Blog do Eliomar

Categorias para Literatura/Filmes

Aeroporto ganha box que só comercializa livros de autores cearenses

41 1

livross

O Aeroporto Internacional Pinto Martins conta agora com um box da Câmara Cearense do Livro.

Inaugurada, nesta semana, com apoio do Sebrae, opera no primeiro piso, mais precisamente do lado da Sala de Embarque 1, do terminal. No box, só livros de autores cearenses.

Os funcionários que ali trabalham seguindo o horário comercial dizem que as vendas estão boas.

(Foto – Paulo MOsKa)

De ex-governador a mecenas

gm

O ex-governador Gonzaga Mota vai inaugurar, no fim deste mês, a Livraria dos Escritores do Ceará.

O equipamento ocupará o antigo escritório político de Mota, que vem se dedicando, desde que largou a política partidária, à literatura.

“Essa foi uma forma que encontrei de apoiar nossos escritores que, por dificuldades financeiras, não têm como publicar e lançar livros. Vamos trabalhar nessa área”, adianta o ex-governador.

 

SERVIÇO

Livraria dos Escritores do Ceará – Rua Nunes Valente, 3291 – Dionísio Torres.

“Encontros Literários da UFC” traz conferencista da UFRJ

O evento Mestres de Outras Latitudes, vinculado aos Encontros Literários Moreira Campos 2016, projeto de extensão do Departamento de Literatura da UFC, promoverá nesta semana palestra e minicurso com o professor Alberto Pucheu, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Para a palestra, na quarta-feira (27), às 18 horas, no auditório do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará, o tema a ser apresentado pelo professor será “O homem é o animal que vai ao cinema”.

O minicurso, voltado para alunos e egressos de programas de pós-graduação, acontecerá nos dias 28 e 29, das 14 às 17 horas, no auditório do Departamento de Literatura, na área 1 do Centro de Humanidades (Av. da Universidade, 2683, Benfica). A proposta do minicurso é apresentar a leitura de Giorgio Agamben do que ele chama de “institutos poéticos”, necessários para se pensar o poema em sua singularidade, chamando atenção para o fato de a poesia ser para ele a “ideia da prosa”. As inscrições são feitas diretamente no Programa de Pós-Graduação em Literatura da UFC, até quarta-feira (27).

Perfil do conferencista

Alberto Pucheu é poeta, ensaísta, professor de Teoria Literária da UFRJ, pesquisador da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Seu livro de poemas A fronteira desguarnecida foi vencedor do Programa de Bolsas para Escritores Brasileiros, da Fundação Biblioteca Nacional, e o de ensaios Pelo colorido, para além do cinzento: a literatura e seus entornos interventivos recebeu o Prêmio Mário de Andrade de Ensaio Literário, da mesma entidade.

SERVIÇO

*As inscrições são feitas através do preenchimento de formulário eletrônico (https://goo.gl/w3EChc) e da doação de kits limpeza à Casa do Sol Nascente, entregues na secretaria do Departamento, conforme instruções contidas no site dos Encontros (http://encontrosliterarios.ufc.br).

*A palestra é aberta ao público em geral e há 120 vagas disponíveis.

(Site da UFC)

‘Sua excelência, o jumento’

foto livro jumento

O descaso, o abandono, o extermínio dos jumentos e o uso desses animais como tração, em pleno século XXI, são temas abordados no livro “Sua excelência, o jumento”, de autoria da presidente da União Internacional Protetora dos Animais (Uipa) no Ceará e advogada Geuza Leitão.

A obra será lançada neste sábado (23), a partir das 19 horas, no Náutico Atlético Cearense, com texto de apresentação do jornalista Valdemar Menezes, do O POVO.

Audifax recebe homenagem póstuma

foto livro juarez leitão

O artista plástico, ilustrador e escritor Audifax Rios recebeu homenagem póstuma, na manhã deste sábado (23), no Flórida Bar, na Praia de Iracema, diante do lançamento do livro “Audifax Rios: sonhos, cores e palavras”, de autoria do poeta Dideus Sales.

O lançamento foi feito pelo professor Juarez Leitão e acompanhado por amigos do artista plástico, entre eles o vereador Acrísio Sena (PT).

UFC lançará coletânea sobre o escritor José de Alencar

ufccc

A Casa de José de Alencar e as Edições UFC lançarão, às 19 horas desta quarta-feira (20), no Auditório José Albano (Área 1 do Centro de Humanidades – Avenida da Universidade, 2853, Campus do Benfica), a coletânea José de Alencar: século XXI.

O livro revisita a obra do escritor cearense a partir dos olhares de alguns dos mais importantes pesquisadores brasileiros como Ivo Barbieri (Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ), Márcia Abreu (Universidade Estadual de Campinas, Unicamp), Régis Lopes (UFC), Valdeci Rezende (Universidade Federal de Goiás, UFG), entre outros, enfatizando sua atualidade e importância para a literatura nacional.

A organização da obra é dos professores Marcelo Peloggio, do Departamento de Literatura, que fará a apresentação do livro na ocasião; Arlene Fernandes Vasconcelos, do Instituto UFC Virtual; e de Valéria Cristina Bezerra.”

(Site da UFC)

Cronologia Sobralense

Em artigo enviado ao Blog, o deputado estadual Professor Teodoro (PSD) destaca a obra em cinco volumes do historiador Sadoc de Araújo, padre fundador da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Confira:

Todos nós temos uma biografia para narrar. Assim também as cidades. Todos nós fazemos parte da história que as cidades têm para contar. Há os que cantam o seu povo, registrando a memória que se estende na linha de tempo sobre os feitos coletivos. Há os que fazem a história que é contada. E há os que fazem a história e a registram. Esse é o caso do cônego Francisco Sadoc de Araújo, cuja obra acaba de ser reeditada.

O Instituto Ecoa Sobral lançou, na última quinta-feira (14), a coleção “Cronologia Cearense”, obra em cinco volumes do historiador e fundador da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), padre Sadoc de Araújo. A excelente iniciativa contou com o apoio entusiasmado do prefeito Veveu Arruda, assim como da UVA, por seu magnífico reitor, Fabianno Carvalho.

Nosso aplauso ao amigo Roberto Galvão, que preside a Ecoa, o instituto idealizado pelo saudoso Augusto Pontes, que também criou o sugestivo nome para o instituto. Trazer à luz toda a história de Sobral, contada com engenho e arte pelo grande nome da cultura cearense, merece todos os encômios. Feliz do povo que tem um bom contador de sua história, assim nos chegam os feitos dos clássicos.

Sobral tem esta felicidade: uma boa história, e alguém que lhe saiba narrar. Cada fato de nossa trajetória foi colecionado e guardado nos escaninhos literários de Sadoc, como alguém que guarda tesouro precioso. Um tesouro que não é só seu, pois a muitos tem de prestar contas.

Sobral sempre foi uma espécie de capital do Norte, ao redor da qual muitas cidades gravitam e mantém diversos tipos de vínculos. Todos nos dirigíamos à metrópole, aonde a novidade chegava primeiro. No período em que a vanguarda cultural era pautada pela Europa, as novidades chegavam antes à Princesa do Norte, do que mesmo a Fortaleza. A cultura nos chegava pelo porto de Camocim e desembarcava pelos trilhos até a estação férrea. O Teatro São João é obra desse tempo.

No curso que se inicia ao redor do Rio Acaraú, na fazenda Caiçara, Sobral tomou corpo se escorando na sombra da encosta da Meruoca para fugir da canícula, que costuma fustigar o povo que construiu seu enredo no epicentro do semiárido nordestino. Sadoc conta nossa história, que deve ser conhecida das novas gerações. Daí a importância dessa reedição. É um material que deve ser distribuído a todas as escolas do município e também daqueles que fazem parte da sua Região Metropolitana.

É um acontecimento que não diz respeito apenas aos sobralenses de batismo. Há os que lhe devotam amor como os que aqui chegaram ou vivem perto, desfrutando de seu desenvolvimento.

Ouvi de Sadoc que o pensamento já é uma forma de realização. É como se já antecipasse no plano da ideia o fato que viria. Foi assim que nasceu a UVA.

O historiador diz que há duas magnas datas para Sobral: o da sua emancipação política, quando a vila foi elevada a categoria de cidade, e a de sua emancipação cultural, com a Universidade Vale do Acaraú, que ele fundou e foi seu primeiro reitor.

Sadoc é o historiador de Sobral que fez história em sua terra.

Sociedade Brasileira dos Médicos Escritores no Ceará sob nova direção

91 1

marcelogurgel

O professor, escritor e médico Marcelo Gurgel assumirá, às 19 horas desta segunda-feira, a presidência da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (Sobrames), regional Ceará.

A cerimõnia ocorrerá no auditório da Unimed Fortaleza (Bairro Aldeota), ocasião em que Gurgel receberá o comando das mãos da médica Celina Cortes Pinheiro.

Ele responderá pelo biênio 2016/2018 á frente da Sobrames.

Academia Cearense de Língua Portuguesa homenageará pesquisadora alemã

image_thumb

A Academia Cearense da Língua Portuguesa entregará, nesta segunda-feira, às 16 horas, em sua sede – fica na Academia Cearense de Letras (Praça dos Leões), a Medalha Hélio Melo à professora Ingrid Schwamborn, da Universidade de Colônia (Alemanha). Trata-se de um reconhecimento pelo trabalho de divulgação da Literatura Cearense em seu país.

Ingrid é tradutora de José de Alencar e Rachel de Queiroz para o alemão. Grande amiga do Ceará, onde viveu durante vários anos, mantém uma casa na Prainha. Anualmente, passa longas temporadas em território cearense, sempre aprofundando suas pesquisas literárias.