Blog do Eliomar

Categorias para Literatura/Filmes

Lira Neto lança livro sobre o samba em dezembro

lirr

O jornalista e escritor Lira Neto anuncia: em dezembro próximo, sai o primeiro volume do livro que escreve sobre o samba. O outro volume fica par 2017.

Lira Neto esteve em Fortaleza participando de um debate, no Cineteatro S]ao Luiz sobre regime militar e os cenários atuais da política brasileira.

Ele garante que a pesquisa sobre samba deu um bom trabalho, mas compensou pela riqueza de muitos detalhes. Ele é autor de livros sobre Getúlio, Pare Cícero, Rodolfo Teófilo e Maísa.

(Foto – Paulo MOska)

Cédulas com imagem de Gabriel García Márquez começam a circular na Colômbia

gabriele

“A partir desta sexta-feira (19) a imagem do Nobel de Literatura Gabriel García Márquez estará nas novas notas de 50 mil pesos colombianos.

De um lado, a cédula terá o desenho de corpo inteiro do criador do fantástico mundo de Macondo (cidade fictícia de um romance do autor), onde o escritor estará vestindo o lique-lique (roupa típica da Colômbia) usado por ele para receber seu Prêmio Nobel em 1982. Além disso, a mão esquerda do escritor estará levantada e dela aparecerão mariposas. O desenho se parece bastante com a descrição dada no clássico Cem Anos de Solidão.

Já no outro lado da nota, aparecerá a imagem da Cidade Perdida, núcleo da cultura indígena Tayrona, que habita a Serra Nevada de Santa Marta, no Norte da Colômbia.

A cédula de 50 mil pesos colombianos (que equivale a R$ 55,90) é a terceira que o Banco de la República (o Banco Central do país) lança de sua “nova família” de notas, com desenhos de dois ex-presidentes colombianos já falecidos, de uma antropóloga, de um poeta, de uma pintora e agora do escritor de Amor nos Tempos do Cólera.

A ideia de que as cédulas de 50 mil pesos homenageassem Gabo surgiu de uma lei aprovada no Congresso da Colômbia em 2014, logo após a morte do jornalista, cujo objetivo é manter a sua memória viva. As notas com a imagem do escritor começarão a circular a partir das 15 horas desta sexta.”

(Agência Lusa)

Lançamento de livro de Djalma Pinto é bastante concorrido

foto djalma livro 2

Com as presenças dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (PR) e Heitor Férrer, (PSB) além do procurador-geral de justiça do Estado, Plácido Rios, procurador da República Alexandre Meireles, deputado estadual José Sarto, deputado federal Raimundo Gomes de Matos, secretário estadual Écio Batista, empresário Assis Machado Neto, vice-presidente do TRE. desembargadora Naílde Pinheiro, promotor Ricardo Rocha, presidente da OAB-CE Marcelo Mota, entre outras personalidades cearenses, foi lançado, na noite desta quinta-feira (11), no Náutico Atlético Cearense, o livro Inovações na Lei Eleitoral e a Ilusão da Ficha Limpa, de autoria do advogado Djalma Pinto.

Para o autor, a Lei da Ficha Limpa trouxe a ilusão para o eleitorado de uma melhoria na política, mas, após seis anos, o que se viu foi um aumento nos casos de corrupção.

(Foto – Paulo MOska)

Nice Arruda – Escritora cearense faz leitor se encontrar em meio a crônicas

foto nice arruda escritora

O ontem revisitado. O discurso do amor. As ausências inesquecíveis. O apego às memórias familiares. A leveza das palavras. A vida profissional.

Estas são algumas das abordagens do livro Madrugada de Gentilezas, da escritora cearense e nutricionista Nice Arruda, lançado no Espaço O Povo de Cultura e Arte. Integrante da Academia Feminina de Letras do Ceará, Nice Arruda faz com que o leitor se encontre em algumas de suas crônicas.

Natural de Icó, no Centro-Sul Cearense, a 375 quilômetros de Fortaleza, Nice Arruda desde criança se encantou pelas contações de histórias, pelas fábulas, pelas histórias de trancoso, e pelos grandes monstros que habitavam sua imaginação.

Adulta e com fileiras de histórias impacientes, escreveu seu primeiro livro: Quase Tudo de Mim, que se constitui de momentos de superações, de acreditar que tudo é possível quando queremos e agimos com determinação, meta e indispensável persistência.

Para o escritor Silas Falcão, editor da Luazul Edições, autor do projeto gráfico e prefaciador da obra Madrugada de Gentilezas, o livro é composto de orvalhos inquietos.

A ilusão da ficha limpa

djalmapinto

Da Coluna Vertical, no O POVO desta segunda-feira (8):

A análise das principais modificações na legislação eleitoral, com ênfase nos requisitos para a arrecadação e prestação de contas da campanha, e uma critica à tolerância da Lei da Ficha Limpa para com os “predadores da administração pública”.

Eis os principais pontos do livro Inovações na Lei Eleitoral e a Ilusão da Ficha Limpa, do jurista Djalma Pinto, que será lançado na próxima quinta-feira, às 19h30min, no Clube Náutico.

No trabalho, o ex-participante do Debates do POVO, da Rádio O POVO/CBN, destaca a surpresa da população diante do fato de a Lei da Ficha Limpa ter sido produzida, em 2010, com o propósito de impedir o acesso de infratores na representação popular e, em 2016, constatar-se aumento significativo do número de pessoas exercendo mandato com inúmeras denúncias.

Para Djalma, impedir “o acesso de denunciados à elegibilidade é o primeiro passo no combate ao neopatrimonialismo”.

Nestes tempos de eleição, eis uma leitura obrigatória.

Morre a médica e escritora Celina Côrte Pinheiro

celina

Vítima de câncer, morreu, nesta quarta-feira, a médica e escritora Celina Côrte Pinheiro (69), que também era articulista do O POVO. O velório acontecerá, a partir das 12 horas, na Funerária Ethernus. A família não informou o local do enterro.

Celina Côrte era presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores, regional do Ceará, e da Academia de Letras Metropolitanas.

Repórter do Blog ganha troféu cultural

84 2

elimm

Profº Auriberto Cavalcante, do grupo, entrega o troféu a este repórter.

Agradecemos a todos que fazem o Grupo Cultural Chocalho que, nesta semana, comemorando seus 33 anos de atividades, prestou homenagem, com entrega de troféu, a várias personalidades que apoiam a cultura e as ações de incentivo à leitura no Ceará.

O Grupo Chocalho, que realiza anualmente o Congresso dos Poetas, Escritores e Leitores, além de concursos de poesia nas escolas, nos presenteou com troféu que aumenta a nossa responsabilidade de comunicador social.

(Foto – Paulo MOska)