Blog do Eliomar

Categorias para Literatura/Filmes

Há 100 anos nascia o escritor norte-americano Sidney Sheldon

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=DFTuvrm_6Hw[/embedyt]

Autor de livros como “A Outra Face”, “O Outro Lado da Meia-Noite”, “A Ira dos Anjos” e “Se Houver Amanhã”, o escritor norte-americano Sidney Schechtel, mais conhecido como Sidney Sheldon, se notabilizou no gênero suspense, quando também escreveu outras 14 obras, todas na lista de livros mais vendidos. Ele vendeu 300 milhões de livros, em 51 idiomas e em mais de 180 países.

O escritor, que faria 100 anos neste sábado (11), também escreveu e dirigiu seriados para a tevê. Os mais famosos foram “Jeannie é um gênio” e “Casal 20”. Com 139 capítulos, em cinco temporadas (1965-1970), “Jeannie é um gênio” alcançou picos de audiência.

Para Sheldon, “a graça da série estava na tensão sexual do patrão e Jeannie”. Mesmo assim, o escritor disse em uma entrevista que não sabia se criaria Jeannie, caso voltasse no tempo.

Jornalista Branca Sobreira lança o livro “Vinte”

branca

A jornalista e escritora Branca Sobreira lançará, às 19 horas desta quinta-feira, o livro “Vinte”. O ato ocorrerá na Livraria Leitura, no Shopping RioMar Fortaleza.

Estreante, Branca Sobreira discute na publicação as relações humanas. “Cada conto, por vezes minúsculo, é responsável por delinear um universo próprio: o das relações interpessoais. O movimento é o balançar de uma onda, constante”, diz ela.

(Foto – Divulgação)

Lira Neto lançará “História do Samba – 1º Volume” neste mês

Lira-Neto

O escritor e jornalista Lira Neto lançará o livro A História do Samba, 1º volume de três, neste mês de fevereiro, no Rio. A informação é do autor, que passou férias com a família no Ceará.

Lira Neto, no entanto, avisou que pretende lançar o livro também em Fortaleza. A data não está definida, mas faz questão de cumprir essa agenda em sua terra.

Pode, no entanto, segundo a Secretaria da Cultura do Ceará, ser durante a Bienal Internacional do Livro do Ceará. Lira, bom lembrar, é da curadoria do evento, que ocorrerá em abril, no Centro de Eventos

Um recado para o prefeito Roberto Cláudio

108 1

roberto-claudio-prefeito

Eis artigo do professor João Teles de Aguiar, criador do Projeto Confraria de Leitura, que incentiva crianças da rede pública a ler. O título é “Mas o que é leitura?” Confira:

A leitura é o abrir-se de cortinas, é a luz em todo o palco da vida. Sem leitura o menino ou homem feito pouco ou nada saberá. Sem ela a menina ou mulher não conhecerá tantos outros mundos reluzentes. A leitura vem sempre acompanhada de magia, encanto, paisagens e muitas viagens.

Daí não se conceber que uma cidade – Fortaleza ou outra qualquer – viva sem bibliotecas ou outros lugares para leituras sedutoras e benfazejas.

Os livros são grandes amigos. Daqueles que trazem pra nossa vida muito do que se chama por aí de felicidade. Quando se tem uma comunidade sem livros e leitura, tem-se a certeza de que os estudos continuarão mambembes e irresolutos.

O grande educador pernambucano Paulo Freire fala (em sua obra) de “leitura de mundo”. Essa compreensão ampla do entorno da vida ninguém tem sem muita leitura.

Espero que Fortaleza – que deveria puxar o carro das mudanças nesses temas – possa mudar o curso da História e ampliar seu espaço diminuto de leitura. As crianças precisam, os professores pedem, a vida exige.

Que o senhor prefeito abra olhos e ouvidos pra realidade, que saia da mesmice e transforme nossa cidade em um lugar de leitura prazerosa e bonachã!

*João Teles de Aguiar

Professor de História, pós-graduado em Docência e coordenador do Projeto Confraria de Leitura.

Ziraldo fará sessão de autógrafos em Fortaleza

ziraldo

O cartunista Ziraldo realizará a sua primeira sessão de autógrafos de 2017 em Fortaleza. Será no dia 16 deste mês, a partir das 18h30min, na Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi. Ele lançará seu mais novo trabalho: Meninas. No encontro, os fãs do “Menino maluquinho” poderão ficar mais perto do autor, além de registrar o momento com fotos.

A obra Ziraldo aborda a fase mágica da infância das garotas, que vai dos 7 aos 11 anos. “Nessa fase, meninos e meninas são os dois seres mais fantásticos do mundo porque são fascinantes”, conta Ziraldo. Essa fascinação já apareceu em toda sua exuberância no livro O Menino Maluquinho, o maior fenômeno editorial do autor, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares desde seu lançamento em 1980. Agora ele acredita que repetirá o mesmo êxito com Meninas, sua mais nova criação, lançado pela Editora Melhoramentos

É o segundo livro do autor que mergulha no universo das meninas e, segundo ele, nasceu da mesma fonte do primeiro, Menina das Estrelas, lançado em 2007. Tudo começou com a provocação de uma pequena leitora, em uma seção de autógrafos em Vitória (ES). A menina perguntou por que em seus livros, Ziraldo só falava de meninos… “Respondi que era porque menina eu não sei como é que vive, não sei como é que sofre. De menino eu entendo muito mais”, conta o autor.

Socorro Acioli tem livro entre 0s 50 recomendados pela Biblioteca Pública de Nova York

Socorro Acioli

Socorro com outro livro premiado: A Bailarina Fantasma (Jabuti 2013)

A filial de New Dorp da Biblioteca Pública de Nova York posta regularmente em sua página no Facebook sugestões do seu time de bibliotecários. Jen M. elegeu “A cabeça do santo” (aqui publicado pela Companhia das Letras e nos EUA pela Delacorte Press, com tradução de Daniel Hahn), da escritora cearense Socorro Acioli como a sua leitura para janeiro.

O livro caiu nas graças do estafe da Biblioteca de Nova York, que elegeu o título da cearense como um dos melhores livros para adolescentes de 2016 na categoria ficção.

Depois dessa, Socorro prepara para lançar o livro na França, durante o Salão do Livro de Paris, em março. Será publicado pela Belleville Editions.

(Com PublishNews)

Revista Seristorium terá sexta edição lançada

Lucio e Beatriz Alcantara

Lúcio e sua mulher, a escritora Beatriz Alcântara.

Será lançada nesta quinta-feira, às 19 horas, no Ideal Clube, a edição de nº 6 da Revista Scriptorium. A publicação é da Associação Brasileira dos Bibliófilos em parceria com a Fundação Waldemar Alcântara.

A edição é de Lúcio Alcântara, ex-governador e membro da Academia Cearense de Letras. Scriptorium reúne 10 textos de pesquisadores, juristas, professores e membros da ACL. Na lista, Adelaide Gonçalves, Virgílio Maia e Horácio Dídimo.

Ubiratan Aguiar presidirá a Academia Cearense de Letras

ubiratam-2

Ubiratan com Silvana Frota, que lançou livro sobre seus 40 anos de jornalismo.

O professor e advogado Ubiratan Aguiar é o novo presidente da Academia Cearense de Letras. A data da posse ainda será definida.

Além de atuação no campo literário, Ubiratan tem larga experiência no campo político. Foi, inclusive, presidente do Tribunal de Contas da União.

(Foto – Blog Silvana Frota)

Gullar, poeta e pai

foto-ferreira-gullar-poeta

Com o título “GULLAR, poeta e pai”, eis artigo do escritor João Soares Neto, membro da Academia Cearense de Letras. Ele desta a figura polêmica que adorava responder a insultos. Confira:

A morte de Ferreira Gullar, aos 86 anos, em pleno exercício da fala e da escrita, mostra a realidade de quem escreve. Todos, doutos ou não, sofrem para se tornar substantivos e sucintos, em face do espaço reservado em jornais e revistas.

Sendo poeta por natureza, desaforado por circunstâncias e emigrado do seu atrasado Maranhão, tornou-se carioca de Copacabana. Morava como os demais, precisava fazer compras para manter o esguio corpo com os nutrientes consumidos pela degenerescência do implacável tempo. Assim, dizia para os admirados de vê-lo na caixa dos pequenos mercados: os poetas também comem.

As resenhas dos jornais e das emissoras de televisão já disseram quase tudo sobre o jovem estudante envolvido com o Centro Popular de Cultura da Une, seus companheiros de prisão saudaram-no (antes, davam um simples telefonema para ele?), o exílio e alguns foram à sua posse na Academia Brasileira. Fardão folgado, o tom das palavras já não exprimia a força de suas ideias.

Lia-o na Folha, todas as semanas. Comprava briga. Respondia a insultos e, vez por outra, cometia erros bobos próprios dos açulados pelo tempo. Saiu do concretismo, tão em moda nos sessenta, para prosa e poesia gullariana. Como não sou poeta, deixo de lado a análise.

Escreveu sobre a esquizofrenia de dois dos seus três filhos. Um é morto. Outro, internado em Pernambuco. Lutou contra a lei restringindo o número de manicômios. Falava mal dos médicos e da “análise democrática” da doença. Ele repetia ser impossível conviver com alguém esquiso. José Ferreira, Gullar, por opção.

*João Soares Neto,

Escritor.

Magno Alves lançará livro biográfico em Fortaleza

capalivro

O atacante Magno Alves vai lançar, às 17 horas da próxima terça-feira, em Fortaleza, livro contando um pouco de sua trajetória de vida. O ato ocorrerá na loja Sou Mais Ceará, situada no bairro Aldeota. Magno Alves, com especulações de que poderá retornar ao clube alvinegro, nada fala sobre o assunto.

Escrito por Gustavo Penna, o livro “Magno Alves – O menino de Aporá que se tornou um dos maiores artilheiros da história” já foi lançado na sede do Fluminense, no Rio. Magno era menino pobre no interior da Bahia e se transformou no terceiro maior artilheiro em atividade hoje no futebol mundial.

SERVIÇO

*Loja Sou Mais Ceará – Avenida Barão de Studart, 1501, Aldeota.