês, mas foi remarcada para coincidir com o fim da reunião da Comunidade de Estados Latinoamericanos e Caribenhos (Celac), na capital de Cuba, Havana, que será entre os dias 28 e 29 de janeiro. A Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados já havia sido adiada em dezembro, devido aos problemas de saúde da presidenta argentina, Cristina Kirchner, que passou por uma cirurgia após um traumatismo craniano e ficou afastada por um período.

O encontro de líderes sul-americanos no final do mês na capital venezuelana, Caracas, marcará o retorno oficial do Paraguai ao Mercosul, depois do período de suspensão desde junho de 2012, após o impeachment do ex-presidente Fernando Lugo. Hoje (6), o presidente paraguaio Horacio Cartes confirmou a mudança de datas da cúpula e disse que o governo não fez “nada em troca de nada”, em relação à aprovação da entrada da Venezuela no bloco, depois de anos em trâmite no Congresso do Paraguai, de maioria opositora.”

(Agência Brasil)

Cuba afrouxa política de crédito para atrair capital privado

O governo de Cuba flexibilizou com novas tarifas de empréstimos e prazos de pagamento a política de créditos criada em 2011 para incentivar a procura de financiamentos pelo setor privado.

Desde o início da liberalização da política de créditos, o Banco Central de Cuba concedeu mais de 218 mil créditos a particulares, mas apenas 550 a trabalhadores por conta própria, segmento alvo da medida, segundo dados do diário Juventud Rebelde.

A nova resolução publicada neste fim de semana na página da internet do jornal oficial de Cuba baseia-se na necessidade de “atualizar a referida norma para incentivar a concessão de financiamento às pessoas autorizadas a exercer trabalho por conta própria e a outras formas de gestão não estatal”.

As novas regras baixam o valor mínimo de crédito para o setor não estatal, de 3 mil pesos cubanos (US$ 112) para 1 mil (US$ 37,33), e aumentam de cinco para dez anos o prazo para pagar os empréstimos.

Elas preveem também que, em alguns casos, os presidentes dos bancos tenham “excepcionalmente” a prerrogativa de autorizar créditos “de montantes inferiores e prazos superiores aos estabelecidos” pela lei. A nova lei insere-se nas reformas promovidas pelo presidente cubano, Raúl Castro, para “atualizar” o socialismo cubano e superar a crise econômica da ilha.

(Agência Brasil)

Novo canal de TV mostrará “potência” das Forças Armadas venezuelanas

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, inaugurou nesse sábado (28) a nova Televisão das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (TV Fanb), um canal que visa a diversificar o sistema nacional e mostrar a “potência” militar do país. “Devemos converter a TV Fanb em uma escola porque vamos diversificar o sistema televisivo e de comunicações do país”, disse.

Maduro informou que além do investimento inicial do projeto (54 milhões de bolívares fortes, equivalentes a 6,21 milhões de euros) a Venezuela fará os investimentos necessários para fortalecer o sistema televisivo além das fronteiras.

“Vamos construir uma nova cultura televisiva a partir da Venezuela e partilhá-la com os nossos irmãos do mundo. Uma cultura televisiva para a vida, o trabalho, a produtividade, a paz, para o bom do ser humano. Vamos mostrar a potência das Forças Armadas Bolivarianas”, disse.

O novo canal de televisão iniciou as emissões com o Hino Nacional da Venezuela e um programa com o chefe de Estado, que esteve acompanhado da ministra da Defesa, Carmem Meléndez.

O canal está disponível em sinal aberto e faz parte da sua programação a transmissão de treinos militares e das atividades diárias de formação, documentários e telenovelas.

Segundo o presidente do TV Fanb, general Pedro Luís Álvarez Bellorín, a programação incluirá ainda o espaço Mujeres con Guaramo (Mulheres com Valentia), para mostrar a vida das mulheres militares, e o Programa Cátedra Comandante Supremo Hugo Chávez, para ensinar o pensamento da doutrina bolivariana.

(Agência Brasil)

Autoridades argentinas descartam novo ataque de piranhas no Rio Paraná

As sete crianças feridas por mordedura de palometas (peixes da família das piranhas), nessa quarta-feira (25), em Rosario, já foram medicadas e tiveram alta, informou o Hospital Infantil Víctor Vilela, onde foram atendidas.

Um cardume de piranhas atacou banhistas que passavam o feriado de Natal em uma praia fluvial, no Rio Paraná, na zona norte da cidade de Rosario, a cerca de 300 quilômetros da capital, Buenos Aires.

Das 70 pessoas feridas, sete eram crianças. Os casos mais complicados foram os de uma menina de 7 anos, que perdeu parte da falange do dedo mindinho, e de um menino, que teve fratura exposta em um dos dedos da mão.

Questionado sobre o fato, Ricardo Biasatti, subsecretário de Recursos Naturais da Província de Santa Fé, onde se localiza a cidade de Rosario, descartou um novo ataque de piranhas, ocorrência que qualificou de “isolada e insignificante”, levando-se em conta o tamanho do Rio Paraná.

Também o presidente de uma associação de pescadores, Julián Aguilar, afastou a possibilidade de que o episódio se repita, já que ataques desse tipo de peixe a seres humanos “são ocasionais”. O cardume pode ter percebido o movimento dos banhistas na água e atacou, “porém, não é algo normal’, disse Aguilar.

“Santa Fé tem 800 quilômetros de praias e são absolutamente esporádicas notícias desse tipo”, afirmou Biasatti, ao explicar que as palometas vivem em águas tranquilas. Ele desmentiu que tais peixes transmitam enfermidades.

Palometas são peixes carnívoros, muito agressivos e de dentes afiados, que costumam atacar em grupos e aparecem nas praias do Rio Paraná, especialmente com altas temperaturas.

(Agência Brasil com Telam)

Brasil comemora aprovação na ONU de documento contra a espionagem eletrônica

O Itamaraty manifestou nesta quarta-feira (18) à noite “grande satisfação” pela decisão da Assembleia Geral das Nações Unidas que aprovou, por unanimidade, o projeto de resolução O Direito à Privacidade na Era Digital, apresentado por Brasil e Alemanha como reação às denúncias de espionagem internacional praticada pelos Estados Unidos em meios eletrônicos e digitais.

O documento, que trata de ações “extraterritoriais de Estados em matéria de coleta de dados, monitoramento e interceptação de comunicações” foi aprovado pelos 193 Estados-Membros das Nações Unidas na tarde de hoje. Brasil e Alemanha apresentaram a proposta no dia 1º de novembro passado.

Segundo a resolução adotada pela ONU, as pessoas devem ter garantidos, no ambiente digital, os mesmos direitos que têm fora dele. As normas internacionais que fundamentaram a proposta conjunta são o Artigo 12 da Declaração Universal dos Direitos Humanos e o Artigo 17 do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos – que mencionam o direito à privacidade, a inviolabilidade de correspondência e a proteção contra ofensas.

Para o Ministério das Relações Exteriores, a decisão da Assembleia Geral da ONU “demonstra o reconhecimento, pela comunidade internacional, de princípios universais defendidos pelo Brasil, como a proteção do direito à privacidade e à liberdade de expressão”.

De acordo com o Itamaraty, outra inovação da proposta adotada pela ONU é o reconhecimento dos direitos dos dados dos cidadãos tanto offline (fora da internet) como online. “Prevê, ainda, passos para dar continuidade ao diálogo e aprofundar discussões ao longo dos próximos meses, no âmbito das Nações Unidas, sobre o direito à privacidade nas comunicações eletrônicas”, informa a nota.

(Agência Brasil)

A hora do último adeus do povo a Mandela

“Muitos sul-africanos acordaram cedo para ir ao Union Buildings, o Palácio do Governo da África do Sul, visitar o caixão com o corpo de Nelson Mandela, que morreu na quinta-feira (5). Desde o inicio da manhã, centenas de pessoas cantavam e dançavam próximo ao local, onde o corpo do ex-presidente ficará exposto com visitação ao público até sexta-feira (13), das 8h às 17h30, no horário local, para o último adeus antes de ser enterrado em Qunu – vila onde nasceu.

Nos três dias, o corpo do ícone Sul-africano será transportado em comboio pelas ruas de Pretória no trajeto do Hospital Militar, onde esteve até agora, até o palácio. Hoje, várias ruas da capital foram fechadas para a passagem do cortejo fúnebre, entre 7h e 8h. A polícia e as forças armadas formaram um cordão de isolamento pelo percurso para evitar que a população chegasse muito perto.

Mcdonald Maghilane disse que acordou às 2h e enfrentou três horas de viagem até Pretória. Ele diz que o momento marcará a história da África do Sul e quer se despedir de perto de seu líder. “Mandela ensinou nosso povo a viver em paz e harmonia. Antes dele, vivíamos em guerra e éramos tratados como escravos. Não queria perder a oportunidade de dizer obrigado.”

(Agência Brasil)

Dilma destaca Mandela como a "Maior Personalidade do Século 20

“A presidenta Dilma Rousseff discursou há pouco na cerimônia de homenagem a Nelson Mandela em Joanesburgo, na África do Sul e disse que ele foi a maior personalidade do século 20. Dilma foi um dos líderes mundiais escolhidos para prestar tributo ao líder sul-africano nesta terça-feira (10). Barack Obama e o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon também discursaram. Os presidentes cubano Raúl Castro; da Índia, Pranab Mukherjee; da Namíbia, Hifikepunye Pohamba; e o vice-presidente da China, Li Yuanchao, também se pronunciar na cerimônia.

“Nelson Mandela conduziu com paixão e inteligência um dos maiores processos de emancipação do ser humano da história contemporânea: o fim do apartheid na África do Sul. O combate de Mandela e do povo sul-africano se transformou em um paradigma para todos os povos que lutam pela justiça, pela liberdade e pela igualdade”, disse a presidenta Dilma.

Para ela, o apartheid foi a forma mais elaborada e cruel da desigualdade social e política que se tem notícia nos tempos modernos. “Esse grande líder teve seus olhos postos no futuro do país, do mundo e de toda África”, disse Dilma.”

(Agência Brasil)

Mandela – Homenagens reunirão o maior número de chefes de Estado da história

“O tributo que será prestado hoje (10) ao ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela, que morreu na última quinta-feira (5), reunirá o maior número de chefes de Estado da história. O recorde atual foi registrado no funeral do papa João Paulo II, em 2005, com a presença das autoridades máximas de 70 países. De acordo com o governo da África do Sul, mais de 90 chefes de Estado confirmaram presença e o número ainda não foi fechado.

A homenagem será prestada a partir das 11h (7h no horário de Brasília), no Estádio Soccer City, palco da final da Copa do Mundo de 2010 e também, no mesmo dia, da última aparição pública de Mandela, desfilando em um carrinho de golfe e aplaudido por milhares de admiradores. O estádio tem capacidade para cerca de 80 mil pessoas.

Mas Madiba, apelido que remete ao clã daquele que é considerado o mais importante filho da África do Sul, não movimenta apenas dezenas de chefes de Estado e os milhões de sul-africanos que o têm como pai. Os aeroportos de Joanesburgo ficaram lotados nos últimos dias desde a morte de Mandela. Pessoas de todas as parte do mundo chegam para se despedir e prestar homenagem ao líder.”

(Agência Brasil)

UFC é sede de Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América Latina

Tem início nesta segunda-feira, a partir das 18 horas, na Casa Amarela Eusélio Oliveira, a Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América do Sul. O evento, realizado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em parceria com o Ministério da Cultura, prosseguirá até o próximo sábado.

Nessa Mostra, 38 filmes, dentro de uma programação gratuita dividida em Mostra Competitiva de longas, médias e curtas-metragens, em que o público elegerá os melhores filmes através de vo-
tação. Haverá ainda a Mostra Homenagem Vladimir Carvalho e Mostra Cinema Indígena, além de
Programação Especial.

Essa Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América Latina circula pelas 27 capitais brasileiras e interior do País, em mais de 600 pontos extras de exibição.

Ex-presidentes viajam com Dilma para funeral de Nelson Mandela

A presidente Dilma Rousseff convidou os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor e José Sarney para acompanhá-la à África do Sul, na homenagem de despedida ao ex-mandatário daquele país e Prêmio Nobel da Paz Nelson Mandela.

Todos eles aceitaram o convite, de acordo com informação da Secretaria de Comunicação Social do Palácio do Planalto, e vão embarcar no avião presidencial nesta segunda-feira (9), no Rio de Janeiro.

Mandela morreu na última quinta-feira (6) aos 95 anos, vítima de complicações pulmonares. Com os líderes políticos brasileiros estarão também mandatários de todo o mundo.

O corpo do lutador antiapartheid estará exposto a visitação pública, na terça-feira (10), no Estádio de Soweto, cidade que foi o palco inicial da resistência ao racismo e onde Mandela morou antes de ser preso.

Nos três dias seguintes, de 11 a 13, o corpo de Mandela será velado na sede de governo de Union Buildings, onde ele desempenhou as funções de chefe de Estado, como primeiro presidente negro da África do Sul, de 1994 a 1999.

As homenagens ao Prêmio Nobel da Paz serão encerradas com funeral de estadista no povoado de Qunu, em sua província natal de Eastern Cape – a 907 quilômetros a sudeste de Pretória – no domingo (15).

(Agência Brasil)

Pela primeira vez, OMC entregou o que prometeu, diz Roberto Azevedo

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), o brasileiro Roberto Azevedo, disse que o organismo internacional finalmente conseguiu entregar o que estava estipulado desde a sua criação: um acordo global para derrubar as barreiras comerciais. “Pela primeira vez na história, a OMC verdadeiramente entregou o que promete”, declarou Azevedo, após a conclusão do acordo sobre o tema em reunião na Ilha de Bali, na Indonésia.

Em declarações publicadas na página da OMC na internet, Azevedo disse que os países mostraram comprometimento em relação à conclusão da Rodada Doha, cujas negociações começaram em 2001 com previsão de término em 2005, mas estavam travadas há quase dez anos. “Desafiei todos vocês, aqui em Bali, a mostrar a vontade política de que precisávamos para nos levar até a linha de chegada. Vocês fizeram isso, e eu agradeço a vocês por isso”, destacou.

O acordo que pôs fim à paralisação da Rodada Doha deu mandato à OMC para preparar, nos próximos 12 meses, um programa de trabalho para a retomada das negociações. Os países desenvolvidos querem a abertura dos mercados aos produtos industrializados. Já os países em desenvolvimento e a Austrália, agrupados no G20, querem a retirada dos subsídios que prejudicam as exportações de produtos agropecuários para os países ricos.

“É muito bem-vindo que vocês nos tenham instruídos a preparar, nos próximos 12 meses, um programa de trabalho claramente definido para esse fim”, disse o diretor-geral da OMC, após cinco dias de reunião em Bali.

(Agência Brasil)

África "desolada" com morte de Mandela

87 3

“A presidenta da Comissão da União Africana (UA), Nkosazana Dlamini Zuma, disse hoje (6) que a África está desolada com a morte do líder Nelson Mandela, um “herói panafricano”. Em nome da UA e do continente, a sul-africana Dlamini Zuma expressou pesar em comunicado pela morte de Mandela.

“Madiba [nome do clã de Mandela e pelo qual é conhecido carinhosamente na África do Sul] simboliza o espírito do panafricanismo e a solidariedade na luta da humanidade contra o apartheid, a opressão e o colonialismo. A sua morte é uma grande perda para a família, para o nosso continente e para a própria humanidade”, disse Dlamini Zuma.

A representante da União Africana lembrou que, em 1963, antes de Mandela ser preso por 27 anos, ele visitou diversos países africanos que apoiaram a luta do líder sul-africano. “Neste triste momento de dor, os nossos corações e pensamentos estão com a viúva, Graça Machel, a ex-mulher Winnie Madikizela-Mandela, filhos, netos e bisnetos e os povos da África do Sul e da África. Sentiremos sempre a falta de Tata (pai, no idioma zulu) Madiba Mandela”, disse.”

(Agência Brasil)

O governo e os brasileiros se inclinam diante da memória de Mandela, diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff lamentou na noite desta quinta-feira (5) a morte do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela. Em nota de pesar, a presidente descreveu Mandela como “personalidade maior do século 20”.

“Mandela conduziu com paixão e inteligência um dos mais importantes processos de emancipação do ser humano da história contemporânea – o fim do apartheid na África do Sul”, disse Dilma. A presidente acrescentou que os brasileiros receberam consternados a notícia da morte do líder sul-africano.

Transmitindo aos parentes de Nelson Mandela e a todos os sul-africanos sentimento de “profundo pesar”, a presidente disse que o governo e os brasileiros “se inclinam diante da memória de Nelson Mandela”.

“O exemplo deste grande líder guiará todos aqueles que lutam pela justiça social e pela paz no mundo”, acrescentou.

O líder sul-africano tinha 95 anos e recebia cuidados médicos em casa após passar por problemas de saúde consecutivos, entre internações e altas hospitalares.

Ao anunciar a morte de Mandela, o atual presidente da África do Sul, Jacob Zuma, disse que este é um dos momentos de pesar mais profundos pelo qual passa o país. “A nossa nação perdeu o maior dos seus filhos”, disse.

(Agência Brasil)

Fernanda Montenegro ganha Emmy Internacional de Melhor Atriz

emmy

A atriz Fernanda Montenegro ganhou o Emmy Internacional – o Oscar da TV, como melhor atriz por sua atuação na série “Doce de mãe”, exibida na TV Globo em dezembro de 2012. A emissora recebeu cinco indicações em quatro das nove categorias da premiação e ainda comemorou o troféu de “Lado a lado”, novela de João Ximenes Braga e Claudia Lage, que superou “Avenida Brasil”, de João Emanuel Carneiro, na categoria de melhor telenovela.

A cerimônia foi encerrada nas primeiras hora desta terça-feira em Nova York.

— Esse é um momento muito especial na minha vida, na minha carreira —, disse Fernanda Montenegro, primeira brasileira a receber a homenagem. “Dona Picucha” trata-se de uma viúva de 85 anos (um a mais que a atriz) que encara a vida com bom humor.

(Com Agências)

Honduras: Partido Libre não reconhece resultado de eleições divulgado por tribunal

Depois das eleições gerais desse domingo (24) em Honduras, o país ainda não tem definido quem será o novo presidente. Enquanto o Supremo Tribunal Eleitoral não finaliza a apuração dos votos, tanto o candidato governista Juan Orlando Hernández, do Partido Nacional (PN), quanto a principal opositora, Xiomara Castro, do Partido Liberdade e Refundação (Libre), se declaram presidentes. O Partido Libre também declarou não reconhecer os resultados apresentados pelo tribunal.

Boletim parcial, divulgado às 23h30 no horário local (3h30 desta segunda-feira, 25, no horário brasileiro de verão), mostrava 54,47% das urnas apuradas. Juan Orlando Hernández estava à frente, com 34,14% dos votos. Em seguida aparecia Xiomara Castro, com 28,43%.

Em terceiro lugar vinha o candidato Mauricio Villeda, do Partido Liberal, com 21,03%, seguido por Salvador Nasralla, do Partido Anticorrupção (PAC), com 15,73%. O restante dos votos foi computado para os outros quatro candidatos à Presidência.

Xiomara é mulher do ex-presidente Manuel Zelaya, deposto em um golpe de Estado em 2009. Hernández é o candidato apoiado pelo atual presidente Porfírio Lobo. Ao divulgar a última parcial, o TSE admitiu ter havido “inconsistência nas informações de pelo menos 20% das atas recebidas”.

(Agência Brasil)

Comunidade internacional saúda acordo com Irã, Israel considera "erro histórico"

A maioria da comunidade internacional saudou neste domingo (24) o acordo entre o Grupo 5+1 (os cinco membros do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha) e o Irã sobre o programa nuclear iraniano. Uma das exceções foi Israel, que o considerou um “erro histórico”.

O acordo intermédio entre o Grupo 5+1 e o Irã, com um prazo de seis meses prevê uma restrição das atividades nucleares de Teerã em troca de um abrandamento das sanções impostas pelo Ocidente. Pelo acordo, o Irã se comprometeu a não enriquecer urânio acima de 5% durante seis meses em troca do alívio de sanções econômicas. O acordo entre o Irã e as seis potências mundiais prevê que o Irã também desmantele “os conectores técnicos” que permitem o enriquecimento acima de 5%.

Para o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, “o mundo se tornou mais perigoso, porque o regime mais perigoso do mundo deu um passo significativo no caminho para a obtenção da arma mais perigosa do mundo”.

Assegurando que o “regime iraniano se comprometeu a destruir Israel”, Netanyahu advertiu que “Israel tem o direito e o dever de se defender em face a qualquer ameaça” e insistiu que “não deixará o Irã dotar-se de capacidades militares nucleares”.

O Irã vive ao ritmo das sanções desde 2006, mas o reforço destas no ano passado fez mergulhar o país em uma crise profunda. A inflação era oficialmente de 36% no final de outubro, o desemprego atingiu mais de 11% e o preço dos produtos de consumo não para de aumentar. O embargo bancário e a suspensão da rede de transferências internacionais Swift também têm afetado a saúde. O preço dos medicamentos disparou e a importação dos mesmos tornou-se complicada.

(Agência Brasil)

Aliança Francesa comemora 70 anos de atuação em Fortaleza

A Assembleia Legislativa vai homenagem, com solenidade especial, os 70 anos da Aliança Francesa de Fortaleza. A sessão ocorrerá na próxima segunda-feira, no Complexo de Comissões Técnicas, a partir das 15 horas.

O recém-eleito presidente da Associação Cultural Franco-Brasileira Aliança Francesa de Fortaleza, advogado Hélio Leitão, também receberá homenagem.