Blog do Eliomar

Categorias para Literatura/Filmes

Nice Arruda – Escritora cearense faz leitor se encontrar em meio a crônicas

foto nice arruda escritora

O ontem revisitado. O discurso do amor. As ausências inesquecíveis. O apego às memórias familiares. A leveza das palavras. A vida profissional.

Estas são algumas das abordagens do livro Madrugada de Gentilezas, da escritora cearense e nutricionista Nice Arruda, lançado no Espaço O Povo de Cultura e Arte. Integrante da Academia Feminina de Letras do Ceará, Nice Arruda faz com que o leitor se encontre em algumas de suas crônicas.

Natural de Icó, no Centro-Sul Cearense, a 375 quilômetros de Fortaleza, Nice Arruda desde criança se encantou pelas contações de histórias, pelas fábulas, pelas histórias de trancoso, e pelos grandes monstros que habitavam sua imaginação.

Adulta e com fileiras de histórias impacientes, escreveu seu primeiro livro: Quase Tudo de Mim, que se constitui de momentos de superações, de acreditar que tudo é possível quando queremos e agimos com determinação, meta e indispensável persistência.

Para o escritor Silas Falcão, editor da Luazul Edições, autor do projeto gráfico e prefaciador da obra Madrugada de Gentilezas, o livro é composto de orvalhos inquietos.

A ilusão da ficha limpa

djalmapinto

Da Coluna Vertical, no O POVO desta segunda-feira (8):

A análise das principais modificações na legislação eleitoral, com ênfase nos requisitos para a arrecadação e prestação de contas da campanha, e uma critica à tolerância da Lei da Ficha Limpa para com os “predadores da administração pública”.

Eis os principais pontos do livro Inovações na Lei Eleitoral e a Ilusão da Ficha Limpa, do jurista Djalma Pinto, que será lançado na próxima quinta-feira, às 19h30min, no Clube Náutico.

No trabalho, o ex-participante do Debates do POVO, da Rádio O POVO/CBN, destaca a surpresa da população diante do fato de a Lei da Ficha Limpa ter sido produzida, em 2010, com o propósito de impedir o acesso de infratores na representação popular e, em 2016, constatar-se aumento significativo do número de pessoas exercendo mandato com inúmeras denúncias.

Para Djalma, impedir “o acesso de denunciados à elegibilidade é o primeiro passo no combate ao neopatrimonialismo”.

Nestes tempos de eleição, eis uma leitura obrigatória.

Morre a médica e escritora Celina Côrte Pinheiro

celina

Vítima de câncer, morreu, nesta quarta-feira, a médica e escritora Celina Côrte Pinheiro (69), que também era articulista do O POVO. O velório acontecerá, a partir das 12 horas, na Funerária Ethernus. A família não informou o local do enterro.

Celina Côrte era presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores, regional do Ceará, e da Academia de Letras Metropolitanas.

Repórter do Blog ganha troféu cultural

34 2

elimm

Profº Auriberto Cavalcante, do grupo, entrega o troféu a este repórter.

Agradecemos a todos que fazem o Grupo Cultural Chocalho que, nesta semana, comemorando seus 33 anos de atividades, prestou homenagem, com entrega de troféu, a várias personalidades que apoiam a cultura e as ações de incentivo à leitura no Ceará.

O Grupo Chocalho, que realiza anualmente o Congresso dos Poetas, Escritores e Leitores, além de concursos de poesia nas escolas, nos presenteou com troféu que aumenta a nossa responsabilidade de comunicador social.

(Foto – Paulo MOska)

‘A saída será sempre a educação’, diz médico com 30 milhões de livros vendidos

foto augusto cury médico escritor

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (23):

O médico, poeta e filósofo Augusto Cury, que já vendeu mais de 30 milhões de livros, disse para esta Vertical que o cenário político hoje no Brasil é consequência da falta de educação emocional.

“A maioria dos políticos são indignos do poder que têm. Eles têm a necessidade neurótica do poder e não aprenderam que o verdadeiro líder se curva diante da sociedade para servi-la e não faz com que a sociedade se curve diante deles”, acentua Cury.

Para ele, faltou, nesse contexto, preparo para se apostar em ousadia, empreendedorismo e capacidade de se reinventar. Faltou, principalmente, a “educação familiar, o que exige da sociedade apostar na juventude, trabalhando perdas e frustrações e princípios éticos”.

Cury ainda sentenciou: os jovens são vítimas hoje da doença chamada ansiedade, pois com poucas perspectivas. Mas insiste: a saída será sempre a educação. Ele deu palestra ontem no XI Encontro Mulheres Pague Menos, no Centro de Eventos.

Livro conta saga da família Marinho dos Santos

livoror

O livro “Histórias de uns Curumins – Para Rir, Chorar e Guardar”, que narra a história da família Marinho dos Santos ,acaba de ser lançado. O trabalho foi elaborado a partir do testemunho de 10 filhos dessa família, sob coordenação dos irmãos Josafá, Joaribe e Josabete dos Santos.

Com mais de 160 páginas, o livro, além de apresentar as memórias da família Marinho dos Santos, também resgata a história do Nordeste, em especial do Ceará desde o início dos anos 20 até os dias atuais.

A publicação traz, ainda, imagens da saudosa época “em que se tirava retrato” e se escrevia “diários e cartas a próprio punho”. Numa linguagem divertida, a obra foi escrita a vinte mãos e contém produções de gênero variado bibliográfico, crônicas e contos em prosa ou verso.

Em suma, conta a história de uma família nordestina do interior cearense cujos pais conseguiram formar seus filhos: juiz, auditor e funcionários públicos.

Aeroporto ganha box que só comercializa livros de autores cearenses

33 1

livross

O Aeroporto Internacional Pinto Martins conta agora com um box da Câmara Cearense do Livro.

Inaugurada, nesta semana, com apoio do Sebrae, opera no primeiro piso, mais precisamente do lado da Sala de Embarque 1, do terminal. No box, só livros de autores cearenses.

Os funcionários que ali trabalham seguindo o horário comercial dizem que as vendas estão boas.

(Foto – Paulo MOsKa)