Blog do Eliomar

Categorias para Literatura/Filmes

Fortaleza assistirá a um documentário sobre Guimarães Rosa

guimaraes-rosa

“Outro Sertão”, documentário sobre o período em que o escritor Guimarães Rosa viveu na Alemanha nazista, será exibido pela primeira vez em Fortaleza no próximo dia 14. Isso ocorrerá dentro do I Festival Internacional de Biografias (FIB). Lançado neste ano, o documentário foi o vencedor do Prêmio Especial do Júri no Festival de Brasília e Prêmio do público na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo como Melhor Documentário Nacional. As cineastas Adriana Jacobsen e Soraia Vilela, diretoras do filme, participarão de debate após a exibição, que terá início às 18 horas com acesso gratuito.

O FIB acontecerá de 14 a 17 no Estoril e entorno, reunindo os mais importantes biógrafos brasileiros da atualidade. É apresentado pelo Ministério da Cultura e Banco do Nordeste, numa realização do Instituto de Referência da Imagem e do Som – IRIS e Governo Federal. A promoção é da Prefeitura de Fortaleza, com apoio da Secretaria Estadual de Cultura.

SERVIÇO

Mais informações: (85) 3235-4063. E-mail: contato@festivaldebiografias.com.br.

O Festival é apresentado pelo Ministério da Cultura e Banco do Nordeste, numa realização do Instituto de Referência da Imagem e do Som – IRIS e Governo Federal. Produção Executiva: Quitanda das Artes. Promoção: Prefeitura Municipal de Fortaleza. Apoio Cultural: Secretaria Estadual de Cultura, via

"O Alquimista" é o terceiro na lista dos mais vendidos

“Um fenômeno de longevidade, O Alquimista, de (é preciso mesmo dizer de quem?) Paulo Coelho, aparece nesta semana em terceiro lugar na lista dos mais vendidos de ficção (trade fiction paperback) no The New York Times.

À sua frente, 50 Tons de Cinza e Morte Súbita, novo livro de JK Rowling. O livro de E. L. James está há 79 semanas na lista; o de Rowling há oito e o de Coelho há 270 semanas.”

(Coluna Radar – Veja Online)

Tércia Montenegro é finalista do Prêmio Portugal Telecom de Literatura

igorfmelo

“A professora Tércia Montenegro, do Departamento de Letras Vernáculas da Universidade Federal do Ceará, é finalista do Prêmio Portugal Telecom de Literatura, na categoria “Conto ou Crônica”, com seu quarto livro de contos, O tempo em estado sólido (Grua Editora), escrito entre 2009 e 2010.

A divulgação dos livros que disputam a final da edição 2013 do Prêmio foi feita na noite da última segunda-feira (9). Concorrem com Tércia, na mesma categoria, os escritores: Sérgio Sant’Anna, com Páginas sem glória (Companhia das Letras); Cintia Moscovich, com Essa coisa brilhante que é a chuva (Record); e Noemi Jaffe, com A verdadeira história do alfabeto (Companhia das Letras).

Os vencedores desta e das categorias “Romance” e “Poesia” serão anunciados em novembro, assim como o ganhador do Grande Prêmio Portugal Telecom. Cada um vai receber R$ 50 mil. Ao todo, 450 livros foram inscritos no Prêmio. O júri havia selecionado, para a semifinal, 63 obras. Destas, 12 são as finalistas.”

(Site da UFC/Foto – Igor de Melo)

O Problema

45 1

rei isolado

Em conto enviado ao Blog, o jornalista Nicolau Araújo mostra o papel da assessoria de imprensa em uma homenagem ao Dia Internacional do Jornalista, neste domingo (8). Confira:

Um dia, o rei recebeu reclamações por causa das altas taxas de impostos.

– Expulsem do reino a metade dos sonegadores e executem a outra metade. Ordenou o rei, que deu o problema por resolvido.

Em outra ocasião, os agentes de saúde protestaram contra as más condições de trabalho, no atendimento às vilas distantes.

– Expulsem do reino a metade dos médicos e executem a outra metade. Ordenou o rei, que deu o problema por resolvido.

Noutro momento, os professores ameaçaram não mais ocupar as salas de aula, diante da falta de investimentos em educação.

– Expulsem do reino a metade dos educadores e executem a outra metade. Ordenou o rei, que deu o problema por resolvido.

Dias após, os jovens foram às ruas para cobrar transparência no gasto do dinheiro real.

– Expulsem do reino a metade dessa juventude e executem a outra metade. Ordenou o rei, que deu o problema por resolvido.

Semanas depois, os padres cobraram o perdão e mais justiça no julgamento da realeza.

– Expulsem do reino a metade dos religiosos e executem a outra metade. Ordenou o rei, que deu o problema por resolvido.

Certa vez, os menos favorecidos foram para a frente do palácio e pediram comida, moradia e trabalho digno.

– Expulsem do reino a metade dos plebeus e executem a outra metade. Ordenou o rei, que deu o problema por resolvido.

Tempo depois, os nobres reclamaram a realização de tarefas, nunca antes por eles exercidas.

– Expulsem do reino a metade desses incapazes e executem a outra metade. Ordenou o rei, que deu o problema por resolvido.

Um dia, então, formou-se um reino de um único habitante. Sobravam moedas de ouro, sobravam leitos em hospitais, sobravam vagas em escolas, sobravam templos, sobravam lavouras, sobravam empregos, mas faltava governo.

Ao observar a passagem de um velho viajante, o rei prontamente o convidou para habitar o seu reino, na certeza de seduzi-lo diante de tanta fartura.

– Sinto muito, sou um sábio. E, assim sendo, pertenço ao mundo.

Porém, curioso com o estado do reino, o sábio quis saber como tal situação ocorreu.

Após ouvir atentamente a história, o sábio deduziu que faltaram informações entre o poder e os demais segmentos do reino.

– Por que não utilizastes assessores de comunicação?! Intrigou-se o sábio.

– Creio que a tua sabedoria não é plena. Indignou-se o rei. Pois foram justamente esses os primeiros a questionar o meu governo.

Nicolau Araújo, jornalista

Escritores comemoram aumento de leitura entre adolescentes

41 1

O escritor e jornalista Zuenir Ventura disse que já procurou entender, mas não chegou a uma conclusão sobre o crescimento do interesse dos jovens pela leitura. Ao visitar estande da Submarino, loja virtual de venda de livros, na 16ª Bienal do Livro, no Riocentro, ele acrescentou que a explicação pode estar na evolução da literatura de entretenimento, por onde os adolescentes começam a se interessar pela literatura.

“As escolas, no meu tempo, não entendiam assim e transformavam a leitura em um dever. Aí ficava uma coisa chata. Quando se revela para a criança e o jovem que a leitura é um prazer, um gozo, uma coisa gostosa de fazer, eles não têm como resistir. É botar na cabeça dos professores e dos pais que a leitura tem que ser um prazer e não um dever”, comentou à Agência Brasil.

O escritor não concorda com opiniões de que o uso da internet provocará o fim dos livros. “Reclamava-se tanto que os jovens não leem e aí se descobre que os jovens estão lendo. Achava-se que a internet ia acabar com a leitura, ao contrário, acho que nunca se leu tanto e se escreveu tanto quanto agora”, analisou.

Zuenir disse que o temor com a internet é uma visão “apocalíptica” que não tem o menor sentido. “Eu tiro um pouco pela minha casa. A minha neta de 4 anos gosta muito de ler, gosta de tecnologia, de iPed e me ensina. Não há incompatibilidade entre a tecnologia e a leitura. Acho que são complementares. Na verdade, essa história de que vai acabar o livro ou o jornal, as pessoas que dizem isso, acabaram antes. Acho que, na verdade, há uma convivência e não um antagonismo. Há uma convergência e acredito na leitura”, explicou.

O autor elogiou o fato de escolas levarem os alunos para visitar a Bienal. Para ele, o hábito da leitura deve começar nas crianças.”Isso também é uma iniciativa da maior importância”. O escritor destacou o trabalho do amigo Ziraldo. “Ele tem uma responsabilidade incrível nisso, porque prepara leitores. As crianças começam a ler por meio do Ziraldo e depois vão embora, porque quando se descobre o prazer da leitura não se abandona mais”, defendeu.

A escritora Thalita Rebouças, autora de 15 livros e que faz sucesso entre os adolescentes, explicou que eles estão lendo cada vez mais e a situação agora se inverteu, porque quem não lê é que não está na moda. “Quando eu comecei há 13 anos quem lia tinha vergonha de admitir. Hoje, graças a Deus, quem tem vergonha de admitir é o pessoal que não gosta de ler. O mico é não gostar de ler “, disse em entrevista à Agência Brasil.

Thalita lembrou que para um autor é muito importante saber que o livro dele vai fazer parte da vida do adolescente. “É muito gratificante saber que você escreve na solidão do seu escritório e de repente  aquilo sai da sua cabeça, vai para o seu computador e atinge muita gente. Mexe com muita gente, com as emoções de tanta gente. O adolescente passa por uma fase complicada com espinhas, questões, amores platônicos. Então, saber que os meus livros fazem companhia a eles é maravilhoso”.

A autora destacou que como escreve sobre o cotidiano, sempre quer que os adolescentes se identifiquem com o que vão ler. “A minha preocupação é não passar lição de moral. É fazer com que eles pensem e a partir do que leem, tirem suas próprias conclusões. E tudo com muito humor. É o que eu gosto de fazer. Fazer rir”, acrescentou.

Thalita vai participar do bate-papo com autores na terça-feira (3), na Bienal Internacional do Livro. O bate-papo é uma das programações especiais da feira para incentivar o contato dos escritores com o público.

(Agência Brasil)

Lira Neto recebe comenda da Câmara Municipal

60 1

lira

O jornalista e escritor Lira Neto vai receber a Medalha Boticário Ferreira. A entrega da comenda ocorrerá às 19 horas do próximo dia 26, no plenário da Câmara Municipal, por iniciativa do vereador Didi Mangueira (PDT).

Nesta terça-feira, também a partir das 19 horas, só que na Livraria Cultura, Lira Neto fará o lançamento do segundo volume do livro “Getúlio – 1930-1945: Do governo provisório à ditadura do Estado Novo.”

Peça festeja em Fortaleza os 110 anos do nascimento de Carlos Drummond de Andrade

foto Guga  Melgar 33

Para festejar 110 anos do nascimento de Carlos Drummond de Andrade e 40 anos de trajetória da atriz Sura Berditchevsky, chega ao Espaço Cultural Correios Fortaleza, o espetáculo teatral “Cartas inéditas de Carlos Drummond de Andrade e sua filha, a escritora Maria Julieta”. Em temporada gratuita, as apresentações nesta terça e quarta -feira estarão reservadas ao agendamento de escolas municipais e estaduais, enquanto as quatro sessões dos dias 29 e 30 são abertas ao público, com distribuição de senhas no dia 29 de agosto, a partir das 9 horas, por ordem de chegada. São 60 lugares em cada apresentação.

A montagem retrata através das correspondências, a relação de amor, respeito, ética, companheirismo e afinidade intelectual entre Maria Julieta e o pai Drummond de Andrade, nas trocas de escritos por quase 60 anos, que iniciaram desde os cinco anos de idade dela. Além de dirigir junto a Luis Fernando Philbert, Sura Berditchevsky atua e fez a concepção cênica.

O espetáculo com patrocínio do Ministério da Cultura e Correios, foi contemplado pelo edital público para a programação 2012/2013 do equipamento cultural mantido pela ECT. O Espaço Cultural Correios Fortaleza também apresenta no período a exposição “Waldomiro de Deus, arte naif brasileira”, que tem visitação até 11/10 (de segunda a sexta, das 8 às 17 horas; e aos sábados das 8 às 12 horas).

(Foto – Guga Melgar)

Escritora Marina Colasanti participará da Feira do Livro Infantil de Fortaleza

93 2

colasanti

A escritora Marina Colasanti é uma das atrações da IV Feira do Livro Infantil, que ocorrerá em Fortaleza no período de 28 a 31 deste mês, na Praça do Ferreira.

O evento conta com o apoio de 31 editoras que participarão da festa da leitura, com estandes e lançando novas publicações.

Atualização – A realização da IV Feira do Livro Infantil é da Casa da Prosa, com patrocínio do Governo do Estado do Ceará, Endesa Fortaleza, Coelce e Prefeitura de Fortaleza.

Escritor Lira Neto receberá a Medalha Boticário Ferreira

73 1

liraneto

O querido jornalista e escritor Lira Neto vai receber a Medalha Boticário Ferreira. A entrega da comenda ocorrerá às 19 horas do próximo dia 26, no plenário da Câmara Municipal, por iniciativa do vereador Didi Mangueira (PDT).

No dia seguinte, também a partir das 19 horas, só que na Livraria Cultura, Lira Neto fará o lançamento do segundo volume do livro “Getúlio – 1930-1945: Do governo provisório à ditadura do Estado Novo.”

Ariano Suassuna dará aula-espetáculo em Fortaleza

arianosuassuna

O romancista paraibano Ariano Suassuna estará novamente em Fortaleza. Desta vez, dia 14  próximo, para dar aula-espetáculo na Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará (Esmec), com o tema “Raízes Populares da Cultura Brasileira”. O encontro ocorrerá às 17 horas, no auditório da entidade. A aula será aberta apenas para magistrados, professores da Esmec, alunos das atuais turmas dos cursos de pós-graduação lato sensu da Escola e servidores do Poder Judiciário estadual.

A apresentação, segundo a organização, buscará discutir a identidade cultural do Brasil, com suas matrizes indígena, portuguesa e africana, através da música e dança. A aula, além dos muitos elementos iconográficos e musicais da estética armorial, mostrará uma série de imagens referentes ao projeto “A Onça Malhada, a Favela e o Arraial”. Suassuna explica que coloca a onça malhada “como uma metáfora da Nação, tão mesclada de cores e etnias”, para reafirmar a força e a variedade da cultura brasileira.

SERVIÇO

A pré-inscrição para o evento será aberta nessa quinta-feira (8 de agosto) e deverá ser feita exclusivamente através do site esmec@tjce.jus.br, quando o interessado deverá informar o nome completo, a vara/comarca (no caso de juízes), curso e matrícula (alunos da Especialização), matrícula e lotação (servidores do Judiciário) e um telefone para contato.

Cearense Socorro Acioli vai estrear internacionalmente com ficção adulta

Socorro Acioli

Em 2006, Socorro Acioli – 18 livros publicados, quase todos infantojuvenis – foi aprovada numa oficina de García Márquez com o projeto de um romance chamado “Cabeça do Santo”. Ela ainda não tinha lançado “A Bailarina Fantasma”, seu título mais vendido e mais adotado em escolas. Fez a oficina e seguiu trabalhando naquele romance, sua primeira ficção adulta.

Nele, Samuel sai de Juazeiro do Norte em busca da família do pai. Rejeitado, dorme no que acredita ser uma gruta, mas que é a cabeça de uma estátua de Santo Antonio. Ele descobre seu dom de ouvir as orações das solteiras e passa a arranjar casamentos e a fazer chantagem.

A trajetória da obra é curiosa. Socorro queria apresentar o livro da bailarina para a editora inglesa Sarah Odedina, uma das responsáveis pela edição de Harry Potter e hoje diretora da Hot Kay Books. De férias em Salvador, Sarah elogiou o livro, mas pediu algo mais particular e recebeu, então, o “Cabeça de Santo”, inspirado na estátua decapitada de Caridade, no sertão cearense. No dia em que a inglesa disse sim, a Companhia das Letras também topou a edição. O livro sai aqui em fevereiro de 2014 e em março lá.

(Com Estadão)

Lula garante para Fernando Morais e Lira Neto que não vai voltar em 2014

liraneto

Eis duas notas da coluna de Monica Bergamo, na Folha de São Paulo desta quinta-feira. Sobre o ex-presidente Lula e uma conversa que ele travou com os escritores Fernando Morais e Lira Neto, este último companheiro do O POVO. Confira:

“Não, o ex-presidente Lula não será candidato a presidente em 2014. Foi o que ele garantiu aos escritores Fernando Morais e Lira Neto, anteontem, ao recebê-los para almoço em seu instituto.

Lira Neto, que lançará o segundo livro da série sobre Getúlio Vargas, pediu a Lula que fingisse que ele, Neto, era Samuel Wainer. Em 1949, o jornalista fez histórica entrevista em que perguntou a Vargas se ele tinha planos de morar no Rio, então capital do país. “Voltarei como um líder de massas”, respondeu o então ex-presidente, eleito um ano depois. “E o senhor, tem planos de voltar a morar em Brasília?”, perguntou Lira Neto. Lula, depois de uma gargalhada, disse: “Não”.”

História de Iracema será contada em 18 totens

salmito 130717 RC livro urbano

Secretário Salmito, secretário nacional Fábio Mota e prefeito Roberto Cláudio

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria de Turismo (Setfor), deu início nesta quarta-feira (17), no espigão da rua João Cordeiro, na Praia de Iracema, a instalação de 18 totens (cada um com 2,30 metros de altura), que contarão a história de Iracema, obra de José de Alencar. A ordem de serviço do projeto Livro Urbano contou com as presenças do prefeito Roberto Cláudio; do secretário de Turismo de Fortaleza, Salmito Filho; do secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota; do secretário de Turismo do Estado (Setur), Bismarck Maia; além de vereadores e investidores no Turismo.

Para o secretário Salmito Filho, o projeto mostra o perfil da nova Praia de Iracema. Já o prefeito Roberto Cláudio afirmou que o investimento é o primeiro passo para a recuperação de uma área degradada. Os 18 totens deverão ficar prontos em até 90 dias, em um orçamento de R$ 305,9 mil.

Gonzaga Mota lança livro na Assembleia Legislativa

O ex-governador do Ceará, Gonzaga Mota, lançará às 19 horas desta quara-feira, no auditório da Assembleia Legislativa, seu novo livro “Amor e Dor – Poemas (Ed. Premius, 2012).

A obra reúne 58 poemas, segundo o próprio autor, “com liberdade, imaginação e entusiasmo poético”, procurando “externar a maneira como vejo, em certas ocasiões, a vida”. Na ocasião, Gonzaga Mota prestará uma homenagem póstuma ao poeta e ex-deputado José Maria de Barros Pinho.

Como está seu relacionamento de pai com seus filhos?

O livro “Carta ao pai, de Franz Kafka, analisada por Paulo Marchon”, será lançado nesta sexta-feira, às 19 horas, na livraria Cultura. Com linguagem simples e acessível a qualquer público, a publicação faz um estudo detalhado de uma carta deixada por Franz Kafka, um talentoso autor tcheco, que tinha uma relação conflituosa com seu pai.

O autor, Paulo Marchon, por sinal, vai coordenar uma mesa sobre Kafka no Congresso da Associação Psicanalítica Internacional (IPA), em Praga, agora em julho. Se estivesse vivo, Kafka completaria 130 anos.

SERVIÇO

* Livraria Cultura – Av. Sen. Virgílio Távora, 845-1009 – Aldeota, Fortaleza.

Radialista lança livro em Várzea Alegre

Marcos-Filho (1)

Nome dos mais influentes em Várzea Alegre, o radialista e empresário Marcos Filho, integrante da AVL – Academia Varzealegrense de Letras, lançará, nesta sexta-feira, o romance “Maria da Sorte – Coragem e Esperança”, pela editora paulista Livre Expressão. A cerimônia ocorrerá, a partir das 19 horas, na Escola Municipal Dr. Padro Sátiro.

Segundo o autor, a inspiração para escrever o romance veio das histórias contadas pelo seu pai, o ferreiro Chico Marcos, e por sua mãe, a dona de casa Tereza Ferreira. Eles narravam causos do sertão cearense, recheados de romances, disputas de terra, favorecimentos políticos, submissão das autoridades e inveja.

Autor de "A Privataria tucana" disputará vaga na Academia Brasileira de Letras com FHC

Um grupo de jornalistas, intelectuais e professores universitários progressistas lança nesta segunda-feira (8) uma campanha para defender o nome do jornalista Amaury Ribeiro Júnior para a Academia Brasileira de Letras (ABL). Jornalista premiado, hoje funcionário da TV Record, Ribeiro Jr. é autor do best-seller “A privataria tucana”, livro-reportagem denuncia irregularidades na venda de empresas estatais durante o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002).

A candidatura de Ribeiro Jr. visa se contrapor à do próprio Fernando Henrique, que está inscrito para disputar a cadeira de número 36, que está vaga desde que o jornalista e escritor paulista João de Scantimburgo morreu, em 22 de março passado. As inscrições de candidaturas na ABL podem ser feitas até 26 de abril. Depois deste prazo, a entidade marca em até 60 dias uma reunião para a eleição, em que o novo imortal deve ter a metade mais um dos votos dos atuais imortais para ser eleito para a cadeira.

* Leia, a seguir, o manifesto da candidatura de Amaury Ribeiro Jr. Para assinar, clique aqui.

(Com Agências)

Lúcio Alcântara quer fim da "Era das Personalidades" ocupando cadeira na ACL

89 1

lucioalcantara

Essa é do Blog do ex-governador Lúcio Alcântara que, como imortal da Academia Cearense de Letras, faz um comunicado se opondo à escolha de personalidades fora do exercício literário no lugar de poeta Francisco Carvalho:

Tomei uma decisão em relação ao preenchimento de vagas nos sodalícios de que faço parte. Resolvi resistir ao assédio eleitoral por parte de candidatos, emissários e amigos comuns. A perda de um colega de grêmio, por menor que seja nossa proximidade, por si só já é um momento delicado.

O açodamento com que os concorrentes se lançam a cata dos votos, sem que transcorra o nojo, gera uma situação constrangedora. Dão adeus à moderação e estabelecem um cerco sobre os eleitores. Falo, é claro, de um modo geral. Há também comportamentos dignos entre os pretendentes.

Receberei com respeito e atenção memoriais e currículos dos candidatos sem me negar, se solicitado, a contatos pessoais. O que não farei mais é anunciar por antecipação o meu voto. Reservo-me o direito de quando, e se for o caso, faze-lo ao interessado.

Quanto ao preenchimento da vaga na Academia Cearense de Letras, decorrente do falecimento do grande poeta Francisco Carvalho, entendo que chegou o momento de radicalizarmos colocando em seu lugar alguém que tenha a literatura como atividade relevante.

Chega de personalidades. Nada contra elas, todas a meu ver dignas dos assentos que ocupam. É que já bastam as que temos. É hora de elegermos um literato reconhecido. Escolhido, se possível, fora do circuito Elizabeth Arden da literatura. Os clubes, restaurantes e bares do Meireles, Aldeota e adjacências.

Houve tempo em que a Academia ia buscar nomes de valor, arredios ou desambiciosos, para ungi-los entre os seus. Talvez seja a hora de retomarmos a prática buscando um mínimo de consenso eleitoral capaz de adotar um nome que valorize e ilustre a instituição.