Blog do Eliomar

Categorias para Judaismo

Livro resgata história dos judeus no Ceará

judeusnoceara

O ex-secretário da Cultura do Ceará, jornalista e pesquisador Nilton Almeida, vai lançar, às 19h30min desta quinta-feira, na sede da Associação Cearense de Imprensa (ACI), o livro “Judeus no Ceará – XIX e XX”.

No ato, haverá show da banda “Schnaps”, que recria clássicos da música judaica em ritmos do Nordeste.

O livro tem apresentação da professora Tania Kaufman, coordenadora dos núcleos de pesquisa do Arquivo Histórico Judaico de Pernambuco.

Pela Editora Intermeios.

Adísia Sá: Ivonete tinha a marca de uma lutadora

71 1

Da jornalista Adísia Sá, sobre a jornalista Ivonete Maia, sua amiga de mais de 40 anos, que morreu nesta tarde de terça-feira de câncer no esôfago:

“Pra mim, Ivonete foi um modelo. Uma mulher de força de vontade, que assumiu todos os cargos na Reitoria da UFC. Foi diretora da Rádio Universitária FM, diretora da Imprensa da UFC, Ouvidora, professora…enfim, vivia uma vida intensa. Ela era forte e tinha a marca de uma lutadora.”

* O velório deve ocorrer neste fim de tarde na Ethernus, na rua Padre Valdevino. A família ainda  decide se haverá cremação ou enterro.

Papa inocenta judeus pela morte de Jesus Cristo

299 2
“O papa Bento XVI desenvolveu uma das questões mais controversas e críticas da cristandade em um novo livro, no qual não culpa o povo judeu pela morte de Jesus Cristo.
 
Em “Jesus de Nazaré”, livro que teve alguns trechos divulgados nesta quarta-feira, 2, o pontífice apela para uma análise bíblica e teológica para explicar por qual motivo não tem fundamento a afirmação de que os judeus foram responsáveis pela morte de Jesus.
Interpretações contrárias foram usadas durante séculos para justificar a perseguição aos judeus. Ainda que o Vaticano já tivesse adotado a conclusão de Bento XVI há muito tempo, estudiosos judaicos disseram que o argumento desenvolvido pelo papa alemão é significativo e contribuirá para o combate ao antissemitismo.”
(Agência Estado)

No Dragão do Mar, uma exposição sobre a cultura judaica

O Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura abriu, nesta noite de quarta-feia, a exposição “Criptojudeus”. O evento, uma promoção do Grupo Raízes do Brasil, mostrará um pouco da cultura judaica, artigos religiosos, músicas e vídeos que dão um vislumbre de uma cultura milenar que contribuiu com a formação da sociedade nordestina nos períodos pré-colonial e colonial, como também em vários ramos das artes e das ciências mundiais.

A proposta é mostrar, até o dia 23 deste mês, a história que não deve ser esquecida: a dos conhecidos como marranos ou cristãos novos; a história de imigrantes judeus de várias localidades da península Ibérica e da Europa, nos períodos da chamada Santa Inquisição Católica.

As peças expostas trazem traços da história dos Criptojudeus que, no final do século XV, foram obrigados a se converter ao Cristianismo na Espanha e em Portugal e mantiveram em segredo a prática do Judaísmo. O organizador é Savig Simona.

SERVIÇO

Local: Espaço Mix do Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura.